Você está na página 1de 16

TOPOGRAFIA AVANÇADA E

LOCAÇÃO DE OBRAS
Aula 1 – Locação de obras – PARTE I
LOCAÇÃO DE OBRAS - DEFINIÇÃO
Processo de transladar (ou transferir) para o terreno os principais elementos do
projeto de uma edificação.
Ou seja:
● Recuos;
● Afastamentos;
● Alicerces;
● Paredes;
● Aberturas, etc.
• Consiste no uso de pontos de referência e
instrumentos de medição para posicionar
precisamente a obra;
• São levadas em consideração as dimensões do
terreno e da obra, além de seus elementos como
afastamento, recuo e fundação;
• Requer a presença do engenheiro ou do arquiteto
responsável;
LOCAÇÃO DE OBRAS - IMPORTÂNCIA
1. O conhecimento do local de execução da construção e sua descrição exata é
fundamental para a locação de obras;
2. Erros naturais, instrumentais e pessoais no processo topográfico geram falhas
no dimensionamento do projeto e fomenta um aumento e desperdício de
materiais e de tempo para a resolução e correção dos erros;
3. Um projeto de locação com
precisão é essencial para a
qualidade do produto final, tendo
importância nas etapas de:
• Montagem de estruturas: erros de
posicionamento são danosos aos
elementos estruturais, podendo
causar manifestações patológicas e
até o colapso estrutural;
• Marcação de alvenarias: erros de
dimensionamento podem afetar a
usabilidade de cômodos e
insatisfazer o cliente;
• Passagem de instalações: erros de
posicionamento podem interferir na
passagem de instalações elétricas e
tubulações.
REQUISITOS PARA LOCAÇÃO DE OBRAS
• Para dar inícios às atividades o terreno deve estar limpo;

• Todo trabalho de demolição, movimentação de terra e contenção deve estar


concluído;
• Devem ser definidos: os portões de
entrada e saída de pessoal e
maquinário; a logística de
armazenamento de materiais; uma
previsão de futuras instalações;
• Para se estabelecer um alinhamento
(lado do terreno), deve-se aderir uma
referência inicial – um ponto definido
no terreno ou uma parede de
construção vizinha;
• Estudar devidamente o projeto e
providenciar todos os equipamentos e
ferramentas necessários para execução
dos serviços preliminares.
EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS

• Teodolitos e níveis;
• Trena metálica ou de fibra de 30 ou 50 metros;
• Linhas de nylon;
• Nível de bolha;
• Arame;
• Tinta esmalte (cores vermelha e branca);
• Escala;
• Nível de mangueira;
• Esquadro;
• Prumo de centro;
• Linha de pedreiro;
• Martelo;
• Marreta;
• Facão;
• Barbante;
• Piquetes ou estacas de madeira;
• Ripões;
• Pregos;
• Plantas.
TIPOS DE LOCAÇÃO
Sem a implantação de instrumentos topográficos – para obras de pequeno
porte;
Com a implantação de instrumentos topográficos – para obras de maior porte
ou obras que exigem maior precisão de medidas.
MÉTODO DO GABARITO
Em obras de grande porte é indicada a implantação de equipamentos
topográficos, além da locação por tábua corrida, também denominada tabeira
que consiste em delimitar a futura a edificação em esquadro e com um cavalete
contínuo constituído de estacas e tábuas niveladas.
• Padrão de locação da indústria;
• Estrutura de madeira que definirá todo posicionamento dos elementos da
obra;
• Montagem do gabarito (tabeira): um perímetro distanciado em 1,2 m da obra
é delimitado;
• Pontaletes são cravados de um em um metro ao longo do perímetro;
• Tábuas corridas são pregadas a esses pontaletes, devendo estar niveladas e
em esquadro entre si;
COM O GABARITO MONTADO:
• São marcados os eixos do projeto
nas travessas;
• Os elementos da obra são locados
por um par de linhas de nylon
ortogonais (linhas mestras). A
intersecção das linhas é “levada ao
chão” pelo prumo de centro;
• Os eixos da estrutura são
transmitidos para a obra, e o
gabarito pode ser removido;
• Ao longo da obra, esses eixos são
transmitidos para a construção, e
das lajes inferiores para as
superiores.
MÉTODO DO CAVALETE
Em obras de pequeno porte utiliza-se o processo de locação por cavaletes, o
qual consiste no alinhamento por pregos cravados em armações propriamente
denominadas de cavaletes.
Este método deriva do método do gabarito.
• Usado quando é inviável montar a
estrutura da tabeira, ou quando se trata de
uma construção de menor porte;
• No lugar da tabeira, se usam vários
cavaletes menores e desconectados para
demarcar o perímetro;
• Permite a movimentação desimpedida dos
trabalhadores e máquinas;
• Geralmente, devido as proporções do
projeto, não são traçados todos os eixos da
construção, como se faria com a tabeira;
• Os procedimentos básicos de locação
equivalem aos do gabarito.
COMPARATIVO ENTRE OS MÉTODOS DE LOCAÇÃO