Você está na página 1de 23

Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n.

2988

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA
ATO N. 452/2021/PGJ
Dispõe sobre exoneração do cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "d", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Exonerar, a partir do dia 2 de agosto de 2021, a servidora DUNIA SAVIATO TEIXEIRA, matrícula n. 321.129-0, do cargo
de Assessor Jurídico, nível CMP-2, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto na Lei
Complementar n. 746, de 3 de outubro de 2019, por ter assumido outro cargo público.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 2 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

ATO N. 453/2021/PGJ
Dispõe sobre exoneração do cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "d", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Exonerar, a partir do dia 2 de agosto de 2021, a servidora REGIANE VIEIRA PERERA, matrícula n. 321.129-0, do cargo
de Assessor de Gabinete, nível CMP-4, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto na Lei
Complementar n. 736, de 15 de janeiro de 2019, por ter assumido outro cargo público.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

ATO N. 454/2021/PGJ
Dispõe sobre exoneração do cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "d", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Exonerar, a pedido, a partir do dia 3 de agosto de 2021, o servidor VITOR COLOSSI BRANCO, matrícula n. 957.799-8,
do cargo de Assessor Jurídico, nível CMP-2, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto
na Lei Complementar n. 736, de 15 de janeiro de 2019.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 2

ATO N. 455/2021/PGJ
Dispõe sobre nomeação para exercer cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "e", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Nomear WLLIANA STHEFANY NIECKARZ, nascida em 16 de janeiro de 1999, para exercer o cargo de Assistente de
Promotoria de Justiça, nível CMP-1, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto na Lei
Complementar n. 736, de 15 de janeiro de 2019, vago em decorrência da exoneração do servidor Ernani Guerreiro.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

ATO N. 456/2021/PGJ
Dispõe sobre nomeação para exercer cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "e", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Nomear ERNANI GUERREIRO, nascido em 10 de julho de 1992, para exercer o cargo de Assessor Jurídico, nível CMP-
2, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto na Lei Complementar n. 736, de 15 de
janeiro de 2019, vago em decorrência da exoneração da servidora Juliana da Silva Soncini.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

ATO N. 457/2021/PGJ
Dispõe sobre exoneração do cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "d", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Exonerar, a pedido, a partir do dia 1º de setembro de 2021, a servidora PATRÍCIA BRUGGEMANN ROSA, matrícula n.
684.976-8, do cargo de Assessora Jurídica, nível CMP-2, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério
Público, previsto na Lei Complementar n. 736, de 15 de janeiro de 2019.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

ATO N. 458/2021/PGJ
Dispõe sobre nomeação para exercer cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "e", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 3

CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Nomear MATHEUS D'EL REI MARTINS, nascido em 2 de fevereiro de 1996, para exercer o cargo de Assistente de
Procuradoria de Justiça, nível CMP-1, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto na Lei
Complementar n. 736, de 15 de janeiro de 2019, vago em decorrência da exoneração do servidor Felipe Martins Silva.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

ATO N. 459/2021/PGJ
Dispõe sobre nomeação para exercer cargo de provimento comissionado e dá outras providências.
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no exercício das atribuições que lhes são conferidas, respectivamente, pelo art. 19,
inciso XIV, alínea "e", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro de 2019 - Lei Orgânica do Ministério Público do
Estado de Santa Catarina, e
CONSIDERANDO as disposições nos termos dos artigos 9º e 11 da Lei n. 6.745, de 28 de dezembro de 1985,
RESOLVE:
Art. 1º Nomear FELIPE MARTINS SILVA, nascido em 18 de novembro de 1984, para exercer o cargo de Assessor Jurídico,
nível CMP-2, do Quadro de Cargos de Provimento em Comissão do Ministério Público, previsto na Lei Complementar n. 736, de
15 de janeiro de 2019, vago em decorrência da exoneração do servidor Vitor Colossi Branco.
Art. 2º Este ato entra em vigor na data de sua publicação.
REGISTRE-SE, PUBLIQUE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.548/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 10, inciso IX, alínea "h", da Lei n.
8.625, de 12 de fevereiro de 1993 - Lei Orgânica Nacional do Ministério Público,
RESOLVE:
FAZER CESSAR, nos períodos mencionados do mês de agosto do corrente ano, os efeitos da Portaria n. 2.497/2021, que
indicou os seguintes Promotores de Justiça para atuarem nas Zonas Eleitorais das Comarcas abaixo.

ZE COMARCA MATRÍCULA NOME SITUAÇÃO


2ª Biguaçu 316.077-7 Laudares Capella Filho (De 16 a 20) Titular
8ª Canoinhas 658.934-0 Mariana Pagnan Silva de Faria (De 9 a 13) Titular
31ª Tijucas 340.470-6 Mirela Dutra Alberton (Dias 19 e 20) Titular
49ª São Lourenço 684.761-7 Marcio Vieira (De 9 a 13) Titular
do Oeste

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 2 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.549/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 10, inciso IX, alínea "h", da Lei n.
8.625, de 12 de fevereiro de 1993 - Lei Orgânica Nacional do Ministério Público,
RESOLVE:
INDICAR os Promotores de Justiça relacionados para responderem, nos períodos mencionados do mês de agosto do corrente
ano, nas Zonas Eleitorais das Comarcas abaixo.

ZE COMARCA MATRÍCULA NOME


2ª Biguaçu 305.144-7 João Carlos Linhares Silveira (De 16 a 20)
8ª Canoinhas 371.607-4 Bianca Andrighetti Coelho (De 9 a 13)
31ª Tijucas 358.178-0 Fabiano Francisco Medeiros (Dias 19 e 20)

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 4

49ª São Lourenço 684.908-3 Mateus Minuzzi Freire da Fontoura Gomes (De 9 a 13)
do Oeste

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 2 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.560/2021
O ASSESSOR DE DIREITOS ESTATUTÁRIOS, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 12, incisos I, II, III e IV, do
Ato n. 361/2021/PGJ, c/c o art. 19, incisos XI e XII, alíneas "d", "e" e "f", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro
de 2019,
RESOLVE:
DESIGNAR as Promotoras de Justiça abaixo nominadas, para responderem, em colaboração, nos períodos mencionados do
mês de agosto do corrente ano, nas Promotorias de Justiça da Comarca abaixo indicada.

BLUMENAU 1ª PJ 684.989-0 Stephani Gaeta Sanches (De 2 a 8)


4ª PJ 684.989-0 Stephani Gaeta Sanches (De 2 a 31)

9ª PJ 384.896-5 Cristina Nakos (De 9 a 31)

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
JÚLIO FUMO FERNANDES
PROMOTOR DE JUSTIÇA
ASSESSOR DE DIREITOS ESTATUTÁRIOS

PORTARIA N. 2.561/2021
O ASSESSOR DE DIREITOS ESTATUTÁRIOS, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 12, incisos I, II, III e IV, do
Ato n. 361/2021/PGJ, c/c o art. 19, incisos XI e XII, alíneas "d", "e" e "f", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro
de 2019,
RESOLVE:
DESIGNAR os Promotores de Justiça abaixo nominados, para responderem, em colaboração, nos períodos mencionados dos
meses de agosto e setembro do corrente ano, nas Promotorias de Justiça das Comarcas abaixo indicadas, em razão da troca
de plantão.

