Você está na página 1de 29

1

2
INTRODUÇÃO
A percepção de que mudanças constantes ocorrem
de maneira cada vez mais intensa e acelerada em
nosso planeta são praticamente unânimes.

Quando paramos para observar a realidade em que


estamos imersos coletivamente, veremos que tudo
está se transformando constantemente.

O clima, a economia, a cultura, as religiões, as cren-


ças, a tecnologia, as relações humanas e por aí vai.

Todas estas transformações podem ser associadas


a um processo comumente chamado de “transição
planetária”, que de acordo com espiritualistas e
pesquisadores da consciência, ocorre de maneira cí-
clica em períodos que variam de 2 a 26 mil anos.

3
É o que muitos chamam de “despertar da nova que ocorrem em nível social. Supostamente, es-
era”, “era de aquários” dentre tantas outras de- tas gerações são almas evoluídas e carregam em
nominações. si as sementes da mudança e vieram de diversas
partes do cosmos para auxiliar nosso planeta a
Cientificamente falando, o que ocorre neste mo- avançar cada vez mais em seu processo evolu-
mento, é um “alinhamento” entre nosso sistema tivo.
solar e o sol central “acima” deste, o que confere
um aumento das energias “fotônicas” e nos faz Crenças e teorias à parte, este material é
como um todo estarmos expostos à vibrações um chamado para que você possa refletir e
mais intensas de luz e energia cósmica. conhecer um pouco sobre as fascinantes pesqui-
sas feitas sobre o tema.
Esta era de iluminação em termos de energia
e informação vem acompanhada de uma série Por Mautama Krishnarabi
de consequências evolutivas e é marcada pela
notável presença de diversas gerações de seres
humanos, com certas características bem mar-
cantes.

No âmbito dos espiritualistas muito tem sido fala-


do sobre as crianças índigo e cristal, gerações
que tem um papel fundamental nas mudanças

INTRODUÇÃO 4
A REFORMA NA ESCOLA DA VIDA
Imagine por um momento, que o planeta ter- A primeira etapa desta reforma é um processo
ra é uma escola, e que esta escola está pre- de descontrução. Nesta fase, as instalações an-
cisando passar por diversas reformas para que tigas da escola, como as salas de aula, quadras
possa continuar cumprindo bem o seu papel. de esporte, pátio, dentre outras serão “demoli-
Os alunos, professores, funcionários e pais, das”.
representam os habitantes do planeta terra e
sua população, caracterizados pelas diversas A parte pedagógica será considerada
gerações anteriores aos índigos e cristais. inadequada e obsoleta, e haverão muitos críti-
cos que irão apontar todos os defeitos do siste-
Para realizar esta reforma com sucesso, serão ma pedagógico vigente.
precisos diversos profissionais devidamente
qualificados, que são contratados especial- Os profissionais envolvidos na “demolição”
mente para participar deste processo pioneiro das estruturas físicas e nas críticas ao sistema
de mudanças. pedagógico, podem ser comparados à geração
índigo, que tem como missão central realizar a
A reforma proposta será completa, e para “desconstrução” de tudo o que não serve mais
levá-la em consideração a estrutura física das para a realidade atual e futura da humanidade.
instalações e também a parte pedagógica, e
está representada aqui em quatro etapas.

5
Com diferentes papéis, os índigos tem como preender quais serão as principais mudanças
centro de sua missão esse processo de encon- necessárias para o futuro plano pedagógico.
trar os erros e “destruí-los” para que o novo pos-
sa nascer. Este é o papel central da geração violeta, pro-
mover uma limpeza, reestruturação e transmu-
A segunda etapa da reforma é caracteriza- tação das energias para que um novo projeto
da por uma fase de limpeza e reestruturação, seja implantado de fato.
caracterizada nesta metáfora pela geração
“violeta”. Após a demolição das salas de aula A terceira etapa do projeto é feita simultane-
antigas e demais instalações, surgem muitos amente às demais e exige que uma série de
escombros, poeira, materiais velhos, etc. profissionais devidamente capacitados e tre-
inados entrem em ação.
Para que a obra possa prosseguir, é necessário
que haja uma limpeza e reorganização das Serão chamados os arquitetos, engenheiros,
energias, retirando todos os entulhos e sepa- mestres e estudiosos que irão apresentar os
rando aquilo que terá utilidade futuro daquilo projetos da nova sede da escola e do novo
que é lixo e será descartado. plano pedagógico.

