Você está na página 1de 13

CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS.

FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 01 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

1ª QUESTÃO (04 escores)

MÚLTIPLA ESCOLHA

ESCOLHA A ÚNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM UM “X” NOS PARÊNTESES À ESQUERDA.

Analise o texto I e responda aos itens 01, 02 e 03, tendo por base seu contexto histórico.

TEXTO I

“No Brasil, mesmo depois da independência, em 1822, demorou muito até que os habitantes se
considerassem e se sentissem ‘brasileiros’. Algo semelhante acontecia entre os europeus até o século XIX.
As pessoas construíam vínculos com a região em que nasciam ou viviam, e esta era a sua ideia de pátria.
Embora todos pudessem ser súditos de um mesmo rei, não havia, ainda, um sentimento nacional. No
entanto, no início do século XX, milhares de homens e mulheres mobilizaram-se para defender a sua
pátria numa guerra travada entre Estados nacionais, era a Primeira Guerra Mundial (1914-1918)”.

(VICENTINO, Cláudio; VICENTINO, José Bruno. Projeto Mosaico. Editora Scipione. São Paulo. 3. Edição.2016. p. 179.)

Sobre o contexto que marca o período retratado no texto I.

01. Na base do processo das unificações italiana e alemã, que alteraram o quadro político da Europa no
século XIX, estavam

(A) sociais, acentuadamente comunistas.


( B ) liberais, acentuadamente nacionalistas.
(C) iluministas, acentuadamente burgueses.
( D) reformistas, acentuadamente religiosos.
(E) renascentistas, acentuadamente mercantis.

02. O movimento revolucionário de 1848, que abalou, mas não destruiu a ordem social vigente na
Europa, pode ser caracterizado como um conflito no qual

( A ) a burguesia, ou frações dessa classe, face ao perigo representado pelo proletariado,


não tomou o poder.
(B) o campesinato, em luta encarniçada contra a nobreza, abriu espaço para a burguesia tomar o
poder.
(C) a nobreza, diante da ameaça representada pela burguesia, fez concessões ao proletariado para
se manter no poder.
( D) o proletariado, embora fosse uma classe já madura e com experiência, ficou a reboque dos
acontecimentos.
(E) não houve luta de classes, e sim disputas derivadas das tensões e contradições existentes entre
ricos e pobres.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 02 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

03. Entre 1837 e 1901, o trono inglês foi ocupado pela rainha Vitória, o que levou o século XIX a ficar
conhecido como Era Vitoriana. Durante esse período a Inglaterra continuou sendo a principal potência
mundial. Para isso,

(A) uniu-se ao Japão para o fortalecimento de suas forças armadas.


(B) comprou milhares de escravos africanos que repassava para o Brasil a preços baixos.
(C) comprou territórios brasileiros e os revendeu aos Estados Unidos.
( D ) contava com um Estado de bases sólidas e uma poderosa marinha mercante.
(E) uniu-se à Prússia para enfraquecer os países africanos que eram emergentes.

Analise o texto II e responda ao item 04.

TEXTO II

“Nas linhas de atiradores que combatiam encarniçadas, vi [as mulheres] mais de uma vez
aproximar-se dos feridos, rasgarem as saias em ataduras para lhes estancarem o sangue, monta-los
na garupa dos seus cavalos e conduzi-los no meio das balas.”

(CERQUEIRA, Dionísio. In: DOURADO. Maria Teresa Garritano . Tropas femininas em marcha. Nossa História. São Paulo: Vera
Cruz, ano 2, n. 13, nov. 2004. p. 39.)

04. O texto é um registro feito, em 1870, pelo general brasileiro Dionísio Cerqueira. Na Guerra do
Paraguai, as mulheres

( A ) participavam como guerrilheiras, atacando as bases navais paraguaias, e, quando necessário,


negociavam a compra de armamentos e munições com os argentinos.
( B ) participavam exclusivamente no resgate e na condução de feridos, não tendo outra função para
elas nos campos de batalha. Abandonavam seus filhos no Brasil e muitas fugiam dos
acampamentos para revê-los.
( C ) participavam ativamente dos conflitos, muitas vezes pegavam em armas para socorrer
feridos durante as batalhas. Além de cuidar das crianças que as acompanhavam,
preparavam a comida e cuidavam da roupa dos oficiais e soldados.
( D ) participavam exclusivamente com as funções de cuidar da limpeza e da organização dos
acampamentos, tendo em vista que elas não eram consideradas aptas para o combate. Casos,
como o retratado no texto acima, aconteciam apenas quando elas não obedeciam às ordens
recebidas.
( E ) participavam como soldados, sendo recrutadas pelo Exército para servirem à pátria como
combatentes, tendo em vista o número muito baixo de soldados homens para irem à guerra.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 03 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

2ª QUESTÃO (06 escores)

VERDADEIRO OU FALSO

COLOQUE UM “X” NO RETÂNGULO COM V, QUANDO A SENTENÇA FOR DE SENTIDO


VERDADEIRO, OU NO RETÂNGULO COM F, QUANDO A SENTENÇA FOR DE SENTIDO FALSO.

