Você está na página 1de 6

Zoologia UFRJ- Normas de monografia-2003-em 11/06/03 - 1

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS,
BACHARELADO EM BIOLOGIA, MODALIDADE ZOOLOGIA,
DO INSTITUTO DE BIOLOGIA DA UFRJ
Regulamento para a realização do
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)
Aprovado pelo corpo deliberativo do Depto de Zoologia,
reunido em 05 de junho de 2003
A - DOS OBJETIVOS
Artº. 1 - Este regulamento tem por objetivo estabelecer as normas relativas ao REQUISITO
CURRICULAR COMPLEMENTAR - RCC (IBZ - K01), indispensável à colação de grau no
Curso de Graduação em Ciências Biológicas, BACHARELADO EM BIOLOGIA,
MODALIDADE ZOOLOGIA, do Instituto de Biologia da UFRJ.
Parágrafo Único - o RCC equivale a 6 (seis) créditos. Além disso, para a obtenção do
grau de Bacharel em Ciências Biológicas com concentração de estudos na Modalidade
Zoologia, os alunos deverão cumprir 42 créditos, sendo 18 créditos em disciplinas obrigatórias
e 24 créditos em disciplinas eletivas (optativas).
.
Artº. 2 - O RCC será obtido sob a forma de um TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO
- TCC, o qual terá como objetivos demonstrar que o aluno conhece e é capaz de aplicar o
método científico e que domina um conjunto mínimo de técnicas analíticas e/ou próprias de sua
área de atuação.
Artº. 3 - O TCC consiste em pesquisa individual feita pelo aluno, sob supervisão de um
pesquisador e avaliada por uma Banca Examinadora especificamente designada para tal fim,
tendo por escopo propiciar ao aluno:
I. estímulo à investigação científica na área zoológica;
II. domínio de conhecimentos sobre procedimentos de produção científica, abrangendo a
formulação de projetos de pesquisa, procedimentos metodológicos de coleta, análise e
interpretação de dados e formulação de relatórios;
III. desenvolvimento do pensamento crítico e contribuição para o avanço na produção científica
B -.DA ORIENTAÇÃO
Artº. 4 - A orientação do Trabalho de Conclusão de Curso poderá ser exercida por docente ou
pesquisador da UFRJ ou de outra instituição, seguidos os seguintes critérios:
Orientação exercida por docente do Departamento de Zoologia.
Neste caso, poderá figurar como único orientador do TCC, embora a existência de um segundo
orientador seja permitida.
Zoologia UFRJ- Normas de monografia-2003-em 11/06/03 - 2
Orientação exercida por pesquisador não docente do Departamento de Zoologia.
O pesquisador não docente do Departamento de Zoologia poderá exercer a orientação de
alunos. Neste caso, haverá a necessidade de um docente do Departamento se responsabilizar
pelos atos acadêmicos relacionados à graduação do aluno e este docente será considerado
também orientador.
Orientação exercida por pesquisador ou docente externo ao Departamento.
Neste caso, implicará na necessidade de orientação conjunta de um docente do Departamento
de Zoologia. Tanto o orientador externo quanto o interno serão reconhecidos e chamados de
orientadores. A exceção a essa regra acontecerá quando um docente externo ao departamento,
mas interno a UFRJ, ministrar disciplinas do Departamento de Zoologia. Neste caso, o docente
será tratado como docente do Departamento e a figura de um segundo orientador não será
obrigatória.
Parágrafo Único - Para a inscrição no Bacharelado o aluno deverá apresentar uma carta
de aceite do(s) orientador(es).
Artº. 5 - São deveres do(s) orientador(es):
I - Propor ao aluno e/ou deliberar juntamente com ele sobre o tema, a composição da banca
examinadora e a data de defesa do TCC .
II. Fornecer um aval formal de que o TCC está pronto para ser defendido, por meio de uma
carta de encaminhamento dos exemplares destinados à banca examinadora para sua avaliação.
