Você está na página 1de 5

PIAGET VYGOTSKY

É ação internalizada. As fundações dos É ação internalizada. As fundações dos


processos mentais repousam sobre a ação-no- processos mentais repousam sobre a ação-no-
mundo. mundo.
As ações físicas que servem para manipular e
organizar o mundo físico NÃO são as únicas
Pensamento que se internalizam para tornar-se pensamento
(não-verbal): também a atividade física da
fala, que serve para regular as ações dos
outros, internaliza-se para criar o pensamento
verbal. Assim, todas as formas de pensamento
são atividades.
É um sistema de símbolos usados para A maior mudança na capacidade das crianças
representar o mundo. para usar a linguagem como um instrumento
A linguagem não cria a estrutura do para a solução de problemas acontece um
pensamento, ela facilita o seu surgimento. pouco mais tarde no seu desenvolvimento, no
O impacto da linguagem sobre a criança é momento em que a fala socializada (que foi
Linguagem limitado àquilo que ela é capaz de assimilar. previamente utilizada para dirigir-se a um
adulto) é internalizada. Ao invés de apelar para
o adulto, as crianças passam a apelar a si
mesmas; a linguagem passa, assim, a adquirir
uma função intrapessoal além do seu uso
interpessoal.
Se manifesta e parte de um exame da atividade É a capacidade de aprender através da
motora e da resolução de problemas práticos. instrução (com a ajuda de um mediador).
Inteligência humana
As tentativas de questionar, mostrar e explicar Não depende somente do estado atual do
para a criança antes que ela esteja conhecimento da criança, mas também de sua
mentalmente “pronta” não podem promover o capacidade mediante a ajuda.
Prontidão desenvolvimento, muito embora a criança
possa aprender certos procedimentos “vazios”.
Embora as crianças brincam juntas, elas não A fala da criança é social e comunicativa
conversam realmente (o pensamento e a fala quanto à origem e intenção. Chama de estágio
são egocêntricos). A criança não é capaz de se de transição entre a função reguladora e a
“Fala egocêntrica” “monólogos”
colocar no lugar do outro. função comunicativa da linguagem.
Os monólogos refletem a natureza egocêntrica
do pensamento infantil.

São as aprendizagens dos esquemas sensório- É o êxito atingido pela cooperação que forma
motores, as coordenações entre ações e suas as fundações da aprendizagem e do
consequências sensórias. desenvolvimento. E o principal veículo de
transmissão cultural do conhecimento vem
Conhecimento pela instrução, tanto formal quanto informal,
em contextos sociais diversos, realizada por
colegas, irmãos, pais, avós, amigos,
conhecidos e professores dotados de mais
conhecimentos.
Envolve atividade. É um processo submetido Os mecanismos intelectuais relacionados à fala
ao controle das ações e, depois, das operações adquirem uma nova função; a percepção
mentais. Caso a criança não esteja de posse verbalizada, na criança, não mais se limita ao
das operações mentais necessárias para dar ato de rotular. Nesse estágio seguinte do
Percepção sentido, em termos lógicos, àquilo que se lhes desenvolvimento, a fala adquire uma função
mostra, uma tentativa de ensiná-las estará sintetizadora, a qual, por sua vez, é
destinada ao fracasso. instrumental para se atingirem formas mais
complexas da percepção cognitiva. Essas
mudanças conferem à percepção humana um
caráter inteiramente novo, completamente
distinto dos processos análogos nos animais
superiores.

Brincadeiras Manifestação de um desejo natural de São produtos da vivência social e indícios do


manipular e assimilar o mundo físico, aparecimento do autocontrole intelectual.
lançando as bases sensório-motoras e
intuitivas das operações lógicas e matemáticas.

Constituem os processos de raciocínio. As ações físicas que servem para manipular e


