P. 1
Resumo Do Livro O Maior Vendedor Do Mundo

Resumo Do Livro O Maior Vendedor Do Mundo

|Views: 2.924|Likes:

More info:

Published by: Bruno Ricardo Sant Anna on May 31, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/23/2013

pdf

text

original

RESUMO DO LIVRO: O MAIOR VENDEDOR DO MUNDO. AUTOR: OG MANDINO. EDITORA: RECORD.

Este livro possui uma narrativa estimulante à auto-motivação que após seu sucesso como um “Best-Seller” que foi distribuído por grandes empresas aos seus funcionários para que as pessoas busquem fazer o melhor de seu desempenho e disciplina. Embora o título do livro sugira que se trata de um livro de técnicas de vendas, na verdade é um livro de auto-estima. Nesta obra, Og Mandino, demonstra que a satisfação e o bemestar resultam do fato de o homem haver encontrado a sua verdadeira personalidade e emoções e as ter aplicado na sua vida diária. Logrado tal intento - assegura o autor - todos os demais benefícios de ordem material são simplesmente uma conseqüência lógica. Hafid, um homem de negócios que conquistou uma fortuna com seu trabalho, possuidor de um grande palácio, riquezas e clientes por todo o mundo como vendedor, em sua velhice decide doar boa parte de seu patrimônio aos pobres e colegas mais próximos dele a quem administrava seus negócios e para seu melhor amigo Erasmo. Hafid doou a maior parte de seus bens e o palácio ao seu amigo mais próximo Erasmo e ficou somente com os bens necessários para sua própria sobrevivência para viver o restante de sua velhice mas fez um único pedido ao seu amigo que ele permanecesse ao seu lado até que ele cumprisse uma promessa, Hafid desejava que Erasmo ficasse responsável de distribuir todas as suas riquezas a quem ele destinava e então Erasmo aceitou e fez o maior império comercial de seu tempo deixar de existir. Hafid havia escondido um segredo em um pequeno baú que guardava com tanto mistério e trancafiado em uma sala secreta. Segundo, ele era todo o segredo que continha nos pergaminhos para orientá-lo a ter êxito, felicidade, amor, paz de espírito do que desfruta e que para isso era necessário dominar os princípios destes pergaminhos e assim ele se tornou o maior vendedor do mundo da época. Ele não poderia compartilhar com ninguém estes pergaminhos devido a uma promessa que cumpria a não ser uma pessoa que mediante um sinal ele deveria passar isso, num momento de reflexão vai até seu palanque em uma grande cúpula e seus pensamentos retrocedem o tempo adentro e assim pensava em quem lhe passou os pergaminhos que foi seu pai adotivo, Pathros, em Jerusalém. Hafid, trabalhava apenas com um guardador de camelos e que depois de mostrar seu desejo a seu pai de tornar-se um vendedor convenceu-o de ensinar o domínio da arte de vender expondo sua ambição de tornar-se o maior vendedor do mundo porque desejava uma filha de Calneh um nobre que jamais admitiria uma relação de sua filha com um guardador de camelos, mas Hafid queria reverter isso então mostrou sua ambição ao pai. Pathros aconselhou Hafid com a seguinte citação “Nunca se envergonhe de tentar e fracassar, pois se alguém nunca fracassou é porque nunca tentou”, e acrescentou “O

