Você está na página 1de 2

Portugal

1910 – D. Manuel II
Desenho e Gravura: Domingos Alves do Rego. Impressão: Casa da Moeda.
P apel: Esmalte e porcelana. Denteado: 14 x 15, de pente.

Af. 156
Af. 156 Af. 157 Af. 158 Af. 159

Af. 160 Af. 161 Af. 162 Af. 163

Af. 164 Af. 165 Af. 166

Af. 167 Af. 168 Af. 169


DESENHO E MOTIVOS
Para substituir os selos de D. Carlos ainda em curso, mandou a Casa da Moeda em Outubro de
1908, as provas dos novos selos para aprovação régia. Eram sete os artistas concorrentes, na
sua maioria estrangeiros, sendo escolhidos dois trabalhos do português Domingos Alves Rego,
que os desenhou e gravou. Os valores de 2,5 a 80 reis foram impressos a uma cor sobre papel
esmalte branco, os valores de 100 a 300 reis a uma cor sobre papel porcelana colorido, e os
valores de 500 e 1000 reis a duas cores sobre papel esmalte branco. Tipografados na Casa da
Moeda em folhas de 100 selos.

CIRCULAÇÃO
De 1 de Janeiro de 1910 a 30 de Março de 1913. Estes selos circularam até Março de 1913,
juntamente com os selos com sobrecarga “REPUBLICA”.

TIRAGENS
Foram emitidos 15.020.000 do 2,5 reis violeta, 19.122.000 do 5 reis preto, 9.000.000 do 10 reis
verde, 1.500.000 do 15 reis castanho, 3.000.000 do 20 reis carmim, 35.000.000 do 25 reis
castanho-escuro 3.750.000 do 50 reis azul, 450.000 do 75 reis bistre, 300.000 do 80 reis
ardósia, 900.000 do 100 reis bistre s/ verde, 600.000 do 200 reis verde s/ salmão, 300.000 do
300 reis preto s/ azul, 140.000 do 500 reis sépia e castanho-escuro, e 84.000 do 1000 reis azul
e preto.