Você está na página 1de 4

QUÍMICA – 11º ANO

ESCOLA SECUNDÁRIA DOMINGOS SEQUEIRA | FÍSICA E QUÍMICA A | 11º ANO | EXERCICIOS DE APOIO

Ficha Formativa nº 2 – FQA – APOIO


o
Nome ________________________________________ N. ______ Turma _________ Data ______ / ______ / _______

Cálculos estequiométricos. Reagente limitante

1. Considere os seguintes esquemas químicos:

(A) N2O5 (g) + H2O (ℓ) → HNO3 (aq)


(B) NH4OH (aq) + H2SO4 (aq) → (NH4)2SO4 (aq) + H2O (ℓ)
(C) Ag2SO4 (aq) + NaCℓ (aq) → AgCℓ (s) + Na2SO4 (aq)
(D) KNO3 (s) → KNO2 (s) + O2 (g)
(E) Na2CO3 (aq) + HCℓ (aq) → CO2 (g) + NaCℓ (aq) + H2O (ℓ)
(F) C2H5OH (ℓ) + O2 (g) → CO2 (g) + H2O (g)
(G) Fe (s) + H2O (ℓ) → Fe3O4 (s) + H2 (g)
(H) Pb(NO3)2 (aq) + NaI (aq) → PbI2 (s) + NaNO3 (aq)

Acerte os esquemas químicos de modo a transformá-los em equações químicas.

2. Considere duas amostras: uma de sulfato de cálcio, CaSO4 (s), com a massa de 34,0 g e outra de sulfito de
sódio, Na2SO3 (s), com a massa de 50,4 g.
−1 −1
Dados: M(CaSO4) =136,15 g mol ; M(Na2SO3) = 126,05 g mol
2.1 Determine qual das amostras contém maior percentagem de enxofre, S.
2.2 Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte.
Na amostra de sulfito de sódio, estão presentes…
−1 −1
(A) 1,00 × 10 mol de átomos de S. (B) 2,00 × 10 mol de átomos de S.
−1 −1
(C) 3,00 × 10 mol de átomos de S. (D) 4,00 × 10 mol de átomos de S.
2.3 Qual a relação entre o número de átomos de oxigénio em 50,4 g de Na 2SO3 e em 34,0 g de CaSO4?

3. Determine a composição centesimal dos seguintes compostos:


−1 −1
Dados: M(CHCℓ3) = 119,37 g mol ; M(Aℓ(OH)3) = 78,00 g mol

3.1 clorofórmio (triclorometano), CHCℓ3;


3.2 hidróxido de alumínio, Aℓ(OH)3.

4. Considere o composto cloreto de bário di-hidratado, BaCℓ2.2H2O.


−1 −1
Dados: M(BaCℓ2.2H2O) = 244,23 g mol ; M(H2O) = 18,02 g mol
Para 4,00 mol deste sal, determine:
4.1 a massa de água presente;

4.2 o número de iões cloreto, Cℓ ;
4.3 a %(m/m) de cloreto de bário existente na amostra;
2+
4.4 a quantidade de iões bário, Ba , presentes na amostra.

5. Na preparação comercial do hidróxido de sódio, NaOH, faz-se reagir o carbonato de sódio, Na2CO3, com uma
solução aquosa de hidróxido de cálcio, Ca(OH)2. A equação química que traduz esta reação é a seguinte:
Na2CO3 (aq) + Ca(OH)2 (aq) → 2 NaOH (aq) + CaCO3 (s)
−1
Dado: M(NaOH) = 40,00 g mol
5.1 Indique o nome do produto da reação obtido, para além do hidróxido de sódio.
5.2 Determine a massa de hidróxido de sódio que se obtém quando se tratam 6,00 mol de Na2CO3 (aq) com
Ca(OH)2 (aq).
5.3 Considere que o volume da solução aquosa de hidróxido de sódio é 750,0 mL. Calcule a concentração
desta solução.

6. Considere a seguinte equação química:

2 SO2 (g) + O2 (g) → 2 SO3 (g)

• Física e Química A • QUÍMICA • 11.º ano •


ESCOLA SECUNDÁRIA DOMINGOS SEQUEIRA | FÍSICA E QUÍMICA A | 11º ANO | EXERCICIOS DE APOIO

−1 3 −1
Dados: M(SO2) = 64,07 g mol ; Vm = 22,4 dm mol (PTN)
6.1 Indique que informações qualitativas se podem obter a partir desta equação química.
6.2 Tendo em conta as informações quantitativas indicadas pela equação, selecione a opção correta.
(A) São necessárias 4,0 mol de O2 para que 2,0 mol de SO2 se consumam.
(B) A quantidade química de SO2 que foi consumida durante a reação é o dobro da quantidade química de
SO3 que se forma.
3 3
(C) Por cada 22,4 dm de SO2 que reage nas condições PTN, consomem-se em simultâneo 11,2 dm de O2.
3
(D) Quando se consomem 19,2 g de SO2 nas condições PTN, libertam-se 5,0 dm de SO3.

