Você está na página 1de 15

Ailton Junior EXEMPL01

O tema foi dividido em sete partes:


tapping sobre pentatônica, escala maior,
Q 1
~ .-- ......::-* * ~~ ~* .---::--.. - ~ 1

arpejos, bend, s/ide, double-stops e tapping


com o uso dos quatro dedos da mão direita
~~"'_::/ - J J
' 1
1 - 1
~·~~

(para os destros), sempre com trechos de T T T T T~ T.,........, T T T T


músicas de diversos guitarristas em que foi
executada a técnica. Então, mãos a obrai

ESCALA PENTATÔNICA
No exemplo J. você tem uma Idéia sobre EXEMPL02
a escala pentatõnica em Lá menor. Suba
e desça o padrão tendo sempre em mente Q 1 J- ií1 ~- c~*~~~;,..~-
- - 1
1

que o tapping deve sempre ser feito na


primeira nota do próximo padrão, tendo
assim uma repetição de nota ao trocar de
~j ....,::/ - J J
J J
J - J
.
-~
corda. Já no exemplo 2 o tapping será feito T T T T ........_T ~ T _....... T T T T
na segunda nota do próximo padrão, o que
resultará em outra sonoridade.
No exemplo 3 há um trecho do solo
de • Jump", do Van Halen, em que é feita EXEMPL03
uma seqüência de tappings que sobe da
primeira até a quinta corda na pentatônica
de Si menor, utilizando por vezes a nota Q li b-
full

- J
~· .. ~~.
~
full
FffFRi [\ b- L\
fuU

'
Dó sustenido. Neste trecho, a mão do
...__
tapping não se movimenta, tocando apenas == J
~·J
7

~ J.. r~
a casa 14. O próximo trecho (exemplo 4) fur\
foi extraído do primeiro solo da versão que ~~ ,-..,r T T T

o Dr. Sin fez de "" Dr. Feelgood", do Môley


Crüe, no qual Edu Ardanuy usou a penta
de Lá menor com o tapping estacionado
na casa 10. Sua mão direita fez um EXEMPL04
cromatismo descendente, tocando as notas
.ti
Ré sustenido e Fá sustenido, dando uma
intenção "dórico blues", já que ele usa a
blue note (D#) e a sexta maior (F#). No
Hann.

r
-
último compasso, foi executado um bend
com tapping que explicarei mais adiante.
Os próximos exercícios (ex~ 5 e 6)
contam com a utilização da b/ue note (4#),
porém , com digitações diferentes. No
exemplo 7 você tem a penta aberta e uma ; -;
movimentação maior de ambas as mãos.
Apresento agora uma seqüência de
exercícios com salto de corda, em que o
T T T T
segredo é abafar as cordas que não estão
sendo usadas para não 'sujar' sua frase.
Depois de assimilada a idéias nos exemplos 8
EXEMPLO 5

-
T T T T T T T T

T~T~ T~T

EXEMPLO 6

]
]
]
- ~

T T T T
-
_!_

T T T ....-----.... T

EXEMPLO 7

o J
l""'r"1 / ".. .::-~~~ i= ~~ f:.~ .~ ~ J

-:J~-_/ J
J
J > J
J
- ~·~~~
~

T T T T _ T ~T~ T T T T T

EXEMPLO 8

o J rn :.. r . m c~ r .. ;t:-F= t:-1.-., ~~ ..~ rrn..:..


~5 ·..::; -
J
~

J J
> J
- J J UJ
J
L.I.J
J
• ~ ~

T T T T T T r_U T T T T T T
" '· T

CoverGuitarra 45
e 9, experimente uma frase do final do solo EXEMPLO 9
da música "Fire• do Dr. Sin (exemplo .10),
com um trabalho com a penta de Sol menor
com tapping e saltos. o - ~·
ESCALA DIATÔNICA MAIOR I~ -
Vamos trabalhar inicialmente sobre a
escala diatónica em apenas uma corda. T T ,. T T ~r T
Este tipo de exercício é fundamental para
que se tenha um conhecimento maior do
braço. Para isto, execute o exemplo .1.1
em todas as cordas e em diversos tons.
O exemplo 12 é uma variação do anterior,
porém com uma maior exigência de
-
sincronia entre as mãos, uma vez que você
executa a mesma nota com o tapping e com
a mão esquerda. T~ T T T T T
A seguir temos a técnica de dois
grandes guitarristas revelados por Oz:zy
Osbourne: Zakk Wylde e Jake E. Lee.
Ambos executam o tapping com a palheta EXEMPL010
em vez dos dedos. O exemplos .13 foi
extraído de " Perry Mason" , em que a mão Afinar 1/2 tom abaixo
esquerda executa ligados nas notas Ré ~--------------------------------- ----------------------- --------

e Dó sustenido, enquanto o tapping va i 0 .......--. ,_~ .~ _----..., -


subindo a escala.

