Você está na página 1de 5

21/02/2017

AprendaTudosobreCadências|TeoriaMusical

Cadência

Cadênciaéumasequênciadeacordesqueproduzumefeitoharmônicocaracterístico.Existeminúmeras sequênciasdeacordespossíveisdesefazerparacriarumamúsica,masalgumassequênciassãomuito comuns de aparecerem devido ao seu efeito sonoro, e por isso recebem o nome decadências(ouprogressões).

Umacadênciamuitocomum,comovimosnoartigo“HarmoniaFuncional”,éacadênciaIV,V,I.

Ascadênciasservemcomoumpadrão(clichê),algoquepodeseraplicadoemdiversoscontextos,como intuitodecriaralgumasensaçãoharmônica.Porisso,ascadênciastrabalhamemcimadas funções harmônicas.

CadênciaII–V–I

Considere,porexemplo,asequênciadegrausII,V,I.Jávimosqueo2ºgrauexerceafunçãosubdominante,

o5ºgrauexerceafunçãodominanteeo1ºgrauéatônica.Podemosnotarqueessasequênciacria

justamenteaideiadesuspende/prepara/conclui.Quandoatônicaéumacordemaior,essacadência

(utilizandotétrades)costumateroformato:

IIm7–V7–I7M

ExemplonatonalidadedeDómaior:

Dm7–G7–C7M

Antesdemaisnada,valeapenadestacarqueosegundograudeumacadênciaII–V–Iéchamadode

segundocadencial”.Vocêouvirámuitoessetermodaquiparafrente!

Casovocêaindaestejacomdificuldadeparaassociarosgraus(I,II,III,etc.)comassuasrespectivas

funçõesharmônicas,émelhorquevolteeestudedenovootópico“harmoniafuncional”comcalma,

escrevendonumpapel,tocandonoseuinstrumento,atédecorarbemessaparte.

Issoémuitoimportanteeprecisaserautomáticonasuacabeça.Vocêprecisaenxergarosacordesdeum

campoharmônicocomosetivessemumsobrenome,queéasuafunçãoharmônica.Daquiprafrenteiremos

falarotempotododasfunçõesedeseusgraus,entãosevocênãopegoubemaessênciadissotudovaiter

dificuldades.Émelhordarumpassopratrásedepoisdoisparafrente.Assimvocêvaievoluir.

Casocontrário,podeacharesseestudopesadoeatéquererdesistir.Masnãocometaesseerro,estamos

chegandonospontosmaisinteressantesepoderososdamúsica!Valeapenainvestirnissoeavançar

devagar!!

CadênciaII–V–Iresolvendoemacordemenor

Muitobem,paraquementendeubemoexemploanterior,podemostambémcriaressaideiadesuspende/

prepara/concluiquandoatônicaforumacordemenor.

Nessecaso,acadênciacostumateroformato:

IIm7(b5)–V7(b9)–Im7

ExemplonatonalidadedeDómenor:

http://www.descomplicandoamusica.com/cadencia/

Dm7(b5)–G7(b9)–Cm7

1/5

21/02/2017

AprendaTudosobreCadências|TeoriaMusical

Essesformatosnãovieramdoacaso,afinalessesacordes(nosdoisexemplosquemostramos)pertencem

aoscamposharmônicosmaioremenordeDó,respectivamente.Confira(emvermelho):

maioremenordeDó,respectivamente.Confira(emvermelho):

Oúnicoacorde“diferente”quemostramosanteriormenteenãoapareceunessatabelaéodominantena

progressãoII–V–Iparaacordemenor,poisnocampoharmônicomenoreletemoformatoVm7(Gm7)e

nonossoexemploeleapareceucomoG7(b9).Aexplicaçãoéqueesseformato(Vm7)nãopossuiumtrítono

(quecaracterizaa“tensão”dafunçãodominante),portantotransformamoseleemumacordemaiorcom

sétima(G7).Alémdisso,acrescentamosumanonabemol(G7b9),poisessanotab9deSol(Ab,nessecaso)é

asextamenordeDó,queestápresentenaescaladeDómenor(naescalamaior,asextaémaior!).Isso

amenizouumpoucoofatodoacordeG7sermaiorenãopertenceraocampodeDómenor,comoacabamos

decomentar.

