Você está na página 1de 13

OS: 0097/5/18-Gil

PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS

Simulado 2
20/05/2018

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 -1-
Objetivando que seu desempenho seja cada vez melhor, o Curso Prime elaborou algumas regras
para o Simulado UFC. Lembre-se que quanto mais você treinar nos moldes de prova e fiscalização da CCV-
UFC, melhor preparado você chegará na prova!

REGRAS PARA A REALIZAÇÃO DO SIMULADO:

1. DESLIGUE SEU CELULAR.

2. UTILIZE APENAS CANETA com TINTA PRETA ou AZUL.

3. OBSERVE A CONTAGEM DE TEMPO NA LOUSA.

4. NÃO RASURE O GABARITO, ELE NÃO SERÁ TROCADO.

5. AO ENTRAR EM SALA, VOCÊ SÓ SAIRÁ APÓS O INÍCIO DA PROVA.

6. SEUS MATERIAIS FICARÃO EMBAIXO DA CARTEIRA. DEIXE À MÃO APENAS ÁGUA, LANCHE E
CANETA.

7. O CARTÃO-RESPOSTA SERÁ ENTREGUE APÓS 1 (UMA) HORA DE PROVA.

8. A DURAÇÃO DA PROVA SERÁ DE 4h.

9. QUALQUER DÚVIDA CHAME O(A) FISCAL DE SALA.

10. OS RECURSOS DEVERÃO SER ENVIADOS PARA O E-MAIL: simuladoprime@gmail.com, ATÉ AS


24 HORAS DA SEGUNDA-FEIRA, DIA 21 DE MAIO DE 2018.

11. NA SEXTA-FEIRA (25/05) O RESULTADO IMPRESSO ESTARÁ DISPONÍVEL NA RECEPÇÃO.

Bom simulado!

 Este Caderno de Prova contém 50 (cinquenta) questões, sendo estilo A, B, C, D, E, assim distribuídas:
 Língua Portuguesa (10 questões: 01-10);

 Ética (03 questões: 11-13);

 Direito Administrativo (10 questões: 14-23);

 Administração e Gestão de Pessoas (20 questões: 24-43);

 Arquivologia (05 questões: 44-48).

 Lei 11.091 (02 questões: 49-50).

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 -2-
LÍNGUA PORTUGUESA
TEXTO

01. Assinale a alternativa que apresenta a tese central do texto (o ponto de vista defendido pelo enunciador) e sua
contratese (o ponto de vista contrário, provavelmente partilhado por parte dos leitores, o qual o enunciador deseja
contestar).

A) TESE - O comportamento ético é inerente a qualquer prática profissional.


CONTRATESE - Há práticas profissionais que dificultam a conduta ética.
B) TESE - Profissionais competentes são sempre éticos.
CONTRATESE - Pode haver profissionais competentes que não sejam completamente éticos.
C) TESE - A reflexão sobre ética profissional deve ser realizada antes de iniciar a prática profissional desejada.
CONTRATESE - A reflexão sobre a ética profissional deve ser realizada após o ingresso em uma profissão.
D) TESE - Jovens recém-formados normalmente não compreendem a ética do juramento profissional que assumem.
CONTRATESE - Jovens recém-formados estão preparados para assumir o juramento ético de sua profissão.
E) TESE - Práticas profissionais não éticas são frequentes quando jovens assumem um emprego de que não gostam.
CONTRATESE - Os jovens, normalmente, são responsáveis mesmo quando assumem um emprego de que não
gostam.

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 -3-
02. Assinale a alternativa em que os termos, na ordem em que aparecem, completam corretamente as lacunas da análise
proposta a seguir.
No __________ parágrafo, é enunciada uma regra. No __________ parágrafo, apresenta-se uma situação em que não
seria necessário seguir essa regra; nesse mesmo parágrafo, o enunciador argumenta que a justificativa __________
descumprir a regra.

A) primeiro; terceiro; é suficiente para.


B) primeiro; segundo; não é suficiente para.
C) segundo; quarto; não interfere na decisão sobre.
D) segundo; terceiro; não é suficiente para.
E) terceiro; quarto; é suficiente para.

03. Assinale a alternativa que apresenta uma relação correta entre a interpretação de uma informação implícita e a
expressão que autoriza tal interpretação.

A) Parte dos jovens não conhece o conjunto de deveres da profissão desejada – “prestes a assumir” (linha 04).
B) Há condutas profissionais inadequadas – “adesão voluntária” (linha 09).
C) Algumas trajetórias profissionais independem da vontade individual – “não escolheu livremente” (linha 14).
D) Espera-se que jovens os quais exercem uma profissão temporária preocupem-se mais com a profissão definitiva
que pretendem assumir – “sobre seu futuro” (linha 18).
E) A conduta ética profissional independe da remuneração recebida – “impede uma fraude” (linha 24).