6
T T

(&~~-- ------------------ --------------- -------------futl ______ ,


~Q_ J _-----..._, ,.......---. .f':~ ~ c----..._ =-----. _-...,. 1

r
- fi
T
- -

EXEMPLO 11

o li

T T T T

,. T ,.
CONTINUAÇAO EXEMPLO 11

JD " ..- .. .. ... .. -..


T T T

T T T

EXEMPL012

Su•-------------- ------- -------------------- ------ --------------- -,


JD .. .-- --

====- -
T T T T T T T T

~n -------------- -- - ---------------------- -- - --- ------------------,

1'---
--~----~----,-----hTr---~r---~-----TL_--_

EXEMPLO 13

T T T T T T T T T T T

T T T T TT TTTTTTTTT T T T
EXEMPLO 14

T T T T T T T T T T

EXEMPLO 15

Q li

T T T T

.....---.

T ...:j:.
T / T ~

. -----------.
~T

EXEMPL016
No exemplo 14, o tapping foi feito como
uma espécie de trêmolo, devendo ser &u ---- ---------------------------------- ------------ -------------1
executado repetidas vezes entre as notas D li
da mão esquerda.
Pratique o exemplo 15 em todas ..~ ...._______...- ~ _____.. ====="' ...__....
as cordas sobre o padrão 1 da escala
diatônica, com uma idéia melódica ~T~~ ~T~~
diferente. Na seqüência (exemplo 16)
aparece uma variação horizontal dessa
idéia. Depois. passe para o solo de
Stevie Vai em "Fool for Your Loving", do ~-------------------------- --------------- --------------------- .
Whitesnake (exemplo 17), com um padrão 3

melódico que se repete da primeira até a


quinta corda.
Os próximos exercícios utilizam o
tapping em frases com corda solta. T~ T~
No exemplo 18, tome cuidado com a
sonoridade ao trocar de corda para que a
corda solta não 'suje' o trecho.

48 CoverGuitarra
CONTINUAÇÃO EXEMPLO 16

&•------------------- ----------------------------------------- ---,


50 ' ---- ....---;--...._ -- _..---.._ ~ ....-----.....

- T
- T~

EXEMPLO 17

- -· • ·- - I

~T T T T T T

EXEMPLO 18

o' ~~ ~~~~ • f!c~f!: .11-!'ct!c 11"~ fi-11" . .11"1'-11". •~'"• •~'"•

~ ~========
6 6 6 6
6 6 6 6

-~T T T ~. T ~T T r----....._

~
6 6 6 6
3 0 11

. ..
6 6 6 6 "---- __/
T ---T T 1'---- T ...--=r T --=r-.,

·- ~·

T T T T T T T

CoverGuitarra 49
CONTINUAÇÃO EXEMPLO .20
7Q

~------' -~
T T

EXEMPLO 21

T T T T T T T

EXEMPLO 22

Afinar 1/2 tom Abaixo


&·---------------------------- -- ------------------------- -- --- --·
~

T~ T T T T T T

EXEMPL023

J J J J J J J J J J J J J J J J

~~.r~yr-.~.

1 J J J
J J ~---- J -J~
T~ T T ~ T ~~_,.T-. 1 !L.! T T ~ T/ T ... }. ':".

CoverGuib a 51
EXEMPLO 24
Stn - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -,

],., ..-----:- .. .. .. -
&~ -------------------------------------------------------------~
-~ ~ -

~~-------------
~T ~
6
T T

EXEMPLO 25

1\dl
v,., ,.,,.,,., ~ T,...... T~ T,......