BRUSQUE 2ª PJ 305.138-2 Nilton Exterkoetter (De 25/8 a 1º/9)


SÃO JOÃO BATISTA 1ª PJ 340.422-6 Cristiano José Gomes (De 4 a 11/8)
SÃO JOSÉ DO CEDRO PJ 684.985-7 Fernanda Silva Villela Vasconcellos (De 18 a 25/8)

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
JÚLIO FUMO FERNANDES
PROMOTOR DE JUSTIÇA
ASSESSOR DE DIREITOS ESTATUTÁRIOS

PORTARIA N. 2.563/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 19, inciso XII, alínea "f", da Lei
Complementar Estadual n. 738 de 23 de janeiro de 2019, e considerando o disposto no art. 2° do Ato n. 256/2019/PGJ,
RESOLVE:
FAZER CESSAR, no dia 6 do mês de agosto do corrente ano, os efeitos da Portaria n. 2.345/2020, que designou o Doutor
MARCO ANTONIO FRASSETTO, matrícula n. 655.060-6, ocupante do cargo de Promotor de Justiça da Promotoria de Justiça
da Comarca de Taió, para exercer, de 1º de setembro de 2020 a 31 de agosto de 2021, as funções de Coordenador
Administrativo da Promotoria de Justiça da mesma Comarca.
PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 5

PORTARIA N. 2.564/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 19, inciso XII, alínea "f", da Lei
Complementar Estadual n. 738 de 23 de janeiro de 2019, e considerando o disposto no art. 2° do Ato n. 256/2019/PGJ,
RESOLVE:
FAZER CESSAR, no dia 6 do mês de agosto do corrente ano, os efeitos da Portaria n. 1.977/2021, que designou o Doutor
MARCOS SCHLICKMANN ALBERTON, matrícula n. 684.720-0, ocupante do cargo de Promotor de Justiça da 2ª Promotoria de
Justiça da Comarca de Maravilha, para exercer, de 18 de junho a 31 de agosto de 2021, as funções de Coordenador
Administrativo das Promotorias de Justiça da mesma Comarca.
PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.
Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.565/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 19, inciso XII, alínea "f", da Lei
Complementar Estadual n. 738 de 23 de janeiro de 2019, e considerando o disposto no art. 2° do Ato n. 256/2019/PGJ,
RESOLVE:
DESIGNAR os Promotores de Justiça abaixo relacionados para exercerem, no dia 6 do mês de agosto do corrente ano, as
funções de Coordenador Administrativo das Promotorias de Justiça das respectivas Comarcas.

Comarca Cargo Matrícula Nome Período


Maravilha Coordenador Administrativo 684.721-8 Rodrigo Dezengrini 6/8 a 6/8
Taió Coordenador Administrativo 312.076-7 Fabrício Franke da Silva 6/8 a 6/8

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.566/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 10, inciso IX, alínea "h", da Lei n.
8.625, de 12 de fevereiro de 1993 - Lei Orgânica Nacional do Ministério Público.
RESOLVE:
FAZER CESSAR, nos períodos mencionados do mês de agosto do corrente ano, os efeitos da Portaria n. 2.497/2021, que
indicou os seguintes Promotores de Justiça para atuarem nas Zonas Eleitorais das Comarcas abaixo.

ZE COMARCA MATRÍCULA NOME SITUAÇÃO


46ª Taió 655.060-6 Marco Antonio Frassetto (Dia 6) Titular
54ª Sombrio 655.363-0 Joel Zanelato (De 23 a 31) Titular

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.567/2021
O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 10, inciso IX, alínea "h", da Lei n.
8.625, de 12 de fevereiro de 1993 - Lei Orgânica Nacional do Ministério Público,
RESOLVE:
INDICAR os Promotores de Justiça relacionados para responderem, nos períodos mencionados do mês de agosto do corrente
ano, nas Zonas Eleitorais das Comarcas abaixo.

ZE COMARCA MATRÍCULA NOME


46ª Taió 312.076-7 Fabrício Franke da Silva (Dia 6)

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 6

54ª Sombrio 684.848-6 Guilherme Luiz Dutra (De 23 a 31)

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
FERNANDO DA SILVA COMIN
PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

PORTARIA N. 2.568/2021
O ASSESSOR DE DIREITOS ESTATUTÁRIOS, no uso das atribuições que são conferidas pelo art. 12, incisos I, II, III e IV, do
Ato n. 361/2021/PGJ, c/c o art. 19, incisos XI e XII, alíneas "d", "e" e "f", da Lei Complementar Estadual n. 738, de 23 de janeiro
de 2019,
RESOLVE:
DESIGNAR os Promotores de Justiça abaixo nominados, para responderem, cumulativamente, no dia 6 do mês de agosto do
corrente ano, nas Promotorias de Justiça das Comarcas abaixo indicadas.

MARAVILHA 2ª PJ 684.721-8 Rodrigo Dezengrini


TAIÓ PJ 312.076-7 Fabrício Franke da Silva

PUBLIQUE-SE, REGISTRE-SE E COMUNIQUE-SE.


Florianópolis, 3 de agosto de 2021.
JÚLIO FUMO FERNANDES
PROMOTOR DE JUSTIÇA
ASSESSOR DE DIREITOS ESTATUTÁRIOS

PROMOTORIAS DE JUSTIÇA
Por entrância e ordem alfabética

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.3743-9


COMARCA: Balneário Camboriú
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 5ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Partes: Ministério Público e Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú.
Conclusão: ajuizamento da Ação Civil Pública n. 08.2021.319644-0.
Membro do Ministério Público: Isaac Sabbá Guimarães

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2017.00002538-0


COMARCA: Brusque
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 6ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 13/7/2021
Partes: Lauro Cezar Dalmolin e Município de Brusque.
Conclusão: ajuizamento da Ação Civil Pública n. 5009555-45.2021.8.24.0011, para condenar o município de Brusque na
obrigação de fazer, consistente na promoção e a fiscalização do tráfego de veículos pesados na Rua José Ramiro Dias, bem
como para que providencie a instalação de equipamentos que impeçam a circulação de veículos em desconformidade com o
padrão da via, tudo sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), revertendo-se a quantia para o fundo de que
trata o artigo 13 da Lei n. 7.347/85 - "FUNDO PARA RECONSTITUIÇÃO DOS BENS LESADOS" - que, em Santa Catarina, foi
instituído pela Lei n. 15.694, de 21 de dezembro de 2011, regulamentada pelo Decreto n. 808, de 9 de fevereiro de 2012; e a
condenação do município de Brusque ao pagamento de valor, a ser arbitrado pelo juízo, para reparar o dano moral causado à
coletividade, revertendo-se a quantia para o fundo de que trata o artigo 13 da Lei n. 7.347/85 "FUNDO PARA
RECONSTITUIÇÃO DOS BENS LESADOS", que, em Santa Catarina, foi instituído pela Lei n. 15.694, de 21 de dezembro de
2011, regulamentada pelo Decreto n. 808, de 9 de fevereiro de 2012.
Membro do Ministério Público: José Geraldo Rossi da Silva Cecchini

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 7

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2017.00002789-9


COMARCA: Brusque
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 6ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 12/7/2021
Parte: Alessandra Donini.
Conclusão: ajuizamento da Ação Civil Pública n. 5009479-21.2021.8.24.0011/, para condenar a requerida na obrigação de fazer,
consubstanciada na recuperação de toda a área degradada, mediante demolição/desfazimento de edificações e benfeitorias,
com o replantio de vegetação nativa, através de contratação de profissional habilitado, devidamente registrado no Conselho
Profissional de Classe (biólogo, engenheiro florestal e/ou engenheiro agrônomo), para elaboração, implantação e
acompanhamento de projeto de recuperação de área degradada, em atenção às exigências do Instituto do Meio Ambiente
(IMA); ao pagamento de indenização pecuniária relativa ao prejuízo ambiental causado, com valor a ser apurado mediante
perícia específica de quantificação do dano, revertendo-se a quantia para o fundo de que trata o art. 13 da Lei n. 7.347/85 -
"FUNDO PARA RECONSTITUIÇÃO DOS BENS LESADOS" - que, em Santa Catarina, foi instituído pela Lei n. 15.694, de 21 de
dezembro de 2011, regulamentada pelo Decreto n. 808, de 9 de fevereiro de 2012; e ao pagamento do valor de R$ 50.000,00
(cinquenta mil reais), visando reparar o dano moral causado à coletividade, revertendo-se a quantia para o fundo de que trata o
art. 13 da Lei n. 7.347/85 - "FUNDO PARA RECONSTITUIÇÃO DOS BENS LESADOS" - que, em Santa Catarina, foi instituído
pela Lei n. 15.694, de 21 de dezembro de 2011, regulamentada pelo Decreto n. 808, de 9 de fevereiro de 2012.
Membro do Ministério Público: José Geraldo Rossi da Silva Cecchini