e após doze dias ele se reuniu novamente e pergunta se Hafid ainda mantém a vontade de ser um grande vendedor. a carta mandava ele partilhar sempre a metade da riqueza adquirida. O primeiro pergaminho tinha o segredo de aprender. ele estava certo de ter encontrado a pessoa certa para passar estes pergaminhos e junto com uma bolsa com cem moedas de ouro. ele é notado e surpreendido por aquilo e pergunta a Hafid se houve algo extraordinário em Belém. terceira ordem é que ele estava proibido de partilhar os pergaminhos e a sabedoria nele contida com os outros. onde foi aceito como um deles e que um dia depois ele foi apresentado a um baú que havia dentro dos dez pergaminhos de couro todos numerados. segunda ordem que deveria constantemente distribuir a metade de seus ganhos. onde havia somente pessoas com poucas condições. Como Pathros não tinha família. Pathros. porém ao retornar para Pathros e no caminho vê uma vela forçada numa fenda na parede de uma gruta e então ficou curioso e entrou nessa gruta.fracasso jamais o surpreenderá se sua decisão de vencer for suficientemente forte”. Quando Pathros foi presenteado com o baú contendo os dez pergaminhos. Os outros continham todos os segredos e princípios necessários para tornar-se uma pessoa de grande êxito na arte de vender e então foi ministrado todos os dias a palavra dos pergaminhos. que era vender túnicas revestidas com material nobre. uma carta e cinqüenta moedas de ouro. E então Pathros. na região de Belém. mas Hafid faz grande mistério e disse que jamais esqueceria aquela noite. ele aceita imediatamente à proposta. Percebendo isso Hafid. Hafid não conseguiu vender uma túnica sequer. E assim. Durante o caminho uma estrela seguia e iluminava Hafid. passa uma missão difícil a Hafid. Pathros sentia sua morte aproximar-se e então passa a Hafid alguns conselhos do que deveria fazer com tudo que lhe doou e impôs algumas condições e lhe escreveu uma carta sobre isso que logo Hafid aceitou. para aplicar o que aprendeu dos pergaminhos e começar uma nova vida. Na gruta havia um casal com um menino que se cobriam com uma manta pequena onde a cabecinha do menino recém-nascido estava descoberta passando muito frio e tremor. doou sua túnica para o menino e depois voltou ao caminho para retornar Jerusalém. mas que não desse os pergaminhos a ninguém até o dia em que ele recebesse um sinal especial que dissesse quem era o próximo escolhido. A primeira ordem era seguir o que pergaminho número um no que instruía. Hafid ainda afirmou que fracassou em Belém e então. Pathros um pouco debilitado e notando ser um de seus últimos dias de vida passa seu conhecimento de como conseguiu ser o maior vendedor do mundo de sua época. Ele narra que quando em sua posição inferior profissional de guardador de camelos assim como Hafid que salvou a vida de um homem vindo do Oriente que foi atacado por dois bandidos. até que se tornase um hábito na vida da pessoa. nem dinheiro convenceu-lhe a voltar com ele para sua casa e família. exceto um dia que teria um . ao retornar à Pathros. fosse ela qual fosse com pessoas menos favorecidas. gentilmente. disse que aquela estrela o curou de uma cegueira sendo assim foi de grande lucro à ele. Pathros com aquele sinal da estrela que seguia Hafid aquele dia. Pathros sugeriu que por um momento Hafid deveria retornar a ser guardador de camelos. Ainda assim.

repetidamente e independente de êxito ou fracasso. lutando contra os desperdiçadores de tempo. antes de passar ao pergaminho seguinte. Pergaminho III. Hafid entrou na cidade de Damasco onde notou vários vendedores dedicados que de imediato sentiu-se inferiorizado sobre eles lembrando-se que ele era apenas um guardador de camelos e achou ser um tolo por acreditar que poderia ser clamado o maior vendedor do mundo e então hospedou em um hotel nas proximidades. evitando ser ocioso e pessoas ociosas. Quando Hafid despertou ao amanhecer refletiu a respeito de um pardal que entrou em seu quarto para pegar comida atravessando grades estreitas da janela e recordou-se das palavras de Pathros e leu os pergaminhos associando tais conceitos com uma metodologia de gravar subconscientemente tais preceitos por meio da leitura metódica e repetitiva: "Eu lerei cada pergaminho por trinta dias seguidos. Pergaminho VI. Pergaminho IV. deveria passar o baú e seu conteúdo e quando isso fosse efetivado não haveria nenhuma necessidade de impor condições ao recebedor. com bom humor. da maneira recomendada. cumprir os deveres de hoje. . relata que devemos viver hoje como se fosse o último dia.sinal que então. fala sobre a persistência que leva ao êxito. insistir. passa a mensagem de que devemos valorizar a si mesmo e a vida e que temos que cultivar e viciar em bons hábitos de forma a encobrir os hábitos ruins. persistir sempre. valorizando a diferença de si com os outros e que você deve se declarar um milagre da natureza. Pergaminho V. Pergaminho II. fazer pequenas tentativas. sem adiar. diz que cada pessoa é diferente de outra e que nunca existirá alguém com a mesma personalidade e talento igual. é sobre buscar controlar as própria emoções tendo auto-controle tomando ações para controlar os pensamentos negativos. expressa que devemos amar as pessoas de forma incondicional até mesmo os inimigos e que o amor torne-se a grande arma e escudo contra eles. esforçar cada dia mais para atingir os objetivos. expressa que devemos entender que toda situação passará seja êxito ou fracasso e que não devemos levar a vida com tanta seriedade mas sim. Pergaminho I. entender que as pessoas ao redor podem tomar decisões diferentes dependendo de seu estado de espírito. conclui ainda que sem o amor fracassará embora possua conhecimento e as técnicas do mundo. tentar de novo.". instrui a aprender a centuplicar seu valor e que podemos escolher nosso destino estabelecendo objetivos mesmo que fracassar continue tentando não importa o quanto é difícil sempre buscando à superação. como desta vez. Pergaminho VIII. Pergaminho VII.