Na parte pedagógica ocorre o mesmo, e serão Este é o papel central da geração cristal,
chamados profissionais qualificados para manifestar de maneira prática a criação de
treinar os professores e habilitá-los a com- novos projetos, baseados em visões futuristas
de uma realidade com novos conceitos de ar-

A REFORMA NA ESCOLA DA VIDA 6


quitetura, engenharia e tecnologia que repre- aprender com seus pupilos.
sentem todos os ideias buscados pela comuni- A tecnologia estará presente, trazendo o máxi-
dade de alunos, professores e pais que fazem mo possível de informações e projeções realis-
parte desta grande escola da vida. tas da nova realidade, aproximando cada vez
mais a teoria da prática, tornando a escola um
A quarta e última etapa dessa reforma é a local cada vez mais alegre e divertido.
construção deste novo projeto.
Nesta fase todas as gerações entram em Na “enfermaria” da escola as medicinas utiliza-
sinergia e ação. Todos tem um papel a realizar das serão naturais e haverão médicos e tera-
e uma maneira de contribuir. peutas especializados em curas da natureza,
onde os remédios serão os alimentos e plantas
Nesta reforma, todos os envolvidos são igual- medicinais cultivados pelos próprios alunos nas
mente importantes, e cada um irá fazer o seu áreas de horta e pequena agrofloresta modelo
melhor, para que esta nova escola seja a esco- que a nova escola possui.
la dos nossos sonhos.
Na área dos esportes, serão treinadas no-
As salas de aulas que estamos criando serão vas modalidades, que tem uma ênfase muito
estruturas circulares que irão permitir que pro- grande em substituir a mentalidade de com-
fessores e alunos se sintam integrados, fazendo petição por uma de cooperação, que visam
com o que conhecimento seja uma conquista unificar os participantes e que fazem com que
comum de todos os presentes, onde o aluno se todos se sintam parte do mesmo time, em que
sente importante e o professor está aberto a todos são vitoriosos.

A REFORMA NA ESCOLA DA VIDA 7


Nesta etapa, todos nós somos importantes e Boa leitura!
precisamos estar igualmente comprometidos
para que este projeto se concretize e deixe de
ser apenas um sonho.

É justamente para viver este lindo sonho, para


criarmos juntos esta nova realidade, que eu, a
Luana e todos que fazem parte do movimen-
to Natural Vibe, convidamos você à embarcar
conosco nesta aventura de ler este livro e saber
um pouco mais sobre o seu papel nesta grande
transformação.

Espero de coração que as informações aqui


expressas possam contribuir para sua evolução
pessoal, que possam servir como um estímulo
para que você continue fazendo seus estudo e
pesquisas, e que elas sejam úteis para desper-
tar um número cada vez maior de pessoas.

Nós acreditamos que a mudança individual é


a chave para a mudança que queremos ver no
mundo e estamos muito felizes de contar com
sua presença em nossa família Natural Vibe.

A REFORMA NA ESCOLA DA VIDA 8


VOCÊ É ÍNDIGO OU CRISTAL?
Sem dúvida muitos de vocês já leram,
ouviram e estudaram sobre as crianças
índigos e cristais, não é verdade? Aque-
las que de acordo com a cor de suas au-
ras, vieram com missões distintas para
atuarem no Planeta Terra!
Atualmente, existem inúmeros livros, artigos e pesqui-
sadores que abordam este assunto desde a área da
educação e da psicologia até as áreas da genética
e da metafísica.

Na internet, basta você procurar em algum busca-


dor e logo surge uma lista de sites que apresentam
descrições psicológicas, comportamentais, físicas e
emocionais, inclusive quanto ao grau de evolução
mental e espiritual desses tipos de pessoas.

