Você está na página 1de 19

TECNOLOGIAS SOCIAIS MARIANA CIMINELLI MARANHO

AGENDA 2030 PARA O DESENVOLVIMENTO


SUSTENTÁVEL
▪ Plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade.
▪ Buscam concretizar os direitos humanos de todos e alcançar a igualdade de gênero e o
empoderamento das mulheres e meninas.
▪ Eles são integrados e indivisíveis, e equilibram as três dimensões do desenvolvimento
sustentável: a econômica, a social e a ambiental.
C&T E DECISÕES SOCIAIS

É NA ATITUDE DIALÓGICA DO
SABER ACADÊMICO COM O SABER
POPULAR QUE OS DIFERENTES
ATORES SOCIAIS APRENDEM A SER,
A CONHECER E A FAZER,
ENFRENTANDO OS DESAFIOS DA
REALIDADE.
C&T E DECISÕES SOCIAIS
▪ É fundamental uma compreensão crítica sobre as interações entre CTS, considerando
que a dinâmica social contemporânea está fortemente marcada pela presença da
C&T.

DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

DESENVOLVIMENTO SOCIAL
C&T E DECISÕES SOCIAIS
▪ À medida que o conhecimento científico-tecnológico é produzido, produz-se também
discursos, formas de ver essa produção.
▪ Discursos aceitos, fomentados ou elaborados por determinados atores sociais,
interessados em sua disseminação.
▪ Determinismo tecnológico:
a) A mudança tecnológica é a causa da mudança social, considerando-se que a
tecnologia define os limites do que uma sociedade pode fazer. Assim, a inovação
tecnológica aparece como o fator principal da mudança social;
b) A tecnologia é autônoma e independente das influências sociais.
C&T E DECISÕES SOCIAIS
▪ O desenvolvimento científico-tecnológico não pode ser considerado um processo
neutro que deixa intactas as estruturas sociais sobre as quais atua.
▪ Nem a Ciência e nem a Tecnologia são alavancas para a mudança que afetam
sempre, no melhor sentido, aquilo que transformam.
▪ O progresso científico e tecnológico não coincide necessariamente com o progresso
social e moral (Sachs, 1996).
▪ O desenvolvimento de C&T, ou de conhecimento científico e tecnológico, reflete os
padrões sociais, políticos, econômicos e ecológicos da sociedade em que esse
desenvolvimento tem lugar.
O QUE É TECNOLOGIA SOCIAL
“Conjunto de técnicas, metodologias transformadoras, desenvolvidas e/ou aplicadas na
interação com a população e apropriadas por ela, que representam soluções para
inclusão social e melhoria das condições de vida” (ITS BRASIL. Caderno de Debate –
Tecnologia Social no Brasil. São Paulo: ITS. 2004: 26)

▪ Construir “pontes” que aproximem os problemas de suas soluções.


▪ Essas pontes se fazem, tijolo a tijolo, num percurso que vai da observação da
realidade – não uma “observação fria”, mas mobilizada pela necessidade vivida –
até o desenvolvimento da capacidade de produzir soluções.
▪ Uma das características principais é a diversidade de abordagens, concilia saberes
populares e acadêmicos.
TECNOLOGIA SOCIAL
▪ A particularidade de nosso tempo é que sistemas tecnológicos muito elaborados
participam de nosso cotidiano, fazendo com que o poder de interferir e transformar
o mundo dependa cada vez menos da força e de recursos físicos e cada vez mais de
capacidade intelectual.
▪ A falta de acesso ao conhecimento e aos benefícios que ele traz, aliada ao não-
reconhecimento do direito de todos de serem produtores de conhecimento, tende a
ser um dos principais fatores de exclusão.
▪ Se não enfrentarmos essas desigualdades imediatamente, corremos o risco de que
elas aumentem de modo progressivo, num ritmo que pode tornar o processo
praticamente irreversível.
TECNOLOGIA SOCIAL
▪ Não há garantia de que o crescimento se reverta em melhorias para a sociedade,
pelo menos se a considerarmos em sua totalidade.
▪ A especificidade da Tecnologia Social é a de ter como objetivos a se buscar, direta
e imediatamente, aquilo que outras maneiras de pensar e agir muitas vezes tratam
como “externalidades”, como consequências “naturais” do processo ou até mesmo
como fatores limitantes do “desenvolvimento”: a inclusão social, a sustentabilidade
socioambiental e a construção do processo democrático.