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2017.00004296-7


COMARCA: Brusque
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 6ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 13/7/2021
Parte: BR Têxtil Ltda. ME.
Conclusão: ajuizamento da Ação Civil Pública n. 5009478-36.2021.8.24.0011, para proibir a requerida de exercer qualquer
atividade enquanto não regularizada a situação do empreendimento, especialmente no tocante à Estação de Tratamento de
Efluentes (ETE), a qual deve ter sua eficácia comprovada por laudo subscrito por profissional com ART, sob pena de multa
diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em caso de descumprimento, a ser revertida para o fundo do artigo 13 da Lei n.
7.347/85 "FUNDO PARA RECONSTITUIÇÃO DOS BENS LESADOS", que, em Santa Catarina, foi instituído pela Lei n. 15.694,
de 21 de dezembro de 2011, regulamentada pelo Decreto n. 808, de 9 de fevereiro de 2012.
Membro do Ministério Público: José Geraldo Rossi da Silva Cecchini

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO CIVIL N. 01.2019.00028749-0


COMARCA: Brusque
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 6ª Promotoria de Justiça
Data de Instauração: 25/3/2021
Parte: Município de Brusque.
Objeto: verificar o regular funcionamento de estabelecimentos têxteis Crisbel Confecções Ltda., Schirley Amaral EIRELI e
Toalhas Sul Catarinense EIRELI.
Membro do Ministério Público: Silvana do Prado Brouwers

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2016.00009035-5


COMARCA: Capital
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 12ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 29/7/2021
Partes: anônimo e a apurar.
Conclusão: Inquérito Civil. Desvio de função de agente penitenciário cedido a Delegacia de Polícia de Navegantes. Informações
prestadas pelos órgãos competentes que comprovaram que o servidor se encontrava em desvio de função, realizando atividade
inerentes ao cargo de agente da polícia civil. Irregularidade cessada com o retorno do agente penitenciário às suas atividades
como agente penitenciário. Situação que perdurou por anos. Carência de dolo geral. Ausência de prejuízo ao Erário.
Arquivamento que se impõe.
Membro do Ministério Público: Andrey Cunha Amorim

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 8

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003243-7


COMARCA: Capital
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 28ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 30/7/2021
Partes: Daniel Serravalle de Sá, Construtora Bruggemann e Gustavo Damiani Bruggemann.
Objeto: ordenação da Cidade/Plano Diretor. Construção multifamiliar. Quitinetes. Rua dos Gerânios Floridos, ao lado do n. 77.
Carvoeira.
Membro do Ministério Público: Rogério Ponzi Seligman

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2018.00006707-3


COMARCA: Chapecó
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 9ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 2/8/2021
Partes: Município de Chapecó e Estado de Santa Catarina.
Conclusão: tombamento do Prédio que abriga a Escola Marechal Bormann. Decreto Municipal n. 40.874/2021.
Membro do Ministério Público: Eduardo Sens dos Santos

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00002910-0


COMARCA: Chapecó
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 9ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 4/8/2021
Partes: Pompilio Claro da Costa e Valdir Turatti.
Objeto: APP de curso d'água e supressão de duas araucárias. Rua Paschoal Cortelini, Chapecó.
Membro do Ministério Público: Eduardo Sens dos Santos

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003281-5


COMARCA: Chapecó
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 9ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 3/8/2021
Parte: Rudimar Antonio Graciolli.
Objeto: intervenção em APP. Plantação de eucaliptos. Linha Sarapião.
Membro do Ministério Público: Eduardo Sens dos Santos

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00001060-6
COMARCA: Itajaí
ÓRGÃO MINISTÉRIO PÚBLICO: 10ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: Representante legal da empresa Danna Pescados Eireli.
A pessoa identificada no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo, bem como de que poderá apresentar
razões escritas ou documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção de
arquivamento. As razões ou os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do
Ministério Público (Conselho Superior do Ministério Público, Rua Bocaiúva, 1750, Centro, Florianópolis-SC, 88.015-902), ou ao
órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: trata-se de Inquérito Civil instaurado para apurar a regularização ambiental das atividades exercidas
pela empresa Danna Pescados Eireli, situada na Rua Santa Luzia, 368, Bairro Dom Bosco, Município de Itajaí/SC, bem como a
suposta ocorrência de poluição odorífera. [...] conclui-se inexistirem danos (ou possíveis danos) ambientais coletivos que
justifiquem a atuação desta Promotoria Ambiental. Do vasto conjunto probatório, está cabalmente demonstrada a inexistência
das irregularidades que deram ensejo à instauração do presente feito (ausência de regularização ambiental das atividades
exercidas, bem como a suposta ocorrência de poluição odorífera). Ademais, não se vislumbra outras diligências produtivas a
serem adotadas por esta Curadoria, de modo que a continuidade de investigação nesta Curadoria seria inócua e repetitiva. [...]
os fatos que instauraram o presente feito foram solucionados, não havendo, por conseguinte, fundamento para propositura de

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 9

ação civil pública.


Membro do Ministério Público: Henrique da Rosa Ziesemer
Data: 16/7/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2021.00002749-0


COMARCA: Itajaí
CONCLUSÃO: 3/8/2021
Partes: CREAS de Itajaí e MPSC.
Conclusão: Curadoria da Cidadania e dos Direitos Humanos. Procedimento Administrativo. Apuração de eventual
vulnerabilidade de pessoa idosa. Situação solucionada após a intervenção da Promotoria de Justiça. Idoso inserido no núcleo
familiar. Ausência de motivação para continuidade do feito. Arquivamento. Desnecessidade de remessa ao Conselho Superior
do Ministério Público (CSMP), nos termos do artigo 16, parágrafo único, do Ato n. 398/2018/PGJ.
Membro do Ministério Público: Maury Roberto Viviani

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO CRIMINAL DE N. 01.2021.00019689-5
COMARCA: Joinville
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 8ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: Ederson Ribeiro no presente edital fica, pelo presente, cientificado da decisão abaixo e poderá
apresentar razões escritas ou documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção
de arquivamento. As razões ou os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do
Ministério Público (Conselho Superior do Ministério Público, Rua Bocaiúva, 1750, Centro, Florianópolis-SC, 88.015-902), ou ao
órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: assim sendo, considerando que os fatos narrados nesta Notícia de Fato de n. 01.2021.00019689-5
possuem o mesmo objeto de investigação e partes dos Autos de n. 0007997-48.2019.8.24.0091, bem como que o referido
processo foi arquivado, não há demais providências a serem adotadas no caso. Nesse sentido, cabível o indeferimento da
presente Notícia de Fato de n. 01.2021.00019689-5, uma vez que os fatos já foram objeto de investigação nos Autos de n.
0007997-48.2019.8.24.0091. 3 Dessa feita, com base no art. 7º, inciso II, do Ato 395/2018/PGJ, indefiro a presente Notícia de
Fato Criminal.
Membro do Ministério Público: Marcio Gai Veiga
Data: 4/8/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00002479-9


COMARCA: Lages
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 5ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 3/8/2021
Partes: Município de Bocaina do Sul e Litoralm.
Conclusão: promoção de arquivamento. Inquérito Civil instaurado para apurar supostas irregularidades no fornecimento de
fraldas ao Município de Bocaina do Sul pela empresa Litoralm. Notícia oriunda do MPRS, dando conta de existência de uma
organização criminosa formada pelos representantes das empresas, juntamente com terceiros, para fraudar certames públicos,
bem como fornecer produtos em quantidade e/ou qualidade diversas das contratadas. Compras realizadas pelo Município no
ano de 2015. Diligências que, em razão do tempo, resumiram-se apenas à análise documental e inquirição de testemunha.
Ausência de indícios suficientes a apontar para a existência de referidas fraudes. Inexistência de justa causa para o
prosseguimento das investigações ou para o ajuizamento de ação de improbidade administrativa.
Membro do Ministério Público: Jean Pierre Campos

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003249-2


COMARCA: Lages
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 5ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 3/8/2021
Parte: Régis Felipe Arcon.

