P. 1
Apresentação sobre sectores de actividade [Só de leitura] [Modo de Compatibilidade]

Apresentação sobre sectores de actividade [Só de leitura] [Modo de Compatibilidade]

|Views: 494|Likes:
Publicado porFranciscoCavaco

More info:

Published by: FranciscoCavaco on Nov 28, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/20/2013

pdf

text

original

Conceitos

Distribuição dos Sectores de Actividade

Conclusão
• A repartição da população activa por sectores de actividade dá indicações sobre o grau de desenvolvimento dos países. • Os países em que a maior parte da sua população activa está inserida no sector primário são países em desenvolvimento, com uma agricultura tradicional que emprega muitos indivíduos. • Nos países onde o sector terciário emprega à maior parte da população activa, são países desenvolvidos • Nos países desenvolvidos, a população activa exerce essencialmente actividades que estão ligadas aos serviços que asseguram o bem-estar da população: como é o caso da saúde, do comércio, da educação, seguros, bancos, transportes, etc. Para além disso, é aqui que os técnicos superiores e os cientistas dominam.

Evolução dos sectores de actividade
• Diminuição do sector primário do séc. XIX para o séc. XX Aumento do sector secundário do séc. XIX para o séc. XX Aumento do sector Terciário do séc. XIX para o séc. XX. Aumento do sector secundário do séc. XIX para o séc. XX Diminuição do sector II a partir de meados do séc XX Aumento do sector terciário muito acentuado a partir de meados do séc XX

• •

Conclusão Evolução dos sectores de actividade • A diminuição de população activa no sector primário deve-se ao aumento da mecanização da agricultura o que liberta mão de obra para os outros sectores. A diminuição de activos no sector secundário a partir do meio do séc XX deve-se a maior mecanização da actividade industrial e por isso dá-se a libertação de mão de obra. O sector secundário absorveu muita da mão de obra libertada por outros sectores.

O Caso Português

Conclusão
• Ao longo dos tempos, o sector primário foi diminuindo, dando primazia aos sectores secundário e terciário. • principais causas desta situação estão ligadas à forte migração e ao êxodo rural. • No nosso país, o abandono dos campos sente-se mais que uma elevada mecanização agrícola. • O sector secundário tem aumentado, contribuindo para isso a existência de pequenas indústrias, geralmente familiares.

• • •

• • •

Recurso reciclável - è aquele que depois de ser utilizado pode ser transformado para poder ser novamente utilizado: Papel, Cartão, Vidro, Recurso não reciclável - é aquele que é utilizado e não pode transformado para ser novamente utilizado. Pilha O conceito de Desenvolvimento Sustentável é, normalmente, definido como o desenvolvimento que procura satisfazer as necessidades da geração actual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades . Recursos Energéticos não renováveis Petróleo: produção de gasolina, Produção de Energia. Carvão Produção de energia Gás Natural – Utilização doméstica.

Definição de Agricultura
• Agricultura- Actividade humana que inclui o cultivo de espécies vegetais e a criação de animais. Em sentido restrito, o termo aplica-se apenas à exploração dos vegetais
Parcela agrícola – é uma unidade de cultura que pode ter dimensões variáveis e ser aberto ou fechado. Sistema de Cultura - corresponde ao modo como o Homem tira proveito da terra, o qual é diferente de região para região. Engloba todos os processos de utilização do solo e a forma de assegurar tal uso. O recurso a fertilizantes, a rotação de culturas e o pousio constituem meios utilizados pelo agricultor, de acordo com as condições naturais e socioeconómicas da sua

• •

CONCEITOS BÁSICOS DA AGRICULTURA
• • • • Policultura- é o cultivo de diversas variedades de produtos agrícolas num terreno. Monocultura – é o cultivo de uma só variedade de produto agrícola num terreno. Sistema agrícola intensivo - quando a terra está permanentemente ocupada com culturas ( nunca tem pousio). Pousio – é o descanso rotativo de parte da terra da exploração agrícola. Pode ser bienal (a exploração agrícola divide-se em duas partes estando uma das partes em descanso e a outra cultivada) ou trienal (a exploração agrícola divide-se em três partes estando uma das partes em descanso e as outras duas cultivadas). Sistema agrícola extensivo - Sempre que a ocupação do solo não é contínua, procedendo-se ao descanso temporário (pousio) de parte da exploração agrícola. Sistema de regadio - Quando se pratica a rega, coma forma de complementar as águas das chuvas, a fim de aumentar a produção agrícola.

