INTERPRETAÇÃO CLÍNICA DO HEMOGRAMA

Departamento de Medicina Disciplina de Pediatria 2007

Associar padrões de alteração com as respectivas patologias. com as respectivas unidades. Observar as faixas de normalidade para cada série sangüínea em função da faixa etária e sexo. Conhecer as partes que o compõem. Identificar indicações e limitações do exame. .Objetivos Reconhecer o hemograma como ferramenta diagnóstica.

Atheneu. 2005 Hematologia para o Pediatra. 2007 .Bibliografia Hematologia: Fundamentos e Prática. Marco Antônio Zago. 1ª. Atheneu. Roberto Passeto Falcão e Ricardo Pasquini. Josefina Aparecida Pellegrini Braga. edição revisada Ed. Luiz Gonzaga Tone e Sandra Regina Loggetto. Ed.

.Tecido hematopoético Seres unicelulares procariontes X Seres pluricelulares eucariontes Tecido especializado Produção: vida embrionária. neonatal. infantil e adulta. fetal.

.

observação do esfegaço Pagamento .Hemograma Fácil Barato ³Compulsivo´ Eritrograma. leucograma. contagem de plaquetas.

LEUCOGRAMA PLAQUETAS . Mede intensidade da anisocitose.I ± Dados quantitativos ERITROGRAMA Glóbulos vermelhos: milhões/ml Hemoglobina: g/dl Hematócrito: % RDW: coeficiente de dispersão de tamanho ao redor da média.

II ± Ciclo de vida dos ertrócitos ERITROPOETINA MEDULA ÓSSEA CÉLULA PROGENITORA FATORES DE CRESCIMENTO 5 DIAS RETICULÓCITOS 1 DIA GLÓBULOS VERMELHOS SANGUE PERIFÉRICO 2 DIAS 120 DIAS BAÇO .

III ± Dados qualitativos Leve. moderada ou severa Anisocitose: tamanho (macro e microcitose) Poiquilocitose: formato Normo ou hipocromia: cor halo até 30%: normocromia 50%: + 75%: ++ mais de 75%: +++ Policromatofilia: hemácias com tom azulado (reticulócitos) .

Anemias Cabot: megaloblásticas. Inclusões de Hemoglobina H: nas colorações para reticulócitos. pósPonteado basófilo: RNA. Anemias hemolíticas e pós-esplenectomia. Talassemias. Anemias Pappenheimer: sideroblásticas e pós-esplenectomia. Heinz: Malária e outros parasitas . Talassemias e intoxicação basófilo: por chumbo. Grânulos de Pappenheimer: ferritina. Corpos de Heinz: hemoglobina desnaturada. pósAnel de Cabot: resto de fuso celular.IV ± Inclusões eritrocitárias Howell-Jolly: Howell-Jolly: cromatina nuclear.

Empilhamento: processo inflamatório. AutoAuto-aglutinação: reações de hipersensibilidade. Avalia a função eritropoética da medula óssea. .eritrócitos Hemácias nucleadas (eritroblástos): anemias hemolíticas.V ± Outros achados . Reticulócitos: RNA citoplasmático.

Leucócitos Normal: 4 a 11 mil/ l Recém nascido: até 30 mil/ l Desvio à esquerda: o bastonetes (> 10%) Desvio à direita: o segmentados com 5 ou mais lóbulos nucleares (> 3%) .VI .

.VII ± Alterações citoplasmáticas Granulações tóxicas: infecção Microvacúolos: infecção Corpos de Döhle: inclusões de material de retículo endoplásmico. linfócitos B se transformam em plasmócitos nos órgãos linfóides e circulam. Linfócitos atípicos: imunoblastos (aumento de citoplasma). Mononucleose. Infecção Linfócitos plasmocitóides: sob estímulo antigênico.

Plaquetas 140 a 400 mil/ l .VIII .

1 13.5± 14.0± 20.5± 14.0 9.0 Hemato (%) M 55 50 36 37 Ran g 45± 65 42± 66 31± 41 33± 42 34± 40 Reticulo c (%) Mean 5.5 16 .0± 16.8 16 .0± 18.7± 20.00 0 12.0 1.0 13 .0 1.0 11.00 0 8.0 Rang 13.0 42 47 37±47 42±52 1.0 1.0 70±74 MCV (fL) Low 110 Leukocytes (WBC/mm3) M 18.5 10.Valores hemtológicos normais para crianças e adultos Hemoglob (g/dL) Ag e Cor d 2 wk 3m 6 m± 6y 7± 12 yr Adult Fe m M 14 16 12.6 80 80 7.500 5000± 10000 55 35±70 35 3 7 M 16 .5 12 .0 14.0 76±80 55 38 2 5 .000 Rang e 9000± 30000 5000± 21000 6000± 18000 6000± 15000 4500± 13500 Neutrop (%) M 61 40 30 45 Rang e 40±80 Lymph o (%) M 31 63 48 48 Eosino (%) M 2 3 2 2 Monoc (%) M 6 9 5 5 38 1.00 0 12.0± 16.00 0 10.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful