Você está na página 1de 32

Comunicações Móveis 6G

Rodrigo Facco

Engenharia de Telecomunicações
Comunicações Móveis
Sumário
Evolução das Comunicações Móveis
• 1G:

• Operadores recebiam o
espectro gratuitamente

• Alto custo (equipamentos)

• Mercado mundial <10%

• Incompatibilidade entre operadoras


Evolução das Comunicações Móveis
• 2G:

• GSM
• Novos codecs para melhorias de voz
• Introdução do SMS
• Introdução de serviços
digitais (GPRS, EDGE...)
• Telefones menores e mais leves
• GPS, Cameras, acesso WAP
Evolução das Comunicações Móveis
• 3G:
• Sistema UMTS (CDMA)
• Na Alemanha empresas pagaram
8 BI Euros por licenças
• Sistemas de Problemáticos
• Telefones esquentavam
• Serviços ruins (latência)
• Concorrência com as WLANs
(taxas altas e baixos custos)
• Muito tempo depois a velocidade aumenta para 2 Mbps
Evolução das Comunicações Móveis
• 4G LTE:

• LTE = cópia da WLAN (OFDM)

• Regulamentação ficou mais barata

• Europa elimina tarifas de roaming

• Altas taxas de dados (voz sobre IP)


Evolução das Comunicações Móveis
• 5G:
• Previsões:
• Ondas milimétricas
• MIMO massivo
• Taxas de 20 Gb/s
• Latência em ms
• Comunicação D2D (dispositivo
para dispositivo)
• IoT
• Verticalização (aplicações especificas):
• Indústrias
• Saúde eletrônica
• Entretenimento...
Requisitos para Redes 5G
• Banda larga
Requisitos para Redes 5G
• Áreas densas / eventos
Requisitos para Redes 5G
• Centros comerciais
Requisitos para Redes 5G
• Drones e cidades inteligentes
Requisitos para Redes 5G
• Comunicação veicular
Limitações do 5G
• Trade-Offs relacionados com o 5G:
• Latência
• Consumo de energia
• Custos de implantação
• Complexidade de hardware
• Taxa de transferência
• O que o 5G não suprirá:
• Comunicações Holográficas
• Fabricação de alta precisão
• Ambientes inteligentes (carros, saúde – alta precisão e baixa latência)
Tendência da Evolução
Tendência da Evolução
• O que o usuário quer?

• Maior processamento?

• Maior tráfego de dados?

• Menores custos?

• Maior segurança?

• Dispositivos leves?

• Maior duração das baterias?


6G Visões e Requisitos
• Propostas para 6G:
• Baixo consumo de energia
• Maior taxa de dados
(espectro livre)
• Grande rede global
• Ecossistema autônomo
• Inteligência artificial
• Preocupações:
• Segurança
• Apoio psicológico
(influência em ações sociais)
6G Cenários
• Geral:
• Comunicações subaquáticas
• Comunicações espaciais
• Comunicações de veículos autônomos
• Comunicações de veículos aéreos
• Comunicações indoor por óptica
• Comunicações outdoor por RF
• Serviços consistentes em altas velocidades
• Verticalização de serviços
(indústria, saúde, etc.)
6G Cenários de Aplicações
• Comunicações em escala maciça:
• 1'000'000 conexões por km²
• Haverá 125 Bilhões de dispositivos
conectados até 2030

• Realidade aumentada:
• Educação e treinamento
• Jogos
6G Cenários de Aplicações
• Comunicação Holográfica:
• Transmissão em 3D bruta
com 30 fps = 4,32 Tb/s
• Latência < 1ms
• Mobilidade não tripulada:
• Indústria de Aviação e automobilística
• Comunicação de alta confiabilidade
• Baixíssima latência
• Previsão de mais de 200
sensores em carros (até 2020)
6G Cenários de Aplicações
• Indústria 4.0:
• Comunicação M2M
• Comunicação confiável e isócrona

• Cidades Inteligentes:
• Monitoramento ambiental
• Controle de Trafego
• Automação e gerenciamento
de cidades
6G Camadas de Aplicações
• Rede espacial:
• Densa rede de satélites de baixa órbita
• Satélite-terra: ondas milimétricas
• Satélite-satélite: comunicação por lasers
6G Camadas de Aplicações
• Rede subaquática:

• Internet em alto mar


(uso militar e comercial)

• Comunicações acústicas

• Comunicações a Laser

• Hubs e repetidores
espalhados
6G Cenário Disruptivo
• Desafios:
• Operação de redes de grandes
dimensões;
• Dificuldade em gerenciar
conectividade;
• Altas velocidades geram erros
de estimativa de canal;
• Gerenciamento colaborativo
entre as redes por IA;
6G Cenário Disruptivo
• Estimativas:

• Latência de 10 a 100 us;

• Alta mobilidade > 1000 km/h;

• 4G: 8 antenas;

• 5G: 256 a 1024 antenas;

• 6G mais de 10.000 antenas;


6G Cenário Disruptivo
• Visible Light Communications:

• Transceptores Fotônicos

• Luminarias de LED

• Frequências entre 100 GHz e 10 THz

• Frequências entre 400 e 800 THz


6G Cenário Disruptivo
6G Cenário Disruptivo

• Arquiteturas de redes inovadoras:


• Arquitetura de rede em 3D
• Plataformas terrestres
• Drones
• Balões
• Satélites
• Estações terão apenas antenas e o
mínimo de unidades de processamento
6G Cenário Técnico
• Arquiteturas sem Células:
• Rastreamento de feixes e beamforming
• Centenas de feixes simultâneos
para diferentes usuários;
• Redução de interferências
• Pontos ultradensos com 10 m
de distância;
• Inteligência artificial:
• Implementação multinível
• Processamento de mobilidade
• Compartilhamento de conhecimentos aprendidos entre as redes
6G A Próxima Fronteira
Bibliografia
• Defining 6G: Challenges and Opportunities [From the Guest Editors],
IEEE Vehicular Technology Magazine, 2019
• Going Toward 6G, IEEE Signal Processing Magazine, 2019
• 6G Technology, International Research Journal of Engineering and
Technology (IRJET), 2017
• 6G Vision and Requirements: Is There Any Need for Beyond 5G?,
IEEE Vehicular Technology Magazine, 2018
• Towards 6G Networks Use Cases and Technologies, Cornell
University, 2019
Bibliografia
• 6G Wireless Networks, IEEE VEHICULAR TECHNOLOGY MAGAZINE,
2019
• Underwater Optical Wireless Communications, Networking, and
Localization: A Survey, Elsevier, 2019
• 6G Wireless Communications: Vision and Potential Techniques, IEEE
Network, 2019
Obrigado!
Rodrigo Facco
faccodm@gmail.com