Você está na página 1de 27

Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e

Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Laudo de Medições Ôhmicas

Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica

Condomínio Residencial Nova Guarulhos II

Eng. Rodrigo Andrade dos Santos

CREA-SP: 5.061.908.231

ART: 28027230201557095

Guarulhos – dezembro 2020

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

1
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Sumário

1. IDENTIFICAÇÕES ........................................................................... 4

1.1 ENGENHEIRO RESPONSÁVEL ................................................. 4

2. OBJETIVO ....................................................................................... 4

3. TERMOS TÉCNICOS....................................................................... 5

4. APLICAÇÃO DA NORMA SPDA ...................................................... 6

5. INSPEÇÕES .................................................................................... 7

5.1 ANÁLISE DAS DOCUMENTAÇÕES ........................................... 7

5.2 DATA DAS MEDIÇÕES E INSPEÇÕES ..................................... 8

5.3 VERIFICAÇÕES DOS ITENS DAS INSTALAÇÕES.................... 8

5.4 EDIFICAÇÕES EM ALVENARIA COM TELHAS COLONIAL ........ 9


5.4.1 CAPTORES ................................................................................................ 9

5.4.2 DESCIDAS ................................................................................................ 11

5.4.3 ATERRAMENTO ....................................................................................... 12

5.4.4 EQUALIZAÇÕES DAS DESCIDAS ........................................................... 12

5.4.5 ESTRUTURAS METÁLICAS ..................................................................... 12

5.4.6 CONEXÕES .............................................................................................. 13

5.4.7 CONSTRUÇÕES DAS DESCIDAS NÃO NATURAIS ............................... 14

5.4.8 SISTEMA DE PROTEÇÃO ATMOSFÉRICA ............................................. 14

5.4.9 SUBSISTEMA DE ATERRAMENTO ......................................................... 15

6. DESCRIÇÃO DO SISTEMA DE SPDA ........................................... 15

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

2
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

7. MEDIÇÕES ÔHMICAS DAS UNIDADES ....................................... 16

8. RELATÓRIO FOTOGRÁFICO........................................................ 18

9. LOCAIS QUE NECESSITAM DE MELHORIAS .............................. 23

10. CONCLUSÃO .............................................................................. 26

11. ENCERRAMENTO....................................................................... 27

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

3
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

1. IDENTIFICAÇÕES
Condomínio Residencial Nova Guarulhos II

CNPJ: 10.604.977/0001-71.

Rua: Araras, 292 - Jardim Valéria, Guarulhos - SP, CEP: 07124-580.

1.1 ENGENHEIRO RESPONSÁVEL


Rodrigo Andrade dos Santos, Engenheiro Civil, Especialista em Engenharia de
Segurança do Trabalho, Especialista em Engenharia de Avaliação e Perícia,
Especialista em Engenharia em Patologias e Anomalias da Construção Civil,
Eletrotécnico, Bacharelando-se em Direito. Carteira Profissional nº CREA-SP
5.061.908.231.

Anotação de Responsabilidade Técnica: 28027230201557095

Instrumento: Alicate Terrômetro ET 4310 – Minipa – CAT III – 300V.

Data da Calibração: 12/03/2020.

2. OBJETIVO
O presente relatório tem por objetivo apresentar os resultados da inspeção em campo
das instalações do Sistema de Proteção de Descargas Atmosféricas - SPDA, dos
salões de festa do Condomínio Residencial Nova Guarulhos II, localizado na Rua:
Araras, 292 – Jardim Valéria, Guarulhos - SP, CEP: 07124-580 – CNPJ:
10.604.977/0001-71, com objetivo de enquadramento nas normas ABNT NBR
5419/2005 e NBR 5410/2015, ou seja, as seguintes condições:

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

4
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

• Verificar se o SPDA atende as normas, projetos, e solicitações dos órgãos


públicos;
• Inspecionar e relatar todos os componentes que não se apresentem em bom
estado físico ou funcional;
• Realizar medições do valor da resistência ôhmica de aterramento em todos os
pontos disponíveis e se o arranjo das descidas, da malha captor está
compatível com o nível de proteção do prédio;
• Caso as medições aferidas não atendam a recomendação da NBR/5419/2015,
será necessário tratamento químico do solo.

