Você está na página 1de 34
Manual de instalação Caminhões e veículos especiais ZF-AS Tronic ZF-AS Tronic com Intarder Montagem no

Manual de instalação

Caminhões e veículos especiais ZF-AS Tronic ZF-AS Tronic com Intarder

Montagem no veículo

Copyright © ZF Friedrichshafen AG

O presente documento está protegido por direitos autorais.

A duplicação total ou parcial e a reprodução deste documento são

expressamente proibidas sem a autorização prévia da ZF Friedrichshafen AG. Contravenções serão punidas nos termos do Código Civil e Penal.

O presente documento é uma tradução do texto original alemão.

ZF-AS Tronic

Índice

Síntese das alterações

4

Introdução

5

Indicações de segurança

6

Instruções gerais

7

Torques de aperto

8

Preparo antes da montagem da ZF-AS Tronic

9

Remoção do material de conservação e limpeza

11

Preparo antes da montagem da embreagem

12

Montagem da embreagem

14

Preparo antes da montagem da transmissão

17

Içamento e transporte

17

Montagem da transmissão

18

Montagem do atuador da embreagem

22

Sangria do atuador da embreagem

22

Conexões com o veículo

25

Controle do nível do óleo

27

Controle do nível do óleo da ZF-AS Tronic sem Intarder

27

Controle do nível do óleo da ZF-AS Tronic com Intarder

28

Controle de entrega da ZF-AS Tronic ao OEM

29

Controle de entrega de transmissões ZF-AS Tronic ao OEM no mercado do NAFTA

31

Síntese das alterações: 1327 754 506

Índice

Data de edição

Capítulo

Responsável

Observações

a

2008-10

   

As figuras foram substituídas: o dispositivo de desacopla- mento da embreagem com cames foi substituído pelo modelo com roletes.

b

2013-10

   

As figuras foram atualizadas:

Parafuso de sangria do atuador da embreagem: o torque de aperto foi mudado de 22 Nm para 35 Nm. A sequência de aperto dos parafusos foi acrescentada.

ZF-AS Tronic

Introdução / garantia

Introdução

A seguinte documentação foi desenvolvida para

profissionais especializados treinados pela ZF Friedrichshafen AG com produtos ZF. Os serviços

e trabalhos descritos somente devem ser realizados por pessoal autorizado, treinado e instruído.

A responsabilidade pelo respectivo treinamento

técnico recai sobre a empresa que aplica o

produto.

Esta documentação refere-se a um produto ZF de série segundo seu grau de desenvolvimento técnico na data de emissão deste material.

Garantia

A garantia está regulamentada pelas respectivas condições contratuais vigentes.

Esta garantia contratual não inclui os custos diretos e/ou subsequentes originados devido a:

• Trabalho não especializado realizado por pessoal não treinado ou alheio à ZF e/ou

• Utilização de peças “não” originais da ZF

Em caso de dano, é imprescindível agir imediata- mente para que o agregado ZF possa ser novamen- te colocado em pleno funcionamento e para que a dimensão do dano seja mantida em parâmetros mínimos.

Na eventualidade de um adiamento do reparo sem razões aparentes, reservamo-nos o direito de cobrir apenas uma parte do dano ou até mesmo recusamos todas e quaisquer pretensões de garan- tia.

ZF Friedrichshafen AG D-88038 Friedrichshafen

Telefone:

+49 7541 77-0

Fax:

+49 7541 77-908000

www.zf.com

ZF-AS Tronic

Indicações de segurança

Indicações de segurança

As seguintes observações de segurança são utiliza- das nesta documentação:

ATENÇÃO Serve como indicação a processos especiais de tra- balho, métodos, informações, aplicação de disposi- tivos auxiliares, etc.

CUIDADO

É utilizado quando um método de trabalho diver-

gente ou incorreto pode levar a danos no próprio

produto.

gente ou incorreto pode levar a danos no próprio produto. PERIGO! É utilizado quando, por falta

PERIGO! É utilizado quando, por falta de cuidado, pesso- as podem sofrer danos ou se houver risco de vida.

O próprio mecânico responsável pela oficina

responsabiliza-se pela segurança no trabalho.

A estrita observação de todas as regras de segu-

rança e normas legais vigentes é condição imprescindível para evitar danos a pessoas e ao próprio produto durante os serviços de monta- gem. Portanto, o mecânico responsável pela monta- gem deve conhecer tais regras antes de iniciar o

trabalho.

A devida montagem da transmissão ZF pressupõe

o respectivo treinamento do pessoal técnico.

A obrigação de treinar o pessoal recai sobre a ofici-

na mecânica.

de treinar o pessoal recai sobre a ofici- na mecânica. PERIGOS para a saúde! Cuidado ao

PERIGOS para a saúde! Cuidado ao manusear materiais auxiliares e de produção.

PERIGOS para o meio ambiente!Cuidado ao manusear materiais auxiliares e de produção. Lubrificantes, materiais auxiliares e produtos de limpeza

Lubrificantes, materiais auxiliares e produtos de limpeza não devem atingir o solo, a água subter- rânea ou a rede de esgotos.

• Solicitar as fichas de dados de segurança referentes aos respectivos produtos junto às devidas autoridades responsáveis pela prote- ção ambiental e seguir as mesmas.

• Recolher o óleo em um recipiente com tamanho adequado.

• Óleo, filtros, lubrificantes bem como produ- tos de limpeza devem ser eliminados de acor- do com as regulamentações relativas à prote- ção ambiental.

• Ao utilizar lubrificantes e produtos de limpe- za, seguir as instruções do respectivo fabri- cante.

CUIDADO A transmissão NÃO deve ser pendurada pelo eixo piloto, pelo flange de saída ou por qualquer outra peça de montagem.