Legal,masexisteaindaoutroformatodecadênciamuitocomumparaacordesmenores:

Cadênciautilizandoanona(9ª)noprimeirograu

IIm7(b5)–V7(#5)–Im7(9)

ExemplonatônicaDó:

Dm7(b5)–G7(#5)–Cm7(9)

Adiferençaaquiemrelaçãoaoformatoanteriorfoicolocaruma9ªmaiornatônica.Essaalteraçãofezo

dominante se alterar também (recebeu uma 5ª aumentada), pois isso possibilitou um cromatismo

interessanteentreasnotasD#eD(5ªaumentadadeSole9ªmaiordeDó).Porissoesseformatoémuito

utilizadoebemaceitotambém.

Bom,terminamosaprimeirapartedesseestudomostrandoosformatostípicosdecadênciasquemais aparecem nas músicas.Agora falaremos um poucosobrecomoelas podem serúteis para diversos propósitos.

ComovocêjáconheceosformatostípicosdascadênciasII–V–I,continuaremosnossaabordagem

mostrandoaplicaçõesúteis.

Utilizandocadênciasparamudardetonalidade

Alémdeseremagradáveisaoouvidoemqualquercontexto,ascadênciaspodemserutilizadasparasefazer

mudançasdetonalidade(modulações).Paraqueumamudançadetonalidadenãosejabruscae“dolorida”

aosouvidos,costuma­seutilizaralgumaprogressão.

Exemplo:ImaginequeumamúsicaestejaemLámaiore,poralgummotivo,vocêquermudaratonalidade

norefrãoparaMimaior.Amaneiramaisautomáticadesefazerissoésimplesmentesairtocandoocampo

harmônicodeMimaiornorefrãodiretamente,oquecausariaumchoque(provavelmentenegativo)ao

ouvinte.

OutramaneiraseriafazerumacadênciaII–V–IparaMimaior.Pegaríamos,portanto,oacordeF#m7

paraservirdeIIm7(segundocadencial)deMi.ParacompletaracadênciaII,V,I,tocaríamos,depoisde

http://www.descomplicandoamusica.com/cadencia/

2/5

F#m7,oquintograudeMi,queéB7,paraentãoresolveremE7M.

21/02/2017

AprendaTudosobreCadências|TeoriaMusical

ReparecomoasequênciaF#m7,B7,E7MéumacadênciaII–V–I.

OlegaldissoéqueoacordeF#m7pertenceaocampoharmônicodeLámaior(éoVIgrau),alémde

pertencertambémaocampoharmônicodeMimaior(IIgrau).Issofezessamudançadetonalidadeficar muitomaissuave.EstávamosemLámaior,eoprimeiroacordedacadênciaII,V,IdeMiaindapertenceu

aocampoharmônicodeLá(atéaqui,oouvintenãosabequeatonalidadevaimudar).OacordeB7jánão

fazpartedocampoharmônicodeLámaior,portantoaquioouvintejápercebeamudança.Mas,apesar

desseacordenãopertenceraocampodeLá,seuaparecimentonamúsicanãoétãobruscodevidoaoF#m7

queoantecede.NossoouvidoaceitamuitobemacadênciaII,V,Ipelasuasensação,porissonossocérebro jáseadaptarapidamenteentendendoalógica,projetandoumaprogressãoII,V,IparaMiemvezderejeitar

oB7pornãopertenceraocampodeLá.

QuandotocamosE7M,esseacordenadamaisédoqueumaconsequênciajáesperadadaprogressão,

nãosendomaisumacordeforadecontexto.

Utilizando cadências para incrementar uma harmonia

Alémdessaaplicação,umacadênciapodeserútilparadarmaiscorpoaumaharmonia.Considereamúsica

abaixo,quecontémsomente4acordeseserepetecontinuamente:

|Dm7(9)|Gm7|C7M|A7(#5)|

JáqueamúsicaretornaparaDm7(9)apósA7(#5),temosaquiumasequência“dominante–tônica”(V–I).

Podemosaproveitaroúltimocompassoparainserirumacordequesirvadesegundocadencialpara

completarumacadênciaII,V,I.OsegundograudeRééMi,entãoutilizaremosEm7(b5),poisasequência

IIm7(b5),V7(#5)resolvebememumacordemenor,comojávimos.

Assim,ficamoscom:

|Dm7(9)|Gm7|C7M|Em7(b5)A7(#5)|

Podemostrabalharaindamaisessaharmonia.NotequetemosoutracadênciaII,V,Iacontecendo:Dm7,

Gm7,C7M.Porém,oquintograuaquiestámenoremvezdemaior(Vm7emvezdeV7).Podemosentão

transformá­loemumacordemaiorcomsétima(G7)paracaracterizarmaisessacadênciaII–V–Iqueestá

resolvendoemumacordemaior(C7M).AgoraficamoscomumII,V,Itípicoderesoluçãoemumacorde

maior,observe:

|Dm7(9)|G7|C7M|Em7(b5)A7(#5)|

Essetrabalhoquefizemoséconhecidocomorearmonização,poismexemosnaharmoniadamúsica.