que era o apóstolo Paulo que acabara de voltar de Jerusalém para sua terra natal e que comentava à respeito de suas experiências como perseguidor e seguidor de Jesus Cristo e que ouviu a voz de Deus que disse a ele: “Tiveste a Palavra por quase quatro anos. Paulo. o Messias. Paulo contou que havia uma túnica que soldados romanos disputaram-na para obtê-la quando Jesus estava na cruz e que ele a conseguiu com muito esforço. ouviu toda sua história. um ser superior que possa suplicar por orientação e jamais suplicar por coisas materiais do mundo e que está orientação possa chegar ou não e que mesmo que não obtenha uma resposta considere isso uma resposta mesmo no silêncio ou na falta de um sinal divino. . após todas essas lembranças sucedeu que Hafid esperou em seu solitário palácio por aquele que iria receber os pergaminhos. Pergaminho X. para que todos entendessem? Pegarás poucas moscas com vinagre. curvou-se para frente e colocou à mão no ombro de Paulo e pediu para que Paulo fala-se sobre Jesus. ou não a ouvirão. Após 3 anos da distribuição grande parte de sua riqueza apareceu um estranho com uma aparência de causar desconfiança e que possui doenças graves e contagiantes. mas pouco mostraste a luz.Pergaminho IX. o seu sucessor. AUTOR: OG MANDINO. EDITORA: RECORD. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA: LIVRO: O MAIOR VENDEDOR DO MUNDO. ficou pálido ao descobrir que havia doado uma túnica ao menino Jesus nascido em uma gruta em Belém. E Hafid. e assim Hafid logo entendeu que estava diante de seu sucessor: O MAIOR VENDEDOR DO MUNDO. Se deves espalhar a palavra pelo mundo. Hafid logo. Até a palavra de Deus tem de ser vendida às pessoas. passa a mensagem de acreditar na existência de um Deus. Retorna a Damasco e procura aquele que é aclamado como o maior vendedor do mundo. que era o símbolo nas roupas vendidas por Pathros. deixa que ele te mostre a maneira de como fazer”. trabalhar enquanto o fracasso procura o descanso. E assim. Não falei eu em parábolas. imediatamente Hafid identifica a marca com a estrela na túnica. ou seja fé. então Paulo e Hafid se abraçam e caem em lágrimas. diz que somente à ação transforma nossos objetivos em realização onde não podemos deixar para amanhã as tarefas de hoje e o melhor é agir do que fracassar sem tentar. E então voltou aos negócios com grande confiança e auto-estima atingindo todas suas metas sendo um homem bem sucedido conquistando todas as riquezas que desejava. ao mostrar a Hafid a túnica vermelha suja e manchada de sangue. pois esse homem dizia ter sido ali enviado por Jesus. bordada em seu tecido.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->