Você está na página 1de 22

Universidade Federal de Santa Maria

Centro de Ciências Rurais


Departamento de Engenharia Rural

GeoTecnologias do Sistema CR Campeiro


Guia Operacional do C7 GeoTopo
(Versão Preliminar)

2018
Sumário:

1. Introdução

2. Instalação

3. Início de Execução e Informações sobre o aplicativo

4. Funções

4.1. Operações com GPS


4.2. Operações com Imagens
4.2.1. Medições de áreas e distâncias sobre imagens.
4.2.2. Localização de pontos e de endereços
4.2.3. Navegação
4.3. Cálculos Topográficos.
4.4. Obtenção de Fotografias Digitais com GeoTag
1. Introdução.

O aplicativo C7 GeoTopo tem por objetivo a obtenção de coordenadas


geográficas de pontos com o uso do GPS e em Imagens do Google Maps,
processamento e cálculos topográficos entre outras funções.
São as seguintes funções básicas do aplicativo:.
• Operações com o GPS do aparelho.
• Operações com imagens - GMaps
• Processamento de Cálculos Topográficos
• Obtenção de fotografias georreferenciadas.
O C7 GeoTopo reúne em um único aplicativo funções existentes nos apps
C7 GPS Dados, C7 GPS Malha, C7 Planimetrico I e C7 Planimetrico II, que estão
disponíveis no Play Store da Google, e que registram um expressivo número de
usuários no Brasil e América Latina.
É um aplicativo voltado para uso por Técnicos, Produtores Rurais e
Acadêmicos de cursos de Ciências Agrárias.
2. Instalação

O aplicativo C7 GeoTopo pode ser baixado e instalado gratuitamente a partir


no site do Play Store da Google (https://play.google.com/store) digitando na linha
de pesquisa C7 GeoTopo para abrir a página do aplicativo. O link
https://play.google.com/store/apps/details?id=com.crcampeiro.geotopo, acessa
diretamente a referida página.
A figura 01, apresenta a tela de aplicativos do CR Campeiro no Google Play.

Figura 01. Páginas do aplicativos C7 no Play Store da Google.

O arquivo C7GeoTopo.apk é o instalador do aplicativo e, quando executado


pela primeira vez, e se o usuário não tiver anteriormente instalado aplicativos do
Projeto CR Campeiro como o C7 GPS Dados, cria na memória interna do
dispositivo uma pasta intitulada \campeiro e no interior da mesma são criadas as
seguintes pastas:
a) \campeiro\imagens, pasta na qual são armazenadas fotografias
georreferenciadas de objetos obtidas pelo aplicativo.
b) \campeiro\bd, Nesta pasta é instalado no processo um banco de dados
SQLite de nome geocampeiro.db3, no qual são armazenados dados de
levantamentos de outros aplicativos C7, sendo que esse banco de dados
pode ser editado externamente ao aplicativo, em computadores desktop,
com editores de bancos de dados SQLITE.
c) \campeiro\arquivos, no interior dessa pasta ficam também localizados os
arquivos de relatórios (PDF) de exportação de dados (CSV) e do Google
Earth (KML), gerados em tempo de execução do aplicativo.
d) \campeiro\coordenadas, no interior dessa pasta são armazenados os
arquivos de coordenadas no formato GeoTXT
A instalação cria um ícone de acesso ao aplicativo na tela de aplicativos
do dispositivo com a identificação de C7 GeoTopo.
A figura 02 apresenta o conteúdo da pasta /campeiro na memória interna do
dispositivo, exemplificando com a presença de arquivos gerados pelo aplicativo.
Como referido anteriormente algumas dessas pastas são criadas por outros
apps do Projeto CR Campeiro.

