Você está na página 1de 7

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

AULA 01
AULA 01
Formação da cultura de Prevenção e Controle de perdas
Formação da cultura de
Prevenção e Controle de perdas
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Falha da Natureza Humana Acidentes de maior
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Falha da Natureza Humana
Acidentes de maior gravidade se caracterizam por
contínuas falhas de avaliação, em seus processos primários e
no estudo investigativo sobre os incidentes. A participação do
elemento humano no que chamamos causas raízes, é
fundamental para a compreensão do problema. Ratificando que
um acidente é o somatório da resultante de várias causas, logo,
existe o somatório de erros humanos envolvidos. A aplicação de
novos e modernos processos tecnológicos na operação das
unidades de fabricação objetiva reduzir a participação do
elemento humano diretamente no controle das operações de
falhas, pois mesmo com o aprimoramento dos processos são
passíveis de falhas.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Falha da Natureza Humana Técnicas de análise
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Falha da Natureza Humana
Técnicas de análise de riscos como “Árvore de Falhas”
(Fault Tree) e “Análise de Modos de Falhas e Efeitos (FMEA)”,
têm auxiliado de forma incisiva na identificação de possíveis
desvios nos processos industriais e também auxiliado na
escolha de prevenções e proteções.
Caso de Chernobyl:
O ano de 1986 foi marcado pelo maior desastre nuclear
até então registrado, no dia 26 de abril, por volta das 1h30, duas
gigantescas explosões foram ouvidas na central nuclear de
Chernobyl.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Falha da Natureza Humana A atmosfera foi
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Falha da Natureza Humana
A atmosfera foi impregnada de fragmentos fundidos após
a cúpula do reator, que pesava mais de 100t, ter sido arrancada
com força das explosões. A contaminação por radiação atingiu
110 km quadrados. O nº de mortos contabilizado passou de 30
no primeiro momento, e várias pessoas foram contaminadas
pela radiação. O risco de câncer e outras patologias ficaram
evidenciados por toda a Ucrânia, e pelo Leste Europeu.
Chernobyl é um acidente marcado por vários fatores, contudo, a
falha humana é o ponto de maior evidência nesse desastre.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Entenda o Acidente Nuclear de Chernobyl Chernobyl: What
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Entenda o Acidente Nuclear de Chernobyl
Chernobyl: What Went Wrong - Les Films Roger Leenhardt. 2001

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Falha da Natureza Humana As questões de
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Falha da Natureza Humana
As questões de maior evidência são:
-
Procedimentos de segurança não observados e transgredidos
de forma intencional, consciente, culposa, por funcionários
treinados e competentes.
-
Tais falhas podem ocorrer em outros reatores espalhados nos
Países de primeiro mundo.
As respostas passam pela dinâmica da construção de uma
central nuclear, que vai do antiprojeto ao projeto final, e do plano
do plano de contingência ao plano de emergência.
Texto adaptado por José Cirillo de: ALVES, Jose Luiz Lopes. “Procedimentos para a
Redução e Controle em Perdas e Danos ao Patrimônio, ao Ambiente e às Pessoas”.
Disponível em : <www.apes.eng.br/riscos.htm>. Acesso em : 12
nov. 2010.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Formação da Cultura de Prevenção e Controle de
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Formação da Cultura de Prevenção e
Controle de Perdas
Identificar e listar os aspectos relevantes encontrados no texto
que influenciam na cultura de prevenção e induzem à perdas.
Propor ideias que possam levar a um entendimento mais
aprofundado em relação a Prevenção e Controle de Perdas.
Visões sobre Acidentes e Incidentes
Visões sobre Acidentes e
Incidentes
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Visões sobre Acidente e Incidente Acidente: Visão Legal
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Visões sobre Acidente e Incidente
Acidente:
Visão Legal – acidente de trabalho é aquele que ocorre
pelo exercício do trabalho à serviço da empresa, provocando
lesão corporal ou perturbação funcional que cause morte ou
perda ou redução permanente ou temporária da capacidade
para o trabalho.
Visão Prevencionista – acidente de trabalho é qualquer
ocorrência não programada, inesperada, que interfira ou
interrompa o processo normal de uma atividade, trazendo como
consequências, isoladas ou simultaneamente, perda de tempo,
dano material ou lesões ao homem.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Visões sobre Acidente e Incidente Incidente: toda ocorrência
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Visões sobre Acidente e Incidente
Incidente:
toda ocorrência instantânea, não planejada, com
potencial para gerar um acidente que, no entanto, não chega a
ocorrer. Sua consequência pode ou não resultar em danos
(lesões pessoais e/ou danos materiais) . Porém, resultando em
danos, esses serão mínimos ou imperceptíveis, ou seja, não
significativos.
Além disso, em que pese a existência de certo grau de
subjetividade, nos casos de quase acidentes, não há
necessidade de tratamento de primeiros socorros.”
Disponível em : <http://abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP2005_Enegep0405_0407.pdf>
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Visões sobre Acidente e Incidente Incidente: OSHAS 18000:2007
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Visões sobre Acidente e Incidente
Incidente:
OSHAS 18000:2007 – “Evento no qual uma lesão ou
doença ou fatalidade ocorreu ou poderia ter ocorrido”.