Sabe - se que, na história da humanidade, já


nasceram e nascem por aqui pessoas com auras ver-
melhas, amarelas, verdes, azuis etc. A cada época
nascem, também, pessoas com potenciais e quan-
tum energético diferenciado dos humanos “normais” 9
daquele período. E os seres da vez, sem sombra das, sendo que apenas nos anos 80 é que foi
de dúvida, são os índigos e cristais. Mas, o que realizado o primeiro registro de um processo de
os diferenciam de nós? O que eles se propõem a mudança comportamental advindo destas cri-
fazer? E o que eles têm feito? anças, hoje classificadas como índigos.

Nancy Ann Tappe, pioneira no estudo sobre es- Posteriormente, já nos anos 2.000, houve outra
tas crianças, especialmente os índigos, em seu mudança semelhante ao observado com os ín-
livro publicado em 1982, “Compreendendo a sua digos, mas desta vez, o registro nos trouxe à luz
vida através da Cor” (Understanding Your Life o que denominamos de crianças cristais.
Through Color) , identificou padrões de compor-
tamentos destas “novas” crianças, baseando-se A geração dos índigos é idealista e cheia de
na cor que via nestes seres. princípios inovadores, eles já nasceram com
um maior grau de conhecimento tecnológico e
Ela descreve que, olhava para a cor da aura des- também com maior desenvolvimento intelectual
tas pessoas para conhecer qual era a missão e criativo.
delas aqui na Terra e o que vieram aprender,
qual era o programa de estudos delas. Eles são guerreiros e questionadores natos e
possuem como propósito de vida quebrar os
Ela observou ainda que, desde o início de seus velhos padrões que não são mais úteis para a
estudos e conforme o tempo avançava, algumas sociedade, ou, melhor dizendo, de transformar
cores desapareciam e outras eram acrescenta- paradigmas já ultrapassados. Eles são guiados

VOCÊ É ÍNDIGO OU CRISTAL? 10


por um forte senso de justiça e têm dificuldade no planeta, são consideradas as precursoras do
em se desligar dos seus sentimentos e fingir que reino da boa nova, como Jesus ensinou.
está tudo bem. Assim, incompreendidos e mal-
criados por famílias diluídas e desestruturadas, Desde pequenas, as crianças cristais se desta-
tornam-se, muitas vezes, presas fáceis de drogas, cam por não aceitar injustiças, nem “meias” ver-
das bebidas e da preguiça. dades, nem maus sentimentos.

Por sua vez, as crianças cristais são o “salto quân- No Brasil, o exemplo mais recente de criança
tico da humanidade”, elas são extremamente sá- cristal que chegou à mídia foi o de Luiz Antô-
bias, não são rebeldes e vieram para evoluir a nio Cavalcanti, de apenas 3 anos, que explicou
compreensão dos humanos, trazendo mais sen- o motivo de não querer comer o polvo que sua
sibilidade para o espírito guerreiro dos índigos, mãe lhe ofereceu, alegando que as pessoas de-
escolhendo sempre o caminho da ponderação e vem cuidar dos animais ao invés de matá-los.
da conciliação.
Outro caso evidente é o de Isadora Faber, de 13
Elas são crianças de inteligência superior em to- anos, que criou uma fanpage no Facebook, que
dos os setores, no entanto, elas demoram mais denuncia problemas nas escolas públicas de
a falar, pois conseguem se comunicar de modo todo o país.
mais telepático e vivem por uma consciência da
Unidade. São afetuosas, carinhosas, sorridentes A grande maioria destas crianças índigos e cris-
e comumente são professores morais dos adul- tais está no anonimato. Casos como o do jovem
tos, sendo uma poderosa força de amor e de paz Boriska, o menino russo que diz ser de Marte; de