04. A expressão que, no texto, refere-se a uma profissão específica, efetivamente mencionada, é:

A) “uma profissão” (linha 02).


B) “numa determinada área” (linha 06).
C) “a categoria profissional na qual formalmente se ingressa” (linha 08).
D) “o que apareceu” (linha 14).
E) “outra profissão” (linha 19).

05. Releia o enunciado seguinte e a reescrita sugerida.

I. “A fase da escolha profissional, ainda durante a adolescência muitas vezes, já deve ser permeada por esta reflexão”
(linhas 01-02).
II. “A fase da escolha profissional, ainda durante a adolescência, muitas vezes já deve ser permeada por esta reflexão”.

O deslocamento da vírgula acarreta mudança de sentido do trecho original, em virtude do novo posicionamento da
locução adverbial “muitas vezes”. Esse novo sentido imprime um caráter:

A) restritivo, e não mais totalizador, à obrigação mencionada.


B) indeterminado, e não mais específico, ao sujeito.
C) temporal, e não mais causal, à locução verbal.
D) transitório, e não mais perene, à locução adverbial de tempo.
E) de modo, e não mais de intensidade, ao enunciado completo.

06. A oração “faz-se um juramento” (linha 07), pode ser reescrita, mantendo-se o sentido original, por:

A) juramentos são feitos.


B) eles fazem um juramento.
C) alguém faz um juramento.
D) o empregado faz um juramento.
E) as pessoas fazem um juramento.

07. Assinale a alternativa que apresenta um enunciado adequado à norma padrão da língua portuguesa e coerente com o
recurso de enumeração de ações profissionais utilizado no quinto parágrafo (linhas 20-25).

A) A recepcionista cuja gentileza varia conforme a classe social do cliente.


B) O vendedor de cujas mãos estão livres de furtos corriqueiros.
C) O professor o qual aprova alunos por critérios não definidos.
D) A agente de trânsito a qual respeita as normas de sinalização.
E) O empresário em cuja loja emite nota fiscal.
UFC – Universidade Federal do Ceará
CCV/UFC – Aplicação: 2018 -4-
08. O excerto “fazerem o que não é visto” (linha 26), no contexto em que aparece, remete ao seguinte ensinamento:

A) As boas ações elevam o espírito e predispõem-no a praticar outras.


B) Não busque realçar grandeza sua, expondo a par dos raros seus obséquios.
C) O que assusta não são as ações e os gritos das pessoas más, mas a indiferença e o silêncio das pessoas boas.
D) Quem critica a injustiça fá-lo não porque teme cometer ações injustas, mas porque teme sofrê-las.
E) Não amemos de palavras nem de língua, mas por ações e em verdade.

09. Podem ser corretamente classificadas como orações adverbais condicionais as seguintes:

A) “ao iniciar esta atividade” (linha 13) e “por precisar trabalhar” (linhas 14-15).
B) “tornando-se parte da categoria que escolheram” (linha 04) e “alguém descobrindo” (linha 27).
C) “sendo as mais adequadas para o seu exercício” (linha 10) e “mesmo que temporariamente” (linha 16).
D) “Ao completar a formação em nível superior” (linha 07) e “pensando sobre seu futuro em outra profissão” (linhas
18-19).
E) “aprendendo na prática” (linha 12) e “se não há umidade no local destinado para colocar caixas de alimentos”
(linhas 21-22).

10. Considere que é preciso criar, em português, uma palavra para designar a profissão de pessoas que fabricam telefones
celulares. Assinale a única alternativa que, de acordo com o sistema da língua portuguesa, contém palavras possíveis
para designar essa função.

A) celulareiro, celularista, celulador.


B) celulaleiro, celulador, celularento.
C) celularista, celularento, celularante.
D) celularado, celularente, celularismo.
E) celularente, celularismo, celularante.

ÉTICA
11. Sônia trabalha numa Biblioteca juntamente com outras auxiliares. Certo dia, chegou um carregamento de livros doados
para serem tombados. Raquel gostou de um título daqueles e resolveu tirar para si antes do tombamento, pedindo
silêncio à amiga Sônia. Nessa situação, é correto afirmar que Sônia atuaria com ética se:

A) Abrisse o precedente de silenciar.


B) Fingisse não ter visto o erro ao ser arguida.
C) Pressionasse Raquel a contar ao chefe e faltasse ao trabalho até que ela o fizesse.
D) Admitisse intimamente o erro de Raquel e falasse da atitude da colega a uma terceira pessoa.
E) Contasse diretamente para o superior hierárquico ainda que sem conhecimento de Raquel.

