Você está na página 1de 3

COMUNICAÇÃO VIA SATÉLITE

Os satélites artificiais são largamente empregados em telecomunicações, estes podem


ser classificados em geoestacionários ou não geoestacionários de acordo com sua órbita
e podem prover meios de comunicação da seguinte categoria:

• Ponto a Ponto
• Ponto a Multiponto
• Multiponto a Ponto
• Multiponto a Multiponto

A comunicação via satélite apresenta grandes vantagens em relação aos meios


tradicionais, principalmente no que diz respeito à grande largura de banda disponível,
mas também apresenta limitações , sendo a maior delas a vida útil relativamente curta (8
a 10 anos).

Os elementos básicos do serviço de comunicação por satélite são divididos entre o


segmento espacial e o segmento terrestre , e este serviço pode se dar nas seguintes
bandas de freqüência:

• Banda C.
• Banda KU.

SATÉLITES GEOESTACIONÁRIOS
Os satélites são ditos geoestacionários quando estes são colocados em uma órbita
circular em torno da terra tal que a sua velocidade de rotação seja a mesma da terra, ou
seja, para um observador na terra o satélite comporta-se como se estivesse estacionário
em um determinado local no céu.

De acordo com a lei de Kepler, o período orbital de um satélite varia conforme o raio da
órbita elevado à potência 3/2, desta forma satélites colocados a uma altitude de
aproximadamente 36000 km apresentam um período de 24 horas, girando assim a
mesma velocidade da terra.

Para a comunicação com este tipo de satélite as estações de terra podem utilizar antenas
fixas, antenas estas que apresentam um pequeno custo de operação e manutenção em
relação às móveis.

SATÉLITES NÃO
GEOESTACIONÁRIOS
Os satélites são ditos não geoestacionários quando estes são colocados em uma órbita
circular em torno da terra tal que a sua velocidade de rotação não é a mesma da terra, ou
seja, para um observador na terra o satélite comporta-se como se estivesse não
estacionário em um determinado local no céu.
O rastreamento deste tipo de satélite pelas estações de terra é mais dispendioso, pois é
necessária a utilização de antenas móveis para acompanhar o movimento do satélite,
antenas essas que apresentam um custo de operação e manutenção mais elevado que as
fixas.

VANTAGENS NA UTILIZAÇÃO DE
SATÉLITES
• GRANDE LARGURA DE BANDA DISPONÍVEL.
• COBERTURA DE GRANDES ÁREAS.
• TODOS OS USUÁRIOS TÊM AS MESMAS POSSIBILIDADES DE
ACESSO.
• FACILIDADE DE UTILIZAÇÃO EM COMUNICAÇÕES MÓVEIS.
• SUPERAÇÃO DE OBSTÁCULOS NATURAIS.

LIMITAÇÕES DOS SATÉLITES


• ALTO INVESTIMENTO INICIAL
• PEQUENA VIDA ÚTIL
• ASPECTOS INSTITUCIONAIS, LEGAIS E REGULAMENTAIS.
• DIFICULDADES E ALTO CUSTO DE MANUTENÇÃO
• NECESSIDADE DE UM VEÍCULO DE LANÇAMENTO
• ELEVADO TEMPO DE TRÂNSITO DA INFORMAÇÃO

Outro ponto a ser considerado é que devido a tecnologia atual não é aconselhável ter
satélites mais próximos entre si do que 4 graus no plano equatorial de 360 graus. Em
separações menores, o feixe transmitido por uma estação terrestre ilumina não só o
satélite como também seus vizinhos, desta forma só é possível haver 360/4=90 satélites
de comunicação geoestacionários ao mesmo tempo no espaço.

VIDA ÚTIL DE UM SATÉLITE


A vida útil de um satélite como o próprio nome já diz é o tempo em que este se mantém
realizando suas funções satisfatoriamente.

O principal fator limitante da vida útil de um satélite é a quantidade de combustível que


este pode transportar para que possam ser feitas correções na sua posição orbital,
posição esta que pode ser alterada de acordo com os movimentos da terra e da lua
principalmente.
BANDA C
A Banda C é uma faixa de freqüência utilizada nas comunicações com satélites que tem
as seguintes características:

• Espectro de freqüência segundo o IEEE - 3.9GHz até 6.2 GHz.


• Espectro de freqüência comercial utilizado - 3.7GHz até 6.425GHz.

É utilizado um sinal de freqüência 6GHz para comunicação no sentido terra -> satélite e
4GHz no sentido satélite -> terra.

BANDA KU
A Banda KU é uma faixa de freqüência utilizada nas comunicações com satélites que
tem as seguintes características:

• Espectro de freqüência segundo o IEEE - 15.35GHz até 17.25 GHz.


• Espectro de freqüência comercial utilizado - 10.7GHz até 18GHz.

É utilizado um sinal de freqüência 14GHz para comunicação no sentido terra -> satélite
e 12GHz no sentido satélite -> terra.