Você está na página 1de 9

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO – UFMA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA


PROTEÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS
Prof. Dr. FERNANDO DINIZ PENHA

Coordenação de Proteção de Sistemas de


Distribuição Através de Fusíveis

WESLEY SOUZA LEITE

São Luís, MA
2014
Sistema Analisado
30 kVA 45 kVA

1100
335
1200
390 225 kVA 150 kVA

3
22 kV

1300
430
350
780
510 92
In,máx= 20 A 295
810 5 190
325
650 430
Realizar o 240 130
dimensionamento e a
coordenação de todos os
elos fusíveis
2
Solução
 Cálculo do fator K (taxa de corrente)  Dimensionamento e coordenação dos
𝑃𝑐𝑡 = 817,50 𝑘𝑉𝐴 elos-fusíveis dos ramais
𝐼𝑚𝑎𝑥 = 20 𝐴 CHAVE FUSÍVEL 5
𝐼𝑚𝑎𝑥 20
𝐾= 𝑛 = = 0,0245 𝐴/𝑘𝑉𝐴
σ𝑖=1 𝑆𝑖 817,50 Critério de Corrente:
 Dimensionamento dos elos- 𝐼𝑁5 = 𝐼75𝑘𝑉𝐴 + 𝐼112,5𝑘𝑉𝐴 + 2𝐼150𝑘𝑉𝐴 + 𝐼225𝑘𝑉𝐴
fusíveis dos transformadores
S DO TRAFO 𝑰𝑵 = 𝑲 ⋅ 𝑺 (𝑨) Elo Adequado 𝐼𝑁5 = 17,4312 𝐴
(kVA) ( Vide tabela)
30 𝑘𝑉𝐴 0,7339 1H 𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≥ 1,5 ⋅ 17,4312 ⇒ 𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≥ 26,1468 𝐴
45 𝑘𝑉𝐴 1,1009 1H
75𝑘𝑉𝐴 1,8349 2H
1 1
𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≤ 𝐼𝐶𝐶1𝐹𝑚𝑖𝑛 ⇒ 𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≤ 92 ⇒ 𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≤ 23 𝐴
112,5 𝑘𝑉𝐴 2,7523 3H 4 4
150 𝑘𝑉𝐴 3,6697 5H
Assim,
225 𝑘𝑉𝐴 5,5046 6K 𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≥ 26,1468 𝐴 e 𝐼𝐸𝐿𝑂5 ≤ 23 𝐴 3
Solução
Será dada prioridade à restrição imposta pela carga. Logo,

𝐼𝐸𝐿𝑂5 = 40𝐾 (Vide tabela – Série preferencial)

Questionamento: por que não utilizar o elo-


fusível de 30𝐾?
Critério de Coordenação:
Para o elo-fusível de 40𝐾 como protegido,

TRAFO Protetor 𝑰𝑪𝑪𝑴𝑨𝑿 (𝐀) Limite de CC para Coordenação (A)


(Vide Tabela)
112,5𝑘𝑉𝐴 3H 350 1340
150𝑘𝑉𝐴 5H 430 1340
75𝑘𝑉𝐴 2H 510 1340
225𝑘𝑉𝐴 6K 650 1340
150𝑘𝑉𝐴 5H 780 1340
4
Solução
Dessa forma, como a corrente de curto máxima Logo,
em todos os casos é inferior ao limite de
coordenação, o fusível 40K coordena com 27,2477 𝐴 ≤ 𝐼𝐸𝐿𝑂3 ≤ 81,25 𝐴
todos os seus protetores.
Assim,
CHAVE FUSÍVEL 3
𝐼𝐸𝐿𝑂3 = 65𝐾 (Vide tabela)
𝐼𝑁3 = 𝐼30𝑘𝑉𝐴 + 𝐼𝑁5
OBS: não foi escolhido novamente o elo de
𝐼𝑁3 = 18,1651 𝐴
40K porque um elo-fusível não coordena com
𝐼𝐸𝐿𝑂3 ≥ 1,5 ⋅ 18,1651 ⇒ 𝐼𝐸𝐿𝑂3 ≥ 27,2477 𝐴 ele mesmo. Lembrando: O elo 3 deve
coordenar com o elo 5.
1 1
𝐼𝐸𝐿𝑂3 ≤ 𝐼𝐶𝐶1𝐹𝑚𝑖𝑛 ⇒ 𝐼𝐸𝐿𝑂3 ≤ 325 ⇒ 𝐼𝐸𝐿𝑂3 ≤ 81,25 𝐴
4 4
5
Solução

Critério de Coordenação:
Para o elo-fusível de 65𝐾 como protegido,

TRAFO Protetor 𝑰𝑪𝑪𝑴𝑨𝑿 (𝐀) Limite de CC para Coordenação (A)


(Vide Tabela)

30𝑘𝑉𝐴 1H 810 2200

𝑅𝐴𝑀𝐴𝐿 𝑆𝐸𝐶𝑈𝑁𝐷Á𝑅𝐼𝑂 (𝐸𝐿𝑂 5) 40K 810 1100

Dessa forma, como a corrente de curto máxima em todos os casos é inferior ao limite de
coordenação, o fusível 65𝐾 coordena com todos os seus protetores!

6
Solução
Em resumo,

ELO-FUSÍVEL 5: 40𝑲 (CHAVE FUSÍVEL: 𝟓𝟎𝑨)


ELO FUSÍVEL 3: 65𝑲 (CHAVE FUSÍVEL: 10𝟎𝑨)

S DO TRAFO Elo Adequado CHAVE FUSÍVEL


(kVA) ( Vide tabela) (Vide tabela)
𝟑𝟎 𝒌𝑽𝑨 1H 𝟓𝟎𝑨
OBS: todos fusíveis tipo K pertencem a
𝟒𝟓 𝒌𝑽𝑨 1H 𝟓𝟎𝑨
uma mesma série (preferencial), para
𝟕𝟓𝒌𝑽𝑨 2H 𝟓𝟎𝑨 garantir a coordenação e seletividade
𝟏𝟏𝟐, 𝟓 𝒌𝑽𝑨 3H 𝟓𝟎𝑨 entre eles
𝟏𝟓𝟎 𝒌𝑽𝑨 5H 𝟓𝟎𝑨
𝟐𝟐𝟓 𝒌𝑽𝑨 6K 𝟓𝟎𝑨

7
REFERÊNCIAS

MAMEDE FILHO, J.; MAMEDE, D. R. Proteção de Sistemas Elétricos de Potência. Rio de


Janeiro: LTC, 2013. Bibliografia: p. 394-416, cap. 07. ISBN 978-85-216-1884-3.

8
Obrigado!
Perguntas?