Incorreto

Correto

ou por qualquer outra peça de montagem. Incorreto Correto PERIGO! Ao transportar a transmissão suspendendo-a, evitar
ou por qualquer outra peça de montagem. Incorreto Correto PERIGO! Ao transportar a transmissão suspendendo-a, evitar
ou por qualquer outra peça de montagem. Incorreto Correto PERIGO! Ao transportar a transmissão suspendendo-a, evitar

PERIGO! Ao transportar a transmissão suspendendo-a, evitar que pessoas fiquem embaixo da carga suspensa.

ZF-AS Tronic

Instruções gerais

Instruções gerais

Antes de iniciar os serviços de montagem é impres- cindível ler atentamente a presente documentação.

CUIDADO As figuras, ilustrações e peças apresentadas nem sempre representam o original; é indicado pura e simplesmente o processo de trabalho. As figuras, ilustrações e peças não estão repre- sentadas segundo a respectiva escala; não deverão ser tomadas quaisquer conclusões acer- ca de dimensões e peso (nem mesmo no contex- to da própria representação). Os serviços deverão ser efetuados de acordo com o texto descritivo.

Após encerrar os serviços de montagem da trans- missão, o pessoal técnico deverá certificar-se de que a transmissão está em perfeito funcionamento.

Adaptações e alterações podem influenciar o nível de segurança no funcionamento da transmissão. Por isso, as modificações específicas de clientes têm que ser determinadas juntamente com a ZF por escrito.

Material de fixação Material de fixação somente deve ser utilizado onde for recomendado pela lista de peças. Ao aplicar o material de fixação (por exemplo:

Loctite), seguir estritamente as instruções de uso do respectivo fabricante. Durante a montagem, manter rigidamente todos os valores de ajuste, dados de verificação e torques de aperto indicados.

Óleo da transmissão A transmissão ZF é fornecida de fábrica com óleo colocado. Os tipos de óleo recomendados estão descritos na lista de lubrificantes da ZF TE-ML (ver plaqueta de identificação). As devidas listas de lubrificantes da ZF poderão ser adquiridas em todos os postos de serviço ZF e na Internet no site:

www.zf.com. Após a colocação do óleo, parafusar os bujões no bocal de enchimento de óleo e no ladrão de óleo mantendo os torques de aperto recomendados.

ZF-AS Tronic

Torques de aperto

Torques de aperto para parafusos e porcas extraídos da norma ZFN 148

Esta norma é válida para parafusos segundo as normas DIN 912, DIN 931, DIN 933, DIN 960 e DIN 961 bem como ISO 4762, ISO 4014, ISO 4017, ISO 8765 e ISO 8676 e para porcas segundo as normas DIN 934 e ISO 4032, ISO 8673.

A presente norma inclui especificações sobre tor- ques de aperto para parafusos e porcas da classe de resistência 8.8, 10.9 e 12.9 bem como para por- cas da classe de resistência 8, 10 e 12.

Acabamento da superfície dos parafusos/das por- cas: termicamente enegrecido e oleado ou galvani- zado e oleado.

Os parafusos sempre devem ser apertados com um torquímetro calibrado.

ATENÇÃO Os torques de aperto divergentes dos valores indi- cados na lista abaixo estão especificados separada- mente na documentação.

Rosca grossa

Rosca fina

Medidas

Torque de aperto em Nm para

Medidas

Torque de aperto em Nm para

Parafuso

8.8

10.9

12.9

Parafuso

8.8

10.9

12.9

Porca

8

10

12

Porca

8

10

12

M4

2,8

4,1

4,8

M8x1

24

36

43

M5

5,5

8,1

9,5

M9x1

36

53

62

M6

9,5

14

16,5

M10x1

52

76

89

M7

15

23

28

M10x1,25

49

72

84

M8

23

34

40

M12x1,25

87

125

150

M10

46

68

79

M12x1,5

83

120

145

M12

79

115

135

M14x1,5

135

200

235

M14

125

185

215

M16x1,5

205

300

360

M16

195

280

330

M18x1,5

310

440

520

M18

280

390

460

M18x2

290

420

490

M20

390

560

650

M20x1,5

430

620

720

M22

530

750

880

M22x1,5

580

820

960

M24

670

960

1100

M24x1,5

760

1100

1250

M27

1000

1400

1650

M24x2

730

1050

1200

M30

1350

1900

2250

M27x1,5

1100

1600

1850

M27x2

1050

1500

1800

M30x1,5

1550

2200

2550

M30x2

1500

2100

2500

Versão: agosto de

1991

ZF-AS Tronic

Preparo antes da montagem da ZF-AS Tronic

Option 1 4 8 2 9 N D R DM RM 5 S T O
Option
1
4
8
2
9
N
D
R
DM
RM
5
S
T
O
P
3
6
7
1 Transmissão
6 Pedal do acelerador
2 Atuador da transmissão
7 Pedal do freio
10
3 Atuador da embreagem
8 Módulo de expansão
4 Seletor de marcha*
ZF

5 Seletor de marcha com interruptor rotativo

9 Display 10 Embreagem

*Opcional

Preparo antes da montagem da ZF-AS Tronic

O pacote de fornecimento da ZF pode variar depen- dendo da montadora e do veículo.

O pacote de fornecimento está documentado na lista de peças.

Seguir as instruções e indicações da montadora.

031310

1327_51D_511

ZF-AS Tronic

Preparo antes da montagem da ZF-AS Tronic

O número da lista de peças consta na plaqueta de

identificação 01.150.

Entre outros dados, pode-se verificar na plaqueta de identificação as seguintes informações:

• Tipo da transmissão (MODEL)

• Nº da lista de peças da transmissão (PART LIST NO.)

• Nº de série da transmissão (SERIAL NO.)

