Você está na página 1de 181

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.

com
2

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ............................................................................................................ 9

PRIMEIROS PASSOS............................................................................................... 10

ANTES DE QUALQUER COISA .............................................................................. 11

DIFERENCIAL ............................................................................................................. 12

POR QUE É A PROVA DE FALHAS? ............................................................................. 13

PROBLEMAS E BLOQUEIOS.................................................................................. 14
PROBLEMA 1: ....................................................................................................... 14
PROBLEMA 2: ....................................................................................................... 14
PROBLEMA 3: ....................................................................................................... 14
PROBLEMA 4: ....................................................................................................... 15
PROBLEMA 5: ....................................................................................................... 15
PROBLEMA 6: ....................................................................................................... 15

QUAIS MODELOS USAR?....................................................................................... 16


PARA PROJETO DE TCC ...................................................................................... 16
PARA TCC.............................................................................................................. 17

MODELOS PARA PROJETOS E PRÉ-PROJETOS ................................................. 18


JUSTIFICATIVA – MODELO PADRÃO .................................................................. 18
BLOCO 1 - PANORAMA DO TEMA .................................................................. 18
BLOCO 2 - DESTACAR IMPORTÂNCIA .......................................................... 18
BLOCO 3 – JUSTIFICATIVA ............................................................................. 19
DELIMITAÇÃO – MODELO PADRÃO ................................................................... 22
BLOCO 1 – AMPLITUDE .................................................................................. 22
BLOCO 2 - CAUSAS DA AMPLITUDE ............................................................. 23
BLOCO 3 - DELIMITAÇÃO DO TEMA .............................................................. 24
BLOCO 4 - SEU TEMA AQUI............................................................................ 25
FORMULAÇÃO DO PROBLEMA – MODELO 1 NORMAL ................................... 27
BLOCO 1 - PERGUNTA PROBLEMA ............................................................... 27

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


3

FORMULAÇÃO DO PROBLEMA – CONFRONTAR IDEIAS DE AUTORES


MODELO 2 ............................................................................................................. 29
BLOCO 1 - OPINIÃO GERAL SOBRE A HIPÓTESE ........................................ 29
BLOCO 2 - CITAÇÃO DIRETA AUTOR 1 .......................................................... 29
BLOCO 3 - CITAÇÃO DIRETA AUTOR 2 .......................................................... 30
BLOCO 4 - CITAÇÃO DIRETA AUTOR 3 .......................................................... 31
BLOCO 5 - FORMULAÇÃO DO PROBLEMA ................................................... 31
HIPÓTESE – MODELO PADRÃO .......................................................................... 33
BLOCO 1 - NECESSIDADE DE RESOLUÇÃO DO PROBLEMA ..................... 33
BLOCO 2 – HIPOTESE .................................................................................... 34
OBJETIVO GERAL – MODELO PADRÃO ............................................................ 35
BLOCO 1 - OBJETIVO GERAL ........................................................................ 35
OBJETIVOS ESPECÍFICOS – MODELO PADRÃO .............................................. 36
EMBASAMENTO TEÓRICO – MODELO PADRÃO .............................................. 39
BLOCO 1 - FOCO NO TEMA............................................................................ 39
BLOCO 2 - CITAÇÃO DIRETA - SUSTENTAR IDEIA ....................................... 39
BLOCO 3 - RESSALTAR A IDEIA DO AUTOR EM RELAÇÃO SEU TEMA ...... 40
BLOCO 4 - SUSTENTAÇÃO – REFORÇAR..................................................... 41
BLOCO 5 - CONFRONTE AS IDEIAS DOS AUTORES ................................... 41
BLOCO 6 - DEFENDER CITAÇÕES COM IDEIA ............................................. 42
BLOCO 7 - ARGUMENTO COM BASE EM CITAÇÃO ..................................... 42
BLOCO 8 - FECHAMENTO DE ARCO DE IDEIA ............................................. 43
METODOLOGIA PARA PROJETO ........................................................................ 44
BLOCO 1 - FINALIDADE .................................................................................. 44
BLOCO 2 - OBJETIVOS ................................................................................... 45
BLOCO 3 - PROCEDIMENTOS E MEIOS ........................................................ 47
BLOCO 4 - NATUREZA .................................................................................... 49
BLOCO 5 - LOCAL DE REALIZAÇÃO .............................................................. 49
EXEMPLO ........................................................................................................ 51

MODELOS PARA MONOGRAFIA/TESE/TCC/ARTIGO .......................................... 52

MODELO DE RESUMO ............................................................................................ 53


RESUMO – MODELO BÁSICO ............................................................................. 53
BLOCO 1 – OBJETIVO GERAL........................................................................ 53
BLOCO 2 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS ......................................................... 53
BLOCO 3 – METODOLOGIA - COLETA DE DADOS ....................................... 54

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


4

BLOCO 4 – ANÁLISE DOS DADOS RESUMIDOS .......................................... 54


BLOCO 5 – CONCLUSÃO ................................................................................ 55
EXEMPLO ........................................................................................................ 55

MODELOS DE INTRODUÇÃO ................................................................................. 56


INTRODUÇÃO – MODELO 1 COM CITAÇÃO....................................................... 56
BLOCO 1 - IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA .................................................... 56
BLOCO 2 - CITAÇÃO - PONTE DA JUSTIFICATIVA ........................................ 57
BLOCO 3 - CITAÇÃO - PONTE DA METODOLOGIA ....................................... 57
BLOCO 4 - TIPO DE RECURSO UTILIZADO - DEFINIÇÃO ............................ 58
BLOCO 5 - EVIDÊNCIA ATRAVÉS DE DOCUMENTOS .................................. 58
BLOCO 6 - JUSTIFICATIVA DO SEU TRABALHO ........................................... 58
BLOCO 7 - OBJETIVOS DE FORMA GERAL .................................................. 59
EXEMPLO ........................................................................................................ 60
INTRODUÇÃO – MODELO 2 SEM CITAÇÃO ....................................................... 63
BLOCO 1 - CONTEXTUALIZAÇÃO DE TUDO ................................................. 63
BLOCO 2 - DESCRIÇÃO GERAL ..................................................................... 63
BLOCO 3 - PROBLEMA DE PESQUISA .......................................................... 64
BLOCO 4 - OBJETIVO DO TRABALHO ........................................................... 64
BLOCO 5 - JUSTIFICATIVA DA PESQUISA ..................................................... 65
BLOCO 6 - METODOLOGIA ADOTADA NO TRABALHO ................................ 66
BLOCO 7 - ESTRUTURA DOS CAPÍTULOS DO TRABALHO ......................... 66
EXEMPLO ........................................................................................................ 68

MODELOS DE CAPÍTULOS..................................................................................... 70
CAPÍTULO BÁSICO............................................................................................... 71
BLOCO 1 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO INICIAL ............................................. 71
BLOCO 2 - CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO..................................................... 77
BLOCO 3 - OPINIÃO DO ALUNO SOBRE A CITAÇÃO .................................... 81
BLOCO 4 - CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO AUTOR DIFERENTE .................. 85
BLOCO 5 - OPINIÃO DO ALUNO - CRUZAR OPINIÕES DOS AUTORES ...... 87
BLOCO 6 – OBJETIVO E EXPLORAÇÃO DO ASSUNTO ............................... 89
BLOCO 7 – SUSTENTAÇÃO DO OBJETIVO DO ASSUNTO .......................... 91
BLOCO 8 – ARGUMENTAÇÃO SOBRE O OBJETIVO DO ASSUNTO ............ 93
BLOCO 9 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO – CONCLUSÃO ................................ 95
EXEMPLO ........................................................................................................ 97

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


5

CAPÍTULO CONCEITUAR TEMA – 1 FOLHA ...................................................... 99


BLOCO 1 – CONCEITO E EMBASAMENTO DO CAPITULO .......................... 99
BLOCO 2 – EXEMPLO DO QUE FOI CONCEITUADO .................................. 100
BLOCO 3 – CITAÇÃO DIRETA SOBRE IMPORTÂNCIA ................................ 101
BLOCO 4 – ARGUMENTAÇÃO SOBRE AS POSSIBILIDADES ..................... 102
BLOCO 7 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO – CONCLUSÃO .............................. 103
CAPITULO PEQUENO - SUBCAPÍTULO - 1 FOLHA ......................................... 104
BLOCO 1 – TÓPICO FRASAL DO TEMA DO CAPITULO .............................. 104
BLOCO 2 - CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO................................................... 105
BLOCO 3 - ARGUMENTAÇÃO DO ALUNO SOBRE A CITAÇÃO .................. 107
BLOCO 4 – CITAÇÃO DIRETA - SUSTENTAÇÃO DO OBJETIVO DO
TEMA .............................................................................................................. 109
BLOCO 5 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO – CONCLUSÃO .............................. 110
EXEMPLO ...................................................................................................... 111
CAPÍTULO HISTÓRICO COM IMAGEM.............................................................. 112
BLOCO 1 – INTRODUÇÃO AO MARCO HISTÓRICO ................................... 112
BLOCO 2 - CENÁRIO HISTÓRICO ................................................................ 113
BLOCO 3 - EVOLUÇÃO HISTÓRICA ............................................................. 115
BLOCO 4 - MARCO IMPORTANTE DA HISTÓRIA ........................................ 116
BLOCO 5 - DADOS HISTÓRICOS OU ESTATÍSTICOS................................. 117
BLOCO 6 – LINHA DO TEMPO - EVENTOS MARCANTES .......................... 118
BLOCO 6 - CONCLUSÃO CAPÍTULO ............................................................ 119
EXEMPLO ...................................................................................................... 120
CAPÍTULO PARA PROVAR HIPÓTESE.............................................................. 121
BLOCO 1 – LEVANTAR HIPÓTESE ............................................................... 121
BLOCO 2 - EXEMPLO DA HIPÓTESE ACONTECENDO .............................. 122
BLOCO 3 - AS PESQUISAS MOSTRAM ........................................................ 123
BLOCO 4 - CRUZAR HIPÓTESES ................................................................. 124
EXEMPLO ...................................................................................................... 125
REVISÃO DE LITERATURA - INTEGRATIVA BÁSICA ....................................... 126
BLOCO 1 – INTRODUÇÃO A PESQUISA E INTENÇÃO DO
PESQUISADOR.............................................................................................. 126
BLOCO 2 – OBJETIVOS MENORES DO PESQUISADOR - O QUE ELE
QUERIA ALCANÇAR? .................................................................................... 127
BLOCO 3 – METODOLOGIA APLICADA PELO PESQUISADOR .................. 128
BLOCO 4 – PROCEDIMENTO USADO PELO PESQUISADOR .................... 129
BLOCO 5 – RESULTADO DA PESQUISA ...................................................... 129
BLOCO 6 – CONCLUSÃO .............................................................................. 131

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


6

MODELOS DE METODOLOGIA ............................................................................ 132


METODOLOGIA MODELO BÁSICO ................................................................... 132
BLOCO 1 - TIPO DE ANÁLISE E COLETA..................................................... 132
BLOCO 2 - MOTIVOS DA ESCOLHA DO TIPO DE ABORDAGEM ............... 132
BLOCO 3 - LOCAL DO ESTUDO ................................................................... 133
BLOCO 4 – AMOSTRAGEM ........................................................................... 133
BLOCO 5 - COLETA DE DADOS.................................................................... 134
BLOCO 6 - TIPO DE COLETA DE DADOS .................................................... 134
BLOCO 7 - RECURSOS UTILIZADOS ........................................................... 134
BLOCO 8 - QUESTIONÁRIO OU ENTREVISTA ............................................ 136
BLOCO 9 - ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS E ENTREVISTAS .................. 136
EXEMPLO ...................................................................................................... 137
METODOLOGIA MODELO AVANÇADO ............................................................. 142
BLOCO 1 – CLASSIFICAÇÃO DA PESQUISA ............................................... 142
BLOCO 2 - DEFINIÇÃO PESQUISA AUTOR 1 .............................................. 142
BLOCO 3 - DEFINIÇÃO PESQUISA AUTOR 2 .............................................. 142
BLOCO 4 - O QUE AS PESQUISAS BUSCAM .............................................. 143
BLOCO 5 - OBJETIVO DA PESQUISA .......................................................... 143
BLOCO 6 - SEU TIPO DE PESQUISA ........................................................... 144
BLOCO 7 - TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS ...................................... 144
BLOCO 8 - CONCEITO DE TÉCNICA PARA COLETA DE DADOS ............... 144
BLOCO 9 – POR QUE USOU ESSA TÉCNICA DE COLETA? ....................... 144
BLOCO 10 - CONCEITO DA SUA TÉCNICA DE COLETA PRINCIPAL .......... 145
BLOCO 11 - CONCEITO DA SUA TÉCNICA DE COLETA PRINCIPAL
AUTOR 2 ........................................................................................................ 145
BLOCO 12 - APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE COLETA .................................... 145
BLOCO 12 - FONTES PARA COLETA DE DADOS ........................................ 146
BLOCO 13 - QUAL CLASSIFICAÇÃO FOI UTILIZADA .................................. 146
BLOCO 14 - CONCEITO DE FONTES PARA COLETA DE DADOS .............. 147
BLOCO 15 - RELACIONE SUAS TÉCNICAS COM A FONTE ESCOLHIDA .. 147
BLOCO 16 - CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA PESQUISADA .................. 148
BLOCO 17 - GRAU DE CREDIBILIDADE DE SUA AMOSTRA ...................... 149
BLOCO 18 - INSTRUMENTOS PARA COLETA DE DADOS .......................... 150
BLOCO 19 - CITAÇÃO SOBRE O INSTRUMENTO ESCOLHIDO ................. 150
BLOCO 20 - FECHAMENTO DO ESTUDANTE ............................................. 151
EXEMPLO ...................................................................................................... 152

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


7

MODELOS DE REFERENCIAL TEÓRICO............................................................. 156


REFERENCIAL TEÓRICO MODELO PADRÃO .................................................. 156
BLOCO 1 - LEVANTAMENTO HISTÓRICO .................................................... 156
BLOCO 2 - PRINCIPAIS AUTORES ............................................................... 157
BLOCO 3 - PRINCIPAIS AUTORES - CITAÇÕES INDIRETAS ...................... 157
BLOCO 4 - PRINCIPAIS AUTORES - CITAÇÕES DIRETAS E INDIRETAS ... 158
BLOCO 5 - PRINCIPAIS AUTORES - LIGAÇÃO COM METODOLOGIA ....... 158
BLOCO 6 - PRINCIPAIS AUTORES - IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA .. 159
BLOCO 7 - FECHAR ARCO IDEIA CITAÇÃO DIRETA ................................... 159
EXEMPLO ...................................................................................................... 160

MODELO DE DISCUSSÃO .................................................................................... 163


DISCUSSÃO - MODELO ÚNICO ......................................................................... 163
BLOCO 1 – OBJETIVO GERAL E HIPÓTESE ............................................... 163
BLOCO 2 – APOIO TEÓRICO ........................................................................ 164
BLOCO 3 – RESULTADO IMPORTANTE ....................................................... 165
BLOCO 4 – INTERPRETAÇÃO DO RESULTADO.......................................... 165
BLOCO 5 – APOIO TEÓRICO ........................................................................ 166
BLOCO 6 – EXPLICAÇÕES E RELEVÂNCIA ................................................ 167
BLOCO 7 – INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS ..................................... 167
BLOCO 8 – POSIÇÃO DO AUTOR DA PESQUISA ....................................... 168

MODELOS DE CONCLUSÃO ................................................................................ 169


CONCLUSÃO MODELO PADRÃO ...................................................................... 169
BLOCO 1 - ANÁLISE E CONTRIBUIÇÃO PARA O MEIO ACADÊMICO ........ 169
BLOCO 2 - APRESENTAR SEUS RESULTADOS .......................................... 169
BLOCO 3 - FECHAMENTO DOS RESULTADOS ........................................... 170
BLOCO 4 - RESULTADO DE CADA RECURSO UTILIZADO......................... 170
BLOCO 5 - MELHORIAS OU DICAS PARA PRÓXIMAS PESQUISAS .......... 171
BLOCO 6 - CONTRIBUIÇÃO E CONCLUSÃO ............................................... 171
EXEMPLO ...................................................................................................... 172

BÔNUS ................................................................................................................... 174


ESTUDO DE CASO.............................................................................................. 174
BLOCO 1 - CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DA PESQUISA ........................... 174
BLOCO 2 - ABRANGÊNCIA E LIMITAÇÃO .................................................... 174
BLOCO 3 - DELIMITAÇÃO ............................................................................. 175

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


8

ANÁLISE DOS DADOS (INTRODUÇÃO AOS RESULTADOS DA


PESQUISA) .......................................................................................................... 176
BLOCO 1 - METODOLOGIA E MÉTODOS .................................................... 176
ANÁLISE DOS DADOS (RESULTADO DA PESQUISA) ..................................... 176
BLOCO 1 - INTRODUÇÃO A ANALISE DOS DADOS .................................... 176
BLOCO 2 - EXPLIQUE O PERFIL DA SUA AMOSTRAGEM .......................... 177
BLOCO 3 - APRESENTAÇÃO DOS DADOS .................................................. 177
BLOCO 4 - OBSERVAÇÕES DOS DADOS .................................................... 178
BLOCO 5 - RELACIONAR RESULTADOS COM OBJETIVOS
ESPECÍFICOS ................................................................................................ 178
BLOCO 6 – DESTAQUE ................................................................................. 179
BLOCO 7 - CONCLUSÃO E SUGESTÕES .................................................... 180

SOBRE O AUTOR .................................................................................................. 181

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


9

INTRODUÇÃO
Sou professor universitário desde 2008, venho participando de bancas avaliadoras faz
muito tempo e percebo os mesmos erros repetidamente.

Mas nem sempre foi assim...

Mesmo quando eu ainda estava cursando minha graduação em Analise de Sistemas,


cometi os mesmos erros. Por essa razão entendo bem quais foram os motivos que me
levaram a cometê-los.

Dessa forma, resolvi desenvolver um método capaz de orientar uma pessoa


totalmente leiga a desenvolver seu TCC.

Como nenhum bom trabalho foi realizado sozinho, eu também tive suporte de
pessoas espetaculares que são fontes de inspiração para mim e, às quais, devo meus
sinceros agradecimentos por ter compartilhado seus conhecimentos, materiais e
experiência com o mundo.

 Aidran J. Tybel

 Taciana Commandeur

 Larissa Fracalossi

 Ruth Passos

Gostaria de agradecer especialmente a todos que colaboram para fazer o canal Guia
da Monografia ser muito mais do que um site ou uma iniciativa, mas, sim, uma
comunidade honesta e sincera de pessoas legitimamente interessadas em
melhorarem suas vidas acadêmicas.

Não poderia também deixar de agradecer imensamente a minha família por sempre
me apoiar nas minhas decisões e maluquices e estarem sempre lá quando eu preciso.

É isso aí, vamos lá...

Douglas Tybel

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


10

PRIMEIROS PASSOS
Por favor, leia atentamente essas palavras para fazer um bom uso deste
livro eletrônico.

Todos os modelos aqui contidos foram divididos em blocos devidamente


explicados e exemplificados. De forma que você terá que imprimi-lo, coloca-
lo do lado enquanto escreve seu capítulo.

Esse livro não é algo para você copiar e colar citações ou trechos aqui
contidos, tudo isso é considerado plágio, por isso preste atenção e não faça
algo que viole as éticas acadêmicas, pois isso é passivo de ônus.

Você precisa pegar no mínimo três livros de autores diferentes para cada
capítulo e começar a seguir os modelos aqui inseridos. Você usando esses
modelos é possível que consiga terminar um TCC em uma ou duas semanas
(fora a pesquisa) se você estiver determinado a terminar rápido. Agora você
não tem desculpas, siga os blocos aqui apresentados e escreverá cada parte
do seu TCC com maestria.

Os blocos e modelos em algumas ocasiões não alcançam a quantidade de


páginas necessárias de um capítulo, nesses casos, basta repeti-lo ou até
mesmo usar outro modelo de capítulo, realizando uma mistura deles, isso não
é problema nenhum.

Use os vídeos do canal Guia da Monografia no Youtube para entender o que


fazer em alguns blocos.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


11

ANTES DE QUALQUER COISA


Antes de qualquer coisa, você precisa entender que está com uma Ferrari na mão, então, por
favor, veja os vídeos com as instruções para que você possa aprender como usar essa
máquina.

Assista ao treinamento:
http://guiadamonografia.com.br/wiki-como-acessar-ebook

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


12

DIFERENCIAL
Prezado aluno,

Esse e-book TCC em Blocos foi produzido com um método totalmente inovador.
Criado por mim, Douglas Tybel quando fui realizar o meu primeiro TCC em 2006.

Toda a ideia se baseia em usar a estrutura de escrita milenar pontuada abaixo:

 Tópico Frasal
 Sustentação
 Argumento
 Conclusão

Usado na montagem dos blocos e ainda outras técnicas para atrair a atenção do
leitor. Por esse motivo é incontestável pela banca, seguindo um alto padrão de
escrita.

A forma objetiva da divisão dos blocos tem o potencial de guiá-lo a realizar um TCC
em poucas semanas. Eu mesmo fiz o meu TCC em apenas uma semana.

Meus alunos normalmente enviam pra mim três capítulos por semana, isso é muito
conteúdo para pouco tempo. Muitos deles já afirmaram que três capítulos da para
fazer em apenas um dia tranquilamente. Por esse motivo, afirmo a você que basta
estar em posse dos livros e usar os modelos para atingir essa meta.

Reafirmo a você que se realmente quer realizar um TCC rápido e bem escrito
com potencial de alavancar sua nota, use a risca sem saltar nenhuma parte.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


13

POR QUE É A PROVA DE FALHAS?

O capitulo deve manter a regra abaixo para ser a prova de falhas e a prova de
plágio.

1. TÓPICO FRASAL – Aqui você escreverá o que faz de melhor… escreva o que vier na

cabeça sem se preocupar com plágio, isso porque o próximo parágrafo vai sustentar o

que escreveu aqui.

 Se você não faz ideia do que escrever nesse começo, então tente conceituar o

tema do capítulo com suas palavras.

 Tese é a constatação de um problema ou o levantamento de uma questão.

Geralmente usam-se, como sinônimo, as palavras: tema, ideia central,

problema ou questão. (GUIEIRO, 2009, p. 31).

2. SUSTENTAÇÃO –(Aqui você responde a pergunta: de onde você tirou isso?) Você cita

uma obra que deixa você embasado na doideira que você disse acima, entendeu? Se

você disser que “A política é corrupção pura” no tópico frasal acima, por exemplo,

então nesse trecho devemos inserir uma citação de algum autor afirmando isso para

que você esteja embasado em seus delírios acadêmicos. (dissertação)

 Lembre-se em escolher uma citação que afirme o que foi dito no tópico

frasal.

3. ARGUMENTAÇÃO – (Aqui você responde uma pergunta oculta do leitor: por que você

está dizendo isso?) – Aqui você argumenta a necessidade da afirmação, usando

técnicas de dissertação. Nesse e-book você conta com algumas, como por exemplo,

loop aberto, históricas de engajamento e etc.

 Lembre-se de argumentar respondendo a pergunta acima, o leitor vai se

questionar o porquê disso tudo.

4. CONCLUSÃO – Cria uma atmosfera de fechamento da ideia que você começou e

transmite aquela sensação de que você já pode passar para outro assunto.

 Foque em ser coerente com tudo acima, o maior erro aqui é concluir algo

diferente do que foi argumentado.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


14

PROBLEMAS E BLOQUEIOS
Hoje eu sei identificar em meus alunos quais os problemas e bloqueios mais comuns, por esse
motivo, vou falar de alguns para que você não caia nessa arapuca.

PROBLEMA 1:
O primeiro bloqueio é querer fazer tudo perfeito, ficar horas e horas procurando material na
internet que não levam a nada.

Solução:

Nos arquivos que liberei para você no link abaixo, contém todo material que precisará para
começar a fazer seu TCC.

http://guiadamonografia.com.br/material-tcc

Pegue o “Modelo de desenvolvimento” e use-o. Não perca tempo buscando besteiras na


internet.

Para conferir as normas da sua faculdade com os estilos já configurados no meu modelo de
desenvolvimento, assista ao vídeo abaixo:

PLAYLIST YOUTUBE SOBRE NORMAS ABNT - GUIA DA MONOGRAFIA

Sacada: É preciso começar para ser bom!

PROBLEMA 2:
Próximo bloqueio é ficar pensando demais no que vai fazer. Querer falar de algo e buscar uma
forma de encaixar isso em um TCC. Uma pesquisa envolve um problema, por esse motivo, se
você quer falar sobre algo que goste, então terá que procurar um problema.

Solução:

Assista ao vídeo que te ensinará a pensar em um assunto:

https://www.youtube.com/watch?v=KNUD0rubKbs

Sacada: Busque seguir um método já pronto.

PROBLEMA 3:
Muitos alunos demoram muito para encontrar conteúdo, vasculham a internet em busca de
algo para colocar no TCC. Mas tudo que você precisa fazer no seu referencial é encontrar de 3
a 5 livros por capítulo e começar a escrever.

Solução:

Assista ao vídeo e salte esse processo.

https://www.youtube.com/watch?v=sK8HCwI4EB4

Sacada: Saiba beber da fonte certa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


15

PROBLEMA 4:
Os alunos ficam presos às revisões do Orientador. Você envia seu arquivo e retorna com
dezenas de correções a serem feitas, isso possivelmente te atrasa e muito no cronograma.
Isso acontece, pois você está escrevendo de qualquer maneira sem seguir um padrão de
escrita.

Solução:

Assista a esse vídeo e siga-o a risca as dicas e sempre escreverá muito bem:

COMO FUNCIONA O TSAC - VÍDEO DO YOUTUBE

Sacada: Siga um padrão já aprovado.

PROBLEMA 5:
Outro problema muito comum dos alunos é montar seus objetivos, tanto geral quanto
específico. Não adianta ficar perdendo tempo, pois essa tarefa sai como complicada, pois você
não tem noção sem uma base sólida.

Solução:

Assista ao vídeo do canal e faça rapidamente seus objetivos:

https://youtu.be/_v0YzXX7I0M

Sacada: O simples sempre traz mais resultados.

PROBLEMA 6:
Esse problema é muito comum... Os alunos acham que o TCC é um simples trabalho, que
pode copiar trechos de trabalhos na internet, que pode pedir para mãe escrever partes e
etc...Por esse motivo vão deixando para última hora e quando veem que não é
assim...apavoram!

Solução:

1. Primeira coisa é não subestimar um TCC.


2. Segunda, é usar uma ferramenta, clique no link abaixo e conheça uma ferramenta
eficaz para agilizar seu TCC.
http://bit.ly/conheca-monografis
3. Quem tem o e-book normalmente tem desconto. Entre em contato e solicite um
desconto.

Sacada: Uma ferramenta pode ser uma arma na mão da


pessoa errada.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


16

QUAIS MODELOS USAR?


PARA PROJETO DE TCC
Em alguns casos os alunos podem ficar indecisos com tantos modelos a mão.
Por esse motivo, deixo aqui uma montagem feita por mim para que você use
como guia. Lógico que você pode alterar ou usar outros modelos, mas essa
tabela pode servir como base para sua decisão.

“ O importante é encontrar o modelo que se


encaixa mais com sua necessidade.

Agora, basta ir até o sumário e localizar seu modelo.

ELEMENTO DO PROJETO MODELO QUE VOCÊ PODE USAR


JUSTIFICATIVA JUSTIFICATIVA – MODELO PADRÃO
DELIMITAÇÃO DO TEMA DELIMITAÇÃO – MODELO PADRÃO
FORMULAÇÃO DO PROBLEMA FORMULAÇÃO DO PROBLEMA – MODELO
1 NORMAL
HIPÓTESE HIPÓTESE – MODELO PADRÃO
OBJETIVO GERAL OBJETIVO GERAL – MODELO PADRÃO
OBJETIVOS ESPECÍFICOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS – MODELO
PADRÃO
EMBASAMENTO TEÓRICO – CAPÍTULO 1 EMBASAMENTO TEÓRICO – MODELO
PADRÃO
EMBASAMENTO TEÓRICO – CAPÍTULO 2 REFERENCIAL TEÓRICO MODELO
PADRÃO
EMBASAMENTO TEÓRICO – CAPÍTULO 3 CAPÍTULO CURTO PARA NARRATIVA OU
COMPLEMENTO
METODOLOGIA METODOLOGIA PARA PROJETO

Posso usar esses modelos para artigo científico?


Sim, pode. Também para Monografia, dissertação etc.

Mais detalhes aqui: https://youtu.be/D4VuFghOdVA

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


17

PARA TCC
Em alguns casos os alunos podem ficar indecisos com tantos modelos a mão.
Por esse motivo, deixo aqui uma montagem feita por mim para que você use
como guia. Lógico que você pode alterar ou usar outros modelos, mas essa
tabela pode servir como base para sua decisão.

“ O importante é encontrar o modelo que se


encaixa mais com sua necessidade.

ELEMENTO DO TCC MODELO QUE VOCÊ PODE USAR


RESUMO MODELO DE RESUMO
INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO - MODELO 2 SEM CITAÇÃO
JUSTIFICATIVA JUSTIFICATIVA – MODELO PADRÃO
OBJETIVO GERAL OBJETIVO GERAL – MODELO PADRÃO
OBJETIVOS ESPECÍFICOS OBJETIVOS ESPECÍFICOS – MODELO
PADRÃO
REFERENCIAL – CAPÍTULO 1 CAPÍTULO BÁSICO
REFERENCIAL – CAPÍTULO 2 REFERENCIAL TEÓRICO MODELO
PADRÃO
REFERENCIAL – CAPÍTULO 3 CAPÍTULO HISTÓRICO COM IMAGEM
REFERENCIAL – CAPÍTULO N CAPÍTULO CONCEITUAR TEMA
REFERENCIAL – SUBCAPITULO CAPÍTULO PEQUENO - SUBCAPTITULO
METODOLOGIA METODOLOGIA MODELO AVANÇADO
ESTUDO DE CASO (Caso seu TCC seja) ESTUDO DE CASO
ANÁLISE DOS DADOS – INTRODUÇÃO ANÁLISE DOS DADOS (INTRODUÇÃO
AOS RESULTADOS DA PESQUISA)
ANÁLISE DOS RESULTADOS ANÁLISE DOS DADOS (RESULTADO DA
PESQUISA)
CONCLUSÃO CONCLUSÃO MODELO PADRÃO

Como é o processo do TCC do inicio ao fim?

Assista a esse vídeo: https://youtu.be/Od1iEjAOZmg

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


18

MODELOS PARA PROJETOS E PRÉ-PROJETOS


JUSTIFICATIVA – MODELO PADRÃO
Todos os itens do projeto serão usados também no TCC.

Sua justificativa será usada também no seu TCC, por esse motivo é importante seguir um
padrão já bem sucedido.

O que você terá que fazer é imprimir esse e-book e deixar do seu lado enquanto você escreve
sua Justificativa ou qualquer outro capítulo do TCC.

MODELO 1
BLOCO 1 - PANORAMA DO TEMA

Em 4 a 5 linhas procure falar com suas palavras sobre seu tema de forma
abrangente, siga uma linha de raciocínio de quem está exaltando a
importância do tema.

Se você ainda não tem seu tema feito, então assista ao vídeo do canal Guia da
Monografia no Youtube sobre Justificativa – Clique aqui.

Lembre-se, toda afirmação aqui, deverá ser provada na sua pesquisa


através de citações e outros. Exemplo: Se você diz que as pessoas hoje em
dia estão cada vez mais sedentárias, você deverá ter essa informação em
sua pesquisa com base em citações de livro ou fontes confiáveis.

Exemplo desse começo que você deve fazer:


Diante de um mercado altamente competitivo e que nos mais diversos ramos, sua clientela
prezará cada vez mais por credibilidade e confiabilidade, as empresas buscam se destacar
pela qualidade de seus serviços e/ou produtos. Um dos meios de diferenciação está na
atribuição de valor (qualidade) da empresa em suas marcas, através de um consistente
investimento em marketing.

BLOCO 2 - DESTACAR IMPORTÂNCIA

Use no mínimo 2 e no máximo 5 linhas para destacar a importância do seu


estudo, diga o por que ele é tão importante.

Tudo que você diz aqui tem a intenção de mostrar a importância do seu
estudo para o meio acadêmico.

Imagine que alguém te perguntou a importância do seu estudo e tente


responder.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


19

Exemplo do que você precisa escrever nesse bloco:


Para tanto, as organizações precisam se posicionar quanto à sua marca, procurando ter
ciência de quando sua manutenção será viável, ou em alguns casos, necessária.

BLOCO 3 – JUSTIFICATIVA

Agora é hora de justificar o porquê você está usando justamente esse tema no
seu TCC.

Use entre 3 a 7 linhas para justificar "POR QUE" + "O QUE" + "QUEM" +
"BASE" que está usando no seu TCC.

Exemplo:

[POR QUE] = Para entender que o processo de mudança de marca é árduo e


que pode até não ser bem sucedida.

[O QUE] = apresentando conceitos, definições e ferramentas necessárias às


decisões de manutenção e/ou alteração da marca da organização.

[QUEM] = Para quem pretende mudar a marca da empresa.

[BASE] = base nos princípios do Marketing Moderno voltados às estratégias


ligadas diretamente a Gestão de Branding

[RESULTADO] = O que impulsionou a realização deste trabalho foi entender


que o processo de mudança de marca é árduo e que pode até não ser bem
sucedido apresentando conceitos, definições e ferramentas necessárias às
decisões de manutenção e/ou alteração da marca da organização para quem
pretende mudar a marca da sua empresa com base nos princípios do Marketing
Moderno voltados às estratégias ligadas diretamente a Gestão de Branding.

“ “
A justificativa acaba sendo o mais
importante do seu TCC. Uma vez que,
aqui você deve mostrar o MOTIVO pelo
qual está tendo o trabalho de realizar
essa pesquisa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


20

VAMOS TESTAR SUA JUSTIFICATIVA?

Você precisa testar sua justificativa para verificar se realmente está clara. O
que acontece na maioria das vezes é que o aluno tem uma boa ideia, mas não
sabe justificar de forma clara e acaba reprovando.

Uma coisa que você tem que ficar sabendo logo de cara é
que a justificativa reprova!

TESTE DE CONSISTÊNCIA
Faça de conta que eu sou uma instituição financeira que financia
pesquisas.

Sua pesquisa precisa de 50 mil para tocar adiante. (se não


conseguir um financiador, você reprovará).

Eu posso te dar esses 50 mil.

O que você me falaria sobre sua pesquisa a ponto de me convencer a


financiar seu projeto com 50 mil?

Sua resposta deve ser convincente, isso quer dizer que deve mudar a vida do
publico alvo escolhido ou deve contribuir diretamente para o Universo
Acadêmico.

Foque em dizer o motivo pelo qual essa pesquisa tem que ser feita, vai
ajudar quem a resolver/conhecer/explicar/antecipar o que?

Complete ou responda:

 Isso pode ser útil para...

 Como isso poderia ajudar?

 O resultado dessa pesquisa pode ser aplicado para...

 Os resultados seriam usados para...

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


21

Exemplo de como testar:

Segue exemplo de um TCC já existente, veja abaixo:

“A INFLUÊNCIA DO MARKETING PESSOAL NO


PROCESSO DE SELEÇÃO.”

 Isso pode ser útil para os profissionais de contratação

 Como essa pesquisa poderia ajudar?

 Ajudaria os profissionais de contratação como uma forma de


desempate. Isso seria importante para a decisão entre um
entrevistado e outros quando os currículos forem equivalentes.

 O resultado dessa pesquisa pode ser aplicado para resolver o


problema de currículos equivalentes.

 Os resultados seriam usados para contratar o entrevistado mais


qualificado para o cargo com base no Marketing pessoal como forma
decisória.