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 10

Objeto: apurar a notícia de que o servidor público estadual, Régis Felipe Arcon, no exercício de suas funções de Técnico
Administrativo da Defensoria Pública, teria usado em proveito próprio e para finalidade particular uma máquina fotográfica do
patrimônio do Estado de Santa Catarina (Defensoria Pública), inclusive, tendo mantido a posse injusta do bem por tempo
relevante, com indícios de que poderia ter intenção de assenhoramento. Ato que, em tese, pode caracterizar improbidade
administrativa que enseja enriquecimento ilícito do agente público.
Membro do Ministério Público: Jean Pierre Campos

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00002585-8


COMARCA: Rio do Sul
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 5ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Parte: Município de Rio do Sul.
Conclusão: moralidade administrativa. Município de Rio do Sul. Possível desrespeito ao cronograma de grupos prioritários
estabelecidos na Política Nacional de vacinação de combate à pandemia da COVID-19 e abuso de poder por servidores
públicos autorizando a vacinação de estudantes de Medicina, sem a comprovação de que estariam realizando estágio/atuando
em casa de saúde. Mera irregularidade. Ausência de dolo ou má-fé. Inexistência de ato de improbidade administrativa.
Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Viviane Soares

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00015783-6
COMARCA: Tubarão
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 6ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA:anônimo.
A quem possa interessar no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e poderá apresentar razões
escritas ou documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção do arquivamento. As
razões ou os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do Ministério Público
(Conselho Superior do Ministério Público, Rua Bocaiúva, 1750, Centro, Florianópolis-SC, 88.015-902), ou ao órgão do Ministério
Público acima identificado.
EXTRATO DE DECISÃO: trata-se de Notícia de Fato instaurada com a finalidade de apurar possível supressão de vegetação
nativa em imóvel localizado na rua Alceste Mendes de Souza, no Bairro Caruru, de propriedade de Luiz Santino de Souza.
Conforme se extrai das informações e dos documentos coligidos aos presentes autos, a FUNAT realizou vistoria no local, não
constatando indícios de supressão ilegal de vegetação nativa na área, e que as diferenças nela constatadas a partir das
observações empreendidas em vistoria realizada, no ano de 2018, referem-se aos impactos climáticos no local, principalmente
os decorrentes do volume de precipitação, que influi diretamente nas características da vegetação da área. Assim sendo, não
havendo justa causa para a instauração de Inquérito Civil. Falta justa causa. Indeferimento.
Membro do Ministério Público: Cristine Angulski da Luz
Data: 2/8/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00015783-6


COMARCA: Tubarão
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 6ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 2/8/2021
Parte: anônimo.
Conclusão: trata-se de Notícia de Fato instaurada com a finalidade de apurar possível supressão de vegetação nativa em imóvel
localizado na rua Alceste Mendes de Souza, no Bairro Caruru, de propriedade de Luiz Santino de Souza. Conforme se extrai
das informações e dos documentos coligidos aos presentes autos, a FUNAT realizou vistoria no local, não constatando indícios
de supressão ilegal de vegetação nativa na área, e que as diferenças nela constatadas a partir das observações empreendidas
em vistoria realizada, no ano de 2018, referem-se aos impactos climáticos no local, principalmente os decorrentes do volume de
precipitação, que influi diretamente nas características da vegetação da área. Assim sendo, não havendo justa causa para a
instauração de Inquérito Civil. Falta justa causa. Indeferimento.
Membro do Ministério Público: Cristine Angulski da Luz

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 11

EXTRATO DE CONCLUSÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00018880-7


COMARCA: Tubarão
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 14/7/2021
Partes: anônima e outro.
Objeto: apurar possível vacinação indevida de A. V. M., o qual, em tese, não possui comorbidades e utilizou-se de atestado
médico falso para obter vantagem indevida.
Conclusão: denúncia anônima desacompanhada de mínimos indícios que a embasem.
Membro do Ministério Público: Aline Dalle Laste

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00003617-3
COMARCA: Balneário Piçarras
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: anônimo.
A quem interessar o edital fica, pelo presente, cientificado da decisão abaixo e poderá apresentar razões escritas ou
documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção de arquivamento. As razões ou
os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do Ministério Público (Conselho
Superior do Ministério Público, Rua Bocaiúva, 1750, Centro, Florianópolis-SC, 88.015-902), ou ao órgão do Ministério Público
acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: o Inquérito Civil n. 06.2020.00003617-3 foi instaurado para "apurar o possível pagamento indevido de
gratificação à servidora ocupante de cargo de provimento em comissão no município de Balneário Piçarras (sra. Naidi Nágila
Espíndola, assessora jurídica para assuntos fiscais), e a qualquer outro servidor comissionado em situação análoga no Poder
Executivo e órgãos da administração indireta, bem como averiguar a constitucionalidade do art. 7º da LCM n. 44/02 e do art. 65,
caput, da LCM n. 79/04". O aludido procedimento, quanto ao mérito, foi arquivado, pois o Município acatou a recomendação
expedida por esta Promotoria e cessou o pagamento irregular. Além disso, foi proposta Ação Direta de Inconstitucionalidade
contra os dispositivos da Lei Municipal que possibilitam o pagamento.
Membro do Ministério Público: Pablo Inglêz Sinhori
Data: 2/8/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00003617-3


COMARCA: Balneário Piçarras
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 2/8/2021
Partes: Município de Balneário Piçarras e Fabiane Engelmann Quintino.
Conclusão: o Inquérito Civil n. 06.2020.00003617-3 foi instaurado para "apurar o possível pagamento indevido de gratificação à
servidora ocupante de cargo de provimento em comissão no Município de Balneário Piçarras (sra. Naidi Nágila Espíndola,
assessora jurídica para assuntos fiscais), e a qualquer outro servidor comissionado em situação análoga no Poder Executivo e
órgãos da administração indireta, bem como averiguar a constitucionalidade do art. 7º da LCM n. 44/02 e do art. 65, caput, da
LCM n. 79/04". O aludido procedimento, quanto ao mérito, foi arquivado, pois o Município acatou a recomendação expedida por
esta Promotoria e cessou o pagamento irregular. Além disto, foi proposta Ação Direta de Inconstitucionalidade contra os
dispositivos da Lei Municipal que possibilitam o pagamento.
Membro do Ministério Público: Pablo Inglêz Sinhori

EXTRATO DE CONCLUSÃO DE INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00001073-9


COMARCA: Biguaçu
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 30/7/2021
Partes: Registro de Imóveis de Biguaçu, Carlos Alberto Garcia e outros.
Conclusão: Inquérito Civil instaurado para apurar a notícia de parcelamento irregular do solo no imóvel da Matrícula n. 15.228 do
Registro de Imóveis da Comarca de Biguaçu, situado na Rua Major Livramento, Município de Biguaçu. Constatação positiva.
Divisão do imóvel em lotes/terrenos e abertura de ruas. Venda de terrenos a terceiros. Apresentação de pedido de parcelamento
do imóvel, apenas, na Prefeitura Municipal, para fins de obtenção de cadastros imobiliários e carnês de IPTU individualizados.

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 12

Ausência de regular processo de parcelamento no Registro de Imóveis. Ajuizamento de Ação Civil Pública.
Membro do Ministério Público: Marco Antonio Schütz de Medeiros

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003158-2


COMARCA: Biguaçu
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 30/7/2021
Partes: Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina e Município de Biguaçu.
Objeto: apurar a notícia de ligações de origem desconhecida, aparentemente, de esgoto, na rede de drenagem pluvial da Rua
Domingos Coelho, Praia João Rosa, Município de Biguaçu.
Membro do Ministério Público: Marco Antonio Schütz de Medeiros

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2019.00005815-6


COMARCA: Braço do Norte
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Parte: Tieli Supermercados.
Conclusão: arquivamento tendo em vista a celebração de Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) que tem
por objetivo sanar as irregularidades apontadas na vistoria realizada pelo Programa Alimento Sem Risco, no dia 3 de dezembro
de 2018, no estabelecimento comercial Tieli Supermercados.
Membro do Ministério Público: Fabiana Mara Silva Wagner.

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003280-4.


