Você está na página 1de 13
       
     

SIMONE

     

MARTINEL

A FORÇA TERAPÊUTICA DOS SHIMMIES

 

LI

     

“Em tempos muito antios a

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

annça era a representanção

a natureza.

1

As mulheres observavam e repro uziam os movimentos a natureza em forma e annça para estabelecer uma comunicanção com os euses e eusas para que assim alcannçassem a cura, milaire ou a bennção.”

Por que os Shimmies podem curar:

Com sua movimentação localizada no chakra básico, libera energia, acaba com stress, faz o ground, solta o corpo, atva a circulação, renova as energias.

solta o corpo, atva a circulação, renova as energias. (Os chakras são vórtces energétcos, através dos

(Os chakras são vórtces energétcos, através dos quais os corpos bioenergétcos dos seres vivos absorvem energias provenientes do mundo exterior. Existe um número enorme de chakras espalhado pelo corpo, porém, vamos apenas destacar sete deles, que são considerados os “grandes chakras” e que nos interessam neste nosso treinamento. O Chakra Básico - Está localizado na base do cócix (base da espinha dorsal) e relaciona-se com as glândulas reprodutoras e sexuais. Este é o vórtce por onde o corpo recebe as energias telúricas, ou seja, provenientes do centro da terra.)

Tem o poder de atvar a Kundalini.

(Kundalini vem

a

serpente. Ela é a energia evolucionária nos seres humanos, ela opera a fm de produzir luminares espirituais. Seegundo a crença, enquanto está adormecida, assemelha-se a uma chama congelada).

“aquela que está

enrola a”, termo originário da Índia Hinduísta, sendo uma

do

sânscrito

kun

al e

signifca

metáfora

Massageia e estmula os órgãos internos.

Restaura ou revitaliza o desejo sexual.

Transforma as emoções negatvas em positvas.

desejo sexual. Transforma as emoções negatvas em positvas. (Relação das emoções com as reações do corpo

(Relação das emoções com as reações do corpo fsicoo

Raiva - drena energia do corpo.

Medo - consolida a energia, imobilizando o corpo fsico.

Culpa - reduz o movimento de energia entre órgão e sistemas; diminuindo a capacidade fsica de reparar e substtuir células.

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

2

Amor - reforça a sabedoria do corpo ou o nível etéreo da energia, energizando especifcamente o cérebro, os tecidos do coração e o sistema imunológico.

Excitação - libera surtos de energia que reforçam o sistema endócrino, revitalizando os fluidos do corpo.

Aceitação - aprimora o estado de paz no âmbito das energias corporais, permitndo o vínculo entre espírito e a força divina se torne evidente.)

Trabalha a energia Yang

(Seegundo a flosofa chinesa, nossos meridianos estão divididos em pares yin e yang.

Os meridianos yang referem-se aos aspectos energétcos do corpo, como o movimento e o pensamento.

Os meridianos yin referem-se aos aspectos mais fsicos, como órgão e o sangue.

Yang é o princípio atvo, masculino, diurno, luminoso e quente enquanto Yin é o princípio passivo, feminino, noturno, escuro e frio.)

é o princípio passivo, feminino, noturno, escuro e frio.) Ventre em Ebulição -

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

3

Os Shimmies e sua relação terapêutica

1.Havaiano

Movimentoo Circular/Redondinho rápido.

Ritmoo Hula

Deusao Pele

Pele é uma Deusa havaiana considerada uma Malihini, ou seja, Deusas que migraram para ilha do havaí depois da colonização. Acredita-se que pele resida nas crateras da ilha do vulcão Kilauea e faça as lavas flamejantes caírem do vulcão, provocando novas ilhas a seu redor.

Deusa muito invocada entre os havaianos para várias fnalidades. É chamada para limpar e purifcar tudo aquilo que é preciso. Ela muda e ajuda a trazer à tona o que está oculto e velado. Também é vista pelos seus devotos como uma Deusa que guia ao grande conhecimento. É a guardiã das emoções e está sempre desejando compartlhar seus conhecimentos e lições de transmutação.

Para o que serveo amor, paixão, sexualidade, proteção, limpeza, purifcação, vigor, força, transmutação, poder, coragem, revelações.

