Você está na página 1de 3

ESCOLA PORTUGUESA DE DÍLI

CENTRO DE ENSINO E LÍNGUA PORTUGUESA RUY CINATTI


ANO LETIVO 2018/2019

Ficha de trabalho sobre o discurso argumentativo

1. Dá um título a cada parágrafo do texto abaixo, de forma a delimitares as suas partes lógicas (estrutura
externa e interna):
Senhor Presidente,
Senhoras e Senhores Deputados,
Meus caros colegas de Governo:

1 Estamos hoje aqui, num ato de grande responsabilidade: ratificar o “Acordo de Paris” e assim continuar o caminho no
combate global às alterações climáticas, que constitui um dos principais desafios que o planeta enfrenta neste século.
A 18 de dezembro, poucos dias depois da tomada de posse deste Governo, referi neste plenário que um dia seria
formalmente presente a esta assembleia a ratificação do “Acordo de Paris”. É com muita honra, mas sobretudo com grande
5 sentido de responsabilidade que o faço, passada a sua assinatura em 22 de abril, e a decisão do Governo de submeter a
esta assembleia a sua aprovação em 21 de julho. Agradeço a celeridade do agendamento desta ratificação pela Assembleia
da República, prova da importância que esta câmara atribui a este tema.
Senhoras e Senhores deputados, as evidências científicas relativas à influência da atividade humana sobre o sistema
climático são mais fortes do que nunca e o aquecimento global é inequívoco. Esta é uma das principais conclusões do
10 Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas, no seu último relatório de avaliação, indicando que a
manutenção dos níveis atuais de emissões de gases com efeito de estufa provocará um aumento da temperatura e tornará
mais provável a existência de impactos irreversíveis para as populações e ecossistemas. Os fogos florestais deste verão, as
cheias do inverno passado no nosso país são exemplos de impactos de eventos climáticos extremos, exacerbados pela
mudança do clima que se tem verificado um pouco por todo o mundo. Estes eventos demonstram a significativa
15 vulnerabilidade e exposição à mudança de alguns ecossistemas e de muitos sistemas humanos. A resposta ao desafio das
alterações climáticas é, por isso, universal: todos somos chamados, individual e coletivamente, a prosseguir o objetivo de
reduzir as emissões dos gases com efeito de estufa.
Duas décadas desde a aprovação do “Protocolo de Quioto”, a comunidade internacional conseguiu, finalmente, fazer
aprovar o primeiro compromisso de redução de emissões e de adaptação aos impactos do clima e de mudança: o “Acordo
20 de Paris”. Paris constitui uma janela de esperança neste combate sem tréguas. Este é um acordo verdadeiramente
ambicioso, dinâmico, durável, abrangente e universal. Com este acordo, a comunidade internacional estabelece como
objetivo a descarbonização das economias mundiais, através do compromisso de limitar o aumento da temperatura média
global a níveis abaixo dos dois graus Celcius, relativamente ao período pré-industrial e prosseguir esforços para limitar o
aumento da temperatura a um grau e meio, reconhecendo que isso reduzirá significativamente os riscos e os impactos das
25 alterações climáticas. O “Acordo de Paris” representa, assim, uma oportunidade para o desenvolvimento e transformação
das economias e para a criação de novos empregos. Transmite uma mensagem poderosa aos mercados, relativamente à
necessidade de direcionar os investimentos para a transição das economias mundiais para economias eficientes no uso de
recursos e de baixo carbono.
Senhoras e senhores deputados, é com particular agrado que, como Ministro do Ambiente, constato que, historicamente,
30 o combate às alterações climáticas tem merecido consenso nacional e partidário. Cumpre-me, neste contexto,
cumprimentar os governantes que há mais de duas décadas têm conduzido esta causa. Com efeito, desde 92, na “Cimeira
da Terra”, passando por Quioto e Copenhaga e, no ano passado, em Paris, Portugal esteve sempre empenhado no
cumprimento das suas obrigações nacionais e europeias. Fê-lo, aproveitando uma oportunidade histórica de reduzir a sua
dependência externa dos combustíveis fósseis, através da aposta internacionalmente reconhecida das energias renováveis.
35 Portugal cumpriu largamente com as suas obrigações no âmbito do primeiro período do compromisso de Quioto, bem como
dos compromissos de redução de emissões assumidos a nível europeu, no âmbito do pacote Clima e Energia para 2020.
Portugal está totalmente empenhado na profunda descarbonização da sua economia, num quadro de recuperação
económica e de criação de emprego (e aqui vejo, com tranquilidade, que o gás natural seja encarado como uma fonte de
energia de transição, no setor dos transportes coletivos).
40 Os objetivos deste Governo estão plenamente alinhados com a visão e objetivos de política climática europeia e com
Paris. Permito-me destacar algumas das coisas que já fizemos e que faremos num futuro próximo: avançámos no sistema
de políticas e medidas; aprovámos a estratégia nacional para a qualidade do ar; criámos o fundo ambiental; priorizamos
a mobilidade urbana sustentável, tendo previsto, por exemplo, no plano nacional de reformas, a expansão das redes do
Metro de Lisboa e Porto, a renovação de 500 autocarros para autocarros a gás ou elétricos – e o aviso para a sua aquisição
45 no POSEUR(1), dotado com 60000000 de Euros será já tornado público durante o mês de outubro –; está em funcionamento
o primeiro corredor para a mobilidade elétrica Lisboa – Algarve; vamos executar o programa ECO MOB, financiando 1200
veículos elétricos para a administração pública até 2018.
Mas a nossa política não se direciona apenas para a mitigação das alterações climáticas. A relevância da implementação
de medidas de prevenção, adaptação e proteção dos territórios é transversal a todos os setores da economia. Esta já não
50 é uma batalha do futuro, é uma batalha do nosso presente. E por isso, lançámos um aviso no valor de 34000000 de Euros
para a prevenção e gestão de riscos de cheias, apresentamos um novo modelo mais operacional para gerir o litoral e
apostamos na promoção do conhecimento e na intensificação da monitorização sistemática.
Senhoras e senhores deputados, (…) desta forma, tendo em conta não só as disposições do “Acordo de Paris”, mas
também as orientações da política nacional europeia para as alterações climáticas, considero que Portugal está
55 plenamente preparado para proceder à ratificação nacional do Acordo de Paris e de ser consequente com ele cumprindo
os seus objetivos e as suas metas. Tendo presente o nível de compromisso alcançado em Paris e a necessidade de agora
reforçar este mesmo empenho político, estou convicto de que juntos, seja na União Europeia seja nas Nações Unidas,
poderemos superar os desafios das alterações climáticas, aumentando os nossos esforços, promovendo economias
competitivas e de baixo carbono, como parte de uma implementação efetiva do Acordo de Paris.
60 Muito obrigado.