COMARCA: Braço do Norte
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 3/8/2021
Parte: G3 Automation Indústria e Comércio de Máquinas EIRELI
Objeto: apurar a prática de ilícito civil decorrente do exercício de atividade potencialmente poluidora sem o devido licenciamento
ambiental por G3 Automation Indústria e Comércio de Máquinas EIRELI.
Membro do Ministério Público: Iara Klock Campos

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2018.00007929-1


COMARCA: Canoinhas
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Parte: Município de Major Vieira.
Conclusão: acompanhar e fiscalizar o cumprimento do Termo de Compromisso de Ajustamento de Condutas firmado no
Inquérito Civil n. 06.2014.00007295-0.. O Ministério Público ajuizou com base no presente procedimento a Execução por
Quantia Certa protocolada sob o n. 5005830-36.2021.8.24.0015 e a Execução de Obrigação de Fazer n. 5005833-
88.2021.8.24.0015. Desnecessidade de manutenção do Procedimento. Determinada a conclusão do procedimento.
Membro do Ministério Público: Renato Maia de Faria

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00020520-1


COMARCA: Canoinhas
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 27/5/2021
Parte: Leidiane Araujo Mireski.
Objeto: apurar suposta prática de ato de improbidade administrativa por Adelmo Alberti e Marlon José Karvat, consistente na
emissão de falsa declaração para beneficiar Adriana Borges da Silva.
Membro do Ministério Público: Renato Maia de Faria

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 13

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2020.00006174-0


COMARCA: Canoinhas
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 30/7/2021
Partes: Conselho da Comunidade de Canoinhas, Comitê Rio Canoinhas e Afluentes do Rio Negro e Coordenadoria de
Desenvolvimento Ambiental de Canoinhas (IMA).
Objeto: promover e acompanhar a doação de 10 mil mudas de árvores frutíferas e medicinais nativas para o plantio pela equipe
da Coordenadoria de Desenvolvimento Ambiental de Canoinhas (IMA) e Comitê Rio Canoinhas e Afluentes do Rio Negro no
projeto de revitalização do Rio Água Verde, a partir do emprego de recursos oriundos da destinação valores, a requerimento do
Ministério Público do Estado de Santa Catarina, das penas alternativas, acordos de não persecução penal e de não persecução
cível celebrados na Comarca de Canoinhas, cujo depósito é realizado em conta de titularidade do Conselho da Comunidade de
Canoinhas.
Membro do Ministério Público: Renato Maia de Faria

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2020.00006176-1


COMARCA: Canoinhas
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 30/7/2021
Partes: Conselho da Comunidade de Canoinhas e Coordenadoria de Desenvolvimento Ambiental de Canoinhas (IMA).
Objeto: aquisição de uma cavadeira trado, cabo, três extensões, GPS e câmera fotográfica para o Instituto do Meio Ambiente
(IMA) da Comarca de Canoinhas, a partir do emprego de recursos oriundos da destinação valores, a requerimento do Ministério
Público do Estado de Santa Catarina, das penas alternativas, acordos de não persecução penal e de não persecução cível
celebrados na Comarca de Canoinhas, cujo depósito é realizado em conta de titularidade do Conselho da Comunidade de
Canoinhas.
Membro do Ministério Público: Renato Maia de Faria

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2017.00004745-1


COMARCA: Concórdia
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 2/8/2021
Partes: Vilson Borges, Ironi Gomes Marques, Aline Trindade da Silva e Ivanor da Silva e Município de Irani
Conclusão: Inquérito Civil. Meio Ambiente. Apurar a regularidade da ocupação do solo levada a efeito em imóvel de propriedade
da Celulose Irani, do qual houve a doação de uma área equivalente a 80.000,00m² para o Município de Irani (matrícula n.
20.593), cuja ocupação supostamente teria ocorrido em área de preservação permanente (APP). Celebrado Termo de
Compromisso de Ajustamento de Conduta para Regularização Fundiária Urbana de ocupação existente nos imóveis de
matrículas n. 4.557 e n. 20.593, registrados no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Concórdia, de propriedade do Município de
Irani, a qual foi fracionada clandestinamente em no mínimo 21 lotes em período anterior a 2017. Sujeito à homologação do
Conselho Superior do Ministério Público. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Fabrício Pinto Weiblen

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2018.00003752-4


COMARCA: Concórdia
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 2/8/2021
Partes: Ires Catarina de Bairros, José Rodrigues de Barros Sobrinho, Eulézia Maria Pickler e Neilor Picker.
Conclusão: Inquérito Civil. Meio Ambiente. Apurar a regularidade do parcelamento do solo levado a efeito no imóvel de matrícula
n. 23.009, pelos proprietários Ires Catarina de Bairros, José Rodrigues de Barros Sobrinho, Eulézia Maria Pickler e Neilor Picker.
Celebrado Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta para Regularização Fundiária Urbana de ocupação existente no
imóvel de matrícula n. 23.009, com área de 30.050,00m², registrado no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Concórdia, localizado
no Município Irani, quanto à área total de 12.020,00m² (6.010,00 + 6.010,00), a qual foi fracionada clandestinamente por Iris
Catarina de Barros e Eulezia Maria Pickler. Sujeito à homologação do Conselho Superior do Ministério Público. Arquivamento.

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 14

Membro do Ministério Público: Fabrício Pinto Weiblen

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2019.00004924-6


COMARCA: Concórdia
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 2/8/2021
Partes: Incorporação de Empreendimentos Imobiliários Grisa Ltda. ME.
Conclusão: Inquérito Civil. Meio Ambiente. Apurar possível parcelamento clandestino do imóvel de matrícula n. 29.280,
localizado na Avenida Ângelo Zampieri, 1356, Irani/SC, registrado no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Concórdia, pela
empresa Incorporação de Empreendimentos Imobiliários Grisa Ltda. ME. Celebrado Termo de Compromisso de Ajustamento de
Conduta para regularização fundiária urbana de ocupação existente no imóvel de matrícula de matrícula n. 29.280, com área de
29.311,59m², registrado no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Concórdia, localizado na Avenida Ângelo Zampieri, 1356,
Irani/SC, o qual foi fracionado clandestinamente pela empresa Moinho Colonial Irani Ltda. ME (atual Incorporação de
Empreendimentos Imobiliários Grisa Ltda. ME). Sujeito à homologação do Conselho Superior do Ministério Público.
Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Fabrício Pinto Weiblen

EDITAL PARA CIENTIFICAÇÃO


INQUÉRITO CIVIL N.06.2015.00009081-8
COMARCA: Guaramirim
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: anônimo.
A pessoa a quem interessar o edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e poderá apresentar razões escritas ou
documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção de arquivamento. As razões ou
os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do Ministério Público (Rua Bocaiúva,
n. 1750, Centro, Florianópolis/SC, CEP 88.015-902), ou ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: apurar supostas ilegalidades e inconstitucionalidades do Decreto n. 1/2007 do Município de
Guaramirim. Constatada revogação do referido diploma normativo pelo Decreto n. 911 de 18 de abril de 2018. Análise da
constitucionalidade e legalidade do referido decreto pelo Centro de Apoio Operacional do Controle da Constitucionalidade
(CECCON). Inviabilidade de propositura de Ação Direta de Inconstitucionalidade. Inviabilidade de continuidade das
investigações. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Ana Paula Destri Pavan
Data: 3/8/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2015.00009081-8


COMARCA: Guaramirim
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 3/8/2021
Parte: Município de Guaramirim.
Conclusão: apurar supostas ilegalidades e inconstitucionalidades do Decreto n. 1/2007 do Município de Guaramirim. Constatada
revogação do referido diploma normativo pelo Decreto n. 911, de 18 de abril de 2018. Análise da constitucionalidade e
legalidade do referido decreto pelo Centro de Apoio Operacional do Controle da Constitucionalidade (CECCON). Inviabilidade de
propositura de Ação Direta de Inconstitucionalidade. Inviabilidade de continuidade das investigações. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Ana Paula Destri Pavan

EXTRATO DE CONCLUSÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00014027-8


COMARCA: Itapema
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 30/7/2021
Partes: C.T.I., K.S.A.V., L.R.A. e K.A.V.
Conclusão: Notícia de Fato autuada para apurar os motivos da evasão escolar de K.S.A.V. Conselho Tutelar informou o retorno

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 15

da aluna aos bancos escolares. Com a normalização da situação, não há mais a necessidade de acompanhamento daquela.
Indeferimento. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Carla Mara Pinheiro

EXTRATO DE CONCLUSÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00014048-9