VOCÊ É ÍNDIGO OU CRISTAL? 11


Akiane Kramarik, jovem norte americana capaz za de lutar para que a justiça se estabeleça no
de dar vida às suas pinturas desde terna idade; planeta, de trabalhar para que os animais não
o jovem indiano Akrit Jaswasl que, aos sete anos, sofram mais, de trabalhar para não pensar e
realizou uma cirurgia em uma menina de sua al- sim, sentir mais, de procurar desenvolver a in-
deia, entre outros. tuição para nos ligarmos com as dimensões su-
periores, de aprender a lei da fraternidade, de
Vejam que seres índigo e cristal são muito mais compartilhar a alegria e o bem.
do que ter apenas uma cor “x” ou “y” determi-
nante na aura e ser classificado como isso ou Isto é ser índigo e cristal, é ser ativo!
aquilo, é acima de tudo ter atitudes positivas que E especialmente nós, jovens desta Terra, pode-
beneficiam o Todo, e isso todos nós podemos mos ainda fazer muitas coisas e sermos agen-
fazer! tes de transformação a partir de cada escolha
que fazemos!
Hoje, lembro-me das orientações de uma grande
amiga que aconselha crianças, jovens, adultos, por Emanuelle Andrade
velhos e até os bebês (índigos, cristais, ou não),
de que devemos acordar para a realidade de que
todos nós somos filhos da Fonte Criadora e que,
portanto, a perfeição é genética e está em todos.

Nós não podemos perder nem mais um minuto,


pois chegou a hora de mudar a realidade que
não está boa, de atuar para a salvação da natu-

VOCÊ É ÍNDIGO OU CRISTAL? 12


CRIANÇAS ÍNDIGO, VIOLETA E CRISTAL
Antes de identificarmos as gerações é preciso nível de consciência, representados pelo cam-
ter uma compreensão de somos todos igual- po biomagnético conhecido como aura, pode
mente especiais e importantes para a evolução mudar de acordo com nossas mudanças de
do planeta. pensamento, sentimento e energia.

Os indivíduos estão para o planeta, como as cé- As gerações mais conhecidas são os índigos e
lulas estão para o corpo, todos são igualmente cristais, porém, existe uma energia intermediária
importantes, únicos e especiais, e quando fazem entre as mesmas, que representa claramente
o seu papel bem feito, tudo flui em harmonia, esta transição evolutiva, de índigo para cristal.
manifestando saúde, felicidade e bem estar.
A geração conhecida como “violeta” é um “meio
Então, identificar as gerações seria como recon- termo” que faz a ponte energética para que a
hecer as funções dos diferentes órgãos do cor- energia índigo continue seu processo de suti-
po, entendo que cada órgão tem sua missão, lização até se tornar algo mais puro, lúcido e
sua colaboração e que este só funciona quando cristalino.
está em sinergia com os demais órgãos.
Ao ler este conteúdo, você saberá mais sobre as
Esse sistema interativo e integrativo é o que semelhanças e diferenças entre estas gerações
faz a vida fluir com perfeição. Outro aspecto e conhecerá diversos sinais que vão lhe permitir
importante a ser analisado antes de estudar- ter uma clareza maior ao identificar as crianças
mos as possíveis “classificações” das gerações índigo, violeta e cristal.
é a questão de que todos nós estamos evoluin-
do constantemente, e que nossa energia e Para finalizar esta introdução, quero apresentar
13
uma metáfora simples que nos ajuda a com- Analisando o ponto de vista teosófico, a evolução
preender melhor o papel das diferentes dos seres humanos é dividida em grandes ciclos,
gerações. representados pelas diversas raça-raiz, repre-
sentadas em número de sete, cada raça raiz di-
A primeira grande consideração que devemos vidida em sete sub-raças.
fazer quando nos referimos ao fenômeno Índi-
go-Cristal, é que estas energias conscienciais Os estudiosos da espiritualidade já ouviram por
que estão se manifestando em nossas crianças diversas vezes histórias sobre a Lemúria e Atlân-
representam o próximo passo na nossa evolução tida, continentes lendários que foram respecti-
como espécie humana. vamente a terra da terceira e quarta raça raiz.
Somos a evolução destas raças e atualmente
A segunda é que estas classificações, “índigo, vi- identificamos como a raça Ariana.
oleta e cristal” são apenas “rótulos” que servem
como referência para podermos compreender Os erros de interpretação da doutrina secreta
melhor a missão de cada ser. levaram os alemães nazistas a acreditarem que
somente eles eram os seres arianos, causando os
Ao meu ver, a principal “função” dessa diferença terrores da guerra e da humanidade como um
é para que possamos perceber as distintas for- todo está vivenciando a transição energética de
mas de ação e reação que estas diferentes ger- um novo ciclo evolutivo, conhecido como Nova
ações apresentam. Era, Era de Aquários e que particularmente cha-
mo de Era Dourada.

