Você está na página 1de 17

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

DE SANTA CATARINA – CAMPUS FLORIANÓPOLIS


DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA
CURSO TÉCNICO DE ELETROTÉCNICA

SISTEMAS DE POTÊNCIA

Prof. Anésio Felipe Zeitune

FLORIANÓPOLIS, 2018
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
DE SANTA CATARINA – CAMPUS FLORIANÓPOLIS
DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA
CURSO TÉCNICO DE ELETROTÉCNICA

SUBESTAÇÕES
CODIFICAÇÃO ELETROSUL
SISTEMA DE CODIFICAÇÃO – ELETROSUL

 Atualmente  padronizado pelos procedimentos de rede


(ONS)
 Sistema de codificação – Eletrosul
 A codificação dos equipamentos é feita por um número
composto de 3 partes (conjunto de números e letras)

Barramento A
Barramento ABC B
C

111
111

112 112

115 115

Saída A B C
Saída 3
SUBESTAÇÕES – CODIFICAÇÃO
 Identificação do nível de tensão
 Até 13,8kV  1 e 2
 44kV ou 69kV  3 e 4
 138kV  5 e 6
 230kV  7, 8 e 9
 500kV  10 e 11
 Identificação do bay (onde se encontra o equipamento)
 Bay de chegada, alimentação do barramento, saída,
transferência, entre outros
 Ordem crescente  1 a 9 (caso tenha mais de 9, a
numeração do bay volta ao número 1, mas altera-se o
número de identificação do nível de tensão) 4
SISTEMA DE CODIFICAÇÃO – ELETROSUL

 Identificação dos equipamentos Barramento ABC


 Disjuntor  0 e 2 (numeração par)
 Seccionadora de barra  1 e 3 111

 Seccionadora de LT/Circuito  5, 7 e 9 112


 Geradores  G
 Transformadores  TRAFO (TF) 115

 Autotransformador  AUTOTRAFO (ATF)


Saída

 Exemplos:
 Equipamento 1091  chave seccionadora do bay 9, tensão de 500kV
 Equipamento 722 disjuntor do bay 2, tensão de 230kV

 Equipamento TF1 Transformador de força 1

5
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 1
 Barramento com uma saída
 Executar o diagrama unifilar operacional de uma saída
de um barramento de 13,8 kV, por intermédio dos
seguintes equipamentos:
 Seccionador de ligação ao barramento
 Disjuntor à óleo

 Seccionador de saída

 Codificar o diagrama acima, conforme normas da


empresa
 Estando todos os equipamentos em suas posições de
repouso, relacionar as manobras necessárias para
alimentar a saída
 Executar o diagrama multifilar correspondente a esta
saída
6
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 1
 Barramento com uma saída de 13,8kV
Barramento ABC Barramento A
B
C
111

111
112

112
115

115

Saída
RD 13,8 kV
A B C
Saída
 Manobras para alimentar a saída
 Fechar chaves 111, 115
7
 Fechar disjuntor 112  RD1 – 13,8 kV energizada
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 2
 Barramento com uma chegada
 Executar o diagrama unifilar operacional de uma chegada de
69 kV (fonte de fornecimento), por intermédio dos seguintes
equipamentos:
 Seccionador de chegada
 Transformador trifásico, conexão triângulo-estrela, com neutro
secundário a terra P=1000kVA, V=69/13,8kV
 Disjuntor a óleo
 Seccionador de ligação ao barramento
 Codificar o diagrama acima, conforme normas da empresa
 Estando todos os equipamentos em suas posições de repouso,
relacionar as manobras necessárias para alimentar o
barramento
 Executar o diagrama multifilar correspondente a esta saída 8
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 2
 Barramento com uma chegada

LD 69 kV
LD 69 kV
315

H1 H2 H3
315
TF01
1000kVA
TF01 X0
69/13,8kV
1000kVA X1 X2 X3

69/13,8kV
112
112
111

111 A 13,8kV
B
ABC 13,8kV C

 Manobras para alimentar o barramento


 Fechar CS 315 e 111
9
 Fechar DJ 112  Barramento 13,8 kV energizado
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 3
 SE com um barramento, uma chegada e uma saída
 Executar o diagrama unifilar operacional de uma subestação
com um barramento simples de 69 kV, uma chegada de 138 kV
(fonte de fornecimento) e uma saída de 69 kV, por intermédio
dos seguintes equipamentos:
 Seccionador de chegada
 Disjuntor

