Você está na página 1de 15

RESOLUÇÃO Nº 001 – COLEGIADO DE GRADUAÇÃO – CURSO DE

DIREITO -
BENFICA - CAMPUS FCAP
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO
DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO

I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art. 1°. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades


relacionadas com o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do currículo pleno do
Curso de Graduação em Direito da Universidade de Pernambuco (UPE),
indispensável para a colação de grau.

Art. 2°. O Trabalho de Conclusão de Curso consiste em pesquisa individual


orientada, relatada sob a forma de um artigo, em qualquer área do conhecimento
jurídico, no âmbito do Curso de Graduação em Direito

Art. 3°. Os objetivos gerais do Trabalho de Conclusão de Curso são os de propiciar


aos alunos do Curso de Graduação em Direito a ocasião de demonstrar o grau de
habilitação adquirido, o aprofundamento temático, o estímulo à produção científica, à
consulta de bibliografia especializada e o aprimoramento da capacidade de
interpretação e crítica do Direito.

II – DO(A) COORDENADOR(A) DE TCC

Art. 4°. O(a) Coordenador(a) de TCC é eleito(a), na forma do Regimento do Curso


de Graduação em Direito, pelo Colegiado do Curso, e designado pelo Coordenador
do Curso, dentre os professores com título mínimo de Mestre e experiência
comprovada em pesquisa.

§ 1°. O(a) Coordenador(a) de TCC é eleito para um mandato de 2 (dois) anos, a


partir da designação do Coordenador.

§ 2°. A carga horária administrativa atribuída a(o) Coordenador(a) de TCC é de até 4


(quatro) horas semanais.

§ 3° Juntamente com o Coordenador é eleito um (a) Sub-Coordenador (a) de TCC,


ao qual não é atribuída carga horária administrativa, e a quem compete a
substituição do Coordenador em seus afastamentos e impedimentos.

Art. 5°. Ao Coordenador (a) de TCC compete:


I - elaborar, semestralmente, o calendário de todas as atividades relativas ao TCC,
em especial, fixando prazos para a entrega das monografias, designação das
Bancas Examinadoras e o cronograma das defesas;

II - atender aos alunos matriculados na Disciplina atinente ao TCC, em dia e horário


a ser designado pelo Coordenador do Curso;
III - proporcionar, com a ajuda dos professores da Disciplina Metodologia da
Pesquisa em Direito, orientação básica aos alunos em fase de produção do TCC;

IV - manter, na Coordenadoria de TCC, arquivo atualizado com os projetos de


monografia em desenvolvimento;

V - convocar, sempre que necessário, reuniões com os Professores Orientadores e


alunos matriculados na Disciplina atinente ao TCC;

VI - indicar Professores Orientadores para os alunos que não os tiverem;

VII – homologar e arquivar os Termos de Compromisso de Orientação assinados


pelo Professor Orientador e o seu respectivo orientando.

VIII - manter atualizado o arquivo das atas de defesas de TCC's;

IX - providenciar o recebimento das versões impressas e em formato eletrônico


(Word) para encaminhamento às Bancas Examinadoras;

X - designar as Bancas Examinadoras dos TCC's, observando sempre que possível


as indicações do Professor Orientador;

XI - Verificar o encaminhamento, para depósito, de cópia digital das monografias


aprovadas; que deverão ser liberadas, definitivamente, pela Coordenadoria do
Curso, após observadas possíveis correções por parte da Banca Examinadora, em
prazo que não ultrapasse o semestre seguinte ao da defesa;

XII - tomar, no âmbito de sua competência, todas as demais medidas necessárias ao


efetivo cumprimento deste Regulamento;

XIII - apresentar, ao Colegiado do Curso de Direito, quando solicitado, relatório do


trabalho desenvolvido no exercício da Coordenadoria de TCC.

III - DOS PROFESSORES ORIENTADORES DO TCC

Art. 6°. O TCC é desenvolvido somente sob a orientação de um professor do Curso


de Graduação de Direito do Campus de Arcoverde.

§1º. O TCC é atividade de natureza acadêmica e pressupõe a alocação de parte do


tempo de ensino dos professores à atividade de orientação, na forma prevista nas
normas internas da UPE.
§2º. Cada orientação de TCC corresponde a 1 (uma) hora semanal, a ser
computada dentre as atividades de ensino.

Art. 7°. Cabe ao aluno escolher o Professor Orientador, devendo, para esse efeito,
realizar o convite levando em consideração os prazos estabelecidos em portaria
específica do(a) Coordenador(a) de TCC.

