Você está na página 1de 4

PARASITOLOGIA

Avaliando Aprend.: SDE0287_SM_201601124961 V.1

Desemp.: 0,5 de 0,5 16/10/2018 16:35:30 (Finalizada)

1a Questão (Ref.:201601265787) Pontos: 0,1 / 0,1

Com relação ao ciclo biológico da Entamoeba histolytica é correto afirmar?

O parasita não tema capacidade de invadir a mucosa intestinal podendo invadir outros órgãos.
O ciclo inicia-se com ingestão de trofozoitos que são ativados pelas glândulas salivares.
No ciclo assintomático os trofozoitos colonizam a mucosa do intestino grosso e devido a variação de pH e flora
bacteriana se tornam novamente em cistos e são eliminados pelas fezes.
Com ingestão de cistos tetra nucleados ocorre a liberação de uma larva que se transforma em trofozoito que irá
colonizar a mucosa do intestino delgado.
O ciclo inicia-se com ingestão de cistos que não necessitam estar maduros.

2a Questão (Ref.:201601315096) Pontos: 0,1 / 0,1

Com relação ao parasita causador da giardíase é correto afirma:

O grau de sintomatologia não está relacionado a seu grau de virulência e ao estado imunitário do hospedeiro.
O grau de virulência não influencia na sua patogenia.
Apresenta capacidade de invadir outros órgãos.
É um parasita flagelar do intestino grosso.
A sua patogenia é devido a ação do parasita na mucosa do intestino delgado.

3a Questão (Ref.:201602288050) Pontos: 0,1 / 0,1

Criança de 3 anos, diarréia aquosa, explosiva, de odor fétido, acompanhada de gases que provocam distensão abdominal, o
que provoca dores abdominais. Assinale o item que corresponde a uma possível parasitose

giardíase cronica
amebiase forma colite não desentéricA
giardíase aguda
amebiase forma disentérica
tricomonas

4a Questão (Ref.:201604122363) Pontos: 0,1 / 0,1

Marque a alternativa que melhor completa a lacuna. A transmissão de__________________________se dá por cistos
presentes nas fezes de um indivíduo infectado e, principalmente, através do contato da mão com a boca. As pessoas
infectadas que são assintomáticas são mais importantes na transmissão do agente do que aquelas pessoas que apresentam
diarreia (infecção sintomática).

Giardia lamblia.
Plasmodium vivax.
Entamoeba coli.
Trypanosoma cruzi.
Leptospira interrogans.

5a Questão (Ref.:201601315098) Pontos: 0,1 / 0,1

Uma das principais parasitoses é atribuída ao parasita Giardia lâmblia. Com relação ao parasita é correto afirmar:

A falta higiene e educação sanitária são fatores fundamentais por isso em ambiente de grandes
aglomerações os cistos podem ser facilmente disseminadas
Não ocorre transmissão através de animais domésticos.
A contaminação não ocorre em pessoas imunocompetentes.
As formas contaminantes são altamente sensíveis não sendo assim de fácil disseminação.
Os quadros assintomáticos não necessitam ser tratadas sendo a sua cura espontânea.
1a Questão (Ref.:201604049994) Pontos: 0,1 / 0,1

A esquistossomose é uma doença que leva a problemas de saúde crônica. A infecção é adquirida
quando as pessoas entram em contato com água doce que está infectada com as formas larvais de
parasitas da espécie Schistosoma. Sobre a esquistossomose, assinale V ou F:

É também conhecida com barriga d´água;


Pode ser transmitida por alimentos como o açai;
Tem como hospedeiro o barbeiro;
Pode ser transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti;
Nadar em rios ou lagos que contenham caramujos podem ser fontes de transmissão;

2a Questão (Ref.:201601265778) Pontos: 0,0 / 0,1

Com relação ao ciclo do protozoário causador da toxoplasmose assinale a alternativa CORRETA.

A fase em que as formas esporozoitos invadem a corrente sanguínea e se transforma em taquizoitos é conhecida
como fase cronica da doença.
O ciclo inicia com a ingestão de cistos ou oocistos esporulados que em nível de intestino delgado libera as formas
esporozoítos que fixam no intestino delgado.
Devido à ativação dos anticorpos os taquizoitos migram para os tecidos e como forma de defesa forma uma capsula
de proteção conhecida como cistos sendo esta fase conhecida como fase crônica da doença.
O ciclo da ingestão de taquizoitos é a mais comum devido à contaminação do solo através das fezes de gato.
O ciclo congênito depende do grau de virulência do parasita não sendo necessário a mãe estar na fase aguda da
doença

3a Questão (Ref.:201601265839) Pontos: 0,1 / 0,1

Como medidas profiláticas de combate a malária e doença de chagas podemos citar:

Eliminar os mosquitos e os cães abandonados


Cuidados higiênicos com a água e alimentos contaminados
Eliminar os mosquitos e os barbeiro
Não andar descalço
Não comer carne crua ou mal passada

4a Questão (Ref.:201602323870) Pontos: 0,1 / 0,1

O quadro clínico típico da malária são, exceto:

Aumento do baço e do fígado, doloroso a palpação.