III. Encaminhar para apreciação em reunião departamental e devida homologação pelo Corpo
Deliberativo de Departamento uma lista de nomes para composição da Banca Examinadora do
TCC.
IV - Em sendo docente do Departamento de Zoologia, deverá atuar como orientador acadêmico
do aluno.
V – O orientador externo ao Departamento receberá uma cópia deste regulamento, devendo
comprometer-se formalmente com o seu cumprimento através de um termo de compromisso de
orientação.
Artº. 6 - O não cumprimento, pelo aluno, de suas responsabilidades e deveres, autoriza o(s)
orientador(es) a solicitar (em) à Coordenação do Bacharelado em Zoologia seu desligamento
dos encargos da orientação do referido trabalho.
C – DO BACHARELANDO
Artº. 7 - Considera-se aluno bacharelando em fase de realização de TCC, o estudante que esteja
regularmente matriculado no Curso de Graduação em Ciências Biológicas, Bacharelado em
Biologia, Modalidade Zoologia, e inscrito na disciplina Requisito Curricular Complementar
(IBZ- K01), dispondo de projeto de pesquisa aprovado por seu(s) orientador(es), e formalmente
registrado junto à Coordenação de Ensino do Departamento de Zoologia.
Parágrafo Único - A inscrição no RCC deverá ocorrer no momento que o orientador
achar conveniente. Ressalta-se, entretanto, que após a inscrição o aluno disporá de até 4
(quatro) períodos para finalizar o seu TCC (incluindo sua defesa).
Zoologia UFRJ- Normas de monografia-2003-em 11/06/03 - 3
Artº. 8 - São deveres do aluno em fase de Trabalho de Conclusão de Curso:
I. Comparecer às reuniões convocadas pelo Coordenador de Ensino do Departamento de
Zoologia ou pelo(s) seu(s) orientador(es);
II. Manter contatos periódicos com o(s) orientador(es), a fim de submeter o trabalho realizado à
avaliação do(s) mesmo(s) e receber as orientações necessárias à continuidade da pesquisa,
justificando sempre eventuais ausências;
III. Cumprir os prazos estabelecidos pela Coordenação de Ensino do Departamento de Zoologia
quanto ao projeto monográfico, relatórios parciais, entrega da versão completa do TCC para
avaliação da Banca Examinadora e para arquivo na Universidade;
IV.Cumprir as indicações do(s) orientador(es) e as Normas deste regulamento, no que concerne
ao processo de elaboração de seu TCC;
V. Apresentar e defender seu TCC, perante Banca Examinadora, em dia, hora e local
estabelecidos pela Coordenação, sob pena de ser reprovado na disciplina RCC.
VI Deliberar juntamente com o(s) orientador(es) sobre o tema, a Banca Examinadora e a data
de defesa da monografia. Em caso de discordância entre orientador(es) e orientando sobre a
composição da Banca prevalecerá a posição do(s) orientador(es).
VII. Solicitar, mediante justificativa por escrito ao Coordenador do Bacharelado, a substituição
do(s) orientador(es).
VIII. Escrever e submeter ao Coordenador de Ensino seu Projeto de TCC dentro do prazo de
trancamento de disciplina, após sua inscrição na disciplina Requisito Curricular Complementar
(IBZ- K01), sob pena de cancelamento desta inscrição. Tal plano deverá ter, obrigatoriamente,
a anuência e a assinatura do orientador.
D - DA ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE TCC
Artº. 9 - Na formulação do projeto de TCC, o aluno atenderá às Normas estabelecidas por este
Regulamento e às indicações de seu(s) orientador(es).
Parágrafo Único. A estrutura formal e apresentação do projeto seguirão o modelo em
anexo.