Analise os textos III e IV, este retirado de um retirado de um poema escrito por Castro Alves, em
1868, observando o tom exaltado do poeta ao se referir à questão da escravidão, e responda ao item
05.

TEXTO III

A CAMPANHA ABOLICIONISTA

Na primeira metade do século XIX, as transformações econômicas e sociais por que passava o
país e o mundo fizeram crescer os questionamentos acerca do modelo escravista de produção.
Os primeiro teóricos e militantes do abolicionismo no Brasil denunciavam, principalmente, as
consequências morais da escravidão.
O poeta Castro Alves (1847-1871) afirmava que a escravidão era uma mancha na honra nacional
que precisava ser lavada sem perda de tempo.

TEXTO IV

VOZES D’ÁFRICA

Deus! ó Deus! onde estás que não respondes?


Em que mundo, em qu’estrelas tu t’escondes
embuçado nos céus?
Há dois mil anos mandei meu grito,
Que embalde, desde então corre o infinito...
Onde estás, Senhor Deus?...

embuçado: disfarçado, encoberto.


embalde: em vão, inutilmente.

[...]
(ALVES, Castro. Poesia. 7.ed. Rio de Janeiro: Agir, 1987. p. 79-80.)

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 04 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

05. Tendo por base os textos III e IV, analise as assertivas que seguem.

V F Um fator que marca o Império brasileiro em relação à abolição da escravidão é a forte


pressão inglesa para o fim do trabalho escravo no Brasil, além das resistências dos
escravos, que intensificaram a luta contra o cativeiro.

V F Antes mesmo da Guerra do Paraguai, D. Pedro II decidiu por fim à escravidão no Brasil,
porém, as pressões internacionais foram tantas para a manutenção escravista, que o
imperador decidiu manter e criar leis após a Guerra do Paraguai.

V F Junto às campanhas abolicionistas no Brasil, começaram a surgir associações em favor


desse movimento. A primeira delas foi a Sociedade Emancipadora Fraternidade, fundada
no Rio de Janeiro em 1870.

V F Os principais partidos políticos brasileiros durante o Império, sempre lutaram pelo fim da
escravidão no Brasil. A escravidão só perdurou por muito tempo nesse período por
interesses pessoais de D. Pedro II.

V F Muitos escravizados conseguiram apoio de advogados para mover ações na Justiça por
sua liberdade.

V F As pressões pela abolição da escravidão no Brasil cresceram ainda mais com o fim da
Guerra do Paraguai em 1870, pois os militares passaram a se engajar na causa
abolicionista.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 05 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

3ª QUESTÃO (07 escores)

CORRESPONDÊNCIA

EXISTEM A SEGUIR VÁRIOS CONCEITOS EM COLUNAS. COLOQUE NOS PARÊNTESES DA COLUNA DA


DIREITA O NÚMERO QUE JULGAR CORRESPONDER AO CONCEITO DA COLUNA DA ESQUERDA. CASO
NÃO HAJA CORRESPONDÊNCIA, DÊ UM TRAÇO. LEVE EM CONTA QUE PODERÁ HAVER REPETIÇÃO DE
NÚMEROS.

Analise o texto V e responda ao item 06.

TEXTO V

A prosperidade econômica alcançada pela produção cafeeira, especialmente a partir de 1840, foi
uma das razões da estabilidade política do Segundo Reinado. A expansão da cafeicultura transformou
a economia do Império. Em meados do século XIX, algumas condições econômico-financeiras
possibilitaram um breve desenvolvimento industrial no Brasil. Desde a Independência do Brasil, em
1822, a Inglaterra vinha pressionando o país a abolir o tráfico de escravizados, medida que só foi
efetivamente tomada durante o Segundo Reinado, que pôs fim à escravidão no Brasil.

