Você está na página 1de 1

São Paulo, 26 de fevereiro de 2020

Ao Exmo. Ibaneis Rocha Barros Junior


Governador do Distrito Federal

Ref: Coronavírus – Restrições nos shopping centers

Desde o início da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, a Abrasce tem atuado
incansavelmente para propor medidas de segurança para toda a população. Para isso, inclusive,
elaborou completos Protocolos de Operação, com orientações rígidas para garantir a saúde e
segurança de todas as pessoas, que não somente foram validados pela área de consultoria do
Sírio-Libanês, um dos mais respeitados centros de saúde de todo o País, como também serviram
de referência para diferentes setores de nossa economia.

Informamos que os shoppings estão cumprindo rigorosamente as exigências


necessárias dos decretos estaduais ao regular funcionamento, tais como: uso obrigatório de
máscara, disponibilização de álcool gel 70%, aferição de temperatura, controle de fluxo,
higienização constante, adesivos de distanciamento, comunicação nas mídias, entre outras.

Devido a última informação divulgada, que haverá toque de recolher das 20h ate as 5h
da manhã a partir do próximo dia 1 de março, segunda-feira, gostaríamos de solicitar que o
horário pudesse ser a partir das 23h de forma que as operações terminem suas atividades e
para ajudar os lojistas de uma maneira geral e, em especial, os de alimentação, que serão os
mais afetados nesse momento.

Entendemos que essa medida irá colaborar com o governo e com o sistema de saúde
para a diminuição dos novos casos de coronavírus na cidade e manterá a economia funcionando
de uma forma segura para todos. A importância da manutenção do horário de 12h é
imprescindível para não gerar aglomeração nos empreendimentos.

Sendo assim, solicitamos que o toque de recolher seja a partir das 23h ate as 5h dos
dias estabelecidos.

Ressaltamos que continuamos trabalhando para que a abertura dos Shoppings continue
sendo com cautela, serenidade e responsabilidade, atuando arduamente para operar e
contribuir para o desenvolvimento dos municípios onde estamos inseridos.

Com reiterados protestos de estima e consideração, estamos à disposição para


quaisquer esclarecimentos.

Cordialmente,

ABRASCE ABRASEL