COMARCA: Itapema
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 30/7/2021
Partes: C.T.I., G.L.B.S., J.B. e J.A.S.
Conclusão: Notícia de Fato autuada para apurar os motivos da evasão escolar de G.L.B.S. Família não localizada. A ausência
de informações acerca do paradeiro do aluno, impede a adoção de qualquer medida cível ou criminal, visando à
responsabilização dos genitores e ao retorno do aluno aos bancos escolares. Indeferimento. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Carla Mara Pinheiro

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00019058-0
COMARCA: Ituporanga
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: anônimo.
A quem possa interessar no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: moralidade administrativa. Suposta existência de desvio de função da servidora pública de
Petrolândia, Sra. Thatiane da Cunha. Instauração de Notícia de Fato. Realização de diligências. Ilegitimidade do Ministério
Público para avaliar a relocação de servidores para outro setor e para realizar outras atividades, desde que compatíveis com o
cargo. Lotação de servidores afeta à discricionariedade. Relotação amparada em Lei e funções desenvolvidas inseridas nas
atribuições do cargo de Oficial de Nível Superior. Elementos insuficientes para ensejar a apuração de atos de improbidade
administrativa. Indeferimento do pedido de instauração de investigação.
Membro do Ministério Público: João Paulo Bianchi Beal
Data: 4/8/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00017402-4


COMARCA: Içara
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Partes: Márcio Heidmann Blasius e Município de Içara.
Conclusão: Notícia de Fato instaurada para apurar eventual dano ao erário decorrente do pagamento do valor de R$
3.499.666,56 pelo Município de Içara à Cooperativa Aliança sem comprovação de consumo. Documentos encaminhados pela
municipalidade que rechaçam as suspeitas do denunciante. Suspeitas sem embasamento. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Fernando Rodrigues de Menezes Júnior

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2019.00004708-1


COMARCA: Içara
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Partes: Município de Içara e Câmara de Vereadores de Içara.
Objeto: apurar eventual irregularidade decorrente do Projeto de Lei n. PE/7/19 do Município de Içara para inclusão do percentual
de área verde em APP nos loteamentos. Estudo do Centro de Apoio que demonstrou a impossibilidade de se computar área
verde em APP já que são institutos diversos. Recomendação emitida aos Vereadores sobre a irregularidade. Projeto de Lei
arquivado, atendendo as recomendações. Ausência de outras irregularidades a serem apuradas. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Fernando Rodrigues de Menezes Júnior

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 16

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00000780-1


COMARCA: Içara
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 4/8/2021
Parte: Município de Balneário Rincão.
Objeto: apurar eventual ilegalidade de permuta de área pública a ser realizada pelo Município de Balneário Rincão com a
empresa Vargas Criciumense Imobiliária de Vendas Ltda. Edição da Lei Municipal n. 427/2019, autorizando a permuta.
Recomendação emitida ao Município e a Empresa sobre a impossibilidade de se realizar a permuta por afronta à lei.
Recomendações acatadas com o desfazimento do negócio jurídico e a revogação da lei municipal. Anotação nas matrículas dos
imóveis dando conta da impossibilidade de alienação. Ausência de outras irregularidades a serem apuradas. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Fernando Rodrigues de Menezes Júnior

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DA NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00020743-2


COMARCA: Içara
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 4/8/2021
Partes: Márcio Heidmann Blasius e Município de Içara.
Objeto: apurar eventual ilegalidade na promoção de servidores públicos do Município de Içara, os quais, embora aprovados em
concurso de nível médio, estariam sendo remunerados como nível superior.
Membro do Ministério Público: Fernando Rodrigues de Menezes Júnior

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2021.00003789-8


COMARCA: Joaçaba
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 3/8/2021
Partes: Edenilson Bertotto, Secretaria Municipal de Saúde de Treze Tílias e Ministério Público do Estado de Santa Catarina.
Conclusão: apurar a necessidade de internação compulsória de Edenilson Bertotto para tratamento psiquiátrico. Necessidade
confirmada através de laudo médico. Paciente que informou querer interna-se de forma voluntária, porém, evadiu-se do local.
Risco de suicídio e riscos diversos a terceiros devido a ideação homicida. Evolução do cadastro para propositura de ação de
internação compulsória.
Membro do Ministério Público: Jorge Eduardo Hoffmann

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2021.00003873-1


COMARCA: Laguna
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 4/8/2021
Partes: M. da S. G. e M. G. J.
Objeto: apurar se M. G. J. está em situação de risco e/ou vulnerabilidade em decorrência da negligência de sua atual curadora,
M. da S. G.
Membro do Ministério Público: Carlos Alberto da Silva Galdino

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N.09.2021.00003885-3


COMARCA: Laguna
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 4/8/2021
Partes: L. P. D. e L. C.
Objeto: apurar evasão escolar do aluno I. P. C.
Membro do Ministério Público: Carlos Alberto da Silva Galdino

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 17

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2021.00003892-0


COMARCA: Laguna
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 3ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 4/8/2021
Partes: C. L. e L. F.
Objeto: apurar evasão escolar do aluno W. L. F.
Membro do Ministério Público: Carlos Alberto da Silva Galdino

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00006898-0
COMARCA: Navegantes
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: anônimo.
A quem possa interessar no presente edital fica, pelo presente, cientificado da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: Notícia de Fato. Apurar suposta ocupação irregular de área de preservação permanente do imóvel
matriculado sob o n. 63.050, localizado na Rua Onório Bortolato, lado esquerdo da rua, no Município de Penha/SC, que
supostamente pertence à Prefeitura do Município de Navegantes. Ausência de elementos mínimos de investigação.
Indeferimento. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Gláucio José Souza Alberton
Data: 26/7/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2018.00002876-9


COMARCA: Navegantes
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 3/8/2021
Partes: Município de Navegantes, Vigilância Sanitária e Ministério Público.
Conclusão: Inquérito Civil. Apurar a regularização e adequação do Município de Navegantes às ações do Plano de Ação de
Vigilância Sanitária. Inexistência de ilicitude nem de elemento que demonstre indícios da prática de ato de improbidade
administrativa. Fatos narrados na representação não configuram lesão ou ameaça aos interesses ou direitos a serem tutelados
por ação civil pública. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Gláucio José Souza Alberton

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
INQUÉRITO CIVIL N. 06.2016.00007052-6
COMARCA: Porto Belo
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOAS CIENTIFICADAS: Glaci Bernardete Gomes Uno e Eji Uno.
As pessoas identificadas no presente edital ficam, pelo presente, cientificadas da decisão abaixo e poderão apresentar razões
escritas ou documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção de arquivamento. As
razões ou os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do Ministério Público
(Conselho Superior do Ministério Público, Rua Bocaiúva, 1750, Centro, Florianópolis-SC, 88.015-902), ou ao órgão do Ministério
Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: diante do exposto, notadamente da celebração de Termo de Compromisso de Ajustamento de
Conduta, promove-se o arquivamento do presente Inquérito Civil Público, com fulcro no art. 48, inciso II, do Ato n.
0395/2018/PGJ, pugnando, desde já, por outro turno, pela homologação do acordo celebrado.
Membro do Ministério Público: Lenice Born da Silva
Data: 3/8/2021

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 18

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00005963-7
COMARCA: Sombrio
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: anônimo.
A quem possa interessar no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: averiguar notícia de privilégio na realização de exames/consultas. Improbidade. Ausente indicativos
de irregularidade. Afronta aos princípios da administração não evidenciada. Ausência justa causa ao prosseguimento das
investigações. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Joel Zanelato
Data: 22/7/2021

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003043-9


COMARCA: Sombrio
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 23/7/2021
Parte: Município de Balneário Gaivota.
Objeto: apurar irregularidade na cumulação de cargo do servidor público Márcio Luiz Abatti, em estágio probatório, nomeado
para cargo de provimento em comissão de Secretário de Administração e Finanças do Município de Balneário Gaivota.
Membro do Ministério Público: Joel Zanelato