06. Para que essas mudanças ocorressem, várias medidas foram tomadas para a organização da
sociedade da época. Relacione corretamente as medidas tomadas (coluna da esquerda) às
determinações implementadas durante o Segundo Reinado no Brasil (1840-1889), apresentadas na
coluna da direita.

MEDIDAS TOMADAS: DETERMINAÇÕES:

1. Tarifa Alves Branco. ( 6 ) No ano de 1888, a princesa Isabel, que governava


interinamente o país, assinou essa lei, decretando a
libertação de todos os escravos no Brasil.

2. Bill Aberdeen. ( 1 ) A referida atitude tomada elevava o tributo sobre os


produtos importados, e em 1842, o governo brasileiro não
renovou o tratado de comércio com a Inglaterra.

3. Lei Eusébio de Queirós. ( 2 ) Aprovado em 1845, pelo Parlamento Inglês, definiu como
legal o apresamento de qualquer navio brasileiro
empregado no tráfico negreiro.

4. Lei do Ventre Livre. ( 5 ) A partir de então, as terras públicas só poderiam tornar-se


propriedade privada, por meio da compra, e não mais por
doação ou posse.

5. Lei de Terras. ( 4 ) Os escravocratas protestaram, e os direitos da lei foram


reduzidos. Estabeleceu-se que o escravo permaneceria
sob a tutela do proprietário da mãe até atingir 8 anos de
idade, quando o senhor escolheria se preferia receber
indenização ou explorar gratuitamente o trabalho escravo
“livre” da criança até que completasse 21 anos.

6. Lei Áurea. ( -) Libertava os escravos de mais de 60 anos de idade, sob


indenização e exigência da prestação de serviços ao
proprietário por mais alguns anos.

( 3 ) Assinada em 1850, proibia o tráfico Atlântico de escravos,


interrompendo o abastecimento de africanos escravizados,
embora muitos continuassem a praticar o tráfico
ilegalmente.

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 06 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

4ª QUESTÃO (04 escores)

CERTO OU ERRADO

COLOQUE UM “C” OU “E” NOS PARÊNTESES À ESQUERDA, CONFORME OS CONCEITOS SEJAM


CONSIDERADOS CERTOS OU ERRADOS. NO CASO DE ERRADOS, UTILIZE A LINHA ABAIXO PARA
SUBSTITUIR A(S) PALAVRA(S) SUBLINHADA(S) PELA(S) QUE OS TORNEM CERTOS.

Leia o texto VI, que trata dos “Voluntários da Pátria”, e responda aos itens 07, 08, 09 e 10.

TEXTO VI

OS VOLUNTÁRIO DA PÁTRIA

Sem contar com um exército suficiente para enfrentar os paraguaios, dom Pedro II ordenou a
criação de corpos militares de voluntários – os chamados Voluntários da Pátria -, oferecendo-lhes prêmios
em dinheiro, terras e outras vantagens.

(VICENTINO, Cláudio; VICENTINO, José Bruno. Projeto Mosaico. Editora Scipione. São Paulo. 3. Edição.2016. p. 288.)

07. ( C ) Nas tropas brasileiras, a maioria dos soldados era de origem negra.

08. ( C ) Muitos escravos foram alforriados para lutar na guerra e, em troca, seus proprietários
receberiam indenização do governo brasileiro.

09. ( E ) Muitos índios se alistavam nas tropas, pois havia a promessa de que, se fossem aceitos pelo
Exército Brasileiro, seriam alforriados.

Escravos

10. ( E ) Havia também nobres que se ofereciam para lutar na guerra no lugar de outras pessoas, em
troca de uma quantia em dinheiro.

Ex-escravos

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 07 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

5ª QUESTÃO (30 escores)

DÊ O QUE SE PEDE

Analise o texto VII e responda ao item 11 e aos subitens a), b) e c).

TEXTO VII

Se hoje os Estados Unidos são uma potência hegemônica, essa concentração de poder é resultado
de um processo histórico desde a colonização da América do Norte e a formação das 13 colônias.
Sabemos que, para impor seu poderio, os Estados Unidos utilizaram, além da força, teorias para
justificar suas ações.