Figura 02. Interior da pasta /campeiro (memória interna do dispositivo)


3. Inicio de execução e informações sobre o app

Ao executar o aplicativo é apresentado para o usuário uma opção de


execução, através do botão <Entrar> (figura 03)

Figura 03: Tela inicial do aplicativo C7 GeoTopo

A figura 04 apresenta o formulário de funções básicas do aplicativo, que é


acessado a partir do click no botão <Entrar>, e a figura 05 apresenta a tela onde
constam informações de desenvolvimento do aplicativo.
O C7 GeoTopo é um Sistema integrante do Projeto de Extensão Rural do
Departamento de Engenharia Rural da Universidade Federal de Santa Maria
denominado Projeto de Ciência Rural Campeiro, bem como a autoria na elaboração
do aplicativo
Figura 04: Tela de acesso para as funções/rotinas do aplicativo C7 GeoTopo.

Figura 05. Informações sobre o desenvolvimento do aplicativo


4. Funções:

4.1. Operações com GPS

A partir da ativação da Configuração Local, que aciona os processos de


localização de posição no aparelho, é possível a obtenção de coordenadas
geográficas de pontos. Recomenda-se que o Método de Localização a ser
empregado seja o Somente GPS (Figura 06)

A figura 06 ilustra a execução da Configuração Local.

Dois processos distintos podem ser empregados para obtenção de


coordenadas de pontos de interesse e consequente medições de áreas e de
distâncias.
- Processo por pontos isolados (Waypoints)
- Processo por coleta sistemática por tempo pré-estabelecidos (Trajetos)
Seja qual for o processo selecionado é obrigatório informar o nome para um
arquivo de log, no qual são registradas de forma sequencial as coordenadas
obtidas. Esse arquivo é de formato ASCII, texto, onde cada linha de dados
corresponde aos dados de geolocalização de um ponto. Não há um limite de
pontos a serem armazenados, e se informar em novo levantamento como nome,
uma referência de log já empregada anteriormente, os dados serão recuperados
e o levantamento será processado a partir do último ponto registrado.
Para iniciar o registro de pontos é necessário ativar o GPS, e a partir desta
ação, se houver recepção de sinal serão apresentados os seguintes elementos:
- Coordenadas Geográficas – Graus em formato decimal
- Coordenadas Geográficas – Graus em formato sexagesimal.
- Coordenadas Geográficas – Projeção UTM
- Coordenadas Cartesianas (X,Y,Z)
O Datum de referência é o WGS 84
Também é apresentado o PDOP, que é a Diluição de Precisão de Posição
(3D), sendo que a figura 07 mostra uma tabela referente a níveis de DOP.

Figura 07, Nível DOP – Escala de Precisão.

Durante o processo de medição de pontos a partir do registro do terceiro ponto


são apresentados os seguintes dados:
- Superfície entre o primeiro e último ponto registrado, em hectares
- Distância linear (percurso) entre o primeiro e último ponto registrado, em
metros.
Além disso o usuário pode deletar o último ponto processado, salvar o
conjunto de pontos mensurados nos seguintes formatos de arquivo:
- Arquivo GeoTXT (Formato padrão do CR Campeiro)
- Arquivo KML ( Padrão do Google Earth)
- Arquivo CSV ( Formato de planilha de dados)
É possível também visualizar em Imagens do GMaps, a posição do ponto em
registro. (É necessário nesse caso que se tenha conexão web ativa).
A figura 08 apresenta a tela onde são executados os procedimentos acima
comentados.
1. Seleção do processo de medição:
a) Pontos (waypoints)
b) Trajeto – Necessário informar o intervalo de coleta
em segundos.

Ao selecionar o processo deverá ser informado o nome


do arquivo de log.

2. Ativar a recepção do sinal. Informação de PDOP.


O registro é feito somente com essa função atividade

3. Apresentação das coordenadas geográficas do ponto.


Formato em Graus Geográficos, UTM e Cartesianas e
Altitude.

4. No levantamento de dados de um ponto pode ser


informado um código identificador para esse ponto.

5. Registro. Somente para o caso de medições por pontos.


No caso de Trajetos o registro é feito por intervalo de
tempo.

6. Opção de apagar o último ponto registrado

7. Dados do levantamento em execução;

- Número de pontos, área (há) e distância de 1 a n

Figura 08, Medição de áreas com o GPS.