3. TERMOS TÉCNICOS
ANÉIS: cabos de cobre ou fita metálica que circunda a estrutura, situada na parte
superior da edificação (anel perimetral) e entorno do ático (anel do ático).

CAIXA DE INSPEÇÃO: abertura localizada no piso mais próximo ao solo, no qual está
disponível a haste de aterramento e cabo da conexão, a tampa desta caixa deve estar
somente encaixada, para facilitar o acesso para a medição.

CAPTOR: qualquer estrutura metálica disposta no topo da edificação. Todas estas


estruturas metálicas devem estar ligadas ao sistema para a equalização de potenciais.

DESCIDAS: são os cabos ou fitas de alumínio que percorrem verticalmente nas


laterais da edificação, conduzindo a descarga elétrica até o ponto de aterramento na
caixa de inspeção.

GAIOLA DE FARADAY: consiste em uma malha de captação, formada por módulos


retangulares, sempre utilizando cabo de cobre nu, passando por isoladores ou fixados
direto ou embutidos sob a superfície da edificação.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

5
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

HASTE DE ATERRAMENTO: equipamento condutor de aço coberto por camada de


cobre, fixado no solo dentro da caixa de inspeção, utilizado instrumento para
realização da medição ôhmica do aterramento.

LIGAÇÃOEQUIPOTENCIAL: ligação entre o SPDA com estruturas metálicas


existentes no topo da edificação.

MASTRO: cano metálico disposto no topo da edificação para instalação do captor.

PROJETO DE INSTALAÇÃO: documentação contendo a descrição das estruturas do


sistema, instalação, devidamente assinada pelo responsável pelo projeto. Manter a
documentação disponível para consulta, sempre que solicitado.

SPDA CONVENCIONAL: é o SPDA cujas descidas (cabos de cobre, alumínio ou fitas


de alumínio) conectadas ao sistema no topo da edificação e descem externamente
pela edificação até o solo, interligando-se ao final.

SPDA ESTRUTURAL: é o SPDA cujas descidas estão embutidas ou conectadas na


estrutura da edificação.

4. APLICAÇÃO DA NORMA SPDA


Todas as construções acrescentadas à estrutura posteriores a instalação original
estão integradas ao Volume e proteger mediante ligação ao SPDA ou ampliação
deste.

NOTAS - Conforme NBR-5419/2015

Periodicidade das inspeções

• Uma inspeção visual do SPDA deve ser efetuada anualmente;

Inspeções completas conforme 6.1 devem ser efetuadas periodicamente, em


intervalos de:

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

6
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

• 5 anos, para estruturas destinadas a fins residenciais, comerciais,


administrativos, agrícolas ou industriais, excetuando-se áreas classificadas
com risco de incêndio ou explosão;
• 3 anos, para estruturas destinadas a grandes concentrações públicas (por
exemplo: hospitais, escolas, teatros, cinemas, estádios de esporte, centros
comerciais e pavilhões), indústrias contendo áreas com risco de explosão,
conforme a ABNT NBR 9518, e depósitos de material inflamável;
• 1 ano, para estruturas contendo munição ou explosivos, ou em locais expostos
à corrosão atmosférica severa (regiões litorâneas, ambientes industriais com
atmosfera agressiva etc.).

No projeto os desenhos deverão conter escalas mostrando as dimensões dos


sistemas de captação, as descidas e aterramento, os materiais e as posições de todos
os componentes do SPDA inclusive os eletrodos de aterramento.

Observações: As medições de resistência de aterramento, de corrente de fuga, de


continuidade, dos pontos disponíveis, foram realizadas Alicate Termômetro Minipa ET
4310 _ CAT III 300V.