01.150
01.150

027528_2

Nº de série da transmissão (SERIAL NO.) 01.150 027528_2 ZF FRIEDRICHSHAFEN AG MADE IN GERMANY ZF-AS
ZF FRIEDRICHSHAFEN AG MADE IN GERMANY ZF-AS TRONIC 12 AS 2530 TO MODEL PARTS LIST
ZF FRIEDRICHSHAFEN AG
MADE IN GERMANY
ZF-AS TRONIC
12 AS 2530 TO
MODEL
PARTS LIST NO.
SERIAL NO.
1353 032 011
00 210 356
CUSTOMER
xxx
SPEC. NO
TOTAL
SPEEDO
xxx
xxx
RATIO
RATIO
xn
P.T.O. N
xxx
n =
xxx
ENGINE
OIL CAPACIT
OIL GRADE SEE
12
02
IN LITERS
LUBRIC. LIST TE-ML
Exemplo de plaqueta de identificação
023906

1327_51D_511

ZF-AS Tronic

Preparo antes da montagem da ZF-AS Tronic

Remoção do material de conservação e limpeza

• Remover o material de conservação do eixo piloto

02.010.

O

volante, o platô, o rolamento da embreagem e

o

tubo guia têm que estar livres de material de

conservação e de impurezas.

ATENÇÃO Para proceder à limpeza, utilizar um produto ade- quado (por exemplo, produto para limpar freios) e um pano que não solta fiapos.

A embreagem tem que estar isenta de impurezas,

óleo e graxa.

CUIDADO

• Não pegar os revestimentos do disco da embreagem com as mãos impregnadas de óleo ou graxa.

• Se os revestimentos do disco da embreagem estiverem contaminados com óleo ou graxa, trocar o disco da embreagem por completo; este disco não deverá mais ser utilizado, pois poderá comprometer o conforto e/ou o funcio- namento.

02.010
02.010

031069_1

Volante
Volante

031061

Platô
Platô

031418

1327_51D_520

ZF-AS Tronic

Preparo antes da montagem da embreagem

Preparo antes da montagem da embrea- gem

O volante (1), o disco da embreagem 80.360

e o platô incluindo as molas de retrocesso 80.350 não devem apresentar qualquer danificação.

ATENÇÃO Também observar e seguir as instruções do fabri- cante do motor.

Certificar-se de que o rolamento piloto (2) esteja se movimentando facilmente.

A

superfície de ligação entre a carcaça do volante

(3) e a carcaça da embreagem não deve apresen- tar danificações.

Evitar erros no alinhamento.

O rolamento piloto (2) efetua a centragem auto- maticamente; porém, apenas pode compensar erros limitados no alinhamento.

O perfil estriado do eixo piloto 02.010 não deve apresentar desgaste e tem que estar livre de material de conservação.

O disco da embreagem 80.360 tem que deslizar facilmente pelo perfil estriado do eixo.

Os componentes do garfo de embreagem 68.060 devem permitir que sejam facilmente girados em seu ponto de fixação.

O rolamento da embreagem 68.050 tem que des- lizar facilmente pelo tubo guia da tampa de cen- tragem.

80.360 80.350
80.360
80.350

023518

2 1 3
2
1
3

031061_1

02.010 68.050 68.060
02.010
68.050
68.060

031062_1

1327_68D_550

ZF-AS Tronic

Preparo antes da montagem da embreagem

• Remover o material utilizado para segurança durante o transporte (20).

• O rolamento da embreagem 68.050 não requer manutenção; consequentemente, não é necessá- rio engraxá-lo.

CUIDADO

Nenhuma das peças (com exceção do perfil do

eixo piloto) deverá ser engraxada posteriormen- te. Principalmente o tubo guia 02.520, a bucha deslizante do rolamento da embreagem 68.050

as pistas dos roletes têm que estar livres de graxa.

e

A

proteção contra posicionamento incorreto do

rolamento/garfo da embreagem (ver a seta) é engraxada pelo fabricante da transmissão.

O revestimento do disco da embreagem não deve entrar em contato com qualquer tipo de graxa ou óleo.

Não pegar o disco da embreagem pelo revesti- mento ou sempre utilizar luvas limpas.

Lubrificar levemente o perfil estriado (eixo piloto)

e

o perfil do cubo (disco da embreagem) utilizan-

do Castrol Olista Longtime 3 EP; não é permitido usar outros tipos de graxa.

Montar o disco da embreagem no perfil do eixo piloto.

Retirar o disco da embreagem e remover o exces- so de graxa; caso contrário, em função da força centrífuga da rotação a graxa poderá contaminar

revestimento da embreagem, causando proble- mas no sistema de embreagem.

o

68.050 20
68.050
20

031063_1

02.5 20 68.050
02.5 20
68.050

031416

de embreagem. o 68.050 20 031063_1 02.5 20 68.050 031416 032675 1327_68D_550 PTBR 1327 754 506b

032675

1327_68D_550

ZF-AS Tronic

Montagem da embreagem

Montagem da embreagem

• Parafusar entre dois e quatro pinos de guia nos orifícios do volante.

CUIDADO Montar o disco da embreagem e o platô sem graxa.

CUIDADO

Em um lado do disco da embreagem está estampado “Flywheel-side”; este lado tem que estar voltado para o volante (lado do motor).

Caso não esteja estampado “Flywheel-side”, certificar-se de que haja uma folga (molas de amortecimento torcional) até o volante.

• Utilizar um mandril de centragem para montar o disco da embreagem e o platô.

de centragem para montar o disco da embreagem e o platô. PERIGO! Durante o trabalho de

PERIGO! Durante o trabalho de montagem, não utilizar o eixo piloto para segurar ou apoiar a embreagem. Caso contrário, o rolamento piloto poderá sofrer danos ou a embreagem poderá cair e causar feri- mentos em pessoas ou danificar os componen- tes da embreagem.

• Utilizando um mandril de centragem (1), montar o

disco da embreagem no volante.

Pinos de guia
Pinos de guia
031064 e d i s - l e e h w F l y
031064
e
d
i
s
-
l
e
e
h
w
F
l
y
Pinos de guia 031064 e d i s - l e e h w F l

018423

1
1

031065_1

1327_68D_560

ZF-AS Tronic

Montagem da embreagem

• Montar o platô nos pinos de guia. Certificar-se de que o platô esteja encostado paralelamente no volante.