12. Roberto ocupa o cargo de Auxiliar e foi convocado para trabalhar no Vestibular. Ele deveria conferir toda a
documentação dos candidatos inscritos, mas deparou-se com Zélia que não apresentou na hora da entrada o
documento de identidade. Ela alegou ter sido roubada na véspera e não teve tempo de fazer um Boletim de Ocorrência.
Observando o ocorrido, o superior hierárquico de Roberto determinou que deixasse Zélia ingressar no recinto, já que ela
se comprometera a pagar ao superior uma “gratificação” pelo favor prestado. Sentindo-se pressionado, Roberto acatou a
ordem sem questionar. Após o ocorrido, pensou: “Fiz o certo?”

Considerando as prescrições do Código de Ética do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, é correto afirmar:

A) Roberto agiu corretamente, pois ali poderia estar uma futura profissional competente.
B) Com a anuência do seu superior hierárquico, Roberto cumpriu uma das prescrições do Código de Ética qual seja,
respeitar as determinações do superior imediato.
C) Como Roberto era funcionário de outro órgão e estava no vestibular como convocado, não tinha obrigação de
cumprir esse tipo de regra, portanto atuou licitamente.
D) Considerando o contexto maior de tantos candidatos concorrentes, Roberto deveria barrar a candidata, resistindo a
todas as pressões do superior hierárquico que visava benesses.
E) Roberto agiu corretamente visto que o referido Código de Ética determina como dever do servidor, agir com
cortesia, urbanidade, disponibilidade e atenção a todos os usuários do serviço público.
UFC – Universidade Federal do Ceará
CCV/UFC – Aplicação: 2018 -5-
13. De acordo com o Decreto N°1.171/ 1994, são Deveres do servidor público:

A) Retirar da repartição pública, sem estar devidamente autorizado, qualquer documento, livro ou bem pertencente
ao patrimônio público.
B) Fazer uso de informações privilegiadas obtidas no âmbito interno de seu serviço, em benefício próprio, de
parentes, de amigos ou de terceiros.
C) Exercer com estrita moderação as prerrogativas funcionais que lhe sejam atribuídas, abstendo-se de fazê-lo
contrariamente aos legítimos interesses dos usuários do serviço público e dos jurisdicionados administrativos.
D) Pleitear, solicitar, sugerir ou receber ajuda financeira, gratificação, prêmio, comissão, doação ou vantagem de
qualquer natureza, para si ou para outrem, para o cumprimento de sua missão ou de outro servidor.
E) Ser, em função de espírito de solidariedade, conivente com erro ou infração ao Código de Ética Profissional do
Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal ou ao Código de Ética de sua profissão.

DIREITO ADMINISTRATIVO
14. De acordo com a Lei n° 8.112/1990, um cargo público fica vago em razão de
A) readaptação, que consiste no retorno do servidor ao cargo anteriormente ocupado.
B) exoneração, que se dá exclusivamente em razão de pedido do servidor público comissionado ou titular de cargo
efetivo.
C) aposentadoria, desde que por idade e a pedido, tendo em vista que quando por invalidez a vacância do cargo só
ocorre quando do atingimento da idade mínima.
D) promoção, quando precedida de concurso interno, hipótese em que o servidor passa a ocupar outro cargo efetivo.
E) posse em outro cargo público não passível de ser acumulável com o anteriormente ocupado pelo servidor.

15. De acordo com a Lei n° 8.112/1990, o ingresso no serviço público dá-se mediante concurso público e a investidura no
cargo público ocorre com a posse. Dessa forma, considerando as formas de provimento de cargo público, a posse
A) é requisito essencial para todas as formas de provimento de cargo público.
B) deve se dar imediatamente após a publicação do ato de provimento no cargo público, sob pena de ser considerada
desistência.
C) deve ocorrer no prazo de 5 dias úteis contados da publicação do ato de provimento, sob pena de revogação do ato
de provimento no cargo público.
D) será sucedida de inspeção médica que, se não for favorável, ocasionará a anulação do ato de provimento.
E) só tem lugar quando o provimento se dá por meio de nomeação.

16. Júlia é servidora pública federal há cinco anos, no entanto, nos últimos três anos, Júlia esteve em licença para tratar de
interesses particulares, tendo retornado ao serviço há um mês. Júlia pretende obter licença para participar de curso de
capacitação profissional. Nos termos da Lei nº 8.112/1990, neste momento, Júlia
A) não tem direito, pois, apenas, a cada triênio de efetivo exercício é que fará jus à licença, licença esta que
independe do interesse da Administração.
B) tem direito à licença, que se dará no interesse da Administração e desde que preenchidos os demais requisitos
legais.
C) tem direito à licença, independentemente do interesse da Administração, ressaltando-se que, no período da
licença, ficará sem remuneração.
D) não tem direito à licença, pois, apenas, a cada quinquênio de efetivo exercício é que fará jus à licença, licença esta
que depende do interesse da Administração.
E) tem direito à licença, que independe do interesse da Administração, podendo gozar do afastamento pelo período
máximo de dois meses.

