Você está na página 1de 2

QUESTÕES DE ANALISE – CURTO CIRCUITO E COMPONENTE SIMÉTRICO

1. Observe a figura abaixo e responda o que se pede:

O sistema elétrico de potência representado acima opera em regime permanente com tensão nominal em todas as
barras. Todos os dados em pu indicados no diagrama unifilar foram obtidos a partir de uma base de potência de 100
MVA e de tensão no gerador G1 de 10 kV. Para efeito de análise e de cálculos, somente reatâncias devem ser
consideradas. Os dados de cada reatância são fornecidos abaixo do símbolo de cada equipamento. No transformador,
todas as reatâncias de sequência são iguais, assim como na linha de transmissão (LT) e no gerador equivalente. No
gerador G1, a reatância de sequência positiva é igual à de sequência negativa. Com base nessas informações, julgue os
itens subsequentes.

a. Uma falta fase-fase (bifásica) na barra 3, não tem nenhuma influência da reatância de sequência zero do gerador
equivalente que está ligado a essa barra.

( ) Certo ( ) Errado

b. Se ocorrer uma falta trifásica na barra 2, sem resistência de falta, a magnitude da corrente de falta em pu nessa barra
será inferior à corrente de falta trifásica na barra 3, também sem resistência de falta

( ) Certo ( ) Errado

c. A reatância da LT, em ohms, é igual a 5

( ) Certo ( ) Errado
2. Curto-circuitos simétricos em sistemas elétricos são fenômenos que estão inseridos dentro do problema de
transitórios meio-rápidos em sistemas de potência, ocorrendo, em sua maioria, nas linhas de transmissão expostas.
O curto-circuito simétrico, envolvendo as três fases, é considerado o mais crítico dentre os demais tipos de curto.
Com base nesse cenário, afirma-se que a(s):

A) Importância do conhecimento das correntes e tensões de curto-circuito em um sistema está associada ao


dimensionamento da capacidade de interrupção de disjuntores, baseando-se em uma condição média de severidade,
visando a aliar aspectos técnicos e econômicos simultaneamente.
B) Ocorrência de uma falta simétrica em uma determinada barra do sistema faz com que sua tensão seja reduzida
instantaneamente, havendo contribuição das barras adjacentes nesse defeito, e impedâncias das linhas conectadas à
barra em curto serão um dos fatores que influenciarão nas correntes de falta.
C) Impedância de Thevenin equivalente do restante do sistema, desconsiderando a barra sob defeito, tem
característica predominantemente resistiva, ao se aplicar o teorema de Thevenin na ocorrência de um curto-circuito
simétrico.
D) Capacidade de uma determinada barra em manter sua tensão, na ocorrência de um curto-circuito simétrico,
depende de seu nível de falta, sendo que a inserção artificial de impedâncias de aterramento não influi no nível de
falta, ocasionando a redução das correntes de curto.
E) Tensões em algumas barras da rede serão reduzidas durante a ocorrência do curto-circuito, sendo que o valor
desta redução dependerá do nível de falta das barras, definido pelo quociente da tensão antes da falta e da corrente
após a falta.

3. A respeito do curto-circuito em uma linha de transmissão, analise as afirmativas.


I - O curto-circuito trifásico depende somente do circuito equivalente de Thèvenin de sequência positiva.
II - O curto-circuito bifásico depende dos circuitos equivalentes de Thèvenin de sequências positiva e zero.
III - O curto-circuito monofásico depende dos circuitos equivalentes de Thèvenin de sequências positiva, negativa
e zero.
Está correto APENAS o que se afirma em
a. I b. II c. III d. I e III e. II e III

4. Em uma linha de transmissão, ocorre uma falta, cuja corrente é definida por

onde,
V¹(F) é sua tensão de sequência positiva;
Z0EQU , Z¹EQU e Z²EQU são as impedâncias nas sequências: zero, positiva e negativa, respectivamente.
A esse respeito, afirma-se que se trata de uma falta:
a. trifásica b. entre duas fases. c. entre fase e terra.
d. entre duas fases e terra. e. entre as três fases e terra

5. A análise de curtos-circuitos representa vital importância para um sistema elétrico; através desta análise são
dimensionados os circuitos de proteção. Sobre curtos-circuitos em sistemas elétricos de potência, assinale a
afirmativa INCORRETA.
a. Os curtos-circuitos temporários desaparecem após atuação do sistema de proteção.
b. O curto-circuito simétrico possui o mesmo valor da tensão eficaz da corrente de curto.
c. O curto-circuito bifásico sem contato de terra é equilibrado, possuindo corrente de curto igual nos três
condutores.
d. O curto-circuito bifásico com contato de terra é desequilibrado, possuindo corrente de curto diferente nos três
condutores.
e. Dentre as causas mais comuns para ocorrência de curto-circuito em um sistema elétrico de potência são
descargas atmosféricas e queimadas.

8. Assinale a alternativa INCORRETA no que tange ao curto-circuito em sistemas elétricos.


a. Para cada componente de sequência, é traçado um circuito monofásico equivalente contendo as sequências vistas
pelos componentes de sequência das correntes de curto-circuito.
b. Os geradores e as máquinas são representados através de uma fonte de tensão em série com uma impedância nos
circuitos de sequência positiva, negativa e zero.
c. Em qualquer parte de um circuito, a corrente de uma determinada sequência provoca uma queda de tensão que
depende da impedância do trecho do circuito percorrido.
d. As impedâncias de sequência positiva e negativa são iguais para as representações de linhas de transmissão,
cargas e transformadores, bem como em máquinas síncronas nas representações do modo subtransitório.
e. A impedância de sequência zero é sempre diferente daquelas apresentadas nas outras duas sequências.

9. O sistema de energia elétrica tem o diagrama unifilar apresentado na figura abaixo:

Todos os transformadores são de


núcleo envolvente. Considerando
um defeito na linha de
transmissão “bc”. O defeito é um
curto-circuito 1Ø – Terra, isto é,
envolvendo a fase “a” e a terra,
situados a 70% da linha de
transmissão “bc”, onde o sistema
apresenta está operando a vazio,
isto é, sem carga.
Determine:

a. Diagrama de Sequência: Positiva, Negativa e Zero


b. Diagrama de Sequência Equivalente
c. Tensões e Correntes de Sequência Positiva, Negativa e Zero
d. Tensões e Correntes de Linha e Fase