(Discurso proferido pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Marques Fernandes, na A.R., Lisboa, 21de junho de 2016)

(1) – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos.

1. Faz o levantamento dos articuladores discursivos que ligam as partes lógicas delimitadas e interpreta o
seu sentido.

2. Justifica a referência aos exemplos, neste discurso.

3. Identifica dois recursos expressivos e comenta o seu sentido no discurso.

4. Faz o levantamento dos deíticos pessoais, espaciais e temporais.

II

Lê com a tenção as instruções abaixo e aplica-as na redação de um discurso argumentativo em que apresentes
um projeto para redução do volume de lixo não orgânico:

1. Preparação da argumentação:
 procura de argumentos (seleção, número, precisão)
 disposição dos argumentos (plano, encadeamento)
 procura de figuras de estilo

1.1 encontrar respostas para as seguintes perguntas:


 que quero eu provar?
 estes argumentos são realmente válidos?
 de que factos disponho? serão sólidos? quais vou utilizar? quais devo manter em reserva?
 haverá pontos fracos na minha argumentação?
 em que ponto posso ou devo ceder?
2. Etapas do texto argumentativo:
 encontrar o problema
 analisar os dados
 dispor adequadamente os argumentos e contra-argumentos
 reformular
 enunciar soluções e propostas
 usar figuras de estilo adequadas
 formular juízos de valor (concordância ou discordância final)

3. Qualidades do texto argumentativo:


 rigor, clareza, objetividade, coerência, sequencialização, riqueza lexical

4. Estrutura do texto argumentativo:


 Introdução: um parágrafo único; afirmação polémica
 Desenvolvimento: dois ou mais parágrafos; argumentos e contra-argumentos, exemplos (cada parágrafo do desenvolvimento deve
decompor-se em três elementos: ponto de partida, argumento e exemplo; os parágrafos devem ser encadeados uns nos outros pelos
conectores lógicos)
 Conclusão: um parágrafo único; retoma da afirmação inicial confirmada ou contrariada

5. Conetores lógicos:
 copulativas: e; nem; também; não só... mas também; tanto... como
 adversativas (oposição): mas; porém; todavia; contudo; apesar disso; ainda assim; não obstante; no entanto
 conclusivas (efeito): logo; pois; portanto; por conseguinte; por consequência; por isso
 explicativa: pois
 causais: porque; como; visto que; pois que; já que
 comparativas: como; conforme; segundo; assim como... assim também; mais... do que; menos... do que; ao passo que
 temporais: quando; enquanto; apenas; mal; logo que; antes que; depois que; assim que; à medida que
 concessivas (hipótese): embora; conquanto; ainda que; mesmo que; se bem que; apesar de que
 consecutivas (consequência): tal que; de tal modo que; tanto que; de maneira que
 finais: para que; a fim de que

Usa este espaço para fazeres o plano do teu texto:

___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________

Bom trabalho!