Você está na página 1de 13

Vetores

1. (Uece 2014) Duas únicas forças, uma de 3 N e outra de 4 N, atuam sobre uma massa
puntiforme. Sobre o módulo da aceleração dessa massa, é correto afirmar-se que
a) é o menor possível se os dois vetores força forem perpendiculares entre si.
b) é o maior possível se os dois vetores força tiverem mesma direção e mesmo sentido.
c) é o maior possível se os dois vetores força tiverem mesma direção e sentidos contrários.
d) é o menor possível se os dois vetores força tiverem mesma direção e mesmo sentido.

  
2. (G1 - ifpe 2012) Qual o cosseno do ângulo formado pelos vetores A  4. i  3. j e
   
B  1.i  1. j , em que i e j são vetores unitários?

 2
a)
10
 10
b)
2
2
c)
10
10
d)
2
e) 0

3. (Mackenzie 2012) Um avião, após deslocar-se 120 km para nordeste (NE), desloca-se 160
km para sudeste (SE). Sendo um quarto de hora, o tempo total dessa viagem, o módulo da
velocidade vetorial média do avião, nesse tempo, foi de
a) 320 km/h
b) 480 km/h
c) 540 km/h
d) 640 km/h
e) 800 km/h

www.nsaulasparticulares.com.br Página 1 de 13
4. (Ufpb 2007) Considere os vetores A, B e F, nos diagramas numerados de I a IV.

Os diagramas que, corretamente, representam a relação vetorial F = A - B são apenas:


a) I e III
b) II e IV
c) II e III
d) III e IV
e) I e IV

5. (Ufmg 2007) Dois barcos - I e II - movem-se, em um lago, com velocidade constante, de


mesmo módulo, como representado na figura:

Em relação à água, a direção do movimento do barco I é perpendicular à do barco II e as linhas


tracejadas indicam o sentido do deslocamento dos barcos.
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que a velocidade do barco II,
medida por uma pessoa que está no barco I, é mais bem representada pelo vetor
a) P.
b) Q.
c) R.
d) S.

www.nsaulasparticulares.com.br Página 2 de 13
6. (G1 - cftce 2007) Dados os vetores "a", "b", "c", "d" e "e" a seguir representados, obtenha o
módulo do vetor soma: R = a + b + c + d + e

a) zero
b) 20
c) 1
d) 2
e) 52

7. (Pucmg 2006) ASSINALE A OPÇÃO CORRETA.


a) Um escalar pode ser negativo.
b) A componente de um vetor não pode ser negativa.
c) O módulo de um vetor pode ser negativo.
d) A componente de um vetor é sempre diferente de zero.

8. (Ufc 2006) Analisando a disposição dos vetores BA, EA, CB, CD e DE, conforme figura a
seguir, assinale a alternativa que contém a relação vetorial correta.

a) CB + CD + DE = BA + EA
b) BA + EA + CB = DE + CD
c) EA - DE + CB = BA + CD
d) EA - CB + DE = BA - CD
e) BA - DE - CB = EA + CD

9. (Ufpb 2006) Um cidadão está à procura de uma festa. Ele parte de uma praça, com a
informação de que o endereço procurado estaria situado a 2km ao norte. Após chegar ao
referido local, ele recebe nova informação de que deveria se deslocar 4km para o leste. Não
encontrando ainda o endereço, o cidadão pede informação a outra pessoa, que diz estar a
festa acontecendo a 5km ao sul daquele ponto. Seguindo essa dica, ele finalmente chega ao
evento. Na situação descrita, o módulo do vetor deslocamento do cidadão, da praça até o
destino final, é:
a) 11km
b) 7km
c) 5km
d) 4km
e) 3km

www.nsaulasparticulares.com.br Página 3 de 13
10. (Pucpr 2004) Um ônibus percorre em 30 minutos as ruas de um bairro, de A até B, como
mostra a figura:

Considerando a distância entre duas ruas paralelas consecutivas igual a 100 m, analise as
afirmações:
I. A velocidade vetorial média nesse percurso tem módulo 1 km/h.
II. O ônibus percorre 1500 m entre os pontos A e B.
III. O módulo do vetor deslocamento é 500 m.
IV. A velocidade vetorial média do ônibus entre A e B tem módulo 3 km/h.

Estão corretas:
a) I e III.
b) I e IV.
c) III e IV.
d) I e II.
e) II e III.