CRIANÇAS ÍNDIGO, VIOLETA E CRISTAL 14


No auge da transição planetária, representada pelo
final do grande ciclo da contagem egípcia do zodía-
co de Dendera, e do Calendário dos maias, as con-
sciências sementes da sexta raça-raiz estão sendo
ancoradas nas energias de nosso amado planeta.

Nós estamos todos, de certa maneira, evoluindo nos-


sas energias, caminhando como índigos e violetas,
para atingirmos a pureza da manifestação do veícu-
lo cristal.

CRIANÇAS ÍNDIGO, VIOLETA E CRISTAL 15


OS ÍNDIGOS
As consciências humanas conhecidas como índigos,
representam a evolução dos corpos mais sutis do ser
humano, e apresenta basicamente a cor azul índi-
go em sua aura. Esta representação energética sim-
boliza os membros que ancoram a energia de luz da
sexta sub-raça da raça ariana. Assim como no final
da Era Atlante, os índigos vieram liderar a transição
para a nova era.

Noé pode ser reconhecido como um grande índigo,


membro da sexta sub-raça Atlante, preparando seus
filhos violeta para plantarem as sementes cristal da
raça ariana. Como numa escala musical, ao atin-
gir a oitava de luz, ocorre um salto evolutivo, uma
transição que implementa definitivamente uma raça
mais evoluída.

A missão principal das consciências índigo é liber-


tar a humanidade dos condicionamentos das velhas
energias, já ultrapassadas em nosso legado evoluti-
vo, e que são utilizadas conscientemente por seres de
esferas menos evoluídas para manipular e escravizar
os seres humanos.

Os índigos poderiam ser comparados ao aspecto 16


“Shiva” da trindade indiana, o lado “destruidor” - Normalmente apresentam características
de Deus, que causa a destruição daquilo que é que podem ser mal interpretadas pelos médi-
velho para o surgimento do que é novo. cos e psicólogos, sendo muitas vezes rotulados e
medicados erroneamente classificados com diag-
Analisando o ponto de vista teosófico a evolução nósticos psiquiátricos de Transtorno do Déficit de
dos seres humanos é dividida em grandes ciclos, Atenção com Hiperatividade (TDAH) ou Transtor-
representados pelas diversas raças-raiz, repre- no do Défict de Atenção (TDA);
sentadas em número de sete, cada raça-raiz divi-
dida em sete sub-raças. - Energia de guerreiro da luz, com grandes virtudes
como autoconfiança, coragem e determinação;
Alguns traços que facilitam a identificação das
consciências índigo são: - Filósofos natos, apresentam grande interesse
pela busca da sabedoria;
- Aura fortemente azul índigo , representando to-
das as potencialidades do Ajna chacra, conheci- - Amantes das artes, trabalham as artes para a
do como terceira visão, apresentando os dons de expansão da consciência planetária;
clarividência, telepatia, comunicação extrafísica;
- Líderes das reformas sociais, políticas, educa-
- Seres muito espiritualizados e com grande neces- cionais, ambientais e espirituais na Era Dourada;
sidade de expansão da consciência. (Este traço é
muito importante, e quando não observado com
carinho pode levar o índigo a buscar a expansão
da consciência pelas drogas.);

OS ÍNDIGOS 17
- Os índigos foram os primeiros a receberem
grande impacto negativo através do parto, com
cesariana e procedimentos médicos (princípi-
os masculinos).Neste caso o impacto é geral-
mente associado ao uso de drogas, substâncias
enteógenas e expressões de rebeldia.

- Encarnam no planeta há muito tempo, porém


começaram a nascer massivamente a partir de
1980

- Dificuldades para aceitar hierarquias e ordens


impositivas, a não ser que estas sejam repre-
sentações de justiça e amor.

OS ÍNDIGOS 18
OS VIOLETAS
Existe uma variação energética para as consciências
índigos, que são os transmutadores, mensageiros
da paz, e que representam a transição final da raça
ariana.

