P. 1
Física - oscilações e ondulatória questões de vestibular 2010

Física - oscilações e ondulatória questões de vestibular 2010

|Views: 30.647|Likes:
Publicado porjapizzirani4064
Questões com resposta de física, Oscilações e Ondulatória, de vestibulares de todas as regiões do Brasil do ano de 2010. Oscilações, eq. fund. da ondulatória, fenômenos ondulatórios, interferência de ondas, qualidades fisiológicas do som, cordas e tubos sonoros e efeito Doppler.
Questões com resposta de física, Oscilações e Ondulatória, de vestibulares de todas as regiões do Brasil do ano de 2010. Oscilações, eq. fund. da ondulatória, fenômenos ondulatórios, interferência de ondas, qualidades fisiológicas do som, cordas e tubos sonoros e efeito Doppler.

More info:

Categories:Types, Research
Published by: japizzirani4064 on Oct 03, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/11/2015

pdf

text

original

física

oscilações e ondulatória
QUESTÕES DE VESTIBULARES 2010.1 (1o semestre) 2010.2 (2o semestre)

sumário
cimemática e dinâmica das oscilações
VESTIBULARES 2010.1 .................................................................................................................................................................. 2 VESTIBULARES 2010.2 .................................................................................................................................................................. 5

introdução e equação fundamental da ondulatória
VESTIBULARES 2010.1 .................................................................................................................................................................. 6 VESTIBULARES 2010.2 ................................................................................................................................................................ 10

fenômenos ondulatórios
VESTIBULARES 2010.1 ................................................................................................................................................................ 12 VESTIBULARES 2010.2 ................................................................................................................................................................ 15

interferência de ondas
VESTIBULARES 2010.1 ................................................................................................................................................................ 16 VESTIBULARES 2010.2 ................................................................................................................................................................ 17

acústica (velocidade e qualidades fisiológicas do som)
VESTIBULARES 2010.1 ................................................................................................................................................................ 18 VESTIBULARES 2010.2 ................................................................................................................................................................ 20

fontes sonoras (cordas e tubos)
VESTIBULARES 2010.1 ................................................................................................................................................................ 22 VESTIBULARES 2010.2 ................................................................................................................................................................ 23

efeito Doppler
VESTIBULARES 2010.1 ................................................................................................................................................................ 24 VESTIBULARES 2010.2 ................................................................................................................................................................ 25

japizzirani@gmail.com

tópico 1: cimemática e dinâmica das oscilações
VESTIBULARES 2010.1

CINEMÁTICA DAS OSCILAÇÕES
(UNICENTRO/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: B Um móvel (ponto material), sujeito a uma força de restituição elástica, efetua oscilações em torno de um ponto X. O móvel efetua 15 oscilações por segundo, e em um ponto P à distância de 2,5 cm de X sua velocidade é igual à metade daquela em X. A velocidade do móvel ao passar por X vale a) *b) c) d) e) (UFPB-2010.1) - RESPOSTA: II, III e V Em uma experiência sobre movimento periódico, um estudante mede a posição de um bloco que se move unidimensionalmente em função do tempo, obtendo o gráfico da figura abaixo.

(UFAL-2010.1) - ALTERNATIVA: C Um relógio de pêndulo é construído tal que o seu pêndulo realize 3600 oscilações completas a cada hora. O relógio está descalibrado, de modo que o pêndulo oscila em um movimento harmônico simples de frequência angular igual a 5 /2 rad/s. Nessa situação, ao final de 3600 oscilações completas do pêndulo terão se passado: a) 32 min b) 45 min *c) 48 min d) 52 min e) 56 min (UECE-2010.1) - ALTERNATIVA: D A diferença de fase entre os movimentos harmônicos simples de dois pontos que se deslocam com a mesma amplitude e frequência ao longo de linhas perpendiculares entre si e que se cruzam no centro dos seus movimentos é a) 60º. b) 90º. c) 270º. *d) 360º.

DINÂMICA DAS OSCILAÇÕES
(UEPB-2010.1) - ALTERNATIVA: B A frequência de um corpo é definida como o número de vibrações completas que o corpo efetua por unidade de tempo. Suponha que um pequeno corpo, de massa 2 kg, esteja preso na extremidade de um fio de peso desprezível, cujo comprimento é 10 cm, e oscilando em um plano vertical. Adotando-se que a aceleração da gravidade g = 10 m/s2 e = 3, pode-se dizer que a frequência deste corpo em Hertz (Hz) vale a) 0,17 d) 30 *b) 1,67 e) 60 c) 10 (UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: C Um náufrago em uma ilha resolve fazer um cronômetro utilizando um pêndulo simples oscilando com baixas amplitudes. Considere o módulo da aceleração da gravidade g = 10 m/s2. Para que esse pêndulo execute uma oscilação completa a cada segundo, o náufrago deve construir um pêndulo com um comprimento de aproximadamente: a) 10 m. b) 1,0 m. *c) 0,25 m. d) 0,5 m. (UFPB-2010.1) - ALTERNATIVA: A Um determinado tipo de sensor usado para medir forças, chamado de sensor piezoelétrico, é colocado em contato com a superfície de uma parede, onde se fixa uma mola. Dessa forma, podese medir a força exercida pela mola sobre a parede. Nesse contexto, um bloco, apoiado sobre uma superfície horizontal, é preso a outra extremidade de uma mola de constante elástica igual a 100 N/m, conforme ilustração abaixo. Nessa circunstância, fazendo-se com que esse bloco descreva um movimento harmônico simples, observa-se que a leitura do sensor é dada no gráfico a seguir.
F(N) 20 4 2 –20 t (s)

Baseando-se nesse gráfico, identifique as afirmativas corretas: I. O período do movimento do bloco é de 4 s. II. A amplitude da oscilação é de 20 cm. III. A maior distância, a partir da origem, que o bloco atinge é de 0,2 m. IV. A velocidade do bloco é sempre positiva. V. A freqüência de oscilação do bloco é de 0,5 Hz. (UFPR-2010.1) - RESPOSTA: a) T = 4s e f = 0,25 Hz b) 1s, 3s e 5s c) 1s, 3s e 5s A peça de uma máquina está presa a uma mola e executa um movimento harmônico simples, oscilando em uma direção horizontal. O gráfico abaixo representa a posição x da peça em função do tempo t, com a posição de equilíbrio em x = 0.

Com base no gráfico, determine: a) O período e a frequência do sistema peça-mola. b) Os instantes em que a velocidade da peça é nula. Justifique a sua resposta. c) Os instantes em que a aceleração da peça é máxima. Justifique a sua resposta.

Com base nessas informações é correto afirmar que a velocidade máxima atingida pelo bloco, em m/s , é de: *a) 0,1 d) 0,8 b) 0,2 e) 1,0 c) 0,4

japizzirani@gmail.com 2

(UFG/GO-2010.1) - ALTERNATIVA: E Conecta-se à placa positiva de um capacitor de placas paralelas um fio isolante inextensível, de comprimento L e massa desprezível, que tem preso à sua extremidade uma bolinha de massa m e carga +q, conforme ilustra a figura.

(UEL/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: 19.C e 20.D Observe a figura a seguir e responda às questões 19 e 20.

Sendo E o módulo do campo elétrico entre as placas e desprezando a resistência do ar, o período de pequenas oscilações desse pêndulo é: a) b)

c)

d)

*e)

Nesta figura está esquematizado um oscilador harmônico simples (sistema composto por uma partícula de massa m presa a uma mola de comprimento natural , constante elástica K e massa desprezível, que obedece à lei de Hooke) preso ao longo da vertical a uma base de altura h e massa M, muito maior que a massa m da partícula que compõe o oscilador. A base e o oscilador são colocados em um suporte de altura H; todo o sistema está em equilíbrio em um campo gravitacional uniforme de intensidade g. A resistência do ar é desprezada. 19. O suporte de altura H é subitamente removido, o sistema base-oscilador cai em queda livre sem resistência do ar, mantendo-se sempre na vertical antes e depois de atingir o solo. Nestas condições, e com base nos conhecimentos sobre o tema, considere as seguintes afirmativas. I. O sistema (base-oscilador) cairá em queda livre sem oscilar já que a base de massa M e a partícula de massa m estão submetidas à mesma aceleração g. II. A resultante das forças que atuam no sistema é nula, portanto não haverá oscilação. III. Após a súbita remoção do suporte, a força normal que atua no sitema (base-oscilador) será nula. IV. O sitema (base-oscilador) cairá em queda livre. A partícula de massa m << M executará movimento harmônico simples de frequência = K/m e ampliturde A = mg K. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. *c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

(UFG/GO-2010.1) - ALTERNATIVA: D Para pequenas energias de excitação, o deslocamento relativo x ( ) dos átomos de uma molécula diatômica pode ser descrito como um oscilador harmônico, com sua energia potencial U(x) dada pelo gráfico abaixo.

Tendo em vista as explicações, a função que descreve a energia potencial, em elétrons-volt (eV), e a constante elástica em eV/ são, respectivamente, a) U(x) = 0,150 + 3,75.(x – 1,8)2 e 1,88. b) U(x) = 0,100 + 3,75.(x – 2,0)2 e 3,75. c) U(x) = 0,100 + 1,25.(x – 2,0)2 e 1,25. *d) U(x) = 0,100 + 1,25.(x – 2,0)2 e 2,50. e) U(x) = 0,150 – 3,75.(x – 1,8)2 e 3,75.
2

20. Na figura anterior, após a súbita remoção do suporte de altura H no momento imediatamente posterior ao contato da base com o solo. O sistema base-oscilador mantém-se na vertical, com a mola maximamente comprimida e a partícula em repouso; a altura mínima da partícula com relação ao solo, desprezandose a resistência do ar será a) b)

(CEFET/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: E Dois sistemas massa-mola oscilam com as freqüências fA e fB, tal que fA = 2fB . Sabendo-se que as constantes elásticas das molas são iguais, a razão entre as massas, MA / MB, é a) 2. b) 4. c) . d) 1/ . *e) 1/4.

c) *d)

e)

japizzirani@gmail.com 3

(UEPB-2010.1) - ALTERNATIVA: D Todo corpo capaz de vibrar ou oscilar tem frequência natural de oscilação, quer seja ele uma lâmina de aço, um copo de vidro, um automóvel, quer seja uma ponte. Se uma fonte oscilante tiver a mesma frequência que a frequência natural de um corpo, este pode atingir o colapso. Foi o que aconteceu com a ponte de Tacoma em 1940 nos Estados Unidos, levando-a quebrar-se, conforme ilustrado abaixo. (Gaspar, A. Experiências de Ciências para o Ensino Fundamental, editora Ática, São Paulo, 2005)

(UDESC-2010.1) - ALTERNATIVA: C Na superfície de um planeta de massa M, um pêndulo simples de comprimento L tem período T duas vezes maior que o período na superfície da Terra (gTerra = 10 m/s2). A aceleração, devido à gravidade neste planeta, é: a) 20,0 m/s2 b) 5,0 m/s2 *c) 2,5 m/s2 d) 15,0 m/s2 e) 40 m/s2 (UECE-2010.1) - ALTERNATIVA: B Para que o período de um pêndulo simples, de comprimento L, seja dobrado devemos aumentar o comprimento do pêndulo de: a) 2 L *b) 3 L c) 4 L d) 6 L (UFPE-2010.1) - RESPOSTA: V = 2,0 m/s Um corpo de massa 1 kg é preso a uma mola e posto a oscilar sobre uma mesa sem atrito, como mostra a figura. Sabendo que, inicialmente, o corpo foi colocado à distância de 20 cm da posição de equilíbrio e, então, solto, determine a velocidade máxima do corpo ao longo do seu movimento, em m/s.

Sobre este fenômeno, é correto afirmar: a) Não há relação alguma entre as frequências da fonte oscilante e a frequência natural do corpo, que possa ocasionar o colapso. b) É devido à superposição de ondas que a frequência da fonte oscilante pode atingir a freqüência natural do corpo, e este entrar em colapso. c) É devido à interferência das ondas que a frequência da fonte oscilante pode atingir a frequência natural do corpo, e este entrar em colapso. *d) Quando a fonte oscilante tem frequência igual à frequência natural do corpo, este entra em ressonância. e) O colapso acontece devido ao efeito Doppler.

Considere que quando o corpo é pendurado pela mola e em equilíbrio, a mola é alongada de 10 cm. Adote g = 10 m/s2. (UNIFEI/MG-2010.1) - RESPOSTA: a) A = 0,100 m b) v = 0,700 m/s Um objeto de massa igual a 0,500 kg, ligado a uma mola de constante elástica k que vale 24,5 N/m, pode mover-se livremente sobre um trilho horizontal sem atrito. A mola é comprimida de 0,100 m e então abandonada a partir do repouso. Pergunta-se: a) Qual é a amplitude do movimento oscilatório resultante? b) Qual é a velocidade máxima do objeto?

(UFV/MG-2010.1) - RESPOSTA: a) T = s b) gráfico c) v=0,2 m/s Um bloco de massa igual a 1 kg está preso a uma mola de constante elástica igual a 4 N/m. O bloco pode se mover sobre uma superfície horizontal sem atrito (como mostra a figura abaixo).

