PAINEL SEMIÓTICO

SEMIÓTICA E DESIGN
Wladmir Perez

SEMIÓTICA
A Semiótica é mais que uma ferramenta de criação em projeto, ela determina os caminhos para que possamos manter uma comunicação direta com os usuários. É por meio da semiótica que estruturamos uma linguagem onde o objeto e o usuário se li d bj t ái relacionam de forma significativa.

Wladmir Perez

LÓGICA TRIÁDICA DE PEIRCE
A definição peirceana do signo inclui três categorias: g 1 – A da matéria; 2 – A da objetivação; 3 – A da interpretação
Interpretação
Wladmir Perez

ão Objetivaçã

Matéria

DA MATÉRIA, REALIDADE
Da l ã d i D relação do signo consigo mesmo, i é i isto é, da natureza do seu fundamento, ou daquilo que lhe dá capacidade para funcionar como tal, que pode ser sua qualidade, sua existência concreta ou seu caráter de lei, advém uma lei teoria das potencialidades e limites da significação.

Wladmir Perez

DA OBJETIVAÇÃO
Da relação do fundamento com o objeto ou objeto, seja, com aquilo que determina o signo e que é, ao mesmo tempo, aquilo que o signo representa tempo como “imagem” e ao qual se aplica, e que pode ser tomado em sentido genérico como o contexto do signo, extrai-se uma teoria da objetivação, que estuda todos os p j ç ,q problemas relativos à denotação, à realidade e referência, ao documento e ficção, à mentira e decepção.
Wladmir Perez

DA INTERPRETAÇÃO
Da l ã d f d D relação do fundamento com o interpretante, deriva-se uma teoria da interpretação, interpretação com as implicações quanto aos seus efeitos sobre o intérprete, individual ou coletivo. coletivo

Wladmir Perez

DEFINIÇÕES DETALHADAS
OBJETO DO SIGNO
(realidade) ( lid d )

SIGNO (qualquer coisa,, de (q q
qualquer espécie)

Representa uma outra coisa

OBJETO DO SIGNO

Produz um EFEITO INTERPRETATIVO em uma mente real ou potencial, efeito este que é chamado de INTERPRETANTE h d d

DO SIGNO
Wladmir Perez

DEFINIÇÕES DETALHADAS
OBJETO DO SIGNO SIGNO
(realidade) ( lid d )

GRITO

Representa uma outra coisa

SOM, APURO SOM APURO, SOFRIMENTO OU ALEGRIA

EFEITO INTERPRETATIVO: Angústia, desespero. Correr para ajudar, ignorar, gritar junto, etc.

INTERPRETANTE
Wladmir Perez

MAIS UM EXEMPLO
SIGNO REPRESENTAÇÃO NA MINHA MENTE. REPRESENTAMEN

EXISTE UMA BOLA DE BASQUETE

OBJETO DO SIGNO
(realidade) ( lid d )

Representa uma outra coisa

O QUE DESEJO LHE TRANSMITIR ( (A BOLA) )

EFEITO INTERPRETATIVO: é o conceito que eu relaciono ao signo que crio na minha mente. Os valores que relaciono com a BOLA, seu significado. g INTERPRETANTE
Wladmir Perez

OBJETO DO SIGNO
Tanto quanto o próprio signo, o objeto do signo também pode ser qualquer coisa de qualquer espécie. Essa “coisa” qualquer está na POSIÇÃO DE OBJETO porque é coisa representada pelo signo. Signo é aquilo que está na mente no lugar do objeto

O que define signo, objeto e interpretante, portanto, é a posição lógica que cada um desses três elementos ocupa no processo representativo mental. mental

Wladmir Perez

AS TRICOTOMIAS DOS SIGNOS
- QUALI-SIGNO, SIN-SIGNO e LEGI-SIGNO

Refere-se a natureza material, de potência do signo, p g ou seja o que o signo tem valor ou “energia” para o interpretante, quem observa. Pura qualidade Refere-se a outro signo Faz parte de uma regra

Wladmir Perez

AS TRICOTOMIAS DOS SIGNOS
- ÍCONE, ÍNDICE e SÍMBOLO
Tomando-se a relação do signo com seu objeto, sua identificação e nomeação. É a forma como classificamos o signo na mente. Por esse motivos que nomeamos objetos como se fossem signos. Os signos são “objetos”, mentais. Como não podemos têg j , p los na mente (os objetos reais), temos os signos no lugar deles.