Como foi referido anteriormente, os dados obtidos em um levantamento


podem ser salvos em diferentes formatos de arquivo, para serem utilizados em
outros sistemas de processamento de dados geográficos. O formato padrão do
CR Campeiro é o GeoTXT o qual é importado em outras funções de
processamento neste mesmo app.
A figura 09, mostra essas opções que são acionadas a partir de clique nos
botões correspondentes:
Figura 09. Opções de exportação de dados.

Neste quadro consta um botão <Geo>, o qual acionado mostra a posição do


ponto em rastreamento em imagens GMaps. Essa tela onde o ponto é mostrado
tem outras funções, que serão apresentadas na sequência no guia tutorial.
Um levantamento em execução pode ser interrompido a qualquer momento
e retomado a qualquer momento, somente informado nesse caso o mesmo nome
de arquivo de log, que assim os novos pontos serão registrados sequencialmente
no mesmo arquivo.
O arquivo padrão do app, formato GeoTXT, é salvo na pasta da memória
interna do dispositivo. \campeiro\coordenadas.

4.2. Operações com Imagens

Esta rotina no app, na verdade engloba várias funções que utilizam a API do
Google Maps como medição de áreas e distâncias, localização de endereços
(Geocódigo) e roteiros de navegação.

4.2.1. Medições de áreas e distâncias sobre imagens.

Para executar essa função é necessário primeiro identificar a área objeto de


vetorização, ativar a função de vetorização, e clicar nos pontos limites da área,
adicionando assim marcadores a cada clique. A medida que se se executa esse
procedimento é mostrado em um quadro de texto a superfície da área vetorizada
e da distância (percurso) entre os pontos. A figura 10 ilustra o emprego dessa
função.
1.Ativa a função de vetorização de áreas sobre imagens, com
finalidade de:

- Medição de áreas e de distâncias


- Registro das coordenadas da área vetorizada em
arquivos GeoTXT e KML

2.Procedimento:

a) Localizar a área de interesse

b) AtIvar a função de vetorização

c) Clicar sequencialmente os pontos limítrofes da área

b) A partir do 3 ponto vetorizado é apresentado a área e a


distância entre o primeiro ponto e o Último ponto.

c) O último ponto da vetorização pode ser excluído.

d) Para concluir o processo clicar no botão de cálculo

e) Salvar as coordenadas.

Figura 10. Procedimento de vetorização de áreas

4.2.2. Localização de pontos e de endereços

Esta função permite a localização espacial de um ponto a partir da


informação de suas coordenadas geográficas (latitude, longitude) ou a partir do
seu endereço.
A função de localização pode ser usada para executar a função descrita
anteriormente como também é base para a execução de função de navegação.
A figura 11, ilustra esses dois procedimentos
Localização por coordenadas: Localização por endereço

- Digitar latitude e longitude (graus - Digitar o endereço no quadro de


decinais) no quadro de texto e clicar texto e clicar no botão Marcador
no botão Marcador

Figura 11. Função de Localização.

4.2.3. Navegação

Esta função é executada a partir da função anterior de localização, e


consiste utilizando a API de navegação do GMaps, traçar roteiro de
deslocamento de um ponto inicial (ex: posição atual GPS) ao ponto informado
no quadro de texto. A sequência do procedimento é a seguinte:
- Informar o ponto ou endereço de destino no quadro de texto
- Clicar no botão de Mapa
- Irá na sequência abrir o formulário de localização do marcador sobre o Google
Maps.
- Clicar sobre o marcador da posição
- Na sequência irá aparecer o ícone de navegação do GMaps.
- Clicar sobre ele, para obter o roteiro.
A figura 12 apresenta as telas da execução de um procedimento de
navegação.

Figura 12. Função de Navegação

4.3. Cálculos Topográficos.

Esta rotina possibilita a execução de diversas funções, associadas a


recuperação de arquivos de formato GeoTXT, gerados tanto no app C7
GeoTopo, como também em outros aplicativos do Projeto, como o C7 GPS
Dados, C7 Planimetrico I e C7 GPS Malha.

Os arquivos devem estar localizados nas seguintes pastas internas do


dispositivo:

- \campeiro\coordenadas ou, - \campeiro\malha


A partir da identificação e recuperação do arquivo desejado, é apresentado a
área e perímetro do mesmo e a visualização (pontos, linhas ou polígono) sobre
imagens GMaps.