Inicialmente o bloco é deslocado de uma distância igual a 0,1 m em relação à posição em que a mola não está nem comprimida nem distendida e em seguida ele é solto (em t = 0 s), a partir do repouso, e começa a executar um movimento harmônico simples. a) Calcule o período do movimento. b) Faça um gráfico da posição x do bloco em função do tempo t. Respeite as escalas já dadas abaixo para posição e tempo e considere o eixo x orientado horizontalmente, com a origem na posição do bloco onde ele não comprime nem distende a mola.

c) Considerando que a energia mecânica do sistema é constante, calcule a velocidade máxima do bloco.

japizzirani@gmail.com 4

VESTIBULARES 2010.2

DINÂMICA DAS OSCILAÇÕES
(IF/CE-2010.2) - ALTERNATIVA: B Um pêndulo executa movimento harmônico simples com frequência de 1,0 Hz. Sabendo-se que o período T, o comprimento e a aceleração da gravidade g = 10 m/s2 obedecem à relação a) *b) c) d) e) m. m. m. m. m. , o comprimento deste pêndulo é

(UFOP/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: B Dois sistemas oscilantes, um bloco pendurado em uma mola vertical e um pêndulo simples, são preparados na Terra de tal forma que possuam o mesmo período. Se os dois osciladores forem levados para a Estação Espacial Internacional (ISS), como se comportarão os seus períodos nesse ambiente de microgravidade? a) Os períodos de ambos os osciladores se manterão os mesmos de quando estavam na Terra. *b) O período do bloco pendurado na mola não sofrerá alteração, já o período do pêndulo deixará de ser o mesmo. c) O período do pêndulo será o mesmo, no entanto o período do bloco pendurado na mola será alterado. d) Os períodos de ambos os osciladores sofrerão modificação em relação a quando estavam na Terra. (PUC/RS-2010.2) - ALTERNATIVA: A Um bloco está apoiado em uma superfície horizontal de atrito desprezível e encontra-se preso a uma mola ideal, de tal forma que executa um movimento harmônico simples. Na figura a seguir, os pontos A, 0 e B representam os pontos de máxima compressão, de equilíbrio e de máxima elongação da mola, respectivamente.

O gráfico de barras que representa corretamente os percentuais da energia cinética do bloco e da energia potencial elástica armazenada na mola para as posições A, 0 e B, indicadas na figura, é: *a) b)

c)

d)

e)

japizzirani@gmail.com 5

tópico 2: introdução e equação fundamental da ondulatória
VESTIBULARES 2010.1

INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA
(FURG/RS-2010.1) - ALTERNATIVA: E A respeito do espectro eletromagnético podemos afirmar que: a) a frequência da luz visível é da ordem de 97,1 MHz. b) os raios gama possuem a menor frequência. c) as ondas curtas possuem o maior comprimento de onda. d) as ondas curtas possuem a maior frequência. *e) os raios gama possuem a maior frequência. (UNEMAT/MT-2010.1) - ALTERNATIVA: D Uma onda, qualquer que seja ela, pode ser classificada, quanto à sua natureza, basicamente em onda mecânica, onda eletromagnética ou onda de matéria. Com relação ao tema é correto dizer. a) As ondas sonoras se propagam no vácuo com velocidade próxima à velocidade das ondas eletromagnéticas. b) A velocidade de propagação das ondas eletromagnéticas é da ordem de 300.000 m/s. c) As ondas sonoras e as eletromagnéticas são sempre transversais. *d) Numa onda longitudinal, as partículas do meio vibram na mesma direção em que se dá a propagação da onda. e) A frequência da onda é um elemento característico da fonte que a criou, cuja grandeza corresponde ao tempo de cada vibração gerada pela fonte. (UNIMONTES/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: D Um telefone celular recebe e emite micro-ondas. Quando ligamos para outra pessoa, o telefone dela recebe as ondas eletromagnéticas e emite um sinal sonoro (o toque) e/ou vibra, dependendo da configuração escolhida pelo usuário. Num experimento, um telefone celular é pendurado por um fio muito fino no interior de um recipiente de vidro, onde é feito vácuo. Alguém disca para esse telefone que está configurado para tocar uma música ao receber o chamado. Desconsiderando a possibilidade de que uma quantidade perceptível de onda sonora possa ser transmitida através do fio para as paredes do recipiente, é CORRETO afirmar que a) o telefone não receberá as micro-ondas porque elas não propagam no vácuo. b) o telefone não receberá as micro-ondas, mas será possível ouvir a música. c) o telefone receberá as micro-ondas e será possível ouvir a música. *d) o telefone receberá as micro-ondas, mas não será possível ouvir a música. (UNIOESTE/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: C No final do ano de 2004, um tsunami, uma onda gigante, inundou as praias do sul da Tailândia. Esse tsunami originou-se de um gigantesco terremoto submarino na costa oeste da ilha de Sumatra, na Indonésia. A velocidade aproximada do tsunami era 480 km/h. A alternativa correta sobre esse tsunami é: a) O tsunami transportou água do local de origem do terremoto até a Tailândia, mas não transportou energia. b) O tsunami transportou água e energia do local de origem do terremoto até a Tailândia. *c) O tsunami transportou energia, mas não transportou água do local de origem do terremoto. d) O tsunami tinha uma amplitude de 240 m. e) O tsunami não transportou nem água nem energia do local de origem do terremoto até a Tailândia.

(UEMG-2010.1) - ALTERNATIVA: D Considere a radiação do Sol que nos atinge, na forma de ondas eletromagnéticas. Sobre essas ondas eletromagnéticas, assinale a alternativa em que se faz uma afirmação INCORRETA: a) Além de estarem na faixa visível, também apresentam radiações que não são visíveis para nós, seres humanos. b) Quanto maior é a frequência das ondas, maior é a energia que elas transportam. c) Essas ondas não precisam de um meio material para se propagar. *d) São ondas longitudinais resultantes da variação de campos elétricos e magnéticos. (UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08) Sobre os fenômenos ondulatórios, assinale o que for correto. 01) As ondas sonoras que se propagam na atmosfera, são ondas longitudinais, cuja perturbação consiste em compressão e rarefação do ar. 02) As ondas em que a perturbação é perpendicular à direção de propagação é uma onda transversal e caracteriza uma onda eletromagnética. 04) No processo de propagação ondulatória ocorre somente a transferência de energia. 08) A velocidade de propagação de uma onda é constante nos meios homogêneos e isótropos. 16) Uma onda exige necessariamente a presença de um meio natural para se propagar. (IMT/MAUÁ-2010.1) - RESPOSTA: a) São fenômenos ondulatórios b) ondas mecânicas (som; pedra na água) e ondas eletromagnéticas (calor do Sol; luz da lâmpada; raio X) Considere os seguintes fenômenos físicos: o som proveniente de uma caixa acústica, a ondulação da superfície da água de uma piscina ao receber o impacto de uma pedra, o calor proveniente do Sol, a luz emitida por uma lâmpada e os raios-X emitidos por uma válvula. Quanto à sua natureza, o que existe a) em comum entre esses fenômenos? b) de diferença entre eles? UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08) A propagação de uma série de pulsos num meio caracteriza uma onda. No que respeita às ondas, assinale o que for correto. 01) Na propagação ondulatória ocorre o transporte de energia sem arraste da matéria. 02) Quanto à natureza da propagação de uma onda, ela pode ser mecânica ou magnética. 04) A velocidade de propagação de uma onda depende do meio em que se propaga. 08) As ondas eletromagnéticas não necessitam de um meio material para se propagar.

EQUAÇÃO FUNDAMENTAL DA ONDULATÓRIA
(VUNESP/UEA-2010.1) - ALTERNATIVA: B Uma onda transversal senoidal se propaga ao longo de uma corda. O gráfico representa o deslocamento transversal y(t) de um determinado ponto de uma corda, como função do tempo. A velocidade de propagação da onda na corda é igual a 2 m/s.

Observando o gráfico, é possível encontrar o comprimento de onda, em metros, que é de a) 0,5. *b) 1,0. c) 1,5. d) 2,0. e) 2,5.

japizzirani@gmail.com

6

(UFRJ-2010.1) - RESPOSTA: L = 0,10 m Antenas de transmissão e recepção de ondas eletromagnéticas operam eficientemente quando têm um comprimento igual à metade do comprimento de onda da onda transmitida ou recebida. Usando esse fato e o valor c = 3,0 × 108 m/s para a velocidade da luz, calcule o valor que deve ter o comprimento da antena de um telefone celular que opera eficientemente com ondas de frequência igual a 1,5 × 109 Hz. (UEM/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 11 (01+02+08) Analise as afirmações abaixo e, após, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). I. As ondas eletromagnéticas são ondas transversais que podem se propagar no vácuo. II. Ondas sonoras são ondas longitudinais que são captadas no ouvido externo do aparelho auditivo humano. III.Quanto maior a frequência de uma onda eletromagnética que se propaga no vácuo, maior o seu comprimento de onda. 01) I. 02) II. 04) III. 08) I e II. 16) II e III. (PUC/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: C Para que um objeto possa ser visível em um microscópio qualquer, o comprimento de onda da radiação incidente deve ser pelo menos comparável ao tamanho do objeto. Na física quântica, o princípio da dualidade onda-partícula, introduzido por Louis de Broglie, propõe que partículas de matéria, como os elétrons, podem comportar-se como ondas de maneira similar à luz. Um exemplo de aplicação desse princípio é o que ocorre no microscópio eletrônico, em que um feixe de elétrons é produzido para “iluminar” a amostra. O comprimento de onda dos elétrons do feixe é muito menor que o da luz; com isso, consegue-se obter ampliações mil vezes maiores do que as de um microscópio óptico. Suponha que, para visualizar o vírus H1N1 em um microscópio eletrônico, um feixe de elétrons tenha sido ajustado para fornecer elétrons que se propagam com comprimento de onda igual ao diâmetro do vírus (supondo forma esférica). Se a velocidade de propagação da onda do feixe for de 104 m/s e a frequência for de 1011 Hz, assinale a alternativa que corresponde ao diâmetro do vírus H1N1. Dado: 1 nm (nanômetro) = 10–9 m. a) 10 nm d) 10 m b) 1 nm e) 1 m *c) 100 nm

(VUNESP/UFSCar-2010.1) - RESPOSTA: a) 35 cm b) 7,5 × 10–2 °C Estima-se que hoje em dia o Brasil tenha cerca de 160 milhões de telefones celulares em operação. Esses aparelhos tão populares utilizam a radiação na frequência das micro-ondas para enviar e receber as informações das chamadas telefônicas.

a) A empresa Darkness de telefonia opera a uma frequência de 850 MHz. Calcule o comprimento de onda utilizado pela operadora de telefonia, sabendo que as ondas eletromagnéticas se propagam com a velocidade da luz (c = 3,0 × 108 m/s). b) Considere um aparelho celular que emite 1 W de potência quando em funcionamento. Um grupo de pesquisadores deseja estudar o quanto esse aparelho celular provoca de aquecimento na cabeça dos seus usuários. Para tanto, realizam uma simulação num laboratório: enchem uma bexiga de festa, de massa desprezível, com um dado líquido, tal que o conjunto (bexiga + líquido) tenha massa de 2 kg. Em seguida, ligam o telefone celular, encostado no conjunto, pelo tempo total de 9 minutos. Faça uma estimativa da elevação da temperatura do conjunto, após esse intervalo de tempo, considerando que a potência emitida pelo aparelho celular seja absorvida pelo conjunto. Dado: O calor específico do líquido utilizado na simulação é de 3,6 J/(g · ºC).

(UTFPR-2010.1) - ALTERNATIVA: B No estudo das ondas e seus elementos podemos afirmar que: a) comprimento de onda é a distância compreendida entre uma crista e um vale consecutivos. *b) se o intervalo de tempo for medido em segundos, a freqüência será expressa na unidade Hertz. c) nas ondas transversais, a velocidade de propagação é perpendicular ao comprimento de onda. d) período é o tempo gasto para a onda realizar uma oscilação completa. Mede-se período em rpm ou rps. e) nas ondas transversais, a amplitude é maior do que o comprimento de onda.

(UNIOESTE/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: B Uma onda senoidal numa corda provoca deslocamentos transversais das partículas da corda que são dados pela função: y(x,t ) = 0,002 sen .

Todas as grandezas são medidas nas unidades do Sistema Internacional. Considere as seguintes afirmações: I - A onda em questão propaga-se de forma longitudinal cujo comprimento de onda da onda é 0,002 m. II - A onda desloca-se para direita com velocidade de 60 m/s e frequência 100 Hz. III - No instante t = 0,005 s uma partícula da corda na posição x = 0,3 m tem deslocamento transversal nulo. IV - A amplitude da onda é 0,002 m e uma partícula da corda desloca-se transversalmente 500 vezes por segundo. A alternativa que corresponde as afirmações corretas é: a) I, II e IV. d) I e IV. *b) II e III. e) Nenhuma. c) II e IV.

(UFMG-2010.1) - RESPOSTA: a) negativo b) 2,5 Hz e 2,5 m/s Na Figura I, está representada, em certo instante, a forma de uma onda que se propaga em uma corda muito comprida e, na Figura II, essa mesma onda 0,10 s depois. O ponto P da corda, mostrado em ambas as figuras, realiza um movimento harmônico simples na direção y e, entre os dois instantes de tempo representados, desloca-se em um único sentido. a) Considerando essas informações, RESPONDA: Essa onda está se propagando no sentido positivo ou negativo do eixo x? JUSTIFIQUE sua resposta. b) Para a onda representada, DETERMINE a frequência e a velocidade de propagação.

japizzirani@gmail.com

7

(PUC/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E O fone de ouvido tem se tornado cada vez mais um acessório indispensável para os adolescentes que curtem suas músicas em todos os ambientes e horários. Antes do advento do iPod e outros congêneres, para ouvir as músicas da parada de sucessos, os jovens tinham que carregar seu radinho portátil sintonizado em FM (frequência modulada). Observando o painel de um desses rádios, calcule a razão aproximada entre o maior e o menor comprimento de onda para a faixa de valores correspondentes a FM.