Art 10º. Estruturalmente, o projeto será constituído de 3 (três) seções e mais o Cronograma de
Atividades e a Bibliografia, distribuídos como segue:
Zoologia UFRJ- Normas de monografia-2003-em 11/06/03 - 4
MODELO DE PLANO DE TRABALHO (PROJETO de TCC)
Capítulo 1 - INTRODUÇÃO: Considerações Iniciais; Delimitação do Tema de Pesquisa;
Objetivos; Justificativa; Relevância do Tema, Revisão Bibliográfica.
Capítulo 2 – MATERIAL
2.1. Necessário
2.2. Disponível
2.3. A ser adquirido
Capítulo 3 - MÉTODOS;
Capítulo 4 - CRONOGRAMA DE ATIVIDADES
Capítulo 5 - BIBLIOGRAFIA
Artº. 11. Eventuais alterações na proposta de pesquisa serão permitidas em qualquer tempo,
desde que autorizadas pelo(s) orientador(es) e aprovadas pelo Corpo Deliberativo do
Departamento.
E – AS DIFERENTES FORMAS DO TCC
Artº. 12 - O TCC poderá ser elaborado sob a forma de uma Monografia, ou de um Artigo
Científico.
Parágrafo Único – Qualquer que seja a forma escolhida para a elaboração do TCC, o
bacharelando deverá fazer uma apresentação e defesa públicas do trabalho executado, para
ciência da comunidade acadêmica.
Artº. 13 – O Artigo Científico a que se refere o capítulo anterior deve estar publicado, ou aceito
para publicação, em periódico científico indexado. No primeiro caso, deverão ser encaminhadas
para avaliação separatas, no segundo caso, cópias do manuscrito do artigo acompanhadas pelo
aceite definitivo do periódico ao qual foi submetido o trabalho.
Parágrafo 1
o.
– Serão autores do artigo científico somente o aluno e seu orientador ou
orientadores. A ordem de autoria será definida pelos próprios autores do trabalho.
Parágrafo 2
o.
- Recomenda-se que as publicações se façam acompanhar da seguinte nota
de rodapé: "Trabalho apresentado ao Departamento de Zoologia, Instituto de Biologia da UFRJ
como Requisito Curricular Complementar para obtenção do grau de Bacharel em Biologia,
Modalidade Zoologia”.
F – DO ENCAMINHAMENTO DO TCC PARA AVALIAÇÃO
Artº. 14 - Depois de concluído e aprovado o TCC pelo(s) orientador(es), este(s)
encaminhará(ão) 5 (cinco) cópias do trabalho à Coordenação de Ensino do Departamento de
Zoologia, que providenciará a homologação da Banca Examinadora para avaliação/validação
do trabalho. Uma das cópias deverá ser entregue sem encadernação, para que possa ser
posteriormente encadernada junto com a ata da defesa.
Parágrafo Único – O encaminhamento deverá ser feito com 20 (vinte) dias de
antecedência em relação à data prevista para a defesa.
Zoologia UFRJ- Normas de monografia-2003-em 11/06/03 - 5
Artº. 15 – Na carta de encaminhamento do TCC, o(s) orientador(es) deverá(ão) sugerir uma
lista de 5 (cinco) nomes, em ordem decrescente de prioridade, para composição da Banca
Examinadora.
G - DA DESIGNAÇÃO DA BANCA EXAMINADORA
Artº. 16 - A designação da Banca Examinadora será de responsabilidade do Corpo Deliberativo
do Departamento de Zoologia, a partir da lista sugerida pelo(s) orientador(es).
Artº. 17 - A Banca Examinadora será constituída por 3 (três) membros, atendendo na sua
composição aos seguintes critérios:
I. ter no mínimo um membro do Departamento de Zoologia;
II. ter pelo menos um de seus membros externo ao Laboratório em que foi realizada a pesquisa
que resultou no TCC; e
III não ter a participação de nenhum dos orientadores na sua composição.
Artº. 18 - Em caso de impossibilidade de um membro-titular comparecer à defesa, este deverá
comunicar o problema à Coordenação de Ensino do Departamento de Zoologia, com
antecedência mínima de 5 (cinco) dias úteis em relação à data do evento, para que se
providencie a sua substituição por um membro-suplente, respeitando-se a composição
estabelecida no artigo anterior.
