Você está na página 1de 6

Ficha de Avaliação Diagnóstica – Língua Portuguesa 9º ano 2009/2010

ESCOLA E.B. 2,3 DE SÃO JOÃO DA MADEIRA

Lê atentamente os textos que se seguem e responde de forma clara e


cuidada, com frases completas, às questões que te são colocadas.

GRUPO I

Texto A

Aprovado na especialidade a 27 de Maio, o novo diploma sobre Educação Sexual,


subscrito pelo Partido Socialista, fica aquém do projecto aprovado na generalidade e das
expectativas de vários agentes envolvidos neste projecto. Em causa está a atribuição de toda a
responsabilidade, a matéria, às escolas.

Cada agrupamento escolar deve decidir se inclui ou não no projecto educativo a


abordagem aos temas relacionados com a Educação Sexual. Essa é a principal deliberação do
diploma votado pela Comissão Parlamentar de Educação a 27 de Maio. Nesta proposta, o PS
deixou cair o texto relativamente à distribuição gratuita de preservativos nas escolas
secundárias. Os socialistas defendem agora que os estabelecimentos de ensino, em articulação
com as unidades de saúde,a sseguremo acessod os alunos aos meios contraceptivos.
De concreto, a nova legislação contempla a obrigatoriedade de serem consagradas pelo
menos 12 horas por ano à Educação Sexual- no âmbito da Educação para a Saúde e outras
disciplinas -e a criação de gabinetes de apoio em todos os agrupamentos até ao final do ano
lectivo de 2009/2010. Questionado pelos partidos da oposição, o PS não esclareceu se isto
significa que as escolas têm ou não a responsabilidade de distribuir preservativos pelos alunos.
A proposta inicial tinha sido criticada por pais e confissões religiosas. A proposta revista foi
aprovada com os votos do PS e os votos contra dos partidos da oposição, nomeadamente do
Bloco de Esquerda e do PCP que também apresentara u m projecto nesta matéria.
Em reacção a este documento, a Associação para o Planeamento da Família frisou a
inexistência de manuais escolares e de formação de professores resume-se a acções
promovidas pela Associação para o Planeamento da Família (APF). «O Ministério não tem
incentivado os professores a procurar formação nesta área, por isso há alguns cursos que não
têm tanta procura como o desejável», afirmou Duarte Vilar, director-executivo da APF à
agência Lusa..
Este é um dilema antigo. Já em 1999, as orientações técnicas sobre Educação Sexual em
meio escolar, propostas pelo Programa de Promoção e Educação para a Saúde, APF e Direcção-
Geral de Saúde definiam os objectivos do ensino deste tema. No 1.0 ciclo, pretendia-se
«contribuir para que as crianças construam o 'Eu em relação', através de um melhor
conhecimento do seu corpo, da compreensão da sua origem, da valorização dos afectos". Para
os 2.0 e 3.0 ciclos, os alunos deviam, entre dezenas de objectivos, ter conhecimentos acerca
do corpo sexuado, dos mecanismos de reprodução e métodos contraceptivos e das doenças
sexualmente transmissíveis e das formas de prevenção e tratamento. No Secundário, a
Educação Sexual deve servir, entre outros, para a criação de atitudes de não discriminação
face às orientações sexuais dos outros.

No site Educare (da Porto Editora), a psicóloga Armanda Azenhas adverte para o papel
real que a escola pode desempenhar nesta matéria tão delicada: «A educação sexual nas
escolas não substitui o papel nem a responsabilidade das famílias. A formação dos jovens
realiza-se em contextos diferentes, dos quais a escola e a família são dos mais importantes,
embora não exclusivos. Não são apenas os conhecimentos transmitidos formal e
intencionalmente que contribuem para ela. Os pais, os professores e outras figuras de
referência na vida dos jovens são modelos cujos valores, atitudes e comportamentos do
quotidiano, mesmo os manifestados inconsciente ou involuntariamente, podem ser por eles
reproduzidos». Armanda Azenhas aposta, pois, na «formação de docentes e de encarregados
de educação se torne muito importante. Mas importante é igualmente a colaboração entre a
escola e a família, para que a actuação de ambas seja rentabilizada e complementada. Ela
pode acontecer em reuniões como a referida inicialmente.
1 Departamento de Línguas
Ficha de Avaliação Diagnóstica – Língua Portuguesa 9º ano 2009/2010