(MACKENZIE/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E A figura abaixo ilustra uma onda mecânica que se propaga em um certo meio, com frequência 10 Hz.

A velocidade de propagação dessa onda é a) 0,40 m/s b) 0,60 m/s c) 4,0 m/s d) 6,0 m/s *e) 8,0 m/s (SENAC/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: D Em uma prova de tiro, o som produzido no disparo da arma tem frequência de 5,1 × 103 Hz e no ar o som se propaga com velocidade de 340 m/s. O comprimento de onda da perturbação produzida no ar é, em cm, a) 2,2 b) 3,6 c) 4,5 *d) 6,7 e) 8,1 (VUNESP/UFTM-2010.1) - ALTERNATIVA: A A frequência dos sons emitidos por uma sirena parte de zero e cresce linearmente, mantém-se num valor constante por algum tempo e finalmente decresce. O gráfico que segue, mostra o momento da ascensão dos valores da frequência até os limiares dela se tornarem constante.

a) 0,81 d) 0,36

b) 0,29 *e) 1,23

c) 1,65

(FGV/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E Veja esse quadro. Nele, o artista mostra os efeitos dos golpes intermitentes do vento sobre um trigal.

Admitindo que a distância entre as duas árvores seja de 120 m e, supondo que a frequência dos golpes de ar e consequentemente do trigo balançando seja de 0,50 Hz, a velocidade do vento na ocasião retratada pela pintura é, em m/s, a) 2,0. b) 3,0. c) 5,0. d) 12. *e) 15.

(UESPI-2010.1) - ALTERNATIVA: C Um estudante observa ondas num lago. Ele nota que uma folha oscilando na superfície do lago, devido a essas ondas, leva 0,5 s para ir do ponto mais baixo ao ponto mais alto de sua oscilação. Ele conclui que a frequência de oscilação das ondas na superfície do lago é igual a: a) 0,25 Hz b) 0,5 Hz *c) 1 Hz d) 2 Hz e) 4 Hz (VUNESP/FAMECA-2010.1) - ALTERNATIVA: B Para diagnosticar uma lesão em determinado tecido humano, é usado um ultrassonógrafo cujas ondas vibram com frequência de 1015 kHz. Essas ondas percorrem 1,0 cm de tecido em 0,1 s. O comprimento de onda dessas ondas é, em Å, da ordem de (1 ângstrom = 1Å = 10–10 m) a) 10–5. *b) 10–3. c) 10–1. d) 10. e) 103.

Considerando que o som produzido por essa sirena propaga-se em ar de característica homogênea e em repouso, pode-se concluir que os esboços dos gráficos da velocidade de propagação e do comprimento de onda, em função do tempo, são, nessa ordem, *a) d)

b)

e)

c)

japizzirani@gmail.com

8

(FATEC/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E Um forno de micro-ondas tem em sua porta uma grade junto ao vidro, com espaços vazios menores que o comprimento de onda das micro-ondas, a fim de não permitir que essas ondas atravessem a porta. Supondo a frequência dessas micro-ondas de 2,45 GHz (G = Giga = 109) e a velocidade de propagação de uma onda eletromagnética de 3.108 m/s, o comprimento das microondas será, aproximadamente, em cm, de a) 2. b) 5. c) 8. d) 10. *e) 12. (VUNESP/FTT-2010.1) - ALTERNATIVA: A

A onda
Uma brincadeira divertida feita nos estádios de futebol é a “ola”, onda em espanhol. Um espectador se coloca em pé e depois se senta um pouco depois de perceber que seu vizinho o fez, criando um pulso que se propaga pelo estádio. Nenhum dos espectadores se desloca lateralmente, apenas levantam e se sentam, ou seja, não são levados pelo pulso que se propaga. Se os espectadores se levantam e se sentam seguidamente, uma sucessão de pulsos propaga-se pelo estádio. A figura abaixo mostra nove espectadores realizando a ola.

(UFU/MG-2010.1) - RESPOSTA: a) E = 3 × 10–19 J b) n = 1,41 c) v = 2,12 × 108 m/s A descoberta da quantização da energia completou 100 anos em 2000. Tal descoberta possibilitou a construção dos dispositivos semicondutores que formam a base do funcionamento dos dispositivos opto-eletrônicos do mundo atual. Hoje, sabe-se que uma radiação monocromática é constituída de fótons com energias dadas por E = hf, onde h 6 × 10–34 J.s e f é a frequência da radiação. Considere c = 3 × 108 m/s. Se uma radiação monocromática visível, de comprimento de onda = 6 × 10–7 m, incide do ar (n = 1) para um meio transparente X de índice de refração desconhecido, formando ângulos de incidência e de refração iguais a 45º e 30º, respectivamente, determine: a) A energia dos fótons que constituem tal radiação visível. b) O índice de refração do meio transparente X. c) A velocidade de propagação dessa radiação no interior do meio transparente X. (UNIMONTES/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: C Considere a intensidade da velocidade do som na água de aproximadamente 1480 m/s e, no ar, de 340 m/s. A frequência de uma onda sonora cujo comprimento de onda na água seja o mesmo que o de uma sonora de frequência de 1.000 Hz no ar é igual a, aproximadamente, a) 3.543 Hz. b) 3.553 Hz. *c) 4.353 Hz. d) 4.533 Hz. (UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: D A figura abaixo representa uma fotografia de três ondas que se propagam em três cordas idênticas imersas em um mesmo meio material e sujeitas à mesma tensão.

Em relação às frequências (f) e aos comprimentos de onda ( ) é CORRETO afirmar que: a) fA = fC e A < B b) fB = fC e C > B c) fA = fB e C < A *d) fA = fB e C > B (UFLA/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: A Uma onda transversal de frequência 1 Hz se desloca em uma corda, conforme diagrama abaixo.

Considerando que a distância entre duas pessoas adjacentes seja de 1 m e que um espectador sentado levanta-se e volta a se sentar quatro vezes em 8 s, a velocidade com que o pulso se propaga pelo estádio vale, em m/s, *a) 4. b) 5. c) 6. d) 7. e) 8.

É CORRETO afirmar que sua velocidade de deslocamento é: *a) 4 m/s b) 0,5 m/s c) 5 m/s d) m/s

japizzirani@gmail.com

9

(CEFET/RJ-2010.1) - ALTERNATIVA: C Até o século XVIII a natureza corpuscular da luz prevaleceu. A partir do século XIX a teoria ondulatória eletromagnética, que propõe ser a luz constituída por ondas eletromagnéticas, passou a predominar. Foi Albert Einstein, já no final de século XIX, início do século XX, quem retomou a teoria corpuscular. Para ele, a luz e toda radiação eletromagnética é emitida ou absorvida de modo descontínuo, na forma de corpúsculos energéticos (fótons), cada um transportando uma quantidade definida de energia. Atualmente admite-se que a luz tem dupla natureza, corpuscular e ondulatória. Dessa forma é possível explicar todos os fenômenos ópticos, uns com a teroria ondulatória, outros com a teoria corpuscular. A retina do olho humano é sensível à radiação eletromagnética de uma pequena faixa de comprimento de onda ( ), em torno de 10–6 m. Sendo a velocidade de propagação da onda eletromagnética, no vácuo, igual a 3,0 × 108 m/s, podemos afirmar que a frequência correspondente à faixa de luz visível é de a) 3,0 × 108 Hz. b) 3,0 × 108 KHz. *c) 3,0 × 108 MHz. d) 3,0 × 108 GHz.

VESTIBULARES 2010.2

INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA
(IF/CE-2010.2) - ALTERNATIVA: D Quando soltamos uma pequena pedra em uma piscina com água em repouso, formam-se ondas circulares. A característica circular dessas ondas pode ser explicada devido ao fato de que: a) as ondas são eletromagnéticas. b) as ondas possuem energia. c) a velocidade de propagação das ondas depende do material da pedra. *d) a velocidade de propagação das ondas é igual em todas as direções. e) a velocidade de propagação das ondas no ar é variável. (UTFPR-2010.2) - ALTERNATIVA: D Uma estação de rádio transmite suas informações ou números musicais a partir de uma antena que emite certo tipo de ondas. Essas ondas são: a) de som. b) de ultrassom. c) de raios gama. *d) eletromagnéticas. e) eletrostáticas.

EQUAÇÃO FUNDAMENTAL DA ONDULATÓRIA
(UFG/GO-2010.2) - ALTERNATIVA: E A coloração do céu deve-se à dispersão da luz do Sol pelas partículas que compõem a atmosfera. Observamos que o céu é azul exceto quando o Sol encontra-se na linha do horizonte, no crepúsculo, quando sua cor é avermelhada. Lord Rayleigh mostrou que a intensidade I de luz espalhada é proporcional à quarta potência da frequência ( I f 4 ). O comprimento de onda do azul e do vermelho são, respectivamente, da ordem de 400 nm e 720 nm. A razão entre as intensidades dispersadas da luz azul pela da vermelha é de, aproximadamente, a) 0,1 b) 0,3 c) 1,8 d) 3,2 *e) 10,5 (IF/CE-2010.2) - ALTERNATIVA: D Ondas eletromagnéticas, na faixa do visível, têm seu comprimento de onda variando entre 700 e 400 nanômetros. Sabendo-se que a velocidade da radiação no vácuo é de 3 × 108 m/s, as frequências de luz conhecidas como ultravioleta e infravermelho devem situar-se, respectivamente a) abaixo de 4,3 × 1014 Hz e acima de 3 × 108 Hz. b) abaixo de 7,5 × 1014 Hz e acima de 1,6 × 109 Hz. c) acima de 1,5 × 1014 Hz e abaixo de 4,3 × 1014 Hz. *d) acima de 7,5 × 1014 Hz e abaixo de 4,3 × 1014 Hz. e) acima de 7,5 × 1014 Hz e acima de 4,3 × 1014 Hz. (UCS/RS-2010.2) - ALTERNATIVA: B Uma pessoa que mora a 1 quilômetro de um estádio de futebol ouviu em sua casa um grito de gol da torcida. Sabendo-se que a onda sonora levou 4 segundos para chegar ao seu ouvido e supondo, para fins de simplificação, uma frequência única para o som do grito de gol de 103 Hz, qual o comprimento de onda do som do grito de gol? a) 0,10 m *b) 0,25 m c) 2,25 m d) 4,00 m e) 40,0 m

japizzirani@gmail.com

10

(UEG/GO-2010.2) - ALTERNATIVA: C A rádio RBC FM (frequência modulada que mantém uma oscilação na ordem 106 hertz) emite ondas eletromagnéticas com as mesmas características desde 1974. Essa emissora usa o seguinte slogan:

“RBC FM 90,1 - Frequência de Qualidade” O comprimento das ondas emitidas pela rádio FM RBC, em metros, é aproximadamente de: a) 0,30 b) 30 *c) 3,3 d) 3,8 Dado: velocidade da luz no vácuo c = 3,0 × 108 m/s (MACKENZIE/SP-2010.2) - ALTERNATIVA: A Certa onda mecânica se propaga em um meio material com velocidade v = 340 m/s.

Considerando-se a ilustração acima como a melhor representação gráfica dessa onda, determina-se que a sua frequência é *a) 1,00 kHz b) 1,11 kHz c) 2,00 kHz d) 2,22 kHz e) 4,00 kHz (UECE-2010.2) - ALTERNATIVA: A A velocidade de uma onda progressiva em uma corda esticada é *a) diretamente proporcional à raiz quadrada do quociente entre a tensão na corda e a densidade linear da corda. b) diretamente proporcional à amplitude da onda. c) tanto maior quanto menor for a corda. d) tanto maior quanto maior for a densidade linear da corda. (UECE-2010.2) - ALTERNATIVA: D Fornos de microondas usam ondas de rádio de comprimento de onda aproximadamente 12 cm para aquecer os alimentos. Considerando a velocidade da luz igual a 300 000 km/s a frequência das ondas utilizadas é a) 360 Hz. b) 250 kHz. c) 3,6 MHz. *d) 2,5 GHz. (UNIMONTES/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: B Os raios X são um tipo de radiação constituída por ondas eletromagnéticas que possuem comprimentos de onda na faixa de 10–11 m e 10–13 m. As frequências, em Hz, dos raios X estão entre as ordens de grandeza a) 102 e 106 . *b) 1019 e 1021. Dado: Velocidade da luz = 3 × 108 m/s 8 10 c) 10 e 10 . d) 1015 e 1017.

japizzirani@gmail.com

11

tópico 3: fenômenos ondulatórios (reflexão, refração, difração, etc.)
VESTIBULARES 2010.1 (UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 31 (01+02+04+08+16) Quando uma pedra é jogada na água é possível observar que a perturbação que ela produz se propaga em toda a superfície livre da água por meio de ondas. O movimento ondulatório apresenta fenômenos, tais como reflexão, refração, difração, polarização, entre outros. Sobre esses fenômenos ondulatórios, assinale o que for correto. 01) Uma onda quando muda de velocidade ao passar de um meio para outro meio pode sofrer reflexão e refração. 02) Ondas sonoras não sofrem o fenômeno de polarização. 04) A difração, através de uma fenda, somente é observada quando a fenda é menor ou da mesma ordem de grandeza do comprimento de onda. 08) Numa onda polarizada todas as partículas do meio vibram numa única direção perpendicular à direção de propagação da onda. 16) O fenômeno de difração ocorre quando uma onda contorna um obstáculo que, parcialmente, a interrompe. (IF/CE-2010.1) - ALTERNATIVA: A Os holofotes que iluminam uma piscina olímpica emitem luz monocromática de comprimento de onda = 6,0 × 10–7 m. O índice de refração da água é n = 1,3 e a velocidade da luz no ar é c = 3,0 × 108 m/s. Os valores aproximados da frequência f da luz emitida pelos holofotes e da velocidade v desta luz, dentro da piscina, são, respectivamente *a) f = 5,0 × 1014 Hz e v = 2,3 × 108 m/s b) f = 1,0 × 1010 Hz e v = 3,0 × 1010 m/s c) f = 5,0 × 1020 Hz e v = 5,0 × 1010 m/s d) f = 1,8 × 1014 Hz e v = 4,6 × 108 m/s e) f = 1,0 × 1014 Hz e v = 2,3 × 108 m/s (UFRN-2010.1) - ALTERNATIVA: A A coloração das folhas das plantas é determinada, principalmente, pelas clorofilas a e b – nelas presentes –, que são dois dos principais pigmentos responsáveis pela absorção da luz necessária para a realização da fotossíntese. O gráfico abaixo mostra o espectro conjunto de absorção das clorofilas a e b em função do comprimento de onda da radiação solar visível.