17. Assinale a alternativa correta a respeito da licitação e de seu procedimento.


A) A licitação será sigilosa, sendo vedado, ao público, o acesso aos atos de seu procedimento, salvo quanto ao
conteúdo das propostas até a respectiva abertura.
B) As normas de licitações e contratos devem privilegiar o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e
empresas de pequeno porte na forma da lei.
C) No procedimento licitatório, é obrigatório incluir no objeto da licitação a forma de obtenção de recursos
financeiros para sua execução, qualquer que seja a sua origem.
D) A lei veda que, no processo de licitação, sejam estabelecidas preferências para produtos, serviços ou empresas
nacionais em detrimento dos similares estrangeiros.
E) É vedada pela lei a contratação de obras e serviços, por licitação, a serem executados por meio de empreitada por
preço unitário.
UFC – Universidade Federal do Ceará
CCV/UFC – Aplicação: 2018 -6-
18. De acordo com a legislação, é inexigível a licitação para:

A) a construção, a ampliação, a reforma e o aprimoramento de estabelecimentos penais, desde que configurada


situação de grave e iminente risco à segurança pública.
B) a celebração de contratos de prestação de serviços com as organizações sociais, qualificadas no âmbito das
respectivas esferas de governo, para atividades contempladas no contrato de gestão.
C) a aquisição ou restauração de obras de arte e objetos históricos, de autenticidade certificada, desde que
compatíveis ou inerentes às finalidades do órgão ou entidade.
D) a compra ou locação de imóvel destinado ao atendimento das finalidades precípuas da administração, cujas
necessidades de instalação e localização condicionem a sua escolha, desde que o preço seja compatível com o
valor de mercado, segundo avaliação prévia.
E) contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de empresário exclusivo, desde
que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública.

19. “Pode-se definir a licitação como o procedimento administrativo pelo qual um ente público, no exercício da função
administrativa, abre a todos os interessados, que se sujeitem às condições fixadas no instrumento convocatório, a
possibilidade de formularem propostas dentre as quais selecionará e aceitará a mais conveniente para a celebração do
contrato.”
(Di Pietro, 2009, p. 350)

Sobre a licitação na Administração Pública, nos termos da Lei nº 8.666/1993, é correto afirmar que:

A) considera-se contrato todo e qualquer ajuste entre órgãos ou entidades da Administração Pública e particulares,
em que haja acordo de vontades para a formação de vínculo e a estipulação de obrigações recíprocas, seja qual for
a denominação utilizada.
B) o leilão é a modalidade de licitação cabível, qualquer que seja o valor de seu objeto, tanto na compra ou alienação
de bens imóveis, como nas concessões de direito real de uso.
C) para a habilitação nas licitações não se exigirá dos interessados a documentação relativa à regularidade fiscal e
trabalhista.
D) a licitação será processada e julgada em estrita conformidade com o princípio básico do julgamento subjetivo.
E) nos atos de convocação, é permitido aos agentes públicos admitir cláusulas ou condições que comprometam o
caráter competitivo da licitação.

20. A Lei n° 9.784/1999 estabelece normas básicas sobre o processo administrativo no âmbito da Administração Federal
direta e indireta, visando, em especial, à proteção dos direitos dos administrados e ao melhor cumprimento dos fins da
Administração. Nesse contexto, nos termos da referida lei, são direitos dos administrados, EXCETO:

A) fazer-se assistir, facultativamente, por advogado, salvo quando obrigatória a representação, por força de lei.
B) formular alegações e apresentar documentos somente depois da decisão, tendo em vista que tais alegações e
documentos não serão objeto de consideração pelo órgão competente.
C) ser tratado com respeito pelas autoridades e servidores, que deverão facilitar o exercício de seus direitos e o
cumprimento de suas obrigações.
D) ter ciência da tramitação dos processos administrativos em que tenha a condição de interessado.
E) ter vista dos autos, obter cópias de documentos neles contidos e conhecer das decisões proferidas.

21. A Lei nº 9.784/1999 regula o processo administrativo no âmbito da Administração Pública Federal. Com base na referida
lei, os seguintes critérios deverão ser observados, com EXCEÇÃO de

A) atuação conforme a lei e o Direito.