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2020.00029053-9
COMARCA: São Miguel do Oeste
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 4ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: coletividade.
As pessoas identificadas no presente edital ficam, pelo presente, cientificadas da decisão abaixo e da possibilidade de
interposição do recurso no prazo de 10 (dez) dias, nos termos do art. 8º, § 1º, do Ato n. 395/2018/PGJ.
EXTRATO DA DECISÃO: Notícia de Fato instaurada por meio de representação anônima a fim de apurar suposta irregularidade
em decorrência da não abertura de bebedouros para reservatório de água para animais em propriedades rurais no Município de
Paraíso/SC. Perda do objeto da presente Notícia de Fato. Fatos já solucionados. Irregularidade não constatada. Promoção de
Arquivamento. Indeferimento do requerimento de investigação com fulcro no art. 7º, inciso II, do Ato n. 395/2018/PGJ.
Membro do Ministério Público: Fernanda Silva Villela Vasconcellos
Data: 29/7/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2018.00004945-3


COMARCA: Trombudo Central
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA
Data da Conclusão: 3/8/2021
Partes: Controladoria Interna do Município de Agrolândia e Município de Agrolândia.
Conclusão: considerando que diante da documentação apresentada, todos os servidores que se encontravam em desvio de
função no Município de Agrolândia foram regularizados, sendo que está em trâmite o Projeto de Lei n. 033, de 8 de julho de
2021, que prevê a extinção dos cargos de telefonista, atendente e auxiliar de bibliotecária, estando consignando na mensagem
de encaminhamento, a pretensão da servidora ocupante do cargo de auxiliar de bibliotecária ser aproveitada no cargo de Oficial
Administrativo, denota-se não haver outras medidas a serem tomadas, visto a ausência de novas informações quanto ao objeto
investigado, razão pela qual o arquivamento do feito é medida que se impõe.
Membro do Ministério Público: Bruno Bolognini Tridapalli

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00013371-1

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 19

COMARCA: Xanxerê
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: Escola Municipal Santa Terezinha - Xanxerê.
A pessoa identificada no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: Notícia de Fato instaurada para apurar situação de evasão/infrequência escolar de R.L.V.. Mudança
da criança para outro Estado. Não localização do núcleo familiar. Indeferimento.
Membro do Ministério Público: Michel Eduardo Stechinski
Data: 9/7/2021

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00013749-5
COMARCA: Xanxerê
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: EMEB Professora Nery Barbosa Giachini - Xanxerê.
A pessoa identificada no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: Notícia de Fato instaurada para apurar situação de evasão/infrequência escolar de S. da S. dos S.
Retorno da adolescente aos bancos escolares. Indeferimento.
Membro do Ministério Público: Michel Eduardo Stechinski
Data: 16/7/2021

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
NOTÍCIA DE FATO N. 01.2021.00013899-4
COMARCA: Xanxerê
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: CEMEI Carrossel - Xanxerê.
A pessoa identificada no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: Notícia de Fato instaurada para apurar situação de evasão/infrequência escolar de J.M.S.A. Retorno
do aluno aos bancos escolares. Indeferimento.
Membro do Ministério Público: Michel Eduardo Stechinski
Data: 22/7/2021

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00003658-4
COMARCA: Abelardo Luz
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: Jurandir Ribeiro.
A pessoa identificada no presente edital fica, pelo presente, cientificada da decisão abaixo e da possibilidade de apresentar
recurso administrativo, com as respectivas razões, no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do dia útil imediatamente posterior à
publicação deste edital, ao órgão do Ministério Público acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: inexistência de fundamento para ajuizamento de Ação Civil Pública e/ou demais diligências.
Exoneração de servidora. Perda do objeto. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Ana Cristina Boni
Data: 4/8/21

EXTRATO DE CONCLUSÃO DE INQUÉRITO CIVIL N. 06.2019.00005054-2


COMARCA: Abelardo Luz

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 20

ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça


Data da Conclusão: 20/7/2021
Partes: Ministério Público do Trabalho e Fapar Polpa e Madeiras Ltda.
Conclusão: celebração de TAC. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Marcos Augusto Brandalise

EXTRATO DE CONCLUSÃO DE INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00005205-1


COMARCA: Abelardo Luz
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 20/7/2021
Parte: Volmir Ferneda.
Conclusão: celebração de TAC. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Marcos Augusto Brandalise

EXTRATO DE CONCLUSÃO DE INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00002363-8


COMARCA: Abelardo Luz
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 23/7/2021
Partes: 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental e Neli Lino Saibo.
Conclusão: perda do objeto. Compromisso firmado com a Polícia Militar Ambiental. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Marcos Augusto Brandalise

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00000353-1


COMARCA: Abelardo Luz
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 30/7/2021
Partes: 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental e Ademir Fiorese Junior.
Conclusão: perda do objeto. Compromisso firmado com a Polícia Militar Ambiental. Arquivamento.
Membro do Ministério Público: Marcos Augusto Brandalise

EDITAL DE CIENTIFICAÇÃO
INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00000779-0
COMARCA: Anchieta
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: Promotoria de Justiça
PESSOA CIENTIFICADA: anônimo.
A quem interessar o edital fica, pelo presente, cientificado da decisão abaixo e que poderá apresentar razões escritas ou
documentos ao Conselho Superior do Ministério Público, até a sessão que apreciar a promoção de arquivamento. As razões ou
os documentos podem ser remetidos ou apresentados diretamente ao Conselho Superior do Ministério Público (Conselho
Superior do Ministério Público, Rua Bocaiúva, 1750, Centro, Florianópolis-SC, 88.015-902), ou ao órgão do Ministério Público
acima identificado.
EXTRATO DA DECISÃO: Inquérito Civil instaurado com o objeto de a notícia de que o Município de Anchieta fornece transporte
a pacientes particulares para a realização de consultas e exames médicos em outros municípios, com o uso de recursos do
SUS. Recomendação expedida pelo Ministério Público ao ente municipal integralmente atendida. Arquivamento. Sujeição à
análise do egrégio Conselho Superior do Ministério Público.
Membro do Ministério Público: Aline Restel Trennepohl
Data: 3/8/2021

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2020.00000779-0


COMARCA: Anchieta
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: Promotoria de Justiça

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 21

Data da Conclusão: 13/7/2021


Partes: Ministério Público do Estado de Santa Catarina e Município de Anchieta.
Conclusão: Inquérito Civil instaurado com o objeto de a notícia de que o Município de Anchieta fornece transporte a pacientes
particulares para a realização de consultas e exames médicos em outros Municípios, com o uso de recursos do SUS.
Recomendação expedida pelo Ministério Público ao ente municipal integralmente atendida. Arquivamento. Sujeição à análise do
egrégio Conselho Superior do Ministério Público.
Membro do Ministério Público: Aline Restel Trennepohl

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003284-8


COMARCA: Capivari de Baixo
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 3/8/2021
Partes: Fernando Oliveira da Silva e Câmara de Vereadores do Município de Capivari de Baixo.
Objeto: apurar a notícia de que o Presidente da Câmara de Vereadores de Capivari de Baixo teria concedido gratificações
indevidas a servidores ocupantes de cargos comissionados, bem como de que os servidores ocupantes dos cargos de Diretor
Financeiro, Assessor de Segurança, Assessor de Imprensa e Chefe de Licitações e Contratos estariam em situação de desvio
de função.
Membro do Ministério Público: Saulo Henrique Alessio Cesa

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DE PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N. 09.2020.00005842-3


COMARCA: Itapoá
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 23/7/2021
Partes: Ministério Público do Estado de Santa Catarina e Conselho Tutelar da Comarca de Itapoá.
Objeto: acompanhar a atuação e o funcionamento do Conselho Tutelar do Município de Itapoá no ano de 2020, de modo a
avaliar as estratégias de atuação e providências deliberadas pelo órgão de proteção, com o fortalecimento do trabalho realizado
junto à rede de apoio na área da Infância e Juventude, em observância ao disposto na Resolução CONANDA n. 139/2010.
Membro do Ministério Público: Luan de Moraes Melo

EXTRATO DE CONCLUSÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2019.00004311-9