Uma vez que uma criança tenha aprendido a organizar o mundo físico NÃO são as únicas
realizar uma operação, ela passa a assimilar que se internalizam para tornar-se pensamento
Ação e operação algum princípio estrutural cuja esfera de (não-verbal): também a atividade física da
aplicação é outra que não unicamente a das fala, que serve para regular as ações dos
operações do tipo daquela usada como base outros, internaliza-se para criar o pensamento
para assimilação do princípio. verbal. Assim, todas as formas de pensamento
são atividades.
É a interação organismo-meio e essa interação Vygotsky descreve em seu livro Pensamento e
acontece através de dois processos Linguagem como a criança em
simultâneos: a organização interna e a desenvolvimento internaliza a linguagem
adaptação ao meio, funções exercidas pelo social tornando-a pessoal e como esses dois
Internalização organismo ao longo da vida. A adaptação, aspectos da cognição, inicialmente
definida por Piaget, como o próprio independentes, mais tarde se unem: "Até um
desenvolvimento da inteligência, ocorre certo momento, os dois seguem caminhos
através da assimilação e acomodação. distintos, independentes... Num certo momento
O processo de desenvolvimento é influenciado esses caminhos se encontram, quando o
por fatores como: maturação (crescimento pensamento torna-se verbal e a fala racional"
biológico dos órgãos), exercitação (p. 44 ) . Desse modo Vygotsky demonstra a
(funcionamento dos esquemas e órgãos que eficácia do processo de conceituar funções
implica na formação de hábitos), relacionadas não como identidades mas sim
aprendizagem social (aquisição de valores, como unidade de dois processos distintos.
linguagem, costumes e padrões culturais e - Vygotsky acreditava que a internalização dos
sociais) e equilibração (processo de auto sistemas de signos produzidos culturalmente
regulação interna do organismo, que se provoca transformações comportamentais e
constitui na busca sucessiva de reequilíbrio estabelece um elo de ligação entre as formas
após cada desequilíbrio sofrido). iniciais e tardias do desenvolvimento
individual.

Diferença entre signos e instrumentos - Os signos são orientados internamente, segundo Vygotsky uma maneira de dirigir a influência
psicológica para o domínio do próprio indivíduo; os instrumentos, por outro lado, são orientados externamente, visando o domínio da
natureza.
Conceitos de Jean Piaget
Desenvolvimento Esquema: Formas de Estágios de Estruturas TEORIA DA
Psíquico organização da Desenvolvimento EQUILIBRAÇÃO
Interesse - ação cognitivas
atividade mental

Começa quando O que varia muito é o Motor ou Afetivo: Sensório - motor são padrões de ação Assimilação
nascemos e interesse, conforme o
- individual
física e mental
nível mental da intelectual (0-2 anos)
termina na idade subjacentes a atos
criança.
adulta. - social específicos de
inteligência e Quando o indivíduo
correspondem a estágios recebe novos estímulos,
do desenvolvimento experiências, se vê frente
infantil. a novas situações,
comportamentos,
“O desenvolvimento Pré - operacional imagens, etc.
Acomodação
é uma equilibração
progressiva, uma (2-7 anos)
passagem contínua
de um estado de
menor equilíbrio para
um estado de
equilíbrio superior.”

Operações concretas Pressupõe não somente uma Equilibração


modificação dos esquemas prévios
(7-12 anos)
em função da informação nova
adquirida, mas também uma
Operações formais
reinterpretação dos dados ou Acomodação
(12-15 anos ou mais) conhecimentos anteriores em função
dos novos esquemas construídos.
Julgamento, noções de
valores, dedução.

Intuição, lógica,
autonomia
Quando um novo esquema é incorporado aos
Linguagem, pensamento, esquemas anteriores e o indivíduo consegue
socialização, escolariazação realizar uma interação e uma diferenciação
entre os esquemas antigos e os novos.
Reflexos, intuição,
percepção
Lev S. Vygotsky

ZDP
Zona de Mediação Ferramentas e Interação Internalização Linguagem Cultura Funções
Desenvolvime Signos Social Psíquicas
nto Proximal Superiores

A distância entre Professor ou Ferramentas – Processo de Aprender de É a atividade Valores, Pensar,


o nível de indivíduo com formação do fato, identificar, constitutiva da Hábitos,
media a ação raciocinar,
desenvolvimento indivíduo em todas atividade mental –
maior sobre o as suas funções
diferenciar instrumento e
Costumes lembrar,
real e o potencial, conhecimento objeto. psicológicas: objetos e símbolo – meio de experiências do analisar, sentir,
determinado pelo
como ponte relações, situações. comunicação e ambiente onde imaginar,
momento que a mediações, internalização dos
criança consegue
para o Signos – Apropriar está inserido o atenção.
significações, significados da
desenvolver sem desenvolviment Regula a ação conhecimento indivíduo que
sujeito-outro- cultura: Controle
a ajuda de um o da criança. sobre o conhecimento. da sociedade na constituição da influenciam o
consciente do
adulto. psiquismo. vida cotidiana. subjetividade seu
(pensamentos,
comportamento.
comportamento
sentimentos). .