 Transformador trifásico, conexão triângulo-estrela, com neutro

secundário a terra P=2000kVA, V=138/69kV


 Seccionador de ligação ao barramento

 Barramento simples

 Seccionador de ligação ao barramento

 Disjuntor

 Seccionador de saída

 Estando todos os equipamentos em suas posições de repouso,


relacionar as manobras necessárias para alimentar a SE
10
 Executar o diagrama multifilar correspondente a esta saída
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 3
 SE com um barramento, uma chegada e uma saída
138 kV
138 kV

515
515
512
512 H1 H2 H3

TF01  Manobras para alimentar a SE TF01


2000kVA
X0

• Fechar CS 515 e 311


2000kVA 138/69kV
X1 X2 X3
138/69kV

• Fechar DJ 512  Barramento 69 kV 311


311
• Fechar CS 321 e 325 A 69kV
B
ABC 69kV
• Fechar DJ 322  LD 69kV C

321 321

322 322

325
325

69 kV
69 kV
11
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 4
 SE com uma saída e by-pass no DJ de saída
 Executar o diagrama unifilar operacional de uma saída
de um barramento de 69 kV, por intermédio dos
seguintes equipamentos:
 Seccionador de ligação ao barramento
 Disjuntor

 Chave fusível de passagem auxiliar

 Seccionador de saída

 Codificar o diagrama acima conforme norma da Eletrosul


 Estando todos os equipamentos em suas posições de
repouso, relacionar as manobras necessárias para
alimentar a saída através de seu disjuntor

12
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 4
 SE com uma saída e by-pass no DJ de saída
 Manobras para alimentar a saída
 Fechar CS 311 e 315
 Fechar DJ 312  LD 69kV energizada
ABC 69kV
 Chave fusível  protege pelo elo fusível
 Antigamente (69kV) 311 317
 Hoje (35kV)

 Manutenção de DJ 312? 312

 Fechar CS 317
315
 Abrir DJ 312

 Abrir CS 311 e 315  DJ 312 isolado para

manutenção
 Reposição do DJ 312? LD 69 kV

 Fechar CS 311, 315 e DJ 312


13
 Abrir CS 317  DJ 312 em funcionamento
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 5
 SE com um barramento e by-pass no disjuntor de saída
 Executar o diagrama unifilar operacional de uma SE com
barramento simples e passagem auxiliar no disjuntor de
saída, por intermédio dos seguintes equipamentos:
 Seccionador de chegada
 Disjuntor

 Banco de transformadores, com 3 unidades monofásicas,

conexão estrela-triângulo, com neutro primário aterrado,


P=10000 kVA por unidade, V = 69/13,8kV
 Seccionador de ligação ao barramento

 Barramento simples

 Seccionador de ligação ao barramento

 Disjuntor

 Chave fusível de passagem auxiliar

 Seccionador de saída
14
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 5
 SE com um barramento e passagem LD 69 kV
auxiliar no disjuntor de saída
 Manobras para alimentação da saída pelo 315

disjuntor? 312

 Fechar CS 315, 111 TF01


3x10000kVA

Fechar DJ 312
69/13,8kV

Fechar CS 121, 125


111

ABC 13,8kV
 Fechar DJ 122
121 127

122

125

RD 13,8 kV 15
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 6
 SE com um barramento, uma entrada e duas saídas
 Executar o diagrama unifilar operacional de uma SE
compreendendo um barramento simples, uma chegada de 138
kV e duas saídas de 69 kV, por intermédio dos seguintes
equipamentos:
 Alimentação do barramento
 Pára-raios
 Seccionador de aterramento de linha
 Seccionador de chegada
 Disjuntor
 Transformador trifásico, conexão triângulo-estrela com neutro primário
aterrado, P=20000 kVA, V=138/69kV
 Seccionador de ligação do barramento
 Alimentação das saídas (cada saída)
 Seccionador de ligação do barramento
 Disjuntor
 Seccionador de linha
 Seccionador de aterramento de linha
16
 Pára-raios
DIAGRAMAS ELÉTRICOS – EXERCÍCIO 6
 SE com um barramento, uma entrada e duas saída
 Intertravamento KIRK (CS e CT)
515-T
 Manobras para alimentação das saídas?
515
 Fechar CS 515, 311
512

 Fechar DJ 512  barramento de 69kV TF01


20000kVA
138/69kV

 Fechar CS 321, 325


311
 Fechar DJ 322  saída 1 ABC 69kV

 Fechar CS 331, 335 321 331

 Fechar DJ 332  saída 2 322 332

325 335
325-T 335-T

17