Você está na página 1de 7

COLÉGIO ESTADUAL DA POLÍCIA MILITAR

TIRADENTES CABO ANTÔNIO DILCEU DA SILVA


AMARAL
NOTA
Disciplina: Língua Professora: Maria Aparecida
portuguesa Bastos
____

Avaliação bimestral
Bimestre Turma: 1º Ano
médio

Conteúdos: Gênero Canção, figuras de Data: _____/_____/_____


linguagens e caracterização do adjetivo.

Aluno (a)___________________________________________________________

Ass.do responsável: _________________________________________________


__________________________________________________

Responder à avaliação somente com caneta preta ou azul.


Ler as questões atentamente antes de começar a responder.
Não será permitido a troca de materiais com os demais colegas.

“Nenhum vencedor acredita no acaso.”


- FRIEDRICH WILHELM NIETZSCHE
Leia a música "Brasil", de Cazuza: Não me ofereceram
Nem um cigarro
Fiquei na porta
Estacionando os carros
Não me elegeram
Chefe de nada
O meu cartão de crédito
É uma navalha...

Brasil!
Mostra tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Não me convidaram Qual é o teu negócio?
Pra esta festa pobre O nome do teu sócio?
Que os homens armaram Confia em mim...
Pra me convencer
A pagar sem ver Não me sortearam
Toda essa droga A garota do Fantástico
Que já vem malhada Não me subornaram
Antes de eu nascer... Será que é o meu fim?
Ver TV a cores
Na taba de um índio Desimportante
Programada Em nenhum instante
Prá só dizer "sim, sim"(...) Eu vou te trair
Não, não vou te trair...
Grande pátria

(...)

1. As letras de música aproximam-se de poemas. Cada estrofe do poema lido


corresponde a uma parte, em que o tom do eu-lírico se modifica. Em qual delas
se faz uma invocação?

a) Na primeira estrofe
b) Somente na segunda estrofe
c) Na primeira e na terceira estofe
d) Em todas estrofes
e) Todas estão erradas

2. Até o verso 14, o eu-lírico narra ocorrências das quais foi excluído.
Qual o primeiro desses acontecimentos?

a) Onde não me elegeram

b) Não me subornaram

c) Na festa pobre

d) No estacionamento

e) Na sociedade

3. Qual a consequência, para o eu-lírico, de ter ficado "fora de festa"?

a) pagar alguma coisa sem ver

b) ser discriminado mais uma vez

c) subordinar para participar

d) ficar estacionando carros

e) ficar parado na rua

4. Na segunda estrofe o eu-lírico dirige-se ao país, fazendo um pedido, duas


perguntas e uma súplica. Identifique essas três manifestações do eu-lírico.

1)___________________________________________________________
2____________________________________________________________

3)___________________________________________________________

5. A última estrofe, na sua quase totalidade, retoma o mesmo tom da primeira.


Nos seis primeiros versos desta estrofe o eu-lírico enumera outras coisas das
quais foi excluído. Identifique-as.

a) Não foi premiado com a garota do Fantástico e sequer foi subornado. O


eu-lírico questiona se o seu destino é ver TV em cores na taba de um índio.

b) Agradece as oportunidades que teve na vida.

c) Reclama de ter ficado estacionando carros.

d) Aconselha a pratica de exclusão.

e) Tenta chamar a atenção dos brasileiros para buscarem mais seus diretos.

6. De acordo com a resposta anterior, posicione-se, “ a favor ou contra” a


atitude do eu-lírico. Por quê?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________

7. Que expressão da primeira estrofe revela que a miséria é uma "herança" social
para o eu-lírico?

a) "toda essa droga / que já vem malhada antes de eu nascer"

b) “Não me convidaram/ Pra esta festa pobre”

c) “A pagar sem ver/ Toda essa droga”

d) “Grande pátria/ Desimportante”

e) “Eu vou te trair/ Não, não vou te trair...”

8 . No terceiro verso do poema, a palavra "homens" esconde a identidade:

a) de todas as pessoas b) da classe dirigente c) dos pobres


d) dos guardadores de carros e ) ao chefe de nada.
9. "Brasil, mostra a tua cara". O meu cartão de crédito. É uma navalha... As
palavras em destaque é:
a) personificação/ metáfora

b) aliteração / assonância

c) metáfora/ pleonasmo

d) comparação/ metáfora

e) metáfora/metáfora

Texto para as questões 10 e 11


Atrás da porta – Chico Buarque & Francis Hime
Quando olhaste bem nos olhos meus
E o teu olhar era de adeus
Juro que não acreditei
Eu te estranhei
Me debrucei sobre o teu corpo e duvidei
E me arrastei e te arranhei
E me agarrei nos teus cabelos
Nos teus pelos
Teu pijama Nos teus pés
Ao pé da cama
Sem carinho, sem coberta
No tapete atrás da porta
Reclamei baixinho
Dei para maldizer nosso lar
Pra sujar teu nome, te humilhar
E me entregar a qualquer preço
Te adorando pelo avesso
Pra mostrar que ainda sou tua
Só pra provar que inda sou tua...
https://www.letras.mus.br/chico-buarque/45113/
10. Após analisar a música assinale as alternativas corretas:
a.( ) a música se enquadra nas cantigas de amigo, pois a mesma foi escrita por
homem , mas o sentimento expressado é de mulher.
b.( )a música se enquadra nas cantigas de amor, pois a mesma foi escrita por
homem , mas o sentimento expressado é de mulher.
c.( )O verso” E me arrastei e te arranhei...” enfatiza a submissão da mulher em
relação ao esposo.
d. ( ) A musica não é musica e sim um poema.
e. ( ) Todas as alternativas estão corretas.
11. Assinale (V) para verdadeiro e (F) para falso em relação as cantigas
trovadorescas:
a.( )No Trovadorismo podemos reconhecer dois tipos de cantigas: as cantigas
líricas
e as satíricas.
b.( ) As cantigas líricas se subdividem em cantigas de amor e cantigas de amigo.
c.( ) As cantigas satíricas se subdividem em cantigas de escárnio e de maldizer.
d.( ) Nas cantigas de amor , o trovador sempre declara seu amor por uma dama
da
corte ( chamada de “senhor”, isto é, senhora).Trata-a de modo respeitoso em
com
cortesia.
e.( )A principal característica das cantigas de amigo é o sentimento feminino que
exprimem, apesar de terem sido escritas por homens.
12. (ESPCEX) É correto afirmar sobre o Trovadorismo que

a) os poemas são produzidos para ser encenados.

b) as cantigas de escárnio e maldizer têm temáticas amorosas.

c) nas cantigas de amigo, o eu lírico é sempre feminino.

d) as cantigas de amigo têm estrutura poética complicada.

e) as cantigas de amor são de origem nitidamente popular.

13. (FAAP) Releia com atenção a estrofe:

Fez-se de amigo próximo o distante


Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
Tomemos a palavra AMIGO. Todos conhecem o sentido com que esta forma
linguística é usualmente empregada no falar atual. Contudo na Idade Média,
como se observa nas catingas medievais, a palavra amigo significou:

a) colega

b) companheiro

c) namorado

d) simpático

e) acolhedor

TEXTO.

“Oxímoro (ou paradoxo) é uma construção textual que agrupa significados que
se excluem mutuamente. Para Garfield, a frase de saudação de Jon expressa o
maior de todos os oxímoros”.

14. Nas alternativas abaixo, estão transcritos versos retirados do poema "O
operário em construção". Pode-se afirmar que ocorre um oxímoro em:

(A) "Era ele que erguia casas

Onde antes só havia chão."

(B) "...a casa que ele fazia

Sendo a sua liberdade

Era a sua escravidão."

(C) "Naquela casa vazia

Que ele mesmo levantara

Um mundo novo nascia

De que sequer suspeitava."

(D) "... o operário faz a coisa

E a coisa faz o operário."

(E) "Ele, um humilde operário

Um operário que sabia Exercer a profissão."

(Vinícius de MORAES. Antologia Poética. São Paulo: Companhia das Letras,


1992).
15. Na questão anterior aparece algumas frases como: "Ele, um humilde
operário/ Era a sua escravidão/ Naquela casa vazia.” Está representado em:

a) caracterização acidental, caracterização em si, caracterização externa

b) caracterização em si, caracterização acidental, caracterização externa

c) caracterização em si, caracterização externa, caracterização em si

d) , caracterização em si, caracterização externa, caracterização externa

e) caracterização acidental, caracterização externa, caracterização em si

Boa prova, porque sorte é para preguiçosos!