Você está na página 1de 8

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA


DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

OF. CIRC.DIVGPE/DIPE n. 03/17


Nova Era, 12 de maio de 2017.

Senhor(a) Diretor(a),

Encaminhamos atualização sobre os procedimentos de Acúmulo de Cargos, Funções


e Empregos Públicos, com base no Decreto nº 45.841/2011, Manual de Processo e Orientação
de Serviço SCAP nº 005, retificada em 27/06/16.

Na oportunidade ressaltamos algumas orientações:

 Cabe ao Diretor da unidade escolar fornecer o formulário para o preenchimento


obrigatório da declaração de acúmulo, ou não, de cargos, funções ou proventos,
recebidos da administração pública direta e indireta de qualquer dos poderes da União,
do Estado e dos Municípios, bem como providenciar o encaminhamento do processo à
SRE, observando o prazo legal estabelecido no art. 11, do referido decreto.

 Os servidores devem ter conhecimento da importância em declarar as situações de


acúmulo de cargos e funções públicas ou proventos recebidos de Regime Próprio de
Previdência (RPPS), bem como mantê-las atualizadas ao longo de sua carreira.

 A licença para tratamento de interesses particulares, bem como outros afastamentos


legais, não implica a perda da titularidade dos cargos ou empregos ocupados e não
descaracteriza a acumulação.

 O Acúmulo de Cargos é processo único, em que se acrescentam novas páginas ao longo


da carreira do servidor.

Quando o processo existente ainda não tiver retornado à escola, deve-se proceder
normalmente ao preenchimento dos formulários referentes à nova situação. Tão logo o
processo retorne à escola deve-se acrescentar os novos documentos e reenviá-lo à SRE.

Citamos exemplos de algumas situações em que se faz necessária a atualização do


processo de acúmulo:
 quando o servidor assumir cargo efetivo, cargo em comissão, função gratificada,
mandato eletivo, entre outros;
 quando o servidor assumir cargos ou funções diferentes da situação já publicada;
 quando houver alteração no cumprimento da carga horária (ampliação, apostilamento
etc.), seja no cargo estadual ou de outro órgão;
 quando o servidor se afastar de um dos cargos efetivos ocupados para disposição ou
adjunção em outros órgãos/entidades, entre outros.

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

A unidade escolar responsável pela instrução do processo deverá:


 Observar rigorosamente a relação de documentos, fazendo o check-list e conferindo o
preenchimento dos formulários antes de enviar o processo à SRE.
 Verificar a existência, ou não, de processo anterior.
 Repassar ao servidor as diligências, que devem ser cumpridas com celeridade.
 Repassar formalmente ao servidor a comunicação de situações ilícitas, mesmo após o
término do período de designação, pois, estas situações devem ser necessariamente
finalizadas.

ALERTAS QUANTO AO PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS:


1. Nos formulários de “Declaração” e de “Detalhamento de Cargos” os campos editáveis devem
ser preferencialmente digitados e os campos preenchidos manualmente não podem conter
rasuras.

2. Evite abreviaturas.

3. Quanto ao formulário de DECLARAÇÃO DE ACÚMULO, orientamos:

a) O primeiro cargo a ser preenchido será sempre o estadual, quando envolver esferas
diferentes.

Quando envolver apenas cargos estaduais, o primeiro a ser declarado será o de exercício mais
antigo, não sendo atrelado ao número de admissão.

b) O campo 13 deve ser preenchido com o nome correto e completo do cargo ocupado. Alguns
exemplos: Professor de Educação Básica – PEB; Especialista em Educação Básica – EEB;
Assistente Técnico de Educação Básica – ATB.

Importante:
- Quando se tratar de outra esfera, o nome do cargo deve preenchido exatamente conforme
constar na legislação vigente no órgão.

c) O campo 19 deve ser preenchido com as atividades exercidas pelo servidor.