11. (G1 - cftce 2004) Uma partícula desloca-se sobre a trajetória formada pelas setas que
possuem o mesmo comprimento L. A razão entre a velocidade escalar média e a velocidade
vetorial média é:

1
a)
3
2
b)
3
c) 1
3
d)
2
e) 2

www.nsaulasparticulares.com.br Página 4 de 13
12. (Unesp 2003) Um caminhoneiro efetuou duas entregas de mercadorias e, para isso, seguiu
o itinerário indicado pelos vetores deslocamentos d 1 e d2 ilustrados na figura.

Para a primeira entrega, ele deslocou-se 10 km e para a segunda entrega, percorreu uma
distância de 6 km. Ao final da segunda entrega, a distância a que o caminhoneiro se encontra
do ponto de partida é
a) 4 km.
b) 8 km.
c) 2 19 km.
d) 8 3 km.
e) 16 km.

13. (Unifesp 2002) Na figura, são dados os vetores a, ω e v .

Sendo u a unidade de medida do módulo desses vetores, pode-se afirmar que o vetor g = a-
ω + v tem módulo
a) 2u, e sua orientação é vertical, para cima.
b) 2u, e sua orientação é vertical, para baixo.
c) 4u, e sua orientação é horizontal, para a direita.
d) ( 2 )u, e sua orientação forma 45° com a horizontal, no sentido horário.
e) ( 2 )u, e sua orientação forma 45° com a horizontal, no sentido anti-horário.

14. (Ufc 1999) Na figura a seguir, onde o reticulado forma quadrados de lados ℓ=0,5cm, estão
desenhados 10 vetores contidos no plano xy. O módulo da soma de todos esses vetores é, em
centímetros:

a) 0,0.
b) 0,5.
c) 1,0.
d) 1,5.
e) 2,0.

www.nsaulasparticulares.com.br Página 5 de 13
15. (Mackenzie 1998) Com seis vetores de módulo iguais a 8u, construiu-se o hexágono
regular a seguir. O módulo do vetor resultante desses 6 vetores é:

a) 40 u b) 32 u c) 24 u d) 16 u e) zero

16. (Puccamp 1998) Num bairro, onde todos os quarteirões são quadrados e as ruas paralelas
distam 100 m uma da outra, um transeunte faz o percurso de P a Q pela trajetória representada
no esquema a seguir.

O deslocamento vetorial desse transeunte tem módulo, em metros, igual a


a) 300
b) 350
c) 400
d) 500
e) 700

17. (Fatec 1996) Dados os vetores A, B e C, representados na figura em que cada quadrícula
apresenta lado correspondente a uma unidade de medida, é correto afirmar que a resultante
dos vetores tem módulo:

a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 6

www.nsaulasparticulares.com.br Página 6 de 13
18. (G1 1996) Defina vetor.

19. (Uel 1994) Considere as seguintes grandezas físicas mecânicas: TEMPO, MASSA,
FORÇA, VELOCIDADE e TRABALHO. Dentre elas, têm caráter vetorial apenas
a) força e velocidade.
b) massa e força.
c) tempo e massa.
d) velocidade e trabalho.
e) tempo e trabalho.

20. (Upe 2013) Os vetores u e v, representados na figura a seguir, têm módulos,


respectivamente, iguais a 8 e 4, e o ângulo θ mede 120°.

O módulo do vetor | u  v |, é:
a) 3 3
b) 4 3
c) 5 3
d) 3 5
e) 4 5

21. (Ufpr 2011) Durante um passeio, uma pessoa fez o seguinte trajeto: partindo de um certo
ponto, caminhou 3 km no sentido norte, em seguida 4 km para o oeste, depois 1 km no sentido
norte novamente, e então caminhou 2 km no sentido oeste. Após esse percurso, a que
distância a pessoa se encontra do ponto de onde iniciou o trajeto?

22. (Unirio 2000)

1 1
Considere os vetores a, g e  anteriormente representados. O vetor v tal que v = a+g- 
2 4
é:
 7  7  7   7
a)  6, c)   , 6 ,  6  e)  6,  
4 
b) (-2, 3) d) 
  4   4   4

www.nsaulasparticulares.com.br Página 7 de 13
23. (Uff 1999) Considere o retângulo ABCD de dimensões BC = 3 m e CD = 4 m.

Calcule | AB  BD  DC

24. (Cesgranrio 1994) ABCD é um quadrado. O vetor que indica a operação AB - BC é igual a:

a) DB
b) CA
c) BD
d) BD
e) AC

www.nsaulasparticulares.com.br Página 8 de 13
Gabarito:

Resposta da questão 1:
[B]

A resultante de duas forças tem módulo máximo quando elas têm mesmo sentido; e módulo
mínimo quando elas têm sentidos opostos. Para esse caso.
Rmáx  3  4  Rmáx  7 N.

Rmín  4  3  Rmín  1 N.