Uma outra idéia sobre o arpejo de Lá


menor, porém com outra digitação e com
o acréscimo de uma sétima está nos EXEMPLO 26
exemplos 24 e 25, semelhante a um trecho
do solo de "Emotional Catastrophe", do Dr.
Sin, uma frase que é uma marca registrada
de Edu Ardanuy e que foi utilizada em
diversos solos. Além da sétima (Sol), ela traz
T T~ T
dissonâncias como a nona (Si) e a 111 (Ré).
Para encerrar este capítulo, trago
duas frases. A primeira (exemplo 26)
está sobre o arpejo de Dm7 /9, com uma
digitação e deslocamento da mão do tapping EXEMPLO 27
interessantes. A segunda (exemplo 27) Dm7/9 G7 C7+/9
tratcrse de uma progressão 11, V, I de Dó ,., m1 rTÍí
~ !'-~~
maior, que passa pelos arpejos de Dm7 /9,
G7 e C7+/9. Observe a nota Fá sustenido no . ---------
- I L.L.LJ "-:._-.1-:J • ~

terceiro tempo do último compasso. Ela dá


uma intenção lídio ao C7+/9, criando assim T /"" r---... T T ___!.. ~
um intervalo de 4#, característica do modo.

TAPPING BEND
O bend com tapping deve ser feito
EXEMPLO 28
observando as mesmas prioridades do
bend comum, ou sej a, precisão na afinação,
firmeza e sustain. Para isso, trago o
primeiro exercício (exemplo 28) como um a"
lll

'f\ ·r-..,
full run
~ r-,
full
~
full
~- - ~ ~

aquecimento sobre a escala de Sol maior,


..;--'41-y

~'
com bends de um tom e de meio tom.
Lembre-se que, após fazer o tapping, vocé 'f \ f\ r-~ f f'\ h
deve tocar o bend com a mão esquerda,
usando a mão do tapping apenas para
sustentar a corda.
T T T T T T T T T T T T

52 CoverGuitarra
EXEMPLO 33

D li

EXEMPLO 34

__
Afinar 1/2 tom abaixo
&n ---------------------- ---------- ----
full
--....., full (ull

D 11 li ~
-~
[). .J:'h [) .
I i_l:d I ~ I
- --
T
.-
.
T

-- T fuf{ Ttbf\

.
Tfufl T

sw--------------- ------------------ ------------ ----- ------------. lt:t l "l

5 0 li li ,...-----
~ = _..4\ .. -**==
~ .....___- ...__- ....._- ~

T T T __.., TT r T 'r \T T 't\ T

EXEMPLO 35

T T T T T T T T ~

.~

T~ ~TÓT T T T
Um lick sobre a penta de Mi menor
com salto de corda, com bend e reverse
com o tapping está no exemplo 33,
seguido de um trecho de "Glória
(Instrumental") do Oficina G3 (exemplo 34),
em que Juninho Afram executou diversos
bends com tapping de um tom e de meio T T T T T T T T T
tom, além de alguns tapping slides. Isso
nos leva ao próximo assunto ...

TAPPING SLIDE EXEMPLO 36


O slide com o tapping é feito da mesma
maneira que o slide comum, ou seja, com o
ataque a uma nota, arrastando o dedo até
uma outra. Para ilustrar isto, proponho um
exercício em que você deve descer a escala
pentatônica com slides e tocar um lick com
salto de corda e tappíng slíde na primeira
corda. Siga os exemplos 35 e 36.

56 CoverGuitarra
No solo de "You Give Lave a Bad Name " , EXEMPLO 37
do Bon Jovi , Richie Sambara fez ligados
na pentatônica de Dó menor e, a partir do
segundo tempo do primeiro compasso ,
realizou s/ides a partir da nota Dó até o
fim do braço da guitarra (exemplo 37) .
No exemplo 38 você tem uma frase nas
três primeiras cordas sobre o arpejo de
Em7, enquanto que nos exemplos 39 e
40, respectivamente , você tem um lick
sobre a escala de Sol maior com maior
deslocamento da mão esquerda e um EXEMPLO 38
trecho do solo de "' Espelhos Mágicos", do
Oficina G3, no qual Juninho Afram executou
Q
uma frase rápida de tapping slide na
primeira corda.

TAPPING DOUBLE-STOPS r r n
Sempre que atacamos duas ou mais
notas com a mão direita, estamos fazendo
uma espécie de double-stops com tapping.
Geralmente, este recurso ê utilizado com
um som limpo ou com pouca saturação, EXEMPLO 39
já que teremos vãrias notas soando ao
mesmo tempo e isto evita que o som saia ...
"embolado". Os próximos três exercícios
são em cima de arpejos. O exemplo 41 ê
executado sobre os acordes de Ré maior
e Dó maior, com o uso dos dedos 1 e 2, T~

- ... -
T T T T T T

EXEMPL040
&0----------------------------------------------------------- ---·
Q 11 R
1_\
J ~
.-....... . ,~,.---.....-. . J

'f\ .......--.. T T T,.....--...._ T


full

EXEMPLO 41

TTTT T TTT r r T r T r r r r r T T
enquanto o exemplo 42 ê uma variação EXEMPLO 42
sobre os acordes de G7+/9, C7+/9 e
07+/9. Já o exemplo 43 ê feito sobre o
campo harmônico maior de C.
Trago no exemplo 44 um exerclcio em
semicolcheias, em que a mão esquerda
executa a escala maior e a mão direita faz T T T T T T T T T T T T
double-stops nas duas primeira cordas,
subindo diatonicamente.