(UDESC-2010.1) - ALTERANTIVA: C Um feixe de luz de comprimento de onda igual a 600×10–9 m, no vácuo, atravessa um bloco de vidro de índice de refração igual a 1,50. A velocidade e o comprimento de onda da luz no vidro são, respectivamente, iguais a: a) 3,0×108 m/s e 600×10–9 m Dado: c = 3,0.108 m/s b) 3,0×108 m/s e 4,0×10–7 m *c) 2,0×108 m/s e 400×10–9 m d) 5,0×107 m/s e 900×10–9 m e) 2,0×108 m/s e 900×10–9 m (UFG/GO-2010.1) - ALTERNATIVA: A Uma estação de rádio emite ondas médias na faixa de 1 MHz com comprimento de onda de 300 m. Essa radiação contorna facilmente obstáculos como casas, carros, árvores etc. devido ao fenômeno físico da *a) difração. b) refração. c) reflexão. d) interferência. e) difusão.

(UFPR-2010.1) - ALTERNATIVA: E O primeiro forno de micro-ondas foi patenteado no início da década de 1950 nos Estados Unidos pelo engenheiro eletrônico Percy Spence. Fornos de micro-ondas mais práticos e eficientes foram desenvolvidos nos anos 1970 e a partir daí ganharam grande popularidade, sendo amplamente utilizados em residências e no comércio. Em geral, a frequência das ondas eletromagnéticas geradas em um forno de micro-ondas é de 2450 MHz. Em relação à Física de um forno de micro-ondas, considere as seguintes afirmativas: 1. Um forno de micro-ondas transmite calor para assar e esquentar alimentos sólidos e líquidos. 2. O comprimento de onda dessas ondas é de aproximadamente 12,2 cm. 3. As ondas eletromagnéticas geradas ficam confinadas no interior do aparelho, pois sofrem reflexões nas paredes metálicas do forno e na grade metálica que recobre o vidro da porta. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. c) Somente a afirmativa 3 é verdadeira. d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. *e) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.

(UESPI-2010.1) - ALTERNATIVA: C Um feixe de luz monocromática muda de meio, passando do ar para a água. Considerando que a luz pode ser descrita como uma onda propagante, assinale a única grandeza que certamente permanece constante nesse processo. a) Velocidade da luz b) Comprimento de onda da luz *c) Período da onda luminosa d) Direção de propagação da luz e) Intensidade da luz

Com base nessas informações, é correto afirmar que, para realizar a fotossíntese, as clorofilas absorvem, predominantemente, *a) o violeta, o azul e o vermelho, e refletem o verde. b) o verde, e refletem o violeta, o azul e o vermelho. c) o azul, o verde e o vermelho, e refletem o violeta. d) o violeta, e refletem o verde, o vermelho e o azul.

(MACKENZIE/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E Um estudante, ao fazer a experiência em que um feixe de luz monocromático vai da água, de índice de refração 1,3, para o ar, de índice de refração 1,0, pode concluir que, para essa onda, a) o comprimento de onda diminui e a velocidade aumenta. b) o comprimento de onda e a frequência da luz diminuem. c) a frequência aumenta, mas o comprimento de onda diminui. d) a frequência não se altera e o comprimento de onda diminui. *e) a frequência não se altera e o comprimento de onda aumenta.

japizzirani@gmail.com

12

(UFF/RJ-2010.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO As figuras abaixo mostram duas ondas eletromagnéticas que se propagam do ar para dois materiais transparentes distintos, da mesma espessura d, e continuam a se propagar no ar depois de atravessar esses dois materiais. As figuras representam as distribuições espaciais dos campos elétricos em um certo instante de tempo. A velocidade das duas ondas no ar é c = 3 × 108 m/s.

(UFMS-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 024 (008+016) A figura mostra dois meios, 1 e 2, oticamente transparentes. No meio 2, existe uma fonte luminosa puntiforme e monocromática imersa, e também mostra um raio de luz emergente da fonte luminosa, juntamente com um raio refletido e outro refratado que incide no olho de um observador. A reta tracejada intercepta perpendicularmente a interface de separação dos meios. Com fundamentos nas propriedades de raios luminosos, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

a) Determine o comprimento de onda e a frequência das ondas no ar. b) Determine os comprimentos de onda, as frequências e as velocidades das ondas nos dois meios transparentes e os respectivos índices de refração dos dois materiais. RESPOSTA UFF/RJ-2010.1: a) = 6,0 × 10–7 m e f = 5,0 × 1014 Hz b) 1 = 4,5 × 10–7 m e 2 = 3,6 × 10–7 m f1 = f2 = f = 5,0 × 1014 Hz v1 = 2,25 × 108 m/s e v2 = 1,80 × 108 m/s n1 = 4/3 1,33 e n2 = 5/3 1,67 (UECE-2010.1) - ALTERNATIVA: B Um raio de luz solar atravessa um prisma e se divide nas cores do arco-íris. A explicação deste fenômeno está na variação do índice de refração do material do prisma com a) a amplitude da radiação incidente. *b) a frequência da radiação incidente. c) o ângulo de incidência da radiação incidente. d) o ângulo de reflexão da radiação incidente. (UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 10 (02+08) A interação da luz com a matéria resulta em alguns fenômenos. Sobre esses fenômenos, assinale o que for correto. 01) A cor de um objeto é observada devido à reflexão total da luz. 02) Um corpo negro absorve toda radiação nele incidente. 04) O fenômeno da difração pode ser explicado a partir de uma reflexão. 08) Lentes refratam raios luminosos que nelas incidem. (VUNESP/FMJ-2010.1) - ALTERNATIVA: E Um feixe de luz monocromática vermelha propaga-se pelo ar e incide sobre a superfície da água de uma piscina. Considerando as propriedades ondulatórias da luz, pode-se afirmar corretamente que, quando o feixe passa a propagar-se pela água, a) tem sua cor alterada devido à variação de sua velocidade de propagação. b) mantém sua velocidade de propagação e sua frequência inalteradas. c) sofre aumento em seu comprimento de onda. d) tem seu comprimento de onda diminuído e sua frequência aumentada. *e) sofre diminuição em sua velocidade e mantém inalterada sua cor.

(001) As frequências dos raios de luz são iguais apenas no mesmo meio. (002) Todo os raios que emergem da fonte luminosa atravessarão a interface. (004) O observador verá a imagem da fonte luminosa na profundidade real dela. (008) O meio 1 possui índice de refração menor que o meio 2. (016) O comprimento de onda do raio de luz que está no meio 1 é maior que o comprimento de onda que está no meio 2. (UEM/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA - 13 (01+04+08) Um laser de hélio-neônio emite luz coerente vermelha de comprimento de onda 633 nm no ar, que no humor aquoso do globo ocular humano possui comprimento de onda de 474 nm. Considere a velocidade da luz no ar como c = 3 × 108 m/s. Analise as alternativas abaixo e assinale o que for correto. 01) A frequência da luz que se propaga no humor aquoso, nesse caso, é, aproximadamente, 474 × 1012 Hz. 02) A luz incidente se propaga mais rapidamente no interior do olho do que no ar. 04) O índice de refração do humor aquoso do olho humano, nesse caso, é, aproximadamente, 1,33. 08) A velocidade da luz no humor aquoso, nesse caso, é, aproximadamente, 2,24 × 108 m/s. 16) A luz, ao atravessar para o interior do olho, é difratada no humor aquoso. (UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02) Sobre o fenômeno de difração, assinale o que for correto. 01) A difração só é observável quando as dimensões do obstáculo ou da fenda são da mesma ordem de grandeza do comprimento de onda da onda incidente. 02) A ocorrência da difração da luz visível está restrita a fendas estreitas. 04) As ondas mecânicas não sofrem difração. 08) O grau de difração de uma onda independe da sua frequência. 16) O fenômeno da difração ocorre somente para alguns tipos de ondas. (UFRGS/RS-2010.1) - ALTERNATIVA: C Considere as seguintes afirmações sobre fenômenos ondulatórios e suas características. I - A difração ocorre apenas com ondas sonoras. II - A interferência ocorre apenas com ondas eletromagnéticas. III - A polarização ocorre apenas com ondas transversais. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas II. *c) Apenas III. d) Apenas I e II. e) I, II e III.

japizzirani@gmail.com

13

(UEPB-2010.1) - ALTERNATIVA: D Leia o texto. A dispersão é um fenômeno óptico que consiste na separação da luz branca, ou seja, separação da luz solar em várias cores. Esse fenômeno pode ser observado em um prisma de vidro, figura abaixo, que mostra o trajeto de um raio de luz. O célebre físico e matemático Isaac Newton observou esse fenômeno e no ano de 1672 publicou um trabalho, no qual apresentava suas idéias sobre a natureza das cores. A interpretação sobre a dispersão da luz e a natureza das cores, dada por Isaac Newton, é aceita até hoje,... (Disponível: www.brasilescola.com/fisica/adispersao-luz-branca.htm> com adaptações)

(CEFET/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: C A polarização NÃO se aplica às ondas a) eletromagnéticas dos telefones celulares. b) mecânicas transversais na superfície da água. *c) sonoras no ar em um dia de inverno muito seco. d) luminosas provenientes do Sol até o planeta Terra. (UFLA/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: A O som se propaga no ar com velocidade de 340 m/s, e na água, com velocidade de 1500 m/s. Se um som de frequência 256 Hz é emitido na água, ao passar para o ar, *a) sua frequência permanece a mesma e o seu comprimento de onda será menor. b) sua frequência será maior e o seu comprimento de onda permanece o mesmo. c) sua frequência será menor e o seu comprimento de onda será maior. d) sua frequência e seu comprimento de onda não se alteram. (UFJF/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: D É CORRETO afirmar que o fenômeno da polarização da luz: a) mostra que a luz tem a natureza corpuscular. b) mostra que a luz tem a natureza ondulatória. c) comprova o efeito fotoelétrico. *d) mostra que a onda luminosa tem vibração transversal. e) mostra que a onda luminosa tem vibração longitudinal.

Acerca do assunto tratado no texto, em relação ao fenômeno da dispersão da luz, podemos afirmar que I - o índice de refração absoluto do prisma é único para todas as cores. II - a dispersão da luz branca ocorre porque o índice de refração absoluto de qualquer meio depende da frequência da radiação luminosa que o atravessa. III - a manifestação visível da frequência é a cor da radiação luminosa. Após a análise feita, pode-se afirmar que é(são) correta(s) apena(s) a(s) proposição(ões) a) II. *d) II e III. b) I e II. e) III. c) I. (UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: D Analise as afirmativas abaixo: I. Em virtude da refração na atmosfera terrestre, um observador na Terra pode ver o Sol mesmo quando esse está totalmente abaixo da linha do horizonte. II. Quando a luz passa do ar para a água, existe um ângulo de incidência para o qual ocorre a reflexão total. III. Quando uma onda sonora de frequência f passa do ar para a água, a sua frequência se altera. Está CORRETO o que se afirma em: a) I, II e III. b) II, apenas. c) II e III, apenas. *d) I, apenas. (UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: B A difração pode ser definida como um fenômeno que ocorre quando uma onda qualquer tem sua passagem parcialmente interrompida por um obstáculo cujas dimensões são aproximadamente as mesmas que o seu comprimento de onda. As velocidades de propagação do som e da luz no ar são iguais a aproximadamente 340 m/s e 3 × 108 m/s, respectivamente. A difração do som pode ser observada em obstáculos de aproximadamente 10 cm e a da luz em obstáculos de 0,001 mm. Utilizando essas informações, é CORRETO afirmar que a ordem de grandeza da razão entre as frequências da onda luminosa e da onda sonora é: a) 104 *b) 1011 c) 107 d) 1015

japizzirani@gmail.com

14

VESTIBULARES 2010.2 (UFG/GO-2010.2) - ALTERNATIVA: B Um feixe de luz branca, ao atravessar um prisma, decompõe-se em suas componentes monocromáticas por causa do efeito da dispersão. A componente que apresenta maior desvio da direção original é aquela que possui a) maior amplitude. *b) menor comprimento de onda. c) menor índice de refração. d) menor frequência. e) maior velocidade. (UNIMONTES/MG-2010.2) - ALTERNATIVA OFICIAL: B Dois raios de luz monocromática, R1 e R2, possuem comprimentos de onda 1 e 2, respectivamente, com 1 > 2. Eles se propagam em um meio, cujo índice de refração é nA, passando através de um prisma regular, cujo índice de refração é nB, sendo nB > nA. É CORRETO afirmar que a) o desvio sofrido por R1, ao atravessar o prisma, é menor que o sofrido por R2. b) o desvio sofrido por R1, ao atravessar o prisma, é maior que o sofrido por R2. c) os desvios sofridos por R1 e R2, ao atravessarem o prisma, são iguais. d) R1 e R2 não sofrem desvios ao atravessarem o prisma.