B) objetividade no atendimento do interesse público, vedada a promoção pessoal de agentes ou autoridades.
C) divulgação oficial dos atos administrativos, independentemente de qualquer hipótese de sigilo prevista na
Constituição.
D) observância das formalidades essenciais à garantia dos direitos dos administrados.
E) adoção de formas simples, suficientes para propiciar adequado grau de certeza, segurança e respeito aos direitos
dos administrados.

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 -7-
22. Em matéria de controle da Administração Pública, o controle externo dos atos praticados pelo Poder Executivo por
parte do Poder Judiciário:
A) se restringe à analise da legalidade dos atos, eis que ao Poder Judiciário, em regra, é vedada a análise do mérito
dos atos administrativos;
B) abrange o controle de legalidade e de mérito dos atos administrativos, podendo o Judiciário, em regra,
respectivamente, anular os ilegais e revogar os inoportunos ou inconvenientes;
C) abrange o controle de legalidade e de mérito dos atos administrativos, podendo o Judiciário, respectivamente,
anular os inoportunos ou inconvenientes e revogar os ilegais;
D) se restringe à analise do mérito dos atos, eis que ao Poder Judiciário, em regra, é vedada a análise da legalidade
formal dos atos administrativos;
E) é o mais amplo possível, cabendo ao Judiciário, em última instância, analisar o acerto da discricionariedade
administrativa e da legalidade formal dos atos, em respeito ao princípio da inafastabilidade do controle
jurisdicional.

23. O controle exercido pela administração pública sobre os atos por ela produzidos sob o aspecto da legalidade e do
mérito é o Controle:
A) Judicial.
B) Legislativo.
C) Administrativo.
D) Institucional.
E) Normativo.

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS


24. Planejamento estratégico pode ser a função determinante que antecipa o que a organização deve fazer e quais os
objetivos que devem ser atingidos. Assim,

A) o planejamento estratégico é uma ferramenta que surgiu com as novas tecnologias, visando ao futuro.
B) a partir do planejamento estratégico, a organização não terá que definir políticas empresariais e tomar decisões.
C) pelo planejamento, podem-se ver as oportunidades e os problemas do futuro e explorá-los ou combatê-los sem
precisar traçar o futuro.
D) o planejamento, apesar do mercado globalizado, não tem como objetivo nortear as ações gerenciais da empresa
com base no mercado externo.
E) a partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças em um
mercado globalizado e competitivo como o atual.

25. “Não há consenso entre os diversos autores de Planejamento quanto à sequência das etapas de elaboração de um
planejamento estratégico organizacional”. Souza (2010) adota, em sua publicação, as seguintes etapas na definição da
identidade institucional: Missão, Visão e Valores Institucionais.
Analise as afirmativas abaixo, sobre Missão, e marque (V) para verdadeiro ou (F) para falso.
( ) A missão define e se confunde com os produtos ou serviços ofertados pela Organização.
( ) A declaração da missão deve responder a seguinte questão: “ por que e para que existimos”.
( ) Nas organizações públicas, deve ser entendida como sua área de competência.
( ) Representa a razão da existência de uma organização, ou seja, o que ela faz, porque faz e para quem.
( ) A missão é estabelecida sobre os fins da instituição e corresponde à direção suprema que a organização busca
alcançar.

A sequência correta é
A) V, V, F, F, V.
B) F, F, V, V, V.
C) F, V, V, V, F.
D) F, F, V, V, F.
E) V, V, V, V, F.

26. Uma ferramenta bastante utilizada na formulação de estratégias é a matriz SWOT (S ─ Strengths, W ─ Weaknesses, O ─
Opportunities e T ─ Threats). Nesse sentido, assinale a opção que está correta.
A) A matriz SWOT confronta as ameaças e as oportunidades do ambiente com as forças e as fraquezas da organização,
gerando insumos para as estratégias da organização.
B) O principal objetivo da matriz SWOT é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças que compõem seu negócio,
isso possibilita que você possa desenvolver e firmar bem sua estratégia empresarial.
UFC – Universidade Federal do Ceará
CCV/UFC – Aplicação: 2018 -8-
C) No processo de elaboração de estratégias competitivas, as empresas devem analisar, de forma secundária, os
aspectos relativos ao ambiente externo.
D) A oportunidade consiste em uma circunstância que, se bem explorada no ambiente organizacional, contribui para a
redução da competitividade estratégica.
E) A capacidade de inovação no ambiente organizacional é considerada uma ameaça à estratégia competitiva de uma
empresa, visto que desestabiliza as estratégias elaboradas.

