P. 1
Trabalho Em Altura

Trabalho Em Altura

|Views: 5.470|Likes:
Publicado porFábio de Souza
Apresentação para segurança em trabalhos em altura. Voltado, principalemnte, para operacional de empresas de Telecom.
Apresentação para segurança em trabalhos em altura. Voltado, principalemnte, para operacional de empresas de Telecom.

More info:

Published by: Fábio de Souza on Mar 11, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/04/2013

pdf

text

original

TRABALHO EM ALTURA

Fonte: Direção Geral do Emprego da Comissão Européia

INTRODUÇÃO
As quedas de alturas são uma das causas mais comuns de acidentes mortais no local de trabalho, nomeadamente no setor da construção, vitimando ainda 1 300 pessoas por ano na Europa. Tanto como o seu impacto humano, financeiro e econômico, o custo humano destes acidentes não é aceitável: as quedas provocam acidentes mortais e uma vasta gama de lesões graves, desde, em certos casos, a perda total da mobilidade (tetraplegia) a toda uma série de limitações e incapacidades parciais, que limitam a reintegração dos trabalhadores com esses problemas no mundo laboral e acarretam uma perda substancial de rendimentos.

Fonte: Direção Geral do Emprego da Comissão Européia

PRINCÍPIOS GERAIS DE PREVENÇÃO APLICADOS AOS TRABALHOS TEMPORÁRIOS EM ALTURA

EVITAR OS RISCOS
Durante o trabalho temporário em altura, o trabalhador está, de uma forma geral, exposto a este risco: 1- durante o acesso ao posto de trabalho (com ou sem equipamento ou materiais); 2- enquanto trabalha. Antes de iniciar qualquer operação que exija trabalho temporário em altura, pergunte a si mesmo: É possível evitar a realização do trabalho em altura? É possível evitar o risco de queda de altura? Se a resposta for negativa, terá de avaliar os riscos que não podem ser evitados e tomar as medidas necessárias para proteger a segurança e a saúde dos trabalhadores no local de trabalho.

Fonte: Direção Geral do Emprego da Comissão Européia

AVALIAÇÃO DOS RISCOS
Sempre que a diferença de altura não possa ser eliminada, os seguintes fatores devem ser determinados com exatidão: - Como é o posto de trabalho (local, máquinas, equipamento, materiais, ambiente, etc.)? - Qual é a fonte de risco (altura do trabalho, proximidade de um espaço vazio, outros trabalhos em curso na vizinhança, etc.)? - Qual é a atividade do trabalhador (tarefa, duração, frequência, postura, etc.)? - Quem é o trabalhador (competência, experiência, idade, aptidão física, ausência de vertigens, etc.)?

AVALIAÇÃO DOS RISCOS

 -

Como é o posto de trabalho? Torre de transmissão; Poste; Plataforma.

AVALIAÇÃO DOS RISCOS

 -

Qual a fonte de risco? Queda de altura; Linhas energizadas; Escoriações; Batida contra.

AVALIAÇÃO DOS RISCOS

 -

Quem é o trabalhador? Treinamentos; Experiência; Condições de saúde.

CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA O TRABALHO EM ALTURA
     

análise dos riscos; bloqueio ou minimização dos riscos; proteções coletivas; proteção individual; trabalhador treinado; trabalhador saudável;

ESTEJA ATENTO
Antes de iniciar seus trabalhos verifique todos os detalhes:

-

Quais as condições do tempo? Como estou física e psicologicamente? Existe linhas energizadas por perto? Estou com todos os equipamentos necessários? Verifiquei as condições dos meus equipamentos? Sou treinado para a tarefa?

ESTEJA ATENTO
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

ESTEJA ATENTO
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

Fonte: hercules.com.br

ESTEJA ATENTO
INSPEÇÃO DE SEGURANÇA

 Sempre antes de subir. Verificar as condições dos cintos Procurar por cortes, partes felpudas,
marcas de produtos químicos, sinais de derretimento e desgaste de costuras. Sujeiras impregnadas.

Verificar partesemetálicas quanto a trincas, amassados mal funcionamento.

Fonte: hercules.com.br

ESTEJA ATENTO
GUARDA E CONSERVAÇÃO DO EPI
o cinturão sempre seco,limpo  guardarprotegido contra intempéries. e em local manter de substâncias  oleosaslongecorrosivas. e ou

 Na higienização utilizar somente
água e sabão neutro.

 Não utilizar solventes ou ácidos. Secar somente na sombra e em local ventilado.
VOCÊ É O RESPONSÁVEL PELO “SEU” EQUIPAMENTO !

Fonte: hercules.com.br

ESTEJA ATENTO
VESTINDO O CINTO

ESTEJA ATENTO
SAÚDE DO TRABALHADOR

Ausência de exames obrigatórios pela Legislação vigente – NR- 7 do Ministério do Trabalho Recomendações da ANAMT SCMA 01/2004: - Exame clínico criterioso; - ECG, EEG, glicemia em desjejum Importância da sinceridade durante a entrevista com o médico:
Problemas como epilepsia, tonteira, vertigens, distúrbios de equilíbrio e fobias de altura, devem ser relatados ao médico do trabalho

ESTEJA ATENTO
FATORES DE RISCO

Uso de bebida alcoólica e outras drogas

Má alimentação no dia anterior ao trabalho

Obesidade/ anemia

ESTEJA ATENTO
FATORES DE RISCO

Estresse, problemas familiares, etc. Uso de medicamentos que atuem sobre o sistema nervoso

Noites mal dormidas

ESTEJA ATENTO
PROCEDIMENTO SEGURO

 Verifique as condições de
todo equipamento ANTES DE SUBIR

 Não ancore o cinturão em
estrutura duvidosa

 Selecione um ponto de
ancoragem acima da argola dorsal

 Na escalada trabalhe com
um mosquetão de cada vez

ESTEJA ATENTO
PROCEDIMENTO SEGURO

 Em caso de chuvas, ventos fortes e
incidência de raios, NÃO ESCALE!!!

 Comunique à empresa qualquer irregularidade com seu
equipamento.

 Coloque a sua vida em
primeiro lugar

TENHAM UM ÓTIMO DIA !

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->