Você está na página 1de 1

Professor Silvio Araujo de Sousa

Geografia
Enem 2010 - questão 75 - azul
Ecossistemas Brasileiros Professor Silvio Araujo de Sousa
Questão e texto Adaptados - ENEM 2010 Guarujá - SP— 20/03/2011

Floresta Amazônia, é a maior floresta tropical do planeta, sua extensão abrange pelo menos 9 países como, Brasil, Bolívia,
Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela. O clima é do tipo equatorial, quente e úmido, com a
temperatura variando pouco durante o ano. A Biodiversidade desta região é única e uma das mais ricas do mundo.
Mata Atlântica originalmente percorria o litoral brasileiro, estendia-se do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, e ocupava
uma área de 1,3 milhão de quilômetros quadrados. Tratava-se da segunda maior floresta tropical úmida do Brasil, só compará-
vel à Floresta Amazônica. O grande destaque da mata original era o pau-brasil, que deu origem ao nome do nosso país. Atual-
mente da segunda maior floresta brasileira restam apenas cerca de 5 % de sua extensão original.
A mata de araucária pode ser chamada também de Pinheiros - do- Paraná, ela está ameaçada de extinção, pelo fato de ape-
nas 1,2% da sua cobertura original estar preservada. Ela se amplia entre os estados do Rio Grande do Sul e Paraná, incidindo
em áreas mais soltas como São Paulo e Minas gerais, onde o clima é mais frio e com chuvas moderadas durante o ano.
Caatinga é palavra originária do tupi-guarani que significa “mata branca”, é o único sistema ambiental exclusivamente brasilei-
ro. Está presente nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia, Piauí e norte de
Minas Gerais. A caatinga apresenta condições climáticas rigorosas, está submetida altas temperaturas e a ventos fortes e secos,
que contribuem para a aridez da paisagem nos meses de seca. As plantas da caatinga possuem adaptações ao clima, tais como
folhas transformadas em espinhos, cutículas altamente impermeáveis, caules suculentos etc.
Cerrado: Esse ecossistema está distribuída, principalmente, pelo Planalto Central Brasileiro, nos Estados de Goiás, Tocantins,
Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, parte de Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal. A típica vegetação que ocorre no Cerrado pos-
sui troncos tortuosos, de baixo porte, ramos retorcidos, cascas espessas e folhas grossas.
Zona dos Cocais aparece principalmente nos estados do Maranhão e Piauí. Sua vegetação é caracterizada pelo predomínio de
palmeiras, entre as quais se destacam o babaçu, a carnaúba e os buritis. Essas matas têm grande importância comercial, pois
do babaçu se extraem, entre outras substâncias, óleos, fibras e glicerina, e da carnaúba, a cera.
Mangue, ou Manguezal, é um ecossistema típico de áreas costeiras alagadas em regiões de clima tropical ou subtropical. É
considerado um dos ambientes naturais mais produtivos do Brasil, sendo um berçário para muitas espécies de animais, devido
às grandes populações de crustáceos, peixes e moluscos existentes.
Pantanal, é uma planície situado na Bacia Hidrográfica do Alto Paraguai , é um dos ecossistemas mais ricos do Brasil, e esten-
de-se pelos territórios do Mato-Grosso (região sul), Mato-Grosso do Sul (noroeste), Paraguai (norte) e Bolívia (leste). Em função
de sua importância e diversidade ecológica, o Pantanal é considerado pela UNESCO como um Patrimônio Natural Mundial e Re-
serva da Biosfera.
Questão: Dois pesquisadores percorrem os trajetos marcados no mapa. A tarefa deles foi analisar os ecossistemas e, encon-
trando problemas, relatar e propor medidas de recuperação. A seguir, são reproduzidos trechos aleatórios extraídos dos relató-
rios desses dois pesquisadores.
Extraído aleatoriamente do relatório do pesquisador 1 (P1)
I – “por causa da diminuição drástica das espécies vegetais deste ecos-
sistema, como os pinheiros, a gralha azul também esta em processo de
extinção”.
II – “As árvores de troncos tortuosos e cascas grossas que predominam
nesse ecossistema estão sendo utilizados em carvoarias”.
Extraído aleatoriamente do relatório do pesquisador 2 (P2)
III – “Das palmeiras que predominam nesta região podem ser extraídas
substâncias importantes para a economia regional”.
IV – “Apesar da aridez desta região, em que encontramos muitas plan-
tas espinhosas, não se pode desprezar a sua biodiversidade”.
Os trechos I, II, III e IV referem-se, pela ordem, aos seguintes ecossis-
temas:
A) Caatinga, Cerrado, Zona dos Cocais e Floresta Amazônica.
B) Mata das Araucárias, Cerrado, Zona dos Cocais e Caatinga.
C) Manguezais, Zona dos Cocais, Cerrado e Mata Atlântica
D) Floresta Amazônica, Cerrado, Mata Atlântica e pampas
E) Mata Atlântica, Cerrado, Zona dos Cocais e Pantanal

Professor Silvio Araujo de Sousa - Geografia - Escola Estadual Professor Renê Rodrigues de Moraes - Guarujá - SP - Brasil