Você está na página 1de 10

São Paulo e Minas Gerais

Alunos:
Cesca
Delfino
Alves
Machado
Odilon Neto
 Período Regencial

 Início do 2º Reinado

 Poder Moderador

 Partido Liberal e Conservador


 Eleições do cacete

 Dissolução do Ministério Liberal


Esboço síntese das operações militares conduzidas por Caxias para pacificar São Paulo em
1842, cuja descrição e análise consta no texto. Abaixo, a medalha do Pacificador com palma
e uma miniatura do Brazão de Caxias. (Fonte: EME, História do Exército Brasileiro, com
apoio em CARVALHO, Afonso de. Caxias BIBLIEX. Disponível em:
http://www.ahimtb.org.br/caxico302.htm).
“Quem diria que, em qualquer tempo, o Sr. Luís Alves de Lima seria
obrigado a combater o padre Feijó? Tais são as coisas deste mundo...”
Pe. Antônio Feijó

“Quando pensaria eu, em algum tempo, que teria de usar da força para
chamar à ordem o Sr. Diogo Antônio Feijó? Tais as coisas do mundo: as
ordens que recebi de S. M. o Imperador são em tudo semelhantes às que
me deu o Ministro da Justiça em nome da Regência, nos dias 3 e 7 de
abril de 1832, isto é, que levasse a ferro e fogo todos os grupos armados
que encontrasse, e da mesma maneira que então as cumpri, as
cumprirei agora”
Duque de Caxias
Marcha de Caxias do Rio a Ouro Preto para
pacificar Minas em 1842, sendo que viajou
até o Porto Estrela via marítima e dali em
diante a cavalo conforme é abordado no
texto. (Fonte: CARDOSO, gen Álvaro.
Revista Estudos Universitários, Sorocaba –
SP. Disponível em:
http://www.ahimtb.org.br/caxico302.htm)
Esquema do combate de Santa Luzia travado por Caxias e desenvolvido no texto sobre a
Revolução Liberal de Minas Gerais de 1842. (Fonte: CARDOSO, Álvaro, gen . Revista de
Estudos Universitários. Sorocaba – SP. Disponível em:
http://www.ahimtb.org.br/caxico302.htm)
Fonte: http://www.ahimtb.org.br/frameico.htm
“Que pretende? Quer V.S. empunhar as armas contra o
governo legítimo de nosso Imperador? Não o creio porque o
conheço de muito tempo, sempre trilhando o caminho do
dever e da honra... Acabo de chegar da Corte munido de
autoridade para tudo aplanar. Não tenho sede de sangue
dos meus patrícios, porém não deixarei de cumprir os meus
deveres como militar. Ainda é tempo, não ensanguentemos
o solo que nos viu nascer e não acendamos a guerra civil
nesta bela província para não a vermos reduzida ao estado
do Rio Grande de São Pedro do Sul e sua vizinha.(Santa
Catarina) Responda-me e não se deixe fascinar por
vinganças alheias.”
Duque de Caxias
 BENTO, Claudio Moreira. Caxias e a Unidade Nacional. Porto Alegre:
Metropole, 2003. Disponível em:
<http://www.ahimtb.org.br/c3k.htm>. Acesso em: 30 jun. 2012.

 HISTORIATECA Brasil. Revolução Liberal de 1842. In: Historiateca


Brasil. Site sobre história brasileira. Disponível em:
<http://www.historiatecabrasil.com/2010/03/revolucao-liberal-de-
1842.html>. Acesso em: 30 jun. 2012.

 Academia de História Militar Terrestre do Brasil. Disponível em:


<http://www.ahimtb.org.br/>. Acesso em: 30 jun. 2012.