Você está na página 1de 6

IDADE MDIA

VS
RENASCIMENT
O

Conhecimento
IDADE MDIA
No
havia
conhecimento, apenas
contemplao, a nica
fonte de verdade era
a Bblia, ou seja, a
palavra da igreja.

RENASCIMENTO
A igreja perde o
monoplio
do
conhecimento
que
passa a ser de artistas
e
intelectuais,
filsofos,
cientistas,
escritores, etc. Surge,
no homem esclarecido,
a vontade de conhecer.

Trabalho
IDADE MDIA
O trabalho de servil,
ou seja, o homem
serve o seu senhor.
Deve trabalhar para
honrar a Deus, e doar
o fruto do seu trabalho
a Deus.

RENASCIMENTO
Atravs do trabalho, o
homem
realiza-se.
Com o conceito de
vocao, o homem faz
do trabalho a sua
identidade e a sua
fonte de renda.

Felicidade
IDADE MDIA

RENASCIMENTO

O Ser humano
condenado a sofrer
para se redimir do
pecado
original.
Quanto mais sofrer
na terra, maior ser
a recompensa no
cu.

A busca por prazeres


e pela felicidade, a
preocupao com a
vida terrena, ou seja,
o antropocentrismo
est em voga neste
perodo histrico.

Relaes Polticas
IDADE MDIA
A autoridade dos reis e
senhores feudais eram
de
certa
forma,
submetidas ao papa,
ou seja, a autoridade
poltica
em
ltima
instncia era da Igreja.

RENASCIMENTO
A partir do pensamento de
Maquiavel, a poltica passa
a ser vista como uma
atividade humana, ou seja,
controlada por relaes
humanas,
sem
interferncia da vontade
de Deus. A igreja perde
parte
de
seu
poder
administrativo.

Manifestaes Artsticas
IDADE MDIA

RENASCIMENTO

Embora
fosse
um
perodo
de
grande
florescimento nas artes,
ela estava submetida
aos ditames da igreja,
ou seja, os artistas
expressavam apenas o
que a igreja permitisse
que fosse feito.

Nas artes, so
retomados os valores
da cultura grega, ou
seja, o humanismo.
A
vida
quotidiana
passa a ser retratada
em todos os seus
aspetos.
A
religio
deixa de ser o tema
central nas obras.