§ 1°. O Professor Orientador deve assinar o Termo de Compromisso de Orientação


apresentado pelo aluno que, posteriormente, deve ser levado junto ao Coordenador
de TCC para homologação arquivamento;

§ 2°. Pode o aluno contar com a colaboração de outro professor da UPE que não o
seu Professor Orientador ou de profissional que não faça parte do corpo docente do
Curso de Graduação em Direito da UPE, atuando como Professor Coorientador,
desde que obtenha a aprovação de seu Professor Orientador.

§ 3°. O nome do Coorientador deve constar dos documentos e relatórios entregues


pelo aluno.

Art. 8°. Na situação em que o aluno não encontre nenhum professor que se
disponha a assumir a sua orientação, deve procurar a Coordenação de TCC a fim de
que lhe indique um Professor Orientador.

Parágrafo único. Na indicação de Professores Orientadores, o(a) Coordenador(a) de


TCC deve observar o Plano de Atividades do Curso e levar em consideração,
sempre que possível, a distribuição de acordo com as áreas de interesse dos
professores, bem como a distribuição equitativa de orientandos entre eles.

Art. 9°. Cada professor pode orientar, no máximo, 5 (cinco) alunos por semestre;
observando-se, sempre, o comprometimento da carga horária do professor com
outras atividades de Gestão Acadêmica, Ensino, Pesquisa e Extensão .

Art. 10. A substituição de Professor Orientador só é permitida quando outro docente


assumir formalmente a orientação, mediante aquiescência expressa do professor
substituído e mediante a feitura de um novo Termo de Compromisso de Orientação.

Parágrafo único. É da competência da Coordenação de TCC a solução de casos


especiais, podendo, se entender necessário, encaminhá-los para análise pelo
Colegiado do Curso.

Art. 11. O Professor Orientador tem, entre outros, os seguintes deveres específicos:

I - frequentar as reuniões convocadas pela Coordenação de TCC;


II – atender, no mínimo, quinzenalmente, seus alunos orientandos, em horário
previamente fixado, ou fazê-lo por meio eletrônico;

III – Preencher a Ficha de Acompanhamento do Orientando, observando os dias de


atendimento e os resultados da produção do TCC que lhes forem entregues pelos
orientandos;

IV - participar das defesas para as quais estiver designado;

V - assinar, juntamente com os demais membros da Banca Examinadora, as fichas


de avaliação das monografias e as atas finais das sessões de defesa;

VI - requerer à Coordenação de TCC a inclusão dos TCC de seus orientandos na


pauta semestral de defesa;

VII - cumprir e fazer cumprir este Regulamento.

Art. 12. A responsabilidade pela elaboração do TCC é integralmente do aluno, o que


não exime o Professor Orientador de desempenhar adequadamente, dentro das
normas definidas neste Regulamento, as atribuições decorrentes da sua atividade
de orientação.

Parágrafo único. O não cumprimento do disposto nos artigos 14 a 20 deste


Regulamento autoriza o professor a desligar-se dos encargos de orientação, através
de comunicação oficial à Coordenação de TCC.

IV - DOS ALUNOS EM FASE DE REALIZAÇÃO DO TCC

Art. 13. Considera-se aluno em fase de realização do TCC, aquele regularmente


matriculado na disciplina respectiva (Trabalho de Conclusão de Curso 1 e 2),
pertencente ao currículo do Curso de Graduação em Direito.

Art. 14. O aluno em fase de realização do TCC tem, entre outros, os seguintes
deveres específicos:

I – Assinar o Termo de Comprometimento de Orientação junto ao respectivo


professor Orientador.

II - frequentar as reuniões convocadas pela Coordenação de TCC ou pelo seu


Professor Orientador;

III - manter contatos, no mínimo, quinzenais com o Professor Orientador para


discussão e aprimoramento de sua pesquisa, devendo justificar eventuais faltas;

IV - cumprir o calendário divulgado pela Coordenadoria de TCC para entrega de


projetos, relatórios parciais, versão para avaliação da Banca Examinadora e versão
final do TCC;
V – entregar, ao Professor Orientador, o que já foi produzido no Trabalho de
Conclusão do Curso para eventuais ajustes e correções;

VI - elaborar a versão para avaliação da Banca Examinadora e a versão definitiva do


seu TCC, de acordo com o presente Regulamento e as instruções de seu Professor
Orientador e da Coordenação de TCC;

VII - entregar à Coordenação de TCC; até o prazo máximo fixado pelo calendário,
sempre, no final do semestre em que estiver matriculado na Disciplina respectiva,
para encaminhamento à Banca Examinadora, número de cópias impressas e
encadernadas do trabalho para cada membro da Banca Examinadora, inclusive para
o membro suplente, para o orientador e para o co-orientador, se houver.