De acordo com o Princípio Fundamental da Dinâmica:


R
Rm a  a .
m

A aceleração tem módulo máximo quando a resultante tem intensidade máxima, portanto,
quando as forças têm mesma direção e mesmo sentido.

Comentário: massa é uma grandeza física e não um objeto, como sugere o enunciado. Existe
um corpo puntiforme, um objeto puntiforme ou uma partícula. A massa é uma grandeza física
associada à quantidade de matéria existente no corpo, no objeto ou na partícula.

Resposta da questão 2:
[A]

1ª Solução:

Na figura acima:

 Ax = 4; Ay = 3; Bx = -1; By = 1.

 A  A x  A y   1  1
2 2 2 2
 A  2.
 
B  B2  B2  42  32  B  25  B  5.
 x y

 Ay 1 2
senα  cos α    senα  cos α  .
 A 2 2
 
 B 4 By 3
 senβ  x  ; cos β   .
 B 5 B 5

O ângulo entre os vetores A e B é θ. Mas:


θ  α β 

www.nsaulasparticulares.com.br Página 9 de 13
3  2  4  2  3 2 4 2
cosθ  cos  α  β   cosα  cosβ  senα  senβ                

5  2  5  2  10 10
 2
cos θ  .
10

2ª Solução:
Aplicando a regra do Paralelogramo:

Na figura acima:

 Ax = 4; Ay = 3; Bx = -1; By = 1; Rx = 3; Ry = 4.

 A  A x  A y   1  1  A  2.
2 2 2 2


 B  B2x  B2y  42  32  B  25  B  5.

R  R2  R2  32  42  B  25  R  5.
 x y

Da lei dos cossenos:


R2  A 2  B2  2 A Bcos θ 
2
52  2  52  2  2  5  cos θ 

2 2 2
0  2  10 2 cos θ  cos θ     
10 2 10  2 
 2
cos θ  .
10

Resposta da questão 3:
[E]

Dados: d1 = 120 km; d2 = 160 km; t =1/4 h.


A figura ilustra os dois deslocamentos e o deslocamento resultante.

Aplicando Pitágoras:

www.nsaulasparticulares.com.br Página 10 de 13
d2  d12  d22  d2  1202  1602  14.400  25.600  40.000  d  40.000 
d  200 km.

O módulo da velocidade vetorial média é:

d 200
vm    200  4  
t 1
4
vm  800 km / h.

Resposta da questão 4:
[B]

I - B  A F  0 F  A B

II - F  B  A  0  F  A  B

III – igual ao I

IV - A  F  B  0  F  A  B

Resposta da questão 5:
[C]

Resposta da questão 6:
[E]

Resposta da questão 7:
[A]

Resposta da questão 8:
[D]

Resposta da questão 9:
[C]

www.nsaulasparticulares.com.br Página 11 de 13
Resposta da questão 10:
[A]

Resposta da questão 11:


[B]

6L
Vm T  Vm  3

Vm 4L Vm 2
T

Resposta da questão 12:


[C]

A figura mostra o deslocamento vetorial do caminhão.

Uma forma imediata de solucionar a questão é utilizar a Lei dos Cossenos.


2
r  102  62  2  10  6  cos 60  100  36  60  76

r  2 19km

Resposta da questão 13:


[B]

Resposta da questão 14:


[E]

Resposta da questão 15:


[B]

Resposta da questão 16:


[D]

Resposta da questão 17:


[A]

Resposta da questão 18:


Ente matemático que possui como elementos a direção, um sentido e um valor ou intensidade.

Resposta da questão 19:


[A]

Resposta da questão 20:


[B]

www.nsaulasparticulares.com.br Página 12 de 13
Resposta da questão 21:
1ª Solução:

Adotando convenientemente como ponto de partida a origem do plano cartesiano, segue que a
distância pedida é o módulo do vetor cuja extremidade é o ponto P(6, 4), ou seja,
| OP |  ( 6)2  42  52  2 13 km.

2ª Solução:

Considerando arbitrariamente o ponto de partida como sendo a origem O do plano cartesiano,


queremos calcular a distância entre O e P  (6, 4). Portanto,
dOP  ( 6)2  42  52  2 13 km.

3ª Solução:

Supondo que o ponto onde a pessoa iniciou o trajeto seja a origem do plano de Argand-Gauss,
segue que a distância pedida é o módulo do número complexo cujo afixo é o ponto (6, 4), isto

é, ( 6)2  42  52  2 13 km.

Resposta da questão 22:


[C]

Resposta da questão 23:


|AC|= 5 m

Resposta da questão 24:


[A]

www.nsaulasparticulares.com.br Página 13 de 13