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Incidente x Acidente
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Incidente x Acidente
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Estudo de Caso Este fato aconteceu com um
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Estudo de Caso
Este fato aconteceu com um trabalhador que ao caminhar pela
área descoberta do pátio da empresa em direção ao vestiário
em um dia nublado e chuvoso, quinze minutos após o final do
expediente de trabalho, foi atingido pelo efeito de um raio que
caiu próximo a ele. A equipe de emergência prestou-lhe o
primeiro atendimento de forma adequada, encaminhando- o ao
hospital. Ele sofreu queimaduras de segundo grau nos braços,
nas mãos e nos pés. Seus estado geral é bom e ele está fora de
perigo.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Estudo de Caso O fato ocorrido se enquadra
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Estudo de Caso
O fato ocorrido se enquadra em acidente ou incidente?
A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho
A Gestão Moderna de Segurança
do Trabalho
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho Com
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
Com objetivo de estabelecer uma relação de
proporcionalidade entre os diversos tipos de riscos e acidentes
existentes na indústria, estudiosos buscam mensurar níveis de
severidade. O trabalho mais expressivo e significativo foi
realizado por Frank E. Bird Jr. Nascido em 1921 e formado
Bacharel em Ciências em 1949 nos Estados Unidos da América,
Bird é um experiente profissional, direcionando sua carreira para
atividades ligadas à saúde ocupacional, ao controle de perdas e
segurança patrimonial, tendo ocupado altos cargos de direção
tanto no Governo quanto na iniciativa privada.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho Em
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
Em 1966, Bird publicou os resultados de suas pesquisas
junto à Companhia Siderúrgica Luckens Steel, com mais de
5000 trabalhadores, situada na Filadélfia, tendo analisado
90.000 acidentes ocorridos na empresa durante os sete anos
anteriores. Os resultados obtidos por Bird são apresentados na
Figura a seguir:

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Pirâmide resultante dos estudos de Bird -1966 1
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Pirâmide resultante dos estudos de Bird -1966
1 Acidente com Lesões
Incapacitantes
100 Acidentes com lesões
não incapacitantes
500 Acidentes com danos
à Propriedade
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho Em
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
Em 1969, nasce o conceito do “Controle Total de
Perdas”. Foi elaborado por Bird visando aos controles das
perdas por acidentes somadas a perdas evitáveis, criando assim
a “Pirâmide de Frank Bird”, fundamentada em estatísticas
levantadas com dados extraídos de quase dois milhões de
acidentes, de 297 empresas de diferentes segmentos,
envolvendo 1. 750.000 empregados e mais de 3 bilhões de
homens- hora trabalhadas (SHERIQUE, 2006). Nesta pirâmide,
ele relacionou os acidentes nessas empresas, classificados de
acordo com o nível de severidade, bem como com a sua
frequência de ocorrência, chegando aos números mostrados na
figura seguinte:
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Pirâmide resultante dos estudos de Bird -1969 1
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Pirâmide resultante dos estudos de Bird -1969
1 Acidente com Lesões
Graves
10 Acidentes com lesões
leves
30 Acidentes com danos à
Propriedade
600 Quase Acidentes
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho Assim,
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
Assim, pode- se estabelecer uma classificação para definir
quatro tipos de eventos:
Acidentes com lesões graves: são aqueles que levam à
incapacidade do empregado e até sua morte;
Acidentes com lesões leves: são aqueles que requerem
um tratamento médico, podendo, inclusive, levar a um trabalho
restrito, temporariamente;
Acidentes com danos à propriedade: são aqueles que
causam uma perda material às instalações sem causar danos
às pessoas;
Quase acidente: são aqueles que não chegaram a
causar danos, nem às pessoas nem à propriedade, mas tinham
potencial para tal.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho Estes
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
Estes dados possibilitaram a análise estatística,
registrando uma distribuição natural dos acidentes de acordo
com sua gravidade e o impacto geral na organização (danos
físicos e materiais).
O conceito de pirâmide de segurança permite que as
empresas promovam uma cultura de segurança sólida, através
de um Sistema de Gerenciamento capaz de capacitar as
pessoas para identificar e trabalhar em condições inseguras
existentes nas instalações e definir um inventário de
comportamentos esperados, diretamente ligados a cada
atividade específica dentro do processo produtivo, aumentando-
se a probabilidade de se evitar acidentes mais graves.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho A
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
A definição de quase acidente, de acordo com Frank
Bird, é aquele evento não planejado que poderia ter causado um
acidente, mas que, por razões diversas, não se materializa.
Desta forma, cada organização precisa analisar suas
ocorrências e definir a sua própria pirâmide, que corresponda à
proporção entre os diferentes tipos de acidentes ligados à sua
realidade, através do comprometimento de todos os níveis da
organização e o foco no comportamento das pessoas,
diretamente envolvidas no processo industrial.

