Você está na página 1de 49

Climatologia para a produção

de
Cana-de-açúcar

c 

c    
   
c

 
  
O 

   


   

    " c


  


 ! 

  


  
jisponibilidade Hídrica
  

jisponibilidade Hídrica
  


  
#

jisponibilidade Hídrica
  


  
#

jisponibilidade Hídrica
  


  
#


$% &  
 '
jisponibilidade Hídrica
  


  
#


$% &  
 '
Kc= ETc/ ETo
jisponibilidade Hídrica
ETc- (mm/dia)4 
  (

  %  '     % '
Y  

  
ETo- (mm/dia)        

 )  * (
   + %,-'(
  &  

%
'
.(/(   0  
 
1 
2.# !
  

 & 

 & (  (3  
)         
(&
tomada como padrão a equação de Penman-
Monteith - FAO:
jisponibilidade Hídrica

Onde :
Rn = Saldo de radiação (MJ m-2 dia-1),
G = fluxo de calor no solo (MJ m-2 dia-1),
U2 = velocidade do vento a 2m de altura (m s-
1),
DŽ = coeficiente psicométrico,
T = temperatura média do ar,
es = pressão de saturação do vapor d`água do
ar (kPa),
e =pressão do vapor d`água do ar (kPa) e
j= inclinação da curva da pressão de vapor
saturadoversus temperatura (kPa ºC-1)
jisponibilidade Hídrica
O Kc é variável de acordo com a fase da cultura,
e atua ajustando a demanda hídrica por fase. O
método FAO divide o ciclo das culturas em quatro
fases:
Fase 1: ‰  
  *     
%germinação e emergência)
Fase 2: c           
%perfilhamento e estabelecimento da cultura)
Fase 3: ‰  
   *     
%desenvolvimento da cultura)
Fase 4:
     
   

  %&
 
  ' %maturação)
jisponibilidade Hídrica
 



  +

  )
  (! %-..4'  5  
  
$ 6
678
jisponibilidade Hídrica
jisponibilidade Hídrica
jiponibilidade Hídrica
je modo geral o Kc varia:
Ë .(4.,(..6  0        
Ë ,(-.,(/.6
    
 
Ë .(9..(:.6  
jiponibilidade Hídrica
Balanço Hídrico
Ë ‰ 
  )
  *

  
3


3 
     & 
  (  ;( 



  
   


 
  
 

Ë ‰  )
  *  < 

3


3   
 
    
   

 
  
  ‰
  
*3

3


água que nele permanece disponível
às plantas
jiponibilidade Hídrica
Balanço Hídrico
Ë c    5 
  )
  *

&   

 

 
  + 
  
&  ( 53 ;  
3


3     6 $(
"
jiponibilidade Hídrica
Balanço Hídrico
Ë >
   5     

  
     
  ( 6    )
  

 
Temperatura
Crescimento:
(je acordo com a temperatura do ar)
Èc  3
 +   + 
-.ö
È     3
 &  ,=ö ,9ö
È4+    /.ö />ö
È      
/9ö
Temperatura
Estresse Térmico:
ȉ   
/4ö

Atividade Fotossintética:
*c  
? 
-/ö/-ö(

 
  
Temperatura
Respiração:
*4+   /=ö /9ö

Matéria Seca:
Èc 
//ö(
 +
È         <+ 

/9ö
Temperatura
Brotação da Gema:
(je acordo com a temperatura do ar)
È +
  />ö /2ö
È     -,ö >>ö
(je acordo com a temperatura do solo)
È    *
,:ö
È  3 ,.ö +    ;
  
   
  5 
Temperatura
Emergência:
*   <  & +
/-ö
È  
-,ö@   6 

Temperatura-Base8    + 

3  )       
Temperatura
Absorção de água pela raíz:
È++   -9ö /.ö
È
5
  ,.ö ,4ö

Onfluência na Maturação
Temperatura
Radiação Solar
6O  1  

6 
    c % c'

6"&  0   O    


58
Radiação Solar
ë
 
 &  %Oc'
 &  
 +  
5%A'8
ABC  %O#O.'D#Oc
$B.,
AB.(/9.(>9( 
Ë 6E
O O.     
 
1  
 +   

 (    
Radiação Solar
  
   
& )  

*=2F6 =9F
6  


65
Radiação Solar
6 ; 

6O &0     


Florescimento

  "   

6   

  
Vento
Eventos Adversos
Î 5
  ) 
  







     

  
& 
 <+  G & 
Eventos Adversos
Î 5
8

 
 &  
&  5
Eventos Adversos
Î 5
  0  8
   
  
Eventos Adversos
!    
   
&   

     5 
Eventos Adversos
!    
H &   
7 

 
*& 
E,-. ( 
E,>4 (  
Eventos Adversos
!    
c 


 5 &   (
  
 5 3   
   
7 
   
  
Eventos Adversos
!    
       
OcI-(     
 


 
    
  

    & 0   
  
&   
J  

 
Eventos Adversos
!    

O  3


 +
   
& 8
I4.K
I/.K
Eventos Adversos
 O 
Eventos Adversos
 O 
c   
=.62.F
 

  
Eventos Adversos
 O 
 )   5

 ? 8& )(  E

1  (I 
  
Eventos Adversos
Î 

Eventos Adversos
Î 

Eventos Adversos
)"+  (  ("+  
  
  

Eventos Adversos
)  ) 
Referências
-‰"O ‰( L" % ' c     
   8 & 
  <   
    8 O"( -..: 4/. 
6c
  c Î  È(   
c !È(
) c !  È(
c
    È(    L c ‰  È( c    !  È( O0


 ÈÈ( L *  ! 5ÈÈ( Î 
 !  ÈÈ( Î )  
ÈÈ   
  
 


  6
67 
 
! 3 
6! (   
  ;
 O    6
6 7
) 8##MMM     #    # N  
N

 N...& 5
/ ,.-M 9.-)/;M =9
&
Referências
 (
) 8##MMM  # #O &    NO #O  N
 ; N"    
c
(
) 8##MMM
 #A# ) 
Obrigada.