27. Segundo Porter, cinco forças competitivas regem as relações entre os diversos players de um determinado ramo de
negócios e determinam algumas condições gerais que devem ser conhecidas pelos administradores para que o seu
processo de planejamento e gestão possam obter bons resultados.
Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir.

I. Novos entrantes são organizações determinadas a ocupar espaço num mercado já estabelecido.
II. Barreiras à entrada podem ser geradas por políticas governamentais.
III. A necessidade de economia de escala é uma das barreiras à entrada.

Assinale:
A) se somente a afirmativa I estiver correta.
B) se somente a afirmativa II estiver correta.
C) se somente a afirmativa III estiver correta.
D) se somente as afirmativas l e II estiverem corretas.
E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

28. Uma desvantagem da departamentalização por projeto é


A) a baixa flexibilidade, pois a equipe não pode ser alterada.
B) possuir uma capacidade de coordenação mais difícil.
C) limitar a ação do gestor.
D) a descontinuidade, o que pode acarretar prejuízos materiais.
E) aumentar o poder de determinados gerentes.

29. Assinale a alternativa correta quanto à caracterização da autoridade hierárquica.


A) É tipificada como autoridade tradicional e, portanto, é baseada em aceitação da dignidade própria da pessoa que
exerce a autoridade.
B) Decorre de afinidade pessoal dos liderados em relação ao ocupante do cargo, o que a caracteriza como sendo
carismática.
C) Tem base em atributos pessoais de quem a desempenha como a extroversão e, portanto, baseia-se no
relacionamento pessoal.
D) É tipificada como autoridade racional-legal e, portanto, está baseada na ocupação de um cargo regido por normas
formais e regras estatuídas.
E) É tipificada como sendo baseada na capacidade de gerência e também liderança ou influência de quem a exerce.

30. A amplitude administrativa representa o número de empregados que se devem reportar a um administrador, ou seja, o
quanto um administrador deve monitorar estreitamente seus subordinados. Dessa forma, é correto afirmar que as
organizações achatadas e horizontalizadas possuem, dentre outras, a seguinte característica:
A) inúmeros níveis administrativos.
B) hierarquia alta.
C) base afastada do topo da organização.
D) comunicação lenta e com distorções.
E) níveis mais baixos próximos da cúpula.

31. Quanto à relação entre estrutura organizacional e ambiente organizacional, é correto afirmar que
A) quanto mais incerto for o ambiente, mais a estrutura organizacional deverá se aproximar de um modelo funcional
para obter bom desempenho.
B) estruturas burocráticas são inadequadas, de modo geral, em qualquer condição ambiental.
C) quanto mais instável for o ambiente, mais orgânica deverá ser a estrutura da organização para obter bom
desempenho.
D) os gestores conseguem anular o impacto das forças ambientais sobre suas organizações quando elaboram
estruturas organizacionais baseadas em cadeia de mando e subordinação.
E) estruturas organizacionais simples são mais adequadas em ambientes menos dinâmicos.

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 -9-
32. Quanto ao conceito de motivação, é CORRETO afirmar:
A) É proporcionar um motivo a uma pessoa, estimulando-a a agir de maneira desejada.
B) É retirar do trabalhador todo e qualquer estímulo.
C) É proporcionar motivos infinitos às pessoas, estimulando-as a agir sempre de maneira desejada no ambiente de
trabalho.
D) É a ausência do que fazer bem feito, levando as pessoas a praticarem ações desconexas de sua real função no
trabalho.
E) É ignorar a existência de problemas na ação dos colaboradores no ambiente organizacional.

33. “A liderança é um meio de “______". Marque a alternativa que completa CORRETAMENTE esta afirmativa.
A) controle
B) produtividade
C) direção
D) planejamento
E) organização

34. São considerados os três diferentes estilos clássicos de liderança:


A) tecnológico, demagogo e comportamental.
B) militar, submisso e pseudocrático.
C) manipulador, impassível e flexível.
D) laissez-faire, autocrático e democrático.
E) metódico, situacional e sugestivo.

35. Assinale a alternativa que apresenta o princípio da equidade, base para a teoria de motivação que se intitula pelo
mesmo nome, isto é, a teoria da equidade.
A) Todos no grupo deveriam receber os mesmos benefícios.
B) Pessoas com mais necessidade deveriam receber mais benefícios que as pessoas com menos necessidades.
C) As pessoas devem ser recompensadas na proporção de sua contribuição.
D) As pessoas devem receber de acordo com o valor produzido por suas atividades.
E) As pessoas devem ser recompensadas de acordo com sua capacidade de cumprir metas.