CUIDADO Durante a montagem, certificar-se de que o platô (3) fique encostado na centragem do volante (2) sem ser torcido. Necessariamente manter a sequência de aperto dos parafusos; caso contrário, o platô poderá ficar torcido. Consequentemente, o funcionamento da embrea- gem não pode ser garantido.

Inserir os parafusos sextavados e apertá-los leve- mente com a mão.

CUIDADO Jamais utilizar parafusadeira de impacto.

• Remover os pinos de guia.

• Inserir os parafusos restantes e apertá-los leve- mente com a mão.

Ao apertar os parafusos, manter a sequência correta iniciando com a posição nº “1”. A ilustração de nº 1327_10 mostra a perspectiva no sentido do volante e do platô.

CUIDADO Não é permitido utilizar prisioneiros para fixar a placa de pressão.

utilizar prisioneiros para fixar a placa de pressão. 031066 2 3 032898_2 Sequência de aperto 1327_10
031066 2 3
031066
2
3

032898_2

para fixar a placa de pressão. 031066 2 3 032898_2 Sequência de aperto 1327_10 1327_68D_560 PTBR

Sequência de aperto

1327_10

1327_68D_560

ZF-AS Tronic

Montagem da embreagem

• Apertar cada um dos parafusos em etapas (uma ou duas voltas de cada vez), para que o platô seja pressionado gradativamente contra a borda de centragem do volante, sem ser torcido.

Torque de aperto: verificar as instruções da monta- dora ou do fabricante do motor.

CUIDADO

Para evitar danificações, não utilizar uma para- fusadeira de impacto para apertar os parafusos sextavados.

Quando estiver sendo fixado, sempre observar para que o platô fique encostado na centragem do volante sem ser torcido.

ATENÇÃO Se o platô não estiver perfeitamente centralizado, poderá haver vibração durante o funcionamento do veículo.

CUIDADO O mandril de centragem (1) tem que deslizar facil- mente para fora.

• Certificar-se de que, antes da montagem da transmissão, as extremidades do anel de trava estejam encaixadas.

as extremidades do anel de trava estejam encaixadas. 031067 1 031068_1 Anel de trava fechado (enganchado)

031067

1
1

031068_1

Anel de trava fechado (enganchado)

Anel de trava fechado (enganchado)

023544

1327_68D_560

ZF-AS Tronic

Preparo antes da montagem da transmissão

Preparo antes da montagem da trans- missão

Içamento e transporte

• Nunca suspender a ZF-AS Tronic pelo eixo piloto ou pelo flange de saída.

• Para içar e transportar a transmissão, apenas usar dispositivos seguros para levantar cargas como, por exemplo, correntes previstas para iça- mento.

• Selecionar uma corrente cujo ângulo e compri- mento exerçam a menor força de flexão possível sobre os olhais.

• Para poder transportar a transmissão, somente utilizar os olhais 1 e 3 previstos para suspender a transmissão existentes na carcaça.

• Selecionar os ganchos com um tamanho que per- mita que os ganchos possam ser movidos livre- mente e não fiquem apoiados nos olhais (risco de ruptura).

Transporte utilizando um carrinho de montagem

• Fixar a transmissão em um carrinho de monta- gem.

• Fixar a transmissão em um carrinho de monta- gem. PERIGO! Caso não for fixada firmemente

PERIGO! Caso não for fixada firmemente no carrinho de montagem, a transmissão poderá cair e causar ferimentos em pessoas ou danificar os compo- nentes da transmissão.

INCORRETO
INCORRETO

023530

CORRETO
CORRETO

019529

nentes da transmissão. INCORRETO 023530 CORRETO 019529 018412 1327_50D_540 PTBR 1327 754 506b - 2013-10 17

018412

1327_50D_540

ZF-AS Tronic

Montagem da transmissão

Montagem da transmissão

• Posicionar a transmissão de modo que o eixo piloto fique alinhado com o rolamento piloto. Além disso, alinhar paralelamente a carcaça do volante (1) e a carcaça da transmissão (2) (caso necessário, utilizar pinos de centragem).

CUIDADO Encaixar cuidadosamente o eixo piloto da trans- missão no cubo do disco da embreagem. Não dar batidas ou forçar o eixo piloto para dentro do cubo; caso contrário, o disco da embreagem poderá ser danificado.

ATENÇÃO

A transmissão não pode ser devidamente posiciona-

da devido à posição dente sobre dente:

– Se a transmissão estiver engatada em neutro, girar o eixo piloto utilizando, por exemplo, um ali- cate ou uma chave tipo gancho.

– Se houver uma marcha engatada, girar o flange de saída.

• Empurrar a transmissão no sentido da carcaça do volante.

CUIDADO Somente apertar os parafusos de fixação depois que a transmissão estiver encostada axialmente na carcaça do volante.

2 1
2
1

031070_1

encostada axialmente na carcaça do volante. 2 1 031070_1 032911 031071 1327_51D_530 PTBR 1327 754 506b

032911

axialmente na carcaça do volante. 2 1 031070_1 032911 031071 1327_51D_530 PTBR 1327 754 506b -

031071

1327_51D_530

ZF-AS Tronic

Montagem da transmissão

• Utilizando 12 parafusos, fixar a transmissão na carcaça do volante. Apertar os parafusos alternadamente em cruz seguindo as instruções da montadora.

Montagem na carcaça do volante

• Utilizar parafusos altamente resistentes (8.8* ou

10.9*).

• Cálculo segundo a norma VDI 2230.

• Utilizar arruelas segundo a norma ISO 7089/7090.

• Torque de aperto dos parafusos segundo os cálculos/dados da montadora.

CUIDADO Não utilizar parafusos de bloqueio!

Montagem utilizando prisioneiros

Se a transmissão ZF-AS Tronic for montada na car- caça do volante através de prisioneiros fixados no motor, o comprimento excessivo dos prisioneiros não deverá ser superior a 62 mm do lado da trans- missão. Motivo: se o comprimento excessivo for mais longo, em caso de manutenção será muito difícil desmon- tar o atuador da transmissão. Em casos extremos, a transmissão terá que ser desmontada por completo.