“Se por algum motivo você não conseguiu


encontrar essas respostas, considere repensar
seu projeto e sua justificativa, pois toda
pesquisa visa gerar conhecimento útil e de


forma cientifica.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


22

DELIMITAÇÃO – MODELO PADRÃO

MODELO 1
BLOCO 1 – AMPLITUDE

Com suas palavras escreva de 3 a 4 linhas sobre a amplitude de seu tema.

Pegue sua justificativa e amplie dentro do tema. Mostre como sua delimitação
afeta todo o tema geral. Assista ao vídeo

Por exemplo: Se você estiver falando


de Educação a Distância (EaD), então
neste caso seu tema está dentro
de Educação. Neste sentido se você fala
sobre o ambiente virtual de aprendizagem
que está dentro de EaD, veja que a
influência maior nesse caso é a tecnologia.
Por esse motivo, você deve dizer qual o
impacto que a tecnologia tem na EaD.

Veja: Eu diria que a tecnologia é base fundamentadora que faz


a EaD funcionar com tanta maestria, já que o ensino atual é entre 4 paredes;
já a EaD funciona de forma contrária, isso porque a tecnologia vai além da
sala de aula e por isso não tem fronteiras para o saber. (viu? fale de uma
forma impactante).

Depois mostre como essa influência é muito abrangente, assim você terá um
motivo para delimitar.

Seu objetivo neste ponto é dizer que para o estudo ficar mais preciso você
precisa delimitá-lo.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Com o alto e forte dinamismo apresentado pelo mercado, em que organizações estão expostas
a operações que envolvem alterações em toda a sua estrutura, como aquisições, fusões e
cisões, a continuidade do segmento envolvido nesse processo fica instável.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


23

BLOCO 2 - CAUSAS DA AMPLITUDE

Entre 3 a 5 linhas fale da área menos abrangente e as causas pelo qual o


estudo deve se afunilar.

Por exemplo, se você disse no passo anterior, que sua amplitude é


Educação à distância (EaD), neste sentido você poderia escrever no passo
anterior que a EaD vem aumentando bastante nos últimos anos.

Já que você disse que aumentou, agora aponte as causas.

Começar o bloco com as palavras abaixo, pode ajudar:

 Seja...
 Ora...
 Quer seja...
 Em sua essência...
 Existe...
 Refere-se a...
 Acontece...
 Sucede que...
 Correspondendo a...
 Equivalente a...
 Pertencente a...
 Resultado de...
 Embora...
 Até mesmo...
 Ainda que...
 Apesar de...
 Apesar de que...
 Bem que...
 Conquanto...
 Mesmo que...
 Se bem que...
 Dá no mesmo que...
 Não importa que...
 Seja assim...
 Tanto faz que...
 Posto que...
 Mesmo quando...
 Isso porque...

Exemplo: ...a EAD vem aumentando bastante em todo o brasil...Até


mesmo em estados mais remotos onde a inclusão digital é mais
difícil como o Acre.

Exemplo do que escrever nesse bloco:

Sejam em fusões ou em novas aquisições, o novo adquirente apresentará estratégias de


gestão diferenciadas, em que seu vínculo com a gestão anterior pode afetar diretamente sua
aceitação ou adaptação no mercado.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


24

BLOCO 3 - DELIMITAÇÃO DO TEMA

De 1 a 3 linhas delimite seu tema, foque em falar como você resolverá seu
problema aplicando a pesquisa no tema dentro da área menos abrangente.

Dê limites ao seu tema a ponto de ficarem bem claras as limitações. Mostre


com clareza até onde você pode ir em relação à área e tema.

Se você vai desenvolver um software acadêmico e já falou da amplitude do


software, agora fale da área acadêmica.

Aponte o foco central do seu estudo.

Por exemplo: Se você vai usar a técnica JPA que é uma forma de
desenvolvimento, deixe claro agora que usará apenas esta técnica para chegar
à solução de sua pesquisa. Procure no se livro, qual a técnica que você terá
como base.

Você pode começar por:

 O tema apresentado foca principalmente...


 O tema apresentado foca basicamente...
 O tema apresentado foca de preferência...
 O tema apresentado foca em especial...
 O tema apresentado foca especialmente...
 O tema apresentado foca essencialmente...
 O tema apresentado foca particularmente...
 O tema apresentado foca singularmente...
 O tema apresentado foca, sobretudo...
 Este projeto de pesquisa delimitou-se em...
 Este projeto de pesquisa restringe-se em...
 O tema apresentado tem como base central...
 Este projeto de pesquisa define-se em...
 Os limites do projeto de pesquisa estabelecem que...

Exemplo:
O tema apresentado foca principalmente na mudança de marca e nas consequências
existentes nessa transição, considerando que os produtos e os serviços ofertados não
sofreram alteração.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


25

BLOCO 4 - SEU TEMA AQUI

Nesse bloco você escreve seu tema.

DEFINIÇÃO DO [O QUE] - Escreva em um papel o que você vai produzir


construir ou fazer efetivamente.

Exemplos:

 Vou desenvolver um software


 Vou aplicar as ferramentas do marketing

Depois basta realizar a:

GENERALIZAÇÃO DO [O QUE] - Pegue o seu "O QUE" e generalize (agrupar).

Exemplos:

 Vou desenvolver um software


o DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

 Vou aplicar as ferramentas do marketing


o FERRAMENTAS DO MARKETING

Agora basta realizar a:

ESPECIFICAÇÃO DA ÁREA DE ESTUDO DENTRO DO SEU [O


QUE] (afunilamento)

 Desenvolvimento de Software
o SOFTWARES ACADEMICOS
 Ferramentas do Marketing
o PROCESSO DE MUDANÇA DE MARCA

O resultado ficaria:

 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE
o Ficaria: DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARES ACADEMICOS
 FERRAMENTAS DO MARKETING
o Ficaria: FERRAMENTAS DO MARKETING NO PROCESSO DE
MUDANÇA DE MARCA

Caso tenha dúvidas de como montar um tema, veja o vídeo do canal guia da
monografia.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


26

Exemplo:

A aplicação das ferramentas do marketing no processo de mudança de marca e gestão, com o


objetivo de minimizar os impactos resultantes desse processo. Estudo de caso na Efetiva
Serviços.

“ O tema de sua pesquisa não é a mesma


coisa que o título de sua pesquisa.


Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


27

FORMULAÇÃO DO PROBLEMA – MODELO 1 NORMAL

MODELO 1
BLOCO 1 - PERGUNTA PROBLEMA

Em poucas linhas Informe nessa parte sua pergunta problema. Assista ao vídeo

Pra montar sua pergunta problema você precisará:

 TEMA
 PROBLEMA
 SOLUÇÃO HIPOTÉTICA

Exemplo de tema:

 Cenário:
o Personal Trainer controla as séries de exercícios dos alunos
através de planilhas eletrônicas
 TEMA
o Desenvolvimento de software para controle
 PROBLEMA
o Retrabalho ao realizar ficha de exercícios de cada aluno.
o Demora em configurar a ficha de exercícios.
 SOLUÇÃO HIPOTETICA
o Desenvolvimento de um software sob demanda para controlar as
séries de exercícios.

Neste sentido basta unir:

[PALAVRA-QUALIFICADORA] +
[TEMA] +
[LIGAÇÃO DE HIPOTESE] +
[RECURSO-SOLUÇÃO-ATUAL]
Exemplo:

 [PALAVRA-QUALIFICADORA]
o Como o
 [TEMA]
o Desenvolvimento de software para controle
 [LIGAÇÃO DE HIPOTESE]
o pode substituir a necessidade de uso de
 [RECURSO-SOLUÇÃO-ATUAL]
o Planilhas Eletrônicas

Resultado ~~> Como o desenvolvimento de software para controle de série


de exercícios pode substituir a necessidade de uso de planilhas ?

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


28

Veja o vídeo no canal guia da monografia sobre este bloco com a explicação
completa sobre como montar o problema, caso você não saiba ainda.

Exemplo:
Como é possível minimizar os impactos negativos da mudança de marca na empresa Efetiva
Serviços através da aplicação das ferramentas do marketing?

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


29

FORMULAÇÃO DO PROBLEMA – CONFRONTAR IDEIAS DE


AUTORES MODELO 2

MODELO 2
BLOCO 1 - OPINIÃO GERAL SOBRE A HIPÓTESE

Nesse bloco, você escreve de 3 a 5 linhas sobre a opinião geral das pessoas em
relação à hipótese.

Se sua hipótese é: Se tivermos um técnico mais experiente na seleção


brasileira, nós temos chances de vencer.

Então você começa a falar sobre a opinião da maioria das pessoas em relação
a isso.

Exemplo:

Existem muitas pessoas que dizem que o problema do Brasil não é o técnico...

ou

Há quem diga que o problema do futebol brasileiro é a falta de craque, outros


dizem que é a falta de um técnico competente.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Há quem diga que através das Tecnologias da Informação e das Comunicações - TICs que a
EaD está consolidada e não é ensino de segunda categoria.

BLOCO 2 - CITAÇÃO DIRETA AUTOR 1

Com a intenção de mostrar diversos pontos de vista em relação a sua


hipótese, faça citação direta de um autor, pode ser de livro, revista,
jornais...etc.

Busque no seu livro uma citação que tenha a ver com o seu tema
geral para colocar aqui.

Veja um exemplo do conteúdo que deve ser digitado neste


bloco:
Segundo Oliveira (2009, p. 107), afirma que:

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


30

Muito se discute sobre as origens e a evolução da Educação a Distância (EaD), suas, diversas
fases, bem como as vantagens e desvantagens da EaD frente à Educação Presencial. Se no
passado recente havia certo preconceito em relação à EaD, o advento da internet, das
Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) possibilitaram uma expansão
surpreendente dessa modalidade de ensino, não tendo mais sentido falar-se em curso a
distância como algo de segunda categoria. Esse assunto é pagina virada, pois a Tecnologia da
Informação e Comunicação consolidou e legitimou a EaD.

Use a formatação para


citação direta com recuo.
Veja no manual ABNT.

BLOCO 3 - CITAÇÃO DIRETA AUTOR 2

Citação direta de outro autor, neste caso busque uma opinião diferente do
primeiro autor citado.

Veja um exemplo do que você tem que colocar nesse bloco:


Em contra partida afirma Silva (2006, p. 471), que:

Apesar dos avanços excepcionais da EaD na última década em todos os níveis educacionais
do Brasil, especialmente com a entrada de um grande número de universidades conceituadas
e da regulamentação de sua atividades no plano federal, ainda há muita descrença nas
possibilidades de se construir um aprendizado realmente significativo quando os sujeitos não
compartem o mesmo tempo e local.

Use a formatação para


citação direta com recuo.
Veja no manual ABNT.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


31

BLOCO 4 - CITAÇÃO DIRETA AUTOR 3

Citação de um terceiro autor, esse pode ter opinião diferente ou até mesmo
concordar diretamente ou indiretamente com os outros, não tem problema.

Exemplo do que colocar nesse bloco:


Para concluir o pensamento de Silva (2006, p. 471) e para dar a chance de compartilhar e
prever o uso de TIC em sua linha de raciocínio, o autor declara que:

Apesar de muitas universidades, instituições e principalmente grandes empresas brasileiras,


nos primeiros anos do século XXI, estarem utilizando a videoconferência como um meio para
realizar educação à distância, ainda são raros os trabalhos de pesquisa que narram os
processos avaliativos utilizados em seus cursos. De modo geral, julga-se que pelo fato de se
utilizar uma tecnologia síncrona e audiovisual, as perspectivas de se trabalhar as atividades
didáticas são geralmente voltadas para a transmissão do conhecimento, muito pouco se
explorando as possibilidades interativas do meio.

Use a formatação para


citação direta com recuo.
Veja no manual ABNT.

BLOCO 5 - FORMULAÇÃO DO PROBLEMA

Nesse bloco, com 3 a 5 linhas formule seu problema, mostre como há


visão diversificada sobre o assunto.

Logo depois arremate com sua pergunta problema.

Pra montar sua pergunta problema você precisará:

 TEMA
 PROBLEMA
 SOLUÇÃO HIPOTETICA

Exemplo de tema:

 Cenário:
o Personal Trainer controla as séries de exercícios dos alunos
através de planilhas eletrônicas
 TEMA
o Desenvolvimento de software para controle
 PROBLEMA
o Retrabalho ao realizar ficha de exercícios de cada aluno.
o Demora em configurar a ficha de exercícios.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


32

 SOLUÇÃO HIPOTETICA
o Desenvolvimento de um software sob demanda para controlar as
séries de exercícios.

Neste sentido basta unir:


[PALAVRA-QUALIFICADORA] +
[TEMA] +
[LIGAÇÃO DE HIPOTESE] +
[RECURSO-SOLUÇÃO-ATUAL]
Exemplo:

 [PALAVRA-QUALIFICADORA]
o Como o
 [TEMA]
o Desenvolvimento de software para controle
 [LIGAÇÃO DE HIPOTESE]
o pode substituir a necessidade de uso de
 [RECURSO-SOLUÇÃO-ATUAL]
o Planilhas Eletrônicas

Resultado ~~> Como o desenvolvimento de software para controle de série


de exercícios pode substituir a necessidade de uso de planilhas ?

Veja o vídeo deste bloco no canal Guia da Monografia com a explicação


completa sobre como montar o problema, caso você não saiba ainda.

Veja um exemplo do que colocar nesse bloco:


Divididos entre opiniões, o que pensam os professores de ensino superior presencial?
Ainda existe o preconceito? Eles consideram o ensino presencial mais efetivo que
aprendizagem à distância?

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


33

HIPÓTESE – MODELO PADRÃO


A Hipótese em muitos trabalhos de conclusão de curso se torna um item opcional. Eu gosto de
coloca-lo, uma vez porque é fácil e enriquece sua pesquisa.

Sempre penso que preciso provar minha hipótese, isso me ajuda na construção do TCC.

Por exemplo, se eu suspeitasse que o índice de pessoas enfermas em um determinado bairro


é culpa da água, neste sentido eu preciso provar minha hipótese.

A agua está poluída a ponto de aumentar o índice de contaminados?

Não parece bem legal ter que provar isso?

MODELO 1
BLOCO 1 - NECESSIDADE DE RESOLUÇÃO DO PROBLEMA

Em 3 ou 7 linhas, fale da necessidade do uso de seu problema de pesquisa.

Procure escrever de forma como se fosse uma pergunta, onde a resposta


será algo que você cogita ser a resposta da sua pesquisa.

Por exemplo, se seu problema é: Como x pode influenciar y?

Sua hipótese é a possível solução para o problema.

Fale da necessidade de se resolver esse problema.

Exemplo:

Problema:

Como o Brasil pode vencer a próxima copa do mundo?

Necessidade:

Exponha que há muitos anos o Brasil não vence uma copa do mundo e para
manter a "fama" de melhor futebol do mundo, já está na hora de uma nova
vitória.

Nesse ponto foque em mostrar a necessidade de se resolver o problema.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Em muitas empresas a adoção da mudança de marca se faz necessária frente à adaptação no
atendimento ao mercado, ou muitas vezes para demonstrar uma nova roupagem, que ocorre
pelos mais diversos motivos, como fusões por exemplo. É possível que frente a essas
mudanças ocorram reações negativas ou positivas do mercado. Essa mudança na empresa em
análise fez com que a confiabilidade do cliente diante da nova marca fosse afetada,
prejudicando os negócios.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


34

BLOCO 2 – HIPOTESE

Em 2 - 3 linhas ou mais, após contextualizar, diga qual sua opinião.

Em sua opinião qual será a conclusão ou resultado desse TCC?

Exemplo:

Problema:

Como o Brasil pode vencer a próxima copa do mundo?

Hipótese:

Definindo um técnico mais experiente.

Se você acha que o problema é o técnico, essa será sua hipótese que ao longo
do trabalho pode ser confirmada ou não.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Nesse contexto, a aplicação das ferramentas do marketing como estratégia de mudança,
possibilitará uma melhor adaptação da nova marca ao mercado.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


35

OBJETIVO GERAL – MODELO PADRÃO

MODELO 1
BLOCO 1 - OBJETIVO GERAL

É seu objetivo amplo. Sempre será resolver o problema central da pesquisa.

O objetivo geral deverá delimitar e expressar a finalidade principal da


pesquisa (projeto)

Para montar seu Objetivo Geral será necessário:

 [TIPO VERBO] +
o Identificar - Grupo COMPREENSÃO
 [CAUSA HIPÓTESE] +
o Comportamento dos candidatos
 [TEMA CENTRAL] +
o Influência do Marketing Pessoal
 [DELIMITAÇÃO DO TEMA AGRUPADO]
o Uma empresa de seleção de pessoas.
 =[RESULTADO]
o Identificar a importância do comportamento dos candidatos,
em nível de marketing pessoal, para o processo de
contratação em uma empresa de seleção de pessoas.

Veja o vídeo desse bloco no canal Guia da Monografia caso não saiba como
montar o objetivo geral. Assista ao vídeo

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Avaliar como as ferramentas do marketing podem influenciar diretamente numa aplicação de
alteração de marca e determinar o posicionamento mercadológico da empresa após esta
mudança.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


36

OBJETIVOS ESPECÍFICOS – MODELO PADRÃO

MODELO 1
São os passos especificados do que você precisa fazer para alcançar o
OBJETIVO GERAL.

Agora é hora de colocar a mão na massa, vamos lá. Pegue um papel e caneta.
Digo papel e caneta, pois fica mais fácil pensar assim, da forma tradicional do
que no computador.

1. Escreva seu objetivo geral no papel.


2. Agora, você escreve 4 ações que terá que tomar até alcançar esse
objetivo.
a. Lugares que irá.
b. O que fará nesses lugares.
c. Documentos que obterá.
d. Questionários que realizará.
e. Entrevistas que fará.
f. Etc.
3. Depois basta adequar para começar com os verbos no infinitivo.

Na imagem abaixo, solicitei que um aluno dissesse no grupo, veja o exemplo


correto de como realizar essa tarefa.

Ivonete simplesmente pensou o trajeto que fará até alcançar seu


objetivo, faça o mesmo mentalmente, assim poderá listar de forma
correta os passos até seu objetivo geral.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


37

Exemplo:

Se você vai apresentar um software, então um dos seus objetivos seria:

 Descrever os softwares necessários para o desenvolvimento ou


aplicação.

A banca examinadora verificará se seus objetivos específicos foram


alcançados.

Se você já deixá-los embutidos no conteúdo dos capítulos, para a banca, você


terá alcançado seus objetivos e isso conta ponto e ainda evita perguntas da
banca sobre os objetivos não alcançados.

Atenção:
Talvez aqui se você deixar claro que alcançou seus
objetivos, eles podem perguntar: como você se sentiu ao
alcançar tal objetivo? Essa pergunta é mais simples de
responder do que: Onde o objetivo X é alcançado? Essa
pergunta pode te deixar em pânico e te dar branco e
muito mais. Por isso tome cuidado.

Os objetivos específicos podem ser elaborados a partir do objetivo


geral, devem ser atingidos durante a execução da pesquisa.

Neste bloco você vai pontuar cada um dos seus objetivos, usando o verbo no
infinito conforme manda a regra da ABNT.

Caso você ainda não saiba quais são seus objetivos específicos, veja o vídeo
desse bloco.

Foque sempre em dizer quais são os itens essenciais que você tem que fazer
para que essa pesquisa tenha o resultado esperado.

Exemplo do que escrever nesse bloco:

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


38

 Identificar o sistema de marketing atual da empresa Efetiva Serviços.


 Determinar como a estratégia atual influenciou e está influenciando na imagem da
empresa.
 Estruturar informações que possam ser base para identificar o posicionamento da
marca no mercado.
 Avaliar as informações obtidas a fim de utilizá-las para a composição de um parecer
sobre os impactos das estratégias utilizadas.
 Indicar as ferramentas do marketing que melhor se enquadram a realidade da
organização.
 Validar a aplicabilidade das ferramentas diante da percepção externa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


39

EMBASAMENTO TEÓRICO – MODELO PADRÃO

MODELO 1
BLOCO 1 - FOCO NO TEMA

No parágrafo inicial do embasamento é importante focar diretamente no tema


principal do seu trabalho. Com base nas pesquisas efetuadas, exalte a
importância deste tema. Como o projeto é algo extremamente resumido,
seja o mais objetivo possível, mas insira informações que enriqueça o trabalho
e que chame a atenção para o conteúdo abordado.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Atualmente, fazer a diferença no mercado é o objetivo principal de qualquer organização e a
alta competitividade dificulta este processo. Sendo assim, como obter esse diferencial? A
resposta pode estar na busca por uma identidade própria, ou seja, uma marca. Dentro desse
contexto, existem marcas tão difundidas no mercado que são confundidas com o próprio
produto.

BLOCO 2 - CITAÇÃO DIRETA - SUSTENTAR IDEIA

Para fortalecer sua ideia insira uma citação direta para reafirmar o quanto o
seu tema é importante.

Busque de preferência no principal livro que está usando como referência.

Veja um exemplo:
Decidir-se com relação ao nome de uma marca já não é algo fácil, tomar a decisão de alterá-la
é ainda mais complicado, pois:

Na compra de uma marca existe sempre uma transferência de admiração, reconhecimento,


respeito e valor. [...] A imagem que a marca reflete é o espelho do consumidor. As pessoas se
admiram através das marcas que elas usam. Quando uma pessoa se sente decepcionada com
uma marca é muitas vezes uma decepção que ela tem de si própria. A marca é na verdade a
expressão dos sentimentos do consumidor. (COBRA, 2001, p.187).

Use a formatação para


citação direta com recuo.
Veja no manual ABNT.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


40

BLOCO 3 - RESSALTAR A IDEIA DO AUTOR EM RELAÇÃO SEU TEMA

Nos próximos parágrafos, que precisam ser curtos e no máximo três, é


importante salientar a ideia do seu trabalho com base na citação mencionada
anteriormente. Faça uma ligação entre a citação e o foco principal do
trabalho. No exemplo abaixo foi à mudança da marca e uma pequena
descrição das ferramentas que poderão ser utilizadas.

Se você sentir dificuldade em falar sobre a citação direta que fez, então faça
o seguinte:

1. Procure de duas a três palavras dentro da citação do autor que te


chamou a atenção.
2. Busque falar a mesma coisa que o autor disse, focando nessas palavras.

Exemplo:

Vamos analisar uma citação:


Na compra de uma marca existe sempre uma transferência de
admiração, reconhecimento, respeito e valor. [...] A imagem que a
marca reflete é o espelho do consumidor. As pessoas se admiram
através das marcas que elas usam. Quando uma pessoa se sente
decepcionada com uma marca é muitas vezes uma decepção que ela tem
de si própria. A marca é na verdade a expressão dos sentimentos do
consumidor. (COBRA, 2001, p.187).

Vou separar as palavras:

 Marca
 Valor
 Consumidor

Agora eu digo a mesma coisa que o autor focando nas palavras, veja:
É possível perceber que a Marca tem um alto valor para o consumidor, que
agrega valor de forma emocional ao bem.
Entendeu?
Quer mais texto?
Então selecione mais três palavras e continue com o mesmo processo.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


A alteração de uma marca é algo extremamente sensível e árduo para efetivar. O
empreendedor precisa possuir um conhecimento significativo da administração de marketing
para que o resultado dos seus esforços, na mudança desejada, possa ser positivo perante o
mercado.

Desta maneira é preciso saber exatamente quais ferramentas do marketing deverão ser
utilizadas. Para tanto é preciso ter uma visão bem clara de onde se deseja chegar com essa
mudança de marca.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


41

BLOCO 4 - SUSTENTAÇÃO – REFORÇAR

Após estes parágrafos insira uma nova citação para confirmar as afirmações
mencionadas.

Antes da citação propriamente dita, faça uma breve introdução do que será
citado.

Use outro autor diferentemente do anterior para reforçar a credibilidade


da sustentação.

Veja um exemplo do que escrever:


A ausência desse conhecimento básico do significado do marketing e a sua aplicação
adequada pode ocasionar uma aceitação negativa do cliente diante desta mudança e até
mesmo uma possível interpretação de que a empresa está em decadência. Sendo assim:

Administração de Marketing é o processo de planejamento e execução


da concepção, preço, promoção e distribuição de ideias, bens e
serviços para criar trocas que satisfaçam metas individuais e
organizacionais. (KOTLER, 1998, p.32).

Use a formatação para


citação direta com recuo.
Veja no manual ABNT.

BLOCO 5 - CONFRONTE AS IDEIAS DOS AUTORES

O próximo parágrafo, você confronta as ideias dos autores. Caso os autores


tenha a mesma ideia sobre um assunto, basta reafirmar.

Você pode começar esse parágrafo com:

 Portanto...
 Assim...
 Assim sendo...
 À vista disso...
 Consequentemente...
 Desta forma...
 Dessa maneira...
 Desse modo...
 Em vista disso...
 Então...
 Isto posto...
 Logo...
 Por conseguinte
 Por consequência...
 Por isso..

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


42

 Decorrente...
 Resultante...

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Portanto, administração de marketing, dentre suas diversas concepções, busca maximizar o
resultados dos objetivos organizacionais, através de um planejamento adequado ao
lançamento e perpetuação do produto ou serviço da empresa. Apresentando dentro desse
planejamento estratégias que melhor desenvolvam o produto/serviço no mercado.

BLOCO 6 - DEFENDER CITAÇÕES COM IDEIA

O próximo parágrafo, seguindo a ideia dos anteriores, deverá conter seu


entendimento com base nas pesquisas e na citação anterior. Neste momento
você defenderá a ideia da citação com as suas próprias palavras juntamente.

É importante ressaltar que tudo que estiver no embasamento precisa ser


embasado em pesquisas e não no conhecimento empírico (Julgamento do
estudante).

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


A implantação ou alteração de um serviço ou produto no mercado, então, deve ser direcionada
por uma estratégia específica, que com acompanhamento apresente os melhores resultados.
Uma alteração da marca de um determinado serviço prestado, por exemplo, pode ser frustrada
caso seja executada sem os devidos cuidados, podendo apresentar resultado oposto ao
esperado e fazendo com que o cliente se afaste da nova proposta apresentada pela empresa.

BLOCO 7 - ARGUMENTO COM BASE EM CITAÇÃO

A próxima citação vem logo a seguir para fechar a ideia do seu tema.

Se você conseguir, faça uma breve introdução da citação e se


possível faça uma citação indireta de autor diferente dos
anteriores.

Você pode usar as seguintes palavras para iniciar a ideia:

 Dessa forma...
 Sendo assim...
 Em vista disso...
 Deste jeito...
 Deste modo...

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


43

Veja o exemplo do que escrever nesse bloco:


Dessa forma, a estratégia adotada estaria contrária à proposta básica de uma marca, que
segundo Kotler (2006) é a promessa de visão de uma empresa do que a marca deve ser e
realizar para os clientes. Sendo assim:

No fim das contas, o verdadeiro valor e as perspectivas futuras de uma marca dependem dos
consumidores, de seu conhecimento sobre ela e de sua provável resposta à atividade de
marketing resultante desse conhecimento. Assim, entender o conhecimento que o consumidor
detém da marca - [...] - é de importância vital, [...]. (KOTLER, 2006, p.272)

BLOCO 8 - FECHAMENTO DE ARCO DE IDEIA

O último parágrafo reafirma a citação e finaliza com um fechamento bem


objetivo do significado do seu tema em um modo geral.

Pode ser com suas próprias palavras.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


O entendimento do consumidor com relação à marca depende da proposta de marketing
efetivada e vice-versa. Após aplicação desta se faz necessária uma observação minuciosa
quanto à sensibilidade do cliente diante dessa nova proposta, pois o objetivo está em fazer
com que o consumidor entenda aceite e usufrua desta marca. Então para definição de uma
estratégia adequada será necessário um levantamento prévio do nível de conhecimento do
cliente frente à imagem da empresa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


44

METODOLOGIA PARA PROJETO

MODELO 1
BLOCO 1 - FINALIDADE

Critério: FINALIDADE

Nesse ponto, você deve escolher a finalidade da pesquisa:

Finalidades das pesquisas:

• A pesquisa básica costuma investigar novos fenômenos físicos e seus


fundamentos.

• A pesquisa aplicada utiliza o conhecimento da pesquisa básica para


resolver problemas relacionados a aplicações concretas.

Se seu tema nunca foi estudando em nenhuma pesquisa no mundo,


então é pesquisa básica, caso contrário será pesquisa aplicada.

A pesquisa aplicada é a mais usada, pois aplica teorias já existentes.

Então nesse bloco você falará da finalidade de sua pesquisa.

(SIMPLESMENTE ESCOLHA UM DESSES EXEMPLOS E COLOQUE NO SEU


BLOCO)

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Exemplo1:
Esse estudo tem por finalidade realizar uma pesquisa aplicada, uma vez que utilizará
conhecimento da pesquisa básica para resolver problemas.

Exemplo2:
Esse estudo tem por finalidade realizar uma pesquisa básica, uma vez que investigará novos
fenômenos físicos e seus fundamentos, jamais estudados antes.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


45

BLOCO 2 - OBJETIVOS
Critério: OBJETIVOS

Nesse ponto, você deve escolher o tipo de pesquisa:

 Pesquisas Exploratórias: Escolha essa se você for usar livro


(Levantamento bibliográfico) – Muito usada.

Em geral, envolve:

o Levantamento bibliográfico;

o Entrevistas com pessoas que tiveram experiências práticas com o


problema pesquisado;

o Análise de exemplos que estimulem a compreensão.

 Pesquisas Descritivas: Escolha se você está realizando um estudo de


caso ou usará técnicas padronizadas de coleta de dados como
questionários e etc.

o Exemplos que têm por objetivo estudar as características de


um grupo: pesquisas realizadas pelo IBGE, Estatísticas para
apontar o nível de atendimento dos órgãos públicos de uma
comunidade, suas condições de habitação, nível de criminalidade
distribuição por idade, sexo e etc...

o A diferença entre a pesquisa experimental e a pesquisa descritiva


é que a descritiva procura classificar, explicar e interpretar fatos
que ocorrem, enquanto a pesquisa experimental pretende
demonstrar o modo ou as causas pelas quais um fato
é produzido.

 Pesquisa Explicativa: Se a finalidade de sua pesquisa for explicar a


teoria de alguém. (Explica o porquê das coisas)

o A maioria das pesquisas explicativas utiliza o método


experimental.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


46

o Um exemplo a ser citado é a experiência de Isaac Newton e a


Maçã.

o Fato – Que da maçã da árvore.

o Percepção – Esse fenômeno corriqueiro o levou a pensar que


haveria uma força puxando a fruta para a Terra e que essa
mesma força poderia também estar puxando a Lua, impedindo-a
de escapar da sua órbita, espaço a fora.

o Reflexão – Depois de descrever o fato, ele o explicou através da


ideia de que levando em conta os estudos de outros pensadores
tipo Galileu e Kepler, além de suas próprias análises, cálculos e
experiências, Newton formularia essa ideia partindo do seguinte
princípio: “A velocidade da queda é proporcional à força da
gravidade, e inversamente proporcional ao quadrado da distância
até o centro da Terra”.

Para te ajudar a entender melhor qual o tipo de pesquisa, comumente são


usadas Exploratórias e Descritivas e raramente Explicativas.

Você pode escolher mais de uma, exemplo: Exploratória e Descritiva. Nesse


exemplo quer dizer que você usará Livros e questionários.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Para um melhor tratamento dos objetivos e melhor apreciação desta pesquisa, observou-se
que ela é classificada como pesquisa exploratória e descritiva.

Detectou-se a pesquisa bibliográfica no momento em que se fez uso de materiais já


elaborados: livros, artigos científicos, revistas, documentos eletrônicos e enciclopédias na
busca e alocação de conhecimento sobre a influência do marketing pessoal no processo de
seleção, correlacionando tal conhecimento com abordagens já trabalhadas por outros autores.

O estudo de caso, sendo descritivo, por sua vez, procura reunir um grande número de
informações detalhadas com a finalidade de trazer maior conhecimento sobre o assunto e até
mesmo levar ao diagnóstico de soluções para o problema levantado.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


47

BLOCO 3 - PROCEDIMENTOS E MEIOS


Critério: PROCEDIMENTOS E MEIOS

Nesse ponto, você deve escolher os procedimentos que serão usados:

 Bibliográfica: (Forte probabilidade de usar) quando elaborada a partir


de material já publicado, constituído principalmente de livros, artigos de
periódicos e atualmente com material disponibilizado na Internet.

 Documental: (Boas chances de uso) quando elaborada a partir de


materiais que não receberam tratamento analítico. Nesta classificação
os prontuários de pacientes podem servir como matéria prima para uma
pesquisa.

 Experimental: (Poucas chances de uso) quando se determina um


objeto de estudo, selecionam-se as variáveis que seriam capazes de
influenciá-lo, definem-se as formas de controle e de observação dos
efeitos que a variável produz no objeto. Definição muito semelhante ao
tipo de estudo epidemiológico experimental.

Tem como objetivo demonstrar como e por que determinado fato


é produzido. Através da criação de situações de controle,
baseado em um cenário de estudo e verificando as variáveis.

A pesquisa experimental estuda, portanto, a relação entre


fenômenos, procurando saber se um é a causa do outro.

o Exemplo: Uma pesquisa foi feita usando o procedimento experimental


para testar se os homens são mais focados que as mulheres. Para
testar se essa hipótese era verdadeira, colocaram um grupo de homens
e mulheres diante de uma pista de corrida carrinhos eletrônicos de tal
forma que havia uma pista para a mulher e uma pista para o homem,
ambos com um carrinho de controle remoto nas pistas paralelas. O
controle por sua vez é conduzido pelo cérebro, quando o participante
pensava no comando "adiante, acelerar, correr e etc" constantemente o
carrinho corria e eles disputavam para ver quem chegava a linha final
primeiro. O grande detalhe é que se por algum motivo, o participante
parar de pensar nos comandos por algum tipo de distração, então o
carro parava. Você agora ficou curioso para saber o resultado, não é ?

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


48

Mas é óbvio que os Homens venceram. kkkk. Isso acontece devido aos
antepassados dos homens que faziam uso do foco para caçar.
Enquanto a mulher cuidava da aldeia e das crianças, isso faz dela
capaz de prestar a atenção em diversas coisas ao mesmo tempo, coisa
que o Homem é limitado.

 Levantamento: quando a pesquisa envolve a interrogação direta das


pessoas cujo comportamento se deseja conhecer. Em epidemiologia
quando se interroga ou entrevista pessoas ou pacientes o procedimento
é chamado de inquérito.

 Estudo de caso: quando envolve o estudo profundo e exaustivo de um


ou poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado
conhecimento.

 Ex post-Facto: quando o “experimento” se realiza depois dos fatos.


Muito usado na área da saúde para comparar amostras com pesquisas
caso-controle.

 Pesquisa-Ação: quando concebida e realizada em estreita associação


com uma ação ou com a resolução de um problema coletivo. Aplicado e
demonstrado em uma organização de forma colaborativa entre o
pesquisador e seus colaboradores.

 Participante: quando se desenvolve a partir da interação entre


pesquisadores e membros das situações investigadas.

Escolha o tipo Bibliográfico e outro procedimento por hora, depois solicite ajuda
do seu Orientador nessa tarefa.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Como procedimentos, podemos citar a necessidade de pesquisa Bibliográfica, isso porque
faremos uso de material já publicado, constituído principalmente de livros, também entendemos
como um procedimento importante o Estudo de caso, visto que envolve o estudo profundo e
exaustivo de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado
conhecimento, a fim de se obter uma melhor apreciação do conteúdo apresentado no trabalho.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


49

BLOCO 4 - NATUREZA
Critério: NATUREZA

Nesse ponto, você deve escolher a natureza de apresentação dos dados:

 Qualitativa: (Existirão textos de conclusão sobre a análise realizada


entre as questões.) Obtém opinião dos entrevistados com questões
abertas, por exemplo: No campo abaixo, fale sobre sua área de atuação.