Os irmãos violeta são basicamente iluminados pela


chama violeta, representada fortemente em suas au-
ras. Estes seres maravilhosos representam a sétima
sub-raça da raça Ariana, e vimos estas consciências
manifestas nos diversos avatares que encarnaram
no planeta. Krishna, Buda, Jesus e vários outros ilu-
minados nasceram emanando a energia da chama
violeta.

Esta representação energética normalmente é es-


colhida pelos seres mais evoluídos com tarefas de
transformação coletiva, no nível planetário.

Teoricamente, para que esta energia seja ancora-


da, as consciências que encarnam neste nível evo-
lutivo já transmutaram pelo menos 51% de seus
débitos cármicos, nascendo como consciências des-
pertas, plenamente preparadas para cumprirem seus
propósitos cósmicos de evolução. 19
A primeira vez que ouvi falar sobre as consciên- começaram a nascer massivamente a partir de
cias violetas foi através de uma criança cristal 1992. As consciências violeta são pacificadoras,
de 10 anos. Eu nunca havia lido nada a respei- com plena sabedoria dos poderes da mente hu-
to. A menina que chamarei aqui de “Lu”, assistiu mana, e trazem em suas atitudes e vivências os
uma de minhas palestras sobre crianças índi- princípios de cosmoética e universalismo.
go e cristal, e após o término da atividade me
abordou dizendo: - Assim como os índigos podem ser mal inter-
pretadas pelos médicos e psicólogos, sendo
- Você não é índigo Mautama. muitas vezes rotulados e medicados erronea-
Surpreso, respondi: mente associados com diagnósticos psiquiátri-
- Ah é, o que sou então? cos de Transtorno do Défict de Atenção com
- Violeta! Eu sei por que vi a cor de sua aura du- Hiperatividade (TDAH) ou Transtorno do Déficit
rante sua palestra. Eu e minha amiga consegui- de Atenção (TDA);
mos ver a cor da aura das pessoas e sua é bem
violeta, ela só fica mais azul quando você está - Energia de mensageiros da paz e magos do
falando mais “bravo”… amor, com grandes virtudes como perdão, com-
paixão e amor incondicional;
Estas são algumas observações do resultado
das interações diretas com as crianças índigo - Líderes de cura e purificação, responsáveis
e cristal, e que mostraram esta realidade evo- pela transmutação energética do planeta;
lutiva de perdão e transformação. Os violetas - Tem forte ligação com a natureza, com os

OS VIOLETAS 20
animais, plantas e gostam de viajar aos locais - Precisam estar sozinhos por um tempo para
sagrados onde existem vórtices de energia; sentirem-se mais conectados com a vida e seu
propósito na matéria;
- Muitas vezes os seres de frequência violeta so-
matizam as energias densas que estão a trans- - Os violetas que nascem por cesariana apre-
mutar. Geralmente são intolerantes ao glúten, sentam muitos comportamentos semelhantes
lactose e derivados de animais. Para serem aos dos índigos, e quando nascem em parto
saudáveis devem adotar uma dieta vegana, normal tendem a se tornarem poderosos tera-
preferencialmente com alimentos orgânicos e peutas;
crus;
- Encarnam no planeta há muito tempo, porém
- Algumas enfermidades mais sérias como começaram a nascer massivamente a partir de
câncer, paralisia infantil, doenças congênitas 1992.
etc, podem ser sinais de uma ação transmutati-
va dos carmas de mais membros da família;

- Necessitam estar em sintonia com as práti-


cas espirituais com os elementos, terra, água,
fogo, ar e silêncio para manterem o equilíbrio
entre seus pensamentos, que oscilam entre as
dimensões superiores e o mundo material;

OS VIOLETAS 21
AS CRISTAIS
Conviver com estes seres de luz é a verdadeira benção
concedida aos seres humanos no fim deste grande
ciclo. O amor, pureza, luz e paz destas crianças são a
nossa certeza que o planeta será totalmente curado
e recuperado, e que a Era Dourada realmente será
uma era abençoada com uma fraternidade univer-
salista.