2. Ghawazee

“As ghawazee, assim eram chamadas as dançarinas de ventre, no Egito Antgo, que se apresentavam nas ruas. Elas também recebiam o nome de “As Dançarinas do

Povo”.

Seão originárias do sul da Índia. Nesse país, há diversas danças populares, as

danças são religiosas ou sazonais, porém as ghawazee também faziam uso da dança

como forma de sustento de sua tribo.” Texto de Mileni Nurham

Movimentoo batda lateral relaxando o quadril, resultando no shimmie.

Ritmoo Fallahi

Deusao Searaswat

Searaswat é uma Deusa que foi e ainda é muito importante para os indianos. As lendas afrmam que ela brotou da testa de seu pai, Brahma, assim como Atena nos mitos

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

4

gregos. Vivia em seu próprio mundo, enfatzando a calma e contemplação no passado, como pura experiência.

A capacidade de lembrar os fatos sem ressentmento é uma dádiva de Searaswat cedida

a seus flhos, que são escritores, músicos e todos os tpos de idealizadores e criadores. Ela nos ensina que, enquanto não cortamos o cordão umbilical, nenhum início invocatvo pode ser realizado no meio do que é criado ou gerado.

Para que serveo generosidade, fertlidade, riqueza, pureza, cura, inteligência, sabedoria, purifcação, poesia, comunicação.

3. Egípcio

Movimentoo alternar rapidamente as pernas com os joelhos semi-estcados.

Ritmoo percussão

Deusao Seekhmet

Seekhmet é uma Deusa egípcia, considerada consorte do Deus Ptah e mãe de Nefertum. Geralmente é representada como uma Deusa de corpo de mulher e cabeça de leoa. Seekhmet é uma divindade muito antga e por isso era conhecida como “senhora do lugar do início dos tempos” e aquela que era antes dos deuses serem.

O Mito de Seekhmet conta que Rá estava receoso, pois a humanidade conspirava contra

ele. Rá enviou Hathor para castgar a humanidade, fazendo-a transforma-se em uma

leoa que se tornou Seekhmet.

Pode ser considerada o símbolo da mulher moderna. Seeu poder pode ser reinvindicado quando necessitar de justça e proteção. Ela simbololiza o poder de exterminar o que é mal e protegar o que é bom, representando o uso equilibrado do poder.

Para que serveo proteção, vingança, vencer inimigos, cura, força, independência, justça, banir o mal.

4. Tensão e Africano

Movimentoo 1º Joelhos juntos e semi-estcados mover frente e traz de forma contnua e rápida. 2º com os joelhos flexionados mover a pélvis frente e traz de forma contnua e rápida com a intenção para trás.

Ritmoo batuque

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

Deusao Mbaba Mwana Waresa

Deusa Zulu de chuva, agricultura e da colheita.

África sulista, em grande parte porque é creditado a ela a invenção da cerveja. Mbaba

Mwana Waresa também é a Deusa do arco-íris, um símbolo da ligação entre o céu e a terra, os deuses e os homens.

Ela é uma das deusas mais queridas da

A Mitologia diz que ela não conseguia encontrar um marido adequado no céu, então

veio procurar na terra.

cuja canção tocou o fundo da sua alma e assim, ela o escolheu para ser seu

companheiro.

Chegando ela se deparou com um pastor chamado Thandiwe,

5

Seeu povo adorava essa deusa da chuva, e quando ouvia o som revelador de seu trovão tambor, eles sabiam que as águas despejadas revitalizavam a vida.

Para que serveo Limpeza, purifcação, superar superfcialidades, reconhecer a importância da família, amizade, saúde.

5. Shimmie em L

Movimentoo Alternar o peso do corpo desenhando um L de cada lado (sobe, desce e empura).

Ritmoo Masmud Seaid, variados

Deusao Gaia

Gaia é a Deusa greco-romana considerada a mãe universal, a doadora da vida. A partr dela tudo começou a se formar, o mundo começou a se estruturar. Por causa disso ela foi considerada a Deusa Universal da fertlidade.

No princípio era o caos, nada tnha forma. Logo depois surgiu Gaia, a terra, que deu sentdo ao caos.

Para

solidifcação.

que

serveo

fertlidade,

abundância,

regeneração,

prosperidade,

saúde,

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

6

6. Libanês

Movimentoo alternar rapidamente os joelhos flexionados, balançar o quadril.