VIII - comparecer em dia, hora e local determinados para apresentar e defender o


TCC;

IX - cumprir e fazer cumprir este Regulamento.

V - DOS PRÉ-REQUISITOS E DAS VAGAS

Art. 15. Para se matricular nas atividades atinentes ao TCC, o aluno do Curso de
Graduação em Direito deve ter cursado as disciplinas Metodologia da Pesquisa e
Trabalho de Conclusão de Curso 1;
Parágrafo único. O não cumprimento do disposto neste artigo implica o
cancelamento automático da matrícula na respectiva atividade disciplina.

Art. 16. A matrícula nas atividades na Disciplina atinente ao TCC atribui ao aluno o
direito de escrever e defender sua monografia, conforme calendário estabelecido
pela Coordenação de TCC.

Art. 17. O número total de vagas oferecidas por semestre para disciplina atinente ao
TCC deve ser, no mínimo, tanto no curso diurno como no noturno, igual ao número
de alunos em condições de nele colar grau.

VII – DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

Art. 18. O artigo, expressão formal do TCC, deve ser elaborada considerando-se:

I - na sua estrutura formal, os critérios técnicos estabelecidos nas normas da ABNT


sobre documentação, no que forem eles aplicáveis;

II - no seu conteúdo, as finalidades estabelecidas no artigo 3° deste Regulamento e


a vinculação direta do seu tema com um dos ramos do conhecimento na área do
Direito, preferencialmente aqueles identificados pelas disciplinas ofertadas no
currículo.

Parágrafo único. A parte textual do TCC deve possuir no mínimo 20 (vinte) páginas
da introdução até a conclusão (ou considerações finais).

Art. 19. A estrutura do TCC será composta de acordo com as regras constantes do
anexo IV.

Art. 20. As cópias dos TCCs encaminhadas à Banca Examinadora em (3) três vias
devem ser apresentadas preenchendo os seguintes requisitos:
I - datilografada ou impressa em espaçamento 1 ½ (um e meio), em papel branco
tamanho A4, letra tipo times new roman ou arial tamanho 12 (doze), ou equivalente;

II – margens, superior e lateral esquerda, 3 (três centímetros) e margens direita e


inferior, 2 (dois centímetros);

III - encadernada em espiral;

IX - DA BANCA EXAMINADORA E DA
AVALIAÇÃO DO TCC

Art. 21. O TCC será apresentado e defendido em sessão pública, durante período
aprazado, semestralmente, pela Coordenação de TCC, quando seus autores serão
arguidos pela Banca Examinadora.

Art. 22. A entrega do TCC para a leitura e análise dos membros da Banca
Examinadora deve ocorrer, no mínimo, 15 (quinze) dias antes da data prevista para
a defesa.

§ 1°. O TCC será entregue em versão digital (1) e em cópias impressas (3), em
número suficiente, para os membros titulares e suplentes da Banca Examinadora.

§ 2°. Compete, ao Professor Orientador; uma vez atestada, pelo aluno, na versão
depositada para a defesa, verificar a veracidade e ineditismo do TCC.

§ 3°. Quando o TCC for entregue com atraso, a relevância do motivo deve ser
avaliada pela Coordenação de TCC, ouvidos, o Orientador de TCC e os membros
da Banca Examinadora que deliberarão sobre a exequibilidade dos trabalhos de
leitura e avaliação para a definitiva defesa pública.

Art. 23. O TCC será avaliado por Banca Examinadora aprovada pela Coordenação
de TCC composta, no mínimo, por três membros, sendo, o Professor Orientador,
seu Presidente, acompanhado por mais dois membros indicados por aquele e
designados pela Coordenação de TCC, preferencialmente, entre os professores do
curso de Direito do Campus Arcoverde e, excepcionalmente, professores de outros
Cursos de Graduação ou de Pós-graduação em áreas afins da UPE ou entre
profissionais de nível superior que exerçam atividades afins com o tema do TCC.

§ 1° No caso de indicação de profissionais de nível superior que exerçam atividades


afins com o tema do TCC e que não pertençam ao Curso de Graduação em Direito,
deverá ser anexada ao pedido de indicação de Banca Examinadora e marcação de
data de defesa, declaração contendo formação e titulação do convidado, bem como,
seus contatos telefônicos e de email.

§ 2°. Entre os membros da Banca Examinadora, apenas 01 (um) dos examinadores


pode ser externo ao curso de Graduação de Direito da UPE.