 Quantitativa: (Existirão Gráficos) – Obtém opinião dos entrevistados


com questões fechadas, por exemplo: Qual sua área de atuação?
(Saúde, Administração) Medir através de números. Por exemplo:
Pesquisa de satisfação. 40% Insatisfeito, 10% Não opinaram, 50%
Satisfeitos.

Escolha uma das duas naturezas acima para sua pesquisa, talvez você precise
da ajuda do seu Orientador nesse ponto.

Exemplo do que escrever nesse bloco (Qualitativa):


Devido à necessidade da aplicação de questionários com perguntas abertas para uma
compreensão mais rica do fenômeno, as opiniões serão apresentadas em comparações entre
relatos que não podem ser comparados em números.

Exemplo do que escrever nesse bloco (Quantitativa):


Devido à necessidade da aplicação de questionários com perguntas fechadas, as opiniões
serão apresentadas em gráficos, cálculos e medições.

BLOCO 5 - LOCAL DE REALIZAÇÃO


Critério: LOCAL DE REALIZAÇÃO

Nesse ponto, você deve falar sobre o local de apresentação:

 Campo

 Laboratório

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


50

Escolha uma dos dois locais acima para sua pesquisa.

Nesse bloco, fale da sua amostra, por exemplo: O estudo trata-se


de uma empresa, com 100 funcionários.

Importante expor sua amostra nesse bloco.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


O problema foi direcionando a pesquisa para as áreas de marketing e marcas e ainda estudo
de caso na Efetiva Serviços, Sendo este com uma análise geral da empresa e com a utilização
de pesquisa de campo através de questionários direcionados ao público-alvo da empresa. Em
que serão abordados clientes reais e potenciais com o objetivo de averiguar se esses
identificam a empresa com sua marca atual ou ainda a reconhecem pela anterior. Acredita-se
que com esta pesquisa seja possível demonstrar a eficácia da utilização do marketing na
empresa pesquisada, e ainda pelas demais empresas que venham passar por este processo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


51

EXEMPLO
Esse estudo tem por finalidade realizar uma pesquisa aplicada, uma vez que utilizará
conhecimento da pesquisa básica para resolver problemas.

Para um melhor tratamento dos objetivos e melhor apreciação desta pesquisa, observou-se
que ela é classificada como pesquisa exploratória e descritiva.

Detectou-se a pesquisa bibliográfica no momento em que se fez uso de materiais já


elaborados: livros, artigos científicos, revistas, documentos eletrônicos e enciclopédias na
busca e alocação de conhecimento sobre a influência do marketing pessoal no processo de
seleção, correlacionando tal conhecimento com abordagens já trabalhadas por outros autores.

O estudo de caso, sendo descritivo, por sua vez, procura reunir um grande número de
informações detalhadas com a finalidade de trazer maior conhecimento sobre o assunto e até
mesmo levar ao diagnóstico de soluções para o problema levantado.

Como procedimentos, podemos citar a necessidade de pesquisa Bibliográfica, isso porque


faremos uso de material já publicado, constituído principalmente de livros, também entendemos
como um procedimento importante o Estudo de caso, visto que envolve o estudo profundo e
exaustivo de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado
conhecimento, a fim de se obter uma melhor apreciação do conteúdo apresentado no trabalho.

Devido à necessidade da aplicação de questionários com perguntas abertas para uma


compreensão mais rica do fenômeno, as opiniões serão apresentadas em comparações entre
relatos que não podem ser comparados em números.

O problema foi direcionando a pesquisa para as áreas de marketing e marcas e ainda estudo
de caso na Efetiva Serviços, Sendo este com uma análise geral da empresa e com a utilização
de pesquisa de campo através de questionários direcionados ao público-alvo da empresa. Em
que serão abordados clientes reais e potenciais com o objetivo de averiguar se esses
identificam a empresa com sua marca atual ou ainda a reconhecem pela anterior. Acredita-se
que com esta pesquisa seja possível demonstrar a eficácia da utilização do marketing na
empresa pesquisada, e ainda pelas demais empresas que venham passar por este processo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


52

MODELOS PARA MONOGRAFIA/TESE/TCC/ARTIGO


A partir dessa sessão, você usará os modelos aqui contidos para:

 Monografia

 Tese

 TCC

 Artigo

 Relatório Técnico

 Qualquer artefato científico

Sim, o e-book funcionará para qualquer


artefato científico.

Não importa qual tipo de trabalho é. O que importa é seguir esse método, pois
é baseado em uma forma de escrita milenar e a prova de falhas.

Se você ainda está com dúvidas, veja o capítulo desse e-book que explica o
motivo pelo qual essa técnica é a prova de falhas.

Veja esse vídeo para entender de forma geral:

https://youtu.be/D4VuFghOdVA

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


53

MODELO DE RESUMO
RESUMO – MODELO BÁSICO

MODELO 1
BLOCO 1 – OBJETIVO GERAL

Nessas primeiras 3 a 5 linhas, escreva seu objetivo geral.

Algumas instituições exigem que antes de informar objetivo, seja


feita uma breve introdução ao tema, então caso ocorra alguma
critica aqui, já sabe o que acertar. Basta realizar um introdução
de 3 linhas antes de começar esse bloco. (AQUINO, 2010)

Este estudo objetivou..."AQUI VEM SEU OBJETIVO GERAL".

OBJETIVO GERAL DE EXEMPLO

Analisar as possibilidades de uso de tablets como apoio ao processo de ensino-aprendizagem


com base na percepção dos docentes de educação profissional, professores do IFES, campus
Serra.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Este estudo objetivou analisar as possibilidades de uso de tablets como apoio ao
processo de ensino-aprendizagem com base na percepção dos docentes de educação
profissional - professores do IFES

BLOCO 2 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nessas linhas que vem logo depois das anteriores, todas juntas, pois o resumo
não tem parágrafos, vamos escrever os objetivos específicos separados por
vírgula e dando uma ligação entre eles.

Para manter uma ligação entre o texto anterior e esse use algumas
palavras de ligação como, por exemplo: "bem como”.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS - EXEMPLO

 Identificar as possibilidades do dispositivo tablet quanto aos recursos tecnológicos


disponíveis como apoio ao processo de ensino-aprendizagem.

 Identificar as vantagens e as desvantagens dos tablets em relação ao uso de computadores


tradicionais e notebooks.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


54

 Levantar os desafios que se impõe e as sugestões pedagógicas quanto ao uso dos tablets
de acordo com a experiência vivenciada pelos docentes do IFES.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


,bem como identificar quais recursos tecnológicos disponíveis no dispositivo tablet podem
auxiliar o processo de ensino-aprendizagem; identificar as vantagens e desvantagens dos
tablets em relação ao uso de computadores tradicionais e notebooks; e levantar os desafios
que se impõe e as sugestões pedagógicas quanto ao uso dos tablets de acordo com a
experiência vivenciada pelos docentes do IFES.

BLOCO 3 – METODOLOGIA - COLETA DE DADOS

Nessas linhas exponha sua metodologia, para cada um será diferente, mas
foque na coleta de dados então vai deixar um exemplo abaixo.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Para tanto, foi utilizado como método para coleta de dados a pesquisa bibliográfica, através do
estudo levantado no referencial teórico sobre o uso de TICs na educação, e o estudo de caso,
utilizando-se como instrumento de coleta de dados um questionário virtual disponibilizado em
um link e encaminhado aos docentes do Ifes - Campus Serra.

BLOCO 4 – ANÁLISE DOS DADOS RESUMIDOS

Nessas próximas linhas, você fará um breve resumo da sua análise dos dados.

Foque na:

 Importância
 Destaques
 Limitações
 Desafios

Nem todos os pontos acima são obrigatórios, mas é seu dever citá-los.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


A partir da análise de dados foi possível perceber a importância em dar acesso aos professores
às tecnologias e que das características dos tablets, a ubiquidade foi citada pelos docentes
como a mais importante, e dos aplicativos destacaram-se as ferramentas de pesquisa e de
armazenamento de arquivos. A infraestrutura física, de rede banda larga e sua manutenção na
educação se impõem como o maior desafio do tablet educacional..

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


55

BLOCO 5 – CONCLUSÃO

Agora é hora de concluir, tente falar se sua hipótese foi confirmada com o
estudo.

Na verdade é hora de afirmar alguma coisa que foi descoberta com sua
pesquisa.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Enfim, por meio de todo o estudo realizado e das sugestões pedagógicas apresentadas foi
possível confirmar que o dispositivo móvel tablet pode auxiliar e fomentar o processo
educacional para obter uma educação mais interativa, dinâmica e construtivista.

EXEMPLO
Este estudo objetivou analisar as possibilidades de uso de tablets como apoio ao processo de
ensino-aprendizagem com base na percepção dos docentes de educação profissional -
professores do IFES, bem como identificar quais recursos tecnológicos disponíveis no
dispositivo tablet podem auxiliar o processo de ensino-aprendizagem; identificar as vantagens
e desvantagens dos tablets em relação ao uso de computadores tradicionais e notebooks; e
levantar os desafios que se impõe e as sugestões pedagógicas quanto ao uso dos tablets de
acordo com a experiência vivenciada pelos docentes do IFES. Para tanto, foi utilizado como
método para coleta de dados a pesquisa bibliográfica, através do estudo levantado no
referencial teórico sobre o uso de TICs na educação, e o estudo de caso, utilizando-se como
instrumento de coleta de dados um questionário virtual disponibilizado em um link e
encaminhado aos docentes do Ifes – Campus Serra. A partir da análise de dados foi possível
perceber a importância em dar acesso aos professores às tecnologias e que das
características dos tablets, a ubiquidade foi citada pelos docentes como a mais importante, e
dos aplicativos destacaram-se as ferramentas de pesquisa e de armazenamento de arquivos. A
infraestrutura física, de rede banda larga e sua manutenção na educação se impõem como o
maior desafio do tablet educacional. Enfim, por meio de todo o estudo realizado e das
sugestões pedagógicas apresentadas foi possível confirmar que o dispositivo móvel tablet pode
auxiliar e fomentar o processo educacional para obter uma educação mais interativa, dinâmica
e construtivista.

Palavras-chave: Educação. Ensino-aprendizagem. Dispositivo móvel. Ubiquidade. Uso das


tecnologias de informação e comunicação.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


56

MODELOS DE INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO – MODELO 1 COM CITAÇÃO
Uma introdução é composta de blocos de ideias que provavelmente você como estudante
ainda não saiba.

Para isso, os modelos foram divididos em blocos de forma que você saberá exatamente o que
tem que fazer. Dessa forma poderá agilizar a escrita quando se sabe exatamente como montar
a introdução.

Os modelos a seguir te ajudarão a escrever uma introdução que contenha os atributos para
aprovação da banca.

MODELO 1
BLOCO 1 - IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA

1º parágrafo: Deve conter a importância da disciplina e do conteúdo na vida


do estudando. O parágrafo pode ser iniciado com uma citação ou com suas
próprias palavras. Mínimo de 10 linhas.

Retire essa citação apenas se for do seu livro principal.

Tome cuidado, se você for usar esse modelo que não na UFES, pergunte
seu orientador se é permitido citação na introdução.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Em um processo que se inicia no ensino fundamental e prolonga-se por toda a vida, o ensino
de Ciências contribui para a compreensão da realidade que nos cerca. Aprender Ciências é
aprender uma forma de pensar que contribui para ampliar nossa capacidade de ter uma visão
critica acerca da realidade que vivemos. O estudo de Ciências no ensino fundamental deve
ajudar o aluno a compreender conceitos científicos básicos e a estabelecer relações entre
estes e o mundo em que ele vive, levando em conta a diversidade dos contextos físico e
cultural em que ele está inserido. Busca-se construir uma proposta de educação em Ciências
que contribua para criar, no aluno, um conjunto de atitudes que permitam a melhoria de sua
vida cotidiana, que o levem a enfrentar os problemas com maiores possibilidades de sucesso e
atitudes de valorização de sua saúde e da sua comunidade (ARRUDA & RIBEIRO, 1999).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


57

BLOCO 2 - CITAÇÃO - PONTE DA JUSTIFICATIVA

2º parágrafo: Colocar uma citação apontando algum problema que justifica a


importância do seu trabalho. Mínimo de 5 linhas.

Busque em seus livros de


referência uma citação que
tenha relação com seu
problema.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


O aumento de gestações na adolescência é apontado por diversos fatores, entre eles: a
antecipação da idade da menarca, a iniciação sexual precoce e a carência de orientação
sexual adequada por parte dos pais e discussão e orientação a respeito da sexualidade na
adolescência (LOPES et al., 2000), pois é nessa fase que ocorrem as transformações
corporais, hormonais e até mesmo comportamentais.

BLOCO 3 - CITAÇÃO - PONTE DA METODOLOGIA

3º parágrafo: Usar citações que apontem a necessidade da metodologia do seu


trabalho. Mínimo de 5 linhas.

Busque em seus livros de referência uma citação que tenha relação com seu
problema.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Uma das definições para o termo "didática" é o conjunto de princípios e técnicas que conduzem
a aprendizagem de qualquer componente curricular (FREITAS, 2009). Contudo para Freitas
(2009, p. 16), "As práticas educacionais cotidianas permitem constatar a necessidade urgente
de um novo olhar sobre os suportes didáticos". Castoldi & Polinarski (2009, p. 685) afirma que,
"... a maioria dos professores tem uma tendência em adotar métodos tradicionais de ensino,
por medo de inovar ou mesmo pela inércia, há muito estabelecida, em nosso sistema
educacional". Desta forma, o processo de ensino/aprendizagem acaba se tornando muito
dependente do livro didático.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


58

BLOCO 4 - TIPO DE RECURSO UTILIZADO - DEFINIÇÃO

4º parágrafo: Apontar a definição do tipo de recurso utilizado e sua


importância tanto para o ensino do conteúdo quanto para o próprio
estudante. Mínimo de 10 linhas.

Busque em seus livros de referência citação sobre o recurso que será


utilizado.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Na maioria das vezes, alunos do ensino fundamental da rede pública se deparam com
metodologias que nem sempre auxiliam na efetiva construção de seu conhecimento (LIMA &
VASCONCELOS, 2006). "Os materiais e equipamentos didáticos são todo e qualquer recurso
utilizado em um procedimento de ensino, visando à estimulação do aluno e à sua aproximação
do conteúdo" (FREITAS, 2009, p. 22). A utilização de recursos didático-pedagógicos permite
que os alunos participem do processo de aprendizagem e, com isso, além de expor o conteúdo
de uma forma diferenciada, preenche lacunas que o ensino tradicional deixa (CASTOLDI &
POLINARSKI, 2009). Os recursos didáticos fornecem informações, orientam a aprendizagem,
exercitam habilidades, motivam, avaliam, fornecem simulações, fornecem ambientes de
expressão e criação (GRAELLS, 2000).

BLOCO 5 - EVIDÊNCIA ATRAVÉS DE DOCUMENTOS

5º parágrafo: Citar a importância do conteúdo escolhido através de


documentos que evidenciam essa importância, nesse caso para uma
monografia de Licenciatura, foi usado documentos curriculares. Mínimo de 10
linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), a partir do quarto ciclo, que é o
ultimo ciclo do ensino fundamental, é importante um melhor conhecimento das mudanças
hormonais relacionadas ao amadurecimento sexual dos adolescentes e ao conhecimento das
células sexuais, enfocando no processo de fecundação, gestação e parto. A partir desse ciclo,
os alunos já possuem algum conhecimento sobre o processo de gravidez, sendo que a
gravidez precoce e indesejada está relacionada à utilização inadequada ou a não utilização de
métodos contraceptivos. Então, faz-se necessário a comparação de diversos métodos
contraceptivos, sua correta utilização, modo de ação, eficiência e efeitos colaterais.
Aproveitando essa discussão, é indispensável o conhecimento das doenças sexualmente
transmissíveis, modos de transmissão, a prevenção e principais sintomas (BRASIL, 1998).

BLOCO 6 - JUSTIFICATIVA DO SEU TRABALHO

6º parágrafo: Breve justificativa do seu trabalho, apontando a importância do


recurso utilizado e do conteúdo escolhido.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


59

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Um dos processos mais prejudicados pela ausência da diversidade de recursos didáticos é o


ensino da reprodução humana para adolescentes. Estudantes do 8º ano do ensino fundamental
estão experimentando mudanças em seu corpo e as dúvidas nesses momentos se tornam
muito frequentes. Por isso, esse conteúdo é fundamental. Além disso, nessa fase da vida os
estudantes esperam se envolver com atividades mais dinâmicas em detrimento das aulas
expositivas ou centradas no livro didático. Espera-se que o uso de diferentes recursos
didáticos no ensino de reprodução humana desperte ainda mais a atenção e interesse dos
alunos.

BLOCO 7 - OBJETIVOS DE FORMA GERAL

Ainda no parágrafo anterior...

No final do paragrafo citar seus objetivos de uma forma geral. Mínimo de 10


linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Nesse sentido, pretende-se analisar como o conteúdo de reprodução humana é ministrado, se


são utilizados materiais didáticos, quais dificuldades encontradas pelos professores e alunos e,
além disso, propõe-se utilizar diferentes recursos didáticos e avaliar como esses recursos
auxiliam na aprendizagem do conteúdo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


60

EXEMPLO
Em um processo que se inicia no ensino fundamental e prolonga-se por toda a
vida, o ensino de Ciências contribui para a compreensão da realidade que nos
cerca. Aprender Ciências é aprender uma forma de pensar que contribui para
ampliar nossa capacidade de ter uma visão critica acerca da realidade que
vivemos. O estudo de Ciências no ensino fundamental deve ajudar o aluno a
compreender conceitos científicos básicos e a estabelecer relações entre estes
e o mundo em que ele vive, levando em conta a diversidade dos contextos
físico e cultural em que ele está inserido. Busca-se construir uma proposta de
educação em Ciências que contribua para criar, no aluno, um conjunto de
atitudes que permitam a melhoria de sua vida cotidiana, que o levem a
enfrentar os problemas com maiores possibilidades de sucesso e atitudes de
valorização de sua saúde e da sua comunidade (ARRUDA & RIBEIRO, 1999).

O aumento de gestações na adolescência é apontado por diversos fatores,


entre eles: a antecipação da idade da menarca, a iniciação sexual precoce e a
carência de orientação sexual adequada por parte dos pais e discussão e
orientação a respeito da sexualidade na adolescência (LOPES et al., 2000),
pois é nessa fase que ocorrem as transformações corporais, hormonais e até
mesmo comportamentais.

Uma das definições para o termo "didática" é o conjunto de princípios e


técnicas que conduzem a aprendizagem de qualquer componente curricular
(FREITAS, 2009). Contudo para Freitas (2009, p. 16), "As práticas
educacionais cotidianas permitem constatar a necessidade urgente de um novo
olhar sobre os suportes didáticos". Castoldi & Polinarski (2009, p. 685) afirma
que, "... a maioria dos professores tem uma tendência em adotar métodos
tradicionais de ensino, por medo de inovar ou mesmo pela inércia, há muito
estabelecida, em nosso sistema educacional". Desta forma, o processo de
ensino/aprendizagem acaba se tornando muito dependente do livro didático.

Na maioria das vezes, alunos do ensino fundamental da rede pública se


deparam com metodologias que nem sempre auxiliam na efetiva construção de
seu conhecimento (LIMA & VASCONCELOS, 2006). "Os materiais e
equipamentos didáticos são todo e qualquer recurso utilizado em um

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


61

procedimento de ensino, visando à estimulação do aluno e à sua aproximação


do conteúdo" (FREITAS, 2009, p. 22). A utilização de recursos didático-
pedagógicos permite que os alunos participem do processo de aprendizagem
e, com isso, além de expor o conteúdo de uma forma diferenciada, preenche
lacunas que o ensino tradicional deixa (CASTOLDI & POLINARSKI, 2009). Os
recursos didáticos fornecem informações, orientam a aprendizagem, exercitam
habilidades, motivam, avaliam, fornecem simulações, fornecem ambientes de
expressão e criação (GRAELLS, 2000).

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), a partir do quarto


ciclo, que é o ultimo ciclo do ensino fundamental, é importante um melhor
conhecimento das mudanças hormonais relacionadas ao amadurecimento
sexual dos adolescentes e ao conhecimento das células sexuais, enfocando no
processo de fecundação, gestação e parto. A partir desse ciclo, os alunos já
possuem algum conhecimento sobre o processo de gravidez, sendo que a
gravidez precoce e indesejada está relacionada à utilização inadequada ou a
não utilização de métodos contraceptivos. Então, faz-se necessário a
comparação de diversos métodos contraceptivos, sua correta utilização, modo
de ação, eficiência e efeitos colaterais. Aproveitando essa discussão, é
indispensável o conhecimento das doenças sexualmente transmissíveis,
modos de transmissão, a prevenção e principais sintomas (BRASIL, 1998).

Um dos processos mais prejudicados pela ausência da diversidade de recursos


didáticos é o ensino da reprodução humana para adolescentes. Estudantes do
8º ano do ensino fundamental estão experimentando mudanças em seu corpo
e as dúvidas nesses momentos se tornam muito frequentes. Por isso, esse
conteúdo é fundamental. Além disso, nessa fase da vida os estudantes
esperam se envolver com atividades mais dinâmicas em detrimento das aulas
expositivas ou centradas no livro didático. Espera-se que o uso de diferentes
recursos didáticos no ensino de reprodução humana desperte ainda mais a
atenção e interesse dos alunos.

Nesse sentido, pretende-se analisar como o conteúdo de reprodução humana é


ministrado, se são utilizados materiais didáticos, quais dificuldades encontradas
pelos professores e alunos e, além disso, propõe-se utilizar diferentes recursos

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


62

didáticos e avaliar como esses recursos auxiliam na aprendizagem do


conteúdo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


63

INTRODUÇÃO – MODELO 2 SEM CITAÇÃO

MODELO 2
BLOCO 1 - CONTEXTUALIZAÇÃO DE TUDO

1º e 2º Parágrafos: Devem conter o tema e se fazer uma contextualização de


tudo que será abordado no trabalho.

O tema de pesquisa é o assunto a ser desenvolvido no seu TCC. Apresente o


cenário relativo ao assunto que você escolheu. Situe o leitor no contexto do
assunto relativo à monografia que você está desenvolvendo.

Normalmente começamos conceituando o tema estudado. No exemplo


abaixo a monografia foi sobre Marketing e por esse motivo, começa com
seu conceito.

Procure conceituar com suas palavras o tema, mas lembre-se de


sempre seguir tudo que já vem sendo dito ou será dito na sua
pesquisa.

Esse bloco deve ter mais de 7 linhas e ainda ter "ponto" iniciando nova frase
ou ideia.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

O marketing é uma ferramenta estratégica voltada para o posicionamento mercadológico que


atua, inclusive na atribuição de valor. Atribuir valor depende diretamente do mercado, visto que
o valor percebido estará ligado a como os consumidores enxergam determinado produto ou
serviço. Tanto que, o marketing além de atribuir valor, exerce a função de satisfazer
necessidades dos consumidores.

BLOCO 2 - DESCRIÇÃO GERAL

Neste bloco faça uma descrição geral sobre o seu tema, nesse exemplo será
Marketing.

Você pode começar esse bloco com:


A abordagem sobre
 De forma geral... seu tema deve ser
 Desta forma... tratada de forma geral.
 Da mesma forma...
 Em sua totalidade...
Para que o leitor
 Comumente isso acontece porque... entenda qual contexto
 De forma generalizada... está inserido.
 Sua abrangência é...
 A forma mais popular de interpretar o...

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


64

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

De forma geral, o marketing atual busca atrelar as necessidades que o cliente possui as
características de seus produtos. Com isso, o mercado apresenta produtos que representam
muito mais do que a satisfação de necessidades básicas, vê-se nesse ponto, estratégias de
marketing que visam tornar os produtos a própria imagem do cliente, com intuito de fazer o
consumidor se identificar com o que lhe foi prestado.

BLOCO 3 - PROBLEMA DE PESQUISA

3º Parágrafo: Aqui você expõe o problema de pesquisa (pergunta problema) de


seu TCC.

Antes de lançar no ar qual a pergunta problema que se deseja responder ao


longo da pesquisa, faça um breve resumo para levantar o problema.

Por exemplo, caso você tenha que falar para alguém que perdeu um dia todo
de produção em uma indústria, você não vai chegar e dizer ao seu chefe:
"Perdemos um dia todo de produção", no mínimo você começará dizendo:
"Lembra daquela máquina que vinha dando problema todo mês? Pois bem,
aconteceu o pior...". Isso é começar a introduzir o cenário do problema, então
procure nesse bloco introduzir o problema e só depois faça a pergunta.

Esse bloco pode ter mais


de 7 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Diante das intempéries do mercado, um fator que permanece em evidência é a importância das
pessoas no ambiente empresarial. É a área de Recursos Humanos que se apresenta como a
principal responsável pela melhor avaliação do capital intelectual, a ponto de garantir a escolha
certa de profissionais em consonância com a cultura e objetivos da empresa, gerando menores
conflitos internos e promovendo a alavancagem competitiva da organização, com respaldo na
afirmação de Chiavenato (1999, p. 81), segundo a qual "a seleção de recursos humanos pode
ser definida singelamente como a escolha do homem certo para o cargo certo [...]".

Portanto, buscou-se reunir dados/informações com o propósito de responder ao seguinte


problema de pesquisa: Como o marketing pessoal pode influenciar o resultado do
processo de seleção?

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


65

BLOCO 4 - OBJETIVO DO TRABALHO

4º e 5º Parágrafo: Aqui são apresentados os objetivos do trabalho. Tanto o


geral, quanto os específicos.

Esse bloco pode ter de 4 a


7 linhas ou mais.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


O objetivo das estratégias de marketing atuais visa alcançar exatamente a identificação do
cliente com o seu produto. Isso, porque à medida que o cliente passa a se identificar com o
produto prestado existe a possibilidade de sua fidelização. E uma das estratégias para atribuir
essa identificação aos produtos está voltada para gestão de marcas, ou branding

BLOCO 5 - JUSTIFICATIVA DA PESQUISA

6º Parágrafo: Apresentam-se as justificativas do trabalho. Mas o que é isso? A


justificativa do trabalho é a importância do mesmo. Aqui apresentamos o
porquê de o trabalho ser importante? Qual a importância do trabalho para a
sociedade, comunidade científica, pessoal etc?

Você pode começar introduzindo sua justificativa com umas 4 linhas


e depois descrevê-la.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Diante de um mercado altamente competitivo e que nos mais diversos ramos, sua clientela
prezará cada vez mais por credibilidade e confiabilidade, as empresas buscam se destacar
pela qualidade de seus serviços e/ou produtos. Um dos meios de diferenciação está na
atribuição de valor (qualidade) da empresa em suas marcas, através de um consistente
investimento em marketing.

Para tanto, as organizações precisam se posicionar quanto à sua marca, procurando ter
ciência de quando sua manutenção será viável, ou em alguns casos, necessária. Nesse
contexto, a proposta de trabalho científica visa apresentar conceitos, definições e ferramentas
necessárias às decisões de manutenção e/ou alteração da marca da organização, baseando-
se em princípios do Marketing Moderno voltados às estratégias ligadas diretamente a Gestão
de Branding.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


66

BLOCO 6 - METODOLOGIA ADOTADA NO TRABALHO

7º Parágrafo: Apresenta qual a metodologia adotada pelo trabalho.

Pesquisa bibliográfica, de campo? Depois de especificar qual tipo de pesquisa


é, lembre-se de que especificar os procedimentos.

Se for pesquisa de bibliografia, o que se fará?

Resposta: resumo e fichamento dos livros lidos etc.

A mesma coisa com qualquer tipo de pesquisa. Também é oportuno, neste


parágrafo, apresentar os principais autores que embasarão a pesquisa.
Lembre-se que estes parágrafos podem se estender para mais de 1.

Esse bloco deve ser bem explicado, por esse motivo, pode ter muitas linhas,
considere mais de 5 linhas nesse bloco.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Para o desenvolvimento do presente trabalho foram utilizadas pesquisas bibliográficas e de


campo, além de estudo de caso. A pesquisa bibliográfica baseou-se em publicações científicas
da área de marketing. O estudo de caso foi desenvolvido, em sua totalidade, através de
pesquisa de campo, envolvendo o perfil do cliente, sua visão em relação à empresa, avaliação
geral empresa e pesquisa de satisfação.

BLOCO 7 - ESTRUTURA DOS CAPÍTULOS DO TRABALHO

8º Parágrafo: Apresenta-se a estrutura dos capítulos do trabalho. Em quantos


capítulos o trabalho está dividido? Sobre o que trata cada capítulo?

Esse bloco deve ser bem explicado, por esse motivo, considere escrever mais
de 10 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

O trabalho de conclusão de curso estrutura-se em quatro capítulos, apresentando-se no


primeiro a história e definições acerca do marketing baseado em vários autores, além da
evolução, importância e do planejamento de marketing. No segundo capítulo é abordada a
marca, envolvendo origem, conceitos e mencionando a importância da gestão da marca no
processo de atribuir valor a este importante item. Além de descrever o quão decisiva uma boa
gestão de marca para alcançar a fidelidade do consumidor em relação a ela. Esse capítulo
também apresenta estratégias de marca aplicadas no contexto das organizações de acordo
com suas necessidades e projetos. O terceiro capítulo caracteriza o estudo de caso, com

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


67

análise da organização objeto do estudo, envolvendo sua identificação, breve histórico e


demais itens que compõem a Efetiva Serviços. No capítulo quatro e apresentada a pesquisa de
campo e os diversos itens que a compõe como perfil, visão, avaliação e satisfação dos clientes,
todos efetuados na cidade de São Mateus/ES, com o objetivo de responder o problema
apresentado acima.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


68

EXEMPLO
O marketing é uma ferramenta estratégica voltada para o posicionamento mercadológico que
atua, inclusive na atribuição de valor. Atribuir valor depende diretamente do mercado, visto que
o valor percebido estará ligado a como os consumidores enxergam determinado produto ou
serviço. Tanto que, o marketing além de atribuir valor, exerce a função de satisfazer
necessidades dos consumidores.

De forma geral, o marketing atual busca atrelar as necessidades que o cliente possui as
características de seus produtos. Com isso, o mercado apresenta produtos que representam
muito mais do que a satisfação de necessidades básicas, vê-se nesse ponto, estratégias de
marketing que visam tornar os produtos a própria imagem do cliente, com intuito de fazer o
consumidor se identificar com o que lhe foi prestado.

Diante das intempéries do mercado, um fator que permanece em evidência é a importância das
pessoas no ambiente empresarial. É a área de Recursos Humanos que se apresenta como a
principal responsável pela melhor avaliação do capital intelectual, a ponto de garantir a escolha
certa de profissionais em consonância com a cultura e objetivos da empresa, gerando menores
conflitos internos e promovendo a alavancagem competitiva da organização, segundo a qual "a
seleção de recursos humanos pode ser definida singelamente como a escolha do homem certo
para o cargo certo [...]".

Portanto, buscou-se reunir dados/informações com o propósito de responder ao seguinte


problema de pesquisa: Como o marketing pessoal pode influenciar o resultado do
processo de seleção?

O objetivo das estratégias de marketing atuais visa alcançar exatamente a identificação do


cliente com o seu produto. Isso, porque à medida que o cliente passa a se identificar com o
produto prestado existe a possibilidade de sua fidelização. E uma das estratégias para atribuir
essa identificação aos produtos está voltada para gestão de marcas, ou branding

Diante de um mercado altamente competitivo e que nos mais diversos ramos, sua clientela
prezará cada vez mais por credibilidade e confiabilidade, as empresas buscam se destacar
pela qualidade de seus serviços e/ou produtos. Um dos meios de diferenciação está na
atribuição de valor (qualidade) da empresa em suas marcas, através de um consistente
investimento em marketing.

Para tanto, as organizações precisam se posicionar quanto à sua marca, procurando ter
ciência de quando sua manutenção será viável, ou em alguns casos, necessária. Nesse
contexto, a proposta de trabalho científica visa apresentar conceitos, definições e ferramentas
necessárias às decisões de manutenção e/ou alteração da marca da organização, baseando-
se em princípios do Marketing Moderno voltados às estratégias ligadas diretamente a Gestão
de Branding.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


69

Para o desenvolvimento do presente trabalho foram utilizadas pesquisas bibliográficas e de


campo, além de estudo de caso. A pesquisa bibliográfica baseou-se em publicações científicas
da área de marketing. O estudo de caso foi desenvolvido, em sua totalidade, através de
pesquisa de campo, envolvendo o perfil do cliente, sua visão em relação à empresa, avaliação
geral empresa e pesquisa de satisfação.

O trabalho de conclusão de curso estrutura-se em quatro capítulos, apresentando-se no


primeiro a história e definições acerca do marketing baseado em vários autores, além da
evolução, importância e do planejamento de marketing. No segundo capítulo é abordada a
marca, envolvendo origem, conceitos e mencionando a importância da gestão da marca no
processo de atribuir valor a este importante item. Além de descrever o quão decisiva uma boa
gestão de marca para alcançar a fidelidade do consumidor em relação a ela. Esse capítulo
também apresenta estratégias de marca aplicadas no contexto das organizações de acordo
com suas necessidades e projetos. O terceiro capítulo caracteriza o estudo de caso, com
análise da organização objeto do estudo, envolvendo sua identificação, breve histórico e
demais itens que compõem a Efetiva Serviços. No capítulo quatro e apresentada a pesquisa de
campo e os diversos itens que a compõe como perfil, visão, avaliação e satisfação dos clientes,
todos efetuados na cidade de São Mateus/ES, com o objetivo de responder o problema
apresentado acima.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


70

MODELOS DE CAPÍTULOS
Antes de tudo, um aviso sobre livros:

Normalmente estudantes usam de 3 a 5 livros por capítulo, às vezes até mais


do que isso.

No entanto, você escolhe um livro para ser sua base principal, onde você pode
comparar a opinião de outros autores com a dele.

Isso é muito comum, pois você está seguindo o raciocínio de um autor


e se baseando em outros para fortalecer sua fonte.

VISÃO GERAL DOS BLOCOS QUE VOCÊ PRECISA SEGUIR

TÓPICO FRASAL DO TEMA DO


1º Parágrafo CAPITULO

2º Parágrafo CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO

ARGUMENTAÇÃO DO ALUNO SOBRE


3º Parágrafo A CITAÇÃO ANTERIOR
CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO AUTOR
4º Parágrafo DIFERENTE
ARGUMENTO DO ALUNO - CRUZAR
5º Parágrafo OPINIÕES DOS AUTORES
OBJETIVO E EXPLORAÇÃO DO
6º Parágrafo ASSUNTO
CITAÇÃO DIRETA - SUSTENTAÇÃO
7º Parágrafo DO OBJETIVO DO TEMA

ARGUMENTAÇÃO SOBRE O
8º Parágrafo OBJETIVO DO ASSUNTO

9º Parágrafo CONCLUSÃO

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


71

CAPÍTULO BÁSICO
Explicação em vídeo: https://youtu.be/w-JJg1f3TIY

BLOCO 1 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO INICIAL

O QUE FAZER?

O primeiro parágrafo deve conter de 2 a 4 frases. Cada uma das frases segue
uma regra. Apenas a frase da conclusão pode ser saltada, contudo todas as
outras devem estar presentes neste primeiro parágrafo.

 Esse bloco é hora de afirmar algo sobre o tema;


 Contextualizar o tema para o leitor;
 Inserir uma Tese sobre a contextualização ou tema, isso significa
levantar um ponto de vista sobre o tema;
 4 frases em um mesmo parágrafo, cada um representando uma regra de
escrita;
 Frases curtas com no máximo 2 linhas cada;
 A ordem das frases podem inverter a sustentação com a argumentação;
 Pode ter frases sem conclusão ou argumentação;
 As 2 frases obrigatórias são Tópico Frasal e a Sustentação (TS -
Tópico Frasal e Sustentação);
 No tópico frasal também pode ter uma citação indireta que finalize a
frase, nunca no começo, exemplo correto: Bla Bla Bla
(SILVA,2015). Errado: Para Silva (2015) Bla Bla Bla;
 Neste parágrafo não será necessário o bloco Conclusão.