T T T T T T T T T T T T

EXEMPl043

TT T TT TT T TT TT T TT TT T TT

TT TTTTT TTT TTT TTTTT T

EXEMPL044

T T T T T T T T

~
' '
3 0 11 ~ ~ ~

r r1 r r1 i~ ...~
T T T T T T
EXEMPLO 45

o 3 d#d ~ d #d ~
;!'
-
~ T
;t ;t
T T
;t
f r r U
T T T

-
7 o d #d ~ d ~d ~ ~ J .J
- r r r
~ r r r ~ r
T T T T
r r
T T
u ~ T T T
~
- -

/()o ~ J .J ~ J } ~ J .J

~ r ru - r
~
r r
~ u r r u
T T T T T T T T T
No exemplo 4$ você tem um trecho de . -
"Tapping lnto My Dark Tranquility", em que Kiko
Loureiro Ilustrou bem o uso desta têcnica.
-
TAPPING COM OS QUATRO DEDOS EXEMPL046
De todos os tópicos aqui citados,
este talvez seja aquele que apresenta
a
-
11
a maior dificuldade, pois além de um
sincronismo perfeito, ele exige vigor físico ,
,
principalmente no dedo 4 da mão direita.
Portanto, vale a pena um estudo de ligados
TI T2 T4 TI T2 T4 TIT2T4 T~
para esta mão antes de iniciar a prática
dos próximos exercícios. Primeiro, trago
um exercício com salto (exemplo 46).
Para executá-lo, você terá que possuir
independência entre as mãos e dedos da
mão direita. Depois, você tem um /ick sobre
a pentab/ues de Sol maior que trará uma
dificuldade maior à execução (exemplo 47).
Em " Midnight" (exemplo 48), Joe Satrlani
usou uma idéia com apenas dois dedos.
Porém, trata-se de um ótimo exercício de
sincronismo entre as mãos e dedos. Já o
exemplo 49 é uma idéia sobre o arpejo de
C7+/ 9 com a utilização dos dedos 1 , 2 e EXEMPLO 47
4 da mão direita . Pratique lentamente até
entender o sentido da frase e sua divisão
rítmica . Para finalizar, um trecho mais
desafiador (exemplo 50), que é introdução
de " Building the Church ", de Stevie Vai. É
uma frase em fusas, com uma participação
ativa das duas mãos. Por isso, treine
devagar e com a ajuda de um metrônomo
para obter um resultado satisfatório.

EXEMPLO 48

T2 TI T2 TI T2 TI T2 TI T2 TI T2 TI T2 Tl T2TI

T2 TI T2 TI T2 TI T2 TI T2TI T2TI T2 TI T2 TI

EXEMPL049
&c-- ---------------- ---- -- --------,
a ....-- ~~ ~==~=!=! -........._ / - . ---.. . .
r~-

*---3 ===== ===== - * ...........:~-


-
TI TI TIT4T2TI TI TIT4 TI TI TIT2TIT2 T4T2TI TI .J.I T4TI TI
/ ........ ..-...
-
EXEMPLO 50

~ !: ~ .. ~~ - 11. ~ ~- ~ .. ~ ~~- ~~ ..

T3 T2 TI T3 T2 TI T3 T2 TI T3 T2 TI T3 T2 T3 T2

2 ~ !:
~- ~ !: -~ !: 11.- ~ .. ~ ~~- ~~ .
T3 T2 TI T3 T2 TI T3 T2 TI T3 T2 Tl T3 T2 T3 T2

Tenha consciência de que o tapping Velocidade sem precisão, clareza e divisão


deve fazer parte do acervo técnico rítmica precisa é Inútil. Portanto , ao
do guitarrista, mas lembre-se que a estudar, dê muita atenção a esses fatores
velocidade e toda técnica deve estar e seja criatlvo.Crle suas frases e incorpore
à serviço da música e não o contrário. essa técnica ao seu estilo.r