Aferido e calibração em 12/03/2020. Os dados levantados (pontos disponíveis) foram


registrados em planilhas individuais por área.

5. INSPEÇÕES

5.1 ANÁLISE DAS DOCUMENTAÇÕES


Relatório da necessidade de uso do SPDA na edificação em questão, contendo
memória de cálculo e a devida seleção de nível de proteção.

Sim () Não (X) – O Condomínio NÃO apresentou o Relatório anteriores.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

7
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Desenho em escala (projeto) contendo todos os componentes do SPDA, inclusive


eletrodos de aterramento – quando o SPDA for estrutural, também deve ter projeto; (o
projeto deve permanecer com o proprietário da edificação a disposição dos órgãos
públicos).

Sim () Não (X) - O Condomínio NÃO apresentou o projeto do SPDA.

Laudo de medição da resistência do subsistema de aterramento com validade de um


ano feita com aparelho aferido por órgão competente, devendo estar expresso no
laudo de medição estes dados.

Sim () Não (X) O Condomínio SIM apresentou laudo com dados sobre os
subsistemas do SPDA: Aterramento, Descidas e Captação.

5.2 DATA DAS MEDIÇÕES E INSPEÇÕES


As medições foram realizadas no dia 04/12/2020, em condições climáticas favoráveis.

Observação: Não foram consultados os projetos estruturais para verificar as


disposições das armaduras, bem como as sapatas ou vigas baldrame para aferir o
sistema de aterramento. Como não se pode afirmar que a armadura foi adotada para
ser constituinte do SPDA, o responsável pelo projeto e construção do SPDA deverá
realizar a avaliação do aterramento da edificação conforme NBR 5419-2015.

5.3 VERIFICAÇÕES DOS ITENS DAS INSTALAÇÕES


A fim de verificar as instalações elétricas do Condomínio Residencial Nova América,
a inspeção dividiu as análises de SPDA em três subsistemas para melhor avaliação.
Tendo como referências a ação sobre as estruturas sendo:

• Edificação de Concreto Armado;


• Aterramento das Grades e Estruturas Metálicas junto ao Campo;

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

8
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

• Sistema de Proteção realizada por Malha de Captores Tipo Franklin


(Arquibancadas e Tribuna de Honra).

Como o sistema corresponde a toda a edificação, todos os itens abordados acima


devem estar protegidos pelo sistema de SPDA para aprovação do LAUDO.

5.4 EDIFICAÇÕES EM ALVENARIA COM TELHAS COLONIAL

5.4.1 CAPTORES
Os captores adotados no SPDA são: Captores do tipo Franklin instalados em todas
as coberturas das edificações e caixa d’água, com descidas realizadas por cordoalha
de cobre junto à lateral do prédio ou por fitas de alumínio.

Sim () Não (N) – Existe anel de captação no perímetro da cobertura das edificações?

Sim (X) Não () – Os topos das edificações estão cobertos por cabos formando malha
com módulos de 20mx10m?

Sim (X) Não () – Cada mastro Franklin possui entre 3m e 6m de altura?

Tabela de posicionamento de Captores conforme nível de proteção.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

9
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

10
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

5.4.2 DESCIDAS
Para nível II de proteção, devemos ter no mínimo uma descida para cada 15m de
perímetro.

Observações: Conforme a NBR 5419/2015, para as edificações de concreto armado


existentes poderá ser implantado um SPDA com descidas nas armaduras do concreto,
tendo em vista que há os pontos de conexão de aterramento a cada 15m de perímetro.

1 Os condutores de descida devem ser distribuídos ao longo do perímetro do volume


a proteger, de modo que seus espaçamentos médios não sejam superiores aos
indicados na tabela 2. Se o número mínimo de condutores assim determinado for
inferior a dois, devem ser instaladas duas descidas.