Para o cargo ativo, informar de acordo com a situação de exercício: Regente de turma; Regente
de aulas; Professor para substituição eventual de docentes; Professor para o ensino do uso da
biblioteca; Em atividades de ajustamento funcional; Cargo em comissão de Diretor de Escola
Estadual; Função de Vice-diretor; Supervisor Pedagógico; Orientador Educacional; Secretário de
Escola; Assistente Técnico etc.

Para o cargo inativo ou em afastamento, informar: Aposentado; Em afastamento preliminar à


aposentadoria; Em LIP; Afastado para exercício de mandato eletivo etc.

d) O formulário da Declaração será assinado somente pelo servidor.

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

4. Quanto ao formulário de DETALHAMENTO DE CARGOS, orientamos:

a) Observar que a ordem de 1º ou 2º cargo não está atrelada ao número de admissão, e sim, à
mesma ordem constante no formulário de Declaração.

b) O campo 04 deve ser preenchido com o nome do órgão de lotação. Exemplos:


Para o servidor de escola estadual: Secretaria de Estado de Educação – SEE
Para o servidor de escola municipal: Prefeitura Municipal de (....)

c) O campo 05 deve ser preenchido com o nome da unidade de exercício. Exemplos:


- E.E. “........”; Escola Municipal “.......”; Creche “.......” etc.
- Para o servidor estadual sem lotação em unidade escolar, deve-se registrar SRE-Adjunção ou
SRE-Disposição, conforme o caso.

d) Para o campo 06, referente à escolaridade exigida no provimento do cargo, observar:


- Dois cargos de Professor, mesmo que em esferas diferentes, não será necessário juntar a
legislação, desde que o nome do cargo esteja especificado no contracheque.
- Professor e outro cargo (diverso), deve-se juntar a legislação ou edital que comprove a
escolaridade exigida para o outro cargo.

e) Para o campo 10, referente à data de admissão, observar:


- Se cargo efetivo, informar a data de exercício (e não a de posse ou nomeação).

- Se cargo não-efetivo (designado, recrutamento amplo ou contratado), informar a data de


início, comprovada por documento oficial (cópia do QI ou do contrato).

f) Para o campo 16, referente ao quadro de horários:


- Verificar se há compatibilidade de horários, com o intervalo mínimo de 15 minutos entre a
jornada dos cargos.
- O intervalo de 15 minutos pode ser desconsiderado somente nas hipóteses:
- quando o professor exerce dois cargos na mesma escola, sendo responsável pelo horário de
almoço das turmas de Educação Integral, devendo constar nota explicativa no campo 17.
- quando não houver deslocamento entre escolas de exercício, em relação ao término de
jornada e ao horário de reunião pedagógica, ou vice-versa.

- Conferir se o preenchimento dos quadros está correto, sem sobreposição de horários e sem
alteração no layout do formulário.

- Observar se o cumprimento da jornada do cargo está de acordo com a legislação vigente.

- Quando se tratar de PEB, incluir as atividades extraclasse cumpridas na escola, referentes às


reuniões pedagógicas e estudo/planejamento, nos termos do Anexo I, do Decreto nº
46.125/2013 e do Ofício Circular GS nº 2663/16.

- Para a reunião pedagógica deve ser observado o disposto no Ofício Circular GS nº 2663/16, fl.
3:
Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000
srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

- Na hipótese de dois cargos em exercício na mesma escola, com reunião única, o horário será
mencionado em apenas um formulário de detalhamento e, no outro, ficará registrada a
observação: Reunião pedagógica cumprida nos termos do item 2.1.1, do Ofício Circular GS nº
2663/16.

- Na hipótese de dois cargos em escolas diferentes, com as reuniões em horário coincidente,


mencionar em apenas um formulário de detalhamento e, no outro, ficará registrada a
observação: Reunião pedagógica cumprida nos termos do item 2.1.2, do Ofício Circular GS nº
2663/16.

g) Os formulários de Detalhamento serão assinados pelo servidor responsável pelo


preenchimento e também pela Chefia Imediata do declarante, com o respectivo carimbo.

