Você está na página 1de 5

A estrutura de um livro

Alfabetização – Pré 2

Mylena Castro

3 - Período

Rio de Janeiro

2019
A estrutura de um livro
Alfabetização – Pré 2

Nome do livro/ título: Maxi


Autor: Camila Matos de Oliveira Daniel, Veima Cristina Vechiatto, Karolyna AP.Lima
dos Santos e Francine Calegar de Souza.
Editora: Somos Educação
Ano escolar: Alfabetização - pré 2

1: Como o livro é estruturado? Ele é subdividido por 4 sessões temáticas: língua


portuguesa, matemática, ciências e geografia/história.

2: Como são as atividades propostas? São atividades das mais variadas formas e
todas lúdicas com diferentes formas de se trabalhar os temas.

3: Há mais propostas de leitura/interpretação ou de escrita? A inúmeras propostas de


leitura, mas as propostas escritas ainda ocupam um espaço maior na forma de se
trabalhar o livro.

4: Quantas são as propostas de produção de texto em cada subdivisão? Depende do


tema, em língua portuguesa, por exemplo, em praticamente todas as páginas tem uma
atividade para se produzir um texto e até mesmo propostas para o aluno criar sua
própria história. Em matemática, as propostas de criação de textos são menores, mas
há muitas atividades em que o aluno irá praticar a escrita e até mesmo desenhar.
5: As propostas são de produção de texto de uso social? Há tanto propostas para se
trabalhar o imaginário do aluno quanto propostas que usam a vivência dos alunos ao
trabalhar com o cotidiano deles e com a relação com seus colegas em sala de aula.

6: Quais são os gêneros textuais mais presentes? O livro aborda uma grande
diversidade de gêneros textuais, apresentando as questões através de livros, histórias
em quadrinhos entre outros diversos textos.
7: As imagens são variadas? O livro é bastante colorido e chamativo, é um livro que
dá vontade de fazer as atividades pois, além das propostas diferenciadas, as
ilustrações, os quadrinhos, as fotos com imagens, tanto reais quanto gráficas,
chamam a atenção para a atividade.
8: Há propostas de desenho da oralidade? Existem muitas propostas como essa no
livro e que trabalham não só a reprodução como a imaginação do aluno.

9: Há propostas de trabalho interdisciplinar? Há algumas propostas que trabalham a


interdisciplinaridade como o tangram que envolve tanto a geometria quanto a arte.

10: Como você usaria esse livro com a sua turma? Alguns livros são como tesouras
para as asas de muitos educadores, eles ditam e limitam o professor a uma
metodologia apenas tecnicista, mas o livro traz atividades dinâmicas e que trazem o
cotidiano dos alunos para a atividade, então esse livro seria um excelente norteador
para elaborar atividades com as crianças, uma boa base, mas ainda sim, eu gostaria
de trazer, em conjunto com o livro, atividades novas e com propostas diferentes para
enriquecer a aluno e não se prender há uma só forma de trabalhar um conteúdo.