36. A teoria sobre liderança que propõe considerar características do líder, dos liderados e do clima organizacional,
propostas por Tannenbaum e Schmidt, na avaliação de uma prática de liderança é a:
A) Teria de Perfis de Liderança.
B) Teoria Situacional de Liderança.
C) Teoria da Hierarquia de Liderança.
D) Teoria Organizacional de Liderança.
E) Teoria dos Traços e Estilos de Personalidade de Liderança.

37. Nas organizações, a otimização do uso de seus recursos na produção de resultados refere-se a
A) eficiência.
B) efetividade.
C) qualidade total.
D) eficácia.
E) excelência.

38. Considere que, em uma abordagem acerca da motivação verificada em determinado ambiente de trabalho, um dos
aspectos considerados sejam os denominados fatores de higiene. Referida abordagem diz respeito à Teoria
A) Bifatorial, preconizada por Herzberg, na qual tais fatores são insatisfacentes, ou seja, previnem a insatisfação.
B) X e Y, de Macgregor, que sustenta a concepção negativa da natureza humana, segundo a qual o homem precisa ser
forçado a trabalhar.
C) da Hierarquia das Necessidades Humanas, criada por Maslow, que aloca tais fatores no topo da pirâmide.
D) ERC, defendida por Clayton Alderfer, fundada no reforço positivo e negativo dos comportamentos padrão.
E) das Necessidades Adquiridas, defendida por Mcclelland, na qual o principal fator a ser considerado é a recompensa
envolvida em determinada ação.

39. Em uma empresa de médio porte, a avaliação de desempenho envolve os gerentes de linha e um especialista em
avaliação, da área de RH. São realizadas entrevistas entre o especialista e os gerentes de linha para, em conjunto,
avaliarem o desempenho dos funcionários. A partir das entrevistas com cada gerente, o especialista preenche um
formulário para cada funcionário avaliado que servirá de base para o planejamento das ações e acompanhamento de

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 - 10 -
resultados relativos à avaliação de desempenho. O método de avaliação de desempenho utilizado na empresa é
conhecido como:
A) incidentes críticos;
B) escolha forçada;
C) pesquisa de campo;
D) escala gráfica;
E) avaliação por objetivos.

40. Assinale a opção que indica as formas de administração pública no Brasil, que se sucedem no tempo, sem que, no
entanto, qualquer uma delas seja inteiramente abandonada.
A) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Gerencial.
B) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Contingencial.
C) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Clássica.
D) Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Pós-Burocrática.
E) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Empreendedora.

41. As reformas administrativas no Brasil, em grande medida, mostraram-se voltadas à eliminação do patrimonialismo. Em
relação ao patrimonialismo, é correto afirmar que:
A) o quadro administrativo é formado por pessoas com vínculo de fidelidade pessoal;
B) os processos e controles são centrais ao funcionamento das organizações;
C) a impessoalidade nas relações é uma característica fundamental;
D) a periferia operacional é separada do núcleo estratégico;
E) os serviços são moldados como quasi- mercados.

42. Considerando os três modelos teóricos de Administração pública, patrimonialista, burocrático e gerencial, é correto
afirmar:
A) O gerencialismo inclui a interpermeabilidade entre os patrimônios públicos e privados.
B) Uma das disfunções da burocracia refere-se à busca excessiva por resultados.
C) Em relação à utilização de normas escritas e não escritas, não há uma diferença clara entre os três modelos.
D) O patrimonialismo pode ser exercido por meio do nepotismo e da corrupção.
E) A divisão do trabalho, na burocracia, é feita por meio de cargos e de pessoas.

43. Na Administração pública,


A) o Gerencialismo Puro é um dos modelos gerenciais, que busca o aumento da participação social a partir da
utilização de instrumentos de transparência.
B) a burocracia é caracterizada pelo controle de procedimentos, que alinha os objetivos da organização aos resultados
a serem alcançados.
C) o Public Service Orientation é um dos modelos burocráticos, que busca o fortalecimento do controle de
procedimentos e da meritocracia.
D) o patrimonialismo é caracterizado pela interpermeabilidade entre os patrimônios público e privados de líderes
carismáticos.
E) o Consumerism é um dos modelos gerenciais, que busca a qualidade e a efetividade dos serviços públicos.

ARQUIVOLOGIA
44. A teoria que representa a sistematização do ciclo vital dos documentos de arquivo, que compreende os documentos
ativos, semiativos e inativos, é conhecida como:
A) Teoria das três idades.
B) Teoria do ciclo histórico.
C) Teoria da fase dos arquivos.
D) Teoria vital dos documentos.
E) Teoria dos documentos correntes.