* Classe de resistência

que ser desmontada por completo. * Classe de resistência 031072 1327_51D_530 PTBR 1327 754 506b -

031072

1327_51D_530

ZF-AS Tronic

Montagem da transmissão

• Caso existente, montar a suspensão traseira da transmissão.

• Caso tiver sido utilizado, remover o carrinho de montagem.

• Desparafusar e remover os quatro parafusos 68.154 e retirar a tampa 68.150.

• Soltar o parafuso de sangria (6) do atuador da embreagem ou remover o atuador da embrea- gem por completo.

• O dispositivo de desacoplamento da embreagem fica exposto.

018411 6 68.060 68.150 68.154 035402_1
018411
6
68.060
68.150
68.154
035402_1
fica exposto. 018411 6 68.060 68.150 68.154 035402_1 023532 1327_51D_530 PTBR 1327 754 506b - 2013-10

023532

1327_51D_530

ZF-AS Tronic

Montagem da transmissão

CUIDADO Não danificar o platô!

• Unir o rolamento da embreagem ao platô pressio- nando a extremidade inferior do garfo da embrea- gem no sentido da transmissão utilizando uma alavanca de montagem. Desta forma, a extremi- dade superior do garfo da embreagem exerce pressão no sentido do motor, até o anel de trava do rolamento da embreagem encaixar percepti- velmente.

• Pressionando o garfo de embreagem no sentido do motor, verificar se a união está bem encaixa- da.

do motor, verificar se a união está bem encaixa- da. 031419 23533_1 Lado do motor Lado

031419

031419 23533_1 Lado do motor Lado da transmissão 023533_2

23533_1

Lado do motor Lado da transmissão

Lado do motor

Lado da

transmissão

023533_2

1327_51D_530

ZF-AS Tronic

Montagem do atuador da embreagem

Montagem do atuador da embreagem

Sangria do atuador da embreagem

• Soltar o parafuso (6) M12x1,5.

• Se o anel de vedação do parafuso estiver desgas- tado, trocá-lo.

• Empurrar o pistão para dentro.

• Manter o pistão pressionado e apertar o parafuso (6). Torque de aperto: 35 Nm

6

6

018475 018476 6 018477
018475
018476
6
018477

1327_68D_531

ZF-AS Tronic

Montagem do atuador da embreagem

• Encaixar a barra de pressão 68.210 no alojamen- to do garfo de embreagem 68.060.

• Utilizando 4 porcas sextavadas M8 (/030) junta- mente com 4 arruelas (/020) ou 4 parafusos sex- tavados M8 68.020, fixar o atuador da embrea- gem 68.010. Observar para que as conexões estejam devidamente encaixadas e a barra de pressão 68.210 esteja corretamente posicionada no garfo e no atuador da embreagem.

Torque de aperto:

Porca sextavada (/030) Prisioneiro (/010) Parafusos sextavados 68.020

M8 = 23 Nm M8 = 10 Nm M8 = 23 Nm

• Soltar o parafuso (6) e esperar até que o pistão saia por completo. Observar para que a barra de pressão 68.210 esteja corretamente posicionada no garfo 68.060 e no atuador da embreagem. Reapertar o parafuso (6).

Torque de aperto:

35 Nm

• Parafusar a tampa 68.150 utilizando 4 parafusos sextavados M8 68.154.

Torque de aperto:

M8 = 23 Nm

CUIDADO

• Não fazer dobras nos cabos e não deixá-los esticados.

• Evitar pontos de fricção.

• Montar o conector de modo que não fique esti- cado e controlar se está corretamente encaixa- do.

• Caso estejam danificados, trocar os encaixes 68.300, 68.320, 68.330, 68.360, 68.370 e

68.400.

• Fixar o chicote elétrico nos encaixes.

• Encaixar o conector de 18 ou 20 polos (7) do atuador da transmissão e o conector (8) do sen- sor de rotações de saída.

* Dependendo do modelo da lista de peças

68.010 68.210* 6 68.020* /030 /020 /010 68.020* * Dependendo da lista de peças 029483
68.010
68.210*
6
68.020*
/030
/020
/010
68.020*
* Dependendo da lista de peças
029483
6
68.060
68.150
68.154
035402_1
7
68.400 68.300
8
68.330
68.320
68.370
68.360

035403_1

1327_68D_531

ZF-AS Tronic

Montagem do atuador da embreagem

• Conectar as ligações de alimentação de ar do atuador da embreagem e do atuador da trans- missão.

ar do atuador da embreagem e do atuador da trans- missão. 023534_1 1327_68D_531 PTBR 1327 754

023534_1

1327_68D_531

ZF-AS Tronic

Conexões com o veículo

Conexões com o veículo

• Encaixar o conector do chicote elétrico do veículo (1) (vehicle side), de modo que se possa ouvir nitidamente o conector se encaixando (travamen- to).

• Encaixar o conector do chicote elétrico central da transmissão (2) (transmission side) que liga ao atuador da embreagem, de modo que se possa ouvir nitidamente o conector se encaixando (tra- vamento).

• Encaixar o conector do sensor de rotações de saída da transmissão (n ab 1).

• Encaixar o conector do sensor de rotações de saída* do veículo (n ab 2).

CUIDADO Algumas montadoras utilizam sensores de saída específicos para determinados velocímetros com voltagem operacional divergente (por exemplo, o sensor Kitas com 9 a 12 V; este sensor é bege e aprox. 10 mm mais longo do que o sensor de saída preto com 24 V utilizado pela ZF). Obrigatoriamente observar que estes sensores devem ser utilizados apenas a posição n ab 2 (velo- címetro).

ATENÇÃO No caso de aplicações com ZF-Intarder, executar adicionalmente as seguintes etapas de trabalho:

• Montar a tubulação de água (em cima e embai- xo) (1).