2 Os condutores de descida não naturais devem ser interligados por meio de


condutores horizontais, formando anéis. O primeiro deve ser o anel de aterramento
(ver 5.1.3.5.2) e, na impossibilidade deste, um anel até no máximo 4 m acima do nível
do solo e os outros a cada 20 m de altura. São aceitos como captores de descargas
laterais elementos condutores expostos, naturais ou não, desde que se encontrem
aterrados ou interligados, com espaçamento horizontal não superior a 6 m, mantendo-
se o espaçamento máximo vertical de 20 m.

3 Os condutores de descida não naturais devem ser instalados a uma distância


mínima de 0,5 m deportas janelas e outras aberturas e fixados a cada metro de
percurso.

Sim () Não (X) – Há cabos de descida a cada 15m de perímetro?

As descidas de todas as torres estão inseridas dentro do concreto armado, pois o


sistema existente é estrutural. Com exceção da das descidas da torre da caixa d’água
que são aparentes em cabo de 35mm2.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

11
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

5.4.3 ATERRAMENTO
Devemos ter no mínimo um eletrodo para cada descida construída. Estes eletrodos
devem estar interligados entre si para seu equilíbrio de potencial elétrico. Na
impossibilidade de serem interligados no solo, podem ser interligados a até 4m do
nível do solo. Utiliza-se cabo de cobre de 50 mm para essa interligação.

Sim (X) Não () – Há um eletrodo para cada cabo de descida?

Sim (X) Não () – Os eletrodos estão interligados entre si?

Sim (X) Não () – Os eletrodos estão no solo?

5.4.4 EQUALIZAÇÕES DAS DESCIDAS


Se a edificação/edifício tiver mais de 20m de altura, deverá ter anel (is) de equalização
das descidas, ou seja, a interligação destas descidas como no subsistema de
aterramento, envolvendo toda a edificação. Sim () Não (X) – As edificações não têm
mais de 20m de altura?

Sim () Não (X) – Possui anel (is) de equalização envolvendo a edificação?

5.4.5 ESTRUTURAS METÁLICAS


Toda e qualquer superfície ou estrutura metálica ao nível dos captores deve ser
interligada ao ponto mais próximo no SPDA, bem como estruturas com essas
características próximas a menos de 2m de componentes do SPDA.

Sim () Não (X) – Possui anel (is) de equalização envolvendo a edificação?

Sim () Não (X) – Os rufos estão interligados ao cabo?

Sim () Não (X) – As bases das antenas e outras partes metálicas estão interligados
ao cabo?

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

12
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Sim (X) Não () – Possui outros objetos de metal existentes sobre a cobertura?

5.4.6 CONEXÕES
Deve atendera norma NBR5419/2015 conforme abaixo:

1º O número de conexões nos condutores do SPDA deve ser reduzido ao mínimo. As


conexões devem ser asseguradas por meio de soldagem exotérmica, oxiacetilênica
ou elétrica, conectores de pressão ou de compressão, rebites ou parafusos.

2º Para conexão de condutores chatos a estruturas de aço, devem ser utilizados, no


mínimo, dois parafusos M8 ou um parafuso M10, com porcas.

3º Para conexão de condutores chatos a chapas metálicas com espessura inferior a


2 mm, devem ser utilizadas contra placas com área mínima de 100 cm2, fixadas com
dois parafusos M8, no mínimo.

4º Para conexão de condutores chatos a chapas metálicas acessíveis somente de um


lado, podem ser utilizados quatro rebites de 5 mm de diâmetro. Para chapas com
espessura mínima de 2 mm, também podem ser utilizados dois parafusos auto
atarraxantes de aço inoxidável, com diâmetro de 6,3 mm.

5º Conexões soldadas devem ser compatíveis com os esforços térmicos e mecânicos


causados pela corrente de descarga atmosférica.

6º Conexões mecânicas embutidas no solo devem ser protegidas contra corrosão,


através da instalação de uma caixa de inspeção com diâmetro mínimo de 250 mm que
permita o manuseio de ferramenta. Esta exigência não se aplica a conexões entre
peças de cobre ou cobreadas com solda exotérmica ou conectores de compressão.