(VUNESP/UFTM-2010.2) - ALTERNATIVA: D No imóvel representado, as paredes que delimitam os ambientes, bem como as portas e janelas, são isolantes acústicos. As portas externas e janelas estão fechadas e o ar em seu interior se encontra a uma temperatura constante, podendo ser considerado homogêneo.

Uma pessoa, junto à pia da cozinha, consegue conversar com outra, que se encontra no interior do quarto, com a porta totalmente aberta, uma vez que, para essa situação, é possível ocorrer com as ondas sonoras, a a) reflexão, apenas. b) difração, apenas. c) reflexão e a refração, apenas. *d) reflexão e a difração, apenas. e) reflexão, a refração e a difração. (UECE-2010.2) - ALTERNATIVA: D Um feixe de luz verde monocromática de comprimento de onda = 500 × 10–9 m passa do ar (assuma nar = 1 e c = 300 000km/s) para um cristal de quartzo (nq = 1,5). Em condições normais, a frequência da onda é mantida inalterada. Assumindo estar nessas condições, a velocidade da onda de luz e o seu comprimento de onda no quartzo são, respectivamente a) 300 000 km/s e 500 × 10–9 m. b) 200 000 km/s e 500 × 10–9 m. c) 300 000 km/s e 333 × 10–9 m. *d) 200 000 km/s e 333 × 10–9 m. (UNIMONTES/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: D Um feixe de luz monocromática de frequência 5 × 1014 Hz, à velocidade de 300.000 km/s, penetra numa barra de vidro conforme mostra a figura abaixo.

(UNEMAT/MT-2010.2) - ALTERNATIVA: C Sobre o estudo do Movimento Ondulatório, analise as afirmativas abaixo. I. A velocidade da onda depende do meio de propagação. II. Se aumentarmos a frequência com que vibra uma fonte de ondas em um determinado meio, o comprimento de onda diminui. III. A frequência da onda varia quando ela muda de meio. IV. O comprimento de onda é a distância percorrida no tempo de um período. Assinale a alternativa correta. a) Apenas III e IV estão corretas. b) Apenas II e IV estão corretas. *c) Apenas I, II e IV estão corretas. d) Apenas I, II e III estão corretas. e) Todas estão corretas. (CEFET/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: D Em um meio A, uma fonte sonora emite ondas de frequência constante f, período T, velocidade v e comprimento de onda . Em um meio B, essas ondas sofrem um aumento em sua velocidade de propagação e seus valores de f, T e , respectivamente, a) aumenta, diminui e aumenta. b) diminui, permanece constante e diminui. c) permanece constante, aumenta e diminui. *d) permanece constante, permanece constante e aumenta. (UFU/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: D Ao olhar para um objeto (que não é uma fonte luminosa), em um ambiente iluminado pela luz branca, e constatar que ele apresenta a cor amarela, é correto afirmar que: a) O objeto absorve a radiação cujo comprimento de onda corresponde ao amarelo. b) O objeto refrata a radiação cujo comprimento de onda corresponde ao amarelo. d) O objeto difrata a radiação cujo comprimento de onda corresponde ao amarelo. *d) O objeto reflete a radiação cujo comprimento de onda corresponde ao amarelo.

O índice de refração do vidro em relação ao ar é igual a a) 2 b) 1 2 c) *d)

japizzirani@gmail.com

15

tópico 4: interferência de ondas
VESTIBULARES 2010.1

(CEFET/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: C O caráter corpuscular da luz é explicado pelo efeito denominado a) doppler. b) difração. *c) fotoelétrico. d) polarização. e) interferência. (VUNESP/FIPA-2010.1) - ALTERNATIVA: B Uma das extremidades de uma corda encontra-se presa à ponta de uma furadeira elétrica e está submetida à variação da velocidade dessa ferramenta, enquanto a outra extremidade da corda encontra-se fixa a um gancho que gira livremente, conforme figura. Quando a ponta da furadeira, mandril, gira a uma frequência de 20,0 Hz, ondas estacionárias, de mesma frequência, são formadas pela corda.

(UEL/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: B A figura a seguir representa uma área coberta pela radiação eletromagnética emitida por duas antenas.

Considerando que a radiação eletromagnética é uma onda e que, nesta questão, essa onda está representada pelos semicírculos, cujas cristas são os traços cheios e os vales os traços pontilhados, assinale a alternativa correta. a) No ponto 1 a amplitude resultante é mínima. *b) No ponto 2 a amplitude resultante é máxima. c) No ponto 3 a amplitude resultante é metade do que a do ponto 1. d) No ponto 4 a amplitude resultante é nula. e) No ponto 2 a amplitude resultante é o dobro do que a do ponto 3. (UFMG-2010.1) - ALTERNATIVA: D Na Figura I, estão representados os pulsos P e Q, que estão se propagando em uma corda e se aproximam um do outro com velocidades de mesmo módulo.

O comprimento de onda e a velocidade de propagação da onda formada correspondem, respectivamente, a a) 4,5 m; 30 m/s. *b) 3,0 m; 60 m/s. c) 3,0 m; 30 m/s. d) 1,5 m; 60 m/s. e) 1,5 m; 30 m/s. (UEM/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02) Considere uma experiência de interferência com fenda dupla, na qual a distância entre as fendas é 1 × 10–5 m, e a distância da fenda ao anteparo é 0,5 m. A partir dessas considerações, analise as alternativas abaixo e assinale o que for correto. 01) Interferência construtiva da luz será observada nas regiões do anteparo onde a diferença de caminho óptico entre as duas frentes de onda que emergem da fenda dupla for igual a um número inteiro de comprimentos de onda. 02) A franja de interferência construtiva de ordem 1 (um) (01) ocorre para uma diferença de caminho óptico igual a , que é o comprimento de onda da luz incidente. 04) Para = 500 × 10–9 m, a quinta franja brilhante forma-se a 1,5 cm da franja central. 08) Para = 400 × 10–9 m, a sétima região escura sobre o anteparo forma-se a = 30°, medidos a partir da linha normal à região central do anteparo. 16) Considerando que a luz que emerge da fenda dupla possui forma de onda senoidal, a intensidade máxima de um ponto P brilhante qualquer do anteparo deve ser menor que a intensidade de cada onda individual. (UECE-2010.1) - ALTERNATIVA: B A figura abaixo mostra um instantâneo de uma onda senoidal estacionária em uma corda.

Na Figura II, está representado o pulso P, em um instante t, posterior, caso ele estivesse se propagando sozinho.

A partir da análise dessas informações, assinale a alternativa em que a forma da corda no instante t está CORRETAMENTE representada.

a)

b)

c)

*d)

Nela destacamos quatro pontos (I, II, III, IV). Uma diferença de fase de 180º existe entre os pontos a) III e IV. *b) I e II. c) I e IV. d) II e III.

japizzirani@gmail.com

16

(UFRGS/RS-2010.1) - ALTERNATIVA: B A figura abaixo representa dois pulsos produzidos nas extremidades opostas de uma corda.

VESTIBULARES 2010.2 (UDESC-2010.2) - ALTERNATIVA: C Determine a velocidade de propagação da onda para um fio de aço de 80,0 cm de comprimento e 200,0 g de massa, que é mantido tracionado pelas extremidades fixas. Nesse fio originam-se ondas mecânicas estacionárias, formando 5 (cinco) nós, quando excitado por uma fonte de onda de 80,0 Hz. Assinale a alternativa correta, em relação ao contexto. a) 16,0 m/s b) 25,6 m/s *c) 32,0 m/s d) 12,8 m/s e) 8,0 m/s (UFU/MG-2010.2) - ALTERNATIVA OFICIAL: D Após uma competição de natação, forma-se um padrão de ondas estacionárias na piscina olímpica. Uma piscina olímpica oficial mede 50 metros. Se a distância entre os ventres do padrão de ondas é de 50 centímetros, o número de ventres que aparecem na piscina e o comprimento das ondas propagantes é de: a) 98 ventres e comprimento de onda de 1 metro b) 50 ventres e comprimento de onda de 50 centímetros c) 200 ventres e comprimento de onda de 2 metros *d) 100 ventres e comprimento de onda de 1 metro (UEM/PR-2010.2) - RESPOSTA: SOMA = 07 (01+02+04) Uma importante fonte de energia alternativa é o uso de células solares, que são dispositivos que absorvem energia solar por meio da radiação eletromagnética, resultando em uma diferença de potencial elétrico nos terminais da célula solar. Para minimizar a perda de energia por reflexão da luz, as células solares são geralmente revestidas com uma película transparente à luz solar. Com relação aos fenômenos físicos que podem ser observados em uma célula solar de superfície perfeitamente plana e recoberta com uma película protetora transparente à luz solar, assinale o que for correto. 01) A luz que se propaga no ar, ao sofrer uma reflexão especular na superfície da película que recobre a célula solar, sofre uma mudança de fase de 180° em relação à luz incidente. 02) Para que não haja perda de energia por reflexão, os raios de luz refletidos, na superfície da célula e na superfície da película que a recobre, devem sofrer interferência destrutiva. 04) Um raio de luz que incide obliquamente sobre a película protetora de uma célula solar, ao atravessá-la, sofre um deslocamento entre as direções de incidência e emergência. 08) Quanto maior o índice de refração da película que recobre a célula solar, menor será a variação do comprimento de onda da luz que chega à superfície dessa célula. 16) Se o índice de refração do material da célula solar for maior que o índice de refração do material da película que a recobre, pode ocorrer reflexão interna total da luz incidente. (UEM/PR-2010.2) - RESPOSTA: SOMA = 27 (01+02+08+16) Uma corda de densidade linear 0,05 kg/m e 2,00 m de comprimento está esticada horizontalmente com uma de suas extremidades presa a um suporte rígido e a outra a um oscilador mecânico. A corda é colocada para oscilar de forma a obter uma onda estacionária com seis ventres. A tração na corda é mantida em 20 N. Despreze os efeitos relacionados à aceleração da gravidade e à resistência do ar e assinale o que for correto. 01) Nessa situação, a frequência de oscilação do oscilador mecânico é 30 Hz. 02) O comprimento de onda da onda estacionária na corda é 2/3 m. 04) Nessa situação, a frequência fundamental de oscilação na corda é 15 Hz. 08) Uma frequência de oscilação de 60 Hz no oscilador mecânico pode produzir ondas estacionárias com comprimento de onda de 1/3 m nessa corda. 16) Se a tração na corda quadruplicar de intensidade, para uma mesma frequência de oscilação do oscilador mecânico, o número de ventres observados na corda se reduz à metade.

Assinale a alternativa que melhor representa a situação da corda após o encontro dos dois pulsos.

a)

*b)

c)

d)

e)

(UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: D Duas cordas com densidades lineares de massa 1 e 2 são unidas entre si formando uma única corda não homogênea. Esta corda não homogênea é esticada na posição horizontal, suas extremidades são fixadas em duas paredes e ela é colocada para oscilar, formando uma onda estacionária, conforme a figura abaixo.

Considerando que a tensão é a mesma em todos os pontos da corda não homogênea, é CORRETO afirmar que: a) 2 1 = 2 b) 4 1 = 2 c) 1 = 2 2 *d) 1 = 4 2

japizzirani@gmail.com

17

tópico 5: acústica (velocidade e qualidades fisiológicas do som)
VESTIBULARES 2010.1

VELOCIDADE DO SOM
(UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 14 (02+04+08) As ondas são de fundamental importância no nosso cotidiano, sobre elas assinale o que for correto. 01) A refração de uma onda sonora causa o fenômeno conhecido como eco. 02) O som é uma onda mecânica, audível entre 20 e 20.000 Hertz. 04) O comprimento, a amplitude e a frequência são elementos de fundamental importância no estudo de uma onda. 08) A reflexão é propriedade tanto das ondas mecânicas como eletromagnéticas. (UFJF/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: E Um pulso de ultrassom é emitido em um dado ponto do oceano, com o objetivo de medir a sua profundidade. O pulso é emitido da superfície da água com uma frequência f = 100 kHz , propagase na direção vertical, reflete no fundo do mar e retorna à superfície. Se o intervalo de tempo entre a emissão e a recepção do pulso é t = 5,0 s, e o comprimento de onda do som na água é =1,5 cm, então, a profundidade do oceano é: a) 1500 m d) 5000 m b) 10000 m *e) 3750 m c) 7500 m (PUC/RJ-2010.1) - ALTERNATIVA: C O tempo entre observarmos um raio e escutarmos o som emitido por ele pode ser utilizado para determinar a distância entre o observador e a posição onde “caiu” o raio. Se levarmos 3s para escutar o relâmpago é correto afirmar que o raio caiu a: (Considere a velocidade do som no ar como 340 m/s) a) 340 m. b) 680 m. *c) 1.020 m. d) 1.360 m. e) 1.700 m. (FUVEST/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: C Um estudo de sons emitidos por instrumentos musicais foi realizado, usando um microfone ligado a um computador. O gráfico abaixo, reproduzido da tela do monitor, registra o movimento do ar captado pelo microfone, em função do tempo, medido em milissegundos, quando se toca uma nota musical em um violino.

(UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 15 (01+02+04+08) Uma onda mecânica capaz de provocar a sensação auditiva é uma onda sonora. Sobre esse assunto, assinale o que for correto. 01) Se uma onda sonora se propaga em uma determinada direção, o ar não se movimenta, apenas a sua pressão aumenta e diminui sucessivamente. 02) A velocidade de uma onda sonora em um meio sólido é maior do que em um meio líquido, que por sua vez, é maior do que em um meio gasoso. 04) Com as ondas sonoras ocorrem os fenômenos de reflexão, refração, difração e interferência. 08) Alguns aparelhos usados para a realização de exames médicos emitem uma onda sonora, de alta frequência, imperceptível aos nossos ouvidos. (ENEM-2009 [prova anulada]) - ALTERNATIVA: D A ultrassonografia, também chamada de ecografia, é uma técnica de geração de imagens muito utilizada em medicina. Ela se baseia na reflexão que ocorre quando um pulso de ultrassom, emitido pelo aparelho colocado em contato com a pele, atravessa a superfície que separa um órgão do outro, produzindo ecos que podem ser captados de volta pelo aparelho. Para a observação de detalhes no interior do corpo, os pulsos sonoros emitidos têm frequências altíssimas, de até 30 MHz, ou seja, 30 milhões de oscilações a cada segundo. A determinação de distâncias entre órgãos do corpo humano feita com esse aparelho fundamenta-se em duas variáveis imprescindíveis: a) a intensidade do som produzido pelo aparelho e a frequência desses sons. b) a quantidade de luz usada para gerar as imagens no aparelho e a velocidade do som nos tecidos. c) a quantidade de pulsos emitidos pelo aparelho a cada segundo e a frequência dos sons emitidos pelo aparelho. *d) a velocidade do som no interior dos tecidos e o tempo entre os ecos produzidos pelas superfícies dos órgãos. e) o tempo entre os ecos produzidos pelos órgãos e a quantidade de pulsos emitidos a cada segundo pelo aparelho.

QUALIDADES FISIOLÓGICAS DO SOM
(UECE-2010.1) - ALTERNATIVA: D Uma onda sonora esférica se propaga isotropicamente em um ambiente. Um microfone localizado a 500 m da fonte geradora desta onda capta parte da energia sonora da frente de onda que chega até ele. A área do microfone que capta esta energia é de 1,0 cm2, e toda a energia que chega a esta área é captada. A fração, Ecap / Etot , é aproximadamente: (Desconsidere qualquer perda de energia e reflexões da onda no ambiente. Desconsidere também que Ecap e Etot são respectivamente energia captada pelo microfone e energia total na frente da onda sonora.) a) 3,14 × 10–6. b) 16,28 × 10–10. c) 0,25 × 10–8. *d) 3,18 × 10–11. (UEPG/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 09 (01+08) No que respeita às propriedades das ondas sonoras, assinale o que for correto. 01) A velocidade de propagação do som independe de sua intensidade. 02) Ao sofrer a refração, uma onda sonora apresenta variação na sua frequência, permanecendo constantes o seu comprimento e a sua amplitude. 04) A difração das ondas sonoras em nossas experiências do dia a dia é um fenômeno de pouca expressão. 08) A ocorrência do eco ou da reverberação depende da distância do observador em relação à superfície refletora.

Consultando a tabela acima, pode-se concluir que o som produzido pelo violino era o da nota a) dó. b) mi. *c) sol. d) lá. e) si.

japizzirani@gmail.com

18

(FGV/RJ-2010.1) - ALTERNATIVA: D A avaliação audiológica de uma pessoa que apresentava dificuldades para escutar foi realizada determinando-se o limiar de nível sonoro de sua audição (mínimo audível), para várias frequências, para os ouvidos direito e esquerdo separadamente. Os resultados estão apresentados nos gráficos abaixo, onde a escala de frequência é logarítmica, e a de nível sonoro, linear. A partir desses gráficos, pode-se concluir que essa pessoa

(UNICAMP/SP-2010.1) - RESPOSTA: H: 35 anos; M: 45 anos Ruídos sonoros podem ser motivo de conflito entre diferentes gerações no ambiente familiar. Uma onda sonora só pode ser detectada pelo ouvido humano quando ela tem uma intensidade igual ou superior a um limite I0, denominado limiar de intensidade sonora audível. O limiar I0 depende da frequência da onda e varia com o sexo e com a idade. Nos gráficos abaixo, mostra-se a variação desse limiar para homens, I0H , e para mulheres, I0M , em diversas idades, em função da frequência da onda. Considerando uma onda sonora de frequência f = 6 kHz , obtenha as respectivas idades de homens e mulheres para as quais os limiares de intensidade sonora, em ambos os casos, valem I0H = I0M = 10–11 W/m2.

a) percebe o som da nota musical lá, de 440 Hz, apenas com o ouvido esquerdo, independente do nível sonoro. b) não escuta um sussurro de 18 dB, independente de sua frequência. c) escuta os sons de frequências mais altas melhor com o ouvido direito do que com o esquerdo. *d) escuta alguns sons sussurrados, de frequência abaixo de 200 Hz, apenas com o ouvido direito. e) é surda do ouvido esquerdo. (PUC/RS-2010.1) - ALTERNATIVA: B Em relação às ondas sonoras, é correto afirmar: a) O fato de uma pessoa ouvir a conversa de seus vizinhos de apartamento através da parede da sala é um exemplo de reflexão de ondas sonoras. *b) A qualidade fisiológica do som que permite distinguir entre um piano e um violino, tocando a mesma nota, é chamada de timbre e está relacionada com a forma da onda. c) Denominam-se infrassom e ultrassom as ondas sonoras cujas frequências estão compreendidas entre a mínima e a máxima percebidas pelo ouvido humano. d) A grandeza física que diferencia o som agudo, emitido por uma flauta, do som grave, emitido por uma tuba, é a amplitude da onda. e) A propriedade das ondas sonoras que permite aos morcegos localizar obstáculos e suas presas é denominada refração. (UEM/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 11 (01+02+08) Com relação às ondas sonoras e ao aparelho auditivo humano, assinale o que for correto. 01) As ondas sonoras são ondas mecânicas tridimensionais que se propagam em todas as direções. 02) As ondas sonoras são ondas longitudinais que são transmitidas pelo canal auditivo até o tímpano, que vibra de acordo com o som que chega até ele. 04) As ondas sonoras são ondas que podem ser percebidas pelos seres humanos, independentemente de sua intensidade e frequência. 08) Quanto maior a intensidade de uma onda sonora de 1000 Hz, maior será o número de células sensitivas do órgão de Corti (ou órgão espiral) que serão estimuladas. 16) Uma onda sonora de 1000 Hz e intensidade 1 × 10 –6 W/m2 apresenta um nível de intensidade de 6 dB, quando percebida pelos ouvidos humanos. Dado: I0 = 10–12 W/m2.

(UEL/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: A O nível sonoro S é medido em decibéis (dB) de acordo com a expressão S = (10 dB) log10(I Io), onde I é a intensidade da onda sonora e Io = 10–12 W/m2 é a intensidade de referência padrão correspondente ao limiar da audição do ouvido humano. Em uma indústria metalúrgica, na secção de prensas, o operador trabalhando a 1 m de distância do equipamento é exposto durante o seu período de trabalho ao nível sonoro de 80 dB, sendo por isso necessária a utilização de equipamento de proteção auditiva. No interior do mesmo barracão industrial há um escritório de projetos que fica distante das prensas, o necessário para que o nível máximo do som nesse local de trabaho seja de 40 dB, dentro da ordem dos valores que constam nas normas da ABNT. Dado: P = 4 r2 I É correto afirmar que o escritório está distante da secção de prensas aproximadamente: *a) 100 m d) 1 km b) 200 m c) 100 100 m (UFPE-2010.1) - RESPOSTA: R = 5,0 m Quando uma pessoa se encontra a 0,5 m de uma fonte sonora puntiforme, o nível de intensidade do som emitido é igual a 90 dB. A quantos metros da fonte ela deve permanecer de modo que o som tenha a intensidade reduzida ao nível mais suportável de 70 dB? O nível de intensidade sonora, medido em decibéis (dB), é calculado através da relação: N = 10 log (I/I0), onde I0 é uma unidade padrão de intensidade. e) 100 10 km

japizzirani@gmail.com

19

(CESGRANRIO/RJ-2010.1) - ALTERNATIVA: B O ouvido humano capta sons cuja intensidade varia de 10–12 W/ m2 a 1 W/m2. A intensidade mínima audível, I0 = 10–12 w/m2 , é chamada “limiar da percepção auditiva”. Para medir o nível de intensidade de um som, sua intensidade I é comparada com o limiar de percepção auditiva. Assim, o nível de intensidade de um som ( ), expresso em decibéis, é dado pela fórmula = 10.log(I I0). Em certo escritório, o nível de intensidade sonora, durante o expediente, varia de 60 a 70 decibéis. A intensidade sonora máxima observada nesse escritório, durante o expediente, em W/m2, é de a) 10–4 *b) 10–5 c) 10–6 d) 10–7 e) 10–8 (IF/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E Os sons e as cores do mundo chegam até nós como energia, na forma de ondas sonoras e de luz. Em alguns casos, os dois são muito parecidos. Sua energia vai de um lugar para outro por meio de ondas. A energia da luz do Sol aquece a terra, bronzeia a pele e faz crescer as plantas. A energia das ondas sonoras – como o estrondo de um jato a quebrar a barreira do som – pode estremecer prédios e espatifar vidraças.
Fonte: http://www.micronal.com.br/artigostecnicos/someluz.htm

VESTIBULARES 2010.2

VELOCIDADE DO SOM
(IF/CE-2010.2) - ALTERNATIVA: E Durante uma tempestade, uma pessoa escuta um trovão e vê a luz emitida por um relâmpago. Podemos afirmar que: a) Escuta primeiro o relâmpago, pois este é mais rápido que o trovão. b) Vê primeiro o trovão, pois este é mais rápido que o relâmpago. c) Escuta primeiro o trovão e depois vê o relâmpago. d) Os dois são percebidos sempre simultaneamente, pois têm a mesma velocidade, a qual é determinada pela natureza. *e) O relâmpago é originado por uma descarga elétrica. (UNIFOR/CE-2010.2) - ALTERNATIVA: C Os terremotos, como o ocorrido recentemente no Haiti, são ondas mecânicas que se propagam na crosta terrestre principalmente devido a movimentos das camadas desta crosta. Estas ondas são de dois tipos: longitudinais (mais rápidas), também chamadas ondas P (Primárias) e transversais (mais lentas), também chamadas ondas S (Secundárias). Uma estação sismológica recebe duas ondas P e S com um intervalo de tempo entre elas de 20s. Considerando que estas ondas percorreram a mesma trajetória, com velocidades de 7,5 × 103 m/s e 4,5 × 103 m/s respectivamente, a distância entre o epicentro (fonte da onda) e a estação sismológica é de: a) 200 km d) 90 km b) 135 km e) 125 km *c) 225 km (ACAFE/SC-2010.2) - ALTERNATIVA: C Para avaliar a distância entre dois prédios altos no mesmo nível de altura, um estudante se posiciona em um ponto entre os dois prédios. O estudante emite um grito e escuta um primeiro eco depois de 2s e um segundo eco depois de 2,5s. Considere o módulo da velocidade do som 340m/s e que entre os prédios não há nenhum tipo de obstáculo.

Sobre ondas, som e luz são feitas as seguintes afirmativas. I. As ondas não transportam matéria, apenas energia. II. A altura de um som depende da sua intensidade. III. A luz é uma onda eletromagnética. Das afirmativas anteriores, está(ão) correta(s) a) apenas a I. b) apenas a II. c) apenas a I e a II. d) apenas a II e a III. *e) apenas a I e a III. (IF/SP-2010.1) - ALTERNATIVA: E Uma onda é uma perturbação oscilante de alguma grandeza física no espaço e periódica no tempo. A oscilação espacial é caracterizada pelo comprimento de onda e a periodicidade no tempo é medida pela freqüência da onda. Estas duas grandezas estão relacionadas pela velocidade de propagação da onda. Sobre ondas são feitas as afirmações: I. Ondas eletromagnéticas são transversais e sua velocidade não depende do meio de propagação. II. A velocidade de propagação do som no ar é menor do que na água. III. A altura de um som está relacionada com sua freqüência. IV. O timbre de um som depende do conteúdo de freqüências que o compõe. Das afirmativas anteriores, estão CORRETAS a) todas. b) nenhuma delas. c) somente uma. d) apenas duas. *e) apenas a II, a III e a IV.