7. O sulfato de amónio, (NH4)2SO4, usado como fertilizante, é preparado industrialmente pela reação do amoníaco,
NH3 (g), com o ácido sulfúrico, H2SO4 (aq).
−1 −1
Dados: M((NH4)2SO4) = 132,15 g mol ; M(NH3) = 17,03 g mol
7.1 Escreva a equação química que traduz a preparação do sulfato de amónio.
7.2 Calcule a massa de amoníaco que é necessária para preparar 10,0 toneladas de fertilizante.

8. O gás butano, C4H10 (g), é utilizado como combustível. A sua combustão, no seio do oxigénio, origina dióxido de
carbono e vapor de água.
A equação química que traduz esta combustão é a seguinte:
2 C4H10 (g) + 13 O2 (g) → 8 CO2 (g) + 10 H2O (g)
−1 −1
Dados: M(C4H10) = 58,12 g mol ; M(O2) = 32,00 g mol
8.1 Que quantidade de CO2 (g) se obtém quando se consome totalmente 1,0 mol de C4H10 (g)?
3
8.2 Nas condições PTN libertaram-se 56,0 dm de H2O (g). Determine a massa de O2 (g) que foi consumido.
8.3 Calcule a quantidade de O2 (g) necessária para que 58,1 g de C4H10 (g) sofram combustão completa.

9. Atestou-se o depósito de automóvel com 40,0 L de combustível, sabendo que nesse volume de combustível
existem aproximadamente, 265 mol de octano, C8H18 (ℓ).
A equação química que traduz a combustão do octano é:

2 C8H18 (ℓ) + 25 O2 (g) → 16 CO2 (g) + 18 H2O (g)

Para percorrer um determinado percurso foram consumidos 10,0 L de combustível.


3 −1
Dado: Vm = 22,4 dm mol (PTN)
9.1 Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte.
A quantidade de oxigénio, O2 (g), necessária para queimar completamente os 10,0 L de combustível é…
2 2 3 3
(A) 4,2 × 10 mol. (B) 8,3 × 10 mol. (C) 4,2 × 10 mol. (D) 8,3 × 10 mol.

9.2 Determine o volume de dióxido de carbono que se liberta, nas condições PTN.

3 3
10. Adicionaram-se 20,0 cm de ácido sulfúrico a 30,0 cm de uma solução aquosa de hidróxido de sódio, cuja
−3
concentração mássica é 4,0 g dm . A equação química correspondente a esta reação é a seguinte:

H2SO4 (aq) + 2 NaOH (aq) → Na2SO4 (aq) + 2 H2O (ℓ)


−1 −1
Dados: M(H2SO4) = 98,09 g mol ; M(NaOH) = 40,00 g mol
10.1 Determine a concentração molar da solução aquosa de hidróxido de sódio.
3
10.2 Calcule a quantidade de hidróxido de sódio presente nos 30,0 cm da solução.
10.3 Calcule a massa de ácido sulfúrico que reagiu.
10.4 Determine a concentração molar do ácido sulfúrico, sabendo que a reação foi completa e que os
reagentes se encontravam nas proporções estequiométricas indicadas pela equação química.

11. 23,65 mL de ácido clorídrico, HCℓ (aq), reagem com 25,00 mL de uma solução de hidróxido de sódio,
−1 −3
NaOH (aq), com a concentração 1,05 × 10 mol dm , de acordo com a equação química seguinte:

HCℓ (aq) + NaOH (aq) → NaCℓ (aq) + H2O (ℓ)

Calcule a concentração do ácido clorídrico.

3
12. Numa reação química utilizaram-se 4,90 g de uma solução de ácido sulfúrico, H2SO4 (aq), e 150 cm de uma
−1 −3
solução de hidróxido de sódio, NaOH (aq), com a concentração 5,0 × 10 mol dm . A equação química que
traduz esta reação é:

• Física e Química A • QUÍMICA • 11.º ano •


ESCOLA SECUNDÁRIA DOMINGOS SEQUEIRA | FÍSICA E QUÍMICA A | 11º ANO | EXERCICIOS DE APOIO

H2SO4 (aq) + 2 NaOH (aq) → Na2SO4 (aq) + 2 H2O (ℓ)


−1 −1
Dados: M(H2SO4) = 98,09 g mol ; M(NaOH) = 40,00 g mol
12.1 Identifique o reagente limitante.
12.2 Determine a quantidade de sal que se formou nesta reação.

13. Uma solução aquosa de nitrato de prata, AgNO3 (aq), reage com uma solução aquosa de cloreto de bário,
BaCℓ2 (aq), de acordo com a equação química seguinte:

2 AgNO3 (aq) + BaCℓ2 (aq) → Ba(NO3)2 (aq) + 2 AgCℓ (s)

Considere que se adicionam 12,6 g de AgNO3 a 8,4 g de BaCℓ2.


−1 −1
Dados: M(AgNO3) = 169,91 g mol ; M(BaCℓ2) = 208,20 g mol
13.1 Identifique o reagente em excesso.
13.2 Selecione a opção que corresponde à quantidade de cloreto de prata que precipita.
−2 −2 −1 −1
(A) 7,4 × 10 mol (B) 3,7 × 10 mol (C) 7,4 × 10 mol (D) 3,7 × 10 mol

14. A redução do óxido de cromo (III) pelo alumínio metálico processa-se de acordo com a equação química
seguinte:
2 Aℓ (s) + Cr2O3 (s) → Aℓ2O3 (s) + 2 Cr (s)

Misturaram-se 6,0 g de Aℓ (s) com 8,0 g de óxido de cromo (III).