• Colocar o fluido de refrigeração e, caso necessá- rio, sangrar.

• Encaixar os seguintes conectores elétricos:

‒ Válvula de carga do acumulador (2)

‒ Válvula solenoide proporcional (3)

• Encaixar a conexão de ar (4) do acumulador.

* Opcional

1 2
1
2

027532_1

n ab 1 n ab 2
n ab 1
n ab 2
028455 1 4 2 3 Exemplo: Intarder
028455
1
4
2
3
Exemplo: Intarder

023537

1327_51D_540

ZF-AS Tronic

Conexões com o veículo

• Montar o eixo articulado no flange de saída da transmissão.

ATENÇÃO Seguir as instruções de montagem da montadora!

ATENÇÃO Seguir as instruções de montagem da montadora! 035455 1327_51D_540 PTBR 1327 754 506b - 2013-10

035455

1327_51D_540

ZF-AS Tronic

Controle do nível do óleo

Controle do nível do óleo

Controle do nível do óleo da ZF-AS Tronic sem ZF-Intarder

ATENÇÃO Para obter um resultado exato, o controle do nível do óleo tem ser efetuado nas seguintes condições:

- O veículo tem que estar estacionado em local plano.

- O motor tem que estar desligado.

- O óleo da transmissão tem que estar frio (< 40 °C).

CONTROLE

• Remover o bujão (3) da transmissão.

• Verificar o nível do óleo.

• O nível do óleo tem que atingir a borda inferior da abertura por onde é colocado o óleo.

• Caso necessário, completar o óleo segundo a lista de lubrificantes da ZF TE-ML 02.

• Parafusar novamente o bujão (3).

• Ligar o motor e deixá-lo funcionando durante cerca de 30 segundos.

• Remover o bujão (3) e controlar novamente o nível do óleo.

• Caso necessário, completar novamente o óleo até que o nível atinja a borda inferior da abertura por onde é colocado o óleo.

• Parafusar o bujão (3) e apertá-lo com 60 Nm.

3

3

028455_1

1327_52D_510

ZF-AS Tronic

Controle do nível do óleo

Controle do nível do óleo da ZF-AS Tronic com ZF-Intarder

CUIDADO O Intarder não deve mais ser ativado pouco tempo antes de estacionar o veículo para efetuar o controle do nível do óleo. Desta forma, fica garantido que a transmissão acuse a quantidade correta de óleo.

ATENÇÃO Para obter um resultado exato, o controle do nível do óleo tem ser efetuado nas seguintes condições:

- O veículo tem que estar estacionado em local plano.

- O motor tem que estar desligado.

- O óleo da transmissão tem que estar frio (< 40 °C).

CONTROLE

• Estacionar o veículo sem acionar o Intarder.

• Retirar o bujão (3).

• Se o nível do óleo estiver abaixo da borda da abertura por onde é colocado o óleo, é necessário colocar mais óleo (segundo a lista de lubrificantes da ZF TE-ML 02) até que transborde por esta abertura.

• Parafusar o bujão (3) utilizando um anel de vedação novo e apertá-lo com 60 Nm.

3
3

029430_1

Efetuar uma condução de teste:

• Trajeto entre 2 e 5 km.

• A ativação do Intarder através do pedal do freio tem que estar desativada durante a condução de teste.

Condução de teste:

No início, acionar o Intarder (nível 6) UMA VEZ POR POUCO TEMPO; em seguida, não acionar mais o Intar- der até o final da condução de teste.

Após a condução de teste, controlar novamente o nível do óleo:

• Retirar o bujão (3).

• Controlar novamente o nível do óleo e, caso necessá- rio, completar o óleo até transbordar.

• Parafusar o bujão (3) e apertá-lo com 60 Nm.

1327_52D_521

ZF-AS Tronic

Controle de entrega ao OEM

Controle de entrega da ZF-AS Tronic ao OEM

Montadora do veículo: Local: Tipo do veículo: Aprovação/nome: Tração / driveline: Tel. / fax /
Montadora do veículo:
Local:
Tipo do veículo:
Aprovação/nome:
Tração / driveline:
Tel. / fax / dpto.:
ZF FRIEDRICHSHAFEN AG
ZF FRIEDRICHSHAFEN AG
Ônibus Caminhão Nº do chassis: Quilometragem: Nº da lista de peças da transmissão: Nº da
Ônibus
Caminhão
Nº do chassis:
Quilometragem:
Nº da lista de peças da transmissão:
Nº da transmissão:
Nº da lista de peças do atuador da transmissão:
Nº do atuador da transmissão:
Software (nº de ref. ZF com 10 dígitos):
Arquivo HEX P1 / P2:
A memória de falhas foi apagada?
Sim
Não
Parâmetros do veículo: Relação de transmissão do eixo traseiro (i ) ET Processador principal do
Parâmetros do veículo:
Relação de transmissão do eixo traseiro (i
)
ET
Processador principal do veículo
Tipo de motor / desempenho
Sem Intarder
Intarder 2
Intarder 3
IMPORTANTE!
Completar este formulário e enviá-lo à ZF Friedrichshafen AG ao dpto. de assistência técnica
E-mail: norbert.knoblauch@zf.com
Fax: 0049754177904257
Data:
Local:
Assinatura:

1327_52D_530

ZF-AS Tronic

Controle de entrega ao OEM

Controle do óleo Nível do óleo (→ manual de instruções) Atuador da transmissão Controlar todas
Controle do óleo
Nível do óleo
(→ manual de instruções)
Atuador da transmissão
Controlar todas as conexões
• Conector (11)
Conector encaixado
Verificar as tubulações
de ar
(Ver esquema pneumático)
-
Posição correta de montagem
Totalmente encaixadas
Controlar a instalação do chicote
elétrico
(→ Manual técnico ZF-AS Tronic)
-
Saída do conector não para cima
Tipo de óleo segundo
lista de lubrificantes da
-
a
ZF TE-ML 02
-
Acesso ao atuador da transmissão e ao
conector
Alívio da tração
A montagem corresponde
ao esquema pneumático
Diâmetro correto
Danificações, pontos de
fricção
R
1
2
3
4
5
Verificação de segurança
Acesso livre ao
ZF-AS TRONIC - Controle de entrega OEM
do veículo
atuador da transmissão
• Efetuar segundo as
instruções da montadora
*
Sempre acionar o freio de estacionamento ao
efetuar as verificações com o veículo parado.
* Manter o espaço de
montagem / desmon-
tagem do atuador da
transmissão livre para
serviços de manutenção.
1
ATENÇÃO: observar as instruções da
montadora referentes à partida do motor.
50*
Legenda:
N
1
2
11
3
2
10
3
4
6
56
8
7
5
6
7
8
10
4
Seletor de marcha
Display
Atuador da transmissão
Atuador da embreagem
Transmissão
Pedal do acelerador
Pedal do freio
Interruptor rotativo
Interruptor do neutro
Conector central do veículo
Ligação do aparelho de
teste TESTMAN
Ler e apagar a memória
de falhas
11
D
12
14
Parafuso de sangria
Conector (Intarder)
• Observar as instruções
de segurança
20
20
Reservatório
de ar comprimido 1)
* Opcional
12
1)
AS Tronic com Intarder 2
AS Tronic com Intarder 3
AS Tronic sem Intarder
20 litros
10 litros
10 litros
12
Verificação após
14
Condução de teste do veículo
7
Verificação com o TESTMAN com o "veículo parado"
condução de teste
-
Memória de falhas
Ler
-Qualidade da troca de marcha
Verificação com o TESTMAN
-
Nível do óleo da
transmissão
-
-Ruídos
-Vibrações
• Teste das entradas e saídas
-
A
-
Eventualmente efetuar nova
condução de teste
Apagar
Interruptor do ponto morto existente?
Caso afirmativo, função OK?
Interruptor do kick-down existente?
Caso afirmativo, função OK?
transmissão e
Ar comprimido
-Engatar sucessivamente todas
o
circuito pneumático
- Verificação das funções do
Sinal do freio existente?
Caso afirmativo, função OK?
6,8
– 7,5 bar
as marchas com o veículo
apresentam vazamento?
sistema durante a condução
Interruptor do freio motor existente?
parado e, em seguida, salvar
Caso afirmativo, função OK?
os dados estatísticos no
arquivo HEX!
89a9b1011
036127_ptbr
150*

1327_52D_530

ZF-AS Tronic

Controle de entrega de transmissões ZF-AS Tronic ao OEM no mercado do NAFTA

Montadora/OEM:

Nº de série do chassis:

Planta:

Tipo de transmissão:

Nº de série da transmissão:

Tel./fax/dpto.:

Capítulo

 

Processo

Sim

Não

1

Inspeção antes do primeiro funcionamento

   
 

1.1

A tampa (acesso ao dispositivo de desacoplamento da embreagem) está parafusada?

   

1.2

O parafuso de sangria do atuador da embreagem foi parafusado com o torque de aperto recomendado? (Torque nominal: 35 Nm)

   
 

ATENÇÃO: esta verificação é necessária se o atuador da embreagem teve que ser sangrado no caso de montagem incorreta do rolamento da embreagem. (Se a transmissão for alimentada com corrente antes de o rolamento do dispo- sitivo de desacoplamento da embreagem estar encostado no anel de segurança, o atuador da embreagem recebe pressão, evitando o acionamento do rolamento do dispositivo de desacoplamento da embreagem até que o atuador da embreagem seja sangrado por este bujão.)

 

1.3

O chicote elétrico e todas as conexões da transmissão (ou seja, cabo de ligação da transmissão, conexão do veículo, cabo do ABS e cabo SAE 1939/1587) foram verificados?

   

1.4

As tubulações de ar do atuador da transmissão e do atuador da embreagem foram conectadas?

   

1.5

Há óleo suficiente na transmissão?

   
 

Retirar o bujão para colocação do óleo e controlar se o nível de óleo está na borda inferior da abertura para colocação do óleo. Caso necessário, completar o óleo e parafusar novamente o bujão. (Torque de aperto: 60 Nm)

 

1.6*

A transmissão está sem corrente quando a chave da ignição está na posição ACC (controle ativo de

   
 

cruzeiro)? Colocar a chave da ignição na posição ACC. Se a luz do seletor de marcha não acender, a unidade de controle (TCU) não tem corrente.

2

Verificação da função de partida

   
 

2.1*

No display aparece a indicação “CH” (CH/AL) se a chave da ignição for colocada na posição ON/LIGADO?

   
 

Colocar a chave da ignição na posição ON/LIGADO sem dar partida no motor. No display aparece a indicação “CH” (talvez alternadamente “CH” e “AL” se a pressão de ar de 85 PSI necessária para a transmissão ainda não tiver sido atingida).

 

2.2*

Verificações iniciais do sistema depois de dar partida no motor (display na posição N).

   
 

ATENÇÃO: quando na montagem for dada a partida pela primeira vez no veículo, a transmissão passa por um processo de regulagem automática da embreagem. Neste primeiro processo de regulagem é feita a parametrização da embreagem. As rotações do motor em ponto morto mudam durante a regulagem, um processo totalmente normal.

 

2.3

Assim que a pressão total de serviço tiver sido atingida, verificar se o sistema de ar comprimido apresenta vazamento.

   

2.4

As lanternas traseiras do veículo foram verificadas?

   
 

As lanternas traseiras acendem quando o pedal do freio for acionado e a tecla R (marcha ré) do veículo for pressionada.

 

2.5

As falhas salvas na memória de falhas foram apagadas?

   
 

“Algumas” das indicações de falha são normais na primeira partida, podendo ser eventualmente atribuídas a

influências durante a montagem do chicote elétrico do chassis. Verificar este tipo de falha e, se for o caso, eliminar

a

respectiva causa.