EXPLICAÇÃO MÉTODO TSAC:

Todos os parágrafos repetem uma regra que consiste em estruturar os blocos


em três partes onde uma sustenta a outra. O parágrafo pode alternar de 2
até 4 frases por parágrafo.

 Tópico frasal;
 Sustentação;
 Argumentação;
 Conclusão.

O tópico frasal é a oração que introduz a ideia inicial. A ideia que apresenta a
promessa inicial do que será dito no parágrafo.

A sustentação é onde o estudante pesquisa por citações de livros ou pesquisas


já concluídas. Nele o mesmo coloca uma citação para fortalecer sua tese,
podendo ser direta com menos de oito linhas ou uma citação indireta. Sempre

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


72

tenha decorado com antecedência algumas citações de autores sobre o tema


no qual fará uma redação.

A argumentação é um texto dissertativo do aluno. Onde discutirá o porquê


daquele assunto ser tão importante. O bloco da argumentação pode ser
alternado com o bloco sustentação, isso quer dizer que a argumentação pode
vir primeiro que a sustentação.

A conclusão é o desfecho do que foi dito. Com isso em pensamento será


possível analisar o exemplo a seguir onde cada uma das partes é mostrada
com uma cor diferente:

Veja um exemplo da Júlia Neves Silva Dutra de Minas Gerais publicado no


g1.globo.com na categoria educação:

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


73

COMO USAR O MÉTODO TSAC PARA MEU TRABALHO?

 Para Trabalhos de graduação, use 2 frases;


 Para Dissertação de mestrado, use 3 frases;
 Para Tese de doutorado, use as 4 frases.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


74

EXEMPLO DE COMO USAR:

Frase 1:

O que é Marketing?

R: Marketing é um processo usado para determinar que produtos ou serviços


possam interessar aos consumidores.

Obs.: Pegue o gravador do celular, se pergunte o que é Marketing e responda. Grave sua
resposta, depois ouça e transcreva. Assim você vai garantir que não copiará nada dos autores.
Lembrando que o exemplo aqui é Marketing, você vai trocar para o seu tema.

Frase 2:

Para que serve o Marketing de acordo com algum autor?

R: Para Bazzo e Pereira (2009) o Marketing serve para promover a troca


saudável entre pessoas, busca a solução de necessidades das pessoas, a fim de
resolver possíveis problemas.

Obs.: Pegue o livro mais relevante de Marketing (TEM QUE SER O MESMO DA FRASE 1) e
procure responder para que serve o Marketing, depois, leia, mentalize e escreva o que lembrar,
use esse vídeo como base: https://youtu.be/6fRy7YImZkI

Frase 3:

Por que o Marketing é importante?

R: A importância do marketing é buscar equilibrar esforços em preço,


produto, distribuição e promoção de modo a melhorar o relacionamento
empresa-consumidor.

Obs.: Escreva o que você sabe. Use o gravador mais uma vez. Imagine que alguém está te
perguntando e o que você responder grave para escrever aqui. Se sentir inseguro e quiser ler
algo antes, então tem que ser o livro da frase 1 e cite o autor.

Frase 4:

Conclusão:

R: Fica evidente, diante desse quadro que para uma publicidade honesta,
levando o que as pessoas precisam no momento exato desse momento na vida
dela é isso determina a estratégia de vendas e o desenvolvimento do negócio,
dessa forma equilibrar os esforços em relacionados a preço e distribuição
melhorando a forma de comunicação da empresa com o cliente.

Obs.: Concluir o parágrafo, conectando a frase 2 com a 1 depois com a 3.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


75

FRASES:
Marketing é um processo usado para determinar que produtos ou serviços
Frase 1 possam interessar aos consumidores.

Para Bazzo e Pereira (2009) o Marketing serve para promover a troca


Frase 2 saudável entre pessoas, busca a solução de necessidades das pessoas, a
fim de resolver possíveis problemas.

A importância do marketing é buscar equilibrar esforços em preço, produto,


Frase 3 distribuição e promoção de modo a melhorar o relacionamento empresa-
consumidor.

Fica evidente, diante desse quadro que para uma publicidade honesta,
levando o que as pessoas precisam no momento exato desse momento na
Frase 4 vida dela é isso determina a estratégia de vendas e o desenvolvimento do
negócio, dessa forma equilibrar os esforços em relacionados a preço e
distribuição melhorando a forma de comunicação da empresa com o cliente.

Pode-se dizer que [...]. Neste contexto, fica claro que [...]. O mais
Articulador: preocupante, contudo, é constatar que [...]. Fica evidente [...]

Pode-se dizer que Marketing é um processo usado para determinar que


produtos ou serviços possam interessar aos consumidores. Neste
contexto, fica claro que para Bazzo e Pereira (2009) o Marketing serve
para promover a troca saudável entre pessoas, busca a solução de
necessidades das pessoas, a fim de resolver possíveis problemas. O mais
preocupante, contudo, é constatar que a importância do marketing é
RESULTADO: buscar equilibrar esforços em preço, produto, distribuição e promoção de
modo a melhorar o relacionamento empresa-consumidor. Fica
evidente, diante desse quadro que para uma publicidade honesta, levando
o que as pessoas precisam no momento exato desse momento na vida dela
é isso determina a estratégia de vendas e o desenvolvimento do negócio,
dessa forma equilibrar os esforços em relacionados a preço e distribuição
melhorando a forma de comunicação da empresa com o cliente.

Depois que você escrever as 4 frases você juntará todas usando as


articulações e vai ter o resultado acima.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


76

MATERIAIS DESSE BLOCO:


 Lista de articuladores: ARTICULADORES DO MEC
 6 Tipos de citação mais comuns: ARTIGO TIPOS DE CITAÇÃO
 Infográfico explicando esse modelo de capitulo: INFOGRÁFICO MODELO
CAPITULO BÁSICO
 Como fazer uma citação indireta: VÍDEO EXPLICA NA PRÁTICA COMO FAZER
UMA CITAÇÃO INDIRETA
 Como cadastrar referencias no Word: ARTIGO MOSTRA COMO CADASTRAR
DIFERENTES TIPOS DE REFERENCIA NO WORD
 Como funciona o método TSAC: VÍDEO AULA EXPLICATIVA

Exemplo 1 (Júlia Neves Silva Dutra, Minas Gerais) - Adaptado


por Guia da Monografia:
A Revolução Industrial, ocorrida inicialmente na Inglaterra durante o século XVIII, trouxe a
necessidade de um mercado consumidor cada vez maior em função do aumento de
produção. Silva (2015) afirma que para isso, o investimento em publicidade tornou-se um
fator essencial para ampliar as vendas das mercadorias produzidas. Na sociedade atual,
percebe-se as crianças como um dos focos de publicidade. Tal prática deve ser restringida
pelo Estado para garantir que as crianças não sejam persuadidas a comprar determinado
produto.

Exemplo 2 - TAS - Tópico Frasal, Argumento e depois


Sustentação:
Avaliar este processo histórico ajuda a entender toda a trajetória da EAD no
País. Compreender isso é um fator muito importante para podermos avaliar se o novo
estilo de ensino é realmente eficaz. Diferenciá-la das demais e tratá-la com preconceito
não nos leva a evolução, porém se olharmos seu potencial sem discriminação, podemos
estar apoiando uma revolução no ensino Brasileiro (SILVA, 2017).

Exemplo 3 - TS - Tópico Frasal e Sustentação:


Podemos imaginar a laringe como se fosse um filtro de água porém com o ar, assim como
o filtro elimina as impurezas da água a laringe funciona de modo similar, uma vez que ela
não deixa partículas estranhas passar para a faringe. "A laringe funciona de modo similar,
uma vez que ela não deixa partículas estranhas passar para a faringe" (GRAY,1988, p.
50).

Exemplo 4 - TA - Tópico frasal com embasamento e uma


argumentação:
Podemos imaginar a laringe como se fosse um filtro de água, porém com o ar, assim como
o filtro elimina as impurezas da água a laringe funciona de modo similar, uma vez que ela
não deixa partículas estranhas passar para a faringe Gray(1988). Podemos identificar
outras funções além de proteção, neste sentido temos também a sua função responsável
pela voz, a mesma está ligada a traqueia e a faringe.

Obs.: Exemplos são meramente para facilitar o entendimento, os dados não são reais, isso para evitar que
alunos copiem. Por esse motivo, não copie conteúdo de exemplo para não ser reprovado por plagio.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


77

BLOCO 2 - CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo citado


sobre o assunto escolhido extraído de um livro.(apenas livro vai
valer citação indireta) Isso quer dizer que terá que empregar a ideia
do autor com suas palavras.
É importante que você leia o bloco anterior e veja se você fez
alguma afirmação que carece de fonte, pois caso tenha feito, essa
citação tem que embasar a afirmativa.
Busque uma palavra no bloco anterior que você considera a mais
importante, então leia o conceito dela em um livro,
depois escrevra com suas palavras o que entendeu e lembre-se de
citar o autor.
Assista ao vídeo explicativo nesse link:
https://youtu.be/Qc42rNEA3NI

Vamos supor que no bloco anterior você disse que o engenheiro civil tem
que ter desenvoltura e ser um bom comunicador. (veja que é uma
afirmativa).

Quando a banca se depara com esse tipo de afirmativa sem citação, logo será
perguntado: Onde está a fonte da informação?

Por esse motivo o parágrafo seguinte (bloco atual) deve embasar o que foi
afirmado no tópico frasal. (Tenha essa preocupação)

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


78

PRATICA:

É preciso colocar uma citação indireta sobre o assunto: "O que é


Marketing" onde Marketing é o tema do seu capitulo. Leia, interprete e
escreva o que lembrar.

 Pegue o livro de Marketing que você usou no primeiro bloco e procure


pelo que seja a resposta para "O que é Marketing?" onde Marketing é o
tema principal do seu capitulo.
 Leia o texto, interprete e escreva. Veja o vídeo que ensino fazer isso
tem um link abaixo em "Materiais".
 O parágrafo precisa ter 2 frases obrigatórias: Tópico Frasal e
sustentação;
 Os elementos argumentação e conclusão são opcionais;
 Agora que o Tópico Frasal não é o primeiro parágrafo do capítulo, pode
começar com citação indireta;
 Levantar um problema;

 Mostrar reflexos que o problema causa;

Primeira frase: Reafirme o que foi concluído no parágrafo anterior;

Segunda frase: Cite um autor para sustentar o ponto de vista;

Junte as 2 frases transformando em um parágrafo bem feito.


Essa citação do é importante que seja de livro, por que professor
Douglas?

R: No parágrafo anterior você acabou de realizar afirmativas que carecem de


citação, por esse motivo, sua primeira citação tem que ser forte. Fontes
de livros são consideradas embasamentos fortes. Por isso, não use sites,
artigos e outras fontes para embasar o primeiro parágrafo a não ser livros.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


79

Conectivos que podem ser usados para introduzir uma citação


...explicita seus
Na opinião de... ...exemplifica...
pressupostos...
De acordo com... ...quando afirma... ...alega que...
Afirma... ...conceitua... ...caracteriza...
Para... Segundo... Como descrito por...
Na visão de... Como caracteriza... Outro ensinamento de...
Em... encontra-se o
Do ponto de vista de... No dizer de... seguinte
esclarecimento...
FONTE: IESDE BRASIL(2012, p. 58)

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto - suas palavras):

Pode-se dizer que [...]. Neste contexto, fica claro que [...]. O mais
preocupante, contudo, é constatar que [...]. Não é exagero afirmar que [...]
em todo esse processo, ocorreu [...]. Assim, preocupa o fato de que [...], isso
porque [...]

MATERIAIS:

 Vídeo mostra prof. Douglas escrevendo um texto dissertativo


simplificado: TEXTO DISSERTATIVO ARGUMENTATIVO
 Infográfico com todos articuladores do MEC: ARTICULADORES DO
MEC
 Infográfico 6 Tipos de citação mais comuns, você só precisa
delas: INFOGRÁFICO TIPOS DE CITAÇÃO
 Vídeo mostra qual momento para realizar citação: QUANDO USAR
CITAÇÕES

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


80

EXEMPLO 1:
Como bem nos assegura Dangelo e Fattini (2007), pode-se dizer que a laringe é um órgão
tubular, nesse contexto fica claro que está situado na parte anterior do pescoço, vulgarmente
entendido como frente do pescoço. O mais importante, contudo é constatar que esse órgão
tem dupla função, não é exagero afirmar que esses conceitos são aspectos gerais desse órgão,
por conta de sua complexidade. Em todo esse processo pode-se dizer de forma resumida que
a laringe também é responsável pela fonação, ou seja, da produção do som. É interessante,
aliás, afirmar que existem brônquios para os lobos superior, médio e inferior para o pulmão
direito, e superior e inferior para o esquerdo, mas há alguns fatores que se sobrepõe como,
falar um pouco mais sobre a estrutura da traqueia e do brônquio.

EXEMPLO 2:
O Perfil dos profissionais de Engenharia Civil é, portanto, saber se expressar, comunicando de
forma eficaz as suas ideias e resultados de seu trabalho. Afinal quem não consegue se
comunicar de forma eficiente pode estar revelando de fato alguma insegurança no assunto
tratado, por isso é importante conhecer bem a parte técnica, mas também ter uma boa relação
interpessoal. Dolabela (2008) deixa claro que para exercício da profissão de engenheiro no
País, observando as condições de capacidade e demais exigências legais, é necessário ter
diploma de faculdade ou escola superior de engenharia, reconhecidas, estar devidamente
confirmado e registrado no País.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


81

BLOCO 3 - OPINIÃO DO ALUNO SOBRE A CITAÇÃO

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo dissertado pelo
aluno (suas palavras ou opinião dissertativa) sobre a citação no parágrafo
anterior. (Usar terceira pessoa)

Veja a explicação em vídeo nesse link:


https://youtu.be/dzXe4m_q3Ew
Esse bloco é uma argumentação, por isso é importante mostrar fatos,
argumentos, estatísticas e etc. CLIQUE AQUI PARA APRENDER MAIS SOBRE
ARGUMENTAÇÃO

Caso não tenha esse conteúdo, então fale bastante sobre o ponto de vista dos
autores das citações anteriores.

Este bloco está livre de citações, mas caso queira fazer, use citação
indireta e não precisa ser de livros, pode ser de artigos ou sites confiáveis.

Aqui é permitido inserir uma imagem/ilustração para facilitar o entendimento


do leitor (OPCIONAL). Se for inserir uma figura, que seja menor que 1 terço da
folha e faça uma breve introdução a figura e depois dela faça uma
conclusão. CLIQUE AQUI E ASSISTA AO VÍDEO EXPLICATIVO

Exemplo caso opte por inserir uma figura:

Pode-se perceber na ilustração abaixo que ...

(INSERIR FIGURA)

É importante destacar na ilustração acima que....

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


82

COMO ARGUMENTAR - TIPOS DE ARGUMENTOS: (CLIQUE AQUI E BAIXE O


INFOGRÁFICO COMPLETO)

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


83

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto - suas palavras):

É interessante, aliás, [...], mas há m fato que se sobrepõe a [...]. Mesmo


assim, não parece haver razão para que [...]. É sinal de que há, enfim, [...]

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


84

PRÁTICA:
Nesse bloco será necessário argumentar a citação indireta anterior. Utilizar palavras originais
para escrever tudo o que foi compreendido em cinco ou mais linhas. Alguns articuladores
podem ser usados:

 É interessante, aliás [...], mas há um fator que se sobrepões a [...].


 Mesmo assim, não parece haver razão para que [...]. É sinal de que há, enfim, [...].
 Usar 2 elementos da escrita científica: Tópico Frasal e Argumentação;
 As frases de Argumentação e Conclusão é opcional;
 Levantar problema 2;
 Argumentar sobre o problema;
 Argumentar sobre o reflexo do problema na sociedade ou tema da redação;

Você argumenta sobre o que é Marketing. Aqui você pode ir de encontro as crenças limitantes
das pessoas. Exemplo: Para muitos o Marketing é meramente uma palavra bonita e não
relacionam com resultados. Geralmente é esquecido pelos empreendedores, isso é um fator
contribuinte para a falência da mesma. Etc...Estou argumentando sobre o que é
marketing e sua importância, percebeu?

MATERIAIS:

 Infográfico explica como argumentar. 4 ETAPAS PARA


DISSERTAÇÃO PERFEITA
 Vídeo mostra como inserir ilustração no Word: INSERIR ILUSTRAÇÃO
NO WORD
 Infográfico mostra 9 tipos de argumentação: 9 TIPOS DE
ARGUMENTAÇÃO

EXEMPLO 1:
Conforme explicado acima é interessante, aliás, afirmar que a laringe também é responsável pela
fonação, mas há alguns fatores que se sobrepõe como, as medidas da laringe que o tamanho varia
entre homens e mulheres e a estrutura, mesmo assim não parece haver razão para discordar que
esses fatores também são aspectos gerais da laringe, é sinal de que o autor não fala sobre todos os
aspectos gerais. Conforme citado acima que a operação para traqueostomia, não pode ser feita em outro
local a não ser 1 cm abaixo da cartilagem cricoide.

EXEMPLO 2:
Desde o início das coletas de informações sobre cursos a distância em 2000, nota-se o crescimento
constante, abrangendo uma parte significativa na educação superior brasileira. Conforme explicado
acima, ainda com o referencial publicado no final de outubro de 2011 em que os cursos presenciais
atingem os totais de 3.958.544 matrículas de bacharelado, 928.748 de licenciatura e 545.844 matrículas
de grau tecnológico. A educação a distância, por sua vez, soma 426.241 matrículas de licenciatura,
268.173 de bacharelado e 235.765 matrículas em cursos tecnológicos.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


85

BLOCO 4 - CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO AUTOR DIFERENTE

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo citado sobre o
assunto em livros,sites,revistas, periódicos e etc.(Autor diferente da primeira
citação também citação indireta) Isso quer dizer que terá que empregar a
ideia do autor com suas palavras.

Veja a explicação desse bloco em vídeo no link abaixo:

https://youtu.be/3xw8N30bf98

Assista a esse vídeo para obter mais informação sobre como encontrar fontes
confiáveis:

https://youtu.be/1JPMEvsh4OM?list=PL-VQG7CpKGghTd9rlhIb-
bT_av9HbNJ_2

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto):

Conforme verificado, [...]. Trata-se inegavelmente de [...], seria um erro,


porém, atribuir [...]. Assim, reveste-se de particular importância [...]. Sob
essa ótima, ganha particular relevância [...]

PRÁTICA:

Nesse bloco é preciso colocar uma citação direta de livros e autor


diferentes sobre "Para que serve o Marketing". Em livros e periódicos
há uma grande chance de encontrar.

 Pegue um livro diferente do usando anteriormente que fale também


sobre Marketing (tema do seu capitulo) e procure algum trecho que fale
sobre "Para que serve o Marketing".
 Leia o trecho, interprete e escreva o que lembrar.
 Use 2 frases no parágrafo: Tópico e Sustentação.
 Frases com 3 linhas cada.

Perceba que todos os parágrafos aqui abaixo, estão tratando do que foi falado no
primeiro parágrafo que é o Tópico Frasal. É como se fosse sua introdução e os demais
parágrafos trabalham o que foi dito ali.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


86

MATERIAIS:

 Vídeo mostra uma série de sites confiáveis para citar a internet: SITES
CONFIÁVEIS
 Artigo do blog mostra como realizar citações: 6 TIPOS DE CITAÇÃO
MAIS COMUNS
 Artigo do bloco mostra como citar: USO CORRETO DAS
REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

EXEMPLO 1:
Conforme Gray (1998), a laringe possui nove cartilagens, entre elas a tiroide, trata-se inegavelmente da
maior cartilagem da laringe. O autor deixa claro e; seria um erro, porém, não atribuir a proeminência
laríngea (conhecida vulgarmente como pomo-de-dão), assim reveste-se de particular
importância lembrar que esta proeminência é destacada na parte cranial, maior nos homens do que em
mulheres.

EXEMPLO 2:
No portal do MEC o autor deixa claro que o Brasil tem 6,5 milhões de universitários, sendo 6,3 milhões
em cursos de graduação e 173 mil na pós-graduação. Em relação a 2009 o crescimento das matriculas
para 2010 foi de 7,1%. De acordo com o ministro da Educação, a década 2001-2010 fecha mais do que
dobrando o número de universitários no país (PORTAL DO MEC, 2011).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


87

BLOCO 5 - OPINIÃO DO ALUNO - CRUZAR OPINIÕES DOS AUTORES

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo dissertado pelo
aluno (suas palavras e argumentos). Cruze as opiniões dos autores acima.

 Suas palavras cruzando opiniões de 2 autores sobre o tema;


 Citação direta curta de um dos autores ou dos dois;
 Use 2 frases do método TSAC - Argumentação e Sustentação;
 Cada frase com no máximo 3 linhas.

Citação direta curta basta pegar um trecho do autor com até 3 linhas para
complementar o texto.

É permitida citação indireta ou direta curta (até três linhas). Se for citar,
pode usar fontes como artigos, sites e etc, não é obrigatório livros
nesse bloco.

Esse bloco é uma argumentação, por isso é importante mostrar fatos,


argumentos, estatísticas e etc. CLIQUE AQUI PARA APRENDER MAIS SOBRE
ARGUMENTAÇÃO

Caso não tenha esse conteúdo, então fale bastante sobre o ponto de vista dos
autores das citações anteriores.

Veja a explicação desse bloco em vídeo no link abaixo:

https://youtu.be/5wfNyAYfRq0

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto):

Pode-se dizer que [...]. Neste contexto, fica claro que [...]. O mais
preocupante, contudo, é constatar que [...]. Não é exagero afirmar que [...]
é importante que [...]. Assim, preocupa o fato de que [...], isso porque [...]

PRÁTICA:

Nesse bloco a citação anterior deve ser argumentada e suas ideias


cruzadas com a primeira. Tudo em cinco linhas ou mais.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


88

Você vai pegar o "que é Marketing" vs "Para que serve" e fazer um cruzamento das
ideias dos autores. A ideia é argumentar, mas esse tipo de prática é bem complexa se
explicada a fundo, por isso a forma mais simples de argumentar é cruzar opiniões. Faça isso e
terá grande resultado.

Exemplo 1 - AS - Argumentação e sustentação:


Afirmou o ministro, lembrando que o sistema está em forte expansão - o ano de 2010
fechou com cerca 6,5 milhões de universitários. Ficou claro que queremos continuar
promovendo a expansão, a interiorização dos cursos, "a educação a distância, os cursos
superiores de tecnologia, contudo vamos fazer isso com o rigor que o Sinaes [Sistema
Nacional de Avaliação da Educação Superior] exige" (MEC,2018, p. 15).

Exemplo 2 com articuladores do MEC - AAAS - 3 argumentos


curtos e uma sustentação:
O autor deixa claro o livro do Henry Gray é bastante complexo, pois especifica a
estrutura, o formato e vários outros aspectos das cartilagens. Nesse contexto, fica
claro que no livro do Dangelo e Fattini é menos complexo, pois não aborda todo o
conteúdo necessário. O mais preocupante, contudo, é constatar que o Gray relata com
complexidade todas as cartilagens e estruturas da laringe. É importante
que estudantes procurem outras fontes de pesquisa, assim, não se baseiem somente
em uma fonte. "Essa articulação é descrita como sinovial plana" (GRAY, 1998, p. 99).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


89

BLOCO 6 – OBJETIVO E EXPLORAÇÃO DO ASSUNTO

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 4 a 5 linhas com conteúdo escrito


100% pelo o aluno de preferência e com citação indireta apenas.

Explicação desse bloco em vídeo no link abaixo:

https://youtu.be/E0X3Qq9jt7c

Leia um trecho do livro onde você encontre aspectos como:

 OBJETIVO
 EXPLORAÇÃO
 FRAQUEZAS
 VIRTUDES

Agora, pense consigo sobre isso e faça uma afirmação forte.

Tipo: A engenharia social é a técnica que explora as fraquezas humanas e


sociais, nesse sentido, pode-se dizer que seu objetivo é enganar as
pessoas. Tem um potencial devastador para as organizações despreparadas
de uma política de segurança adequada e uma conscientização dos
funcionários.

Você vai fazer isso, pois no bloco seguinte, usará o trecho que você leu para
te sustentar.

Aqui é permitido inserir uma imagem/ilustração para facilitar o entendimento


do leitor (OPCIONAL). Se for inserir uma figura, que seja menor que 1 terço da
folha e faça uma breve introdução a figura e depois dela faça uma
conclusão. CLIQUE AQUI E ASSISTA AO VÍDEO EXPLICATIVO

Exemplo caso opte por inserir uma figura:

É importante destacar na ilustração abaixo que....

(INSERIR FIGURA)

Pode-se perceber na ilustração acima que ...

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


90

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto):

Ora, em tese, [...]. Caso contrário, [...]. Não se trata de [...],lamentavelmente, [...]. É
importante considerar que [...], seja porque [...], seja nesse caso [...]. Julgo pertinente
trazer à baila [...]

PRÁTICA:
Aqui, o pupilo deve dizer a elucidação "Por que Marketing é importante" de acordo
com suas palavras, sem o uso de citações externas. Com isso a banca poderá
averiguar o que foi aprendido.

 Use de 2 à 4 frases do método TSAC.


 De preferência AS - Argumentação e Sustentação.
 Aqui 6 linhas está de bom tamanho.

Você pode dizer: Por que o Marketing é importante? Se


você está falando sobre Marketing, então diga o
porquê é importante para o leitor.

EXEMPLO 1 - TSC - Tópico, Sustentação e Conclusão:

As cartilagens corniculadas são nódulos de cartilagem elástica. Conforme Gray (1998) a epiglote
tem formato de uma folha, por exemplo, a extremidade é larga e arredondada, a parte fixa é unida
pelo ligamento tiroepiglótico na face anterior é ligada na borda cranial ao osso hioide por um
tecido elástico que é o ligamento hioepiglótico. Conforme explicado acima, as cartilagens
cuneiformes são alongadas e elásticas se encontram do lado da prega ariepiglótica.

EXEMPLO 2 - TS - Tópico e Sustentação:

Conforme explicado acima, a engenharia social é a técnica que explora as fraquezas humanas e sociais,
nesse sentido, pode-se dizer que seu objetivo é enganar as pessoas. Tem um potencial devastador para
as organizações despreparadas de uma política de segurança adequada, por exemplo, uma
conscientização dos funcionários (JOBS, 2010).

EXEMPLO e - TAAAS - Tópico, 3 Argumentos e Sustentação:

Ora, em tese, a laringe, além da tiroide tem mais oito cartilagens, que são as duas aritenoides, duas
cuneiformes, duas corniculadas, a cricoide e a epiglote. É importante considerar que a cricoide é a menor
cartilagem e a mais grossa, tem duas partes, a lâmina da cricoide e o arco anterior. A cartilagem
aritenoide se encontra na borda cranial da cartilagem cricoide e tem forma de uma pirâmide. Conforme
explicado acima, as cartilagens cuneiformes são alongadas e elásticas se encontram do lado da prega
ariepiglótica. A epiglote tem formato de uma folha, por exemplo, a extremidade é larga e arredondada, a
parte fixa é unida pelo ligamento tiroepiglótico na face anterior é ligada na borda cranial ao osso hioide
(GRAY, 1998).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


91

BLOCO 7 – SUSTENTAÇÃO DO OBJETIVO DO ASSUNTO

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 e no máximo 8 linhas com


conteúdo extraído 100% do material bibliográfico, de preferencia, livro.

Assista a explicação desse bloco no link abaixo:

https://youtu.be/VdW8E1YzwYI

Regras para citação direta:

Fará uma citação direta. Nesse sentido, você reescreverá o trecho do livro
nesse bloco.

Esse parágrafo é uma sustentação do tópico


anterior, deve ter relação com o texto do bloco
anterior. Deve sustentar o que você disse
anteriormente.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


92

PRATICA:

Citação direta sobre a importância do tema. Essa deve ser de livros,


conter no máximo oito linhas e responder a seguinte pergunta: por que o
tema é importante?

 Transcreva igualzinho está no livro.


 Não ultrapasse 8 linhas.

Você falou qual a importância do Marketing no parágrafo anterior, mas lembra


que foi solicitado com suas palavras ? então, um texto com mais de 8 linhas
sem embasamento enfraquece seu TCC, por isso é preciso que você cite para
dizer "qual sua fonte". Então agora é hora de dizer o mesmo "Por que o
Marketing é importante?", mas fará isso com uma citação. Vasculhe seus
livros de Marketing em busca de algo que fale sobre a importância do mesmo.

MATERIAIS:

 Vídeo mostra como fazer citação direta no Word: CITAÇÃO DIRETA


WORD
 Artigo ilustra como realizar citação direta longa: CITAÇÃO DIRETA
LONGA

EXEMPLO 1:

A engenharia social é a técnica que explora as fraquezas humanas e


sociais, em vez de explorar a tecnologia. Ela tem como objetivo
enganar e ludibriar pessoas assumindo-se uma falsa identidade, a fim
de que elas revelem senhas ou outras informações que possam
comprometer a segurança da organização. Essa técnica explora o
fato de os usuários estarem sempre dispostos a ajudar e colaborar
com os serviços da organização. (NAKAMURA e GEUS, 2007, p. 85).

EXEMPLO 2:

A epiglote está ligada ao osso hióide por uma faixa elástica, o


ligamento hioepiglótico que se estende da face anterior da epiglote
para a borda superior do corpo do osso hióide. O ligamento
tiroepiglótico é um cordão elástico longo e delgado que liga o pecíolo
da epiglote com o ângulo da cartilagem tiróide, imediatamente abaixo
da incisura tiróidea superior, cranialmente à inserção dos ligamentos
ventriculares. (GRAY,1988,p. 919 e 920).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


93

BLOCO 8 – ARGUMENTAÇÃO SOBRE O OBJETIVO DO ASSUNTO

EXPLICAÇÃO:

Esse parágrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo escrito 100%
pelo o aluno de preferência sem citações de nenhuma espécie.

Esse bloco é argumentativo, você continua a falar sobre a citação direta


acima, foque em falar do ponto central da citação.
AQUI VOCÊ RESPONDE UMA PERGUNTA OCULTA DO LEITOR: POR QUE VOCÊ
ESTÁ DIZENDO ISSO (bloco anterior)?

Meu foco no exemplo abaixo é sempre falar a importância e o motivo pelo


qual fiz a citação do bloco anterior. Mencione a citação anterior no começo
do parágrafo.

Assista ao vídeo explicativo desse bloco nesse link:

https://youtu.be/zjPa2ZwEjKA

PRATICA:

 Leia a citação direta do bloco anterior.


 Destaque 3 pontos importantes.
 Fale sobre eles, discuta sobre eles.
 Nesse bloco você tem liberdade para concordar ou discordar do autor,
lembrando sempre que deve ser usado um ponto de vista dissertativo
argumentativo. Faça este parágrafo com 3 frases curtas.
 Cada frase do parágrafo não pode ultrapassar 20 palavras.
 Use de 2 à 3 itens do método TSAC - TAA (Tópico, Argumentação e outra
Argumentação).
 Seu foco é falar da citação do parágrafo anterior.
 Na primeira frase faça uma introdução ao que o autor quis dizer.
 Na segunda frase, mencione basta frisar um ponto importante da citação do
parágrafo anterior.
 Na terceira frase, veja se outro autor concorda ou discorda, o importante é achar
algo para comentar, pode ser positivamente ou negativamente.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


94

EXEMPLO 1:
O autor deixa claro na citação acima que o foco da engenharia social são as fraquezas
humanas e sociais. Esse é o motivo pelo qual é importante frisar esse ponto, uma vez que,
uma pequena falha pode comprometer a segurança da organização. Conforme citado
acima a única forma conhecida de resolver esse problema é conscientização dos
funcionários, fazendo assim com que não caiam nessas armadilhas e acabem
prejudicando os serviços da organização.

EXEMPLO 2:
O autor deixa claro na citação acima que os dois ligamentos são elásticos, porém um tem
formato de cordão e o outro formato de faixa ligado em pontos diferentes. Esse é o motivo
pelo qual é importante frisar esse ponto, uma vez que um ligado no osso hioide e o outro
no pecíolo da epiglote. Conforme citado acima a única forma de diferenciar esses dois
ligamentos são observados onde os mesmos estão ligados.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


95

BLOCO 9 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO – CONCLUSÃO

EXPLICAÇÃO:

Esse parágrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo dissertado pelo
aluno(suas palavras ou opinião dissertativa) concluindo tudo que foi
apresentado no trabalho.

 Permitido uma citação direta curta (até 3 linhas) ou indireta.

Veja o vídeo explicativo desse bloco nesse link:

https://youtu.be/vSdz7_EqzyM

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto):


Esses dados revelam muito mais do que [...]
Fica evidente, diante desse quadro [...]
Espera-se, dessa forma, [...]
Nesse ritmo, é apenas questão de tempo, de pouco tempo, para [...]
Vê-se, pois, que essa realidade [...]
Mesmo assim, não parece haver razão para que [...]
Por todas essas razões, [...]
É preciso ressaltar que, [...]

PRÁTICA:

A conclusão deve ser feita em três frases. Concluir sobre a definição,


sobre para que serve e sobre a importância para a sociedade em geral.

Em resumo, é durante o referencial teórico que se introduzem o que é preciso


saber para se entender o assunto TCC. Em seu interior são mencionados
pensamentos de autores que falam sobre ele em suas obras para comprovar o
que é afirmado. É de fundamental importância que ele seja confeccionado,
pois não se sabem quem irá analisá-lo no futuro.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


96

EXEMPLO 1:
Fica evidente, diante desses dados alguns questionamentos, qual a função da laringe? Quais
as doenças da laringe? A laringe possui algum músculo? Quais são? Não cabe, portanto,
traçar, um método para responder esses questionamentos. A laringe impede a passagem de ar
e a passagem de alimentos para a via respiratória durante a deglutição. Possuem algumas
doenças que são mais comuns, como o câncer de laringe, a laringite, a laringo malácia,
nódulos nas cordas vocais.

A laringe possui músculos, alguns deles são o


músculo tireoaritenoideo,cricoaritenoideo posterior,cricotireoideo, cricoaritenoideo lateral, ariten
oideo. A única forma de diferenciar esses dois ligamentos é observando onde os mesmos
estão ligados.

EXEMPLO 2:
Conforme verificado, que os pulmões tem bordas, então qual é a borda inferior fina e afiada e a
borda inferior fina e afiada também, porém, fica sobreposta na face do coração e pericárdio, os
lobos separam-se por fissuras, trata-se inegavelmente da fissura oblíqua do pulmão esquerdo
que separa o lobo inferior dos lobos superior e médio, e a fissura horizontal que separa o lobo
superior do médio. Seria um erro, porém, não atribuir a fissura oblíqua do pulmão esquerdo
que separa o lobo superior do inferior. Assim reveste-se de particular importância o segmentos
bronco pulmonares no qual são denominados de acordo com a posição dos lobos.

EXEMPLO 3:
Sendo assim, habitualmente, os recém-formados atuam mais nas áreas de operação,
manutenção ou construção. Considerando seus campos de atuação e suas preferências
pessoais, costumam a atuar nas áreas administrativas ou de desenvolvimento, nos mais
diversos locais de trabalho.

Dessa forma os engenheiros se tornam ativos, e contribuem de forma imprescindível para a


resolução de problemas, dentro de sete ou dez anos, tempo esse que é resultado da soma dos
conhecimentos adquiridos na graduação e o da experiência profissional. Podendo assim,
contribuir de forma positiva para sua carreira profissional. Com diploma de faculdade ou escola
estrangeira de ensino superior de engenharia ou estar com o titulo de registro temporário e ter
o registro no Conselho Regional Nacional.