Febre precedida de calafrios que ocorrem em padrões cíclicos dependendo da espécie de plasmódio infectante.
Náuseas e vômitos.
Obstrução intestinal.
Sudorese profusa, fraqueza e cefaleia.

5a Questão (Ref.:201604053779) Pontos: 0,1 / 0,1

A doença de Chagas é a infecção causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi. Apresenta uma fase aguda que pode ser
sintomática ou não, podendo evoluir para as formas crônicas caso não seja tratada precocemente com medicamento
específico. Assinale a alternativa FALSA en relação à doença de Chagas.

O desmatamento que provoca a migração ou o desaparecimento dos animais silvestres


dos quais o barbeiro se alimenta.
É também conhecida como Tripanossomíase amerericana.
A aplicação de inseticidas nas habitações infestadas não pode ser incluída como medida
de controle.
A ausência de saneamento básico que favorece a proliferação do protozoário em
regiões habitadas por humanos.
Causa cardiopatia Chagásica.
1 Questão (Ref.:201602305627)
a
Pontos: 0,1 / 0,1

Ocorrem várias formas de transmissão dos parasitos ao homem. A ingestão de alimentos e água contaminados são as
principais fontes para os parasitos intestinais. Com relação àqueles tissulares e sanguíneos, apesar dessas fontes serem
consideradas, outras fontes são mais comuns. A transmissão de parasitos exercida pelos chamados vetores biológicos ocorre
nas seguintes doenças:

Tricomoníase, Calazar e Malária.


Malária, Doença de Chagas e Leishmaniose.
Tricomoníase e Malária.
Calazar, Malária e Toxoplasmose.
Doença de Chagas, Giardíase e Leishmaniose.

2a Questão (Ref.:201604043438) Pontos: 0,1 / 0,1

A leishmaniose é causada por espécies de Leishmania. As manifestações incluem síndromes viscerais, cutâneas e
mucocutâneas. Em relaçao à leishmaniose assinale a alternativa que contenha o órgão afetado pela leishmaniose cutânea.

Pele e fígado.
Pâncreas.
Fígado.
Pele.
Baço.

3a Questão (Ref.:201601315373) Pontos: 0,1 / 0,1

Qual dos protozoários podem ocorrer contaminação por água e alimentos contaminados?

Leishmaniose
Malária
Trichomoníase
Amebiíase
Toxoplasmose

4a Questão (Ref.:201604048798) Pontos: 0,1 / 0,1

A leishmaniose é causada por espécies de Leishmania. As manifestações incluem síndromes viscerais, cutâneas e
mucocutâneas. Em relaçao à leishmaniose assinale a alternativa que contenha os órgãos acometidos pela leishmaniose
visceral.

Fígado e baço.
Coraçao e pulmão.
Hemácias.
Medula óssea vermelha e pâncreas.
Pele e mucosas.

5a Questão (Ref.:201604122367) Pontos: 0,1 / 0,1

Os cistos de Giardia lamblia são ingeridos pelo homem via água ou alimentos contaminados, a ação das enzimas digestivas
provoca o desencistamento, dando origem aos trofozoítos, que se multiplicam no intestino delgado por divisão binária e
chegam à luz do intestino, onde podem ficar livres na luz intestinal ou se fixar na parede do duodeno. No ceco, formam-se
novamente os cistos, que são eliminados nas fezes. O tempo entre a ingestão dos cistos e o aparecimento dos sintomas de
giardíase é de uma a três semanas. A infecção intestinal se manifesta por febre, náuseas, diarreia secretora, flatulência, dor,
distensão abdominal, podendo ocorrer disenteria durante uma semana, decorrente de irritabilidade, atrofia de vilosidades
intestinais, secreção de muco e alteração da microbiota intestinal saprófita. O diagnóstico é feito por visualização direta dos
cistos ou trofozoítos nas fezes e por ensaio imunoenzimático. Esta descrição corresponde a um ciclo:

Estenoxeno.
Heteroxeno.
Monoxeno.
Autohexeno.
Eurixeno.