11. Abaixo, temos ilustradas algumas dessas teorias. Aponte qual teoria está representada em cada
imagem, e defina cada uma delas. (06 escores)

(Disponível em: www.infoescola.com.br Acesso em 05 out. 2016)

a) Doutrina Monroe : a América para os americanos. _____________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 08 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

(Disponível em: www.infoescola.com.br Acesso em 05 out. 2016)

b) Destino Manifesto : Deus teria reservado um destino glorioso e de conquistas para os


Estados Unidos. ________________________________________________________

(Disponível em: www.infoescola.com.br Acesso em 05 out. 2016)

c) Big Stick : O Grande Porrete, “Devemos falar macio, mas carregar um grande porrete”.
______________________________________________________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 09 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

Analise a imagem 1 e o texto VIII para responder ao item 12.

IMAGEM 1

(Disponível em: <http://www.jornalestrondo.com.br/ku-klux-klan-ascensao-queda-e-atual-sobrevivencia-da-mais-radical-


sociedade-de-odio-americana/ Acesso em: 08/08/2014

TEXTO VIII

“Com um saldo de 600 mil mortos e o sul devastado, a guerra [de Secessão] radicalizou a
segregação racial, surgindo associações racistas como Ku-Klux-Klan, fundada por brancos racistas em
Nashville, no ano de 1867, com o objetivo de impedir a integração dos negros como homens livres
com direitos adquiridos e garantidos por lei após a abolição da escravidão. O traço característico de
seus membros era o uso de capuzes cônicos e longos mantos brancos, destinados a impedir o
reconhecimento de quem os usava. A intimidação contra os negros atingia também, em menor
escala, a brancos que com eles simpatizavam, além de judeus, católicos, hispânicos e qualquer
indivíduo contrário à segregação racial. A prática de terror dava-se desde desfiles seguidos por
paradas com manifestações racistas, até linchamentos, espancamentos e assassinatos, passando
ainda por incêndios de imóveis e destruição de colheita.”

(Disponível em: <http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=361>Acesso: 05/08/2014

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 10 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

12. Analisando a imagem e o texto VIII, que tratam da atuação da Ku-Klux-Klan, associação fundada
após o término da Guerra de Secessão, que durou entre 1861 a 1865, nos Estados Unidos, responda a
seguir aos subitens a), b), e c).

a) Descreva a economia dos Estados do Norte e do Sul dos Estados Unidos bem como a mão de obra
empregada respectivamente nesses Estados, antes da guerra. (04 escores)

Os Estados do Norte baseavam sua economia no desenvolvimento do setor industrial e


no emprego da mão de obra assalariada; os Estados do Sul tinham uma economia
basicamente agroexportadora e propriedades monocultoras que produziam gêneros
agrícolas para o mercado externo, e faziam uso sistemático da mão de obra escrava. _

b) Qual o Significado da palavra “segregação”? O que foi a Segregação Racial nos Estados Unidos?
(02 escores)

Segregração significa separação . Após a Guerra de Secessão, os brancos não queriam


dividir os mesmos espaços com negros e passaram a viver separados dentro da mesma
sociedade, brancos e negros .______________________________________________

c) Aponte duas justificativas para a prática da Segregação Racial nos Estados Unidos? (02 escores)

A justificativa era que negros pertenciam a uma raça inferior e não deveriam ter os
mesmos direitos que os brancos e poderiam transmitir doenças aos brancos. _______

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 11 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

Analise o texto IX e a imagem 2 e responda ao item 13.

TEXTO IX
Eugème Delacroix (1798-1863) foi um grande representante da pintura romântica francesa. Sua
tela aqui reproduzida, A Liberdade guiando o povo, foi feita em comemoração à Revolução Liberal de
1830, que reverteu a onda conservadora reacionária iniciada com o Congresso de Viena na Europa.

IMAGEM 2

A liberdade guiando o povo, 1830, pintura de Eugène Delacroix


(Disponível em: www.infoescola.com.br Acesso em 08 out. 2016)

Descrição da cena representada na pintura: a cena mostra uma batalha, com combatentes seguindo uma mulher, corpos caídos
e fumaça. Essa mulher avança empunhando em uma das mãos a bandeira da França, o símbolo da unidade nacional; e, na
outra, um fuzil. Acompanham-na algumas pessoas, entre elas um garoto empunhando armas de fogo e que parece usar uma
bolsa escolar, e um adulto em trajes burgueses com um fuzil nas mãos.