Wladmir Perez

AS TRICOTOMIAS DOS SIGNOS
- REMA, DICENTE e ARGUMENTO

É a relação do signo com seu interpretante, isto é como o signo vai se f i i formando na mente, como um d t processo dinâmico de raciocínio, significação. Sentimos (REMA), verificamos as possibilidades (DICENTE) e por final concluímos algo (ARGUMENTO) p g

Wladmir Perez

PIRÂMIDE DE PEIRCE
(I) Remático Icônico Qualissigno (V ) Remático á Icônico Legissigno ( VIII ) Remático Símbolo Legissigno (X) Argumetno Simbólico Legissigno

( II ) Remático Icônico Sinsigno

( VI ) Remático Indicial Legissigno

( IX ) Remático Icônico Qualissigno

( III ) Remático Indicial Sinsigno

( VII ) Discente Indicial Legissigno

( IV ) Discente Indicial Sinsigno
Wladmir Perez

REFERÊNCIAS
As referências Semióticas deverão ser obtidas do universo significativo do d usuário, d seu universo cultural. á i do i l l Seus valores, conceitos e idéias, e p principalmente desejos, muitas p j vezes não declarados. Cabe ao Designer decodificar esses Designer, signos

Wladmir Perez

REFERÊNCIAS
O PÚBLICO
Conhecer o público a que se destina o produto envolve saber • Hábitos, costumes • Comportamentos • Desejos declarados ou não • Preferências culturais • Gostos aspectos psicológicos e filosóficos Gostos,

Wladmir Perez

SIGNO e REFERÊNCIAS CULTURAIS
SUJEITO

PRODUÃO CULTURAL

AMBIENTE
Wladmir Perez

MEDIAÇÃO SEMIÓTICA e REFERÊNCIAS

Cenário sujeito1
significados Objetos signos

sujeito2
significados

sujeito3
significados

Contexto mais amplo
Wladmir Perez

DESIGN, PROJETO E ARGUMENTO
SUJEITOS USUÁRIO INTERESSES ENVOLVIDOS NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS Novidades, bons produtos e preços razoáveis. Necessidades FUNÇÕES Percepção

DESIGNER

Inovação, Inovação atendimento das necessidades dos usuários

intérprete tradutor

OBJETO

Conjunto de significados, signos referentes as necessidades dos usuários

Significar

Wladmir Perez

LINGUAGEM VISUAL

QUAL O PAPEL DA SEMIOTICA?

Wladmir Perez

LINGUAGEM VISUAL LINGUAGEMVISUAL
Proporcionar Sentido cultural Sentidos emocionais ao

DESIGN

Wladmir Perez

SEMIÓTICA E CULTURA
A cultura como linguagem. A linguagem é o “o elo que une domínios diferentes da vida no planeta”. Compreender toda e qualquer linguagem, todas as formas de expressão, que vão além d esfera social, estão na cultura e lé da f i l tã lt abarcam todos os aspectos da vida

Wladmir Perez

SEMIÓTICA E CULTURA
A cultura é memória é aquele conjunto de informações memória, que os grupos sociais acumulam e transmitem por meio de diferentes manifestações do processo da vida, como a religião, a arte, o di it (l i ) f li iã t direito (leis), formando um t id um d tecido, “continuum semiótico” sobre o qual se estrutura o mecanismo das relações cotidianas.

Wladmir Perez

SEMIÓTICA E CULTURA
A cultura é inteligência coletiva um sistema de “proibições e prescrições” que molda a dinâmica da vida social, mas leva em consideração não só os aspectos do socius, mas todos os fenômenos que incidem sobre a consciência coletiva. São programas de comportamento que permitem converter d t t it t acontecimentos em conhecimento.