§ 3°. Todos os professores do Curso de Graduação em Direito – Campus Benfica –


podem ser convocados para participarem das Bancas Examinadoras, mediante
designação da Coordenação de TCC, desde que não estejam afastados mediante
licenças, férias ou outros motivos em prol da Universidade.

Art. 24. Após a definição das bancas examinadoras dos TCC´s, a Coordenação de
TCC divulgará a composição das mesmas, os horários e as salas destinadas às
suas defesas.

Parágrafo único. Os membros das Bancas Examinadoras serão designados e


receberão os TCC´s de forma a lhes garantir o prazo mínimo de (15) quinze dias
para procederem a sua leitura.

Art. 25. Na defesa, o aluno tem até 20 (vinte) minutos, prorrogáveis por mais (10)
dez minutos, para apresentar seu trabalho e cada componente da Banca
Examinadora, até 10 (dez) minutos para fazer sua arguição; dispondo, ainda, o
discente, de outros 10 (dez) minutos para responder a cada um dos examinadores.

Art. 26. A atribuição das notas dar-se-á após o encerramento da etapa de arguição,
obedecendo ao sistema de notas individuais por Examinador, levando em
consideração o texto escrito – forma e conteúdo, a sua exposição oral e as
respostas dadas durante a arguição pela Banca Examinadora.

§1º. A Avaliação será feita pelos membros da banca reservadamente, sem a


presença do aluno avaliado e dos demais ouvintes.

§ 2°. Utilizar-se-á, para a atribuição das notas, ficha de avaliação individual, na qual
os Examinadores e o Professor Orientador atribuem sua nota, considerando os
aspectos de forma, conteúdo e apresentação.

§ 3º. Na determinação da nota, os membros da Banca deverão pontuar até 4


(quatro) pontos para os aspectos relativos ao conteúdo, até 3 (três) pontos para os
aspectos relativos à forma e até 3 (três) pontos para os aspectos relativos à
apresentação.

§ 4°. A nota final do aluno é o resultado da média das notas atribuídas pelos
membros da Banca Examinadora.

§ 5°. Para aprovação o aluno deve obter, na média aritmética das notas atribuídas
pelos membros da Banca Examinadora, nota igual ou superior a 7 (sete).

Art. 27. A Banca Examinadora poderá reprovar; aprovar integralmente ou


parcialmente o TCC; sugerindo, ao aluno, que determinados aspectos sejam
reformulados.

§ 1º. O aluno será considerado automaticamente reprovado na disciplina de


Trabalho de Conclusão de Curso 2 quando sua nota for inferior a 7 (sete).

§ 2°. Quando sugerida a reformulação de aspectos do TCC e aceita, tal


determinação, pelo aluno, não lhe deve ser liberado o Termo de Aprovação de TCC
até à entrega definitiva de exemplar corrigido para análise do Professor Orientador
que, verificando as necessárias mudanças, entregará à Secretaria da Coordenadoria
do Curso a ata de defesa de TCC.

§ 3°. O prazo para apresentar as alterações sugeridas deve ser o estritamente


necessário, observando-se o calendário acadêmico e os prazos estabelecidos na
portaria inerente ao TCC, da parte da Coordenação de TCC, para o semestre em
que a defesa se realizou; sob pena de reprovação no respectivo semestre e de
necessária rematrícula no semestre seguinte, para a publicação da respectiva nota
para a Disciplina.

§ 4° Havendo recusa da parte do aluno em acatar as observações determinadas na


Ata de Defesa de TCC, restará o mesmo reprovado na Disciplina de TCC, ainda que
a nota obtida na defesa pública tenha sido a necessária para a aprovação.

Art. 28. A Banca Examinadora ou um de seus membros poderá, até a data e horário
aprazados para defesa, devolver o TCC, considerado insuficiente ou com problemas
que o impossibilitem de ser defendido, ao Professor Orientador para reformulações.

§ 1° O Professor Orientador poderá, nesse caso, adiar a defesa, se a mesma ainda


não houver sido iniciada e determinar, ao aluno, os necessários reparos
reagendando nova defesa junto aos membros da Banca Examinadora, observados
os prazos do § 2° do artigo anterior.

§ 2 ° O Professor Orientador poderá, discordando das prévias observações de


membro da Banca Examinadora, solicitar, à Coordenação de TCC, única
substituição de dito membro a ser deferido e homologado no Colegiado do Curso.
Art. 29. A avaliação final, verificada na Ata da Sessão de Defesa, constará no Termo
de Aprovação de TCC assinado por todos os membros da Banca Examinadora,
incluído, no TCC que será publicado no Repositório da Biblioteca Universitária.

