Você está na página 1de 3

DESENVOLVIMENTO DE UM PLANO DE NEGÓCIOS PARA UM ESPAÇO DE YOGA

1. Sumário Executivo: Medite e relaxe de cinco a dez minutos. Limpe sua mente e
então escreva um resumo de sua empresa. Não se preocupe em usar a linguagem
comercial ou tentar impressionar qualquer pessoa. Em suas próprias palavras,
escreva o que você gostaria de criar. Pense em Quem, O Que, Onde, Como e Porquê.
a. Quem você deseja servir?
b. Onde você quer atendê-los?
c. O que você deseja atendê-los?
d. Como você deseja atendê-los?
e. Por que você deseja atendê-los?

2. Declaração de missão: Escreva uma a três frases claramente indicando em


linguagem positiva qual é a sua missão.
Exemplos:
Eu quero compartilhar o presente que me foi dado ao conhecer Yoga.
Eu quero dar às pessoas da região do Rio Vermelho um local conveniente para o
estudo e prática de Yoga.

3. Nome do negócio: Tenha especial cuidado ao dar um nome ao seu negócio. O nome
definirá para seu public quem é você e o que seu negócio representa. Também deve
estar disponível (não ser plágio) e deve lhe distinguir de outros negócios (similares
ou não). Veja esse video do Youtube http://youtu.be/HBSy50C1XSg.

4. Público Alvo: Quando pensar no seu público alvo leve em consideração;


a. Sexo
b. Idade
c. Endereço
d. Renda familiar
e. Nível escolar
Descreva quem é seu cliente ideal. Não uma ideia geral de um grupo de pessoas, mas
a pessoa perfeita que personifica seus estudantes de Yoga.
Veja essa pessoa em sua mente e descreva-a como se fosse um bom amigo seu.
‣ Quantos anos ele tem e onde ele vive?
‣ Com o que ele trabalha?
‣ Quanto dinheiro ele ganha?
‣ Por que ele quer fazer ioga?
‣ Ele já está praticando yoga?
‣ Por que ele quer fazer yoga com você?
‣ Como ele descobre sobre yoga com você?
Seja tão claro quanto possível em relação a essa pessoa. Até encontrar uma foto que
os represente, se possível. Esta é a pessoa que você deseja servir.

5. Localização (apesar de você já ter pré-definido o local, faça essa etapa): leve em
consideração pelo menos os seguintes tópicos na sua análise:
a. Trânsito
b. Estacionamento
c. Transporte Público
d. Facilidades vizinhas
e. Demografia da área
f. Ruído externo
g. Segurança do entorno
Em relação ao espaço propriamente dito lembre-se de avaliar:
a. Piso: normalmente um piso de madeira é mais adequado para a prática
b. Pé-direito (altura do teto): Tetos baixos passam sensações negativas e
claustrofóbicas.
c. Tamanho (área): vi na internet que uma área de 2,6 metros quadrados por
estudante é ideal. Dificilmente você fará um bom dinheiro com menos de 12
estudantes por aula. Um mínimo de 32 metros quadrados livres de espaço é
importante.
d. Iluminação: Tem iluminação natural? Ou somente artificial? Se a iluminação for
artificial é preciso um estudo da temperatura de cor da iluminação de acordo
com a hora do dia, de modo a tornar o ambiente ideal para a prática de yoga.
e. Ambiência: deve transmitir paz e tranquilidade
f. Recepção: haverá uma área separada para recepção? Novos estudantes podem
não saber da necessidade de quietude na hora da negociação para fechamento
da matrícula e atrapalhar alguma aula em curso.
g. Reforma: o espaço precisa de ser reformado para ser viável a prática de yoga? Se
for, qual a estimativa de investimento na reforma?
Tente visualizar o espaço como um todo. Se imagine caminhando pelo local como aluno e
depois como instrutora e por fim como empresária. Somente depois disso responda as
perguntas acima.

6. Concorrência: analise a concorrência num raio de 1 a 15 km. Analise também a


concorrência levando em consideração o tempo de deslocamento do seu aluno.
Preferencialmente não deve ser mais do que 15 minutos.
Analise os estilos de yoga dos concorrentes e tente preencher as lacunas deixadas
por eles sem fugir do seu objetivo e missão.
Pesquise, visite e tome notas dos espaços concorrentes.

7. Serviços a ser oferecidos: defina seus serviços primários e secundários de forma


objetiva.
a. Nome do serviço
b. Estilo
c. Custo
d. Horários e dias que são oferecidos (não escreva quando possível, quando eu
puder, quando o cliente quiser etc.)
e. Nível de experiência requerida pelo aluno para cada serviço oferecido
(iniciante, intermediário, avançado etc.)
f. Equipamentos e acessórios necessários para cada serviço
g. Pré-requisitos
8. Preços: depois de revisar seus serviços e analisar a concorrência determine seus
preços. Pense em situações diferentes, por exemplo: planos semanais, mensais,
trimestrais, anuais. Aulas avulsas. Aulas VIP exclusivas etc. Taxa de matrícula e
anamnese etc. Primeira aula grátis. Aula grátis para quem trouxer um aluno que se
matricule etc.
9. Revenda de produtos e acessórios: escreva o que você pretende para agregar
valor para seu aluno (cliente). Por exemplo: o tapete está incluso na taxa de
matrícula. Revenda de incensos de qualidade e difíceis de encontrar na região.
Revenda de roupas próprias para a prática de yoga etc. Normalmente você deve ter
uma margem bruta de 100% do custo para revenda de produtos. Senão não gera
lucro. Ou seja, se você compra o tapete por R$45,00 ele deve ser vendido por R$
90,00.

10. Treinamento para professores: obviamente não será possível oferecer esse
serviço no início do negócio, porém inclua no seu plano de médio prazo.

11. Resumo financeiro: é importante você ter a exata ideia da projeção financeira do
negócio. Inclua pelo menos:

a. Capital inicial (custos de legalização, reforma, implantação, estoque inicial de


materiais de limpeza, de revenda, notebook para registros, software de
gestão (mesmo Excel precisa de licença) etc.)
b. Custos recorrentes: aluguel, água, energia, internet, telefone fixo, celular,
assinatura de revistas para uso dos clientes enquanto esperam, material de
manutenção e limpeza, despesas de marketing e divulgação, contador,
segurança etc.
c. Receitas previstas mês a mês com justificativas
Coloque tudo num demonstrativo de resultados esperados (DRE no jargão de
negócios). Existem diversas planilhas disponíveis para servir de padrão.

12. Análise SWOT


Strength – Força: algo que seu negócio tem (ou terá) como elementos fortes.
Weakness: Fraquezas: o que seu negócio tem (ou terá) como elementos fracos.
Opportunities: Analise as oportunidades em relação à concorrência
Threats: avalie as ameaças constituídas pela concorrência.

Essa análise deve ser feita com um ou dois amigos que possam lhe ajudar.
Monte um plano de ação para se manter forte e gerar oportunidades.

13. Legalização do negócio: avalie se há necessidade de legalização e inclua esses


custos na sua análise financeira. Lembre-se que mais cedo ou mais tarde a
fiscalização chega e é melhor estar preparada (ainda que não legalizada).
14. Plano de marketing: elabore um plano de marketing e divulgação e escreva o
mesmo num papel. Foque em cada ação do seu plano e meça seus resultados antes
de usar outra ação do plano. Persistência e análise dos resultados são as chaves
nesse item.
15. Reescreva seu sumário executivo: observe que após os 14 passos anteriores você
aprendeu muito sobre seu negócio e seu sumário executivo (passo 1) precisará ser
reescrito.