Normalmente com olhos grandes e penetrantes que


representam seu poder de ver além dos véus e ca-
beças mais alongadas para captar toda a sabedoria
cósmica. Assim como os índigos e violetas existem
seres cristais jovens, e alguns adultos que vieram
testar as vibrações do planeta, para confirmar que
Gaia estava vibratoriamente preparada para an-
corar a energia do veículo cristal.

Os cristais trabalham coletivamente e são integra-


dos em uma consciência unificada, sendo os homo
sapiens noosfericos, citados por Valum Votam no
Calendário da Paz. Esta representação energética
também representa o inconsciente coletivo de Carl
Jung e as demais explicações arquetípicas para ex-
plicar a função coletiva da consciência planetária,
conhecida como noosfera. 22
Podemos compreender os nossos lindos - As consciências cristais funcionam como uma
irmãozinhos cristal como sendo os primeiros consciência de grupo em vez de individuais, e
membros da sexta grande raça-raiz. Eles são vivem pela “Lei da Unidade” ou Consciência de
a oitava de luz, a nova energia que permite Unidade.
a conexão com o novo ciclo evolutivo que a
humanidade irá vivenciar durante os próximos - São consideradas como seres mais ligados,
milênios. mais comunicativos, carinhosos e amorosos;

A missão principal dos Cristais é curar e - Assim como os índigos e violetas, os cristais
reconstruir a sociedade humana, completa- podem ser mal interpretadas pelos médicos
mente integrada em uma consciência planetária e psicólogos, sendo muitas vezes rotulados e
unitária, onde o amor, respeito, paz e abundân- medicados erroneamente, classificados com di-
cia são constantes universais nas relações hu- agnósticos principalmente o autismo;
manas e com a natureza.
- Seus discursos e ensinamentos são extrema-
Traços que facilitam a identificação das mente filosóficos e espiritualistas, ensinando o
consciências cristal: amor, a cosmoética e universalismo;

- Aura translúcida ou fortemente colorida, com - Possuem dons espirituais jamais presencia-
cores expandidas, representando todas as po- dos pela raça ariana. São caridosos, abraçam e
tencialidades do ser crístico, alinhado com as preocupam-se com pessoas carentes, cuidando
dimensões superiores, apresentando os dons de também dos animais e plantas com o mesmo
consciência cósmica, e realização de qualquer amor.
milagre;

AS CRISTAIS 23
- Tem maior controle sobre as energias - Encarnam no planeta há muito tempo, porém
conscienciais que os índigos e violeta, e as vezes começaram a nascer massivamente a partir de
podem apresentar comportamentos agressivos 2004.
se estiverem em ambientes impróprios.
Existem muito mais detalhes e características
- Apresentam um silêncio amoroso, e co- que podem nos ajudar a compreender melhor
municam-se mentalmente, em alguns casos estas gerações, mas somente nossa experiên-
começam a falar depois de 2 a 3 anos de idade; cia direta com estas realidades é que irá nos
trazer benefícios com este saber.
- São vegetarianos natos, preferindo furtas, ver-
duras e produtos naturais, evitam até mesmo Sejamos lúcidos sobre quem somos, o que sen-
certos doces e refrigerantes. timos e especialmente sobre a forma com que
educamos nossos filhos e demais crianças, se-
- Normalmente escolhem pais índigos ou vi- mentes do futuro, queridos seres índigos, violeta
oletas, e procuram encarnar em famílias onde e cristal.
reina o AMOR. Gostam de serem “convidados”
para nascer;

- A maioria dos cristais nasce de parto normal,


escolhendo preferencialmente encarnar em
situações que permitam o parto humanizado;

AS CRISTAIS 24
COMO SABER SE UM RECÉM-NASCIDO
É UMA CRIANÇA ÍNDIGO OU CRISTAL?
A resposta para esta pergunta pode variar de acordo
com a sutileza de percepção de quem a faz. Existem
pessoas com parapsiquismo e lucidez suficientes
para “ver” a aura, observar suas cores e assim iden-
tificar vibração.

Este caso é uma realidade para uma pequena mi-


noria que já resgatou seus dons multidimensionais e
pode “ver” a aura assim como vemos o mundo ma-
terial. Quando este é o caso, a resposta é imediata,
justamente pela observação direta da cor da aura,
que reflete a missão/vibração do SER recém encar-
nado.