13. Sobre a Revolução Liberal de 1830 e a obra de Delacroix, responda aos subitens a) e b).

a) Pensando no título dessa obra, o que a mulher à frente do grupo estaria representando? O que o
quadro simboliza? (02 escores)

Ela representa a liberdade . O quadro simboliza a mobilização popular durante a


Revolução Liberal de 1830, mostrando que, para se obter liberdade, é necessário
lutar ._________________________________________________________________

b) Contra quem lutavam os revolucionários representados nessa obra de Delacroix e o que eles
defendiam? (02 escores)

Eles lutavam contra o governo de traços absolutistas . Lutavam pelos ideais liberais da
Revolução Francesa. ____________________________________________________

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 12 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

Analise o anúncio a seguir, retratado na imagem 3, e o texto X, para responder ao item 14.

IMAGEM 3

(Disponível em:< http://revistaepoca.globo.com/ideias/noticia/2013/02/pedra-lascada-ou-iphone-qual-foi-maior-


inovacao.html>. Acesso em 06 Ago. 2014.)

TEXTO X

“Compare-as com as façanhas tecnológicas esperadas desde o século passado, como colônias
humanas em Marte e na Lua, missões tripuladas a Saturno, inteligência artificial, carros voadores
acessíveis, androides que imitam humanos e expectativa de vida de 150 anos. Entre 1950 e 1968,
essas conquistas foram imaginadas para o fim do século XX ou o início do século XXI por escritores de
ficção científica e futurólogos como Arthur C. Clarke, Isaac Asimov, Ray Bradbury, Philip K. Dick,
Herman Kahn ou Anthony Wiener. O ex-astronauta americano Edwin ‘Buzz’ Aldrin resumiu bem a
decepção com a tecnologia atual em novembro passado: ‘Eles me prometeram colônias em Marte, em
vez disso eu tenho Facebook’”.

(Disponível em: < http://revistaepoca.globo.com/ideias/noticia/2013/02/pedra-lascada-ou-iphone-qual-foi-maior-


inovacao.html>. Acesso em 06 Ago. 2014.)

SSAA / STE / CMCG 2016


CMCG AE3/2016 – HISTÓRIA 8º ANO DO ENS. FUNDAMENTAL 1ª CHAMADA 13 Visto:

GABARITO Assinado por:


Ten Gilmara

14. Sobre a Segunda Revolução Industrial e as transformações técnico-científicas, responda aos subitens
a) e b).

a) Identifique três inovações tecnológicas da Segunda Revolução Industrial que, adaptadas, estão
unidas nos atuais smartphones. (03 escores)
Câmera fotográfica √, telefone √ filmadora de vídeos√. Outra opção ->_____________
rádio._________________________________________________________________

b) Cite duas inovações energéticas e duas na área dos transportes que, igualmente, fazem parte da
atual base tecnológica da sociedade e são herança da Segunda Revolução Industrial nas áreas de
energia e transporte. (04 escores)

Energia: Motores a combustão interna √ e geradores de energia elétrica. √______________

Transporte: Locomotivas elétricas_√ e automóveis.__√______________________________

Analise o texto XI e responda ao item 15.

TEXTO XI

A África no século XIX, apresentava grande variedade de grupos étnicos e de organizações


políticas e sociais. Esse período foi marcado pela tentativa de unificação de diversos povos africanos.
Na tentativa de expandir e unificar seus Estados, alguns governantes africanos procuravam impor
sobre os povos conquistados, além do domínio militar e econômico, o domínio cultural. Surgia uma
nova forma de domínio, cujo objetivo maior era aculturar os povos dominados.

15. Sobre o texto acima, responda aos subitens a), b) e c).

a) O que significa aculturação? (01 escore)


Aculturação é o processo de adoção ou assimilação de uma cultura estrangeira.√______

b) De que forma ocorre o processo de aculturação? (01 escore)


A partir do domínio cultural, quando uma cultura se sobrepõe à outra,_impondo-lhe a
sua língua, a sua religião e o seu modo de vida.√_______________________________

c) Um grande exemplo de aculturação no Continente Africano foi o domínio dos muçulmanos sobre
povos conquistados. Explique em que região se iniciou esse povo, quem foi o seu líder e como se
deu esse processo. (03 escores)
Na região do Sudão Central√. O líder dos fulanis, Osmã den Fodio, iniciou_uma Jihad
contra os povos hauçás que habitavam a região√. Em poucos anos, a maioria das cidades
hauçás caiu sob o domínio dos fulanis, que formaram um califado com sede em Sokoto.
Além de impor a religião islâmica entre os povos conquistados, proibindo as práticas da
religião tradicional, Osmã os obrigou a aprender a língua árabe e a seguir regras
muçulmanas.√__________________________________________________________

FIM DA PROVA

SSAA / STE / CMCG 2016