45. Sobre o conceito de arquivo.


A) Conjunto de papéis produzidos e acumulados exclusivamente por uma entidade coletiva, pessoa ou família,
dependente da natureza dos suportes.
B) Conjunto de documentos recebidos por pessoas físicas ou jurídicas, em decorrência de sua importância, destinado
a guarda, preservação e utilização da informação.
C) Conjunto de documentos produzidos e recebidos por instituições de caráter público, em decorrência de sua
importância, bem como por pessoa física, observada a qualidade da informação ou natureza dos documentos.
UFC – Universidade Federal do Ceará
CCV/UFC – Aplicação: 2018 - 11 -
D) Conjunto de documentos produzidos e recebidos por órgãos públicos, instituições de caráter público e entidades
privadas, em decorrência do exercício de atividades específicas, bem como por pessoa física, qualquer que seja o
suporte da informação ou a natureza dos documentos.
E) Conjunto de documentos produzidos e recebidos por entidades governamentais e não governamentais ou pessoas
físicas independente do desempenho de uma atividade com a finalidade de preservação da informação, assegurada
a qualidade desta.

46. Algumas prefeituras municipais preservam documentos referentes a sua fundação. Alunos pesquisadores, de um Curso
de História consultaram tais documentos. Esses documentos são considerados como de uso:
A) Corrente.
B) Rotineiro.
C) Permanente.
D) Intermitente.
E) Intermediário.

47. Os documentos de arquivo têm características próprias. Pode-se considerar corretas as seguintes:
A) Produção, conservação, entrada e saída.
B) Captação, saída, entrada e valor monetário.
C) Recepção, saída, guarda e valor probatório.
D) Captação, acumulação, comunicação e guarda.
E) Produção, recepção, acumulação e valor probatório.

48. São as três fases básicas da gestão de documentos:


A) Produção, utilização e destinação.
B) Recebimento, separação e descarte.
C) Empréstimo, consulta e visualização.
D) Protocolo, expedição e arquivamento.
E) Organização, localização e higienização.

LEI 11.091
49. Conforme disposições da Lei nº 11.091/2005, os cargos do Plano de Carreira dos Técnicos Administrativos em Educação
são organizados em
A) três níveis de classificação, com quatro níveis de capacitação cada.
B) quatro níveis de classificação, com cinco níveis de capacitação cada.
C) três níveis de classificação, com seis níveis de capacitação cada.
D) seis níveis de classificação, com três níveis de capacitação cada.
E) cinco níveis de classificação, com quatro níveis de capacitação cada.

50. De acordo com o disposto na Lei nº 11.091/2005, analise os itens seguintes em V (verdadeiros) ou F (falsos).

I. A liberação do servidor para a realização de cursos de pós-graduação não está condicionada à sua avaliação de
desempenho.
II. O desenvolvimento do servidor na carreira se dará pela mudança de nível de classificação, de nível de capacitação
e de padrão de vencimento.
III. O interstício para a Progressão por Mérito Profissional é, a partir de 2008, de vinte e quatro meses de efetivo
exercício.
IV. Para fins de Progressão por Capacitação Profissional, é vedado o aproveitamento de cursos com carga horária
inferior a vinte horas-aula. Está(ão) correta(s):

A) II e III.
B) I e II.
C) III e IV.
D) apenas IV.
E) apenas I.

UFC – Universidade Federal do Ceará


CCV/UFC – Aplicação: 2018 - 12 -
UFC (ASSISTENTE) – CICLO DE SIMULADOS UFC (ASSISTENTE) – CICLO DE SIMULADOS
OS: 0098/5/18-Gil | GABARITO SIMULADO 2 OS: 0098/5/18-Gil | GABARITO SIMULADO 2

GABARITO DO 2º SIMULADO PARA UFC (Assistente) (20/05/2018) GABARITO DO 2º SIMULADO PARA UFC (Assistente) (20/05/2018)

PORTUGUÊS PORTUGUÊS

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10

C D C E A E D B B A C D C E A E D B B A

ÉTICA
ÉTICA
11 12 13
11 12 13
E D C
E D C

DIREITO ADMINISTRATIVO
DIREITO ADMINISTRATIVO
14 15 16 17 18 19 20 21 22 23
14 15 16 17 18 19 20 21 22 23
E E D B E E B C A C
E E D B E E B C A C

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS


ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS
24 25 26 27 28 29 30 31 32 33
24 25 26 27 28 29 30 31 32 33
E C A E D D E C A C
E C A E D D E C A C
34 35 36 37 38 39 40 41 42 43
34 35 36 37 38 39 40 41 42 43
D C D A A C A A D E
D C D A A C A A D E

ARQUIVOLOGIA
ARQUIVOLOGIA
44 45 46 47 48
44 45 46 47 48
A D C E A
A D C E A

LEI 11.091
LEI 11.091
49 50
49 50
E D
E D

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220 CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220