APAGAR FALHAS: parar o veículo e acionar o freio de estacionamento. Colocar o motor e a ignição na posição OFF/DESLIGADO.

Ligar o sistema de diagnóstico e apagar a memória de falhas.

 

2.6*

Foi verificado se todas as falhas foram eliminadas?

   
 

• Ligar a ignição e engatar a transmissão em neutro. As falhas ativas podem ser verificadas e indicadas a qualquer momento no display do seletor de marcha pressionando-se (mantendo pressionada) a tecla de troca de marcha ascendente. ATENÇÃO: a transmissão engata em neutro se a tecla da posição em neutro for pressionada.

• As falhas inativas podem ser visualizadas quando a tecla de troca de marcha ascendente e o pedal do freio forem acionados ao mesmo tempo.

* Dependendo da montadora, as indicações no display e os elementos de controle poderão divergir desta descrição.

1327_52D_540

ZF-AS Tronic

Controle de entrega de transmissões ZF-AS Tronic ao OEM no mercado do NAFTA

Capítulo

 

Processo

Sim

Não

3

Teste de potência (dinamômetro de rolo) – pressionar a tecla “FN” até que a transmissão mude para o modo manual.

   

ATENÇÃO: somente é possível efetuar o teste no dinamômetro de rolo no modo manual. A transmissão necessita das informações sobre a velocidade de condução das rodas dianteiras para efetuar trocas de marcha no modo automático. Se estas informações não estiverem disponíveis, a transmissão permanece na mesma marcha até que seja mudada para o modo de condução manual. Consequentemente, todos os testes no modo de condução automático têm que ser efetuados em uma pista de teste ou em local semelhante.

 

3.1 As marchas de partida foram verificadas?

   
 

Engatar as marchas de partida à frente e ré e verificar o neutro. As luzes do seletor de marcha (D, N e R) têm que indicar o estado de funcionamento da transmissão.

 

3.2 A embreagem foi verificada na partida?

   
 

Observar se a embreagem está engatando suavemente e anotar qualquer característica indevida ao acionar/engatar

embreagem. A embreagem deve ser verificada com uma leve aceleração na marcha de partida à frente e na marcha de partida ré bem como em aceleração intensa.

a

 

3.3 A pressão do reservatório secundário de ar comprimido foi verificada após dez trocas de marcha rápidas?

   
 

Trocar rapidamente dez vezes a marcha da transmissão para uma marcha superior ou inferior (exemplo: 2-3, 3-2, 2-3, etc.). Certificar-se de que a pressão do sistema seja de 6,5 bar ou superior (95 PSI ou mais).

 

3.4 As trocas de marcha ascendentes/descendentes foram verificadas?

   
 

Engatar sucessivamente todas as marchas da transmissão, incluindo a marcha ré. O display tem que indicar o estado do funcionamento da transmissão.

 

3.5 As trocas de marcha ascendentes/descendentes pulando marchas foram verificadas?

   
 

Pular marchas nas trocas ascendentes/descendentes pressionando a tecla de troca de marcha ascendente/descendente.

 

3.6 As funções do freio motor foram verificadas?

   
 

Se o veículo estiver equipado com um freio motor, acioná-lo. Ao acelerar, pular marchas (pode-se ouvir as funções do freio motor durante as trocas ascendentes). ATENÇÃO: o freio motor pode ser acionado pela unidade eletrônica da transmissão para que as trocas ascendentes sejam mais rápidas e mais confortáveis. Assim que o veículo tiver atingido a devida velocidade, solicitar a troca de marcha descendente. O freio motor não deverá interferir na operação de troca de marcha.

 

3.7 As funções do velocímetro foram verificadas?

   

4 *

Condução de teste – pressionar a tecla “FN”; a transmissão muda para a condução automática.

   

ATENÇÃO: efetuar as conduções de teste em uma pista de teste ou em outro local adequado.

 

4.1

O programa de condução do modo automático foi verificado?

   
 

Na aceleração rápida e lenta é preciso atingir os pontos adequados para a troca de marcha. No modo automático é necessário engatar todas as marchas.

 

4.2**

A função easy start foi verificada (dispositivo auxiliar de partida em rampa)?

   
 

Ao utilizar a função easy start, o veículo é mantido na rampa durante no máximo 2 segundos através da pressão do freio exercida pelo acionamento do pedal do freio. Neste intervalo de tempo é necessário mudar do pedal do freio para o pedal do acelerador para melhorar a partida na rampa. O veículo não deverá descer para trás.

5

Controle de entrega

   
 

5.1

Antes de desligar a ignição, anotar eventuais falhas ativas e/ou inativas.

   

5.2

Verificar se a transmissão apresenta qualquer vazamento (óleo/ar); caso existente, eliminar o vazamento.

   

5.3

O nível do óleo da transmissão foi verificado?

   
 

Desparafusar o bujão para colocação do óleo e controlar visualmente se o nível de óleo está na borda inferior da abertura para colocação do óleo. Caso necessário, completar o óleo, parafusar novamente o bujão e apertá-lo com

o

torque recomendado. (Torque de aperto: 60 Nm)

 

5.4**

O manual de instruções da ZF-AS Tronic 1337 758 001 está disponível no veículo?

   

5.5**

O adesivo de “partida na rampa” (1337 753 001) está colado no para-brisa?

   

* Dependendo da montadora, as indicações no display e os elementos de controle poderão divergir desta descrição. ** Opcional

Assinatura:

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Data da verificação final:

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

1327_52D_540

PTBR 1327 754 506b - 2013-10

ZF Friedrichshafen AG 88038 Friedrichshafen Alemanha · Germany

Telefone/Phone

Telefax/Fax

+49 7541 77-0 +49 7541 77-908000

www.zf.com

Friedrichshafen Alemanha · Germany Telefone/Phone Telefax/Fax +49 7541 77-0 +49 7541 77-908000 www.zf.com