Com o arquivo carregado, pode ser executado a função de envio do mesmo


para qualquer destinatário por email, o processamento de cálculos topográficos
como divisão de áreas ou ainda a exclusão do arquivo.

Na figura 13 é apresentado o processo de recuperação de um arquivo


GeoTXT.
1.Pasta de localização do arquivo.
- campeiro\coordenadas (padrão)
- campeiro\malha

2. Lista de arquivos (seleção e recuperação)

3. Dados do arquivo recuperado

4. Opções de visualização do arquivo

5. Opções:

a) Envio do arquivo selecionado por email

b) Cálculos topográficos

c) Exclusão do arquivo

Para envio do email, digitar o endereço e


clicar no botão Enviar.

Para Cálculos Topográficos, clicar no botão.

Para deletar um arquivo clicar no botão X

Figura 13. Formulário de seleção e recuperação de arquivo GeoTXT


4.3.1. Cálculos Topográficos.

A partir da recuperação de um arquivo GeoTXT, podem ser executados os


seguintes procedimentos de cálculo com os dados dos pontos do arquivo:
a) Cálculo de ângulo interno horizontal
Informar números dos vértices de ré, centro e vante.
b) Área de Sub polígono.
Informar uma sequência de vértices e obter a superfície da área.
c) Cálculo do azimute entre dois pontos.
Informar os pontos A e B
d) Cálculo da distância entre dois pontos
Informar os pontos A e B
e) Cálculos de divisão de áreas;
Informar condições de área a dividir e obter elementos da divisão.
f) Cálculos de posição planimétrica.
Informar ponto da reta A B e distância de um ponto P em relação ao ponto
A.

Podem ser executadas funções planimétricas associadas com o emprego


da posição do GPS ou de um marcador adicionado sobre o conjunto de dados.

A rotina de Cálculos Topográficas, abre com a espacialização dos pontos


do arquivo identificados numericamente em marcadores, conforme pode ser
visualizado na figura 14, também é apresentado na figura o quadro de seleção
de operações planimétricas que podem ser processadas.

Para cada operação selecionada são apresentados indicadores da


sequência de procedimentos que devem ser executados como preenchimento
de dados para a realização do cálculo desejado.
Figura 14. Tela de cálculos planimétricos e seleção de operação

- Cálculo de Ângulo Interno.

a) Selecionar a opção Ângulo Hz Interno

b) Informar nos campos de texto, números dos vértices


de 1 – Ré, 2 – Ponto Central, 3 - Vante

c) Clicar no botão de cálculo.

d) o resultado é apresentado em graus sexagesimais.

Figura 15: Cálculo de Ângulo Horizontal


a) Selecionar a opção Área – Sub Polígono

b) Informar nos campos de texto, números dos vértices


- Cálculo de Área – Sub Polígono de 1 – Inicial, 2 – Final

c) Clicar em C para confirmar seleção dos pontos

d) Clicar no botão de cálculo.

d) o resultado de área é apresentado em hectares e


metros quadrados, e o perímetro do sub polígono em
metros

e) No quadro de desenho, os pontos do sub polígono


serão identificados em cor verde.

Figura 16: Cálculo de Áreas – Sub Polígonos

- Cálculo de Azimute.

a) Selecionar a opção Azimute

b) Informar nos campos de texto, números dos vértices


1 – Inicial, 2 - Final

c) Clicar no botão de cálculo.

d) o resultado é apresentado em graus decimais, também


é apresentado em metros a distância entre os pontos.

Figura 17: Cálculo de Azimute

- Cálculo de Distância entre dois pontos

a) Selecionar a opção Distância

b) Informar nos campos de texto, números dos vértices


de 1 – Inicial, 2 - Final

c) Clicar no botão de cálculo.

d) o resultado é apresentado em metros a distância entre


os pontos.