“ Você pode repetir essa sequência de


blocos até chegar ao número de
desejado páginas para o capítulo. ”

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


97

EXEMPLO

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


98

Podemos imaginar a laringe como se fosse um filtro de água, porém com o ar, assim como o filtro elimina
as impurezas da água a laringe funciona de modo similar, uma vez que ela não deixa partículas estranhas
passar para a faringe. Podemos identificar outras funções além de proteção, nesse sentido temos
também a sua função responsável pela voz, a mesma está ligada a traqueia e a faringe.

Como bem nos assegura Dangelo e Fattini (2007), pode-se dizer que a laringe é um órgão tubular, nesse
contexto fica claro que está situado na parte anterior do pescoço, vulgarmente entendido como frente do
pescoço. O mais importante, contudo é constatar que esse órgão tem dupla função, não é exagero
afirmar que esses conceitos são aspectos gerais desse órgão, por conta de sua complexidade. Em todo
esse processo pode-se dizer de forma resumida que a laringe também é responsável pela fonação, ou
seja, da produção do som.

É interessante, aliás, afirmar que a laringe também é responsável pela fonação, mas há alguns fatores
que se sobrepõe como, as medidas da laringe que o tamanho varia entre homens e mulheres e a
estrutura, mesmo assim não parece haver razão para discordar que esses fatores também são aspectos
gerais da laringe, é sinal de que o autor não fala sobre todos os aspectos gerais.

Conforme verificado, a laringe possui nove cartilagens, entre elas a tiroide, trata-se inegavelmente da
maior cartilagem da laringe. Seria um erro, porém, não atribuir a proeminência laríngea (conhecida
vulgarmente como pomo-de-adão). Assim reveste-se de particular importância lembrar que esta
proeminência é destacada na parte cranial, maior nos homens do que em mulheres. Sob essa ótica,
ganha particular relevância que essa cartilagem é constituída de duas lâminas de formas irregulares
quadriláteras, a mesma tem seus ângulos posteriores prolongado nos processos chamados cornos
superior e inferior.(GRAY,1988)

Pode-se dizer que: o livro do Henry Gray é bastante complexo, pois especifica a estrutura, o formato e
vários outros aspectos das cartilagens. Nesse contexto, fica claro que no livro do Dangelo e Fattini é
menos complexo, pois não aborda todo o conteúdo necessário. O mais preocupante, contudo, é constatar
que o Gray relata com complexidade todas as cartilagens e estruturas da laringe. Não é exagero afirmar
que o livro do Dangelo e Fattini é resumido em relação ao do Gray. É importante que estudantes
procurem outras fontes de pesquisa e não se baseiem somente em uma fonte.

Ora, em tese, a laringe, além da tiróide tem mais oito cartilagens, que são as duas aritenoides, duas
cuneiformes, duas corniculadas, a cricóide e a epiglote. É importante considerar que a cricóide é a menor
cartilagem e a mais grossa, tem duas partes, a lâmina da cricóide e o arco anterior. A cartilagem
aritenoide se encontra na borda cranial da cartilagem cricóide e tem forma de uma pirâmide. As
cartilagens corniculadas são nódulos de cartilagem elástica. As cartilagens cuneiformes são alongadas e
elásticas se encontram do lado da prega ariepiglótica. A epiglote tem formato de uma folha, a extremidade
é larga e arredondada, a parte fixa é unida pelo ligamento tiroepiglótico na face anterior é ligada na borda
cranial ao osso hióide por um tecido elastico que é o ligamento hioepiglóteo.

A epiglote está ligada ao osso hióide por uma faixa elástica, o ligamento
hioepiglótico que se estende da face anterior da epiglote para a borda
superior do corpo do osso hióide. O ligamento tiroepiglótico é um cordão
elástico longo e delgado que liga o pecíolo da epiglote com o ângulo da
cartilagem tiróide, imediatamente abaixo da incisura tiróidea superior,
cranialmente à inserção dos ligamentos ventriculares. (GRAY,1988,p. 919 e
920)

O autor deixa claro na citação acima que os dois ligamentos são elásticos, porém um tem formato de
cordão e o outro formato de faixa ligado em pontos diferentes. Esse é o motivo pelo qual é importante
frisar esse ponto, uma vez que um ligado no osso hióide e o outro no pecíolo da epiglóte. A única forma
de diferenciar esses dois ligamentos é observando onde os mesmos estão ligados.

Diante desses dados, cabem alguns questionamentos, qual a função da laringe? Quais as doenças da
laringe? A laringe possui algum musculo? Quais são? Não cabe, portanto, traçar, um método para
responder esses questionamentos. A laringe impede a passagem de ar e a passagem de alimentos para
a via respiratória durante a deglutição. Possuem algumas doenças que são mais comuns, como o câncer
de laringe, a laringite, a laringomalácia, nódulos nas cordas vocais. A laringe possui músculos, alguns
deles são o músculo tireoaritenóideo, cricoaritenóideo posterior,
cricotireóideo, cricoaritenóideo latera,aritenóideo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


99

CAPÍTULO CONCEITUAR TEMA – 1 FOLHA


Em muitos casos, o capitulo básico pode ser complementado para obtenção de mais laudas.
Aqui segue um modelo para ser usado como complemento do capítulo básico.

Nesse caso, você continuará a partir da conclusão do capitulo básico, bem abaixo como se
fosse continuar.

Se sua conclusão do capítulo básico fechar todo


o arco de pensamento, nesse caso você deixa
sua conclusão para o final desse complemento,
não tem problema.

BLOCO 1 – CONCEITO E EMBASAMENTO DO CAPITULO


Esse modelo de capítulo é bastante utilizado, pois no referencial teórico é necessário conceitos
e definições do que pretende discutir.

Nesse caso esse capítulo tem uma estrutura simples para que você o
faça bem coeso.

Aqui você deve de 5 a 7 linhas conceituar o item principal desse capítulo,


como por exemplo: Se estivermos falando de AOM, temos que ter
consciência de que o leitor não sabe o que significa e não presumir que ele
sabe, apenas pelo simples motivo que sabemos. Pode ser algo simples, sempre
deve ser conceituado.

Uma monografia tem que ser simples para que qualquer leitor consiga saber
sobre o que estamos falando.

O que fazer:

 Seu parágrafo precisa ter 2 frases;


 Cada frase com no mínimo 20 palavras e no máximo 30;
 A primeira frase conceitua o tema do titulo do capitulo;
 A segunda frase será uma citação direta curta embasando o que falou
na frase anterior.

Abaixo segue o modelo do que você deve colocar nesse bloco:


Adaptive Object Model (AOM) é um padrão arquitetural para sistemas que demandam
alta capacidade de adaptação a novos contextos ou requisitos. Para tanto,
"AOM propõe que as partes adaptáveis dos sistemas interpretem os metadados em
tempo de execução" (SCHASH, 2009, p. 15).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


100

BLOCO 2 – EXEMPLO DO QUE FOI CONCEITUADO


Esse bloco você continuará a ideia do parágrafo anterior.

Para que o leitor associe o que foi conceituado com algo mais tangível, faça
um exemplo do que foi conceituado.

O que fazer?

 Faça um parágrafo com 2 frases;


 A primeira exemplifique sobre o que falou no parágrafo anterior.
Importante dar um exemplo de fácil entendimento;
 Segunda frase tente dar um tom de explicação prática. Como
funcionaria na prática?
 Terceira frase uma citação indireta sobre tudo o que foi dito
anteriormente;
 Ficará um capitulo TS - Tópico e sustentação.

Exemplo do que escrever nesse bloco - TS - Tópico e Sustentação:


É possível verificar, por exemplo, as informações de que entidades são armazenadas e quais
as suas propriedades podem ser alteradas dinamicamente, de acordo com o estado dos
metadados estruturais. É realmente difícil indicar quando ou não usar o AOM para resolver o
seu problema, mas esta é uma abordagem indicada, quando você precisa dar liberdade para o
usuário definir propriedades de uma entidade e seus valores sem precisar mexer com código
(JMINE, 2014).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


101

BLOCO 3 – CITAÇÃO DIRETA SOBRE IMPORTÂNCIA


Nesse bloco você diz algo sobre o uso do que foi conceituado.

O que fazer?

 Procure no livro um trecho que fale sobre o uso, importância, objetivo,


para que serve como usar e etc e faça uma citação direta longa;
 Essa citação é obrigatória informar a pagina, por isso, o ideal que seja
de livro.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Imagine um sistema de ERP que guarda e transmite informações de venda
de um e-comerce para a Receita Federal. O mesmo pode ser afirmado para
os relatórios contábeis enviados para as prefeituras de cada cidade, cada
uma impõe um conjunto de restrições e obrigações. As informações enviadas
à receita ou a cada prefeitura pode ser armazenado usando ORM, assim,
alterações em como cada entidade é armazenada e transmitida podem ser
aplicadas de uma forma relativamente simples, sem a necessidade de
deploy. (JMINE, 2004, p. 3).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


102

BLOCO 4 – ARGUMENTAÇÃO SOBRE AS POSSIBILIDADES

Nesse bloco foque falar sobre as possibilidades e limitações do que foi


conceituado.

Como se fossem pontos fortes e pontos fracos.

O que fazer?

 Procure focar seu texto na citação direta do bloco anterior;


 Mencione que você está falando da citação anterior;
 Encontre pontos fortes e fracos no texto da citação direta anterior e
argumente sobre eles;
 Use 2 frases nesse parágrafo AS - Argumentação e Sustentação;
 A segunda frase deve ser uma citação indireta ou direta curta.
 Use articuladores;

Articuladores:
Conforme citado acima, pode-se dizer que [...]. Neste contexto, fica claro que [...]

Conforme mencionado pelo autor, é interessante, aliás, [...], mas há um fato que se
sobrepõe a [...]

Conforme explicado acima, trata-se inegavelmente de [...], seria um erro, porém,


atribuir [...]

O autor deixa claro que [...]. É preciso, porém, ir mais além [...]

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Conforme citado acima, pode-se dizer que o AOM possibilita a criação de um sistema com um
nível a mais de interação com o usuário, que pode personalizar seu sistema no que tange
desde a forma de exibição de sua GUI até as regras que são executadas pela lógica de
negócio. Neste contexto, fica claro que "[...] permite que a adaptação seja realizada até mesmo
por usuários que não tenham conhecimento em desenvolvimento de sistemas, desde que
tenham domínio sobre o negócio." (JMINE, 2004, p. 3).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


103

BLOCO 7 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO – CONCLUSÃO

EXPLICAÇÃO:

Esse parágrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo dissertado pelo
aluno(suas palavras ou opinião dissertativa) concluindo tudo que foi apresentado no
capítulo.

Permitido uma citação direta curta (até 3 linhas) ou indireta.

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto):


Esses dados revelam muito mais do que [...]
Fica evidente, diante desse quadro [...]
Espera-se, dessa forma, [...]
Nesse ritmo, é apenas questão de tempo, de pouco tempo, para [...]
Vê-se, pois, que essa realidade [...]
Mesmo assim, não parece haver razão para que [...]
Por todas essas razões, [...]
É preciso ressaltar que, [...]

PRÁTICA:

A conclusão deve ser feita em três frases. Concluir sobre a definição,


sobre para que serve e sobre a importância para a sociedade em geral.

Em resumo, é durante o referencial teórico que se introduzem o que é preciso


saber para se entender o assunto TCC. Em seu interior são mencionados
pensamentos de autores que falam sobre ele em suas obras para comprovar o
que é afirmado. É de fundamental importância que ele seja confeccionado,
pois não se sabem quem irá analisá-lo no futuro.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Espera-se, dessa forma, o que hoje é formalmente conhecido como Adaptive Object Model é uma técnica
de desenvolvimento que permite descrever entidades usando instâncias e não usando somente classes,
por assim dizer. A vantagem desta abordagem é dar liberdade para que o cliente crie ‘tipos’ e ‘instâncias’
destes tipos de uma forma estruturada, tornando desnecessária a criação de centenas de classes e
diminuindo, consequentemente, a complexidade do código de negócio.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


104

CAPITULO PEQUENO - SUBCAPÍTULO - 1 FOLHA


BLOCO 1 – TÓPICO FRASAL DO TEMA DO CAPITULO

O QUE FAZER?

O primeiro parágrafo deve conter de 2 a 4 frases. Cada uma das frases segue
uma regra. Apenas a frase da conclusão pode ser saltada, contudo todas as
outras devem estar presentes neste primeiro parágrafo.

 Esse bloco é hora de afirmar algo sobre o tema;


 Contextualizar o tema para o leitor;
 Inserir uma Tese sobre a contextualização ou tema, isso significa
levantar um ponto de vista sobre o tema;
 4 frases em um mesmo parágrafo, cada um representando uma regra de
escrita;
 Frases curtas com no máximo 2 linhas cada;
 A ordem das frases pode inverter a sustentação com a argumentação;
 Pode ter frases sem conclusão ou argumentação;
 As 2 frases obrigatórias são Tópico Frasal e a Sustentação (TS -
Tópico Frasal e Sustentação);
 No tópico frasal também pode ter uma citação indireta que finalize a
frase, nunca no começo, exemplo correto: Bla Bla Bla
(SILVA,2015). Errado: Para Silva (2015) Bla Bla Bla;
 Neste parágrafo não será necessário o bloco Conclusão.

EXEMPLO - TS - Tópico Frasal e Sustentação:


Podemos imaginar a laringe como se fosse um filtro de água porém com o ar, assim como
o filtro elimina as impurezas da água a laringe funciona de modo similar, uma vez que ela
não deixa partículas estranhas passar para a faringe. "A laringe funciona de modo similar,
uma vez que ela não deixa partículas estranhas passar para a faringe" (GRAY,1988, p.
50).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


105

BLOCO 2 - CITAÇÃO INDIRETA DE LIVRO

EXPLICAÇÃO:
Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo citado sobre o assunto
escolhido extraído de um livro.(apenas livro vai valer citação indireta) Isso
quer dizer que terá que empregar a ideia do autor com suas palavras.

É importante que você leia o bloco anterior e veja se você fez


alguma afirmação que carece de fonte, pois caso tenha feito, essa
citação tem que embasar a afirmativa.
Busque uma palavra no bloco anterior que você considera a mais
importante, então leia o conceito dela em um livro, depois escreva
com suas palavras o que entendeu e lembre-se de citar o autor.

Vamos supor que no bloco anterior você disse que o engenheiro civil tem que
ter desenvoltura e ser um bom comunicador. (veja que é uma afirmativa).

Quando a banca se depara com esse tipo de afirmativa sem citação, logo será
perguntado: Onde está a fonte da informação?

Por esse motivo o parágrafo seguinte (bloco atual) deve embasar o que foi afirmado
no tópico frasal. (Tenha essa preocupação)

PRATICA:

É preciso colocar uma citação indireta sobre o assunto: "O que é Marketing"
onde Marketing é o tema do seu capitulo. Leia, então interprete e escreva o
que lembrar.

 Pegue o livro de Marketing que você usou no primeiro bloco e procure


pelo que seja a resposta para "O que é Marketing?" onde Marketing é o
tema principal do seu capitulo.
 Leia o texto, interprete e escreva. Veja o vídeo que ensino fazer isso,
tem um link abaixo em "Materiais".
 O parágrafo precisa ter 2 frases obrigatórias: Tópico Frasal e
sustentação;
 Os elementos argumentação e conclusão são opcionais;
 Agora que o Tópico Frasal não é o primeiro parágrafo do capítulo,
pode começar com citação indireta;
 Levantar um problema;
 Mostrar reflexos que o problema causa;

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


106

Primeira frase: Reafirme o que foi concluído no parágrafo anterior;


Segunda frase: Cite um autor para sustentar o ponto de vista;
Junte as 2 frases transformando em um parágrafo bem feito.
Essa citação é importante que seja de livro, por que professor
Douglas?
R: No parágrafo anterior você acabou de realizar afirmativas que carecem de citação,
por esse motivo, sua primeira citação tem que ser forte. Fontes de livros são
consideradas embasamentos fortes. Por isso, não use sites, artigos e outras fontes
para embasar o primeiro parágrafo a não ser livros.

EXEMPLO:
O Perfil dos profissionais de Engenharia Civil é, portanto, saber se expressar, comunicando de
forma eficaz as suas ideias e resultados de seu trabalho. Afinal quem não consegue se
comunicar de forma eficiente pode estar revelando de fato alguma insegurança no assunto
tratado, por isso é importante conhecer bem a parte técnica, mas também ter uma boa relação
interpessoal. Dolabela (2008) deixa claro que para exercício da profissão de engenheiro no
País, observando as condições de capacidade e demais exigências legais, é necessário ter
diploma de faculdade ou escola superior de engenharia, reconhecidas, estar devidamente
confirmado e registrado no País.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


107

BLOCO 3 - ARGUMENTAÇÃO DO ALUNO SOBRE A CITAÇÃO

EXPLICAÇÃO:

Esse paragrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo dissertado pelo
aluno (suas palavras ou opinião dissertativa) sobre a citação no parágrafo
anterior. (Usar terceira pessoa)

Esse bloco é uma argumentação, por isso é importante mostrar fatos, argumentos,
estatísticas e etc. CLIQUE AQUI PARA APRENDER MAIS SOBRE ARGUMENTAÇÃO

Caso não tenha esse conteúdo, então fale bastante sobre o ponto de vista dos
autores das citações anteriores.

Este bloco está livre de citações, mas caso queira fazer, use citação
indireta e não precisa ser de livros, pode ser de artigos ou sites confiáveis.

Aqui é permitido inserir uma imagem/ilustração para facilitar o entendimento


do leitor (OPCIONAL). Se for inserir uma figura, que seja menor que 1 terço da
folha e faça uma breve introdução a figura e depois dela faça uma
conclusão. CLIQUE AQUI E ASSISTA AO VÍDEO EXPLICATIVO

Exemplo caso opte por inserir uma figura:

Pode-se perceber na ilustração abaixo que ...

(INSERIR FIGURA)

É importante destacar na ilustração acima que....

COMO ARGUMENTAR - TIPOS DE ARGUMENTOS: (CLIQUE AQUI E BAIXE O


INFOGRÁFICO COMPLETO)

PRÁTICA:

Nesse bloco será necessário argumentar a citação indireta anterior. Utilizar


palavras originais para escrever tudo o que foi compreendido em cinco ou mais
linhas. Alguns articuladores podem ser usados:

 É interessante, aliás [...], mas há um fator que se sobrepões a [...].


 Mesmo assim, não parece haver razão para que [...]. É sinal de que há,
enfim, [...].
 Usar 2 elementos da escrita científica: Tópico Frasal e
Argumentação;
 Levantar problema 2;
 Argumentar sobre o problema;

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


108

 Argumentar sobre o reflexo do problema na sociedade ou tema da


redação;

Você argumenta sobre o que é Marketing. Aqui você pode ir de encontro as


crenças limitantes das pessoas. Exemplo: Para muitos o Marketing é
meramente uma palavra bonita e não relacionam com resultados. Geralmente
é esquecido pelos empreendedores, isso é um fator contribuinte para a
falência da mesma. Etc...Estou argumentando sobre o que é marketing e
sua importância, percebeu?

EXEMPLO:
Conforme explicado acima é interessante, aliás, afirmar que a laringe também é responsável pela
fonação, mas há alguns fatores que se sobrepõe como, as medidas da laringe que o tamanho varia
entre homens e mulheres e a estrutura, mesmo assim não parece haver razão para discordar que
esses fatores também são aspectos gerais da laringe, é sinal de que o autor não fala sobre todos
os aspectos gerais. Conforme citado acima que a operação para traqueostomia, não pode ser feita
em outro local a não ser 1 cm abaixo da cartilagem cricoide.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


109

BLOCO 4 – CITAÇÃO DIRETA - SUSTENTAÇÃO DO OBJETIVO DO TEMA

PRATICA:

Citação direta sobre a importância do tema. Essa deve ser de livros,


conter no máximo oito linhas e responder a seguinte pergunta: por que o
tema é importante?

 Transcreva igualzinho está no livro.


 Não ultrapasse 8 linhas.

Você falou qual a importância do Marketing no parágrafo anterior, mas lembra


que foi solicitado com suas palavras ? então, um texto com mais de 8 linhas
sem embasamento enfraquece seu TCC, por isso é preciso que você cite para
dizer "qual sua fonte".

Então agora é hora de dizer o mesmo "Por que o Marketing é


importante?", mas fará isso com uma citação. Vasculhe seus livros de
Marketing em busca de algo que fale sobre a importância do mesmo.

MATERIAIS:

 Vídeo mostra como fazer citação direta no Word: CITAÇÃO DIRETA WORD
 Artigo ilustra como realizar citação direta longa: CITAÇÃO DIRETA
LONGA

EXEMPLO:
A engenharia social é a técnica que explora as fraquezas humanas e
sociais, em vez de explorar a tecnologia. Ela tem como objetivo
enganar e ludibriar pessoas assumindo-se uma falsa identidade, a fim
de que elas revelem senhas ou outras informações que possam
comprometer a segurança da organização. Essa técnica explora o
fato de os usuários estarem sempre dispostos a ajudar e colaborar
com os serviços da organização. (NAKAMURA e GEUS, 2007, p. 85).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


110

BLOCO 5 - DISSERTAÇÃO DO ALUNO – CONCLUSÃO

EXPLICAÇÃO:

Esse parágrafo deve conter no mínimo 5 linhas com conteúdo dissertado pelo
aluno(suas palavras ou opinião dissertativa) concluindo tudo que foi apresentado no
capítulo.

Permitido uma citação direta curta (até 3 linhas) ou indireta.

SUGESTÃO:

(troque os colchetes [...] por seu texto):


Esses dados revelam muito mais do que [...]
Fica evidente, diante desse quadro [...]
Espera-se, dessa forma, [...]
Nesse ritmo, é apenas questão de tempo, de pouco tempo, para [...]
Vê-se, pois, que essa realidade [...]
Mesmo assim, não parece haver razão para que [...]
Por todas essas razões, [...]
É preciso ressaltar que, [...]

PRÁTICA:

A conclusão deve ser feita em três frases. Concluir sobre a definição,


sobre para que serve e sobre a importância para a sociedade em geral.

Em resumo, é durante o referencial teórico que se introduzem o que é preciso


saber para se entender o assunto TCC. Em seu interior são mencionados
pensamentos de autores que falam sobre ele em suas obras para comprovar o
que é afirmado. É de fundamental importância que ele seja confeccionado,
pois não se sabem quem irá analisá-lo no futuro.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Espera-se, dessa forma, o que hoje é formalmente conhecido como Adaptive Object Model é uma técnica
de desenvolvimento que permite descrever entidades usando instâncias e não usando somente classes,
por assim dizer. A vantagem desta abordagem é dar liberdade para que o cliente crie ‘tipos’ e ‘instâncias’
destes tipos de uma forma estruturada, tornando desnecessária a criação de centenas de classes e
diminuindo, consequentemente, a complexidade do código de negócio.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


111

EXEMPLO
Avaliar este processo histórico ajuda a entender toda a trajetória da EAD no
País. Compreender isso é um fator muito importante para podermos avaliar se o novo estilo de
ensino é realmente eficaz. Diferenciá-la das demais e tratá-la com preconceito não nos leva a
evolução, porém se olharmos seu potencial sem discriminação, podemos estar apoiando uma
revolução no ensino Brasileiro (SILVA, 2017).

O Perfil dos profissionais de Engenharia Civil é, portanto, saber se expressar, comunicando de


forma eficaz as suas ideias e resultados de seu trabalho. Afinal quem não consegue se
comunicar de forma eficiente pode estar revelando de fato alguma insegurança no assunto
tratado, por isso é importante conhecer bem a parte técnica, mas também ter uma boa relação
interpessoal. Dolabela (2008) deixa claro que para exercício da profissão de engenheiro no
País, observando as condições de capacidade e demais exigências legais, é necessário ter
diploma de faculdade ou escola superior de engenharia, reconhecidas, estar devidamente
confirmado e registrado no País. Com diploma de faculdade ou escola estrangeira de ensino
superior de engenharia ou estar com o titulo de registro temporário e ter o registro no Conselho
Regional Nacional.

É interessante, aliás, afirmar que a laringe também é responsavel pela fonação, mas há alguns
fatores que se sobrepõe como, as medidas da laringe que o tamanho varia entre homens e
mulheres e a estrutura, mesmo assim não parece haver razão para discordar que esses fatores
também são aspectos gerais da laringe, é sinal de que o autor não fala sobre todos os
aspectos gerais. Conforme citado acima que a operação para traqueostomia, não pode ser
feita em outro local a não ser 1 cm abaixo da cartilagem cricoide.

A epiglote está ligada ao osso hióide por uma faixa elástica, o


ligamento hioepiglótico que se estende da face anterior da epiglote
para a borda superior do corpo do osso hióide. O ligamento
tiroepiglótico é um cordão elástico longo e delgado que liga o pecíolo
da epiglote com o ângulo da cartilagem tiróide, imediatamente abaixo
da incisura tiróidea superior, cranialmente à inserção dos ligamentos
ventriculares. (GRAY,1988,p. 920).

Dessa forma os engenheiros se tornam ativos, e contribuem de forma imprescindível para a


resolução de problemas, dentro de sete ou dez anos, tempo esse que é resultado da soma dos
conhecimentos adquiridos na graduação e o da experiência profissional. Podendo assim,
contribuir de forma positiva para sua carreira profissional. Com diploma de faculdade ou escola
estrangeira de ensino superior de engenharia ou estar com o titulo de registro temporário e ter
o registro no Conselho Regional Nacional.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


112

CAPÍTULO HISTÓRICO COM IMAGEM


BLOCO 1 – INTRODUÇÃO AO MARCO HISTÓRICO

Busque uma história em algum dos livros que você está usando como
referência. Escolha de preferência o livro que você usará como base para sua
pesquisa (o principal).

Essa história pode ser qualquer uma que tenha a ver com o seu capítulo.

No exemplo deste bloco, vamos exemplificar como se o capitulo falasse


sobre a história da internet.

Capítulo: A HISTÓRIA DA INTERNET

O que fazer?

 Comece dizendo como tudo começou.


 Use 3 frases neste parágrafo, cada fase com 3 linhas cada.
 Na primeira frase introduza o tema. Conte se o trajeto histórico foi
agradável ou não.
 Segunda frase escolha um marco da história para começar e conte a
partir daí. Deixe claro de onde está começando.
 Terceira frase fale sobre quando, onde e por quem foi criada.

EXEMPLO:

A história da criação e do desenvolvimento da Internet é a história de uma aventura humana


extraordinária. A Internet nasceu com uma proposta de comunicação militar nos Estados Unidos na época
da Guerra Fria. Esta rede foi chamada de ARPANET, criada cm 1969 pela empresa ARPA, Advanced
Research and Projecís Agency. "Agencia de Pesquisas em Projetos Avançados" em português e que hoje
se chama DARPA (The Defense Advanced Research Projects Agency) é um centro de pesquisas
estadunidense com o objetivo de manter a superioridade tecnológica dos estados unidos.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


113

BLOCO 2 - CENÁRIO HISTÓRICO

Agora que no bloco anterior já fez uma breve introdução a esta história,
conte-a.

Comece a contar a história de como tudo começou e desandou, agora você


terá que se basear em um livro. Leia, mentalize e escreva o que lembrar com
suas palavras, não pode conter palavras iguais ao livro. Produza essa mesma
história com suas palavras.

Para facilitar, leia um trecho da história e grave sua voz contando a história,
depois basta escrever aqui o que lembrou.

TRANSCREVER:

 Acesse este link: TRANSCRIÇÃO


 Plugue um microfone no seu notebook ou PC.
 Na pagina de transcrição, clique no botão: START DICTATION.
 Clique no botão STOP quando terminar de falar o que lembrava.
 Comece a falar que vai começar a escrever o que você está falando.
 Tente não olhar para tela, olhe para outro lugar, senão vai te
atrapalhar a pensar.
 Se você não conseguir fazer o passo a passo acima, infelizmente não
damos suporte a isso, então, grave e depois ouça e escreva
manualmente.

Esse bloco normalmente é uma citação indireta. Lembre-se de


colocar nas referências.
Foque em:

 Quando foi
 Onde foi
 Falar das pessoas envolvidas
 O que veio a se tornar hoje
 Procure fazer em média 6 linhas, então, pode distribuir em até 4 frases
pequenas com 1 linha e meia cada.
 Também pode fazer 2 frases com 2 linhas cada.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


114

EXEMPLO 1:
Os Estados Unidos já possuíam uma comunicação parecida, porém muito vulnerável na Guerra
Fria. Todos os dados passavam pelo computador central do Pentágono e, caso a URSS resolvesse
atacá-lo, destruiria toda a comunicação da rede. Devido a esse grande risco, foi criado a ARPANET, com
um back-bone que passava por baixo da terra. Este ligava os militares e pesquisadores sem uma central
ou uma única rota para as informações, tornando-se assim uma rede distribuída bem mais segura (LALLI,
2008).

EXEMPLO 2:
Na década de 1860 as universidades seguiam um modelo de ensino. Esse modelo gerou muitas críticas,
pois foi constatado que nem todos os alunos mantinham o mesmo ritmo de aprendizado, e que isso se
dava, pois a escola era mais eficiente para estudantes com o mesmo nível cultural, sendo que os
estudantes de baixa renda e os imigrantes apresentavam pouca produtividade (VIDAL, 2005).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


115

BLOCO 3 - EVOLUÇÃO HISTÓRICA

Continue contando a história, só que agora será focado na evolução.

 Cite algo que nasceu desse crescimento histórico;


 Fale sobre o crescimento ou andamento histórico. Cresceu muito ou
pouco?
 Fale sobre os motivos do crescimento ou declínio.
 Mencione a linha do tempo. Era em que ano, década etc ?
 Alguma coisa nasceu desse crescimento? Por exemplo, revolução
industrial aumentou o comércio.
 Cite a fonte de onde tirou essas informações.
 Citação indireta, da mesma forma da anterior. Leia, mentalize e
escreva o que puder lembrar.
 Use de 2 a 3 frases nesse bloco.

Normalmente usa-se citação indireta nesse bloco. Permitido uso


de fontes que não sejam livros.

Se estiver com dificuldade de encontrar esse conteúdo em seus livros, então,


procure nos sites que mostram nesse vídeo:

https://youtu.be/1JPMEvsh4OM?list=PL-VQG7CpKGghTd9rlhIb-
bT_av9HbNJ_2

EXEMPLO 1:
No final dos anos 70, a ARPANET cresceu tanto que o seu tipo de protocolo NCP (NetWork Control
Protocoí) não atendia mais a demanda de usuários. Foi quando este protocolo foi substituído por um novo
protocolo: o TCP/IP (Transfer Control Protocoí Internet Protocoí) que permitia o crescimento praticamente
ilimitado da rede (LALLI,2008).

EXEMPLO 2:
Então a partir dessa falha, Helen Parkhurst em 1920 criou o Plano Dalton que resultou em sucesso nos
EUA e URSS. Esse plano consistia em dar ao aluno a possibilidade de estudar por si próprio regulando o
ritmo e o curso do próprio estudo. A ideia desse método era o aluno planejar os dez meses de estudos
elaborando um projeto particular, de acordo com critérios de dificuldade ou de facilidade segundo a sua
escolha (THUMS, 2000).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


116

BLOCO 4 - MARCO IMPORTANTE DA HISTÓRIA

Procure no livro um marco histórico relevante.

 Faça este parágrafo com 2 frases.


 Primeira frase uma citação direta curta.
 Segunda frase basta comentar sobre o que foi citado.
 Cada frase com 2 ou 3 linhas.

CITAÇÃO DIRETA CURTA - LIBERADO FONTES QUE NÃO SEJAM LIVROS

EXEMPLO 1:
Com base no autor Lilla(2008, p. 11) "A RNP (Rede Nacional de Pesquisa), uma operação acadêmica
subordinada ao MCT (Ministério de Ciência e Tecnologia), trouxe em 1991 a Internet ao Brasil". Esta é até
hoje o back-Bone principal e abrange instituições e centros de pesquisa como FAPESP, FAPEPJ,
FAPEMIG entre outros, além de universidades, laboratórios e etc.

EXEMPLO 2:
Thums em seu livro afirma que Dalton é um povoado de Massachusetts. A ideia da Hellen era levar a sua
cidade uma solução para que os alunos conseguissem um bom rendimento dos estudos por conta
própria, mas como a ideia foi tão boa, conseguiu atingir seu pais e ainda o país vizinho. Essa prática até
hoje é aplicada inclusive em nosso país e utilizada por alguns cursos profissionalizantes.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


117

BLOCO 5 - DADOS HISTÓRICOS OU ESTATÍSTICOS

Busque em sua fonte por dados relevantes, podem ser eles:

 Qualquer dado histórico relevante;


 Dados estatísticos relevantes;
 Resultados relevantes;
 Gráficos, tabelas, quadros e etc que sejam relevantes;
 Insira a imagem, certifique-se de comentar sobre ela acima e abaixo.
 Caso não consiga tais informações acima, então faça uma citação direta
longa de autor diferente com até 8 linhas.

EXEMPLO:

De acordo com o instituto ISC (Internet Systems Consorlium), em janeiro de 1993 havia cerca
de um 1,3 milhão de dispositivos conectados na rede e este número cresceu de ano em ano:
2,2 em 1994; 4,9 em 1995; 9,5 em 1996; 16,1 em 1997 e assim por diante até chegar nos 542
milhões de hosts em janeiro de 2008, conforme mostra a Figura:

<UMA ILUSTRAÇÃO>

Podemos perceber na ilustração acima o grande crescimento entre os anos X e Y. De fato,


esse crescimento influenciou em [...]. Dessa forma [...].


Figuras não devem ultrapassar um
terço da folha.
Esse bloco conta com o uso de uma
ilustração.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


118

BLOCO 6 – LINHA DO TEMPO - EVENTOS MARCANTES

Vamos resumir um pouco a história falando da linha do tempo de forma


resumida com os eventos mais marcantes.
Você pode fazer isso categorizando os eventos por ano, década e etc.
CITAÇÃO INDIRETA
O importante é datar os eventos marcantes da época até os dias de
hoje.

 Faça um parágrafo introdutório com 2 frases;


 Citação indireta no parágrafo introdutório;
 Depois date os eventos marcantes;
 Faça outro parágrafo de 2 frases encerrando o arco;

EXEMPLO:
De acordo com Sampaio(2007), aquela era a época dos pioneiros e dos ousados. Aqui no Brasil isto se
confundiu com o lançamento dos telefones celulares, sendo considerado o máximo quem tinha um cartão
pessoal com o telefone celular e o endereço de e-mail.
Alguns eventos marcaram bem a antiga Web:

1. Março de 1989 - Tim Berners-Lee lançou a primeira especificação da World-wide-web,


composta pelo protocolo HTTP e a linguagem HTML.
2. Início de 1993 - Marc Andreessen e Eric Bina, ambos do National Center for
Supercomputing Applications (NCSA), criaram o nave-gador gráfico Mosaic.
3. Junho de 1993 - Thomas R. Bruce criou o primeiro browser para Windows: o Cello.
4. Continue até a data mais atual...

Neste período da Internet, entre 1994 e 1996, predominavam na Web as páginas HTML estáticas.
Quando muito, utilizavam a interface CGI para se comunicar com programas servidores, feitos em C/C++
ou em linguagem interpretada como Perl.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


119

BLOCO 6 - CONCLUSÃO CAPÍTULO

Tire alguma conclusão dessa história e escreva.

 O que tudo isso ajudou nos dias de hoje?


 Foi algo importante para os jovens de hoje?
 O que nasceu dessa história que vive até hoje?
 Quais iniciativas começaram nesse período e são válidas até hoje?
 Faça de 2 a 3 frases, cada uma com 2 ou 3 linhas cada.

Pode apontar conclusões do autor ou as suas próprias conclusões.

ARTICULADORES DE CONCLUSÃO:
Vê-se, por isso, que...
Pode-se dizer que...
Em poucas palavras...
Por fim, ...
Conclui-se que ...
Em suma, ...
Em conclusão, ...
Resta saber, então, ...
Dessa forma...