Ritmoso percussão

Deusao Ereshkigal

Ereshkigal é a Deusa sumeriana e babilônica da morte e senhora do submundo. O culto de Ereshkigal é muito antgo, talvez muito mais que o de Perséfone e Hel. Os antgos povos da mesopotâmia viam a realidade como fsica e sútl. Para eles existam o reino de cima, onde Anu governava e o submundo reino de Ereshkigal. Para eles ela era a senhora da essência, é ela que nos ensina a realidade da justça e verdade.

O submundo é a realidade interior que nos dá sustento para tudo o que existe, existu e existrá. Ereshkigal nos mostra que a vida e a morte são ritmos e transformação entre energia e forma; assim, a cura e a regeneração ganham lugar.

Para que serveo renascimento, afastar o mal, destruir, regeneração, magia.

7. Batida ta ta ta

Movimentoo alternar pisada no chão transferindo o peso do corpo coma marcação no quadril. Exemploo direita, esquerda, direita e depois o inverso.

Ritmoso variados

Deusao Aparajita

Aparajita Deusa do budismo indiano considerada inimiga dos espíritos malignos. Ela é tão poderosa que é representada pisoteando Ganesh e obrigando Brahma a segurar o seu guarda-sol. Um de seus epítetos é “A Inconquistada”.

Para que serveo libertação dos espíritos malignos, banir o mau, limpeza e purifcação.

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

7

A Aplicação

Antes de começar a sessão de movimentos, é aconselhável (não obriiatório ) preparar o corpo fsico com alongamento e o corpo psíquico com os exercícios abaixoo

1. Proteção Psíquica

Prátca budista para repelir um campo de energia negatva.

Prátca budista para repelir um campo de energia negatva. Faça a postura do desenho. Fique calma

Faça a postura do desenho. Fique calma e plantada. Seem hesitação e sem segurar nada, envie um raio laser de boa vontade e amor de coração e de sua cabeça diretamente para o ambiente, ou alguém, ou situação. Ao mesmo tempo, com uma intenção absolutamente cristalina, repita mentalmente depressa e diversas vezeso “Amo você, amo você, amo você”.

2. Sehiatsu para a energia da terra

Deite de costas e permaneça relaxado. Peça ajuda de alguém querido para realizar o pedido na imagem.

ajuda de alguém querido para realizar o pedido na imagem. Ventre em Ebulição -

3. Liberando a mente

Desenhe uma mandala.

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

8

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

9

Trabalhando a força terapêutica dos shimmies

Agora você pode trabalhar a força terapêutca dos shimmies de duas formas;

A primeira, simplesmente executando os setes tpos de shimmies descritos no texto.

A segunda opção é trabalhar cada tpo de shimmies de forma isolada, baseando-se na Deusa e no para que serve.

“Que a aceitação, purifcação e transformação estejam com você”.

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

10

Extras

Exercício para observar as auras de outras pessoas e a sua pelo espelho.

Para ver a aura precisamos usar nossa visão noturna, como acontece quando caminhamos no escuro e percebemos que olhamos as coisas melhores se não olharmos para elas.

Olhe para o espaço entre a área do pescoço e dos ombros. Desvocalize os olhos, de modo que possa olhar para a área de espaço e não para uma linha fna. Enquanto observa permita que a luz chegue aos seus olhos e os penetrem.

permita que a luz chegue aos seus olhos e os penetrem. Ventre em Ebulição -

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

11

Proteção Energética

Todos nós criamos obstruções porque o mundo nos parece inseguro.

Em que sistema de crença pessoal se baseia a sua defesa principal?

Enumere e descreva tpos de obstrução da energia. See você não utliza nenhum método de proteção energétca, pesquise um e comece a utlizar.

Biografia:

Simone Martinelli

A Força Terapêutica dos Shimmies

12

Todas as deusas do mundo, Claudiney Prieto, Gaia.

Sehiatsu guia prátco, NicolaPooley, avatar.

Kundalini, Gopi Krishna, Nova Era.

Proteção Psíquica, William Bloom, Triom.

Crise espiritual, Meredith L. Young-Seowers, Cultrix.

Mãos de luz, Barbara Ann Brennam, Pensamento.

Mandalas, Celina Fioravant, Pensamento.

The Goddess Pack, Runing Press

Abençoada por compartlhar.

Interesses relacionados