• •

CONCEITOS BÁSICOS DA AGRICULTURA
• • Sistema de sequeiro - Sempre que as culturas se desenvolvem sem o recurso à rega. MORFOLOGIA AGRÁRIA – é a forma visível da paisagem agrária e envolve: ▪ a dimensão das parcelas ( latifúndio ou minifúndio) ▪ Forma das parcelas ( irregular ou geométrica) ▪ Os limites da exploração agrícola ( abertos ou fechados) ▪ Rede de caminhos rurais ( densa ou escassa) Latifúndio – é uma parcela agrícola de grandes dimensões. Minifúndio – é uma parcela agrícola de pequenas dimensões. Campos fechados – parcelas agrícolas com vedação nos seus limites. RENDIMENTO AGRÍCOLA Rendimento agrícola - é a relação entre a produção e a superfície cultivada, isto é, é o total de produção obtida numa exploração por hectare, durante um ano. Expressa-se em Kg / hectare

• • • • • •

CONCEITOS BÁSICOS DA AGRICULTURA
• • Ao praticar a agricultura, o Homem não consegue obter sempre os mesmos quantitativos de produção. Os rendimentos agrícolas podem ser altos ou baixos consoante as características físicas da região e a maior ou menor intensidade de utilização do solo. Quando os terrenos são pouco férteis e o agricultor utiliza o terreno de uma forma descontinua, o rendimento é baixo. Contrariamente, Se os solos forem férteis ou se o agricultor recorrer a adubos, pesticidas e selecção de sementes, o rendimento é, normalmente, alto.

CONCEITOS BÁSICOS DA AGRICULTURA
• Rendimento agrícola - é a relação entre a produção e a superfície cultivada, isto é, é o total de produção obtida numa exploração por hectare, durante um ano. Expressa-se em Kg / hectare Ao praticar a agricultura, o Homem não consegue obter sempre os mesmos quantitativos de produção. Os rendimentos agrícolas podem ser altos ou baixos consoante as características físicas da região e a maior ou menor intensidade de utilização do solo. Quando os terrenos são pouco férteis e o agricultor utiliza o terreno de uma forma descontinua, o rendimento é baixo. Contrariamente, Se os solos forem férteis ou se o agricultor recorrer a adubos, pesticidas e selecção de sementes, o rendimento é, normalmente, alto.

• • •

CONCEITOS BÁSICOS DA AGRICULTURA

Produtividade agrícola - é a relação entre a produção obtida e o nº de trabalhadores ou seja relaciona-se a produção obtida relativamente ao trabalho fornecido por hectare. Expressa-se em Kg / agricultor

• A maior ou menor produtividade está relacionada com o conjunto dos recursos agrícolas (máquinas, sistemas de rega, produtos químicos) de que cada agricultor dispõe.

CONCEITOS BÁSICOS DA AGRICULTURA
A produtividade é alta sempre que o agricultor utiliza técnicas de mecanização nas actividades agrícolas e por isso existe pouca mãode-obra a trabalhar numa exploração. A produtividade é baixa quando as técnicas são rudimentares e existe muita mão-de-obra a trabalhar numa exploração.

Paisagens agrárias - é o resultado da transformação das paisagens naturais por uma comunidade rural. Inclui o sistema de cultura, a morfologia agrária e o povoamento.

Factores que influenciam

Clima

• • • • • • • • • •

Na Europa Nordeste dos EUA Sul e Sudeste Asiático Costa litoral Atlântico da América Sul Sul da Austrália Nova Zelândia Ásia Oriental Madagáscar América Central E Sul da América Sul

1- Floresta amazónica. 2 - Desertos. 3- Regiões frias. 4- Região montanhosa.

As terras cultivadas cobrem apenas 11% da superfície terrestre 78% são inférteis porque são demasiado húmidas demasiado pobres secos ou inclinados gelados

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->