EXEMPLO:
Pode-se dizer que Apesar de existirem algumas iniciativas de e-Commerce, a Internet era visitada por
uma elite entusiasmada e que pagava o preço do pioneirismo. Os usuários eram tachados de
"Internautas", o que destacava seu perfil diferenciado de usuário.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


120

EXEMPLO

A história da criação e do desenvolvimento da Internet é a história de uma aventura humana


extraordinária. A Internet nasceu com uma proposta de comunicação militar nos Estados
Unidos na poca da Guerra Fria. Esta rede foi chamada de ARPANET, criada cm 1969 pela
empresa ARPA, Advanced Research and Projecís Agency. "Agencia de Pesquisas em Projetos
Avançados" em português e que hoje se chama DARPA (The Defense Advanced Research
Projects Agency) é um centro de pesquisas estadunidense com o objetivo de manter a
superioridade tecnológica dos estados unidos.

Os Estados Unidos já possuíam uma comunicação parecida, porém muito vulnerável na Guerra
Fria. Todos os dados passavam pelo computador central do Pentágono e, caso a URSS
resolvesse atacá-lo, destruiria toda a comunicação da rede. Devido a esse grande risco, foi
criada a ARPANET, com um back-bone que passava por baixo da terra. Este ligava os militares
e pesquisadores sem uma central ou uma única rota para as informações, tornando-se assim
uma rede distribuída bem mais segura (LALLI,2008).

No final dos anos 70, a ARPANET cresceu tanto que o seu tipo de protocolo NCP (NetWork
Control Protocoí) não atendia mais a demanda de usuários. Foi quando este protocolo foi
substituído por um novo protocolo: o TCP/IP (Transfer Control Protocoí Internet Protocoí) que
permitia o crescimento praticamente ilimitado da rede (LALLI,2008).

Com base no autor Lilla(2008, p. 11) "A RNP (Rede Nacional de Pesquisa), uma operação
acadêmica subordinada ao MCT (Ministério de Ciência e Tecnologia), trouxe em 1991 a
Internet ao Brasil". Esta é até hoje o back-Bone principal e abrange instituições e centros de
pesquisa como FAPESP, FAPEPJ, FAPEMIG entre outros, além de universidades, laboratórios
e etc.

De acordo com o instituto ISC (Internet Systems Consorlium), em janeiro de 1993 havia cerca
de um 1,3 milhão de dispositivos conectados na rede e este número cresceu de ano em ano:
2,2 em 1994; 4,9 em 1995; 9,5 em 1996; 16,1 em 1997 e assim por diante até chegar nos 542
milhões de hosts em janeiro de 2008, conforme mostra a Figura:

<UMA ILUSTRAÇÃO>

Podemos perceber na ilustração acima o grande crescimento entre os anos X e Y. De fato,


esse crescimento influenciou em [...]. Dessa forma [...].

De acordo com Sampaio (2007), aquela era a época dos pioneiros e dos ousados. Aqui no
Brasil isto se confundiu com o lançamento dos telefones celulares, sendo considerado o
máximo quem tinha um cartão pessoal com o telefone celular e o endereço de e-mail.
Alguns eventos marcaram bem a antiga Web:

1. Março de 1989 - Tim Berners-Lee lançou a primeira especificação da World-wide-web,


composta pelo protocolo HTTP e a linguagem HTML.
2. Início de 1993 - Marc Andreessen e Eric Bina, ambos do National Center for
Supercomputing Applications (NCSA), criaram o nave-gador gráfico Mosaic.
3. Junho de 1993 - Thomas R. Bruce criou o primeiro browser para Windows: o Cello.
4. Continue até a data mais atual...

Neste período da Internet, entre 1994 e 1996, predominavam na Web as páginas HTML
estáticas. Quando muito, utilizavam a interface CGI para se comunicar com programas
servidores, feitos em C/C++ ou em linguagem interpretada como Perl.

Pode-se dizer que Apesar de existirem algumas iniciativas de e-Commerce, a Internet era
visitada por uma elite entusiasmada e que pagava o preço do pioneirismo. Os usuários eram
tachados de "Internautas", o que destacava seu perfil diferenciado de usuário.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


121

CAPÍTULO PARA PROVAR HIPÓTESE


BLOCO 1 – LEVANTAR HIPÓTESE

Vá até seu projeto e busque sua hipótese, caso você não tenha uma, você terá
que fazer só para colocar aqui, isso porque esse modelo de capítulo se baseia
em uma hipótese.

Você pode lançar sua hipótese como uma ou mais perguntas caso ache mais simples, tipo:

 E se...
 Se você...
 Caso acontecesse...
 Imagine se...

Use no mínimo 5 linhas para esse bloco.


Mas pode afirmar também.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Se você dissesse a pura verdade a todas as pessoas do seu relacionamento, quais seriam as
consequências? Se você sempre dissesse as exatas palavras que passam pela sua cabeça,
que resultado isso traria a sua vida?

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


122

BLOCO 2 - EXEMPLO DA HIPÓTESE ACONTECENDO

Nesse bloco procure no seu livro um exemplo da situação que você propôs
acontecendo, caso não tenha no livro, imagine a situação e a descreva; não
tem problema.

 Descreva em pelo menos 5 linhas ou mais.


 Citação direta curta no final do parágrafo.
 Faça 2 frases nesse parágrafo.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Quando uma mulher lhe pergunta "Este vestido me deixa gorda?", qual é a sua
resposta? Se você é homem e sabe o que lhe convém, dirá que ele parece
bastante adequado, embora provavelmente pense: "Não é o vestido que te
deixa gorda - é a montanha de bolo com sorvete que você come todo dia".
(PEASE, 2005, p. 15)

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


123

BLOCO 3 - AS PESQUISAS MOSTRAM

Nesse bloco é hora de dizer o que as pesquisas mostram em relação sua


hipótese.

Siga o raciocínio e veja que falamos de uma hipótese, já demos o exemplo,


agora é hora de dizer o que as pesquisas mostram sobre o assunto.

Para isso, basta ir até seu livro e ver qual é a opinião dos autores em relação
ao que você pretende mostrar na sua hipótese e pronto, relate neste bloco.

Use pelo menos 5 linhas.

Faça uma citação indireta ou direta. É importante que mostre


de onde tirou essa informação.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


De acordo com Pease (2005) os mentirosos sociais são mais populares do que as pessoas que
dizem a verdade o tempo todo. Já a mentira maldosa é aquela com que um indivíduo se
propõe a enganar deliberadamente a outra pessoa em beneficio próprio.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


124

BLOCO 4 - CRUZAR HIPÓTESES

Nesse bloco você vai cruzar sua hipótese com outra qualquer.

Apenas faça um pequeno comparativo, se você não tem outra hipótese


para cruzar, pode avançar esse bloco sem digitar conteúdo, mas seria
muito bom se você tivesse.

Escreva pelo menos umas 5 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Se você dissesse a todo mundo a verdade inteira o tempo todo, não apenas ficaria só como
poderia acabar no hospital ou na prisão. A mentira é o óleo que lubrifica nossos contatos com
as outras pessoas e nos permite manter relações sociais amistosas, são as chamadas mentiras
brancas, que têm por objetivo fazer os outros se sentirem bem em vez de lhes comunicar a
verdade nua e crua.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


125

EXEMPLO
Se uma pessoa dissesse a pura verdade a todas as pessoas do seu
relacionamento, quais seriam as consequências? Se você sempre dissesse as
exatas palavras que passam pela sua cabeça, que resultado isso traria a sua
vida?

Quando uma mulher lhe pergunta "Este vestido me deixa gorda?", qual é a sua
resposta? se você é homem e sabe o que lhe convém, dirá que ele parece
bastante adequado, embora provavelmente pense: "Não é o vestido que te
deixa gorda - é a montanha de bolo com sorvete que você come todo dia".
(PEASE, 2005, p. 15)

De acordo com Pease (2005) os mentirosos sociais são mais populares do que
as pessoas que dizem a verdade o tempo todo. Já a mentira maldosa é aquela
com que um indivíduo se propõe a enganar deliberadamente a outra pessoa
em beneficio próprio.

Se você dissesse a todo mundo a verdade inteira o tempo todo, não apenas
ficaria só como poderia acabar no hospital ou na prisão. A mentira é o óleo que
lubrifica nossos contatos com as outras pessoas e nos permite manter relações
sociais amistosas, são as chamadas mentiras brancas, que têm por objetivo
fazer os outros se sentirem bem em vez de lhes comunicar a verdade nua e
crua.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


126

REVISÃO DE LITERATURA - INTEGRATIVA BÁSICA


Etapas:

INTRODUÇÃO A PESQUISA E INTENÇÃO DO PESQUISADOR

OBJETIVOS MENORES DO PESQUISADOR - O QUE ELE QUERIA ALCANÇAR?

METODOLOGIA APLICADA PELO PESQUISADOR

PROCEDIMENTO USADO PELO PESQUISADOR

RESULTADO DA PESQUISA

CONCLUSÃO

MODELO 6
BLOCO 1 – INTRODUÇÃO A PESQUISA E INTENÇÃO DO PESQUISADOR
Nessas primeiras 3 a 5 linhas, escreva a intenção do pesquisador (objetivo dele).

Importante mencionar nesse trecho:

 Nome do autor
 Ano da pesquisa
 Intenção ou objetivo do autor com a pesquisa

SUGESTÃO:
Em [...ano...] [...Pesquisador...] realizou um experimento para tentar encontrar indícios do
[...intenção do autor...].

ou

O psicólogo americano [...Pesquisador...], em [...ano...] realizou um teste com [...quantidade de


voluntários...], que acreditavam participar de [...explicação do teste...].

Exemplo 1:
Em 1951 Solomon Asch realizou um experimento para tentar encontrar indícios do poder de
influência que os grupos exercem sobre os indivíduos.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


127

Exemplo 2:
O psicólogo americano Solomon Asch, em 1951 realizou um teste com 123 voluntários, que
acreditavam participar de um teste de visão.

Exemplo 3:
Método criado pela brasileira Susy Giordano, que aos 26 anos já tinha 5 filhos.

BLOCO 2 – OBJETIVOS MENORES DO PESQUISADOR - O QUE ELE


QUERIA ALCANÇAR?

Nessas linhas que vem logo depois das anteriores, todas juntas, pois o
texto anterior foi apenas uma chamada para esse. Vamos escrever os
objetivos específicos do pesquisador dando uma ligação entre eles.

Para manter uma ligação entre o texto anterior e esse use algumas palavras de ligação como,
por exemplo: "bem como" e etc.

SUGESTÃO:
Ele queria provar que [...hipótese do pesquisador...] faz com que as pessoas [...resultado
esperado..].

ou

Para isso, [...sobrenome do pesquisador...] combinou as respostas com [...quantidade de


voluntários...] escolhidos anteriormente por ele, para que assim a 'vítima' do teste fosse
analisada durante o experimento.

Exemplo 1:
Ele queria provar que o simples desejo de pertencer um grupo faz com que as pessoas abram
mão das suas opiniões, convicções e individualidades.

Como fica com o texto anterior:

Em 1951 Solomon Asch realizou um experimento para tentar encontrar indícios do poder de
influência que os grupos exercem sobre os indivíduos. Ele queria provar que o simples desejo
de pertencer um grupo faz com que as pessoas abram mão das suas opiniões, convicções e
individualidades.

Exemplo 2:
Para isso, Asch combinou as respostas com um grupo de sete alunos escolhidos anteriormente
por ele, para que assim a 'vítima' do teste fosse analisada durante o experimento.

Exemplo 3:
Susy afirma que o controle dos pais sobre os horários e hábitos do bebê é primordial para
melhorar o sono. Segundo a autora, os pais precisam se sentir no comando para que a criança
se adapte à família.Um exemplo é que a autora não acredita que o ritmo da casa precisa
diminuir durante as sonecas - para ela, o bebê deve se acostumar com isso.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


128

BLOCO 3 – METODOLOGIA APLICADA PELO PESQUISADOR


Nessas linhas exponha a metodologia utilizada pelo pesquisador, para cada um será diferente,
mas foque na coleta de dados então deixe um exemplo para facilitar o entendimento dos
leitores.

Entenda que metodologia é apenas o "como". Como o pesquisador obteve os dados da sua
pesquisa?

É importante que você explique bem como ele fez o experimento, dessa forma faça com que
ele imagine o cenário correspondente.

Essa informação normalmente pode ser encontrado no Resumo, Introdução, conclusão ou


metodologia da pesquisa aplicada pelo autor.

SUGESTÃO:
Então imagine você em uma sala com mais [...quantidade de voluntários...] outros voluntários e
vocês vão participar de um experimento sobre [...estudo falso que motivou os voluntariosa
participarem...] para o qual você se ofereceu como voluntário. E o teste é bem simples,
consiste em [...explique como funciona o experimento..]. No fim do experimento você descobre
porém que [...descoberta do voluntário quando percebe o real objetivo da pesquisa..].

ou

O psicólogo mostrou [...explique como funciona o experimento..]. Os alunos tinham [...o que os
voluntários tinham que fazer..]. Os [...quantidade de voluntários..] alunos respondiam primeiro,
visando [...objetivo esperado..]. Como? Através da opinião.

Exemplo 1:
Então imagine você em uma sala com mais sete outros volunários e vocês vão participar de um
experimento sobre equidade visual para o qual você se ofereceu como voluntário. E o teste é
bem simples, consiste em dois cartões e você só precisa encontrar a linha de tamanho
correspondente ao outro cartão. No fim do experimento você descobre porém que o único
voluntário de verdade era você.

Exemplo 2:
O psicólogo mostrou três linhas de diferentes comprimentos e as juntou com uma quarta. Os
alunos tinham que dizer em voz alta qual (ou quais) das três linhas verticais era igual à outra
desenhada ao lado. Os sete alunos respondiam primeiro, visando induzir o aluno 'vítima' a
errar. Como? Através da opinião.

Exemplo 3:
A metodologia consiste em uma rotina rígida com alimentação de 4 em 4 horas para que o
bebê espace mais a alimentação e consiga dormir por 12 horas durante a noite. Também os
pais devem fazer uma rotina, ser firmes nos horários e confortar o bebê no berço quando ele
chora.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


129

BLOCO 4 – PROCEDIMENTO USADO PELO PESQUISADOR


Nesse bloco será explicado com mais detalhes ferramentas usadas e etc.

SUGESTÃO:
Ele queria provar que [...hipótese do pesquisador...] faz com que as pessoas [...resultado
esperado...].

Os outros [...quantidade de voluntários...] eram atores que faziam parte da pesquisas e eles
foram orientados a dar a resposta errada para tentar te influenciar.

ou

Os voluntários escolhiam sempre a mesma resposta (a incorreta), seguindo a orientação de


[...primeiro nome do pesquisador...]. Para não ficar muito óbvio, um ou dois alunos escolhiam
outras alternativas, desde que elas também estivessem erradas. Ao todo, o exercício foi
repetido [...quantas vezes o estudo foi aplicado ou repetido...] vezes pelos [...quantidade total
de voluntários...] que participaram do experimento.

Exemplo 1:
Os outros 7 eram atores que faziam parte da pesquisas e eles foram orientados a dar a
resposta errada para tentar te influenciar.

Exemplo 2:
Os voluntários escolhiam sempre a mesma resposta (a incorreta), seguindo a orientação de
Solomon. Para não ficar muito óbvio, um ou dois alunos escolhiam outras alternativas, desde
que elas também estivessem erradas. Ao todo, o exercício foi repetido 18 vezes pelos 123
voluntários que participaram do experimento.

Exemplo 3:
A autora é contra deixar o bebê chorar por muito tempo, mas o método também não sugere
que os bebês venham para o colo para serem acalmados. Os confortos devem ser: chupeta (só
para o sono), afagos, naninhas, brinquedos, encontrar alguma posição melhor para o bebê no
berço e algumas palavras para acalmar.

BLOCO 5 – RESULTADO DA PESQUISA


A revisão de literatura Narrativa é qualitativa e a sistemática é quantitativa, isso quer dizer que
ao apontar resultados siga os critérios:

 Narrativa - Mostra o resultado de forma a pontuar os resultados abertamente. (Menos


rigorosa com resultados)
 Sistemática - Mostra os resultados demonstrando em dados estatísticos. Gráficos ou
resultados fortemente embasados em pesquisa. (Mais rigorosa com resultados)

Nessas próximas linhas, você fará um breve resumo da sua análise


dos dados.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


130

Foque na:

 Importância
 Destaques
 Limitações
 Desafios
 Novidades
 Explicações
 Curiosidades
 Estatísticas
 Conclusões lógicas

Nem todos os pontos acima são


obrigatórios, mas é seu dever procurar
por eles.

SUGESTÃO:

Como resultado [...sobrenome do pesquisador...] obteve que apenas [...aliquota


de insucesso...] dos sujeitos não se conformaram a [...hipótese...], ou seja, se
mantiveram [...hipótese não esperada...]. Isso explica porque [...explicação da
hipótese de sucesso...].

ou

Só [...alíquota de insucesso...] dos participantes seguiram com a sua escolha


inicial, sem sofrer interferência dos [...quantidade de voluntários...]
voluntários que sabiam do teste. Ou seja, [...alíquota de sucesso...] das cobaias
responderam incorretamente mais de um terço das vezes para [...caminho que
o pesquisador queria que os voluntários fossem...].

Exemplo 1:
Como resultado Echi obteve que apenas 30% dos sujeitos não se conformaram a pressão
implícita pelo grupo, ou seja, se mantiveram fieis a sua própria percepção. Isso explica porque
tantas pessoas são obcecadas em defender seus grupos, seja em religião, futebol ou política.

Exemplo 2:
Só 25% dos participantes seguiram com a sua escolha inicial, sem sofrer interferência dos 7
estudantes que sabiam do teste. Ou seja, 75% dos alunos cobaias responderam
incorretamente mais de um terço das vezes para não ir contra o que dizia a maioria.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


131

Exemplo 3:
Pontos positivos: os pais não devem sair de perto do bebê enquanto ele estiver chorando,
portanto é considerado um método de aprendizagem gentil. É um meio termo entre os métodos
de deixar chorar e os sem choro.

Pontos negativos: nem sempre conseguimos que o bebê se adapte à casa como a autora
sugere. O que acontece na maioria das vezes é que a casa muda completamente com a
chegada do bebê. Para as mães que amamentam (livre demanda ou não), até os 6 meses a
indicação é que ainda mamem de madrugada.

BLOCO 6 – CONCLUSÃO
Agora é hora de concluir, tente falar se a hipótese do pesquisador foi confirmada com o estudo.

Na verdade é hora de afirmar alguma coisa que foi descoberta com a pesquisa.

Mostre dados, aponte conclusões, levante contradições ou críticas e etc.

SUGESTÃO:
Segundo [...nome do pesquisador...], nós seres humanos estamos muito [...hipotese
confirmada do pesquisador...].

REPITA O PROCESSO PELA QUANTIDADE DE


AUTOR QUE TE SOLICITAREM.
Por exemplo, se o seu orientador pediu 3 autores, faça mais 3 capitulo com esse mesmo modelo para complementar e no seu
Word coloque um abaixo do outro como se um fizesse parte do outro. Ao final faça uma conclusão levando em conta todos os
outros autores.

Comece os outros capítulos com:

 Outro estudo similar foi realizado com...


 Foram encontradas na literatura, pesquisas relacionando a...
 Um estudo teve como um dos objetivos determinar o...
 Não foram encontrados na literatura estudos que correlacionassem a...
 Foi realizado outro estudo por Fulano de Tal com o objetivo de avaliar a....
 Outro estudo...
 Pesquisadores americanos elaboraram um estudo para determinar...

EXEMPLO 1:
Segundo Solomon, nós seres humanos estamos muito condicionados em relação ao que
pensam da gente.

EXEMPLO 2:
É bastante interessante conhecer as maneiras de ajudar seu bebê a dormir e tirar o que há de
melhor em cada uma, de acordo com o que a família considera importante. Todos esses
métodos têm pontos positivos, que podem ser adaptados à rotina de cada casa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


132

MODELOS DE METODOLOGIA
METODOLOGIA MODELO BÁSICO

MODELO 1
BLOCO 1 - TIPO DE ANÁLISE E COLETA

1º parágrafo: Colocar o seu tipo de análise e coleta (quantitativa, qualitativa


ou mista que aborda os dois tipos). Usar um referencial para explicar o tipo de
análise e coleta escolhida. Mínimo 7 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Para a coleta e análise de dados utilizou-se o método misto, onde a abordagem quantitativa
(realista/objetivista) e qualitativa (visão idealista/subjetivista) foram empregadas. Creswell
(2007, p. 35) define a abordagem mista.

[...] como aquela em que o pesquisador tende a basear as alegações do conhecimento em


elementos pragmáticos, [...] e emprega estratégias de investigação que envolvem coleta de
dados simultânea ou sequencial para melhor entender os problemas da pesquisa.

Use a formatação para


citação conforme manual
ABNT.

BLOCO 2 - MOTIVOS DA ESCOLHA DO TIPO DE ABORDAGEM

2º parágrafo: Colocar os motivos da escolha do seu tipo de abordagem


(quantitativa ou qualitativa) e se houver fundamentação de alguns delas
segundo algum referencial, também deve ser colocado.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Os dados quantitativos e qualitativos acabam se complementando dentro de uma pesquisa,
pois as pesquisas quantitativas respondem a noções mais particulares e as qualitativas
trabalham com motivações, crenças, valores e significados (MINAYO, 1996). Neste estudo, a
abordagem qualitativa foi fundamentada na análise de conteúdo de Bardin (1977), que é um
conjunto de técnicas de análise das comunicações que utiliza procedimentos sistemáticos e
objetivos de descrição do conteúdo das mensagens.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


133

BLOCO 3 - LOCAL DO ESTUDO

Em apenas um parágrafo colocar o local ou quais locais foram feitas as


pesquisas. Não se esquecer de ser detalhista para que o leitor entenda do que
se trata, ele deve saber exatamente onde e como a pesquisa será feita, como
por exemplo, a cidade ou região que está sendo desenvolvida.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


A pesquisa com os professores da educação básica foi desenvolvida nas escolas públicas e
particulares, no município de São Mateus, norte do Espírito Santo. A utilização de diferentes
recursos didáticos no ensino de reprodução humana foi na Escola Estadual de Ensino
Fundamental e Médio (EEEFM) "Pio XII", localizada no mesmo município.

BLOCO 4 – AMOSTRAGEM

Em apenas um parágrafo informar:

 a quantidade de pessoas com que fez a pesquisa


 com quem fez a pesquisa (grupo de indivíduos)
 quantidade de questionários ou entrevistas aplicados.

A quantidade de questionários e entrevistas deve ser detalhada, informando


quantos eram antes e quantos foram depois da aplicação da sua metodologia.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

A pesquisa foi desenvolvida com 18 professores da educação básica que ministram o conteúdo
de Reprodução Humana e a aplicação dos diferentes recursos didáticos foi com duas turmas
do 8º ano do ensino fundamental do turno vespertino. Antes da utilização dos recursos
didáticos foram aplicados questionários para 56 alunos e após o uso 46 alunos responderam
os questionários. Além disso, foram feitas entrevistas abertas com 5 alunos de cada turma
após o uso de cada recurso didático.

“ Nesse ponto a banca pode realizar


diversas perguntas, por isso deixe bem
detalhado.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com
134

BLOCO 5 - COLETA DE DADOS

Colocar como foi feito o contato para liberação da aplicação da sua


monografia.

Mínimo 3 linhas.

Se houver assinatura de temos de consentimento, devem ser citados e


adicionados no apêndice.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Antes de iniciar as pesquisas com os professores, houve um contato com a equipe pedagógica
das escolas e com os próprios professores, onde foram informados sobre os objetivos da
pesquisa. Cada professor assinou o termo de consentimento (apêndice 1).

BLOCO 6 - TIPO DE COLETA DE DADOS

Em dois parágrafos deve ser colocado o tipo de coleta de dados


(questionários, entrevistas, e outros) e dizer o que foi abordado nessa coleta.
Lembre-se de citar os apêndices. Mínimo 5 linhas em cada parágrafo.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Para analisar se os professores se mantêm atualizados sobre o conteúdo de reprodução
humana, como o conteúdo é ministrado e quais dificuldades são encontradas pelos professores
e alunos foram utilizados questionários semiestruturados (apêndice 2) que abordaram os
seguintes itens: fontes de atualização, recursos didáticos utilizados, dificuldades ao ministrar o
conteúdo e se o uso de diferentes recursos didáticos facilita a aprendizagem do conteúdo.

Antes da utilização dos recursos didáticos foram aplicados questionários para os alunos
(apêndice 3), abordando os seguintes itens: fontes de atualização, assuntos do conteúdo que
mais tem interesse em estudar, recursos didáticos que gostariam que fossem utilizados pelos
professores e se o uso de diferentes recursos didáticos facilita a aprendizagem do conteúdo.

BLOCO 7 - RECURSOS UTILIZADOS

A partir desse parágrafo informar quais recursos foram utilizados. Explicar o


recurso e como ocorreu sua aplicação. Organizar seus recursos em tópicos
para ficar mais organizado. Se houver fotos dos recursos aplicados, colocar
após a explicação do mesmo com legenda embaixo da foto.

Se essa parte não estiver sendo tão fácil de entender, basta focar que esse
é o momento de explicar que recurso você usou para fazer seus
experimentos.

Por exemplo, se você faz um bolo, quais foram os instrumentos? (forma,


faca,colher e etc)

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


135

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Para avaliar os benefícios e dificuldades (vantagens/desvantagens) do uso de diferentes
recursos didáticos no ensino do conteúdo de reprodução humana foram utilizados os seguintes
recursos didáticos:

1. Debate - "tira dúvidas": foi aplicado antes de iniciar o conteúdo de reprodução humana e foi
utilizado duas aulas em cada turma. Em uma aula os alunos escreveram em um papel as
duvidas e curiosidades que possuíam sobre o tema de reprodução humana. Em seguida, foi
ministrada uma aula para sanar as dúvidas, na qual foram respondidas as perguntas
previamente elaboradas e, também, as que surgiram ao longo da conversa, estimulando a
participação de todos.

2. Trabalho em grupo "cronologia da vida": Foi realizada após a explicação das fases de vida e
foi preciso duas aulas em cada turma para conclusão. A turma foi dividida em cinco grupos,
sendo sorteada uma fase da vida para cada grupo (recém-nascido, infância, adolescência,
idade adulta e terceira idade). Após definido a fase de cada grupo, os grupos ganharam um
cartaz e, usando sua própria criatividade, colocaram no cartaz as características que observam
na fase sorteada por eles. No final, os cartazes foram colocados em ordem cronológica,
mostrando aos alunos as fases da vida e as mudanças que vão ocorrendo ao longo dela.

3. Vídeos: os vídeos foram exibidos de acordo com a explicação do conteúdo de reprodução


humana pelo professor e seguidos de discussão. Após as aulas teóricas sobre sistema genital
feminino, sistema genital masculino e fecundação, em uma aula em cada turma foram exibidos
os vídeos do Telecurso - Ciências - aula 57 - Ensino Fundamental; Telecurso - Ciências - aula
58 - Ensino Fundamental e Concepção - Sistema Reprodutivo 3D HD. Depois dos conteúdos
sobre gravidez, gestação e parto; métodos contraceptivos e doenças sexualmente
transmissíveis em outra aula em cada turma foram exibidos os vídeos Passo a Passo da
Gravidez e Por Dentro em 3D; Conversa íntima - Informações sobre métodos contraceptivos -
Parte 1 e Conversa íntima - Informações sobre métodos contraceptivos - Parte 2. Após os
vídeos sobre métodos contraceptivos foi mostrado camisinha feminina e masculina e sua
correta utilização.

4. Jogos didáticos: foram aplicados no final do trimestre, sendo uma aula para cada jogo em
cada turma.

4.1. O jogo "esquematizando a reprodução humana" consiste em sete esquemas dos principais
órgãos e etapas da reprodução humana (seio em corte transversal, testículo/epidídimo, sistema
genital masculino e feminino, ciclo menstrual, processo de fecundação e feto no interior do
útero). Cada esquema apresenta lacunas referentes às partes do órgão em questão, que
deveram ser preenchidas pelas duas equipes divididas em sala de aula, no tempo de três
minutos. Passado esse tempo, é contada a pontuação das equipes e o resultado não é
divulgado para os alunos. Em seguida, os esquemas da equipe I e da equipe II são trocados e,
em um minuto, podem corrigir o erro adversário e somar mais pontos, sendo avaliado da
seguinte forma: a equipe ganha ponto de acordo com cada troca certa, mas também perde
pontos com cada troca errada e, se não for alterado o que está correto, a equipe ganha pontos
com cada nome correto. Em caso de empate são sorteados dois esquemas, um para cada
equipe que deve preenchê-lo corretamente em um minuto, até que quem pontuar mais, vence.

4.2. O jogo "caminho da reprodução" consiste em duas fileiras de 15 casas, um dado (com
lados DIFÍCIL, MÉDIO, FÁCIL E CARTA EXTRA) e perguntas referentes a todo conteúdo de
Reprodução Humana. A turma é dividida em duas equipes, sendo escolhido um aluno de cada
equipe para andar nas casas. A cada rodada o aluno deve jogar o dado e responder a pergunta
referente ao lado que sair do dado ou tirar uma carta extra. Quem alcançar a casa "CHEGADA"
primeiro ganha o jogo. Se o dado cair em carta extra, o aluno escolhe uma carta, que pode ter:
volte uma casa, ande uma casa, mande seu adversário voltar uma carta, mande seu adversário
andar uma casa e pular pergunta (essa carta o aluno podia guardar e utilizar só quando
achasse necessário).

4.3. No "baralho reproduzindo" o número de jogadores pode variar entre 2 e 7 pessoas. O


baralho é composto por 80 cartas, sendo 16 cartas referentes ao sistema reprodutor feminino

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


136

(útero, vagina, tuba uterina, ovário, clitóris, grande lábio, pequeno lábio e pudendo feminino);
16 cartas referentes ao sistema reprodutor masculino (vesículas seminais, ducto deferente,
próstata, uretra, pênis, glande, escroto e epidídimo); 16 cartas sobre métodos
anticoncepcionais ou contraceptivos (camisinha masculina, camisinha feminina, DIU
(dispositivo intrauterino), diafragma, vasectomia, ligadura das tubas uterinas, tabelinha e pílula
ou anticoncepcional oral); 16 cartas referentes às doenças sexualmente transmissíveis (AIDS -
síndrome da imunodeficiência adquirida), clamídia, gonorreia, herpes genital, candidíase, HPV
(vírus do papiloma humano), sífilis e hepatite B; 4 cartas "inverte o jogo", 4 cartas “pule 1
jogador, 4 cartas “pule 2 jogadores” e 4 cartas “descarte - compre”“. As cartas de ação "pule 1
jogador" o próximo jogador perde o seu turno, "pule 2 jogadores" os dois próximos jogadores
perdem o seu turno, "inverte o jogo" a ordem é invertida de horária para anti-horária e vice-
versa, "descarte - compre" o jogador primeiro descarta duas cartas da mão na pilha de
descarte antes de comprar do bolo e, depois de descartadas, ele então compra duas cartas do
bolo, ficando novamente com 5 cartas na mão. As cartas são embaralhadas e cada jogador
recebe 5 cartas. O jogador que embaralha as cartas e distribui começa o jogo. As cartas que
restam são viradas para baixo e formam um bolo e a primeira carta desse monte é virada para
cima numa pilha ao lado - a pilha de descarte. O primeiro jogador então escolhe se ele compra
uma carta do bolo ou da pilha de descarte, mas se for uma carta de ação na pilha de descarte
ele não pode comprar. Depois que ele compra, ele descarta uma carta da sua mão na pilha de
descarte, dessa forma sempre ficando com 5 cartas na mão. E assim segue o jogo. Vence o
jogo quem conseguir juntar 5 cartas do mesmo assunto escolhido pelo participante. Caso
algum jogador baixe cartas erradas, este jogador é eliminado e o jogo continua com os outros
participantes.

BLOCO 8 - QUESTIONÁRIO OU ENTREVISTA

Caso tenha aplicação de questionário ou entrevista após a aplicação dos


recursos, deve ser citado aqui. Lembre-se de colocar os apêndices. Mínimo 3
linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Ao final das atividades, foi aplicado outro questionário (apêndice 4) e entrevistas abertas com
alunos após o uso de cada recurso didático para avaliar o processo de ensino/aprendizagem
(apêndices 5, 6, 7, 8, 9 e 10).

BLOCO 9 - ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS E ENTREVISTAS

Nesse parágrafo colocar como foi feita a análise dos questionários e


entrevistas e como foi quantificado (ex: porcentagem, categorias).

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Os dados foram analisados quantificando-se a frequência percentual das categorias
apresentadas no questionário respondido pelos professores e alunos. Além disso, foi feita uma
análise do conteúdo das perguntas abertas do questionário dos professores e da entrevista
com os alunos, organizado as categorias que surgiram em frequências percentuais.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


137

EXEMPLO
Para a coleta e análise de dados utilizou-se o método misto, onde a abordagem
quantitativa (realista/objetivista) e qualitativa (visão idealista/subjetivista) foram
empregadas. Creswell (2007, p. 35) define a abordagem mista.

[...] como aquela em que o pesquisador tende a basear as alegações


do conhecimento em elementos pragmáticos, [...] e emprega
estratégias de investigação que envolvem coleta de dados simultânea
ou sequencial para melhor entender os problemas da pesquisa.

Os dados quantitativos e qualitativos acabam se complementando dentro de


uma pesquisa, pois as pesquisas quantitativas respondem a noções mais
particulares e as qualitativas trabalham com motivações, crenças, valores e
significados (MINAYO, 1996). Neste estudo, a abordagem qualitativa foi
fundamentada na análise de conteúdo de Bardin (1977), que é um conjunto de
técnicas de análise das comunicações que utiliza procedimentos sistemáticos e
objetivos de descrição do conteúdo das mensagens.

A pesquisa com os professores da educação básica foi desenvolvida nas


escolas públicas e particulares, no município de São Mateus, norte do Espírito
Santo. A utilização de diferentes recursos didáticos no ensino de reprodução
humana foi na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) "Pio
XII", localizada no mesmo município.

A pesquisa foi desenvolvida com 18 professores da educação básica que


ministram o conteúdo de Reprodução Humana e a aplicação dos diferentes
recursos didáticos foi com duas turmas do 8º ano do ensino fundamental do
turno vespertino. Antes da utilização dos recursos didáticos foram aplicados
questionários para 56 alunos e após o uso 46 alunos responderam os
questionários. Além disso, foram feitas entrevistas abertas com 5 alunos de
cada turma após o uso de cada recurso didático.

Antes de iniciar as pesquisas com os professores, houve um contato com a


equipe pedagógica das escolas e com os próprios professores, onde foram
informados sobre os objetivos da pesquisa. Cada professor assinou o termo de
consentimento (apêndice 1).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


138

Para analisar se os professores se mantêm atualizados sobre o conteúdo de


reprodução humana, como o conteúdo é ministrado e quais dificuldades são
encontradas pelos professores e alunos foram utilizados questionários
semiestruturados (apêndice 2) que abordaram os seguintes itens: fontes de
atualização, recursos didáticos utilizados, dificuldades ao ministrar o conteúdo
e se o uso de diferentes recursos didáticos facilita a aprendizagem do
conteúdo.

Antes da utilização dos recursos didáticos foram aplicados questionários para


os alunos (apêndice 3), abordando os seguintes itens: fontes de atualização,
assuntos do conteúdo que mais tem interesse em estudar, recursos didáticos
que gostariam que fossem utilizados pelos professores e se o uso de diferentes
recursos didáticos facilita a aprendizagem do conteúdo.