Wladmir Perez

SEMIÓTICA E CULTURA
As informações da natureza e dos fenômenos históricos e ambientais vão inferindo consciência no grupo social e passam a fazer parte da memória coletiva: um dado signo ganha um só significado para um dado grupo, se transformam em expressões simbólicas. i bóli A cultura é um sistema de armazenamento, processamento e transferência de informação informação.

Wladmir Perez

REFERÊNCIAS, CUTURA E SIGNIFICAÇÃO
O PÚBLICO

Funções psíquicas tem origem nos processos sociais ( são relações sociais interiorizadas). As Referências situam o usuário num CONTEXTO

SÓCIO-CULTURAL
Wladmir Perez

REFERÊNCIAS, CUTURA E SIGNIFICAÇÃO
O PÚBLICO
Após a coleta de informacões é necessário organizarmos em categorias, numa hierarquia que nos possibilite associarmos a cada conceito e idéias, imagens (objetos, formas, etc) numa ordem de valor e significação e dentro de uma taxionomia semiótica.

• Ícones

• Índices • Símbolos
Wladmir Perez

REFERÊNCIAS, CUTURA E SIGNIFICAÇÃO
O PÚBLICO
É importante ressaltar que os significados só valem para o público de onde se obtém essas referências, não podendo ser inferidos a outros grupos grupos. Cada signo significa algo para aquele público , é um conjunto de significados significados, um dicionário de idéias representadas por meio de objetos, imagens, formas, aspectos gráficos, enfim um conjunto de p g , j representacões PLÁSTICAS associadas a conceitos. Para cada grupo de usuários podemos criar um PAINEL DE REFERÊNCIAS
Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS
É um conjunto de signos referentes a um determinado usuário, grupo ,g p sócio-cultural, com suas respectivas significações. É um instrumento de codificação e decodificação dos desejos, necessidades, hábitos e comportamentos desses grupos.

Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS
Um painel Semiótico advém de uma vasta pesquisa das referências dos usuários. No desenvolvimento d um objeto d d l de b devemos considerar as referências que possam ser transformadas em objetos. Este Painel deve conter as principais referências do grupo de usuário ao qual se destina o produto do design design.

Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS
Vale dizer que tudo o que existe e que é percebido pelos sentidos (todos os sentidos) tem alguma significação para nós, p porém algumas coisas tem significados g g marcantes dentro de uma hierarquia de valor. São essas referências que devemos buscar e selecionar e que servirão para a construção do novo objeto. Após a seleção das principais referências devemos qualificá-las, conforme a seguir:

Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS
IDENTIFICAÇÃO DE SUA CATEGORIA DE SIGNO Que classe de signo pertence o objeto percebido; ÍCONE, ÍNDICE ou SÍMBOLO. Lembrando que cada definição do signo tem uma função um valor para quem percebe. A rotulação e/ou nomeação doque percebemos também serve para que possamos nos lembrar e resgatar das nossas lembranças. lembranças

Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS

Signo, Signo emoção e conceito na mente

Percepção Realidade, contexto

SIGNIFICAÇÃO Qual significado o objeto percebido tem para o usuário. usuário. Que conceitos estão relacionados ao objeto toda vez que o usuário o vê. vê. A tudo que percebemos damos um valor e um conceito, conceito, além de um rótulo para que nossa memória posssa resgatá-lo posteriormente. resgatá- posteriormente.
Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS

Elementos de Referência • Texturas • Cores • Formas • Linhas • Organização, Composição

JUSTIFICATIVA A justificativa é o entendimento dos significados, isto é cada detalhe plástico da coisa percebida, sua textura, sua forma, suas linhas, linhas composição representa e significa alguma coisa. Se eu digo que a imagem ao lado representa clareza, pureza é porque a cor azul nesse determinado tom tem esse significado para mim, além dos outros detalhes da representação.

Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS
Portanto num PAINEL SEMIÓTICO devo ter além das referências (as coisas) a coisas) descrição das mesmas seguindo os itens abaixo: abaixo:

A CATEGORIA DO SIGNO SUA SIGNIFICAÇÃO SUA JUSTIFICATIVA

Wladmir Perez

EXEMPLO
O PÚBLICO

Defino o meu público, usuário. Q Quem é ele, em que contexto , q ele está inserido, seus hábitos, valores; sociais, culturais, políticos, etc políticos etc.

Wladmir Perez

EXEMPLO
SIGNOS

Painel de referência semióticas Seleciono as referências que mais representam esse público. Classifico-os, identificando em que categoria de valor semiótico cada referência se enquadra.

símbolo

símbolo índice

ícone
Wladmir Perez

EXEMPLO
SIGNIFICAÇÃO, CONCEITO

Qual o significado cada referência tem para o público, que conceitos estão relacionados as coisas que selecionei. q Por exemplo: A bandeira pode ser símbolo de nacionalismo, identidade, ufanismo...etc.
símbolo

símbolo

índices ícone
Wladmir Perez

EXEMPLO
JUSTIFICATIVA

Cada referência tem um signo correspondente e consequentemente um conceito. Associo os significados às características plásticas: g p Cores. Linhas, Formas, Texturas, Organização, etc.

símbolo

símbolo

índices ícone
Wladmir Perez

EXEMPLO
O PÚBLICO PRODUTO REFERÊNCIAS

SIGNO
O objeto criado gera outro signo que f á b fará parte do conjunto de signos do usuário
Wladmir Perez

PAINEL DE REFERÊNCIAS
Outros modelos

Wladmir Perez

REFERÊNCIAS E SIGNIFICAÇÃO

O fogo é um ícone de energia, vitalidade, dinamismo. A cor laranja enfatiza o aspecto energético, quente e de movimento. O fogo também tem um caráter místico representando um ser át í ti t d misterioso e poderoso.

O girassol é um índice da forma do sol, tanto pelo seu aspecto formal como cromático. O girassol também se caracteriza como um símbolo por essas características. t í ti

Wladmir Perez

REFERÊNCIAS E SIGNIFICAÇÃO

Os aspecto estéticos/gráficos se tornaram é / áf um símbolo no universo eletrônico transformandotransformando-se em papel de parede representando um p p pensamento de pessoas que estão atentas as novidades e novos conceitos.

O filme Matrix pelas características estéticas (cor, cenário e argumento e filosofia) se caracteriza como um ícone de modernidade, visão de futuro e tecnologia. El t bé t t l i Ele também transita pelo it l universo do símbolo sendo referência e paradigma de inovação.
Wladmir Perez

REFERÊNCIAS E SIGNIFICAÇÃO

A roda de bicicleta representa leveza, economia, movimento e ao mesmo tempo tecnologia, portanto pode se caracterizar como um símbolo Pode símbolo. também ser um índice de agilidade e flexibilidade.

Esta imagem/objeto representa doçura, leveza, amor pelas suas cores e suavidade das formas. Estas características, portanto podem ser um índice de amor e delicadeza.
Wladmir Perez

REFERÊNCIAS E SIGNIFICAÇÃO

Esta imagem pelas cores e formas representa dinamismo, modernidade,e criatividade. Podemos considerar essas características como de um ícone ou mesmo símbolo

O filme Matrix pelas características estéticas (cor, cenário e argumento e filosofia) se caracteriza como um ícone de modernidade, visão de futuro e tecnologia. Obj t são criados t l i Objetos ã i d utilizando recursos estéticos do cenário.
Wladmir Perez

PRODUTO

CHUVEIRO

A aplicação semiótica e o desenvolvimento de um projeto passa inicialmente pela definição das características funcionais e requisitos básicos de um produto
Wladmir Perez

PROJETO

CHUVEIRO

REFERÊNCIA

Wladmir Perez

PROJETO

CHUVEIRO

REFERÊNCIAS

Wladmir Perez

PROJETO

CHUVEIRO

REFERÊNCIA

Wladmir Perez

PROJETO

CHUVEIRO

Wladmir Perez

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful