Você está na página 1de 24

Sistema de

Endomembranas

Quézia Anders
Mestranda em Biotecnologia
Sistema de endomembranas

• Conjunto de cisternas,
túmulos que se comunicam
entre si —> Vesículas
transportadoras;

• Membranas: bicamada
lipídica;

• Fase citosólica e luminal;


• Rede tridimensional de túbulos e sacos achatados
interconectados

• O sistema de endomebranas é presente em todo citoplasma, porém com


maior concentração próximo ao núcleo;
Constituição das membranas
Constituição
Membranas lipoprotéicas:
das membranas
• 70% de proteínas
Membranas (Enzimas)
lipoprotéicas:
• 30% de lipídeos (fosfolipídeos, colesterol e glicolipídeos)
• 70% proteínas (enzimas);
• Assimétricas
>Externa ou citosólica: Fosfatidilserina, Fosfatidiletanolamina,
• 30% lipídeos (fosfolipídeos, colesterol, glicolipídeos);
Fosfatidilcolina
•>Interna ou luminal: Fosfatidilinositol e Esfingomielina
Assimétricas;
Retículo Endoplasmático
Rugoso (RER)
• Ribossomos ligados à fase
citosólica;

• Receptores específicos
localizados nas membranas;

• Polirribossomos ou
polissomos: ribossomos +
RNAm;

• Mais desenvolvidos em células


de > atividade protéica;
• Receptores específicos localizados na memb. RER
• Polirribossomos ou polissomos: ribossomos + RNAm
Retículo Endoplasmático
• + desenvolvidos céls. > atividade protéica
Ex:Rugoso (RER)
células do pâncreas, que secretam enzimas digestivas; células
Funções: parede do intestino, que secretam muco.

• Síntese protéica;!

• Alterações pós-traducionais: estruturas


secundária, terciárea e quaternária;

• Adição de radicais (hidroxil, fosfato);

• Adição de monossacarídeos
(glicosilação inicial);

!
Estrutura
secundária
Retículo Endoplasmático
Rugoso (RER)
• Síntese, modificação e transporte de proteínas;

1- Permanecer no RER;!
2- Seguir para outras organelas;!
3- Seguir para a membrana;!
4- Exocitose (secrecão);!

O itinerário seguido depende de sinais!


e receptores específicos;!
Principais produtos de secreção de uma célula são os
• Os principais produtos de uma célula são os
componentes mais abundantes na luz de
componentes mais abundantes na luz do seu RE;seu RE
Retículo Endoplasmático
Retículo endoplasmático rugoso (RER)
Rugoso (RER)
Transporte por vesículas:
Brotamento de 4
vesícula de
transporte

Ribossomo
Vesícula transportadora de
(glico-) proteína

Glicoproteína
R.E. RUGOSO

Polipeptídeo
Vesículas transportadoras
Vesículas transportadoras específicas
Retículo Endoplasmático Liso
(REL)
• Não possuem ribossomos associados;
Retículo endoplasmático liso (REL)
• Volume e• distribuição difere do tipo celular;
Não possuem ribossomos
• Volume e distribuição difere dependendo do tipo celular
• Possui formas de devesículas
• Possui forma globulares
vesículas globulares e túbulos
ou túbulos contorcidos
contorcidos;
R.E. LISO

R. E.
RUGOSO

Envoltório
Nuclear

Ribossomos
Retículo Endoplasmático Liso
(REL)
Funções:

• Armazenamento, liberação e captação


de íons cálcio - céls. musculares
estriadas (Retículo sarcoplasmático);

• Síntese de lipídeos (fosfolipídeos,


colesterol, triglicerídeos);

• Desintoxicação do organismo:
hidroxilação de drogas ou substâncias
tóxicas insolúveis em água;

• Degradação do glicogênio
(glicogenólise) - hepatócitos e células
renais;
Exportação de lipídeos do REL
• Incorporados à membrana do
retículo e se difundem pela
bicamada;

• Integram vesículas
transportadoras que brotam
do retículo e se fundem com
outros compartimentos
(Complexo de golgi,
lisossomos, endossomos e
memb. plasmática);

• São transportados por


proteínas específicas;
Complexo de Golgi
• Formado por compartimentos em sequência:
Complexo de Golgi
Complexo de Golgi
Funções:
FUNÇÕES:
• Principal sítio desítio
Principal seleção, endereçamento
de seleção, e
endereçamento e transporte das subst.
transporte de substâncias
sintetizadas no RE sintetizadas do RE;

Processamento de proteínas Glicosilação final, sulfataçã


• Processamento de proteínas; e fosforilação
Síntese dos glicídios das proteoglicanas
• FormaçãoFormação dos lisossomos
de lisossomos (brotamento);
Síntese do acrossomo do espermatozóide
• Síntese do acrossomo do espermatozóide;
Secreção constitutiva e re
Formas de secreção
• Secreção de
constitutiva >> moléculas são secreta
automática, à medida que o CG libera as vesícu
moléculas do •complexo
Secreção regulada >>de Golgi
moléculas são retidas no
• Secreção constitutiva:de vesículas até a chegada de uma substancia i
moléculas são secretadas
de forma automática, a
medida que o CG libera
as vesículas;

• Secreção regulada:
moléculas são retidas nas
vesículas, permanecendo
no citoplasma até a
indução de sinal para sua
liberação;
• Vesículas delimitadas por membrana contendo enzima
digerir a maioria das substâncias e moléculas biológica
Lisossomos
• As enzimas lisossômicas são ativas em meio ácido (pH 5
mantido por uma bomba de próton.
• Vesículas delimitadas
por membrana
contendo enzimas
(hidrolases);

• Enzimas lisossômicas
são ativas em meio
ácido (pH 5) mantido
no interior das
vesículas por bomba
de próton;
Lisossomos - formas de ‘digestão’

Via endocítica Via fagocítica

Via autofágica
Via ubiquitina-proteossomos
Via ubiquitina-proteossomos
• Vida média das proteínas é variável
• Vida média de proteínas é variável;
• Aminoácidos terminais marcam a duração das proteínas
• Proteossomos:
• Aminoácidos terminais marcam o tempo útil de proteínas;
complexos multienzimáticos encontrados no
citoplasma e núcleo
• Proteossomos: complexos enzimáticos presentes no citosol e no núcleo;
• Ubiquitina: polipeptídeo que se liga, através das enzimas E1,
• Ubiquitina: polipeptídeo que se liga, através das proteínas E1, E2 e E3, a
E2proteínas
e E3, a proteínas a serem degradadas.
que serão degradadas;
Peroxissomos
Peroxissomos
Peroxissomos
sículas de membranas lipoprotéicas com oxidases e
Vesículas
alases de membranas
e •outras enzimas
Vesículas lipoprotéicas
degradativas.
de membranas com oxidases
lipoprotéicas e
contendo catalases,
catalases e oxidases
outras enzimas degradativas.
e outras enzimas degradativas;
abundantes em células hepáticas, fibroblastos, leucócitos e
São abundantes em células hepáticas, fibroblastos, leucócitos e
ulas renaisOrganelas envolvidas no metabolismo de peróxido de hidrogênio;

células renais
ções: decomposição
Funções: Glixiossomos:
•decomposição de toxinas
desemelhantesproduzidas pelas
aos peroxissomos,
toxinas produzidas pelas células
células ou oupresentes
porém
eridas e quebra
ngeridas quebrade
e apenas em
deác. graxos
células
ác. eeaminoácidos.
aminoácidos.
graxosvegetais, participando do metabolismo de
triglicerídeos e da conversão de lipídeos em hidratos de carbono;

RHRH + O
2 2+ O22
H22O
H O22
Oxidase
Oxidase
2 H2O2 2H2O + O2
2H 2 2Catalase 2O + O2
O 2H
Catalase
Exercícios
1- Marque V ou F:
a) ___ O retículo endoplasmático granular é sede de segregação de proteínas e realiza inúmeros
processos de modificação química sobre proteínas.
b) ___ No complexo de Golgi ocorre o empacotamento e o endereçamento dos produtos de
secreção celular.
c) ____ Na membrana dos lisossomos existem proteínas funcionais que utilizam a energia
liberada pela hidrólise do ATP para bombear H+ para o seu interior.
d) ____ Ao conjunto de cisternas golgianas empilhadas chamamos de dictiossomo.
!
2- Qual é a principal função do retículo endoplasmático rugoso? E qual a característica
morfológica que possibilita o desempenho desta função?
!
3- Porque a hidroxilação de drogas é importante para o organismo? Em qual organela esse
mecanismo ocorre?
!
4- O que é e qual a importância do complexo ubiquitina-proteossomos?
!
5- Diferencie peroxissomos e glixiossomos.
!
Obrigada e bons estudos!