Observação importante: Quando se tratar de cargo estadual em afastamento preliminar ou


aposentado, a assinatura da Chefia Imediata será providenciada nesta SRE.

Diante do exposto, solicitamos estudo das orientações, ampla divulgação e providências


cabíveis.

Atenciosamente,

Ágda Lúcia Teixeira Barros


Supervisora Regional de Educação

Mariza Sena Murta de Ávila


Diretora de Pessoal

Cleide Maria Martins Lopes da Costa


Diretora DIRE/SRE Nova Era

Ilmº(ª) Senhor(a)
Diretor(a) Escola Estadual jurisdicionada à SRE Nova Era

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

Para conhecimento dos Diretores de Escola Estadual, transcrevemos abaixo considerações da


Assessoria Jurídica/SEE acerca do exercício no cargo em comissão:

---------- Mensagem encaminhada ---------- De: ast auditoria <> Data: 14 de junho de 2016 12:11
Assunto: Re: Solicita Orientações - Relatório da Ordem de Serviço GAB nº 28/2016 Para:
"sre............." < > Cc: Nucleo Auditoria < >

Prezada,
É importante destacar que não estamos falando, neste caso, de viabilidade de acumulo de
cargos previsto no art. 37, XVI, c, da CF/88 ou de possível acúmulo ilícito disposto no art. 249, I
da Lei 869/52, e sim, de uma regra específica estabelecida pela Administração para o exercício
da função de Diretor de Escola. Trata-se de um requisito obrigatório, condicionante ao exercício
da função.
O servidor, quando se candidata, e, posteriormente, se propõe a assumir a vaga, já está ciente
que deve dedicar seus esforços integralmente às atividades da escola para a qual foi nomeado
diretor. É opção do servidor e não imposição administrativa, mas desde que concorda com as
regras, é obrigado a respeitá-las.
Inclusive, os critérios de remuneração dos diretores foi alterado recentemente pela SEE,
visando compensá-los por esta dedicação "em tempo integral", ou seja, o poder público paga
por esta exclusividade e a concentração de esforços.
Nesse contexto, ao contrário do que afirma o relatório, na minha opinião não há divergência
doutrinária, pois estamos falando do cargo de Recrutamento Amplo de Diretor de Escola, cuja
legislação e parecer da AGE já deixaram bem claro que há "impedimento do Diretor de Escola
exercer qualquer outro cargo, emprego ou função de natureza pública ou privada,
independentemente de compatibilidade de horário".
O Parecer nº 809/2015 do Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais, além de analisar
objetivamente o acúmulo previsto no art. 37, XVI, c, da CF/88, considerou o vínculo de Inspetor
Escolar do quadro da Secretaria de Estado de Educação, portanto, não pode ser usado como
parâmetro.
Obriga-se o Diretor de Escola do sistema estadual de ensino, enquanto ocupar a função
especial, a abandonar o exercício de qualquer outra atividade remunerada. No caso em tela,
como restou comprovada a inobservância da regra imposta, sugiro notificar o servidor sobre a
irregularidade constatada, dando prazo para que ele apresente justificativa, e, principalmente,
resolva o problema, ou seja, comprove, mediante documentação hábil, que se desvinculou da
instituição de ensino privada.
Feito isto, encaminhar o expediente ao NUCAD (Núcleo de Correição Administrativa da AST)
para avaliarmos o cabimento de TAD (Termo de Ajustamento Disciplinar) ou PAD, nos termos
do art. 1º, VI, X, XII, XIX da Resolução Conjunta CGE/SEE 02/2015.
É importante destacar que já registramos a denúncia na AST e iremos aguardar o
desdobramento das ações.

Atenciosamente,
Leandro Resende Mendes
Auditor Setorial – SEE

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

Exemplo da Preenchimento do Formulário de Detalhamento da Declaração

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO NOVA ERA
DIRETORIA DE PESSOAL
DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL

Rua Carlos Augusto Felipe, 71, Serra – Nova Era/MG – 35.920-000


srenovaera.educacao.mg.gov.br