Figura fora de escala

Assinale a alternativa correta que indica a separação, em metros, entre os prédios. a) 680 b) 1530 *c) 765 d) 850 (UNIMONTES/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: C Uma onda sonora de frequência f desloca-se através do ar, com velocidade de 340 m/s, em direção à água. Considerando que f permanecerá constante, podemos afirmar corretamente que a) seu comprimento de onda e sua velocidade diminuirão. b) seu comprimento de onda diminuirá e sua velocidade aumentará. *c) seu comprimento de onda e sua velocidade aumentarão. d) seu comprimento de onda aumentará e sua velocidade diminuirá.

japizzirani@gmail.com

20

(UNESP-2010.2) - ALTERNATIVA: D Nos últimos meses assistimos aos danos causados por terremotos. O epicentro de um terremoto é fonte de ondas mecânicas tridimensionais que se propagam sob a superfície terrestre. Essas ondas são de dois tipos: longitudinais e transversais. As ondas longitudinais viajam mais rápido que as transversais e, por atingirem as estações sismográficas primeiro, são também chamadas de ondas primárias (ondas P); as transversais são chamadas de ondas secundárias (ondas S). A distância entre a estação sismográfica e o epicentro do terremoto pode ser determinada pelo registro, no sismógrafo, do intervalo de tempo decorrido entre a chegada da onda P e a chegada da onda S. Considere uma situação hipotética, extremamente simplificada, na qual, do epicentro de um terremoto na Terra são enviadas duas ondas, uma transversal que viaja com uma velocidade de, aproximadamente 4,0 km/s, e outra longitudinal, que viaja a uma velocidade de, aproximadamente 6,0 km/s. Supondo que a estação sismográfica mais próxima do epicentro esteja situada a 1200 km deste, qual a diferença de tempo transcorrido entre a chegada das duas ondas no sismógrafo? a) 600 s. b) 400 s. c) 300 s. *d) 100 s. e) 50 s. (UFOP/MG-2010.2) - ALTERNATIVA: D Em um terremoto, são geradas ondas S (transversais) e P (longitudinais) que se propagam a partir do foco do terremoto. As ondas S se deslocam através da Terra mais lentamente do que as ondas P. Sendo a velocidade das ondas S da ordem de 3 km/s e a das ondas P da ordem de 5 km/s através do granito, um sismógrafo registra as ondas P e S de um terremoto. As primeiras ondas P chegam 2,0 minutos antes das primeiras ondas S. Se as ondas se propagaram em linha reta, a que distância ocorreu o terremoto? a) 600 km b) 240 km c) 15 km *d) 900 km (FATEC/SP-2010.2) - ALTERNATIVA: E O eco é um fenômeno sonoro que ocorre quando o som reflete num obstáculo e é percebido pelo ouvido humano, depois de um intervalo de tempo superior a 0,10 s. Júlia, Marina e Enrico estão brincando em frente a um obstáculo e se encontram distanciados conforme figura a seguir. Estando eles não alinhados e considerando a velocidade do som, no ar, de 340 m/s, quando Enrico emite um som, o eco pode ser escutado perfeitamente apenas por

(UEG/GO-2010.2 ADAPTADO) - RESPOSTA: d = 2400 km Terremotos geram ondas sonoras no interior da Terra, e ao contrário de um gás, a Terra pode experimentar tanto ondas transversais (T) como longitudinais (L). Tipicamente, a velocidade das ondas transversais é de cerca de 5,0 km/s e a das ondas longitudinais de 8,0 km/s (um sismógrafo registra ondas T e L de um terremoto). As primeiras ondas L chegam 3 minutos antes das primeiras ondas T. Supondo que as ondas L e T, se propagam em linha reta e com velocidade constante, a que distância do sismógrafo ocorreu o terremoto?

QUALIDADES FISIOLÓGICAS DO SOM
(IF/CE-2010.2) - RESPOSTA: a) I = 1,0×10–3 W/m2 b) NIS = 90dB Uma fonte sonora pontual emite ondas que se propagam esfericamente no espaço com uma potência P de 0,036 W. a) Qual será a potência por unidade de área, também chamada de intensidade I, que será percebida por um observador a uma distância de R = 3 m da fonte? b) O nível de intensidade sonora NIS, medido em decibéis, é dado por NIS = 10log (I I0), onde I0 = 10–12 W/m2 é a intensidade mínima sentida pelo ouvido humano para um som com frequência de 1000 Hz. Utilizando o resultado do item anterior, calcule quantos decibéis serão percebidos pelo observador. (UECE-2010.2) - ALTERNATIVA OFICIAL: D Os termos abaixo estão relacionados às ondas sonoras. I - Volume se refere à intensidade da sensação auditiva produzida por um som e depende da intensidade e da frequência da onda. II - Altura se refere a uma qualidade da onda que depende somente da sua frequência: quanto menor a frequência maior a altura. III - Batimento se refere às flutuações na intensidade do som quando há interferência de duas ondas sonoras de mesma frequência. IV - Timbre é uma característica que depende da frequência e da intensidade dos tons harmônicos que se superpõem para formar a onda sonora. Está correto o que se afirma em a) I e II, apenas. b) II e III, apenas. c) III e IV, apenas. *d) I e IV, apenas.

a) Júlia. b) Júlia e Marina. c) Marina. d) Enrico. *e) Enrico e Júlia.

japizzirani@gmail.com

21

tópico 6: fontes sonoras (cordas e tubos)
VESTIBULARES 2010.1

CORDAS SONORAS
(UFC/CE-2010.1) - ALTERNATIVA: B (OBS.: A corda está emitindo um infrasom) Um motor produz vibrações transversais, com frequência de 10 Hz, em uma corda homogênea de 2,0 m de comprimento e densidade linear 0,05 kg/m. Uma das extremidades da corda é mantida fixa em uma parede, enquanto a outra está ligada ao motor. Sabendo-se que, com esta frequência, a corda está no segundo harmônico, determine o valor da tensão na corda e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta corretamente esse valor. a) 10 N d) 400 N *b) 20 N e) 1000 N c) 200 N (UFG/GO-2010.1) - ALTERNATIVA: C Um violão possui seis cordas de mesmo comprimento L, porém, de massas diferentes. A velocidade de propagação de uma onda transversal em uma corda é dada por , onde T é a tensão na corda e , sua densidade linear de massa. A corda vibra no modo fundamental, no qual o comprimento L corresponde a meio comprimento de onda . A frequência de vibração de uma corda do violão aumentará se a) aumentar. b) v diminuir. *c) L diminuir. d) aumentar. e) T diminuir. (UNICAMP/SP-2010.1) - RESPOSTA: a) = 242 N grossa b) f1 = 108 Hz Em 2009 completaram-se vinte anos da morte de Raul Seixas. Na sua obra o roqueiro cita elementos regionais brasileiros, como na canção “Minha viola”, na qual ele exalta esse instrumento emblemático da cultura regional. A viola caipira possui cinco pares de cordas. Os dois pares mais agudos são afinados na mesma nota e frequência. Já os pares restantes são afinados na mesma nota, mas com diferença de altura de uma oitava, ou seja, a corda fina do par tem frequência igual ao dobro da frequência da corda grossa. As frequências naturais da onda numa corda de comprimento L com as extremidades fixas são dadas por , sendo N o

(IF/CE-2010.1) - RESPOSTA: a) = 2L/n b) f = nv/(2L) (n = 1, 2,..) Para encontrarmos os modos normais de vibração de uma corda de violão, a distância entre os pontos fixos da corda deve ser um múltiplo inteiro da metade dos comprimentos de onda possíveis. Sendo um dos comprimentos de onda possíveis, L a distância entre os pontos fixos da corda e n um número inteiro maior que zero, a) encontre a expressão matemática para estes comprimentos de onda . b) Sabendo-se que a onda se propaga com velocidade v, calcule as frequências das notas que podem ser tocadas por esta corda. (VUNESP/UEA-2010.1) - ALTERNATIVA: B Um xilofone de brinquedo contém barras de metal de diferentes comprimentos, fixas e dispostas em paralelo. O som é produzido por um pequeno bastão que golpeia cada barra e produz uma vibração. A barra de maior comprimento tem 15 cm. Suponha que esta barra esteja vibrando no primeiro harmônico de uma onda estacionária, da mesma forma que as ondas produzidas em uma corda fixa nas duas extremidades. Se a frequência desta vibração for igual a 660 Hz, a velocidade da onda na barra, em m/s, será de a) 120. *b) 198. c) 224. d) 256. e) 272.

(UEL/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: D Uma das cordas de um violoncelo é afinada em lá (f = 440 Hz) quando não pressionada com o dedo, ou seja, quando estiver com seu comprimento máximo que é de 60 cm, desde o cavalete até a pestana. Qual deve ser o comprimento da corda para produzir uma nota de frequência f = 660 Hz? a) 10 cm b) 20 cm c) 30 cm *d) 40 cm e) 50 cm (UNICENTRO/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: D Assinale a alternativa correta. a) Quando um diapasão de frequência constante emite simultaneamente ondas que se propagam no ar e na água, os comprimentos dessas ondas são os mesmos em ambos os meios. b) Produzem-se ondas periódicas na superfície de um líquido (cuba de ondas). À medida que as ondas se afastam do ponto de origem, a distância entre cristas consecutivas aumenta. c) Conhecendo-se só o comprimento, o diâmetro e a densidade de uma corda, pode-se calcular a frequência de suas vibrações. *d) A velocidade de propagação do som num meio depende da elasticidade e da inércia do meio. e) A energia cinética de uma partícula que executa movimento harmônico simples em trajetória retilínea é constante. (UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: C O ouvido humano é sensível aos sons com frequências compreendidas entre os valores extremos fMIN = 20 Hz e fMAX = 20.000 Hz. Duas cordas iguais de um violão são tensionadas para vibrar com essas frequências: uma com fMIN e a outra com fMAX. Considerando que as ondas que se propagam nas duas cordas possuem o mesmo comprimento de onda, a razão entre as tensões máxima e mínima nas cordas é: a) 10–1 b) 103 *c) 106 d) 1010

harmônico da onda e v a sua velocidade. a) Na afinação Cebolão Ré Maior para a viola caipira, a corda mais fina do quinto par é afinada de forma que a frequência do fina harmônico fundamental é f1 = 220 Hz . A corda tem comprimento L = 0,5 m e densidade linear = 5 × 10–3 kg/m . Encontre a tensão aplicada na corda, sabendo que a velocidade da onda é dada por .

b) Suponha que a corda mais fina do quinto par esteja afinada fina corretamente com f1 = 220Hz e que a corda mais grossa esteja ligeiramente desafinada, mais frouxa do que deveria estar. Neste caso, quando as cordas são tocadas simultaneamente, um batimento se origina da sobreposição das ondas sonoras do harfina mônico fundamental da corda fina de frequência f1 , com o grossa segundo harmônico da corda grossa, de frequência f2 .A frequência do batimento é igual à diferença entre essas duas fina grossa frequências, ou seja, fbat = f1 – f2 . Sabendo que a frequência do batimento é fbat = 4Hz , qual é a grossa frequência do harmônico fundamental da corda grossa, f1 ?

japizzirani@gmail.com

22

(UECE-2010.1) - ALTERNATIVA: D Uma corda de violão possui comprimento L e frequência fundamental f0. Para que a frequência fundamental passe a ser igual a 6 vezes o valor da frequência fundamental original, considerando que esta corda continue com a mesma tensão, ela deve ter o comprimento igual a a) 1/2 L. b) 1/4 L. c) 1/3 L. *d) 1/6 L.

TUBOS SONOROS
(VUNESP/UNICASTELO-2010.1) - ALTERNATIVA: C As figuras mostram as configurações dos primeiros harmônicos para as ondas sonoras produzidas em tubo aberto e em tubo fechado, ambos de mesmo comprimento.

(UDESC-2010.1) - ALTERNATIVA OFICIAL: A (a correta é D) A frequência fundamental de um tubo de órgão fechado é igual a 170,0 Hz. O comprimento do tubo fechado e a frequência do terceiro harmônico são, respectivamente: (Considere vsom = 340 m/s) a) 0,5 m e 850 Hz b) 1,0 m e 850 Hz c) 1,0 m e 510 Hz d) 0,5 m e 510 Hz e) 2,0 m e 340 Hz

VESTIBULARES 2010.2

CORDAS SONORAS
(PUC/RS-2010.2) - ALTERNATIVA: E O comprimento de uma corda de guitarra é 64,0cm. Esta corda é afinada para produzir uma nota com frequência igual a 246 Hz quando estiver vibrando no modo fundamental. Se o comprimento da corda for reduzido à metade, a nova frequência fundamental do som emitido será: a) 123Hz b) 246Hz c) 310Hz d) 369Hz *e) 492Hz (UDESC-2010.2) - RESPOSTA: a) A = 0,8 m e B = 0,5 m b) TA = 4TB c) vA/vB = 1,6 Através de um gerador capaz de produzir ondas em uma corda, foram testadas duas cordas de materiais diferentes. O gráfico seguinte mostra como variou a velocidade de propagação da onda em função da frequência de oscilação produzida pelo gerador, para as duas cordas.