Sim (X) Não () – Atende aos Itens e possuem Interligação de conexão?

Sim (X) Não () – Estão interligados ao cabo?

Sim (X) Não () – Cobertura metálica está interligada aos cabos?


ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58
AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

13
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

5.4.7 CONSTRUÇÕES DAS DESCIDAS NÃO NATURAIS


Deve atendera norma NBR 5419/2015 conforme abaixo:

Os cabos de descida devem ser protegidos contra danos mecânicos até, no mínimo,
2,5 m acima do nível do solo. A proteção deve ser por eletroduto rígido de PVC ou
metálico sendo que, neste último caso, o cabo de descida deve ser conectado às
extremidades superior e inferior do eletroduto.

Sim (X) Não () – Apresenta proteção mecânica

5.4.8 SISTEMA DE PROTEÇÃO ATMOSFÉRICA


Deve atendera norma NBR5419 conforme abaixo:

Para assegurar a dispersão da corrente de descarga atmosférica na terra sem causar


sobretensões perigosas, o arranjo e as dimensões do subsistema de aterramento são
mais importantes que o próprio valor da resistência de aterramento. Entretanto,
recomenda-se, para o caso de eletrodos não naturais, uma resistência de
aproximadamente 10 Ω, como forma de reduzir os gradientes de potencial no solo e
a probabilidade de centelhamento perigoso.

Sim () Não (X) – O SPDA é estrutural?

Sim () Não (X) – Existe laudo de medição da continuidade das armaduras da


edificação?

Sim () Não (X) – Foram realizadas medições com microhmímetro?

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

14
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

5.4.9 SUBSISTEMA DE ATERRAMENTO


1º Do ponto de vista da proteção contra o raio, um subsistema de aterramento único
integrado à estrutura é preferível e adequado para todas as finalidades (ou seja,
proteção contra o raio, sistemas de potência de baixa tensão e sistemas de sinal).

2º Para assegurar a dispersão da corrente de descarga atmosférica na terra sem


causar sobretensões perigosas, o arranjo e as dimensões do subsistema de
aterramento são mais importantes que o próprio valor da resistência de aterramento.
Entretanto, recomenda-se, para o caso de eletrodos não naturais, uma resistência de
aproximadamente 10 Ω, como forma de reduzir os gradientes de potencial no solo e
a probabilidade de centelhamento perigoso. No caso de solo rochoso ou de alta
resistividade, poderá não ser possível atingir valores próximos dos sugeridos. Nestes
casos a solução adotada deverá ser tecnicamente justificada no projeto.

3º Sistemas de aterramento distintos devem ser interligados através de uma ligação


equipotencial de baixa impedância.

6. DESCRIÇÃO DO SISTEMA DE SPDA


O sistema de proteção atmosférica é composto por descidas embutidas no concreto
estrutural, com caixa de inspeção instalada no solo. Na caixa d’água há duas descidas
em cabo de cobre nu de 35mm2.

Cada torre possui:

• Possui 1 mastros em aço galvanizado com 2” de diâmetro e altura de 2m;


• Possui 1 Captores Franklin 300mm;

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

15
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

7. MEDIÇÕES ÔHMICAS DAS UNIDADES


As medições ôhmicas foram realizadas em condições climáticas favoráveis, ou seja,
tempo aberto e ensolarado. As leituras foram feitas no sentido horário do ponto de
vista de quem se posiciona na rua e de frente para a edificação.