H - DA DEFESA E AVALIAÇÃO DO TCC
Artº. 19 - A defesa do TCC será pública e ocorrerá, obrigatoriamente, com a presença dos três
examinadores.
Artº. 20 - A seção pública de apresentação e defesa deverá constar de duas partes, a saber:
I. Apresentação: O aluno disporá de 30 minutos para apresentar os resultados de sua pesquisa.
II.Discussão: A forma de arguição será estabelecida entre o candidato e a Banca, devendo-se
respeitar o tempo máximo de 30 min. para cada membro da banca e igual tempo para a resposta
do candidato. Caberá ao presidente da Banca fazer valer essas recomendações.
Artº. 21 - A atribuição das notas ocorrerá após o encerramento da etapa de argüição,
obedecendo ao sistema de notas individuais por examinador, levando em consideração o texto
escrito, a sua exposição oral e a defesa na argüição pela Banca Examinadora.
I - CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO
Artº. 22 - A avaliação do TCC, definida como nota final da disciplina RCC, será expressa em
notas de zero a dez.
Parágrafo 1
o.
- A nota final do aluno é o resultado da média aritmética das notas
atribuídas pelos membros da Banca Examinadora.
Zoologia UFRJ- Normas de monografia-2003-em 11/06/03 - 6
Parágrafo 2
o.
- Para aprovação, o aluno deve obter nota igual ou superior a 7 (sete) na
média das notas individuais atribuídas pelos membros da Banca Examinadora.
Parágrafo 3
o.
- O aluno reprovado terá até 90 dias para refazer e reapresentar o TCC.
Artº. 23 - A Banca Examinadora poderá reunir-se em momento anterior à sessão de defesa
pública, caso qualquer dos membros julgue procedente solicitar ao aluno reformulações no
trabalho, antes de sua avaliação formal.
Parágrafo 1
o.
- No caso da indicação de reformulações anteriores à defesa, a banca
atribuirá conceito "I", ficando a defesa marcada para 30 (trinta) dias após, contados a partir da
data protocolada de devolução do trabalho ao aluno.
Parágrafo 2
o.
- O prazo para apresentar as alterações indicadas pela Banca é de, no
máximo, 30 (trinta) dias, a contar da data protocolada de devolução do trabalho ao aluno.
Artº. 24 - Quando o TCC for entregue com atraso, caberá à Coordenação de Ensino do
Departamento de Zoologia avaliar a pertinência da justificativa, que deverá ser apresentada e
assinada pelo aluno, com o visto do orientador.
Parágrafo Único. Comprovada a existência do motivo justificado e a anuência do(s)
orientador(es), o aluno será avaliado com conceito Incompleto (I)
Artº. 25 - A avaliação final, assinada pelos membros da Banca Examinadora e pelo aluno, será
registrada no livro de atas respectivo, ao final da sessão de defesa e, em caso de aprovação, na
cópia do TCC destinada ao arquivo da Coordenação de Ensino do Departamento de Zoologia.
Artº. 26 - Se reprovado, fica a critério do aluno a decisão de continuar a pesquisar sobre o
mesmo tema e de contar com o(s) mesmo(s) orientador(es).
Parágrafo Único. Optando por mudança de tema, o estudante reiniciará todo o processo
de produção do TCC, desde a elaboração do projeto de pesquisa.
Artº. 27 - Os casos omissos neste Regulamento serão encaminhados à avaliação da
Coordenação de Ensino e submetidos ao corpo deliberativo do Departamento de Zoologia.
Artº. 28 - Este Regulamento entra em vigor a partir de 2º semestre letivo de 2003, revogadas as
disposições em contrário.
A Coordenação de Ensino do Departamento de Zoologia
&
O Corpo Deliberativo do Departamento de Zoologia