Art. 30. O aluno que não entregar o TCC, ou que não se apresentar para a sua
arguição oral, sem motivo justificado na forma da legislação em vigor, é
automaticamente reprovado.

Art. 31. Ao aluno cujo TCC haja sido reprovado, é vedada a defesa do mesmo ou de
novo TCC, qualquer que seja a alegação, no semestre da reprovação.

Art. 32. Compete ao Colegiado do Curso analisar os recursos das avaliações


realizadas pelas Bancas Examinadoras. Estes deverão ser interpostos no prazo
máximo de 5 (cinco) dias contados da data de publicação das avaliações.

X - DA ENTREGA DA VERSÃO DEFINITIVA DO TCC

Art. 33. A versão definitiva do artigo deverá ser submetida pelo aluno no Repositório
da UPE, de acordo com as normas e legislações em vigor. Deve ser apresentada (1)
uma versão definitiva após as correções, se houver, em capa dura, na cor preta com
as letras douradas na frente da capa e na lombada.

Art. 34. O depósito da versão definitiva da monografia é requisito para a colação de


grau e deverá ser efetuada até o último dia letivo do semestre da realização defesa.

XI - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 35. Compete ao Colegiado do Curso de Graduação em Direito dirimir as dúvidas


referentes à interpretação deste Regulamento, bem como suprir as suas lacunas,
expedindo os atos complementares que se fizerem necessários.

XII - DAS DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS

Art. 36. Este Regulamento entra em vigor na data de sua publicação.

Recife, PE, 14 de agosto de 2017.

José Durval Lins


Coordenador do Curso de Direito
Presidente do Colegiado do Curso
ANEXO I

Termo de Compromisso de Orientação de TCC

I - Dados de identificação do aluno:

Nome:
______________________________________________________________________

MAT:_________

II. - Dados de Identificação do Trabalho:

Título:___________________________________________________________________

________________________________________________________________________

________________________________________________________________________

Área: __________________________________________________________________

Palavras-chave: __________________________________________________________

Nome do orientador: ______________________________________________________

Co-orientador (se houver): _________________________________________________

Previsão de defesa do trabalho: ( ) 1o ( ) 2o semestre do ano _________________

III - Compromisso de orientação do Trabalho de Conclusão de Curso:

“Eu, ____________________________________________________________,
comprometo-me a orientar o trabalho acima referido, de acordo com as normas e os
prazos determinados pelo Curso de Graduação em Direito da UPE – Campus Benfica.”

Assinatura do Orientador: ___________________________________________________

Recife, _______ de ____________________________ de _______________.

Obs:____________________________________________________________________

________________________________________________________________________
ANEXO II

FICHA DE AVALIAÇÃO DO TCC

Aluno:
_______________________________________________________________________

Tema:
________________________________________________________________________

________________________________________________________________________

________________________________________________________________________

Avaliação

ORIENTADOR 1º AVALIADOR 2º AVALIADOR MÉDIA

CONTEÚDO (até 4pts)

FORMA (até 3pts)

APRESENTAÇÃO
(até 3 pts)

MÉDIA GERAL
______________

APROVADO ( )
APROVADO COM ALTERAÇÕES ( )
REPROVADO ( )

Recife, _______ de ____________ de 20___

Orientador:

1º Avaliador:
2º Avaliador:
ANEXO III

ATA DE DEFESA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Ata de Defesa do Trabalho de Conclusão do Curso de Direito da Universidade de


Pernambuco – Campus Benfica –
de______________________________________________________________________
____________________________________________________ Ao(s)
_______________________________________, reuniu-se a banca examinadora do
Trabalho de Conclusão de Curso de Direito da Universidade de Pernambuco – Campus
Benfica – de__________________________________________________________
____________________________________________________, intitulada:___________
_______________________________________________________________________
___________________________________________________________.Compuserama
banca examinadora os professores
_______________________________________________________________________
(Orientador), ___________________________________________________________ e
_______________________________________________________________. Após a
exposição oral, o(a) candidato (a) foi argüido(a) pelos componentes da banca que
reuniram-se reservadamente, e decidiram _____________________ a monografia com a
nota _______. Para constar, redigi a presente Ata, que aprovada por todos os presentes,
vai assinada por mim, Coordenador de Trabalho de Conclusão do Curso.

Recife, ____ de ____________ de 20___.

______________________________
Orientador (a)

______________________________
Avaliador 1

______________________________
Avaliador 2
FICHA DE ACOMPANHAMENTO DO ORIENTANDO

DIA CONTEÚDO RUBRICA


PROF.