Trataremosdesseassuntocommuitomaisprofundidadeemcapítulosposteriores,masébomquevocêjá

tenhaemmentequeverámuitasprogressõesharmônicasinseridasnessecontexto.

Agoracontinuaremosesseassuntodiferenciandoostiposdecadênciasqueexistem.Vocêveráquenem

todasascadênciastêmessaideiachavedesuspender/preparar/concluir.

Comojáintroduzimosoconceitodecadência,continuaremosnossoaprendizadodividindoascadênciasem

5tiposdiferentes:cadênciaperfeita,imperfeita,plagal,deceptivaemeia­cadência.Cadaumadelas

possuialgumacaracterísticapeculiaremereceseranalisadaàparte.

Omaisimportanteaquidesseestudonãoédecorartodososnomesenvolvidosnessetema,esimobservaras

http://www.descomplicandoamusica.com/cadencia/

3/5

sensaçõesquesãopossíveisdeseobter!FaremosnossoestudoemcimadocampoharmônicodeDómaior.

21/02/2017

AprendaTudosobreCadências|TeoriaMusical

Osímboloquevaiserutilizadopararepresentaraideiadeconclusãoharmônica(finalização)éesse:

Entãovamoslá: 1)CadênciaPerfeita

Entãovamoslá:

1)CadênciaPerfeita

Éaquelaformadapelasequência“V–I”(Dominante–Tônica),portantoéamaisforte.Quandoelavem

antecedidadeumsubdominante(IIouIVgrau),échamadatambémdecadênciaautêntica.Exemplos:

cadênciaautêntica .Exemplos: 2)CadênciaImperfeita
cadênciaautêntica .Exemplos: 2)CadênciaImperfeita

2)CadênciaImperfeita

Éformadatambémpelasequência“V–I”(Dominante–Tônica),masaquiumouambososacordes

apareceminvertidos,oqueenfraqueceasensaçãodaprogressão.Exemplos:

s,oqueenfraqueceasensaçãodaprogressão.Exemplos:
s,oqueenfraqueceasensaçãodaprogressão.Exemplos:
s,oqueenfraqueceasensaçãodaprogressão.Exemplos:

UmacadênciatambéméchamadadeimperfeitaquandoodominanteéoVIIgrauemvezdoVgrau.

Exemplo:

Exemplo: 3)CadênciaPlagal

3)CadênciaPlagal

Équandoumacordesubdominanteresolvediretonatônica,sempassarpelodominante.Podeseruma

sequênciaII–IouIV–I.Exemplos:

21/02/2017

21/02/2017 AprendaTudosobreCadências|TeoriaMusical

AprendaTudosobreCadências|TeoriaMusical

Essetipodecadênciatambémpodeaparecercomumouambosacordesinvertidos,exemplo:

4)CadênciaDeceptiva Équandoocorreuma resoluçãodeceptiva

4)CadênciaDeceptiva

Équandoocorreumaresoluçãodeceptiva,ouseja,odominantevemseguidodequalqueracordequenão

sejaatônica.Essacadênciapossuiochamado“efeitosurpresa”enãoéconclusiva.Exemplos:

Umacadênciadeceptivatambémpoderesolveremumacordequenãopertenceaocampoharmônico

original,oquecaracterizariaumamudançadetonalidade(modulação).Algunsautoreschamamessa

progressãodecadênciadeceptivamodulante,ouapenas“cadênciamodulante”.Exemplo:

e,ouapenas“ cadênciamodulante ”.Exemplo: 5)MeiaCadência

5)MeiaCadência

Équandoamúsica(ouumtrechodamúsica)repousasobreumacordedominante,ouseja,odominante

nãoresolveemninguém,ficandoacadência“vazia”.Exemplos:

nãoresolveemninguém,ficandoacadência“vazia”.Exemplos:

Muitobem,terminamosentãonossoestudosobrecadências.Daquiparafrentevocêiráouvirfalarmuito

delas,masnãosepreocupe,nãoiremosnosprenderàsnomenclaturasassociadasacadacadênciaesimaos

efeitosprovocados,explicandodetalhadamentecadacaso.

Afinal,músicadeveserensinadacomomúsica,nãocomoumrelatóriochatodenormasedefinições!

http://www.descomplicandoamusica.com/cadencia/

5/5