Pessoas que enxergam as auras foram as primeiras a


perceber a chegada dos índigos nos anos 70 e logo
em seguida dos violetas, cristais, diamante etc.

Para a maioria das pessoas sem prática em ver au-


ras, existem alguns traços que podem ajudar a facili-
25
tar a percepção da energia do propósito do As crianças índigo são agitadas, inteligentes,
recém-nascido. intuitivas, muito ativas e comunicativas.
Diferentemente dos cristais que são calmos,
Esta energia de propósito é o que define qual a os índigos demonstram uma vontade inten-
missão do SER em sua presente encarnação, e a sa de interagir com o universo, querem se
vibração que irá reger a “forma” de suas ações, comunicar o mais rápido possível, tentam falar,
será de acordo com sua origem, conotando suas gritam e usam “mantras”.
habilidades e dons naturais.
Com poucos meses já utilizam várias técnicas
Observando as crianças cristal recém-nasci- de manipulação de energia (provavelmente
das, veremos que são normalmente calmas e devido ao seu conhecimento de vidas passa-
silenciosas, dormem profundamente, sem mui- das) controlando os pais e as situações para
tos sonhos ou pesadelos, tem olhar penetrante fazerem suas vontades.
e pacificador, e em geral transmitem uma
energia de alto nível de sutileza. Através de minha experiência pessoal, pes-
soas que conheci e relatos que pesquisei, pude
São crianças serenas, que unem as pessoas e perceber que a maioria dos índigos tem lem-
as fazem despertar as vibrações mais elevadas, branças de vidas passadas (ou trechos), e mui-
aflorando as virtudes das pessoas com quem tas vezes no caso de recém-nascidos, isto pode
tem contato. ser evidenciado com sonhos ou pesadelos, com
doenças de nascimento ou dificuldades no

COMO SABER SE UM RECÉM-NASCIDO É UMA CRIANÇA ÍNDIGO OU CRISTAL? 26


parto. falar, utilizando principalmente a telepatia,
gerando uma empatia com os pais e demais
Muitos pesquisadores sugerem que os cristais familiares que atendem seus pedidos natural-
vem diretamente de outros planetas/sistemas mente.
solares e que tem nenhuma ou poucas encar-
nações na terra. Os índigos se fazem escutar… gritam, esper-
neiam, desde recém-nascidos impõe sua ener-
Por isso são mais passivos e observadores, gia com olhares firmes e cenho franzido…
têm mais desafios para manipular o cor-
po e a matéria, os processos energéticos Estas características podem ser percebidas
mais densos. No caso de uma falta de ad- logo nos primeiros meses, e vão se acentu-
aptação a esta densidade, pode ocorrer uma ando conforme a criança cresce. Ao redor
“desconexão” conhecida como autismo. dos seis meses a criança demonstra em sua
“personalidade”, vários traços energéticos que
As crianças autistas muitas vezes são seres de podem a identificar como “índigo ou cristal”.
dimensões elevadas, com um incrível poder
mental, mas que tem dificuldades de intera- Lembrando que estes “rótulos” são apenas for-
gir com as energias mais densas da terceira di- mas de identificarmos vibrações que definem
mensão. missões e propósitos existenciais, e que podem
servir como referência para lidarmos com estas
Os cristais normalmente demoram mais em energias.

COMO SABER SE UM RECÉM-NASCIDO É UMA CRIANÇA ÍNDIGO OU CRISTAL? 27


Com os índigos aprendemos muito sobre o
poder pessoal, a força de vontade, a coragem,
a liderança, a atitude e outros aspectos que
nos levam a libertação dos velhos padrões e
a criação de soluções inovadoras para nossos
processos.

Com os cristais aprendemos a contemplar, a re-


ceber a graça divina, o AMOR, a paz e a pleni-
tude espiritual, sensações peculiares do alvore-
cer desta Era Dourada de AMOR e Sabedoria.

COMO SABER SE UM RECÉM-NASCIDO É UMA CRIANÇA ÍNDIGO OU CRISTAL? 28


29