Você está na página 1de 20

Giardíase

Fábio Magalhães
Classificação:
• Filo  Sarcomastigophora;

• Ordem  Diplomonadida;

• Família  Hexamitidae;

• Gênero  Giardia;

• Espécie  Giardia lamblia, Giardia duodenalis,


Giardia intestinalis.
Epidemiologia:
• Cosmopolita;

• Infecta principalmente crianças entre 8 meses e 12 anos;

• > regiões tropicais e subtropicais;

• > em países subdesenvolvidos e em desenvolvimento;

• Freqüente em ambientes coletivos;

• Parasito intestinal mais comum em humanos.


Morfologia:
Apresenta 2 formas evolutivas:

• Trofozoítos;

• Cistos
Trofozoítos:
• Formato de Pêra;

• Simetria bilateral;

• Face ventral côncava;

• Possui 2 núcleos;

• 4 pares de flagelos.
Cistos:

• Oval ou elipsóide;

• 2 a 4 núcleos;

• Corpos escuros em forma de meia lua (origem


do disco suctorial ou disco ventral).
TROFOZOÍTO

flagelos Núcleo com cariossoma central

CISTO

núcleo
10µm

Corpos medianos
Disco ventral

20µm axonema
Local de infecção:

• Os vermes adultos vivem especialmente no


jejuno e íleo, mas pacientes com parasitismo
elevado podem ter todo o intestino delgado
ocupado.
Ciclo biológico:
CICLO VITAL

Int.grosso

Int.delgado

6 a 15 dias
Transmissão (feco-oral):

• Ingestão de águas contaminadas;

• Ingestão de alimentos contaminados;

• Auto-infecção;

• Sexo anal/oral;

• Contatos com animais domésticos infectados;


Patogênicidade:

• Diarréia e má absorção intestinal;

• Atrofia total ou parcial das microvilosidades;

• Produção de substâncias tóxicas pelo parasito;


Sinais e sintomas:
Infecção: Primoinfecção:

• Indivíduos que nunca


• Diarréia persistente;
entraram em contato com o
• Perda de peso; parasita antes podem

• Esteatorréia; apresentar diarréia aquosa,


explosiva, com odor fétido e
• Náuseas;
dor abdominal – diarréia dos
• Vômito. viajantes.
Diagnóstico clínico:
Em crianças de 8 meses a 12 anos, verificar se há:

• Diarréia;

• Insônia;

• Náuseas;

• Vômito, perda de apetite e dor abdominal

Em adultos geralmente é assintomático.


Diagnóstico laboratorial:
• É realizado o exame de fezes nos pacientes para
identificação de cistos e trofozoítos.

Fezes Formadas: cistos


Fezes diarréicas: trofozoítos
Profilaxia:
• Executar medidas de Higiene pessoal;

• Destino correto das fezes;

• Proteção dos alimentos;

• Tratamento da água;

• Tratamento precoce dos doentes;

• Procurar diagnosticar a fonte de infecção.


Vacina:
A vacina contra a Giardia lamblia para
uso em humanos está bastante adiantada
porém em fase de pesquisa. Já contra a
giardíase canina foi lançada em
(2002) a Giardia Vax (vacina inativada),
muito segura e eficaz.
Tratamento:
• Metronidazol;

• Tinidazol;

• Ordidazol;

• Secnidazol;

• Albendazol;

• Mebendazol.