Caixa d’água
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,97 Ω
Descida 2 0,97 Ω
Bloco 1
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,41 Ω
Descida 2 0,41 Ω
Bloco 2
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,41 Ω
Descida 2 0,41 Ω
Bloco 3
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,42 Ω
Descida 2 0,42 Ω
Bloco 4
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,39 Ω
Descida 2 0,39 Ω
Bloco 5
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,38 Ω

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

16
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Descida 2 0,38 Ω
Bloco 6
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,37 Ω
Descida 2 0,37 Ω
Bloco 7
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,40 Ω
Descida 2 0,40 Ω
Bloco 8
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,39 Ω
Descida 2 0,39 Ω
Bloco 9
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,37 Ω
Descida 2 0,37 Ω
Bloco 10
Valores das Medições (Ω)
Descida 1 0,41 Ω
Descida 2 0,41 Ω

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

17
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

8. RELATÓRIO FOTOGRÁFICO

Figura 1: Vista Aérea do Condomínio Nova Guarulhos

Figura 2: Medição da Descida da Caixa d’Água – 0,97 Ω

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

18
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Figura 3: Medição das Torres – 0,41 Ω

Figura 4: Medição das Torres – 0,41 Ω

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

19
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Figura 5: Medição das Torres – 0,42 Ω

Figura 6: Medição das Torres – 0,42 Ω

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

20
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Figura 7: Medição das Torres – 0,39 Ω

Figura 8: Medição das Torres – 0,38 Ω

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

21
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Figura 9: Medição das Torres – 0,40 Ω

Figura 10: Medição das Torres – 0,39 Ω


ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58
AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

22
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

9. LOCAIS QUE NECESSITAM DE MELHORIAS


Os itens registrados abaixo, necessitam se interligado ao sistema principal de SPDA,
conforme exige as normas técnicas em vigor.

Figura 11: Cabo da Caixa d’Água em fase de Rompimento – Religar.

Figura 12: Cabo da Caixa d’Água em fase de Rompimento – Religar.


ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58
AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

23
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Figura 13: Interligar as Estruturas Metálicas ao Sistema Principal de SPDA.

Figura 14: Interligar as Estruturas Metálicas ao Sistema Principal de SPDA.


ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58
AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

24
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

Figura 15: Interligar as Estruturas Metálicas ao Sistema Principal de SPDA.

Figura 15: Interligar as Estruturas Metálicas ao Sistema Principal de SPDA.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

25
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

10. CONCLUSÃO

As medições foram realizadas no sentido horário do ponto de vista de quem se


posiciona na frente do acesso da edificação.

O Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica do Condomínio Nova Guarulhos


II, apresenta medições ôhmicas em conformidade com o que preconiza a NBR
5419/2015.

Isto Posto, afirmo que todo o sistema de SPDA encontra-se em perfeitas condições
de operação, e deve ser feitas as correções que foram apontadas no relatório
fotográfico.

Para as medições foi utilizado um Alicate Termômetro Minipa ET 4310 _ CAT III 300V.
Data da calibração 12/03/2020. De acordo com a NBR 5419/2015, a próxima medição
ôhmica deverá ocorrer até 04/12/2021.

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

26
Laudo de Para-raios, Laudo de Aterramento Laudo de Termografia, PPRA, PCMAT, APR, LTCAT, AVCB do Corpo de Bombeiros, Perícias e
Laudos Civis, Perícias Judiciais, Cíveis e Trabalhistas.

11. ENCERRAMENTO

Com a certeza que o exposto é suficiente para Validar o Sistema de Proteção


Atmosférica do Condomínio Residencial Nova Guarulhos II, encerro o presente Laudo
de Medições Ôhmicas composto por 27 (vinte e sete) laudas incluindo capa, sumário,
corpo principal, impressas, datada, numerada, rubricada e assinada. Contém em
anexo duas laudas da Anotação de Responsabilidade Técnica – ART:
28027230201557095, rubricada e assinada.

Por fim, estou à disposição para dirimir quaisquer dúvidas e prestar esclarecimentos
que julguem necessários.

É o que tenho para dizer.

Guarulhos, 10 de dezembro de 2020.

_______________________________________

Eng. Rodrigo Andrade dos Santos

CREA-SP 5063727135 ART: 28027230201557095

ANDRADE ENGENHARIA – CNPJ: 29.597.948/0001-58


AV. Benjamin Harris Hunnicutt, 430 – Guarulhos / SP. Contato: (11) 9 98247-9058
sarodrigoandrade@gmail.com

27