Para avaliar os benefícios e dificuldades (vantagens/desvantagens) do uso de


diferentes recursos didáticos no ensino do conteúdo de reprodução humana
foram utilizados os seguintes recursos didáticos:

1. Debate - "tira dúvidas": foi aplicado antes de iniciar o conteúdo de


reprodução humana e foi utilizado duas aulas em cada turma. Em uma aula os
alunos escreveram em um papel as duvidas e curiosidades que possuíam
sobre o tema de reprodução humana. Em seguida, foi ministrada uma aula
para sanar as dúvidas, na qual foram respondidas as perguntas previamente
elaboradas e, também, as que surgiram ao longo da conversa, estimulando a
participação de todos.

2. Trabalho em grupo "cronologia da vida": Foi realizada após a explicação das


fases de vida e foi preciso duas aulas em cada turma para conclusão. A turma
foi dividida em cinco grupos, sendo sorteada uma fase da vida para cada grupo
(recém-nascido, infância, adolescência, idade adulta e terceira idade). Após
definido a fase de cada grupo, os grupos ganharam um cartaz e, usando sua
própria criatividade, colocaram no cartaz as características que observam na
fase sorteada por eles. No final, os cartazes foram colocados em ordem
cronológica, mostrando aos alunos as fases da vida e as mudanças que vão
ocorrendo ao longo dela.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


139

3. Vídeos: os vídeos foram exibidos de acordo com a explicação do conteúdo


de reprodução humana pelo professor e seguidos de discussão. Após as aulas
teóricas sobre sistema genital feminino, sistema genital masculino e
fecundação, em uma aula em cada turma foram exibidos os vídeos do
Telecurso - Ciências - aula 57 - Ensino Fundamental; Telecurso - Ciências -
aula 58 - Ensino Fundamental e Concepção - Sistema Reprodutivo 3D
HD. Depois dos conteúdos sobre gravidez, gestação e parto; métodos
contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis em outra aula em cada
turma foram exibidos os vídeos Passo a Passo da Gravidez e Por Dentro em
3D; Conversa íntima - Informações sobre métodos contraceptivos - Parte 1 e
Conversa íntima - Informações sobre métodos contraceptivos - Parte 2. Após
os vídeos sobre métodos contraceptivos foi mostrado camisinha feminina e
masculina e sua correta utilização.

4. Jogos didáticos: foram aplicados no final do trimestre, sendo uma aula para
cada jogo em cada turma.

4.1. O jogo "esquematizando a reprodução humana" consiste em sete


esquemas dos principais órgãos e etapas da reprodução humana (seio em
corte transversal, testículo/epidídimo, sistema genital masculino e feminino,
ciclo menstrual, processo de fecundação e feto no interior do útero). Cada
esquema apresenta lacunas referentes às partes do órgão em questão, que
deveram ser preenchidas pelas duas equipes divididas em sala de aula, no
tempo de três minutos. Passado esse tempo, é contada a pontuação das
equipes e o resultado não é divulgado para os alunos. Em seguida, os
esquemas da equipe I e da equipe II são trocados e, em um minuto, podem
corrigir o erro adversário e somar mais pontos, sendo avaliado da seguinte
forma: a equipe ganha ponto de acordo com cada troca certa, mas também
perde pontos com cada troca errada e, se não for alterado o que está correto, a
equipe ganha pontos com cada nome correto. Em caso de empate são
sorteados dois esquemas, um para cada equipe que deve preenchê-lo
corretamente em um minuto, até que quem pontuar mais, vence.

4.2. O jogo "caminho da reprodução" consiste em duas fileiras de 15 casas, um


dado (com lados DIFÍCIL, MÉDIO, FÁCIL E CARTA EXTRA) e perguntas

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


140

referentes a todo conteúdo de Reprodução Humana. A turma é dividida em


duas equipes, sendo escolhido um aluno de cada equipe para andar nas casas.
A cada rodada o aluno deve jogar o dado e responder a pergunta referente ao
lado que sair do dado ou tirar uma carta extra. Quem alcançar a casa
"CHEGADA" primeiro ganha o jogo. Se o dado cair em carta extra, o aluno
escolhe uma carta, que pode ter: volte uma casa, ande uma casa, mande seu
adversário voltar uma carta, mande seu adversário andar uma casa e pular
pergunta (essa carta o aluno podia guardar e utilizar só quando achasse
necessário).

4.3. No "baralho reproduzindo" o número de jogadores pode variar entre 2 e 7


pessoas. O baralho é composto por 80 cartas, sendo 16 cartas referentes ao
sistema reprodutor feminino (útero, vagina, tuba uterina, ovário, clitóris, grande
lábio, pequeno lábio e pudendo feminino); 16 cartas referentes ao sistema
reprodutor masculino (vesículas seminais, ducto deferente, próstata, uretra,
pênis, glande, escroto e epidídimo); 16 cartas sobre métodos anticoncepcionais
ou contraceptivos (camisinha masculina, camisinha feminina, DIU (dispositivo
intrauterino), diafragma, vasectomia, ligadura das tubas uterinas, tabelinha e
pílula ou anticoncepcional oral); 16 cartas referentes às doenças sexualmente
transmissíveis (AIDS - síndrome da imunodeficiência adquirida), clamídia,
gonorreia, herpes genital, candidíase, HPV (vírus do papiloma humano), sífilis e
hepatite B; 4 cartas "inverte o jogo", 4 cartas "pule 1 jogador, 4 cartas "pule 2
jogadores" e 4 cartas "descarte - compre". As cartas de ação "pule 1 jogador" o
próximo jogador perde o seu turno, "pule 2 jogadores" os dois próximos
jogadores perdem o seu turno, "inverte o jogo" a ordem é invertida de horária
para anti-horária e vice-versa, "descarte - compre" o jogador primeiro descarta
duas cartas da mão na pilha de descarte antes de comprar do bolo e, depois de
descartadas, ele então compra duas cartas do bolo, ficando novamente com 5
cartas na mão. As cartas são embaralhadas e cada jogador recebe 5 cartas. O
jogador que embaralha as cartas e distribui começa o jogo. As cartas que
restam são viradas para baixo e formam um bolo e a primeira carta desse
monte é virada para cima numa pilha ao lado - a pilha de descarte. O primeiro
jogador então escolhe se ele compra uma carta do bolo ou da pilha de
descarte, mas se for uma carta de ação na pilha de descarte ele não pode

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


141

comprar. Depois que ele compra, ele descarta uma carta da sua mão na pilha
de descarte, dessa forma sempre ficando com 5 cartas na mão. E assim segue
o jogo. Vence o jogo quem conseguir juntar 5 cartas do mesmo assunto
escolhido pelo participante. Caso algum jogador baixe cartas erradas, este
jogador é eliminado e o jogo continua com os outros participantes.

Ao final das atividades, foi aplicado outro questionário (apêndice 4) e


entrevistas abertas com alunos após o uso de cada recurso didático para
avaliar o processo de ensino/aprendizagem (apêndices 5, 6, 7, 8, 9 e 10).

Os dados foram analisados quantificando-se a frequência percentual das


categorias apresentadas no questionário respondido pelos professores e
alunos. Além disso, foi feita uma análise do conteúdo das perguntas abertas do
questionário dos professores e da entrevista com os alunos, organizado as
categorias que surgiram em frequências percentuais.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


142

METODOLOGIA MODELO AVANÇADO

MODELO 2
BLOCO 1 – CLASSIFICAÇÃO DA PESQUISA

Citação indireta conceituando "Pesquisa". Use mais de 4 linhas se possível.

Exemplo de como fazer:


De acordo com Andrade (2001, p. 121), "[...] pesquisa é o conjunto de procedimentos
sistemáticos, baseado no raciocínio lógico, que tem por objetivo encontrar soluções para
problemas propostos, mediante a utilização de métodos científicos".

BLOCO 2 - DEFINIÇÃO PESQUISA AUTOR 1

Conceitue "Pesquisa" mais uma vez, mas agora use uma citação direta de um
autor diferente do anterior se possível (recomendado).

Exemplo:
Doxsey (2007, p. 17 apud DEMO, 1981, p. 7-8), entende que pesquisa é:
[...] a construção de conhecimento original, de acordo com certas exigências científicas. Não precisa ser também empírica,
embora normalmente se suponha esta como a mais comum e importante....

Metodologia será, então, definida como o estudo dos instrumentos de montagem de uma teoria, o estudo dos arcabouços
teóricos...

Atribuímos à Metodologia um interesse tendencialmente voltado à teoria, ou à parte teórica da produção científica, deixando a
questão empírica para outra disciplina, muitas vezes chamada de Métodos e Técnicas, dedicada às técnicas de coleta (dados)
e mensuração (variáveis).

Use a formatação para


citação conforme manual
ABNT.

BLOCO 3 - DEFINIÇÃO PESQUISA AUTOR 2

Outra definição de pesquisa, mas agora você focará no seu tipo de pesquisa,
por exemplo, se sua pesquisa é do tipo "Pesquisa exploratória" conceitue-a
usando um autor diferente e citação direta.

Exemplo:
Reis (2008, p. 55) destaca que:

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


143

A pesquisa exploratória é o primeiro passo de qualquer pesquisa, que acontece quando o tema escolhido é pouco explorado e
o pesquisador precisa incorporar características inéditas e buscar novas abordagens. Ela é feita por meio de levantamento
bibliográfico, entrevistas, análise de exemplos sobre o tema estudado.

Use a formatação para


citação conforme manual
ABNT.

BLOCO 4 - O QUE AS PESQUISAS BUSCAM

Neste ponto, você deve escrever o que as pesquisam buscam fazer, no sentido
de explicar como será seu trabalho de pesquisa, use uma citação indireta
neste momento para dar mais credibilidade.

Se sua pesquisa for, por exemplo, Exploratória e descritiva, faça o mesmo


para ambas.

Exemplo:
Pesquisas exploratórias: buscam uma aproximação com o fenômeno, pelo levantamento de
informações que poderão levar o pesquisador a conhecer mais a seu respeito (DOXSEY, 2007,
p. 41).

Pesquisas descritivas: realizadas com o intuito de descrever as características do fenômeno


(DOXSEY, 2007, p. 41).

BLOCO 5 - OBJETIVO DA PESQUISA

Neste ponto você deve falar sobre o objetivo da pesquisa. Use uma citação
indireta neste caso.

Exemplo:
Para Gil (1999, p. 44), as pesquisas descritivas "têm como objetivo primordial a descrição das
características de determinada população ou fenômeno ou o estabelecimento de relações entre
variáveis".

A pesquisa descritiva tem o objetivo de descrever as características do fenômeno através da


descrição de fatos, sendo realizada no momento da coleta de dados buscando identificar,
analisar e descrever as evidências que devem ser observadas da entrevista, tendo como
firmamento o conhecimento científico.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


144

BLOCO 6 - SEU TIPO DE PESQUISA

Neste ponto, após ter conceituado os tipos de pesquisa, você deve dizer qual
é o seu tipo de pesquisa.

Exemplo:
Para melhor exploração desta pesquisa, observou-se que ela é classificada como pesquisa:

 Exploratória
 Descritiva.

BLOCO 7 - TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS

Breve introdução para informar sobre que tipo de coleta de dados usou.

Exemplo:
Para acrescentar no valor deste projeto utilizou-se como técnicas para coleta de dados os
seguintes instrumentos: a pesquisa bibliográfica, o estudo de caso e a observação.

BLOCO 8 - CONCEITO DE TÉCNICA PARA COLETA DE DADOS

Citação indireta sobre sua técnica de coleta de dados, as mais conhecidas são:

 Questionários
 Entrevistas
 Observação
 Fontes de dados de arquivos (fichas, documentos etc)
 Livros

Exemplo:
Correlaciona-se de forma muito eficaz as informações científicas já existentes abordadas por
outros autores, com as informações obtidas. Diante disso, Fonseca (2009) explica que
pesquisa bibliográfica é desenvolvida a partir de toda bibliografia já tonada pública.

BLOCO 9 – POR QUE USOU ESSA TÉCNICA DE COLETA?

Neste ponto, você deve dizer por que escolheu essa técnica de coleta de
dados. Use suas próprias palavras.

Exemplo:
Notou-se a pesquisa bibliográfica no momento em que se fez uso de materiais já elaborados:
livros, artigos científicos, revistas, documentos eletrônicos e enciclopédias na busca e
abstração de conhecimento sobre o ensino a distância e presencial.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


145

BLOCO 10 - CONCEITO DA SUA TÉCNICA DE COLETA PRINCIPAL

Neste bloco você deve conceituar sua técnica de coleta principal.

Use uma citação direta de preferência.

Exemplo:
O estudo de caso, por sua vez, é definido por Reis (2008, p. 54), como:
O estudo de caso é uma técnica de pesquisa com base empírica. Consiste em selecionar um objeto de pesquisa, que pode ser
um fato ou um fenômeno estudado nos seus vários aspectos. Neste tipo de pesquisa o pesquisador e o participante
representante da situação-problema cooperam mutuamente com o estudo.

Citação direta: Recuo 4 cm,


Arial 10, espaçamento
simples.

“ Consulte essas regras no manual que


sua faculdade disponibiliza para você.

BLOCO 11 - CONCEITO DA SUA TÉCNICA DE COLETA PRINCIPAL
AUTOR 2

Faça mais uma citação sobre sua técnica, mas agora use uma citação indireta
de outro autor.

Exemplo:
Para Santos (2000, p. 28), "selecionar um objeto de pesquisa restrito, com o objetivo de
aprofundar-lhe os aspectos característicos é o estudo de caso, cujo objeto pode ser qualquer
fato/fenômeno individual, ou um de seus aspectos".

BLOCO 12 - APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE COLETA

Neste bloco você deve informar como você vai aplicar a técnica dentro do seu
cenário, neste momento, você terá que falar sobre algo do seu estudo, onde
será e como aplicará a técnica.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


146

Exemplo:
O objetivo principal deste estudo de caso foi perceber e estudar de maneira focada a visão de
professores de ensino superior presencial em relação ao ensino a distância tendo como
universo a instituição UNIVC - Faculdade Vale do Cricaré, situada no município de São
Mateus/ES, no ano de 2012.

BLOCO 12 - FONTES PARA COLETA DE DADOS

Introdução sobre a classificação das fontes de coleta de dados, você deve


introduzir fontes primárias e secundárias.

Você pode usar um texto bem similar ao exemplo abaixo, pois só existem
essas duas classificações.

Exemplo:
Quanto à classificação, as fontes para a coleta de dados podem ser primárias e secundárias.

BLOCO 13 - QUAL CLASSIFICAÇÃO FOI UTILIZADA

Neste ponto, você deve informar quais fontes para coleta de dados usou.

Dados primários - Dados que ainda não sofreram estudo e análise. Para
coletá-los normalmente utilizamos técnicas como (Entrevistas, Questionários,
formulários e observação)

Dados secundários - Dados que já se encontram disponíveis, pois já foram


objeto de estudo e análise (livros, teses e etc).

Exemplo do que escrever neste bloco:


Para realização desta pesquisa utilizou-se as fontes primárias, visto que temos em posse
dados ainda não estudados e também fontes secundárias, devido à pesquisa e coleta de
informações bibliográficas pautadas no assunto objeto de estudo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


147

BLOCO 14 - CONCEITO DE FONTES PARA COLETA DE DADOS

Neste bloco faça uma citação direta para o tipo de fonte da sua pesquisa, se
for primária então faça a citação sobre fonte primária.

Use uma citação direta.

Exemplo:

Rampazzo (2005, p. 51), assim conceitua:

Toda pesquisa implica o levantamento de dados de variadas fontes.


Quando o levantamento ocorre no próprio local onde os fenômenos
acontecem, temos uma documentação direta (por exemplo, na
entrevista). E, quando o pesquisador procura o levantamento que
outros já fizeram temos a documentação indireta.

A documentação indireta, por sua vez, pode ser encontrada


nas fontes primárias, ou na bibliografia (livros e artigos).

No primeiro caso, a pesquisa é documental; no segundo,


bibliográfica.

Citação direta: Recuo 4 cm,


Arial 10, espaçamento
simples.

BLOCO 15 - RELACIONE SUAS TÉCNICAS COM A FONTE ESCOLHIDA

Neste bloco relacione as técnicas que utilizará com a fonte de coleta


definida. Por exemplo, se você usará questionário e a fonte é primária, então
você relaciona questionário com a fonte primária, veja no exemplo.

Use usas palavras.

Exemplo do que escrever neste bloco:


Portanto, neste projeto entende-se como fonte primária o questionário aplicado junto aos
professores da instituição em estudo para colher os dados necessários e atender aos objetivos
propostos.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


148

BLOCO 16 - CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA PESQUISADA

Neste bloco, você deve descrever como foi feita sua amostra.

Dentro de um universo, você deve dizer


qual a amostragem selecionada. Se
você pesquisará empresas de serviço,
então todas da sua cidade seria uma
tarefa humanamente impossível, por isso,
você deve selecionar uma amostra em
quantidade menor para que você possa
fazer sua pesquisa e então explicar o
motivo pelo qual fez essa amostra.

Exemplo:
Para a conclusão deste trabalho, as informações de maneira sensata foram obtidas através de
um questionário de 10 perguntas relacionadas ao assunto estudo, aplicado junto aos
professores da instituição UNIVC - Faculdade Vale do Cricaré. A pesquisa foi realizada no
entre 05 de Março de 2012 até 16 de Março de 2012, período este de mais disponibilidade dos
professores.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


149

BLOCO 17 - GRAU DE CREDIBILIDADE DE SUA AMOSTRA

Neste bloco você deve mostrar o grau de confiabilidade dos seus dados,
mostre de alguma forma que você está apresentando dados confiáveis.

Veja um exemplo:

A pesquisa possui um grau de 60% de confiabilidade dos dados apresentados e


analisados, uma vez que foi realizada por meio de um questionário
envolvendo o universo de 50 professores onde obtivemos resposta de um total
de 30.

Das variáveis do calculo:

· Universo de Estudo = UE
· Quantidade Respostas = QR
· Unidade de conversão para porcentagem = UC

Da formula usada:

Portanto, por via de cálculo matemático tem-se a seguinte formula: (QR/UE) * UC

Dos valores assumimos:

UE = 50 professores no total.

QR = 30 respostas.

UC = 100 como valor fixo.

Do resultado do calculo:

Resultado: (30 / 50) * 100 = 60%

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


150

BLOCO 18 - INSTRUMENTOS PARA COLETA DE DADOS

Informe em poucas palavras qual o instrumento para coleta de dados foi


utilizado.

Os instrumentos conhecidos são:

 Questionário
 Entrevista
 Observação direta
 Registros institucionais (Analise documental)
 Grupo focal - (Pequeno grupo de até 12 pessoas informal)

Exemplo:
Como instrumento para coleta de dados utilizou-se o questionário, a fim de se obter uma
melhor apreciação do conteúdo apresentado no trabalho.

BLOCO 19 - CITAÇÃO SOBRE O INSTRUMENTO ESCOLHIDO

Faça uma citação direta sobre o instrumento de coleta de dados escolhido,


abaixo segue um exemplo para "Questionário".

Exemplo:

Segundo Lopes (2006, p. 241 apud LAKATOS, 2001, p. 201) questionário é:

[...] um instrumento de coleta de dados, constituído por uma série


ordenada de perguntas, que devem ser respondidas por escrito e
sem a presença do entrevistador. Em geral, o pesquisador envia o
questionário ao informante, pelo correio ou por um portador; depois
preenchido, o pesquisado devolve-o do mesmo modo. Junto com o
questionário deve-se enviar uma nota ou carta explicando a natureza
da pesquisa, sua importância e a necessidade de obter respostas,
tentando despertar o interesse do recebedor, no sentido de que ele
preencha e devolva o questionário dentro de um prazo razoável.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


151

BLOCO 20 - FECHAMENTO DO ESTUDANTE

Com suas palavras faça um fechamento (observações) sobre a citação direta


anterior. Use de 5 linhas ou mais.

Exemplo:
Tendo como respaldo o autor, portanto o questionário permite que obtenhamos a opinião de
pessoas sobre o porquê da natureza de um fenômeno específico. Este instrumento possibilita
se bem executado, uma maior exatidão da pesquisa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


152

EXEMPLO
De acordo com Andrade (2001, p. 121), "[...] pesquisa é o conjunto de
procedimentos sistemáticos, baseado no raciocínio lógico, que tem por objetivo
encontrar soluções para problemas propostos, mediante a utilização de
métodos científicos".

Doxsey (2007, p. 17 apud DEMO, 1981, p. 7-8), entende que pesquisa é:

[...] a construção de conhecimento original, de acordo com certas


exigências científicas. Não precisa ser também empírica, embora
normalmente se suponha esta como a mais comum e importante...

Metodologia será, então, definida como o estudo dos instrumentos de


montagem de uma teoria, o estudo dos arcabouços teóricos...

Atribuímos à Metodologia um interesse tendencialmente voltado à


teoria, ou à parte teórica da produção científica, deixando a questão
empírica para outra disciplina, muitas vezes chamada de Métodos e
Técnicas, dedicada às técnicas de coleta (dados) e mensuração
(variáveis).

Reis (2008, p. 55) destaca que:

A pesquisa exploratória é o primeiro passo de qualquer pesquisa, que


acontece quando o tema escolhido é pouco explorado e o
pesquisador precisa incorporar características inéditas e buscar
novas abordagens. Ela é feita por meio de levantamento bibliográfico,
entrevistas, análise de exemplos sobre o tema estudado.

Pesquisas exploratórias: buscam uma aproximação com o fenômeno, pelo


levantamento de informações que poderão levar o pesquisador a conhecer
mais a seu respeito (DOXSEY, 2007, p. 41).

Pesquisas descritivas: realizadas com o intuito de descrever as


características do fenômeno (DOXSEY, 2007, p. 41).

Para Gil (1999, p. 44), as pesquisas descritivas "têm como objetivo primordial a
descrição das características de determinada população ou fenômeno ou o
estabelecimento de relações entre variáveis".

A pesquisa descritiva tem o objetivo de descrever as características do


fenômeno através da descrição de fatos, sendo realizada no momento da
coleta de dados buscando identificar, analisar e descrever as evidências que
devem ser observadas da entrevista, tendo como firmamento o conhecimento
científico.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


153

Para melhor exploração desta pesquisa, observou-se que ela é classificada


como pesquisa:

 Exploratória

 Descritiva.

Para acrescentar no valor deste projeto utilizou-se como técnicas para coleta
de dados os seguintes instrumentos: a pesquisa bibliográfica, o estudo de caso
e a observação.

Correlaciona-se de forma muito eficaz as informações científicas já existentes


abordadas por outros autores, com as informações obtidas. Diante disso,
Fonseca (2009) explica que pesquisa bibliográfica é desenvolvida a partir de
toda bibliografia já tonada pública.

Notou-se a pesquisa bibliográfica no momento em que se fez uso de materiais


já elaborados: livros, artigos científicos, revistas, documentos eletrônicos e
enciclopédias na busca e abstração de conhecimento sobre o ensino a
distância e presencial.

O estudo de caso, por sua vez, é definido por Reis (2008, p. 54), como:

O estudo de caso é uma técnica de pesquisa com base empírica.


Consiste em selecionar um objeto de pesquisa, que pode ser um fato
ou um fenômeno estudado nos seus vários aspectos. Neste tipo de
pesquisa o pesquisador e o participante representante da situação-
problema cooperam mutuamente com o estudo.

Para Santos (2000, p. 28), "selecionar um objeto de pesquisa restrito, com o


objetivo de aprofundar-lhe os aspectos característicos é o estudo de caso, cujo
objeto pode ser qualquer fato/fenômeno individual, ou um de seus aspectos".

O objetivo principal deste estudo de caso foi perceber e estudar de maneira


focada a visão de professores de ensino superior presencial em relação ao
ensino a distância tendo como universo a instituição UNIVC - Faculdade Vale
do Cricaré, situada no município de São Mateus/ES, no ano de 2012.

Quanto à classificação, as fontes para a coleta de dados podem ser primárias e


secundárias.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


154

Para realização desta pesquisa utilizou-se as fontes primárias, visto que temos
em posse dados ainda não estudados e também fontes secundárias, devido à
pesquisa e coleta de informações bibliográficas pautadas no assunto objeto de
estudo.

Rampazzo (2005, p. 51), assim conceitua:

Toda pesquisa implica o levantamento de dados de variadas fontes.


Quando o levantamento ocorre no próprio local onde os fenômenos
acontecem, temos uma documentação direta (por exemplo, na
entrevista). E, quando o pesquisador procura o levantamento que
outros já fizeram temos a documentação indireta.

A documentação indireta, por sua vez, pode ser encontrada


nas fontes primárias, ou na bibliografia (livros e artigos).

No primeiro caso, a pesquisa é documental; no segundo,


bibliográfica.

Portanto, neste projeto entende-se como fonte primária o questionário aplicado


junto aos professores da instituição em estudo para colher os dados
necessários e atender aos objetivos propostos.

Para a conclusão deste trabalho, as informações de maneira sensata foram


obtidas através de um questionário de 10 perguntas relacionadas ao assunto
estudo, aplicado junto aos professores da instituição UNIVC - Faculdade Vale
do Cricaré. A pesquisa foi realizada no entre 05 de Março de 2012 até 16 de
Março de 2012, período este de mais disponibilidade dos professores.

A pesquisa possui um grau de 60% de confiabilidade dos dados apresentados e analisados,


uma vez que foi realizada por meio de um questionário envolvendo o universo de 50
professores onde obtivemos resposta de um total de 30.

Das variáveis do calculo:

· Universo de Estudo = UE
· Quantidade Respostas = QR
· Unidade de conversão para porcentagem = UC

Da formula usada:

Portanto, por via de calculo matemático tem-se a seguinte formula: (QR/UE) * UC

Dos valores assumimos:

UE = 50 professores no total.

QR = 30 respostas.

UC = 100 como valor fixo.

Do resultado do calculo:

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


155

Resultado: (30 / 50) * 100 = 60%

Como instrumento para coleta de dados utilizou-se o questionário, a fim de se


obter uma melhor apreciação do conteúdo apresentado no trabalho.

Segundo Lopes (2006, p. 241 apud LAKATOS, 2001, p. 201) questionário é:

[...] um instrumento de coleta de dados, constituído por uma série


ordenada de perguntas, que devem ser respondidas por escrito e
sem a presença do entrevistador. Em geral, o pesquisador envia o
questionário ao informante, pelo correio ou por um portador; depois
preenchido, o pesquisado devolve-o do mesmo modo. Junto com o
questionário deve-se enviar uma nota ou carta explicando a natureza
da pesquisa, sua importância e a necessidade de obter respostas,
tentando despertar o interesse do recebedor, no sentido de que ele
preencha e devolva o questionário dentro de um prazo razoável.

Tendo como respaldo o autor, portanto o questionário permite que obtenhamos


a opinião de pessoas sobre o porquê da natureza de um fenômeno específico.
Este instrumento possibilita se bem executado, uma maior exatidão da
pesquisa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


156

MODELOS DE REFERENCIAL TEÓRICO


REFERENCIAL TEÓRICO MODELO PADRÃO

MODELO 1
BLOCO 1 - LEVANTAMENTO HISTÓRICO

1º e 2º parágrafo: Fazer um breve levantamento histórico da disciplina,


associando a metodologia utilizada no seu trabalho. Mínimo 8 linhas em cada
parágrafo.

Lembre-se de realizar um breve comentário após cada citação direta.


Após citações é importante comentar sobre a ideia ali citada.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Os primeiros grupamentos humanos a fixarem-se na terra, cultivando-a e criando animais,
preocuparam-se com a transmissão do conhecimento aos mais jovens, tendo em vista prepará-
los para a sobrevivência e defesa da comunidade. Nesse processo de transmissão oral, a
memorização era o único recurso de aprendizagem que os alunos possuíam para guardar as
informações recebidas. Mas a preocupação com a facilitação do processo ensino-
aprendizagem era antiga, uma vez que era preciso garantir a atenção das crianças e dos
jovens e estimular seus circuitos de memória (FREITAS, 2009).

A partir da Segunda Guerra Mundial, a ciência e a tecnologia trouxeram uma maior


preocupação com o estudo das ciências nos diversos níveis de ensino (KRASILCHIK, 1987;
CANAVARRO, 1999). Em meados dos anos 1980 e a década de 1990, o ensino de ciências
passou a incorporar a formação de um cidadão participativo, consciente e crítico, sendo
necessário que as propostas educativas passassem a levar os estudantes a um pensamento
reflexivo e crítico (DELIZOICOV & ANGOTTI, 1990). Nesse sentido, os professores de ciências
deveriam passar a valorizar o trabalho coletivo e também planejar atividades lúdicas que
permitiriam ao aluno alcançar níveis mais elevados de conhecimento e desenvolver habilidades
cognitivas e sociais (NASCIMENTO et al., 2010).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


157

BLOCO 2 - PRINCIPAIS AUTORES

3º parágrafo: Aqui você deve começar a incluir seus principais autores, ou


seja, através de uma busca bibliográfica buscar quais trabalhos, pesquisas e
teorias da aprendizagem se encaixam com os objetivos do seu trabalho. Por
exemplo, para Licenciatura alguns teóricos da aprendizagem são Vygotsky,
Ausubel, Freitas, Peag e outros. Esse parágrafo deve conter no mínimo 8
linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Segundo Vygotsky (1998), o papel do docente é mediar. Para isso é preciso


que a escola e os seus educadores potencializem o processo de aprendizagem
do aluno e fazer com que os conceitos espontâneos e informais que adquirem
na convivência social, evoluam para o nível dos conceitos científicos,
sistemáticos e formais, adquiridos pelo ensino. O conceito de mediação
entendido por Vygotsky partiu da relação do homem com o seu ambiente pelo
uso de instrumentos ao uso de signos (especialmente a linguagem), que são
criados pelas sociedades ao longo do curso da história humana e mudam a
forma social e o nível de seu desenvolvimento cultural (FREITAS, 1995).

BLOCO 3 - PRINCIPAIS AUTORES - CITAÇÕES INDIRETAS

4º parágrafo: Continuar incluindo seus principais autores. Aqui pode ser


citações indiretas e diretas. Esse parágrafo deve conter no mínimo 10 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Para Vygotsky o ensino direto de conceitos é pedagogicamente estéril, "a criança não assimila
o conceito, mas a palavra capta mais de memória que de pensamento e sente-se impotente
diante de qualquer tentativa de emprego consciente do conhecimento assimilado"
(VYGOTSKY, 2001, p. 247). Neste sentido, podemos dizer que:

Ensino e aprendizagem constituem unidade dialética no processo, caracterizada pelo papel


condutor do professor e pela auto atividade do aluno, em que o ensino existe para provocar a
aprendizagem mediante tarefas contínuas dos sujeitos do processo. Este une, assim, o aluno à
matéria, e ambos, aluno e conteúdos, ficam frente a frente mediados pela ação do professor
que produz e dirige as atividades e as ações necessárias para que os alunos desenvolvam
processos de mobilização, construção e elaboração da síntese do conhecimento (PIMENTA &
ANASTASIOU, 2002, p. 208-9).

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


158

BLOCO 4 - PRINCIPAIS AUTORES - CITAÇÕES DIRETAS E INDIRETAS

5º parágrafo: Continuar incluindo seus principais autores. Aqui pode ter


citações indiretas e diretas. Esse parágrafo deve conter no mínimo 10 linhas.

Se você não sabe ao certo sobre o que citar, basta buscar algum conteúdo
do autor que tenha a ver com seus objetivos específicos.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Por isso, uma das tarefas do professor, visando à facilitação da aprendizagem, é utilizar
recursos e princípios que facilitem o ensino da matéria conceitual para a estrutura cognitiva do
aluno de maneira significativa (MOREIRA & MASINI, 2006). A atitude do aluno é fundamental
para esse processo, devendo manifestar disposição para relacionar de maneira não arbitrária
ao novo material potencialmente significativo à sua estrutura cognitiva (TAVARES, 2005). A
aprendizagem significativa é uma interação das ideias preexistentes e o novo material de
aprendizagem na estrutura cognitiva do aluno (AUSUBEL, 2000). Ausubel chama tais conceitos
de inclusores, utilizando a seguinte definição:

Um conceito inclusor não é uma espécie de mata-moscas mental ao qual a informação adere,
mas desempenha uma função interativa na aprendizagem significativa, facilitando a passagem
da informação relevante pelas barreiras perceptivas e servindo de base de união da nova
informação percebida e do conhecimento previamente adquirido (AUSUBEL, 1968, p. 34).

BLOCO 5 - PRINCIPAIS AUTORES - LIGAÇÃO COM METODOLOGIA

6º parágrafo: Continuar incluindo seus principais autores. A partir deste


parágrafo começar a fazer uma ligação com o tipo de metodologia do seu
trabalho.

Esse parágrafo deve conter no mínimo 10 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Para que a aprendizagem significativa aconteça, é necessário que o tema a ser trabalhado seja
igualmente significativo para os estudantes. De acordo com Ausubel e colaboradores (1980), é
preciso que o estudante esteja disposto a aprender e, isto, implica a existência de elementos
motivacionais. Segundo Freitas (2009), além do apoio dos livros didáticos, a escola deve
construir uma relação prazerosa entre as várias áreas do conhecimento e o aluno, devendo ser
um espaço onde o saber transita em todas as instâncias, criativa e livremente, com o apoio de
recursos que facilitem sua apreensão de forma inovadora, motivadora, aguçando a curiosidade
e o desejo de aprender. Os recursos didáticos visam à estimulação do aluno e à sua
aproximação com o conteúdo, sendo que um dos seus objetivos é dinamizar a aula, aguçando
a curiosidade do aluno, despertando sua atenção para o que vai ser tratado naquele momento,
mas seu uso precisa ser planejado, bem elaborado e preparado com antecedência.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


159

BLOCO 6 - PRINCIPAIS AUTORES - IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA

7º e 8º parágrafo: Continuar incluindo seus principais autores. Nesses


parágrafos usar autores que falam da importância da metodologia utilizada,
tanto para as aulas, professores e alunos. Mesclar entre citações diretas e
indiretas.

Esses parágrafos devem conter no mínimo 8 linhas cada.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:

Freitas (2009) afirma que a função do recurso didático é estabelecer um


contato entre professor e aluno e, assim, tentar amenizar a monotonia das
aulas verbais, podendo então, substituir grande parte da memorização e, a
partir de elementos concretos, desenvolver operações de análise e síntese,
generalização e abstração. Porém,

É importante lembrar que nenhum material didático pode, por mais


bem elaborado que seja, garantir, por si só, a qualidade e a
efetividade do processo de ensino e aprendizagem. Eles cumprem a
função de mediação e não podem ser utilizados como se fossem
começo, meio e fim de um processo didático [...] (FREITAS 2009, p
24).

BLOCO 7 - FECHAR ARCO IDEIA CITAÇÃO DIRETA

9º parágrafo: Nunca terminar um tópico com citação direta. Nesse paragrafo


deve ser feito uma pequena conclusão da citação direta do bloco anterior.

Mínimo 3 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Sendo assim, as diferentes formas e métodos de ensino são uma forma generalizada de tentar
aproximar o conteúdo trabalhado às características individuais de cada aluno. Cumprindo
assim a mediação no processo didático.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


160

EXEMPLO
Os primeiros grupamentos humanos a fixarem-se na terra, cultivando-a e
criando animais, preocuparam-se com a transmissão do conhecimento aos
mais jovens, tendo em vista prepará-los para a sobrevivência e defesa da
comunidade. Nesse processo de transmissão oral, a memorização era o único
recurso de aprendizagem que os alunos possuíam para guardar as
informações recebidas. Mas a preocupação com a facilitação do processo
ensino-aprendizagem era antiga, uma vez que era preciso garantir a atenção
das crianças e dos jovens e estimular seus circuitos de memória (FREITAS,
2009).