ASSOCIAÇÃO DE PLANEAMENTO FAMILIAR

Em quatro anos e meio, a APF visitou 1885 escolas e realizou 2098 acções, que abrangeram 45
047 pessoas, 23 729 das quais estudantes. A sua aposta passa pelas seguintes medidas:
FORMAR PROFESSORES. A APF tem previsto para a Região Centro dois cursos de formação
para 32 professores: Integração da Educação Sexual nos Currículos Escolares e Educação
Sexual Escolar.
ESCLARECIMENTO SOBRE GRAVIDEZ E PARTO. 'Como é que eu nasci' ou 'quanto pesava, como
me alimentava' são alguns dos temas tratados no 10 ciclo no âmbito da Educação Sexual, com
ligações a outros conteúdos curriculares.
SIDA E VALORES. A APF aposta em acções de esclarecimento sobres Sexualidade, os valores e
as doenças sexualmente transmissíveis são alguns dos temas focados no 6º ano.

I
n Jornal das Letras

Responde aos itens que se seguem, de acordo com as orientações que te são
dadas.

1. Selecciona, em cada item, a alternativa que permite obter a afirmação adequada


ao sentido do texto. Não esqueças de escrever o número do item e a letra
correspondente.

1.1 O diploma sobre Educação Sexual, subscrito pelo Partido Socialista


A. corresponde integralmente ao projecto aprovado na generalidade pelos
agentes envolvidos.
B. afasta-se consideravelmente do projecto aprovado na generalidade pelos
agentes envolvidos.
C. foi reformulado na íntegra.
D. cumpre o projecto que fora aprovado pelos agentes envolvidos.

1.2 A nova legislação prevê


A. consagrar doze horas anuais, no mínimo, à Educação sexual.
B. consagrar doze horas anuais, no máximo, à Educação sexual.
C. ser a escola a decidir a carga horária a atribuir à disciplina.
D. a obrigatoriedade de atribuir um número de horas de acordo com as
necessidades.

1.3 O diploma sobre Educação Sexual, subscrito pelo Partido Socialista


A. conta com a concordância de associações de pais, da APF e de todos os
partidos parlamentares.
B. causou alguma discórdia no meio educativo e político.
C. conta apenas com a aprovação por parte do Partido Socialista.
D. conta apenas com a aprovação por parte do Partido Socialista e sem qualquer
contraproposta.

1.4 O Programa de promoção e Educação para a Saúde


A. definiu objectivos idênticos para os diferentes níveis de ensino.
B. definiu objectivos concretos a desenvolver nos diferentes níveis de ensino.

2 Departamento de Línguas
Ficha de Avaliação Diagnóstica – Língua Portuguesa 9º ano 2009/2010

C. distinguiu unicamente os objectivos do Ensino Básico dos do Ensino Secundário.


D. não delineou objectivos.

1.5 Armanda Azenhas alerta para a importância da família na educação sexual dos
jovens
A. a escola e a família são os únicos intervenientes na educação sexual dos
jovens.
B. a escola e a família são alguns dos muitos intervenientes na educação sexual
dos jovens.
C. a necessidade da escola dever ser o único responsável pela educação sexual
dos jovens.

2. “A formação dos jovens realiza-se em contextos diferentes, dos quais a escola e a


família são dos mais importantes, embora não exclusivos.”
2.1 Indica a que ou a quem se refere a expressão destacada.

Texto B
PEÇA EM UM ACTO

CENA ÚNICA

(Depois de subir o pano, ouve-se um tambor que se vai afastando. Quando já mal
se ouve o tambor, o Boneco levanta-se e vai espreitar ao fundo para fora. Entretanto,
a Boneca senta-se e está admirada de ver o Boneco a andar. Quando o Boneco volta para o lugar, fica
admirado de ver a Boneca sentada a olhar para ele.)

O BONECO — Tu também te mexes como as pessoas?!


A BONECA — (Muito baixinho) Schiu!...
O BONECO — Só agora é que dei por isso!
A BONECA — (Idem) Schiu! . . .
O BONECO — Todas as noites puxo por ti e tu és sempre uma boneca!!!...
A BONECA — (Idem) Schiu!..
O BONECO — Eu julgava que, de nós dois, era eu só que podia mexer-me!
A BONECA — (Sempre muito baixinho) Eu também julgava que, de nós dois, era eu a única
que podia mexer-me!
O BONECO — E nunca me sentiste a puxar por ti, todas as noites?!
A BONECA — (Idem) É que eu julgava que era o Homem que puxava por mim!
O BONECO — E tu? Puxaste por mim alguma vez?
Antes de Começar, Almada Negreiros

3. Tendo em conta a indicação cénica inicial, retira informações relativas à


intensidade do som do instrumento, personagens, suas acções e sentimentos
expressos pelas mesmas.

4. A partir das indicações cénicas, localiza a acção no espaço.

3 Departamento de Línguas
Ficha de Avaliação Diagnóstica – Língua Portuguesa 9º ano 2009/2010

5. Identifica as personagens que dialogam e classifica-as quanto ao relevo.

6. Com base neste excerto, traça o retrato psicológico das personagens, justificando
com expressões textuais.

7. Uma companhia de teatro resolveu encenar esta peça e o seu encenador decidiu
retirar o som do tambor. Dá a tua opinião acerca da decisão do encenador,
fundamentando-a.

Texto C

Em Todos os Jardins
Ern todos os jardins hei-de florir.
Em todos beberei a lua cheia,
Quando enfim no meu fim eu possuir
Todas as praias onde o mar ondeia.

Um dia serei eu o mar e a areia,


A tudo quanto existe me hei-de unir,
E o meu sangue arrasta em cada veia
Esse abraço que um dia se há-de abrir.

Então receberei no meu desejo


Todo o fogo que habita na floresta
Conhecido por mim como num beijo.

Então serei o ritmo das paisagens,


A secreta abundância dessa festa
Que eu via prometida nas imagens.

Sophia de Mello Breyner Andresen, Poesia I,


Colecção Poesia, 3ª edição, Edições Ática

8. Redige um texto expositivo, com um mínimo de 70 e um máximo de 100 palavras,


no qual explicites o conteúdo das estâncias.
O teu texto deve incluir:
• Uma parte introdutória, em que identifiques o tema/assunto;
• Um desenvolvimento, no qual indiques com que elementos o sujeito poético se
identifica, referindo no mínimo dois recursos estilísticos;
• Uma parte final, em que refiras aspectos formais (número de estrofes, versos e
rima).

GRUPO II
4 Departamento de Línguas
Ficha de Avaliação Diagnóstica – Língua Portuguesa 9º ano 2009/2010

1. Copia, para a folha de respostas, as alíneas correspondentes às cinco palavras


graves da lista seguinte.

a) rei
b) voo
c) herói
d) palma
e) câmara
f) savana
g) palmeira
h) fotógrafo
i) interrupção
j) responsável

2. As palavras abaixo foram distribuídas pelos grupos A, B, C e D, segundo o seu


processo de
formação. A cada grupo corresponde um processo diferente.

GRUPO A GRUPO B GRUPO C GRUPO D


psicologia hospitalizar Desfazer abonecar
herbívoro realização Compor envelhecer
ortografia calmamente Amoral avermelhar
agricultura saltitar infiel amanhecer

Integra, nos grupos A, B, C ou D, cada uma das palavras seguintes, de acordo com o
respectivo processo de formação.
Escreve o número do item, a letra do grupo e as palavras correspondentes.

reconto prever
chuviscar crueldade
biblioteca morfologia
ilegal paredão
apodrecer ensurdecer

3. Completa cada uma das frases seguintes com um dos elementos do quadro
apresentado.
Escreve o número do item, a alínea e o elemento que lhe corresponde.

O livro a) mais gostei tinha fotografias de paisagens africanas.


O fotógrafo b) saco de viagem foi roubado ficou desesperado.
Aqueles são os fotógrafos c) o presidente ofereceu um prémio
de cidadania.
5 Departamento de Línguas
Ficha de Avaliação Diagnóstica – Língua Portuguesa 9º ano 2009/2010

Este é o lugar do nosso país d) conheço melhor.

Actualment b) muito o ambiente, mas há cada vez mais animais em


e, risco.
Antigament
c) mais espécies marinhas nos mares de todo o mundo.
e,
No futuro, novas espécies d) enriquecer a fauna dos oceanos.

4. Completa cada uma das frases seguintes, usando as formas verbais apresentadas no
quadro. Escreve o número do item, a alínea e a forma verbal que lhe corresponde.

O juiz exigiu que as testemunhas a) naquele mesmo dia, em


tribunal.

5. Lê a frase seguinte.
O pescador não disse aos amigos que tinha mergulhado.

existiam dispusessem viram defendesse


defende-se virão haviam depusessem

5.1. Reescreve, em cada alínea, a frase anterior, substituindo, em cada caso, o


complemento indicado na alínea pela forma adequada do pronome pessoal. Procede
às alterações necessárias.

a) Complemento indirecto.
b) Complemento directo.

5.2. Indica o tempo e o modo da forma verbal “tinha mergulhado”.

GRUPO III

O texto A aborda a problemática da Educação Sexual nas escolas. Escreve


um texto em que expresses a tua opinião sobre este assunto, com um mínimo
de 180 e um máximo de 240 palavras.

Bom trabalho! 

6 Departamento de Línguas