Você está na página 1de 25

Metamorfismo

Conjunto de adaptações mineralógicas e texturais que as


rochas pré-existentes sofrem, quando sujeitas a
determinados factores , tais como elevadas temperaturas e
tensões.

Associado a contextos tectónicos como zonas de


subducção e cadeias montanhosas.

A génese na sua maioria num estado


de deformação dúctil
Calor (Temperatura) – recristalização dos minerais

Tensão listostática (confinante) e não litostática


(orientadas) – orientação preferencial dos minerais

Fluidos – levam a alterações mineralógicas durante o


metamorfismo.

Tempo – o metamorfismo é um processo lento


!
" # $ !
# % & ' (
) * (
!
+ # # ) , -
. /
. !
* %
% 0

!
A tensão dirigida influencia a textura das rochas metamórficas
porque alinha paralelamente os minerais que as constituem.
#
#

1 2

" ' (
!

. 3 (
# (
% % '
# . 0

" (
% ' 0
!
Baixas pressões e baixa
temperatura

Altas pressões Altas


temperaturas

Vítrea ' 41

-
#
Minerais Polimórficos

Al2 SiO5

"

5
Rochas metamórficas e grau de metamorfismo
Metamorfismo regional
Metamorfismo que afecta elevados volumes de rocha da crosta,
envolvendo mudanças mecânicas e químicas
Associado à génese de montanhas, quer em zonas de
subducção quer em zonas de colisão de placas continentais.

Metamorfismo de contacto
Metamorfismo adjacente a uma intrusão magmática, que ocorre
principalmente pelo aumento da temperatura.
METAMORFISMO REGIONAL
#
6
Auréola de contacto Auréola de contacto
em rochas em xistos e arenitos
carbonatadas
" .
,
,

+ %
, !

" , 2
1 0
) 0
*

, 7 4 8,
,22 ( (6

, 4 8 ,29
,29 (" ( 0:
#

% # , 9 ; #
; , / - < - / "