Você está na página 1de 3

Professor Silvio Araujo de Sousa

TECNOLOGIAS
Texto adaptado com finalidades pedagógicas
Tecnologias Geradas pelos Programas para aulas de Geografia Escola Estadual Prof.
Renê Rodrigues de Moraes - Guarujá - SP

Espaciais Texto original de Neldson Marcolin


Revista Pesquisa Fapesp 162 Agosto de 2009

Esse texto foi adaptado com finalidades pedagógicas e tem como base um documento original produ-
zido por Neldson Marcolin publicado na Revista 162 de Agosto de 2009 página 8. Tem como objetivo
responder a seguinte questão: Que benefícios trouxeram para a sociedade os Programas Espaciais.

Spin - offs
É um termo em inglês que significa , desdobramento, e, tem sua aplicação neste tema. Pois é um termo que se
aplica para designar produtos que tiveram sua origem em criações desenvolvidas para resolver um problema es-
pecífico, porém sofreram desdobramentos (Spin - offs) resultando em outros produtos úteis para a sociedade.
Fibra de vidro com teflon
Quando Neil Armstrong, pisou na Lua no dia 20 de julho de 1969, seguido por Edwin Aldrin, assim como Michael
Collins, que ficou no módulo de serviço em órbita, todos vestiam trajes especiais, consistindo num tecido que ti-
nha uma cobertura de fibra de vidro resistente (não dilatava nem encolhia) e não requeria limpeza, pois era re-
vestido de teflon. O teflon já existia desde 1938, mas o programa lhe deu nova aplicação.
[ A fibra de vidro com teflon virou cobertura de ginásio esportivo. ]

Controle de temperatura
A roupa possuía controle de temperatura para proteger os astronautas do calor e do frio extremo (entre 117ºC
de dia e –173ºC à noite) e de tecido não inflamável.
[ O controle de temperatura é usado nos trajes de quem trabalha em ambientes com temperaturas
muitos altas em indústrias, e o tecido não inflamável esta nos uniformes dos bombeiros. ]

Botas flexíveis
As botas foram moldadas a ar em material rígido para evitar o desgaste muito rápido, mas com juntas que a dei-
xavam flexível.
[ O sistema de fabricação de botas resistentes foi adaptado a fabricação de tênis. ]

Alimentos liofilizados
Os alimentos eram liofilizados, uma técnica que consiste em desidratar o alimento por congelamento a—50ºC e
armazená-lo a vácuo, o que evita contaminação e conserva 98% do valor nutritivo com apenas 20% do peso ori-
ginal.
[ Os alimentos liofilizados estão nos supermercados há 30 anos. ]

Purificador de água
O purificador de água do módulo lunar utilizava íons de prata e cobre.
[ Hoje é uma tecnologia presente na maioria dos lares ]

PET - Politereftalato de etileno


O isolamento do módulo era feito de politereftalato de etileno, com uma superfície metálica usada para refletir o
calor e raios infravermelhos.
[ O poliéster isolante tem hoje múltiplas aplicações em residências, como isolante térmico]
Professor Silvio Araujo de Sousa
TECNOLOGIAS
Texto adaptado com finalidades pedagógicas
Tecnologias Geradas pelos Programas para aulas de Geografia Escola Estadual Prof.
Renê Rodrigues de Moraes - Guarujá - SP

Espaciais Texto original de Neldson Marcolin


Revista Pesquisa Fapesp 162 Agosto de 2009

Outros Spin - Offs


Espuma Viscoelástica
Desenvolvida pela em 1966 para absorver impacto, equipa os assentos dos ônibus espaciais. É uma espu-
ma que afunda de acordo com o peso de cada parte do corpo e depois volta ao normal.
[ É utilizada em travesseiros e produtos ortopédicos. ]

Aparelho de Ginástica
Em 2000 foi criado um aparelho de ginástica simples, possível de ser manipulado nas shuttles (naves), com
fios de náilon resistentes que permitem exercícios versáteis.
[ O equipamento se tornou popular ]

Pasta para engolir


Junto com médicos pesquisadores, desenvolveu-se um creme dental comestível.
[ O produto é útil na área da saúde, para pacientes incapacitados. ]

Diagnóstico a distância
Experimentos na ISS permitiram o desenvolvimento do diagnóstico com ultrassom a distância.
[ Pode ser aplicado a pacientes que estejam longe dos centros clínicos ]
Óculos com proteção
As lentes de proteção contra raios ultravioleta A e B (UVA/UVB) criadas pela NASA.
[ É usada por soldadores e equipam óculos de sol. ]
Temperatura do corpo em segundos
A tecnologia que captura o calor das estrelas.
[ foi aplicada a um termômetro que mede a energia a partir do tímpano humano e dá a tempera-
tura do corpo em dois segundos ]
Suplemento alimentar
Um experimento feito com algas para se tornar alimento de longa duração no espaço.
[ Resultou em um nutritivo suplemento lácteo para bebês]