−1 −1 −1
Dados: M(Aℓ) = 26,98 g mol ; M(Cr2O3) = 152,00 g mol ; M(Cr) = 52,00 g mol

14.1 Identifique o reagente limitante.


14.2 Determine a massa de cromo que se obteve.
14.3 Calcule a quantidade de reagente que ficou por reagir.

15. A reação da seguinte equação química processa-se até que o reagente limitante se consuma completamente.

2 Aℓ (s) + 3 MnO (s) → Aℓ2O3 (s) + 3 Mn (s)


Uma mistura, constituída por 100,0 g de alumínio metálico e 200,0 g de óxido de manganês, foi sujeita a
aquecimento para que ocorresse a reação.
−1 −1 −1
Dados: M(Aℓ) = 26,98 g mol ; M(MnO) = 70,94 g mol ; M(Mn) = 54,94 g mol
Selecione a opção correta.
(A) O reagente limitante é o alumínio.
(B) A quantidade de reagente que não se consumiu foi 1,83 mol.
(C) A massa de manganês que se obteve foi de 175 g.
(D) Obtiveram-se 4 mol de manganês metálico.

16. 350,0 g de óxido de silício, SiO2 (s), ao serem aquecidos com 50,0 g de carvão em pó, C (s), originaram
carbite de silício, SiC (s) e monóxido de carbono, CO (g), de acordo com a seguinte equação química:
SiO2 (s) + 3 C (s) → SiC (s) + 2 CO (g)
−1 −1 −1
Dados: M(SiO2) = 60,09 g mol ; M(C) = 12,01 g mol ; M(SiC) = 40,10 g mol ;
3 −1
Vm = 22,4 dm mol (PTN)
16.1 Identifique o reagente em excesso.
16.2 Determine a massa de reagente que não se consumiu.
16.3 Selecione a opção que corresponde ao volume de CO (g), libertado nas condições PTN.
3 3 3 3
(A) 31,0 dm (B) 62,0 dm (C) 46,5 dm (D) 93,0 dm

• Física e Química A • QUÍMICA • 11.º ano •


ESCOLA SECUNDÁRIA DOMINGOS SEQUEIRA | FÍSICA E QUÍMICA A | 11º ANO | EXERCICIOS DE APOIO

SOLUÇÕES:
2.
2.1 CaSO4:  %(S) = 23,55%
Na2SO3:  %(S) = 25,44%
−1
2.2 Opção (D). n = 4,00 × 10 mol Na2SO3
2.3
A relação entre o número de átomos de oxigénio nas amostras de Na 2SO3 e CaSO4 é: = 1,20
3.
3.1 %(H) = 0,8444%;
%(Cℓ) = 89,09%
3.2 %(Aℓ) = 34,59%; %(O) = 61,54%;
%(H) = 3,877%
4.
4.1 m = 144 g H2O
24 −
4.2 N = 4,82 × 10 iões Cℓ
4.3 %(m/m) = 85,243%
2+
4.4 A 4,00 moles de BaCℓ2.2H2O correspondem 4,00 moles de iões Ba .
5.
5.1 Carbonato de cálcio, CaCO3 (s).
5.2
m = 480 g NaOH
−3
5.3 c = 16,0 mol dm
6.
6.1 O tipo e o estado físico, nas condições PTN, das substâncias que constituem o sistema reacional. Assim, sabe-
se que o dióxido de enxofre, no estado gasoso, reage com o oxigénio, no estado gasoso, para formar trióxido
de enxofre, também no estado gasoso.
6.2 Opção (C).
7.
7.1
6
7.2 m = 2,57 × 10 g NH3 ou m = 2,57 toneladas de NH3
8.
8.1 4,0 mol CO2
8.2 m = 104 g O2
8.3 6,50 mol O2
9.
9.1 Opção (B).
4 3
9.2 V = 1,19 × 10 dm CO2
10.
−1 −3
10.1 c = 1,0 × 10 mol dm NaOH
−3
10.2 n = 3,0 × 10 mol NaOH

10.3 m = 0,15 g H2SO4


−2 −3
10.4 c = 7,5 × 10 mol dm H2SO4
−1 −3
11. c = 1,11 × 10 mol dm HCℓ
12.
12.1 o reagente limitante é NaOH.
12.2 3,8 10-2 mol Na2 SO4
13.
13.1 o reagente em excesso é BaCℓ2.
13.2 Opção (A).
14.
14.1 o reagente limitante é Cr2O3.
14.2 = 5,7 g Cr
14.3 n(Aℓ que não reage) = 0,11 mol átomos Aℓ
15. Opção (B).
16.
16.1 o reagente em excesso é o SiO2.
2
16.2 m = 2,6 × 10 g SiO2
16.3 Opção (B).

• Física e Química A • QUÍMICA • 11.º ano •