Você está na página 1de 2

A amizade PSICOLOGIA

Minha querida amiga,

Escrevo-te esta carta para te dizer o


quo a nossa relao de amizade
importante para mim.
A amizade uma relao ntima e esta, por sua vez, uma interao
social. Cada relao que estabelecemos tem diferentes nveis de intimidade e
que nvel ter a nossa? Existem vrios tipos de intimidade: fsica, emocional,
intelectual e ldica. Acho que partilhamos um pouco de todas, por isso
considero que a nossa amizade seja sentida. Dizem que atravs de expresses
faciais, olhares e gestos possvel perceber o grau de intimidade entre as
pessoas em questo. Ns podemos comprovar que isso verdade, os nossos
olhares so prprios e apenas ns os compreendemos.
Defendo que a nossa relao pode ser considerada "amizade" porque de
uma forma geral uma relao pessoal, informal, voluntria, recproca e de
longa durao.
Como j te tinha dito, a amizade feita de interaes sociais, mas, de
entre vrias, consideram-se fundamentais numa relao estas cinco:

 Partilhar os acontecimentos mais importantes;

 Apoiar voluntariamente sempre que necessrio;

 Defender quando no est presente;

 Ser leal e confiar no outro;

Escola Secundria Dr. Jorge Augusto Correia- Tavira

Pgina 1
A amizade PSICOLOGIA

 Apoiar o outro, seja psicolgica ou emocionalmente, sempre que


precise.

Acho que todas esto presentes no nosso dia a dia e melhor que isso,
esto presentes na nossa amizade. Talvez no s por termos crescido juntas e
termos a mesma idade, mas tambm por termos fomentado a nossa amizade e
pelo facto de as nossas caractersticas individuais nos permitirem esta grande
relao.
Sinto-me to inspirada a escrever-te esta carta que aqui te deixo um
excerto de uma pesquisa:

"A amizade uma relao interpessoal que contm determinados


aspetos psicolgicos ligados ao processo de atrao. Existem alguns
fatores que potenciam a atrao: a aparncia fsica, a proximidade
dos contactos sociais, a afinidade de atitudes e a familiaridade".

Talvez seja pelo facto de seres to bonita que a nossa amizade dura h
anos, a nossa amizade to bonita quanto tu. Mas, tambm no te considero
uma amiga, s mais que isso, s uma irm, porque os nossos amigos so a
famlia que ns escolhemos.

Adeus minha querida, beijinhos desta tua "irm" que te adora.

Ins Silva
12 A1

Psicologia

Professora: Edite Azevedo

Escola Secundria Dr. Jorge Augusto Correia- Tavira

Pgina 2