Figura 18: Cálculo de Distância


a) Selecionar a opção Divisão de Áreas

b) Informar nos campos de texto:


- Cálculo de Divisão de Áreas
1 – Ponto inicial da divisão: 4 – Área a dividir (m2)

c) Clicar no botão de cálculo.

d) O ponto divisor que satisfaz a condição de divisão é


apresentado com coordenadas UTM e em graus decimais.

e) Também é apresentado no quadro de número 2, o


vértice anterior a posição do ponto divisor.

f) O ponto divisor pode ser incluído no conjunto de


pontos, seja no final do arquivo, ou entre os dois vértices
Figura 19: Cálculo de Divisão de Áreas de sua localização (ré e vante), nesse caso ocorre uma
modificação na sequência identificadora dos pontos.

g) O conjunto de pontos pode ser salvo em um novo


arquivo GeoTXT, clicando no botão Salvar.

a) Selecionar a opção Posição Planimétrica

b) Informar nos campos de texto:


- Cálculo de Posição Planimétrica
1 – Ponto inicial A

2 – Ponto final B

4 – Distância desejada do ponto A

c) Clicar no botão de cálculo.

d) O ponto calculado sobre a reta é apresentado com


coordenadas UTM e em graus decimais.

f) O ponto calculado pode ser incluído no conjunto de


pontos, seja no final do arquivo, ou entre os dois vértices
Figura 20: Cálculo de Posição Planimétrica
de sua localização (ré e vante), nesse caso ocorre uma
modificação na sequência identificadora dos pontos.

g) O conjunto de pontos pode ser salvo em um novo


arquivo GeoTXT, clicando no botão Salvar.
a) Marcar a opção GPS

b) Informar no campode texto:


Cálculos com GPS ativado.
1 – Número do ponto do polígono

c) Ao ativar o GPS será apresentado a distância e azimute


da posição do GPS ao ponto informado

d) O azimute é apresentado em graus decimais e a


distância em metros,

e) As coordenadas da posição do GPS são mostradas


também em graus decimais

Figura 21: Cálculo com GPS


a) Marcar a opção Marcador

b) Informar no campo de texto:


Cálculos com Marcador ativado.
1 – Número do ponto do polígono

c) Ao clicar na posição do Marcador será apresentado a


distância e azimute da posição do Marcador ao ponto
informado

d) O azimute é apresentado em graus decimais e a


distância em metros,

e) As coordenadas da posição do Marcador são


mostradas também em graus decimais

Figura 22: Cálculo com GPS

Quando ativada as funções de GPS e Marcador, as posições identificadas


podem ser inseridas no conjunto de pontos do arquivo, sequencialmente na
última posição do mesmo, e este novo conjunto pode ser salvo como um novo
arquivo GeoTXT
4.4. Obtenção de Fotografias Digitais com GeoTag,

O aplicativo C7 GeoTopo possibilita obter fotografias digitais a partir


da câmara fotográfica do dispositivo, e associar a essa foto, como
informação geotag, a posição geográfica do ponto de obtenção da foto,
data de obtenção e uma anotação referente a essa foto.
Para executar esse procedimento é necessário que o GPS do
dispositivo esteja ativado e liberado na função, e a sequência deve ser a
seguinte:
- Informar a data de obtenção
- Informar algum comentário (anotação)
- Informar o nome da foto (sem extensão), por padrão o formato é JPG
- Liberar GPS
- Obter a foto (a foto será salva na pasta campeiro\imagens)
- Executar a inserção de geotag.
Além da possibilidade de inserção de informação de
georreferenciamento da fotografia, essa rotina do app permite a
visualização de fotografias tiradas, no próprio ambiente do aplicativo,
bem como a exportação em arquivo de formato PDF.
Essas funções são demonstradas na figura 23.
Dados:

- Data de obtenção da foto


- Anotação/Comentário
- Nome da foto (sem extensão) ( Formato JPG)

Ativar o GPS para registrar a posição

Processo de tomada da fotografia

-Efetuar a tomada fotográfica de cena desejada


- Efetuar a função Geotag para indexar coordenadas

Funções:

- Visualização de fotos registradas


- Apagar foto da base de dados

Opção de salvar em arquivo PDF, foto selecionada ou o


conjunto de todas as fotos

Figura 23. Fotografias.