Você está na página 1de 2

Deserto, lugar de sequidão, lugar inóspito, lugar desfavorável à vida.

Todavia o deserto de Deus é um bom lugar para aprendermos. Deserto de


Deus: Lugar de isolamento, lugar de solidão, lugar de aprendizado, lugar de
estar a sós com Deus. No deserto com Deus nós aprendemos muitas lições
e passamos a ter muitas experiências que em outros lugares jamais
teríamos. No deserto o nosso ego é desfeito, o nosso caráter é mudado e a
nossa vida é transformada. É melhor estar no deserto e no anonimato
dentro da vontade de Deus, do que estar na mira dos holofotes e recebendo
os aplausos da mídia, fora da vontade de Deus.

HOMENS QUE PASSARAM NO DESERTO E DEIXARAM SUAS MARCAS.

ABRAÃO.

Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de
receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia (Hebreus.11.8).
Abraão em obediência ao chamado de Deus, caminhou pelo deserto sem
direção e deixou as marcas da obediência e fé em Deus, vindo a ser
conhecido como amigo de Deus e pai da fé.

ISAQUE.

Pela fé, habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em


cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa
(Hb.11.9).
Seguindo o exemplo do seu pai Abraão, Isaque atravessou o deserto, dando
continuidade ao plano de Deus para que uma nação fosse formada através
da sua descendência.

JACÓ.

Jacó, com fama de enganador, suplantador e trapaceiro, passou pelo


deserto de Deus; ele teve a sua vida transformada e o seu nome mudado
para Israel. A vida de Jacó foi marcada por Deus, e Jacó deixou sua marca
na história.

MOISÉS.

Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de
Faraó, escolhendo, antes, ser maltratado com o povo de Deus do que por
um pouco de tempo, ter o gozo do pecado; tendo, por maiores riquezas, o
vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito, porque tinha em vista a
recompensa (Hb.11.24-26).
Moisés passou 40 anos no deserto, sendo treinado por Deus para ser o
libertador de Israel. Moisés precisava aprender lições e ser moldado por
Deus, muitas vezes é preciso passarmos pelo deserto para depois
entendermos a vontade de Deus nas nossas vidas. Todos os planos de
Moisés no Egito fracassaram, mas Deus tinha planos excelentes na sua
vida, e o levantou como profeta, legislador e libertador de Israel.
JESUS.

O próprio Jesus na sua condição humana também passou pelo deserto. Diz
o texto sagrado: Então, foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para
ser tentado pelo diabo (Mt.4.1). Após jejuar quarenta dias e quarenta
noites, Jesus travou uma batalha contra Satanás, no deserto. Jesus venceu
o diabo no deserto, triunfou sobre ele na cruz e lhe derrotou por completo
quando ressuscitou. Aleluia!

Interesses relacionados