Aço de alta resistência


Esse spin - off é do programa espacial brasileiro, é uma aço de alta resistência e de baixo peso, desenvolvi-
do conjuntamente pelo CTA, Eletrometal, Usiminas, Acesita e Wotan, como um dos componentes do veículo
lançador de satélites.
[ Atualmente esse aço (300M) é utilizado nos trens de pousa de aviões comerciais. ]
Professor Silvio Araujo de Sousa
TECNOLOGIAS
Texto adaptado com finalidades pedagógicas
Tecnologias Geradas pelos Programas para aulas de Geografia Escola Estadual Prof.
Renê Rodrigues de Moraes - Guarujá - SP

Espaciais Texto original de Neldson Marcolin


Revista Pesquisa Fapesp 162 Agosto de 2009

Sistema de Informações por satélites


Dos vários produtos lançados, nenhum teve alcance tão significativo quanto o sistema de informações criado a
partir do uso de satélites artificiais em órbita da Terra. Inicialmente tinham apenas objetivos militares, mas com o
avanço dos projetos espaciais percebeu-se a sua importância num sistema global de comunicações.
Tecnologia
Atualmente, essa tecnologia aplicada ao Sistema de Informações por Satélites atende pelo nome de GPS - Global
Positioning System ou Sistema de Posicionamento Global. O GPS é considerado uma das tecnologias mais revolu-
cionárias das últimas décadas, um instrumento de precisão que veio trazer grandes benefícios para as mais diver-
sas atividades, produtivas ou de lazer
O que é o GPS ?
GPS - Sistema de Posicionamento Global é um sistema de navegação (localização) baseado em satélites, compos-
to de uma rede de 24 satélites colocada em órbita (20.200 km) da Terra pelo Departamento Norte-Americano de
Defesa. O GPS foi originalmente planejado para aplicações militares sob o nome de 'projeto NAVSTAR', mas a par-
tir de 1980, o governo tornou o sistema disponível para uso civil.

Outros Sistemas
A Rússia tem o Global Orbiting Navigation Satellite System - GLONASS", e Europa desenvolve o sistema Galileo,
no qual o Brasil está estudando a participação. Depois que todos os 30 satélites (três são de reserva) estiverem
funcionando, os europeus pretendem, em 2008, declarar independência dos sistemas GPS, norte-americano, e
Glonass, russo. Diferentemente desses dois, controlados por militares, o Galileu será o primeiro em escala mundi-
al sob comando de civis.
Aplicações
O GPS é um instrumento que cada vez apresenta mais utilizações práticas em todas as áreas de negócios e ativi-
dades de todos os tipos. Foi, inicialmente, desenvolvido para uso militar e desde então sua utilização não parou
de crescer em todo o mundo.
- A comunicação de dados por GPS, também serve para o rastreamento e o monitoramento de veículos, como
forma de localização para empresas de segurança e monitoramento, principalmente em caso de roubos, furtos ou
seqüestros;
- Dirigir até uma cidade ou um país vizinho sem se preocupar com o trajeto já é realidade nos Estados Unidos e
na Europa;
- Alguns governos estaduais já estão adotando o GPS para ajudar no combate à violência;
- Nas competições de rali, como o Rali dos Sertões, no Brasil, ou o rali Paris-Dakar, o co-piloto resolve os princi-
pais problemas de orientação com uso do GPS;
- Adeptos de GPS também surgem em zonas urbanas e rodovias, à medida que aparecem os primeiros serviços
que - associados a mapas de ruas e avenidas - oferecem orientação de trânsito;
- Embarcações náuticas e aviões, para o correto posicionamento geográfico e evitar que barcos e aeronaves se
"percam". Além disso, permite a localização correta de seus destinos e rotas;
- Mapeamento e cartografia de precisão, cálculo de áreas, etc.;
- Leitura de cartas náuticas, navegação aérea e cartas topográficas;
- Na pesca comercial, para a localização de áreas com maior probabilidade de sucesso na atividade. Desta forma,
a produção pesqueira torna-se mais eficiente e rentável;
- Na agricultura, com a utilização do instrumento em grandes colheitadeiras automatizadas, maximizando os re-
sultados das colheitas, reduzindo perdas e economizando sensivelmente na mão-de-obra empregada na atividade.