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Estudo de Caso A pintura anticorrosiva do conjunto
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Estudo de Caso
A pintura anticorrosiva do conjunto que formará o
recipiente principal de uma caldeira, fabricado em aço carbono,
está sendo efetuado por um funcionário da empresa Preparo
Geral Ltda., em suas instalações. O serviço está sendo efetuado
pela primeira vez por esta empresa.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Pintura Industrial
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Pintura Industrial
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 A Gestão Moderna de Segurança do Trabalho Identificar
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
A Gestão Moderna de Segurança do
Trabalho
Identificar os fatores que podem influenciar na ocorrência de
acidentes dentro do processo produtivo apresentado.
Modelo Causal de Perdas
Modelo Causal de Perdas
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas A ocorrência de um
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
A ocorrência de um acidente ou incidente raramente é
ocasionado apenas por um fator, mas sim por um conjunto de
eventos que acabam levando a uma perda. O tipo e o grau
dessas perdas variam de acordo com a gravidade de seus
efeitos, que poderão ser insignificantes ou catastróficos,
gerando custos para a empresa.
Visando alcançar a menor quantidade possível de
perdas, faz-se necessário conhecermos as causas que as
geram, e, consequentemente, tentar evitá-las. Usaremos, então,
o Modelo Causal de Perdas abaixo para exemplificar a
sequência em que um acidente ou incidente pode acontecer.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas Falta de controle A
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
Falta de controle
A falta de controle é o princípio da sequência de fatores
causais que originam um acidente, que, dependendo de sua
gravidade, pode gerar poucas ou muitas perdas. Por isso, o
controle é uma das funções essenciais em uma administração
efetiva, não importando o segmento
que ela tiver.
Um bom administrador deve utilizar sempre
planejamento, organização, direção e controle de suas
principais funções. Ele deve conhecer os padrões, planejar e
organizar o trabalho, de modo a satisfazê-los e guiar seu grupo
de trabalho na satisfação e cumprimento desses padrões.

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas Avaliar seu próprio desempenho
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
Avaliar seu próprio desempenho e o dos outros, avaliar os
resultados e as necessidades e corrigir de forma construtiva o
desempenho das mesmas.
As razões mais comuns para que ocorra a falta de controle são:
Um programa inadequado:
É o desenvolvimento de um programa com quantidades
insuficientes de atividades, que variam de acordo com
a extensão, a natureza e o segmento da empresa.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas Padrões inadequados do programa:
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
Padrões inadequados do programa:
É a formulação dos padrões de maneira pouco específica,
pouco clara e/ou nível pouco elevado, sem proporcionar às
pessoas conhecerem o que é esperado delas, e nem permite
uma medição significativa do grau de cumprimento dos padrões.
Cumprimento inadequado dos padrões
É uma das origens da falta de controle, sendo uma das razões
do fracasso no controle de perdas derivadas dos
acidentes.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas Causas básicas As causas
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
Causas básicas
As causas básicas são o fato de ocorrerem os atos e as
condições abaixo do padrão. Também são chamadas de causas
raízes, causas reais, causas indiretas, causas fundamentais ou
de contribuição de um acidente ou incidente.
Geralmente são bem evidentes, mas, para se ter um
controle administrativo eficiente, faz-se necessário um pouco
mais de investigação sobre elas. Com este conhecimento, pode-
se explicar por que as pessoas cometem práticas abaixo dos
padrões e por que essas condições existem.
É importante considerarmos também duas categorias de
causas imediatas, os fatores pessoais e os fatores de trabalho
(ambiente de trabalho), que são exemplificados a seguir:
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas Fatores pessoais: • Capacidade
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
Fatores pessoais:
• Capacidade física/fisiológica inadequada;
• Capacidade mental/psicológica inadequada;
• Tensão física/fisiológica;
• Tensão mental/psicológica;
• Falta de conhecimento;
• Falta de habilidade;
• Motivação deficiente.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Modelo Causal de Perdas Fatores de trabalho (ambiente
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Modelo Causal de Perdas
Fatores de trabalho (ambiente de trabalho)
• Liderança e/ou supervisão inadequada;
• Engenharia inadequada;
• Compra inadequada;
• Manutenção inadequada;
• Ferramentas, equipamentos e materiais inadequados;
• Padrões de trabalho inadequados;
• Uso e desgaste;
• Abuso e maltrato.
Preparação para próxima sessão
Preparação para próxima sessão

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01

Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 Preparação para próxima sessão Pesquisar sobre ferramentas básicas
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
Preparação para próxima sessão
Pesquisar sobre ferramentas básicas para gerenciamento de
riscos.
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01 “O que você faz no seu tempo livre,
Prevenção e Controle de Perdas - Aula 01
“O que você faz no seu tempo
livre, é o que indica a prioridade
que você dá para suas metas.”
-Elizangela Falcão