COMARCA: Papanduva
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: 1ª Promotoria de Justiça
Data da Conclusão: 30/7/2021
Partes: Nathaly Cristini Cardoso Moreira, Debora da Silva e Município de Papanduva.
Conclusão: instaurado o procedimento para apurar suposta deficiência no serviço de transporte escolar oferecido pelo Município
de Papanduva/SC aos estudantes da rede pública de ensino, constatou-se a correção das irregularidades detectadas. Durante a
instrução do procedimento, o ente público informou as medidas adotadas que fizeram cessar a problemática envolvendo a não
prestação de transporte escolar aos alunos do período noturno, da Escola Alinor Vieira Corte, bem como situação de
vulnerabilidade dos alunos da Escola Monoel Estevão Furtado, ante a demora na chegada do ônibus escolar. Assim, promovido
o arquivamento.
Membro do Ministério Público: Antonio Junior Brigatti Nascimento

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003274-8


COMARCA: Presidente Getúlio
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 3/8/2021
Parte: Associação das Irmãs Franciscanas São José (Hospital Maria Auxiliadora).
Objeto: apurar a realização de acolhimentos institucionais irregulares por parte da Associação das Irmãs Franciscanas São
José, que promovia, sem a devida capacitação técnica para tanto, o acolhimento de idosos em regime de Instituição de Longa
Permanência para Idosos.
Membro do Ministério Público: Daianny Cristine Silva Azevedo Pereira

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 22

EXTRATO DE INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO CIVIL N. 06.2021.00003309-1


COMARCA: Presidente Getúlio
ÓRGÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO: Promotoria de Justiça
Data da Instauração: 4/8/2021
Parte: Município de Dona Emma.
Objeto: apurar eventuais irregularidades referente à qualidade da água do Município de Dona Emma, consoante dados extraídos
do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água (SISAGUA).
Membro do Ministério Público: Daianny Cristine Silva Azevedo Pereira

SECRETARIA-GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO


INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO N. 20/2021/MP
Resumo da Inexigibilidade de Licitação n. 20/2021/MP (Processo n. 2021/014502/MP). Objeto: Assinatura digital do Jornal O
Município para Secretaria das Promotorias de Justiça da Comarca de Brusque. Vigência: 12 meses. Favorecido: Município Dia
a Dia Editora Ltda. Valor Total: R$ 150,00. Base Legal: Art. 25, I, da Lei n. 8.666/93.
Florianópolis, 5 de agosto de 2021.
GLADYS AFONSO
PROCURADORA DE JUSTIÇA
SUBPROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

PREGÃO ELETRÔNICO N. 019/2021/MP - ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 017/2021/MP


Resumo da Autorização emitida referente à Ata de Registro de Preços n. 017/2021/MP, celebrada entre este Órgão e a empresa
Unisupri Officer-Com. Equip de Informática Ltda.-EPP. ARP 017/2021/MP: ADA n. 01, conforme a Autorização de
Fornecimento n. 0843/2021/MP (Processo n. 2021/014873), para a aquisição de 100 unidades de teclado para computador,
ao valor de R$ 68,98, cada. Base Legal: Lei 8.666/93 e suas alterações.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
GLADYS AFONSO
PROCURADORA DE JUSTIÇA
SUBPROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS.

PREGÃO ELETRÔNICO N. 019/2021/MP - ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 018/2021/MP


Resumo da Autorização emitida referente à Ata de Registro de Preços n. 018/2021/MP, celebrada entre este Órgão e a empresa
Sentinela do Vale Comercial Eireli. ARP 018/2021/MP: ADA n. 01, conforme a Autorização de Fornecimento n. 0844/2021/MP
(Processo n. 2021/014874), para a aquisição de 50 unidades de mouse óptico USB, ao valor de R$ 41,80 cada. Base Legal:
Lei 8.666/93 e suas alterações.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
GLADYS AFONSO
PROCURADORA DE JUSTIÇA
SUBPROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

PREGÃO ELETRÔNICO N. 024/2021/MP - ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N. 020/2021/MP


Resumo da Autorização emitida referente à Ata de Registro de Preços n. 020/2021/MP, celebrada entre este Órgão e a empresa
Weikan Tecnologia Eireli. ARP 020/2021/MP: ADA n. 01, conforme a Autorização de Fornecimento n. 0842/2021/MP
(Processo n. 2021/014628), para a aquisição de 500 unidades de HD SSD de 120 GB, ao valor de R$ 172,32, cada. Base
Legal: Lei 8.666/93 e suas alterações.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
GLADYS AFONSO
PROCURADORA DE JUSTIÇA
SUBPROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS.

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.
Divulgação: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 Publicação: quinta-feira, 5 de agosto de 2021 Ano 12 | n. 2988 | Pág. 23

TERMO ADITIVO N. 01/2021 AO CONVÊNIO N. 01/2020/FRBL - PROCESSO N. 2019/006655/FRBL


Resumo do Termo Aditivo n. 01/2021 ao Convênio n. 01/2020, firmado entre o Ministério Público do Estado de Santa Catarina
(MPSC), por intermédio do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL) e a Prefeitura Municipal de Maravilha.
Cláusula Primeira/Do Cronograma Físico: Fica alterado o Cronograma Físico do Convênio previsto na Cláusula Sétima do
convênio original, passando a constar: As atividades deste convênio serão realizadas de acordo com o cronograma a seguir
especificado:

Meta Etapa Indicador Físico Duração


Un. Qdade. Início Término
1. Ampliação do 1.1 Licitação un. 1 02/2020 02/2020
Sistema de Coleta
Seletiva
1.2 Aquisição dos Conteiners un. 63 03/2020 03/2020

Cláusula Segunda: As demais cláusulas do convênio continuam íntegras e inalteradas. Base Legal: Lei n. 8.666/93 e suas
alterações. Portaria n. 36/2012/FRBL e suas alterações.
Florianópolis, 30 de julho de 2021.
GLADYS AFONSO
PROCURADORA DE JUSTIÇA
SUBPROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

TERMO DE FOMENTO N. 002/2021/FRBL - PROCESSO N. 2018/010520/FRBL


Resumo do Termo de Fomento n. 002/2021/FRBL, firmado entre o Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC), por
intermédio do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL) e a Associação Catarinense para Integração do Cego -
ACIC. Cláusula Segunda/Do Objeto: O presente TERMO tem por objeto o Projeto "Multileituras - ampliando possibilidades,
transformando vidas", bem como a promoção de todas as atividades constantes do respectivo Plano de Trabalho (Anexo I).
Cláusula Sétima/Do Prazo: O prazo do presente TERMO é de 12 (doze) meses, de 01/08/2021 a 30/07/2022, a contar da
publicação do seu extrato no Dário Oficial Eletrônico do MPSC. Cláusula Décima/Da Dotação Orçamentária: As despesas
decorrentes do presente convênio correrão à conta do Orçamento do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados, Subação
6499 - Reconstituição de Bens Lesados, Elemento de Despesa 3.3.90.30 - Despesas Correntes e Elemento de Despesa
4.4.90.52 - Despesas de Capital - Fonte de recurso 0.669 - Outros Recursos Primários - Recursos de Outras Fontes,
exercícios anteriores. Cláusula Décima Primeira/Do Valor e Cronograma de Desembolso: O valor do presente TERMO é
de R$ 284.040,14 (duzentos e oitenta e quatro mil e quarenta reais e quatorze centavos), correrá a conta do FRBL - Fundo de
Reconstituição de Bens Lesados, e será pago em 2 (duas) parcelas, nos valores discriminados abaixo:

PARCELA DATA VALOR


1ª Parcela em até 30 (trinta) dias após a celebração do TERMO R$ 244.610,90
2ª Parcela 01/02/2022 R$ 39.429,24
TOTAL R$ 284.040,14

Base Legal: Lei Federal n. 13.019, de 31/7/2014 e suas alterações, e do Ato n. 500/2017/PGJ.
Florianópolis, 4 de agosto de 2021.
GLADYS AFONSO
PROCURADORA DE JUSTIÇA
SUBPROCURADORA-GERAL DE JUSTIÇA PARA ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS

Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Santa Catarina, instituído pela Lei Complementar n. 424, de 1º de dezembro de 2008, e regulamentado pelo
Ato n. 469, de 18 de dezembro de 2008. Assinado por meio eletrônico mediante certificação digital ICP-Brasil, nos termos da Portaria n. 4.031, de 24 de setembro de
2013.