Em relação aos sons produzidos por esses dois tubos, são feitas as seguintes afirmações: I. no tubo aberto, o som do 1.º harmônico é mais agudo do que o som do 1.º harmônico do tubo fechado; II. o tubo aberto só produz os harmônicos ímpares; III. a velocidade de propagação do som é a mesma nos dois tubos. Está correto o que se afirma em a) I, apenas. d) II e III, apenas. b) I e II, apenas. e) I, II e III. *c) I e III, apenas. (UFJF/MG-2010.1) - RESPOSTA: a) 1,5 m b) 0,75 m A velocidade do som no ar é aproximadamente v = 330 m/s. Colocam-se dois alto-falantes iguais, um em frente ao outro, distanciados de L = 6,0 m, como mostra a figura abaixo. Os alto-falantes são excitados, simultaneamente, por um mesmo sinal eletrônico de frequência f = 220 Hz . Considere o sistema formado pelos alto-falantes funcionando como um tubo aberto nas duas extremidades, onde ondas sonoras estacionárias geram ventres nas extremidades em que estão os alto-falantes.

a) Sabendo que, para cada corda o comprimento de onda permaneceu constante durante os testes, calcule-os a partir do gráfico. b) Considerando que a densidade linear de massa da corda A é 4 (quatro) vezes maior do que a da corda B, quantas vezes a tração aplicada à corda A é maior do que a aplicada à corda B, quando as velocidades de propagação são iguais? c) Qual a razão entre as velocidades de propagação de onda na corda A e na corda B, para a frequência de 25 Hz? a) Qual é o comprimento de onda do som emitido pelos altofalantes? b) Qual a distância entre os pontos em que a onda sonora estacionária tem intensidade máxima? (UNICENTRO/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: B Deseja-se construir um tubo sonoro fechado, cujo som fundamental tenha 870 vibrações por segundo, quando soprado com ar. Considerando a velocidade do som no ar 340 m/s. Com estes dados, o comprimento do tubo vale aproximadamente. a) 6,97 cm. d) 22,35 cm. *b) 9,77 cm. e) 50,90 cm. c) 12,45 cm.

japizzirani@gmail.com

23

tópico 7: efeito Doppler
VESTIBULARES 2010.1 (UFV/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: B Ao observar o espectro eletromagnético de uma galáxia distante, percebeu-se que os comprimentos de onda da luz emitida por alguns elementos químicos existentes na galáxia eram maiores que os comprimentos de onda emitidos pelos mesmos elementos aqui na Terra. É CORRETO afirmar que este fenômeno pode ser explicado: a) pela interferência da luz devido aos elementos óticos do telescópio. *b) pelo efeito Doppler da luz devido à expansão do universo. c) pela dispersão da luz no vácuo devido à luz não ser monocromática. d) pela refração da luz devido à atmosfera terrestre. (UEL/PR-2010.1) - ALTERNATIVA: B O processo de reflexão do som pode ser evidenciado I. na produção de ecos. II. na alteração percebida no som de uma ambulância está se aproximando com a sirene ligada. III. quando o som se propaga no vácuo. IV. em ondas sonoras estacionárias num tubo. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. *b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. (UDESC-2010.1) - RESPOSTA: a) 3000 Hz b) 2105 Hz c) 0,12m Em uma rodovia plana e retilínea um motorista conduz seu carro, indo para o Norte, com velocidade igual a 20 m/s. Uma ambulância, indo para o Sul, com velocidade de 40 m/s, aproxima-se com a sirene ligada, emitindo um som com frequência de 2500 Hz, que se propaga no ar com velocidade de 340 m/s. a) Determine a frequência do som da sirene detectado pelo motorista do carro quando a ambulância se aproxima dele. b) Determine a frequência do som da sirene detectado pelo motorista depois que a ambulância passa por ele. c) Calcule o comprimento de onda do som da sirene detectado por uma pessoa parada ao lado da rodovia, vendo a ambulância se aproximar dela. (UFMS-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 012 (004+008) Os morcegos, quando voam, emitem ultrassom para que, através das reflexões ocorridas pelos obstáculos à sua frente, possam desviar deles, e também utilizam esse mecanismo para se orientarem durante seu vôo. Imagine um morcego voando em linha reta horizontal com velocidade V, em direção a uma parede vertical fixa. Considere que não esteja ventando e que a fonte sonora no morcego seja puntiforme e então, quando ele ainda está a uma certa distância da parede, emite uma onda sonora com uma frequência f de ultrassom. Com fundamentos da mecânica ondulatória, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) A velocidade das ondas sonoras que possuem frequência de ultrassom é maior que a velocidade de ondas sonoras que possuem frequência menor que as de ultrassom. (002) A velocidade da onda sonora no ar, emitida pelo morcego em movimento, é diferente da velocidade da onda sonora no ar emitida pelo morcego quando em repouso. (004) A frequência da onda sonora, refletida pela parede e percebida pelo morcego, é maior que a frequência da onda sonora emitida por ele. (008) A velocidade da onda sonora no ar, refletida pela parede, é igual à velocidade da onda sonora no ar emitida pelo morcego. (016) Esse efeito de mudança na frequência de ondas sonoras emitidas por fontes em movimento chama-se batimento.

(UFPB-2010.1) - ALTERNATIVA: D Em um trecho reto de determinada estrada, um fusca move-se do ponto A para o ponto B com velocidade de 20 m/s. Dois outros carros estão passando pelos pontos A e B, com velocidade de 20 m/s, porém com sentido contrário ao do fusca, conforme ilustrado na figura abaixo. Nesse momento, o motorista do fusca começa buzinar e o som emitido pela buzina tem frequência f.

Denominando as frequências ouvidas pelos motoristas dos carros que passam pelos pontos A e B de fA e fB , respectivamente, é correto afirmar que *d) fA < f < fB a) fA = fB > f b) fA = fB < f e) fA = fB = f c) fA > f > fB (UEM/PR-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 27 (01+02+08+16) Com relação às ondas mecânicas periódicas, assinale o que for correto. 01) Uma onda mecânica longitudinal, ao percorrer um meio apropriado, tal como um gás ideal rarefeito, faz as partículas do meio oscilarem na mesma direção de propagação da onda. 02) Uma onda mecânica transversal, ao percorrer um meio apropriado, tal como uma corda ideal, faz as partículas do meio oscilarem perpendicularmente à direção de propagação da onda. 04) A velocidade de propagação de uma onda mecânica em um meio qualquer independe das características físicas desse meio. 08) O fenômeno do batimento pode ser entendido como a superposição de ondas sonoras de frequências muito próximas. 16) O Efeito Doppler é observado quando ocorre movimento relativo entre uma fonte e um observador de ondas sonoras. (UFES-2010.1) - RESPOSTA: a) f = 680 Hz b) n = 2160 frentes de onda c) f ’ = 720 Hz O efeito Doppler é uma modificação na frequência detectada por um observador, causada pelo movimento da fonte e/ou do próprio observador. Quando um observador se aproxima, com velocidade constante, de uma fonte de ondas sonora em repouso, esse observador, devido ao seu movimento, será atingido por um número maior de frentes de ondas do que se permanecesse em repouso. Considere um carro trafegando em uma estrada retilínea com velocidade constante de módulo 72 km/h. O carro se aproxima de uma ambulância em repouso à beira da estrada. A sirene da ambulância está ligada e opera com ondas sonoras de comprimento de onda de = 50cm. A velocidade de propagação do som no local é v = 340m/s . a) Calcule a frequência do som emitido pela sirene da ambulância. b) Calcule o número total de frentes de ondas que atinge o motorista do carro em um intervalo de tempo t = 3 s . c) Calcule a frequência detectada pelo motorista do carro em movimento. (UNIFEI/MG-2010.1) - RESPOSTA NO FINAL DA QUESTÃO Instantes antes de ser ultrapassado por uma ambulância em uma pista de sentido único, um ciclista que viaja a uma velocidade v, ouve a sirene desta ambulância numa freqüência f1. Após ser ultrapassado, o ciclista ouve a sirene numa freqüência f2. Pergunta-se: a freqüência f2 é maior, menor ou igual a f1? Justifique. RESPOSTA UNIFEI/MG-2010.1: A freqüência f2 é menor do que f1, pois após a ultrapassagem, a ambulância está se afastando do ciclista e, portanto, o número de ondas por intervalo de tempo que chega ao ouvido do ciclista é menor do que antes da ultrapassagem, quando a ambulância estava se aproximando dele.

japizzirani@gmail.com

24

(UFSC-2010.1) - RESPOSTA: SOMA = 03 (01+02) Em relação às ondas e aos fenômenos ondulatórios, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. A variação da frequência das ondas percebidas por um observador, devido ao movimento relativo entre este e a fonte geradora das ondas, é explicada pelo efeito Doppler. 02. Uma onda, que se propaga em determinado meio, terá uma velocidade que depende deste meio e uma frequência definida pela fonte da onda. 04. A velocidade de uma onda em um determinado meio é de 120 m/s, para uma frequência de 60 Hz. Dobrando a frequência, a velocidade da onda neste meio também dobra. 08. Dois instrumentos musicais, emitindo a mesma nota musical, são diferenciados um do outro pela altura do som. 16. A refração é caracterizada pela mudança de direção de propagação da onda ao mudar de meio. (CEFET/MG-2010.1) - ALTERNATIVA: D Ao se observar a cor da luz emitida por uma estrela, nota-se um desvio para o vermelho. Tal fenômeno deve-se ao fato de esse astro a) estar morrendo. b) ter sua luz refratada. c) ter a velocidade da luz. *d) estar se afastando da Terra. e) estar muito distante da Terra. VESTIBULARES 2010.2 (UEM/PR-2010.2) - RESPOSTA: SOMA = 09 (01+08) Uma banda de música está se apresentando em cima de um caminhão de um Trio Elétrico em movimento que se aproxima do local programado para o evento musical. A banda toca a nota Lá, com frequência média de 430,0 Hz, mas o público que está diretamente em frente do Trio Elétrico ouve essa nota musical como sendo uma nota Lá sustenido, com frequência média de 451,5 Hz. Considere a velocidade do som no ar igual a 340 m/s e assinale o que for correto. 01) A diferença de percepção das notas musicais entre a banda e o público que está diretamente em frente do Trio Elétrico se deve ao efeito Doppler. 02) O público que está diretamente em frente do Trio Elétrico percebe uma onda sonora com período de oscilação superior àquele da nota tocada pela banda. 04) Se o público que está diretamente em frente do Trio Elétrico caminhar em sua direção, a frequência da onda percebida por esse público diminui. 08) O comprimento de onda da onda sonora associada à nota Lá sustenido percebida pelo público que está diretamente em frente do Trio Elétrico é 0,75 m. 16) A velocidade de propagação do caminhão do Trio Elétrico é 61,2 km/h. (PUC/RS-2010.2) - ALTERNATIVA: B INSTRUÇÃO: Responder à questão a seguir relacionando o fenômeno ondulatório da coluna A com a situação descrita na coluna B, numerando os parênteses. Coluna A Coluna B 1 – Reflexão ( ) Um peixe visto da margem de um rio pa2 – Refração rece estar a uma profundidade menor do que 3 – Ressonância realmente está. 4 – Efeito Doppler ( ) Uma pessoa empurra periodicamente uma criança num balanço de modo que o balanço atinja alturas cada vez maiores. ( ) Os morcegos conseguem localizar obstáculos e suas presas, mesmo no escuro. ( ) O som de uma sirene ligada parece mais agudo quando a sirene está se aproximando do observador. A numeração correta da coluna B, de cima para baixo, é: a) 2 – 4 – 1 – 3 d) 1 – 3 – 1 – 4 *b) 2 – 3 – 1 – 4 e) 1 – 3 – 2 – 4 c) 2 – 1 – 2 – 3

(UNIFOR/CE-2010.2) - ALTERNATIVA: D Em aerodinâmica, a barreira do som é a aparente barreira física que dificulta grandes objetos de atingirem velocidades supersônicas. Ao atingir velocidade igual a do som (Mach 1 = 1226 km/h ao nível do mar, em condições normais de temperatura e pressão), um avião estará comprimindo o ar à sua frente e acompanhando as ondas de pressão (o seu próprio som) com a mesma velocidade de sua propagação. Isso resulta numa superposição de ondas no nariz do avião. Se o avião persistir com essa velocidade exata por algum tempo, à sua frente se formaria uma verdadeira muralha de ar, pois todas as ondas formadas seriam superpostas no mesmo lugar em relação ao avião. Esse fenômeno é conhecido como Barreira Sônica. Quando o ar em fluxo supersônico é comprimido, sua pressão e densidade aumentam, formando uma onda de choque, sendo conhecido como estrondo sônico. Com relação à Barreira Sônica, classifica-se como alternativa verdadeira: a) Se um avião continuar a acelerar, atingindo a velocidade de 326,5m/s, ele estará deixando para trás as ondas de pressão que vai produzindo. b) O som, como sabemos, viaja através de ondas, usando qualquer meio de propagação, inclusive no vácuo. c) Quando um avião voa a uma velocidade inferior à do som, por conseqüência, as ondas sonoras (de pressão) também viajam mais lento. *d) As ondas de choque geradas por um avião em vôo supersônico atingirão o solo depois da passagem do avião que as está produzindo, pois esse é mais veloz. Um observador no solo ouvirá um forte estampido assim que as ondas de choque o alcançar. e) Um observador, no solo, ouvirá o estampido antes da passagem do avião, que se move com velocidade supersônica.

japizzirani@gmail.com

25

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->