A partir da Segunda Guerra Mundial, a ciência e a tecnologia trouxeram uma


maior preocupação com o estudo das ciências nos diversos níveis de ensino
(KRASILCHIK, 1987; CANAVARRO, 1999). Em meados dos anos 1980 e a
década de 1990, o ensino de ciências passou a incorporar a formação de um
cidadão participativo, consciente e crítico, sendo necessário que as propostas
educativas passassem a levar os estudantes a um pensamento reflexivo e
crítico (DELIZOICOV & ANGOTTI, 1990). Nesse sentido, os professores de
ciências deveriam passar a valorizar o trabalho coletivo e também planejar
atividades lúdicas que permitiriam ao aluno alcançar níveis mais elevados de
conhecimento e desenvolver habilidades cognitivas e sociais (NASCIMENTO et
al., 2010).

Segundo Vygotsky (1998), o papel do docente é mediar. Para isso é preciso


que a escola e os seus educadores potencializem o processo de aprendizagem
do aluno e fazer com que os conceitos espontâneos e informais que adquirem
na convivência social, evoluam para o nível dos conceitos científicos,
sistemáticos e formais, adquiridos pelo ensino. O conceito de mediação
entendido por Vygotsky partiu da relação do homem com o seu ambiente pelo
uso de instrumentos ao uso de signos (especialmente a linguagem), que são
criados pelas sociedades ao longo do curso da história humana e mudam a
forma social e o nível de seu desenvolvimento cultural (FREITAS, 1995).

Para Vygotsky o ensino direto de conceitos é pedagogicamente estéril, "a


criança não assimila o conceito, mas a palavra, capta mais de memória que de

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


161

pensamento e sente-se impotente diante de qualquer tentativa de emprego


consciente do conhecimento assimilado" (VYGOTSKY, 2001, p. 247). Neste
sentido, podemos dizer que

Ensino e aprendizagem constituem unidade dialética no processo,


caracterizada pelo papel condutor do professor e pela auto-atividade do aluno,
em que o ensino existe para provocar a aprendizagem mediante tarefas
contínuas dos sujeitos do processo. Este une, assim, o aluno à matéria, e
ambos, aluno e conteúdos, ficam frente a frente mediados pela ação do
professor que produz e dirige as atividades e as ações necessárias para que os
alunos desenvolvam processos de mobilização, construção e elaboração da
síntese do conhecimento (PIMENTA & ANASTASIOU, 2002, p. 208-9).

Por isso, uma das tarefas do professor, visando à facilitação da aprendizagem,


é utilizar recursos e princípios que facilitem o ensino da matéria conceitual para
a estrutura cognitiva do aluno de maneira significativa (MOREIRA & MASINI,
2006). A atitude do aluno é fundamental para esse processo, devendo
manifestar disposição para relacionar de maneira não arbitrária ao novo
material potencialmente significativo à sua estrutura cognitiva (TAVARES,
2005). A aprendizagem significativa é uma interação das ideias preexistentes e
o novo material de aprendizagem na estrutura cognitiva do aluno (AUSUBEL,
2000). Ausubel chama tais conceitos de inclusores, utilizando a seguinte
definição:

Um conceito inclusor não é uma espécie de mata-moscas mental ao


qual a informação adere, mas desempenha uma função interativa na
aprendizagem significativa, facilitando a passagem da informação
relevante pelas barreiras perceptivas e servindo de base de união da
nova informação percebida e do conhecimento previamente adquirido
(AUSUBEL, 1968, p. 34).

Para que a aprendizagem significativa aconteça, é necessário que o tema a ser


trabalhado seja igualmente significativo para os estudantes. De acordo com
Ausubel e colaboradores (1980), é preciso que o estudante esteja disposto a
aprender e, isto, implica a existência de elementos motivacionais. Segundo
Freitas (2009), além do apoio dos livros didáticos, a escola deve construir uma
relação prazerosa entre as várias áreas do conhecimento e o aluno, devendo
ser um espaço onde o saber transita em todas as instâncias, criativa e

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


162

livremente, com o apoio de recursos que facilitem sua apreensão de forma


inovadora, motivadora, aguçando a curiosidade e o desejo de aprender. Os
recursos didáticos visam à estimulação do aluno e à sua aproximação com o
conteúdo, sendo que um dos seus objetivos é dinamizar a aula, aguçando a
curiosidade do aluno, despertando sua atenção para o que vai ser tratado
naquele momento, mas seu uso precisa ser planejado, bem elaborado e
preparado com antecedência.

Freitas (2009) afirma que a função do recurso didático é estabelecer um


contato entre professor e aluno e, assim, tentar amenizar a monotonia das
aulas verbais, podendo então, substituir grande parte da memorização e, a
partir de elementos concretos, desenvolver operações de análise e síntese,
generalização e abstração. Porém,

É importante lembrar que nenhum material didático pode, por mais


bem elaborado que seja, garantir, por si só, a qualidade e a
efetividade do processo de ensino e aprendizagem. Eles cumprem a
função de mediação e não podem ser utilizados como se fossem
começo, meio e fim de um processo didático [...] (FREITAS 2009, p
24).

Sendo assim, as diferentes formas e métodos de ensino são uma forma


generalizada de tentar aproximar o conteúdo trabalhado às características
individuais de cada aluno. Cumprindo assim a mediação no processo didático

“ Esse modelo pode ser usado em


qualquer capítulo do referencial
teórico. A parte da pesquisa é difícil
enquadrar nesse modelo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


163

MODELO DE DISCUSSÃO
DISCUSSÃO - MODELO ÚNICO

Esse modelo é muito usado normalmente


para artigos científicos.

MODELO UNICO
BLOCO 1 – OBJETIVO GERAL E HIPÓTESE

1º parágrafo: Procure falar do objetivo do seu trabalho e da hipótese. Mínimo


5 linhas.

Tente usar algumas dessas palavras no seu parágrafo:

 Propósito; Finalidade; Intenção;


 Suposição; teoria; possibilidade;

Deixe claro seu objetivo e o que você


achava que serviria como solução.
Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:
Este estudo teve como propósito compreender os desafios dos alunos recém-formados em
Engenharia Civil da Faculdade Norte Capixaba de São Mateus, bem como identificar e
descrever as experiências de engenheiros civis atuantes para então poder discutir como
minimizar as dificuldades do recém-formado com base nas experiências dos profissionais
atuantes. A suposição feita a partir do problema foi que uma pesquisa realizada com os
engenheiros atuantes poderia ajudar os recém-formados a minimizar o impacto da inserção no
mercado de trabalho.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


164

BLOCO 2 – APOIO TEÓRICO

1º parágrafo: Ainda no mesmo parágrafo escrito previamente você vai fazer


uma citação indireta que tenha a ver com o texto anterior. Até 4 linhas.

Use de preferencia o autor mais importante.

Esse bloco complementa o parágrafo anterior, por isso, apenas o trecho em


vermelho no exemplo é a citação que solicita nesse bloco.

Logo depois da citação indireta, faça uma ligação com o parágrafo inicial que
é sua hipótese e também seu objetivo geral. Veja que eu disse que seguindo a
premissa dita pelo autor, que minha hipótese pode ser comprovada. Sendo
assim, estou totalmente embasado pelo autor Bazzo e Pereira (2009).

Esse bloco é importantíssimo e deve ser seguido


à risca.
Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:
Este estudo teve como propósito compreender os desafios dos alunos recém-formados em
Engenharia Civil da Faculdade Norte Capixaba de São Mateus, bem como identificar e
descrever as experiências de engenheiros civis atuantes para então poder discutir como
minimizar as dificuldades do recém-formado com base nas experiências dos profissionais
atuantes. A suposição feita a partir do problema foi que uma pesquisa realizada com os
engenheiros atuantes pode ajudar os recém-formados a minimizar o impacto da inserção no
mercado de trabalho, isso porque, conforme Bazzo e Pereira (2009) os engenheiros são ótimos
profissionais capacitados para detectar, levantar e oferecer soluções para os problemas.
Seguindo essa premissa, vê-se que é possível essa experiência mostrar o caminho para os
novos engenheiros.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


165

BLOCO 3 – RESULTADO IMPORTANTE

2º parágrafo: Bom, agora você terá que falar um pouco dos resultados, então
foque no mais importante. Pelo menos 5 linhas.

Tenha como base um objetivo específico e escreva mostrando como o


alcançou.

Detalhe sobre o exemplo desse bloco:


O exemplo contempla percentuais, não se prenda a isso, não é obrigatório. Caso sua metodologia seja qualitativa,
então, seu resultado será com base em suas observações e valerá do mesmo jeito.

Exemplo do objetivo específico: Identificar as dificuldades dos alunos recém-


formados em Engenharia Civil no mercado de trabalho de São Mateus:

Observe que o exemplo tenta responder ao objetivo específico acima.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Pode-se observar que as maiores dificuldades que os recém-formados preveem passar após
finalizar o curso está relacionado com a falta de oportunidade 36%, seguido da falta de
confiança em atuar como engenheiro civil com 32%, esses percentuais são confrontados as
respostas das mesmas questões dos profissionais atuantes que na sua maioria relatou que a
maior dificuldade também está relacionada a falta de oportunidade 42,9%, mas em segundo
ficaram as exigências do mercado de trabalho com 28,6%.

BLOCO 4 – INTERPRETAÇÃO DO RESULTADO

2º parágrafo: É hora de interpretar o que você escreveu. Calma, interpretar,


nada mais é do que tirar uma conclusão em cima dos dados fornecidos no
bloco anterior. Pelo menos 3 linhas.

Tome cuidado, você deve ser bem coeso e se manter no objetivo do


trabalho.

Esse bloco é continuação do parágrafo anterior, então, apenas o trecho em


destaque vermelho do exemplo é o conteúdo desse bloco.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Pode-se observar que as maiores dificuldades que os recém-formados preveem passar após
finalizar o curso está relacionado com a falta de oportunidade 36%, seguido da falta de
confiança em atuar como engenheiro civil com 32%, esses percentuais são confrontados as
respostas das mesmas questões dos profissionais atuantes que na sua maioria relatou que a
maior dificuldade também está relacionada a falta de oportunidade 42,9%, mas em segundo
ficaram as exigências do mercado de trabalho com 28,6%. Vale destacar que o medo e a
insegurança em atuar foi um fator relevante destacado tanto pelos recém-formados quanto
pelos engenheiros experientes.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


166

BLOCO 5 – APOIO TEÓRICO

2º parágrafo: Ainda no mesmo parágrafo escrito previamente você vai fazer


uma citação indireta que tenha a ver com o texto anterior. Até 4 linhas.

Use de preferencia o autor mais importante.

Esse bloco complementa o parágrafo anterior, por isso, apenas o trecho em


vermelho é a citação que solicita nesse bloco.

Logo depois da citação indireta, faça uma ligação com o parágrafo inicial que
é sua hipótese e também seu objetivo geral, eu disse que seguindo a premissa
dita pelo autor, que minha hipótese pode ser comprovada. Sendo assim, estou
totalmente embasado pelo autor Bazzo e Pereira (2009).

Esse bloco é importantíssimo e deve ser seguido a risca.

Repita os blocos 1,2,3,4 e 5 para cada


objetivo especifico.
Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:
Pode-se observar que as maiores dificuldades que os recém-formados preveem passar após
finalizar o curso está relacionado com a falta de oportunidade 36%, seguido da falta de
confiança em atuar como engenheiro civil com 32%, esses percentuais são confrontados as
respostas das mesmas questões dos profissionais atuantes que na sua maioria relatou que a
maior dificuldade também está relacionada a falta de oportunidade 42,9%, mas em segundo
ficaram as exigências do mercado de trabalho com 28,6%. Vale destacar que o medo e a
insegurança em atuar foi um fator relevante destacado tanto pelos recém-formados quanto
pelos engenheiros experientes, por esse motivo Bazzo e Pereira (2009) falam que a habilitação
engenharia civil desdobra-se em ênfases, nesse sentido as inseguranças são maximizadas
diante de tantas áreas de atuação.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


167

BLOCO 6 – EXPLICAÇÕES E RELEVÂNCIA

Xº parágrafo: Esse parágrafo eu não numerei, pois não sei quantos objetivos
específicos você tem. No mínimo 10 linhas.

Esse bloco você deve explicar seus resultados de forma resumida, tente falar
da relevância do seu estudo.

Comece seu parágrafo com algo mais ou menos assim:


Os resultados dos questionários aplicados focados em obter dados sobre o tempo
de atuação mostram que...

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Os resultados dos questionários aplicados focados em obter dados sobre o tempo de atuação
mostram que 56% atuam de 1 a 9 anos e 44% não atuam na área. Referente aos cursos
extracurriculares 64% realizaram cursos de software para dimensionamentos estruturais e para
desenhos arquitetônicos, 28% não realizaram ou realizaram outros cursos e 8% realizaram
cursos de línguas estrangeiras.

BLOCO 7 – INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS

Xº parágrafo: Ainda no mesmo parágrafo escrito previamente você vai fazer


uma citação indireta que tenha a ver com o texto anterior. Até 5 linhas.

Você precisa fazer uma interpretação dos dados informados acima. Se sua
metodologia for questionários abertos, você tirará conclusões das observações
acima.

Esse bloco é continuação do parágrafo anterior,


então, apenas o trecho em destaque vermelho
do exemplo é o conteúdo desse bloco.
Continue parágrafo com algo mais ou menos assim:
O que indica que...

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Os resultados dos questionários aplicados focados em obter dados sobre o tempo de atuação
mostram que 56% atuam de 1 a 9 anos e 44% não atuam na área. Referente aos cursos
extracurriculares 64% realizaram cursos de software para dimensionamentos estruturais e para
desenhos arquitetônicos, 28% não realizaram ou realizaram outros cursos e 8% realizaram
cursos de línguas estrangeiras, o que indica que, a grande parte dos engenheiros precisará de
cursos extras para obter experiência em lidar com softwares da área.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


168

BLOCO 8 – POSIÇÃO DO AUTOR DA PESQUISA

Agora, você terá que fazer algo


Novo parágrafo:
que não pode fazer o trabalho inteiro.
Normalmente quando você escreveu usando suas palavras, nunca pôde dar sua
opinião, sempre teve que ter cuidado em falar como um jornalista, embasado
nos autores de forma imparcial. Até 5 linhas.

Agora, você vai dar sua opinião baseada em tudo


que você pesquisou. Mas especificamente focado
no que escreveu no parágrafo anterior.
Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:
Diante disso, é possível afirmar que mesmo após tantos períodos estudando para se tornar um
engenheiro, os inúmeros desafios que vem pela frente só podem ser minimizados com mais
treinamento extracurricular. Um recém-formado terá grandes chances de sucesso caso
conheça um engenheiro atuante para guia-lo, caso contrário, terá que procurar o caminho certo
e isso pode levar muito tempo.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


169

MODELOS DE CONCLUSÃO
CONCLUSÃO MODELO PADRÃO

MODELO 1
BLOCO 1 - ANÁLISE E CONTRIBUIÇÃO PARA O MEIO ACADÊMICO

1º parágrafo: Colocar de uma forma geral as análises e contribuições do seu


trabalho, sem citações. Mínimo 5 linhas.

Foque em dizer o que seu trabalho permitiu:

 Analisar
 Avaliar
 Compreender

Entenda que seu TCC ou Monografia é feito para a comunidade acadêmica.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


O desenvolvimento do presente estudo possibilitou uma análise de como o conteúdo de
reprodução humana está sendo ministrado nas escolas, uma reflexão acerca dos benefícios
dos recursos didáticos e dificuldades encontradas ao trabalhar esse conteúdo, além disso,
também permitiu utilizar diferentes recursos didáticos e avaliar como esses recursos auxiliam
na aprendizagem do conteúdo.

BLOCO 2 - APRESENTAR SEUS RESULTADOS

2º parágrafo: A partir deste parágrafo apresente seus resultados de uma forma


bem geral, sem citações. Mínimo 6 linhas.

Os dados dos resultados devem ser tirados sempre da sua pesquisa.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


De um modo geral, os professores demonstraram interesse em trabalhar o tema em sala de
aula e buscam meios para estarem atualizados, mas ainda possuem algumas dificuldades,
como controlar a euforia da turma, estimular o interesse dos alunos e com os recursos
oferecidos pela escola. A maioria dos professores utiliza recursos didáticos em suas aulas, mas
a falta de apoio da escola e falta de tempo para planejar faz com que o uso dos recursos ainda
fique muito limitado, sendo que as turmas e mesmos os alunos da mesma turma possuem
perfis diferenciados.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


170

BLOCO 3 - FECHAMENTO DOS RESULTADOS

3º parágrafo: Continuar apresentando seus resultados de uma forma bem


geral, sem citações, mostrando que a pesquisa alcançou seus objetivos.

Mínimo 4 linhas.

Diga com clareza se seus objetivos foram alcançados ou não.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Os alunos também demonstraram muito interesse pelo tema e buscam se informar sobre o
conteúdo, principalmente pela televisão e internet. Diante, das falas dos alunos ficou evidente
que os objetivos de cada recurso didático foram realmente alcançados.

BLOCO 4 - RESULTADO DE CADA RECURSO UTILIZADO

4º parágrafo: No caso do uso de vários recursos na sua monografia, colocar os


resultados alcançados em cada recurso, sem citações. A quantidade de
parágrafos depende da quantidade de recursos.

Cada parágrafo deve conter no mínimo 4 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


O debate "tira dúvidas" conseguiu criar um ambiente onde os alunos puderam argumentar e
através da troca de ideias coletivas tirarem suas dúvidas e curiosidades sobre o tema. Já os
vídeos exibidos possibilitaram reforçar o conteúdo que era transmitido pela professora em sala
de aula e com a discussão ao final de cada vídeo, os alunos tiravam dúvidas e debatiam sobre
o tema. Os vídeos permitiram os alunos entender e memorizar melhor a matéria, por
apresentarem uma linguagem fácil e aproximar o aluno ao cotidiano.

O trabalho em grupo "cronologia da vida" que utilizou o cartaz que é um material de baixo custo
e bem acessível permitiu aos alunos usarem a criatividade para colocar suas fases de vida no
cartaz e, assim, conhecer todas as fases pela qual já passaram, estão passando e que ainda
irão passar.

Os jogos didáticos forneceram aos estudantes um ambiente enriquecedor e motivador que


além de divertir, passou a ser visto como um promotor de aprendizagem, permitindo os alunos
entender melhor alguns conceitos que antes não foram assimilados, tirar dúvidas, revisar e
reforçar o que foi visto dentro da sala de aula.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


171

BLOCO 5 - MELHORIAS OU DICAS PARA PRÓXIMAS PESQUISAS

5º parágrafo: Diante dos seus resultados, colocar o que pode ser feito para
melhorar o que analisou na sua monografia.

Mínimo 4 linhas.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Dada à importância do tema, torna se necessário o desenvolvimento de projetos que visem à
formação continuada dos professores, que possam desencadear competências e habilidades
para garantir um ensino de maior qualidade, que atendam as diferentes necessidades dos
alunos e, assim, efetivar uma prática pedagógica diferenciada.

BLOCO 6 - CONTRIBUIÇÃO E CONCLUSÃO

6º parágrafo: Apresentar as contribuições do seu trabalho.

Mínimo 4 linhas.

Esse parágrafo deve ir de encontro ao seu objetivo geral.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


Nesse sentido, a utilização de recursos didáticos na escola permitem os professores mediarem
o processo ensino/aprendizagem de uma forma mais enriquecedora, motivando o aluno a ter
mais vontade de aprender e contribuir para que a aprendizagem seja realmente significativa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


172

EXEMPLO
O desenvolvimento do presente estudo possibilitou uma análise de como o
conteúdo de reprodução humana está sendo ministrado nas escolas, uma
reflexão acerca dos benefícios dos recursos didáticos e dificuldades
encontradas ao trabalhar esse conteúdo, além disso, também permitiu utilizar
diferentes recursos didáticos e avaliar como esses recursos auxiliam na
aprendizagem do conteúdo.

De um modo geral, os professores demonstraram interesse em trabalhar o


tema em sala de aula e buscam meios para estarem atualizados, mas ainda
possuem algumas dificuldades, como controlar a euforia da turma, estimular o
interesse dos alunos e com os recursos oferecidos pela escola. A maioria dos
professores utiliza recursos didáticos em suas aulas, mas a falta de apoio da
escola e falta de tempo para planejar faz com que o uso dos recursos ainda
fique muito limitado, sendo que as turmas e mesmos os alunos da mesma
turma possuem perfis diferenciados.

Os alunos também demonstraram muito interesse pelo tema e buscam se


informar sobre o conteúdo, principalmente pela televisão e internet. Diante, das
falas dos alunos ficou evidente que os objetivos de cada recurso didático foram
realmente alcançados.

O debate "tira dúvidas" conseguiu criar um ambiente onde os alunos puderam


argumentar e através da troca de ideias coletivas tirarem suas dúvidas e
curiosidades sobre o tema. Já os vídeos exibidos possibilitaram reforçar o
conteúdo que era transmitido pela professora em sala de aula e com a
discussão ao final de cada vídeo, os alunos tiravam dúvidas e debatiam sobre
o tema. Os vídeos permitiram os alunos entender e memorizar melhor a
matéria, por apresentarem uma linguagem fácil e aproximar o aluno ao
cotidiano.

O trabalho em grupo "cronologia da vida" que utilizou o cartaz que é um


material de baixo custo e bem acessível permitiu aos alunos usarem a
criatividade para colocar suas fases de vida no cartaz e, assim, conhecer todas
as fases pela qual já passaram, estão passando e que ainda irão passar.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


173

Os jogos didáticos forneceram aos estudantes um ambiente enriquecedor e


motivador que além de divertir, passou a ser visto como um promotor de
aprendizagem, permitindo os alunos entender melhor alguns conceitos que
antes não foram assimilados, tirar dúvidas, revisar e reforçar o que foi visto
dentro da sala de aula.

Dada à importância do tema, torna se necessário o desenvolvimento de


projetos que visem à formação continuada dos professores, que possam
desencadear competências e habilidades para garantir um ensino de maior
qualidade, que atendam as diferentes necessidades dos alunos e, assim,
efetivar uma prática pedagógica diferenciada.

Nesse sentido, a utilização de recursos didáticos na escola permitem os


professores mediarem o processo ensino/aprendizagem de uma forma mais
enriquecedora, motivando o aluno a ter mais vontade de aprender e contribuir
para que a aprendizagem seja realmente significativa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


174

BÔNUS
ESTUDO DE CASO

MODELO 1
BLOCO 1 - CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DA PESQUISA

Crie um tópico chamado "CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DA PESQUISA"

A estrutura ficaria mais ou menos assim:

4 ESTUDO DE CASO

4.1 CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DA PESQUISA

4.2 APRESENTAÇÃO DOS DADOS

Agora você escreverá dentro do 4.1. (a numeração pode alterar de acordo


com seu TCC)

Escreva de 7 a 10 linhas sobre o local que você realizará o seu caso de uso.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


O local escolhido para desenvolvimento desta pesquisa foi o campus Serra do Instituto Federal
do Espírito Santo - IFES, que faz parte da Rede de Ensino Federal e há mais de 100 anos vem
oferecendo ensino público de qualidade em sintonia com as demandas do mercado. Além
disso, possui uma excelente infraestrutura, professores qualificados e profissionais
administrativos capacitados para atender aos alunos, pois investe constantemente no
desenvolvimento de novos métodos pedagógicos, no treinamento de professores e em
infraestrutura de apoio.

BLOCO 2 - ABRANGÊNCIA E LIMITAÇÃO

Nesse bloco você vai falar em 5 linhas sobre a abrangência do local de estudo,
você falará sobre como amplo é o produto ou serviço prestado deles e depois
limite o que você falará.

Por exemplo: Aqui você cita a quantidade de funcionários, filiais, o que


oferece de diferencial em relação à concorrência.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


O campus Serra oferece cursos Técnico e Superior nas áreas de Informática e Automação
Industrial com salas de aula climatizadas, ampla biblioteca, laboratórios bem equipados,
acesso à Internet e recursos multimídia. O campus tem 70 docentes efetivos, sendo que
destes, 16 encontram-se afastados ou de licença.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


175

BLOCO 3 - DELIMITAÇÃO

Agora que você já falou do local e da amplitude do local é


hora de falar da sua delimitação.
De 7 a 10 linhas, fale sobre sua amostra, por exemplo: Se eles têm 1000
funcionários, fale que sua amostra foi com 100 pessoas etc.

Mostre a limitação do seu trabalho naquele local.

Fale também sobre quantas pessoas responderam aos questionários ou


etc.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Assim, a realização deste estudo teve como sujeitos de pesquisa os professores desse campus
pelo fato desta Pós-Graduação em Informática na Educação (PIE) ser ofertada pelo campus
Serra, o que facilitou o acesso aos docentes. Corroborando com isso, em janeiro deste ano os
54 professores efetivos que se encontram em exercício receberam os tablets do governo
federal, objeto que esta pesquisa visou explorar. Destes, 23 responderam ao questionário.

ANÁLISE DOS DADOS (RESULTADOS DA PESQUISA)

A PARTIR DE AGORA, VOCÊ TERÁ QUE REALIZAR A ANÁLISE DOS DADOS


(RESULTADOS DA PESQUISA)

SIGA ESSE MODELO AGORA E COLOQUE ABAIXO DO MODELO ESTUDO DE CASO E


BOA SORTE.

NÃO ENTENDEU?

AGORA VOCÊ VAI USAR O MODELO "ANÁLISE DOS DADOS (RESULTADOS DA


PESQUISA)".

USAR ABAIXO DO MODELO ESTUDO DE CASO, POIS SERÁ A CONTINUAÇÃO. ELES


SÃO MODELOS INDEPENDENTES, PORÉM INTERLIGADOS.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


176

ANÁLISE DOS DADOS (INTRODUÇÃO AOS RESULTADOS DA


PESQUISA)

MODELO 1
BLOCO 1 - METODOLOGIA E MÉTODOS

Em pelo menos 10 linhas explique detalhadamente como você realizou sua


pesquisa.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


A pesquisa foi realizada por meio de um questionário virtual, disponibilizado em um link (por
meio de um formulário web elaborado a partir do Google Forms, aplicativo do Google que
permite a criação, compartilhamento e disponibilização de formulário na web) e encaminhado
aos docentes do IFES - Campus Serra, e respondido durante os meses de janeiro e fevereiro
de 2014. O universo de pesquisa compreendeu 23 respostas obtidas pelos docentes. Este
questionário foi à ferramenta metodológica que norteou a pesquisa, sendo que sua elaboração
visou discutir questões relativas a percepção dos docentes quanto ao uso pedagógico do
dispositivo tablet.

ANÁLISE DOS DADOS (RESULTADO DA PESQUISA)

MODELO 1
BLOCO 1 - INTRODUÇÃO A ANALISE DOS DADOS

Não use esse modelo para seu referencial teórico.

Use o modelo caso já tenha terminado toda a parte teórica do seu TCC e
realizado sua pesquisa.

Aqui você relatará os dados obtidos na sua pesquisa, isso através de estudo
de caso, questionários e etc...

Neste ponto em algumas linhas pode ser mais de 2, explique como foi dividido
seu questionário ou método de pesquisa.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Para coleta de dados utilizou-se questões abertas e fechadas, buscando obter informações
mais abrangentes sobre o assunto objeto de pesquisa.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


177

BLOCO 2 - EXPLIQUE O PERFIL DA SUA AMOSTRAGEM

Em pelo menos 10 linhas explique o perfil da sua pesquisa, detalhe pontos


importantes para que o leitor consiga entender o que verá em seguida. Pois os
próximos passos consistem em descrever os gráficos, tabelas, comentários e
etc;

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Inicialmente para conhecer o perfil dos entrevistados foram disponibilizados 2 campos para
resposta: nome e curso(s) em que leciona. Do total de 23 docentes, apenas 2 não quiseram se
identificar. Dos que se identificaram, 67% são do sexo masculino e 33% são do sexo feminino.
Quanto aos cursos em que lecionam 52% dos entrevistados atuam em cursos da área de
informática e 48% em cursos da área de automação industrial.

Para aprofundar no tema deste estudo, foram apresentadas 13 questões com a finalidade de
obter um parecer acerca do objetivo da pesquisa.

BLOCO 3 - APRESENTAÇÃO DOS DADOS

A partir de agora você vai seguir uma estrutura que colocarei aqui embaixo
para todos os seus gráficos.

1. Texto introdutório para levantar a pergunta que você fez no


questionário, depois coloque a pergunta.
2. Insira a figura do gráfico.
3. Agora explique o gráfico.
4. Comente o que pode ser percebido com esse gráfico.
5. Repita o processo para cada gráfico, tabelas e etc.

Veja um exemplo do que escrever nesse bloco:


A Primeira questão trata de uma análise a respeito da seguinte afirmação do Ministro da
Educação, Aloízio Mercadante, quando da distribuição dos tablets: "Precisamos dar acesso
às tecnologias novas. O aluno já é digital, nós somos analógicos e o Estado brasileiro é
cartorial." Você concorda com essa afirmação do Ministro da Educação, Aloízio
Mercadante?

Gráfico 1 - Análise dos entrevistados quanto à afirmação do Ministro da Educação

<Anexe o Gráfico – Não ultrapassar 1/3 da folha>

De acordo com o Gráfico 1, a maioria dos entrevistados, ou seja, 61% concordam em partes
com a afirmação do Ministro, seguida de 26% que concorda plenamente e apenas 13% que
discorda plenamente do que foi dito pelo Ministro.

Com base nos dados apresentados percebe-se a importância de dar acesso aos professores
às tecnologias.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


178

BLOCO 4 - OBSERVAÇÕES DOS DADOS

Nesse bloco em pelo menos 10 linhas, escreva o que pode ser observado com
os dados, nesse bloco você colocar dados estatísticos, percentuais e destaques
do que foi observado.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Pode-se observar por este quadro que o maior desafio da inserção dos tablets nas escolas
públicas segundo os docentes do campus Serra está associado à infraestrutura física, de rede
banda larga e sua manutenção com 32,5%, seguido de perto pela conscientização dos alunos
e mudanças na maneira da escola se organizar, ambos com 24% e como menor desafio
aparece a formação de professores (19,5%). Vale destacar que a conscientização dos alunos e
mudanças na maneira da escola se organizar aparece como desafios medianos, com os
maiores percentuais de notas 2 e 3.

BLOCO 5 - RELACIONAR RESULTADOS COM OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Nesse bloco em pelo menos 5 linhas para cada, você deve mostrar que
alcançou se objetivo específico, os passos abaixo devem ser repetidos para
cada um dos objetivos específicos.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Identificar as possibilidades do dispositivo tablet quanto aos recursos tecnológicos disponíveis
como apoio ao processo de ensino-aprendizagem.

Pode-se observar por este quadro que o maior desafio da inserção dos tablets nas escolas
públicas segundo os docentes do campus Serra está associado à infraestrutura física, de rede
banda larga e sua manutenção com 32,5%, seguido de perto pela conscientização dos alunos
e mudanças na maneira da escola se organizar, ambos com 24% e como menor desafio
aparece à formação de professores (19,5%). Vale destacar que a conscientização dos alunos e
mudanças na maneira da escola se organizar aparece como desafios medianos, com os
maiores percentuais de notas 2 e 3.

Identificar as vantagens e as desvantagens dos tablets em relação ao uso de computadores


tradicionais e notebooks.

Dado o perfil dos sujeitos, professores na sua grande maioria com formação tecnológica,
entende-se o porquê do baixo destaque dado ao desafio "Formação de professores adequada".
A questão que se coloca é a formação não apenas técnica, mas também pedagógica quanto
ao uso de recursos tecnológicos na educação. Percebe-se a importância dessa formação
pedagógica, dado o confronto, o sair do ensino tradicional, como uma transição, imposta pela
inserção da tecnologia, para uma aprendizagem mais participativa, conforme Moran.

As questões que seguem são discursivas e buscaram obter a visão dos docentes a respeito do
uso do tablet na educação, mas como a maioria dos professores o recebeu semanas antes do
questionário enviado, talvez ainda não tenha utilizado o tablet suficientemente para fornecer
maiores detalhes sobre seu uso pedagógico.

Levantar os desafios que se impõe e as sugestões pedagógicas quanto ao uso dos tablets de
acordo com a experiência vivenciada pelos docentes do IFES.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


179

Com base nas respostas temos que: uma parte dos professores (27%) considera que uma
formação específica para orientação de como usar os tablets como apoio ao planejamento
pedagógico é de suma importância. Vale ainda destacar que a maioria dos pesquisados (73%)
preferiram citar os recursos que consideram relevantes nos tablets, como: permitir maior e mais
rápida interação entre professor e alunos; acesso a ambientes de ensino a distância, sites do
governo, portais educacionais, ferramentas de busca; possibilidade de acesso rápido a
qualquer informação disponível na internet, inclusive durante as aulas; ferramentas para escrita
de documentos, planilhas, leitor de livros e pdfs, tomar notas da aula, armazenamento de
arquivo, apresentação de slides, tradutores, simuladores, construção colaborativa, junto com a
possibilidade de projetar a tela. No nível básico, há várias ferramentas, vídeos e animações
que podem facilitar o aprendizado. Nos níveis profissional e superior, não há muito material
adaptado aos tablets. Alguns já usam aplicativos como Prezi, YouTube, CaptureNotes
2 e Google Docs e também fazem anotações das aulas (usando caneta stylus).

BLOCO 6 – DESTAQUE

Nesse bloco em pelo menos 5 linhas, você deve destacar algo.

Destaque algo interessante ou importante que foi descoberto com sua


pesquisa.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Vale destacar que alguns professores pretendem utilizá-lo para desenvolvimento de softwares
para Android, ou seja, o que importa nesse caso é o ambiente operacional. Outros professores
apenas utilizam o dispositivo para registrar frequência. Alguns já utilizam planilha eletrônica
que fica na nuvem (Dropbox) para controlar o andamento de projetos feitos pelos alunos e
também vídeos que são disponibilizados no Portal do Professor, aplicativos para simulação de
circuitos eletrônicos, programação, cálculos, elaboração de provas, fechamento de pautas,
recurso de pesquisa por voz, jogos educativos, leitor de livros e pdfs, ferramentas de busca,
navegadores, YouTube, Facebook, Twitter, Google Drive, Google Tradutor, Google +, Google
Acadêmico, Google Docs, Kindle, Hangouts, Acrobat, Office, Kingsoft Office, Evernote Office.
44% dos pesquisados utilizam pouco ou ainda não utilizam com muita frequência os aplicativos
do tablet educacional.

Como fechamento, na questão 13 foi solicitado aos professores que apresentassem sugestões
quanto à aplicação do uso dos tablets no contexto educacional.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


180

BLOCO 7 - CONCLUSÃO E SUGESTÕES

Nesse bloco em pelo menos 5 linhas, você deve deixar sua conclusão,
considerações e sugestões.

Tente relacionar esse trecho com sua justificativa ou tema.

Exemplo do que escrever nesse bloco:


Sendo assim, os docentes apresentaram as seguintes sugestões: infraestrutura adequada de
rede sem fio, simuladores e aplicações de testes online, chat e interação com o professor;
sistema acadêmico adaptado; construção colaborativa ser mais incentivada; ter um aplicativo
para realizar avaliação individualizada e direcionada, de acordo com a evolução e capacidade
de cada aluno; facilitar a criação de conteúdo pelo professor para o aluno estudar fora da sala
de aula, como vídeos e áudios; avaliação de ferramentas de antivírus para
dispositivos Androids; ter projetores multimídia wireless para utilizar os tablets para dar aula;
aplicativos a fim de fazer com que os alunos raciocinem sobre situações do mundo real, mas
em seu contexto geopolítico. Além disso, pode-se vislumbrar a questão de gravação de vídeos
por parte dos alunos, o que pode ser alinhada a alguma estratégia de aprendizagem que
possibilite o "olhar" do aluno para alguma questão abordada pelo professor.

Licensed to Eliene Martins Gomes , E-mail: eliene.39@live.com


181

SOBRE O AUTOR

Douglas Tybel, o autor, é fundador do canal Guia da Monografia, o qual é


considerado o mais confiável e explicado canal sobre TCC, com milhares de
seguidores em menos de 1 mês e também autor do e-book “TCC, uma escrita
em blocos”.