A Tecnologia Social busca recompor o código de valores que orienta a pesquisa e o


desenvolvimento de inovação, agindo em função dos interesses da sociedade num sentido
amplo e inclusivo.
TIPOS DE TECNOLOGIA SOCIAL
▪ Produtos, dispositivos ou equipamentos;
▪ Processos, procedimentos, técnicas ou metodologias;
▪ Serviços;
▪ Inovações sociais organizacionais;
▪ Inovações sociais de gestão.
TECNOLOGIA SOCIAL
reconhecimento de necessidades concretas

coleta dos dados sobre a realidade

informações precisas (que são a estruturação desses dados


de modo a conferir-lhes uma função no processo)

produção de conhecimento (compreensão mais completa da


realidade e de suas possíveis transformações)

desenvolve-se a inteligência necessária para alavancar as


transformações.
ATORES DA TECNOLOGIA SOCIAL
▪ As associações civis;
▪ As populações tradicionais e/ou comunidades locais de povos indígenas, quilombolas,
ribeirinhos, caiçaras, extrativistas, pescadores, agricultores familiares e catadores;
▪ Os assentados e reassentados nos Programas de Reforma Agrária;
▪ As instituições de ensino superior e tecnológico, especialmente a extensão universitária;
▪ Os poderes públicos;
▪ As empresas, preferencialmente por meio da responsabilidade social;
▪ Os sindicatos e centrais sindicais;
▪ As cooperativas;
▪ Os movimentos populares.
TECNOLOGIA SOCIAL E SUAS IMPLICAÇÕES
1. Tecnologia Social implica compromisso com a transformação social;
2. Tecnologia Social implica a criação de um espaço de descoberta de
demandas e necessidades sociais;
3. Tecnologia Social implica relevância e eficácia social;
4. Tecnologia Social implica sustentabilidade socioambiental e econômica;
5. Tecnologia Social implica inovação;
6. Tecnologia Social implica organização e sistematização;
TECNOLOGIA SOCIAL E SUAS IMPLICAÇÕES
7. Tecnologia Social implica acessibilidade e apropriação das tecnologias;
 O baixo custo e a facilidade.

8. Tecnologia Social implica um processo pedagógico para todos os


envolvidos;
9. Tecnologia Social implica o diálogo entre diferentes saberes;
10. Tecnologia Social implica difusão e ação educativa;
11. Tecnologia Social implica processos participativos de planejamento,
acompanhamento e avaliação;
12. Tecnologia Social implica a construção cidadã do processo democrático.
VALORES DA TECNOLOGIA SOCIAL
TECNOLOGIA SOCIAL
▪ Tecnologia Social é a ferramenta que agrega informação e conhecimento para
mudar a realidade.
▪ Promove educação, cidadania, inclusão, acessibilidade, sustentabilidade,
participação e cultura.
▪ Pode e deve ser utilizada nas mais variadas localidades do país, desde que
adaptada e assumida pela comunidade.
▪ A Tecnologia Social “[...] não é um modelo pronto. É uma metodologia em
transformação, onde as pessoas que precisam das soluções são parte delas,
assumindo o processo da mudança”.
ALGUMAS REFERÊNCIAS
Sachs, I. (1996). Brasil e os Riscos da Modernidade. Ciência Hoje, 20 (119), 12-14.

ITS BRASIL. Caderno de Debate – Tecnologia Social no Brasil. São Paulo: ITS. 2004.