P. 1
Carta Formal

Carta Formal

|Views: 1.644|Likes:
Publicado porMaria Grácio

More info:

Published by: Maria Grácio on Oct 16, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/15/2013

pdf

text

original

FICHA INFORMATIVA / TRABALHO de LÍNGUA PORTUGUESA

7º ANO

A CARTA Tipos de carta: • Informal – para pessoas com quem mantemos uma relação mais próxima (familiares, amigos, …); • Formal – para pessoas com quem mantemos uma relação mais distante, pessoas com quem não temos confiança ou cujo cargo exige um tratamento mais cerimonioso (médico de família, Presidente da Câmara, advogado, Presidente da Junta de Freguesia, …) No manual, na pág. 63, podes encontrar a estrutura de uma carta informal. Nesta ficha encontras a estrutura de uma carta formal e algumas formas de saudação (vocativo) e de despedida. Estrutura da carta formal
No canto superior esquerdo ou direito

Cabeçalho

Assunto

Ajuda, 2 de Janeiro de
Local e data

1851 Assunto: Abandono da Academia

Vocativo Ilmo. Sr. Secretário da Academia Real das Ciências de Lisboa,

Não consentindo a distância de minha residência à sede da

INTRODUÇÃO

Corpo da carta

Academia Real das Ciências que eu assista às suas sessões literárias, ao passo que as minhas muitas ocupações obstam a que de outra qualquer
DESENVOLVIMENTO

maneira cumpra com as obrigações académicas, sou, por força maior, um membro inútil da mesma Corporação. Nestes últimos termos, eu rogo a V. Exa. que, apresentando este ofício na primeira sessão de efectivos, peça, do modo mais positivo, e, se tanto for necessário, exija que o meu nome seja riscado do catálogo dos sócios da Academia Real das Ciências de Lisboa.

CONCLUSÃO

Espero dever à delicadeza de V. Exa. a particular honra de comunicar a resolução dessa assembleia, que por nenhum princípio pode ser contrária às minhas instantes solicitações. Deus guarde a V. Exa.

Fecho

FÓRMULA DE DESPEDIDA

Alexandre Herculano
ASSINATURA (do lado direito)

Respeitosamente. para a seguinte situação. nas cartas formais. encontro-me actualmente a desempenhar as funções de. (menos informal) Jorge: / Jorge. Exmo. / Um beijo. (muito íntimo) Querido(a) amigo(a): / Querido(a) amigo(a).. Carta informal Saudação / Vocativo • • • • • • • • Saudação / Vocativo Exmo. Exas. (menos informal) Caro Jorge: / Caro Jorge.. Senhor Director. Nas cartas informais podemos ainda encontrar o Post Scriptum (P. • O fecho que inclui a fórmula de despedida e a assinatura. Os e-mails informais.S. Jorge... Venho informar V. / Envio em anexo o meu • • • • • • • • Fórmulas de despedida • • • • • Saudações de amizade. 3. a minha candidatura ao lugar de . Olá. Exa. Um grande / forte abraço. se digne conceder-me uma audiência. Exmo. 5. Exmo. Vimos chamar a atenção de V. Querido Jorge: / Querido Jorge. Notas: 1. • Venho enviar a documentação. Devemos ter em atenção o alinhamento dos parágrafos.) onde aproveitamos para dizer algo que nos esquecemos de referir no corpo da carta ou simplesmente uma ideia acessória.. desenvolvimento e conclusão. de que estou inteiramente ao vosso dispor para uma possível colaboração com a vossa empresa.S.. Com os (meus/nossos) melhores cumprimentos. Venho solicitar a atenção de V. Fórmulas de despedida • Agradecendo antecipadamente a atenção de V. Senhores. Jorge e Mariana: / Jorge e Mariana. (muito íntimo) Texto inicial • Junto envio a documentação referente ao. Uma carta deve ser dobrada com o texto para dentro.. (relativamente formal) Um abraço. Jorge! / Olá. • O corpo da carta constituído pela introdução. Cordialamente. Na sequência da conversa telefónica com.. apresento os meus melhores cumprimentos.. Senhor Dr. 2. … Carta formal Caro(a) amigo(a): / Caro(a) amigo(a). 63) é constituída por três partes: • O cabeçalho que inclui o local.. Exas... Nas cartas manuscritas atenção ao tipo de caneta (pois pode repassar o papel – neste caso nunca escrever no verso da folha) e ao tipo de folha usada (deve ser sóbria e estar impecável).. Exa.. Senhora / Exmos. Devemos evitar o uso do P. Exa. Solicito a atenção de V. para o assunto que passo a expor: Em resposta ao anúncio publicado no jornal. / Muitos beijinhos. Exa. a data e a fórmula de saudação ou vocativo e ainda o assunto no caso das cartas formais. p. Um beijinho.. do passado dia.. … ..... venho apresentar a V. (familiar) Muitas saudades. a minha disponibilidade para. Formas de saudação (vocativo) e de despedida. venho comunicar a V. / Muitos beijos.Como se percebe pelo esquema apresentado. Senhor (não se abrevia) / Exma. / Saudações cordiais / Com amizade. Venho solicitar a V. À PT Comunicações. 4. Atentamente. mas particularmente os formais (que valem por uma carta) obedecem às mesmas regras da carta formal. para os factos que passo a expor.. Exa.. À Porto Editora. Senhor Presidente. (familiar) Querida mãe. Curriculum Vitae.. Exa.. Exas. Como é do conhecimento de V.. a estrutura de uma carta formal e informal (ver também manual.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->